Teoria neoclássica 2012_01

13.938 visualizações

Publicada em

Material da Disciplina de Fundamentos da Administração Prof. Milton Henrique miltonh@terra.com.br

Publicada em: Negócios
2 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.938
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
651
Comentários
2
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Teoria neoclássica 2012_01

  1. 1. Teoria NeoclássicaMilton Henrique do Couto Neto miltonh@terra.com.br
  2. 2. Características da Teoria Neoclássica• Ênfase na Prática da Administração – Os autores neoclássicos procuram desenvolver os seus conceitos de forma prática e plausível.
  3. 3. Características da Teoria Neoclássica• Reafirmação Relativa dos Postulados Clássicos – Os autores neoclássicos retomam o material desenvolvido pela Teoria Clássica redimensionando-o e reestruturando-o de acordo com as contingências da época atual, dando-lhe uma configuração mais ampla e flexível.
  4. 4. Características da Teoria Neoclássica• Ênfase nos Princípios Gerais da Administração – Os autores neoclássicos retomam o que os clássicos consideravam “leis” científicas da administração como sendo critérios elásticos para a busca de soluções administrativas, de forma mais relativa e flexível.
  5. 5. Características da Teoria Neoclássica• Ênfase nos Objetivos e Resultados – Enquanto a Teoria Científica enfatizava os métodos e a racionalização do trabalho e a Teoria Clássica punha ênfase nos princípios gerais de administração, a Teoria Neoclássica considera os meios na busca da eficiência mas enfatiza os fins e resultados, na busca de eficácia.
  6. 6. Características da Teoria Neoclássica• Ecletismo da Teoria Neoclássica – Os autores neoclássicos absorveram conteúdo de diversas outras teorias administrativas. Devido a esse ecletismo a Teoria Neoclássica é considerada uma Teoria Clássica atualizada e mais abrangente.
  7. 7. Administração como Técnica SocialAdministração como organizaçãode atividades grupais;Surge a Sociedade de Organizaçõescom um pluralismo de objetivos, diversidade deinstituições e difusão de poder;Cada vez mais aumenta a interdependênciaorganizacional, onde uma organização usa a outracomo agente para a realização de algumas de suaspróprias tarefas;
  8. 8. Aspectos Administrativos Comuns às Organizações• Quanto ao objetivos – As organizações não vivem para si própria. As organizações possuem objetivos que estão fora dela, e é sempre uma contribuição específica para o indivíduo e a sociedade.
  9. 9. Aspectos Administrativos Comuns às Organizações• Quanto à administração – Todas as organizações exigem uma reunião de pessoas que devem atuar em conjunto e se integrar em um empreendimento comum. Assim todas as organizações tem o mesmo problema de equilibrar os objetivos da instituição com a necessidade de flexibilidade e de liberdade individual.
  10. 10. Aspectos Administrativos Comuns às Organizações• Quanto ao desempenho individual – As organizações só agem à medida que os seus administradores agem e é cada vez maior o número de pessoas que tem de ser eficientes para que a organização funcione.
  11. 11. Funções Fundamentais do Administrador1. Tornar economicamente produtivos os recursos organizacionais, minimizando riscos e maximizando oportunidades
  12. 12. Funções Fundamentais do Administrador1. Tornar produtivos os recursos humanos,em fazer as pessoas trabalharem juntas, reunindo em uma tarefa comum as suas habilidades e conhecimentos individuais e tornar produtivas as suas forças e irrelevantes as suas fraquezas
  13. 13. Funções Fundamentais do Administrador 1. Desempenhar uma função pública: o administrador é visível e representa alguma coisa na comunidade
  14. 14. Eficiência e Eficácia Eficiência Eficácia• Ênfase nos meios • Ênfase nos resultados• Fazer corretamente as coisas • Fazer as coisas certas• Resolver problemas • Atingir os objetivos• Salvaguardar os recursos • Otimizar a utilização dos recursos• Cumprir tarefas e obrigações • Obter resultados• Treinar os subordinados • Dar eficácia aos subordinados• Manter as máquinas • Máquinas em bom• Presença nos templos funcionamento• Rezar • Prática dos Valores religiosos• Jogar futebol com arte • Ganhar o céu • Ganhar a partida
  15. 15. Princípios Básicos da Administração1) Divisão do Trabalho3) Especialização5) Hierarquia7) Amplitude Administrativa
  16. 16. Divisão do Trabalho• Maneira pela qual um processo complexo pode ser decomposto em uma série de pequenas tarefase que o constituem.
  17. 17. Divisão do Trabalho• Fatores considerados positivos: – Padronização e simplificação das atividades – Maior especialização e detalhamento das tarefas – Melhor aproveitamento do trabalho especializado por meio da departamentalização
  18. 18. Divisão do Trabalho• Consequências a curto prazo: – Maior produtividade e melhor rendimento do pessoal envolvido – Maior eficiência da organização – Redução dos custos de produção, principalmente os e mão-de-obra e de materiais diretos
  19. 19. Divisão do Trabalho• Níveis Administrativos: – Nível institucional, composto dos diretores e institucional dirigentes da organização – Nível intermediário, composto pelos gerentes intermediário – Nível operacional, composto dos supervisores que operacional administram a execução das tarefas e operações da empresa
  20. 20. Especialização• Os neoclássicos basearam-se nas colocações abaixo e passaram a se preocupar com a especialização dos orgãos que compõem a estrutura organizacional: – Tarefas simples e bem definidas para cada posto de trabalho – Tarefas repetitivas que requeiram pouca experiência do executor e escassos conhecimentos prévios – Estabelecimento de manuais para redução do tempo de treinamento – Facilidade de substituição de mão-de-obra – Separação do planejamento da execução do trabalho
  21. 21. Hierarquia• A pluralidade de funções imposta pela especialização exige inevitavelmente o desdobramento da função de comando, cuja missão é dirigir todas as atividades para que estas cumpram harmoniozamente as suas respectivas missões. Nível hierárquico Autoridade
  22. 22. Hierarquia• A Autoridade se distingue por 3 características: – Autoridade é alocada em posições da organização e não em pessoas – Autoridade é aceita pelos subordinados – Autoridade flui abaixo através da hierarquia verticalizada
  23. 23. Hierarquia Autoridade Responsabilidade• Responsabilidade significa o dever de desempenhar a tarefa ou atividade para a qual a pessoa foi designada
  24. 24. Hierarquia• Delegação é o processo de transferir autoridade e responsabilidade para posições inferiores na hierarquia
  25. 25. Hierarquia• Técnicas de Delegação de Autoridade – Delegar a tarefa inteira – Delegar à pessoa certa – Delegar responsabilidade e autoridade – Proporcionar informação adequada – Manter retroação – Avaliar e recompensar o desempenho
  26. 26. Amplitude Administrativa • Amplitude administrativa significa o número de subordinados que um administrador pode supervisionarOrganização Alta Organização Achatada Menos níveis hierárquicos Mais níveis hierárquicos
  27. 27. Amplitude Administrativa• Centralização versus Descentralização – A centralização e a descentralização referem-se ao nível hierárquico no qual as decisões devem ser tomadas
  28. 28. Amplitude Administrativa• Centralização versus Descentralização – Centralização significa que a autoridade para tomar decisões está alocada próximo ao topo da organização – Com a descentralização, a autoridade de tomar decisões é deslocada para os níveis mais baixos da organização
  29. 29. Amplitude Administrativa• Centralização – Vantagens da Centralização • As decisões são tomadas por administradores que possuem visão global da empresa • Os tomadores de decisão no topo são mais bem treinados e preparados que os que estão nos níveis mais baixos • As decisões são mais consistentes com os objetivos empresariais globais • Elimina esforços duplicados de vários tomadores de decisão e reduz custos operacionais • Certas funções permitem maior especialização e vantagens com a centralização
  30. 30. Amplitude Administrativa• Centralização – Desvantagens da Centralização • As decisões são tomadas na cúpula que está distanciada dos fatos e das circunstâncias • Os tomadores de decisão no topo têm pouco contato com as pessoas e situações envolvidas • As linhas de comunicação da cadeia escalar provocam demoras e maior custo operacional • As decisões passam pela cadeia escalar, envolvendo pessoas intermediárias e possibilitando distorções e erros pessoais no processo de comunicação das decisões
  31. 31. Amplitude Administrativa• Descentralização – Grau de Descentralização O grau de descentralização é tanto maior quanto: Mais decisões são tomadas nos níveis mais baixos da hierarquia administrativa Mais importantes forem as decisões tomadas nos níveis mais baixos da hierarquia administrativa Menor for a supervisão sobre a decisão tomada
  32. 32. Amplitude Administrativa• Descentralização – Vantagens da Descentralização • As decisões são tomadas mais rapidamente pelos próprios executantes da ação • Tomadores de decisão são os que têm mais informações sobre a situação • Maior participação no processo decisorial promove motivação e moral elevado entre os administradores médios • Proporciona excelente treinamento para os administradores médios
  33. 33. Amplitude Administrativa• Descentralização – Desvantagens da Descentralização • Pode ocorrer falta de informação e coordenação entre os departamentos envolvidos • Maior custo pela exigência de melhor seleção e treinamento dos administradores médios • Risco de subobjetivação: os administradores podem defender mais os objetivos departamentais do que os globais • As políticas e procedimentos podem variar enormemente nos diversos departamentos
  34. 34. Funções do Administrador na Visão Neoclássica PROCESSO ADMINISTRATIVO Roupagem atualizada sobre oselementos da administração de Fayol
  35. 35. ProcessoAdministrativo

×