Riboflavina na    Nutrição de AvesDisciplina: Fundamentos na Nutrição de avesProfessora: Aline Calil       Andresa de Barr...
   Wynter Blyth descobriu no final do século XVIII Leite   da vaca = lactocromo    Outros nomes: lactoflavina, ovoflavin...
http://pt.wikipedia.org/wiki/Riboflavina                                           3
Proteínas                       Vitamina                          B2  Carboidratos            Lipídeos                    ...
 Precursora de coenzimas participantes da cadeia  transportadora de elétrons    FAD e FMN Origina muitas flavinas que s...
 Metabolismo do ácido fólico, piridoxina e niacina Inibição do estresse oxidativo Participação em processos de oxi-redu...
Ligada à “proteína              ligadora de riboflavina”                                            VegetaisOvo           ...
Alimento       Riboflavina   Alimento     Riboflavina                 (mg/100 gr)                (mg/100 gr)    Leite     ...
   Estável ao calor      Cozimento não afeta quantidade da vitamina   Luz direta      Pode reduzir quantidades   Cere...
No alimento:             Coenzima ligada a proteínaFlavina adenina                         Flavina dinucleotídeo          ...
ABSORÇÃO     Intestino delgado  FAD E FMN              RiboflavinaFAD - Pirofosfatases e  FMN - fosfatases                ...
   Local: Intestino delgado proximal   Em humanos absorção está relacionado ao Na   Em coelhos: absorção sem relação co...
   Na forma de riboflavina e FMN   Livres ou por proteínas plasmáticas      Globulina e albumina   RfBPs: proteína esp...
 Maior   [ ]: fígado, rins e coração Outras   quantidades em retina, urina e leite Em  humanos  • Quantidade corpórea s...
 Flavoproteínas(enzimas oxidação biológica e reduções) metabolismo CHO’s AtivaçãoPiridoxina e Ácido fólico Proteção Eri...
Falhas ReprodutivaApetiteCrescimentoEficiênciaCusto                      Aline Calil                                 ...
 ReduçãoFérteisCrescimentoDermatite               17
InadequadaLeite, Leveduras, Sintetico                               18
19
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Riboflavina

931 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
931
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Riboflavina

  1. 1. Riboflavina na Nutrição de AvesDisciplina: Fundamentos na Nutrição de avesProfessora: Aline Calil Andresa de Barros Guimarães Clauber Rodrigues de Almeida 1
  2. 2.  Wynter Blyth descobriu no final do século XVIII Leite da vaca = lactocromo Outros nomes: lactoflavina, ovoflavina,hepatoflavina, verdoflavina, uroflavina, vitamina G 2
  3. 3. http://pt.wikipedia.org/wiki/Riboflavina 3
  4. 4. Proteínas Vitamina B2 Carboidratos Lipídeos 4
  5. 5.  Precursora de coenzimas participantes da cadeia transportadora de elétrons  FAD e FMN Origina muitas flavinas que se encontram ligadas a diversas enzimas Degradação drogas e outros compostos 5
  6. 6.  Metabolismo do ácido fólico, piridoxina e niacina Inibição do estresse oxidativo Participação em processos de oxi-redução “Regulação do relógio biológico” 6
  7. 7. Ligada à “proteína ligadora de riboflavina” VegetaisOvo cor escuro Peixe Leite Carne Livremente, sem ligação a proteína 7
  8. 8. Alimento Riboflavina Alimento Riboflavina (mg/100 gr) (mg/100 gr) Leite 0,17 Aspargos 0,18 Iogurte 0,16 Brócolis 0,20 Queijo 0,40 Repolho 0,06 Sorvete 0,21 Cenoura 0,06Fígado bovino 3,50 Couve flor 0,08Carne bovina 0,24 Milho 0,06Carne Frango 0,19 Feijão 0,10Carne Cordeiro 0,22 Batata 0,04 Carne Suino 0,27 Espinafre 0,14 Trigo 0,11 Tomate 0,04 Centeio 0,08 Maça 0,01 Aveia 0,02 Banana 0,04 Arroz 0,01 Laranja 0,03 Ovos 0,30 Pêssego 0,04 8
  9. 9.  Estável ao calor  Cozimento não afeta quantidade da vitamina Luz direta  Pode reduzir quantidades Cereais  Localização primariamente no germe  Moagem pode reduzir quantidades Segundo Combs (1991) a de carência é maior caso de aves recebendo uma dieta a base de cereais e de suplementos protéicos de origem vegetal 9
  10. 10. No alimento: Coenzima ligada a proteínaFlavina adenina Flavina dinucleotídeo mononucleotídeo (FAD) (FMN) Proventriculo FAD E FMN livres 10
  11. 11. ABSORÇÃO Intestino delgado FAD E FMN RiboflavinaFAD - Pirofosfatases e FMN - fosfatases 11
  12. 12.  Local: Intestino delgado proximal Em humanos absorção está relacionado ao Na Em coelhos: absorção sem relação com Na 12
  13. 13.  Na forma de riboflavina e FMN Livres ou por proteínas plasmáticas  Globulina e albumina RfBPs: proteína especifica para a vitamina  Galinhas poedeira, vacas e ratas  Sintese: fígado  Parece ser estimulada por estrogênio Anormalidade hereditária na produção de RfBPs pode ocorrer:Riboflavinúria com menor produção de ovos e redução no crescimento 13
  14. 14.  Maior [ ]: fígado, rins e coração Outras quantidades em retina, urina e leite Em humanos • Quantidade corpórea suficiente para 2 a 6 semanas 14
  15. 15.  Flavoproteínas(enzimas oxidação biológica e reduções) metabolismo CHO’s AtivaçãoPiridoxina e Ácido fólico Proteção Eritrócitos Esstre oxidativo 15
  16. 16. Falhas ReprodutivaApetiteCrescimentoEficiênciaCusto Aline Calil 16
  17. 17.  ReduçãoFérteisCrescimentoDermatite 17
  18. 18. InadequadaLeite, Leveduras, Sintetico 18
  19. 19. 19

×