Comissao de boas_praticas_18_04_2012

303 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
303
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
0
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comissao de boas_praticas_18_04_2012

  1. 1. Boas práticasClube do RHExtrema –MG18 de Abril de 2012
  2. 2. Projeto Eco Político Pedagógico ABORDAGEM VIVENCIAL E REFLEXIVA Este projeto visa definir padrões de qualidade para o CENTRO EDUCACIONAL TERRA – CHÁCARA GIRASSOL. Acreditando que o objetivo primordial da educação é integrar a educação e a formação humana, envolvendo crianças e adultos, contemplando as famílias, organizando o espaço, observando e elaborando projetos com os alunos, tornando a escola um lugar privilegiado e uma instituição formadora.
  3. 3. GESTÃO SOCIALAUTO-ADMINISTRAÇÃO, CO-RESPONSABILIDADE, COOPERATIVAEDUCACIONAL.Valoriza-se o princípio de descentralizaçãoadministrativa. De fato, confia-se acompetência da escola à entidade local:educadores, profissionais, pais, comunidadee crianças.
  4. 4. “A RESPONSABILIDADE FUNDAMENTAL ESTÁEM CRIAR A POSSIBILIDADE DE HAVERRESPONSABILIDADE” Devemos criar o espaço da Três relevantes conceitos cidadania: - tópica pedagógicos devem democrática forte. A prevalecer: solidariedade enquanto A – liberdade didática com forma de conhecimento é a característica de projeto condição necessária da participativo; solidariedade enquanto prática política. B – profissionalismo e Dimensão ética: permanente atualização; solidariedade Dimensão política : participação C – relação educador – família # de substitutos Dimensão estética : prazer maternos/paternos
  5. 5. Como as crianças participam dagestão social? Ocupando seu espaço social, como atores principais, atuantes, através de exposições orais, plásticas, musicais e corporais. Devemos prever um horário para assembléias participativas, com urnas para votação e debates para solução de problemas e criação de idéias. AS ESCOLAS NÃO SÃO LOCAIS PARA PALESTRAS, MAS LOCAIS ONDE OS PROFESSORES ESCUTAM ATIVAMENTE, DE MODO A PODEREM, COM AS CRIANÇAS, AVENTURAREM-SE NO MUNDO DO CONHECIMENTO.
  6. 6. Cèlestin Freinet 15/10/1896-1966 A cultura aparece como resultado do diálogo do homem com a natureza. O trabalho do homem é a sua parte no diálogo que deveria ser o fundamento de todos os seres humanos. Com o trabalho livre e solidário sobre a natureza o homem cria a sua cultura, transforma o mundo, faz estória e dá sentido à vida.
  7. 7. Há escolas que são gaiolas e háUM CONTRATO escolas que são asas.PEDAGÓGICO E DIDÁTICO Rubem AlvesAssembleias Técnicas Aula-passeioEU CRITICO Texto livre Imprensa escolarEU PROPONHO Livro da vida Plano de trabalhoEU FELICITO Auto-avaliação Devem-se fortalecer os fatosDIA ESPECIAL PARA alegres e os momentos CONVERSAR SOBRE AS bons, porém devem-se VIVÊNCIAS NA ESCOLA. refletir sobre as dificuldades de viver em sociedade.
  8. 8. A ORDEM E A DISCIPLINA SÃO NECESSÁRIAS NA AULA.
  9. 9. Justo quando a lagarta achou que omundo tinha acabado, virou borboleta.

×