Intercâmbio Interescolar - Cartas C - Prof. Joaquim Kuelen

610 visualizações

Publicada em

Troca de cartas entre alunos de escolas diferentes

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
610
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
201
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Intercâmbio Interescolar - Cartas C - Prof. Joaquim Kuelen

  1. 1. Mais uma carta-bilhete. Os sonhos, as ambiçõesprofissionais são reflexos dos sonhos desta gurizada. São paixões despertadas por eventos proporcionados pelosaviadores em datas cívicas nos céus de Canoas e de todo opaís.“Base” é como é carinhosamente chamado o quartel da aeronáutica desta região. A carta é mais paixão do que palavras.
  2. 2. Carta elaborada por uma menina que afirma ter dificuldade deescrever e sonha em ser veterinária. Eis o caso de quem nunca teveamigo, mas abraçou o projeto até o fim, escrevendo sobre todos ostemas sugeridos.
  3. 3. Testemunho de um aluno do Eja que estáaproveitando as ofertas de curso lançadas pelo governo. Os dois correspondentes têm afinidade com odesenho. Porém ela curteanime e ele, desenhos de caminhões. É um dos alunos que resiste à evasão tão comum dealunos em princípios de inverno ou final dosemestre. Acredito que o elogio diário de vários professores o mantém ligado à escola.
  4. 4. Antes professora ou cuidadora de bebês. Agora a dança entrou definitivamente em sua vida. Amanhã não sesabe. O período deindecisão é forte.Cada um tem seu tempo para descobrir sua vocação.
  5. 5. A história desta menina, como ela mesma afirma, é realmente longa. Ela realmente gosta de escrever. Antes fora modelo quando criança. Mas naadolescência sua paixão passou a ser uma máquina de escrever, escrever e escrever. Ou seja, emsuas palavras, abre uma tela em sua mente e ela despeja o negativo destas imagens no papel. Ela me chamou a atençãopor seu jeito estranho de segurar lápis ou caneta entre os dedos anular e médio. Tomara que daqui a algum tempo eu cruze com ela autografando sua primeira obra literária. Ela é demais!!!

×