O cortiço - Aluísio Azevedo

22.583 visualizações

Publicada em

Características principais de O Cortiço de
Aluísio Azevedo.

Publicada em: Educação
2 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
22.583
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9.309
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
360
Comentários
2
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O cortiço - Aluísio Azevedo

  1. 1. O Cor t iço Aluísio Azevedo
  2. 2. O Cortiço representa o espaço físico que tem força dinâmica ca- paz de alterar destinos e forjar per- sonagens. O romance de Aluísio Azevedo oferece um estudo de meio que permite várias análises.
  3. 3. Realidade urbana mostrada por Aluí- sio Azevedo no fim do século XIX. Tem como destaque o problema da habitação em Botafogo onde se passa toda a narrativa de O Cortiço.
  4. 4. O Cortiço é marcado pelo apelo sensorial:
  5. 5. Características olfativas <ul><li>“ um fartum acre de
  6. 6. sabão ordinário. ” </li></ul>
  7. 7. Características visuais <ul><li>“ mas a sua infinidade de portas e janelas.” </li></ul>Blog Literatura Brasileira Digital
  8. 8. Características táteis <ul><li>“ metiam a cabeça bem debaixo da água, esfregavam com força, as ventas e as barbas. ” </li></ul>
  9. 9. Características auditivas <ul><li>“ começavam as xícaras a tilintar. ” </li></ul>elaineruizcederj.blogspot.com
  10. 10. Personagens:
  11. 11. Tese Naturalista: com base da influência do meio, raça e mo- mento histórico explicam o com- portamento das personagens.
  12. 12. O Cortiço é a principal personagem do romance. Blog Literatura Brasileira Digital
  13. 13. João Romão: ascensão social através da explo- ração. elaineruizcederj.blogspot.com
  14. 14. Bertoleza: escrava, quitandeira, traba- lha como uma máquina.
  15. 15. Miranda: morador do sobrado e principal opositor de João Romão.
  16. 16. Rita Baiana: representante da mulher brasileira, mulata sensual.
  17. 17. A transformação de Jerônimo : portu- guês forte, trabalhador e honesto,trans- formou-se num homem que perdeu o gosto pelo trabalho(preceitos naturalis- tas de que o meio determina o homem). Jerônimo briga com Firmo (namorado de Rita Baiana) é esfaqueado e vai para o hospital. Quando sai, chama uns amigos e vai para o Cortiço Cabeça de Gato e mata o Firmo a pauladas.
  18. 19. Pombinha – moça íntegra de boa famí- lia, era a flor do cortiço, afilhada da pros- tituta Leónie responsável por sua inicia- ção sexual. Depois de chegar a sua mes- truação, casou-se com João da Costa, mas o casamento não deu certo e Pom- binha foi viver com Leónie tornando-se prostituta. Pombinha foi “devorada” pela leoa atra- vés da iniciação homossexual.
  19. 20. A prostituição além de ser uma ne- cessidade financeira, também passa- va a ser uma alternativa de ascensão social e de emancipação feminina,prin- cipalmente no caso das prostitutas de primeira ordem que eram mulheres res- peitadas e mantinham uma participação junto à elite política e social.
  20. 21. O casamento em O Cortiço:
  21. 22. O casamento representava e conce- dia à mulher respeito perante à socie- dade, mesmo que isso representasse sujeitar-se a inconvenientes conjugais; como é o caso de D. Estela: “ Desgraçadamente para nós, mulheres da sociedade não podemos viver sem o esposo, quando somos casadas; de for- ma que tenho de aturar o que me caiu em sorte, quer goste dele, quer não goste!”
  22. 23. O cortiço de João Romão se trans- forma em estalagem São Romão e pas- sa a atender outra classe de pessoas, enquanto o outro cortiço (Cabeça de Ga- to) passou a ser a moradia dos antigos moradores do cortiço São Romão.
  23. 24. Blog Literatura Brasileira Digital elaineruizcederj.blogspot.com

×