SECREÇÃO GH É MEDIADA POR 2 HORMÔNIOS HIPOTALÂMICOS;GHRH E SOMATOSTATINA

466 visualizações

Publicada em

O GHRH aparece pela 1ª vez no hipotálamo humano em torno de 18 e 29 semanas de gestação, que corresponde ao início da produção do hormônio de crescimento-GH e outros somatotrófos em fetos. O GHRH é liberado a partir de terminais nervosos neurossecretores destes neurônios do núcleo arqueado e é transportado pelo sistema portal hipotálamo-hipofisário para a glândula pituitária anterior, onde estimula o GH pela estimulação do receptor do hormônio de liberação do hormônio de crescimento.

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

SECREÇÃO GH É MEDIADA POR 2 HORMÔNIOS HIPOTALÂMICOS;GHRH E SOMATOSTATINA

  1. 1. A EFICIÊNCIA NO CRESCIMENTO CRIANÇA, INFANTIL E JUVENIL; AMBOS CONTRIBUEM COM O PADRÃO EPISÓDICO DA SECREÇÃO DE GH-HORMÔNIO DE CRESCIMENTO. ESSAS INFLUÊNCIAS HIPOTALÂMICAS SÃO ESTRITAMENTE REGULADAS POR UM SISTEMA INTEGRADO DE FATORES NEURAIS, METABÓLICOS E HORMONAIS O hormônio liberador do hormônio de crescimento- GHRH liga-se a receptores específicos, estimulando a produção de AMPc por meio de somatotrófos e estimula a síntese e a secreção de GH. Os efeitos de GHRH são parcialmente bloqueados pela somatostatina. A administração de GHRH em humanos normais leva à liberação rápida de GH (dentro de minutos), os níveis atingem um pico em 30 minutos e são mantidos durante 60 a 120 minutos. Outros hormônios peptídeos tais como ADH, ACTH e ALFA-MSH podem atuar como fatores liberadores de GH quando presentes em quantidades farmacológicas. Mesmo o TSH e o GnRH frequentemente causam secreção de GH em pacientes com acromegalia, no entanto, não é certo se quaisquer desses efeitos são mediados pelo hipotálamo ou se representam efeitos diretos sobre o somatotrófo. O hormônio liberador do hormônio de crescimento-GHRH, também conhecido como fator de crescimento de liberação de hormônios (GRF, GHRF), somatoliberin ou somatocrinina, é um hormônio liberador de hormônio do crescimento-GH. É um hormônio
  2. 2. peptídico com 44-aminoácidos produzido no núcleo arqueado do hipotálamo. O GHRH aparece pela 1ª vez no hipotálamo humano em torno de 18 e 29 semanas de gestação, que corresponde ao início da produção do hormônio de crescimento-GH e outros somatotrófos em fetos. O GHRH é liberado a partir de terminais nervosos neurossecretores destes neurônios do núcleo arqueado e é transportado pelo sistema portal hipotálamo-hipofisário para a glândula pituitária anterior, onde estimula o GH pela estimulação do receptor do hormônio de liberação do hormônio de crescimento. O GHRH é liberado de uma maneira pulsátil, estimulando a liberação pulsátil semelhante de GH. Além disso, o GHRH, também promove o sono de ondas lentas diretamente. O GH é necessário para o crescimento pós-natal normal, o crescimento do osso, efeitos reguladores sobre as proteínas, hidratos de carbono, e o metabolismo lipídico. O GHRHR é um membro da família das secretinas de receptores acoplados à proteína, e está localizado no cromossoma 7. Essa proteína é transmembrana com sete dobras, e o seu peso molecular é de aproximadamente 44 kD. Transdução de sinal: é a ligação de GHRH para resultados GHRHR no aumento da produção de GH, principalmente pela via dependente de AMPc, mas também pela via da fosfolipase C (IP 3/DAG via) e outras vias de menor importância. A via dependente de AMPc é iniciada pela ligação de GHRH ao seu receptor, fazendo com que a conformação do receptor, que ativa G s subunidade alfa do complexo de Proteína G intimamente associada com o lado
  3. 3. intracelular. Isto resulta em estimulação de ligação à membrana adenililciclase e aumento intracelular de adenosina monofosfato cíclica (AMPc). AMPc liga-se e ativa as subunidades reguladoras da proteína quinase A (PKA), permitindo que as subunidades catalíticas livres de se translocar para o núcleo e fosforilar o fator de transcrição de ligação ao elemento de resposta AMPc de proteína (CREB). CREB fosforilado, em conjunto com os seus coativadores, p300 e proteína de ligação a CREB (CBP) aumenta a transcrição de GH ligando-se a CREs elementos AMPc- resposta na região promotora do gene do GH. Ela também aumenta a transcrição do gene GHRHR fornecendo alimentação positiva. A relação de GHRH e a somatostatina: as ações de GHRH se opõem pela somatostatina (crescimento de inibição do hormônio de crescimento). A somatostatina é liberada a partir de terminais nervosos de neurônios de somatostatina neurosecretoras periventriculares e é transportada pelo sistema portal hipotálamo- hipofisário para a pituitária anterior em que inibe a secreção de GH. A somatostatina e o GHRH são secretados em alternância, dando origem à secreção pulsátil de GH significativamente. A expressão de GHRH tem sido demonstrada em células e tecidos periféricos fora do seu local principal no hipotálamo, por ex., no pâncreas, na mucosa epitelial gastrointestinal de roedores, etc. A somatostatina é um tetradecapeptídio, um potente
  4. 4. inibidor da secreção de GH. Em células secretoras de GH diminui a produção de AMPc e inibe a secreção basal e estimulada de GH. A secreção de somatostatina é aumentada por níveis elevados de GH e IGF-I. IMPLEMENT THE KIDS GROWTH: GH SECRETION IS PREVAILING MEDIATED 2 HYPOTHALAMUS HORMONES; GHRH, SOMATOSTATIN (HORMONE INHIBITOR GH). GROWTH EFFICIENCY IN CHILDREN, YOUTH AND CHILDREN: BOTH HYPOTHALAMUS HORMONES CONTRIBUTE WITH STANDARD EPISODIC GH SECRETION - GROWTH HORMONE. THESE INFLUENCES OF HYPOTHALAMUS ARE STRICTLY REGULATED BY AN INTEGRATED SYSTEM OF NEURAL FACTORS, METABOLIC AND HORMONAL: PHYSIOLOGY- ENDOCRINOLOGY-NEUROENDOCRINOLOGY-GENETICS-ENDOCRINE- PEDIATRICS (SUBDIVISION OF ENDOCRINOLOGY): DR. JOÃO SANTOS CAIO JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO. Growth hormone realising hormone-GHRH binds to specific receptors stimulating the production of cAMP by somatotrophs and stimulates the synthesis and secretion of GH. The effects of GHRH are partially blocked by somatostatin. The administration of GHRH in normal humans leads to the rapid release of GH (within minutes) levels reach a peak within 30 minutes and kept for 60 to 120 minutes. Others peptides hormones such as ADH, ACTH and alpha-MSH can act as releasing factors of GH when present in pharmacological amounts. Even TSH and often cause GnRH secretion of GH in patients with Acromegaly, however, it is uncertain whether any of these effects are mediated by the hypothalamus or represent direct effects on somatotrophs. Growth hormone-releasing hormone (GHRH), also known as growth
  5. 5. hormone release (GRF, GHRF) or somatoliberin, somatocrinin factor is growth hormone releasing hormone. It is a peptide hormone of 44- amino acids produced in the arcuate nucleus of the hypothalamus. GHRH first appears in the human hypothalamus between 18 and 29 weeks of gestation, which corresponds to the start of production of growth hormone-GH and other somatotrophs in fetuses. GHRH is released from nerve terminals such neurosecretory neurons of the arcuate nucleus in the hypothalamus and transported by hypophyseal portal system to the anterior pituitary gland which stimulates GH receptor by stimulation of growth hormone releasing hormone. GHRH is released in a pulsatile manner, stimulating pulsatile release of GH similar. Additionally, GHRH also promotes slow waves sleep directly. The GH is required for normal postnatal growth, bone growth, regulatory effects on protein, carbohydrate, and lipid metabolism. The GHRHR is a member of secretin family protein coupled receptors and is located on chromosome 7. This transmembrane protein is seven fold, and its molecular weight is approximately 44 kD. Signal transduction: the GHRH binding to GHRHR results in increased production of GH dependent primarily by means of cAMP, but also via phospholipase C (IP 3/DAG pathway), and other means of lesser importance. The cAMP dependent pathway is initiated by the binding of GHRH to its receptor, causing the conformation of the receptor, which activates the G s alpha subunit of G protein complex closely associated with the intracellular side. This results in a stimulation of membrane bound adenylyl cyclase and increase intracellular cyclic adenosine monophosphate (cAMP). cAMP binds to and activates the regulatory subunits of protein kinase A (PKA), allowing free catalytic subunits translocate to the nucleus and phosphorylate transcription factor binding to the cAMP response element protein (CREB). Phosphorylated CREB, together with their coactivators, p300 and CREB binding protein (CBP) increases transcription of GH binding to CRE cAMP response elements in the promoter of the GH gene region. It also increases the transcription of the gene GHRHR providing positive feedback. Relationship of GHRH and somatostatin: the actions of GHRH
  6. 6. are opposed by somatostatin (growth hormone-inhibiting hormone). Somatostatin is released from nerve terminals of neurons periventricular neurosecretory somatostatin, and is transported by the hypothalamic- pituitary portal system to the anterior pituitary gland where it inhibits secretion of GH. GHRH and somatostatin are secreted in alternation, resulting in pulsatile GH secretion, growth hormone significantly. The expression of GHRH has been demonstrated in peripheral tissues and cells outside its primary location in the hypothalamus, such as the pancreas, the epithelial lining of the gastrointestinal tract etc. Somatostatin one tetradeca peptide is a potent inhibitor of GH secretion. In GH secreting cells decreases the production of cAMP and inhibits basal and stimulated GH secretion. The secretion of somatostatin is increased by elevated levels of GH and IGF-I. Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neuroendocrinologista CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930 Como saber mais: 1. A importância do crescimento de criança, infantil e juvenil é de fato significativa para seu desenvolvimento psicológico, biológico e social, além de caracterizar como um indivíduo independente do gênero com característica alfa no geral, mas não de forma obrigatória, entretanto, as pesquisas biopsicossociais induzem a pensarmos que existe uma boa vantagem em se comparando com os de menor estatura durante a fase de maturação... http://hormoniocrescimentoadultos.blogspot.com 2. Sob o aspecto orgânico podemos observar que a concentração matinal
  7. 7. precoce de GH-hormônio de crescimento em jejum em adultos não estressados é inferior a 2 ng/ml (90 pmol/l)... http://longevidadefutura.blogspot.com 3. O desenvolvimento infantil refere-se ao amadurecimento biológico, psicológico e alterações emocionais que ocorrem nos seres humanos desde o nascimento até o final da adolescência, que como indivíduo progride de dependência total para o aumento da autonomia... http://imcobesidade.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Caio Jr, João Santos, Dr.; Endocrinologista, Neuroendocrinologista, Caio,H. V., Dra. Endocrinologista, Medicina Interna – Van Der Häägen Brazil, São Paulo, Brasil; Smith RG, Van der Ploeg LH, Howard AD, et al. Peptidomimetic regulation of growth hormone secretion. Endocr Rev 1997; 18:621; Kojima M, Hosada H, Date Y, et al. Ghrelin is a growth-hormone-releasing acylated peptide from stomach. Nature 1999; 402:656; Winer LM, Shaw MA, Baumann G. Basal plasma growth hormone levels in man: new evidence for rhythmicity of growth hormone secretion. J Clin Endocrinol Metab 1990; 70:1678; Faria ACS, Veldhuis JD, Thorner MO, Vance ML. Half-time of endogenous growth hormone (GH) disappearance in normal man after stimulation of GH secretion by GH-releasing hormone and suppression with somatosta-tin. J Clin Endocrinol Metab 1989; 68:535; Baumann G, Amburn K, Shaw M. The circulating growth hormone–binding protein complex: a major constituent of plasma growth hormone in man. Endocrinology 1988; 122:976; Daughaday WH, Trivedi B, Andrews BA. The ontogeny of serum GH binding protein in man: a possible indicator of hepatic GH receptor development. J Clin Endocrinol Metab 1987; 65:1072; Maheshwari H, Sharma L, Baumann G. Decline of plasma growth hormone binding protein in old age. J Clin Endocrinol Metab 1996; 81:995; Salmon WD Jr, Daughaday WH. A hormonally controlled serum factor which stimulates sulfate incorporation by cartilage in vitro. J Lab Clin Med 1957; 49:825; Clemmons DR. Insulin-like growth factor binding proteins and their role in controlling IGF actions. Cytokine Growth Factor Rev 1997; 8:45; Burren CP, Wilson EM, Hwa V, et al. Binding properties and distribution of insulin-like growth factor binding protein–related protein 3 (IGFBP-rP3/NovH), an additional member of the IGFBP superfamily. J Clin Endocrinol Metab 1999; 84:1096; Châtelain P, Bouillat B, Cohen R, et al. Assay of growth hormone levels in human plasma using commercial kits: analysis of some factors influencing the results. Acta Paediatr Scand 1990; 370(Suppl):56; Shalet SM, Toogood A, Rahim A, Brennan BMD. The diagnosis of growth hormone deficiency in children and adults. Endocr Rev 1998; 19:203. Contato: Fones: 55 11 5087-4404 ou 96197-0305 Nextel: ID:111*101625
  8. 8. Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj. 121/122 Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002 e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr Video http://youtu.be/woonaiFJQwY Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl= pt&sll=-23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,- 46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

×