SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Quais são os preditores
precoces do
desenvolvimento infantil?
Hewdy Lobo Ribeiro
Médico Psiquiatra da Infância e Adolescência
CREMESP 114681
Preditores precoces do
desenvolvimento
• Características da infância são base e catalisadoras do
neurodesenvolvimento ao longo dos anos.
• Muitas das mais importantes podem ser observadas antes do
primeiro ano de vida.
• A investigação destas características são essenciais na
avaliação dos transtornos do neurodesenvolvimento
transtornos psiquiátricos, síndromes genéticas ou metabólicas,
exposição pré-natal a drogas, e de outras condições que
alteram o neurodesenvolvimento.
• Estes preditores do desenvolvimento estão associados à
desfechos cognitivos e comportamentais
• A seguir, os preditores de 0 a 12 meses
Desenvolvimento biológico, físico e
motor
PREDITOR DESFECHO ASSOCIADO
Baixo peso (< 2.000 g; crítico ≤ 1.500
g) e/ou comprimento pequeno;
nascimento prematuro (crítico: < 33
semanas)
Ansiedade e depressão; Problemas motores; Menor QI e problemas do
neurodesenvolvimento; Resposta aumentada ao estresse; Problemas cognitivos e de
atenção; Atraso na linguagem; Problemas sociais e acadêmicos; Menor escolaridade e
menor renda; Menos chances de estabelecer família
Toxinas (bifenilos policlorados,
drogas, etc.)
Problemas emocionais e de comportamento; Problemas em manter atividades (mudar
de uma atividade para outra com frequência); Retraimento social e sintomas
depressivos; Agressividade; Reatividade emocional
Malnutrição
Prejuízos no crescimento; Prejuízos no desenvolvimento social e cognitivo
Privação de renda Pior saúde geral (obesidade, hipertensão, diabetes, asma, doenças cardiovasculares)
Coordenação/atividade motora Desenvolvimento motor; Desenvolvimento cognitivo; Desatenção; Desempenho
acadêmico
Desenvolvimento perceptual,
cognitivo e da comunicação
PREDITOR DESFECHO ASSOCIADO
Fixação do olhar Atenção seletiva
Comportamento visual exploratório Busca de novidades
Perceber uma face única em contexto social não familiar Reconhecimento de faces
Experiências sensoriais precoces Conexões de redes perceptuais e memória
Desempenho em tarefas de interpretação de ações Teoria da mente
Atenção, velocidade de processamento e memória
Linguagem e funções executivas; Desempenho acadêmico; Memória de
curto prazo e inteligência; QI e desempenho acadêmico
Exposição aos fonemas de uma segunda língua Aprendizagem mais rápida de segunda língua
Discriminação de sons da fala Consciência fonológica
Percepção da fala, Segmentação das palavras, Discriminação de
vogais
Linguagem
Vocabulário Inteligência verbal
Vocalização específica com as mães Desempenho cognitivo e acadêmico
Emoção, temperamento e
desenvolvimento social
PREDITOR DESFECHO ASSOCIADO
Inibição comportamental (estresse em contextos de
novidade, não familiares)
Comportamentos internalizantes; Retraimento social;
Vulnerabilidade para transtorno de ansiedade social;
Timidez/inibição comportamental
Nível de atividade, sorriso e gargalhadas, frustração com
limitações, medo
Adequação/ajuste comportamental; Emoção positiva,
raiva/frustração, menor capacidade de se acalmar
Temperamento exuberante (atividade motora vigorosa,
balbuciar, sorrir)
Comportamentos externalizantes; Sociabilidade e impulsividade
Alta reatividade a estímulos sensoriais (atividade motora ou
estresse)
Medo do novo, retraimento social, ansiedade
Agressão física Agressão física (estabilidade)
Temperamento difícil somado a experiências com mães
negativas e intrusivas
Comportamento externalizante
Temperamento difícil somado a estilo parental autoritário Comportamento externalizante
Emoção, temperamento e
desenvolvimento social
PREDITOR DESFECHO ASSOCIADO
Tipo de apego (vínculo de segurança com o cuidador
principal)
Tipo de apego/relações sociais com irmãos e pares
Apego seguro (afetivo, amável, cuidadoso, provedor,
responsivo, consistente)
Acurácia na percepção de faces/resolução de problemas sob
estresse
Cooperatividade/popularidade entre colegas
Apego seguro com parceiro romântico
Apego inseguro (tipo desorganizado/desorientado =
inconsistente)
Comportamento antissocial/transtorno de estresse pós-
traumático), comportamento externalizante
Apego inseguro (tipo frio/rejeição elevada) Autopercepção de insegurança
Interação mãe-filho (bidirecional: o filho estimula o
acolhimento emocional)
Inteligência
Mães com responsividade positiva em relação ao filho Inteligência
Vocabulário diversificado dos pais para com o filho Habilidades de comunicação
Emoção, temperamento e
desenvolvimento social
PREDITOR DESFECHO ASSOCIADO
Mães que brincam de modos diferentes com os
brinquedos da criança
Brincadeira simbólica
Atitude democrática dos pais Ideologias liberais
Número de horas por semana na creche Problemas de comportamento
Impulsividade
Intensidade de sintomas depressivos maternos Comportamento antissocial, agressividade
Privação social igual ou superior a 12 meses (p. ex.,
tempo com famílias desestruturadas antes da adoção)
Apego inseguro ou desinibido (não diferenciação entre adultos
familiares e não familiares); Traços de autismo, maior taxa de
transtorno de déficit de atenção/hiperatividade; Baixo
desempenho acadêmico; Menor desempenho em funções
executivas
Cuidado institucionalizado superior aos primeiros 12
meses
Prejuízo na identificação e nomeação das emoções
Percepção de intencionalidade Teoria da mente
Pós-graduação
• Profissionais que buscam níveis melhores de
trabalho, reconhecimento e remuneração
• Incomodado, inseguro e insatisfeito
• Curso de investimento justo, professores do
mercado e conhecimentos práticos
• Matrícula na nossa pós-graduação
• Neurociências na Infância e Adolescência
Contatos
Hewdy Lobo
lobo@vidamental.com.br
(11) 9 9622-8835
Pós-Graduação Vida Mental
cursos@vidamental.com.br
(11) 99901-6189
Universidade Paulista-UNIP
(11) 2166-1066 / 0800-010-9000
Muito obrigado!
Hewdy Lobo Ribeiro
lobo@vidamental.com.br
11 99622 8835

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Workshop emoções e afetos na educação
Workshop emoções e afetos na educaçãoWorkshop emoções e afetos na educação
Workshop emoções e afetos na educaçãoAnaí Peña
 
AUTISMO E TERAPIAS COGNITIVO- MOTORA
AUTISMO E TERAPIAS COGNITIVO- MOTORAAUTISMO E TERAPIAS COGNITIVO- MOTORA
AUTISMO E TERAPIAS COGNITIVO- MOTORAKátia Rumbelsperger
 
Estados ansiosos, sintomas e organização neurótica
Estados ansiosos, sintomas e organização neuróticaEstados ansiosos, sintomas e organização neurótica
Estados ansiosos, sintomas e organização neuróticaUNICEP
 
Autismo e hiperatividade
Autismo e hiperatividadeAutismo e hiperatividade
Autismo e hiperatividadeSolange Leite
 
Deficiência Mental, Autismo
Deficiência Mental, AutismoDeficiência Mental, Autismo
Deficiência Mental, Autismocraeditgd
 
O que é autismo?
O que é autismo?O que é autismo?
O que é autismo?Mekinho20
 
Habilidades sociais oficina
Habilidades sociais oficinaHabilidades sociais oficina
Habilidades sociais oficinaAnaí Peña
 
Palestra hiperatividade no Contexto Escolar
Palestra hiperatividade no Contexto EscolarPalestra hiperatividade no Contexto Escolar
Palestra hiperatividade no Contexto EscolarLubelia Barbosa
 
Curso Dsm-5 –Transtornos do Neurodesenvolvimento
Curso Dsm-5 –Transtornos do NeurodesenvolvimentoCurso Dsm-5 –Transtornos do Neurodesenvolvimento
Curso Dsm-5 –Transtornos do NeurodesenvolvimentoFelipe de Souza
 
John Bowlby e a Teoria do Apego
John Bowlby e a Teoria do ApegoJohn Bowlby e a Teoria do Apego
John Bowlby e a Teoria do ApegoThiago de Almeida
 
Power point autismo
Power point  autismoPower point  autismo
Power point autismoadrianamnf13
 

Mais procurados (16)

Workshop emoções e afetos na educação
Workshop emoções e afetos na educaçãoWorkshop emoções e afetos na educação
Workshop emoções e afetos na educação
 
AUTISMO E TERAPIAS COGNITIVO- MOTORA
AUTISMO E TERAPIAS COGNITIVO- MOTORAAUTISMO E TERAPIAS COGNITIVO- MOTORA
AUTISMO E TERAPIAS COGNITIVO- MOTORA
 
Como é a entrevista clínica de crianças de 0 a 1 ano em neurociências?
Como é a entrevista clínica de crianças de 0 a 1 ano em neurociências?Como é a entrevista clínica de crianças de 0 a 1 ano em neurociências?
Como é a entrevista clínica de crianças de 0 a 1 ano em neurociências?
 
Estados ansiosos, sintomas e organização neurótica
Estados ansiosos, sintomas e organização neuróticaEstados ansiosos, sintomas e organização neurótica
Estados ansiosos, sintomas e organização neurótica
 
Bullying : Os Primeiros Sinais
Bullying : Os Primeiros SinaisBullying : Os Primeiros Sinais
Bullying : Os Primeiros Sinais
 
Autismo e hiperatividade
Autismo e hiperatividadeAutismo e hiperatividade
Autismo e hiperatividade
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Deficiência Mental, Autismo
Deficiência Mental, AutismoDeficiência Mental, Autismo
Deficiência Mental, Autismo
 
Observação terapêutica
Observação terapêutica Observação terapêutica
Observação terapêutica
 
O que é autismo?
O que é autismo?O que é autismo?
O que é autismo?
 
Seminário dsm v
Seminário dsm vSeminário dsm v
Seminário dsm v
 
Habilidades sociais oficina
Habilidades sociais oficinaHabilidades sociais oficina
Habilidades sociais oficina
 
Palestra hiperatividade no Contexto Escolar
Palestra hiperatividade no Contexto EscolarPalestra hiperatividade no Contexto Escolar
Palestra hiperatividade no Contexto Escolar
 
Curso Dsm-5 –Transtornos do Neurodesenvolvimento
Curso Dsm-5 –Transtornos do NeurodesenvolvimentoCurso Dsm-5 –Transtornos do Neurodesenvolvimento
Curso Dsm-5 –Transtornos do Neurodesenvolvimento
 
John Bowlby e a Teoria do Apego
John Bowlby e a Teoria do ApegoJohn Bowlby e a Teoria do Apego
John Bowlby e a Teoria do Apego
 
Power point autismo
Power point  autismoPower point  autismo
Power point autismo
 

Semelhante a Preditores precoces desenvolvimento infantil

Défice de atenção e hiperactividade
Défice de atenção e hiperactividadeDéfice de atenção e hiperactividade
Défice de atenção e hiperactividadeTania Silva
 
Crianças com dificuldade de aprendizagem
Crianças com dificuldade de aprendizagemCrianças com dificuldade de aprendizagem
Crianças com dificuldade de aprendizagemJanison Correia
 
Transtornos de Aprendizagem na Escola
Transtornos de Aprendizagem na EscolaTranstornos de Aprendizagem na Escola
Transtornos de Aprendizagem na EscolaRosângela Gonçalves
 
Dificuldades de aprend.
Dificuldades de aprend.Dificuldades de aprend.
Dificuldades de aprend.Marlene Campos
 
Nee e respostas educativas
Nee e respostas educativasNee e respostas educativas
Nee e respostas educativasespecial.pombal
 
Avaliação Neuropsicológica Em Transtorno Global Do Desenvolvimento.pdf
Avaliação Neuropsicológica Em Transtorno Global Do Desenvolvimento.pdfAvaliação Neuropsicológica Em Transtorno Global Do Desenvolvimento.pdf
Avaliação Neuropsicológica Em Transtorno Global Do Desenvolvimento.pdfssuser07c142
 
ABCDE do Desenvolvimento Neuropsicomotor (DNPM) no Primeiro Ano de Vida
ABCDE do Desenvolvimento Neuropsicomotor (DNPM) no Primeiro Ano de VidaABCDE do Desenvolvimento Neuropsicomotor (DNPM) no Primeiro Ano de Vida
ABCDE do Desenvolvimento Neuropsicomotor (DNPM) no Primeiro Ano de Vidablogped1
 

Semelhante a Preditores precoces desenvolvimento infantil (20)

Depressão Infância e Adolescência
Depressão Infância e AdolescênciaDepressão Infância e Adolescência
Depressão Infância e Adolescência
 
Défice de atenção e hiperactividade
Défice de atenção e hiperactividadeDéfice de atenção e hiperactividade
Défice de atenção e hiperactividade
 
Déficit de Atenção, Hiperatividade, Discalculia e Outras Síndromes Que Causam...
Déficit de Atenção, Hiperatividade, Discalculia e Outras Síndromes Que Causam...Déficit de Atenção, Hiperatividade, Discalculia e Outras Síndromes Que Causam...
Déficit de Atenção, Hiperatividade, Discalculia e Outras Síndromes Que Causam...
 
Desenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantilDesenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantil
 
Crianças com dificuldade de aprendizagem
Crianças com dificuldade de aprendizagemCrianças com dificuldade de aprendizagem
Crianças com dificuldade de aprendizagem
 
Depressão infantil
Depressão infantilDepressão infantil
Depressão infantil
 
Transtornos de Aprendizagem na Escola
Transtornos de Aprendizagem na EscolaTranstornos de Aprendizagem na Escola
Transtornos de Aprendizagem na Escola
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Dificuldades de aprend.
Dificuldades de aprend.Dificuldades de aprend.
Dificuldades de aprend.
 
Dificuldade aprendizagem
Dificuldade aprendizagemDificuldade aprendizagem
Dificuldade aprendizagem
 
Transtornos da aprendizagem ufop
Transtornos da aprendizagem   ufopTranstornos da aprendizagem   ufop
Transtornos da aprendizagem ufop
 
curso-tdah-sed.ppt
curso-tdah-sed.pptcurso-tdah-sed.ppt
curso-tdah-sed.ppt
 
Nee e respostas educativas
Nee e respostas educativasNee e respostas educativas
Nee e respostas educativas
 
Dificuldade e Distúrbio de Aprendizagem
Dificuldade e Distúrbio de AprendizagemDificuldade e Distúrbio de Aprendizagem
Dificuldade e Distúrbio de Aprendizagem
 
Slideaula helen
Slideaula helenSlideaula helen
Slideaula helen
 
Slideaula
Slideaula Slideaula
Slideaula
 
TP_Borderline_TE.pptx
TP_Borderline_TE.pptxTP_Borderline_TE.pptx
TP_Borderline_TE.pptx
 
Avaliação Neuropsicológica Em Transtorno Global Do Desenvolvimento.pdf
Avaliação Neuropsicológica Em Transtorno Global Do Desenvolvimento.pdfAvaliação Neuropsicológica Em Transtorno Global Do Desenvolvimento.pdf
Avaliação Neuropsicológica Em Transtorno Global Do Desenvolvimento.pdf
 
Desenvolvimento infantil d.i.r.
Desenvolvimento infantil d.i.r.Desenvolvimento infantil d.i.r.
Desenvolvimento infantil d.i.r.
 
ABCDE do Desenvolvimento Neuropsicomotor (DNPM) no Primeiro Ano de Vida
ABCDE do Desenvolvimento Neuropsicomotor (DNPM) no Primeiro Ano de VidaABCDE do Desenvolvimento Neuropsicomotor (DNPM) no Primeiro Ano de Vida
ABCDE do Desenvolvimento Neuropsicomotor (DNPM) no Primeiro Ano de Vida
 

Mais de Vida Mental Consultoria de Saúde Mental e Nutricional

Mais de Vida Mental Consultoria de Saúde Mental e Nutricional (20)

Vida Mental | Psiquiatria Organizacional
Vida Mental | Psiquiatria OrganizacionalVida Mental | Psiquiatria Organizacional
Vida Mental | Psiquiatria Organizacional
 
Livro: Intercâmbio das Psicoterapias
Livro: Intercâmbio das PsicoterapiasLivro: Intercâmbio das Psicoterapias
Livro: Intercâmbio das Psicoterapias
 
Como diferenciar pensamento e sentimento em TCC?
Como diferenciar pensamento e sentimento em TCC?Como diferenciar pensamento e sentimento em TCC?
Como diferenciar pensamento e sentimento em TCC?
 
Como diferenciar os pensamento de fatos em TCC?
Como diferenciar os pensamento de fatos em TCC?Como diferenciar os pensamento de fatos em TCC?
Como diferenciar os pensamento de fatos em TCC?
 
O que é envelhecer com saúde?
O que é envelhecer com saúde?O que é envelhecer com saúde?
O que é envelhecer com saúde?
 
Como melhorar os serviços de saúde para idosos?
Como melhorar os serviços de saúde para idosos?Como melhorar os serviços de saúde para idosos?
Como melhorar os serviços de saúde para idosos?
 
O que é transtorno neurocognitivo maior?
O que é transtorno neurocognitivo maior?O que é transtorno neurocognitivo maior?
O que é transtorno neurocognitivo maior?
 
O que é delirium em idosos?
O que é delirium em idosos? O que é delirium em idosos?
O que é delirium em idosos?
 
O que é transtorno neurocognitivo leve?
O que é transtorno neurocognitivo leve?O que é transtorno neurocognitivo leve?
O que é transtorno neurocognitivo leve?
 
Como prevenir o suicídio?
Como prevenir o suicídio?Como prevenir o suicídio?
Como prevenir o suicídio?
 
Como Prevenir a Dependência Química entre os Jovens?
Como Prevenir a Dependência Química entre os Jovens?Como Prevenir a Dependência Química entre os Jovens?
Como Prevenir a Dependência Química entre os Jovens?
 
Como é o manejo dos transtornos ansiosos?
Como é o manejo dos transtornos ansiosos?Como é o manejo dos transtornos ansiosos?
Como é o manejo dos transtornos ansiosos?
 
Caso Clínico de Psicose: discussão multiprofissional
Caso Clínico de Psicose: discussão multiprofissionalCaso Clínico de Psicose: discussão multiprofissional
Caso Clínico de Psicose: discussão multiprofissional
 
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissionalCaso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional
 
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional no hospital psiqui...
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional no hospital psiqui...Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional no hospital psiqui...
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional no hospital psiqui...
 
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional de caso ambulatorial
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional de caso ambulatorialCaso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional de caso ambulatorial
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional de caso ambulatorial
 
Como resolver dependência de álcool?
Como resolver dependência de álcool?Como resolver dependência de álcool?
Como resolver dependência de álcool?
 
O que é comissão técnica de classificação?
O que é comissão técnica de classificação?O que é comissão técnica de classificação?
O que é comissão técnica de classificação?
 
Como é a entrevista clínica de crianças de 2 a 12 anos em neurociências?
Como é a entrevista clínica de crianças de 2 a 12 anos em neurociências?Como é a entrevista clínica de crianças de 2 a 12 anos em neurociências?
Como é a entrevista clínica de crianças de 2 a 12 anos em neurociências?
 
Como é a entrevista clínica em neurociências?
Como é a entrevista clínica em neurociências?Como é a entrevista clínica em neurociências?
Como é a entrevista clínica em neurociências?
 

Último

1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obrasosnikobus1
 
aula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteina
aula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteinaaula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteina
aula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteinajarlianezootecnista
 
CCIH NO CC.pdf comissao da CCIH NO CENTR CIRURGICO
CCIH NO CC.pdf comissao da CCIH NO CENTR CIRURGICOCCIH NO CC.pdf comissao da CCIH NO CENTR CIRURGICO
CCIH NO CC.pdf comissao da CCIH NO CENTR CIRURGICOTHIALYMARIASILVADACU
 
Aula sobre ANSIEDADE & Cuidados de Enfermagem
Aula sobre ANSIEDADE & Cuidados de EnfermagemAula sobre ANSIEDADE & Cuidados de Enfermagem
Aula sobre ANSIEDADE & Cuidados de EnfermagemCarlosLinsJr
 
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdfAULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdfLviaParanaguNevesdeL
 
Técnica Shantala para bebês: relaxamento
Técnica Shantala para bebês: relaxamentoTécnica Shantala para bebês: relaxamento
Técnica Shantala para bebês: relaxamentoPamelaMariaMoreiraFo
 
AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999
AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999
AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999vanessa270433
 
avaliação pratica. pdf
avaliação pratica.                           pdfavaliação pratica.                           pdf
avaliação pratica. pdfHELLEN CRISTINA
 
A HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdf
A HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdfA HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdf
A HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdfMarceloMonteiro213738
 
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdfPLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdfHELLEN CRISTINA
 
DEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTAL
DEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTALDEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTAL
DEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTALCarlosLinsJr
 
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfDengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfEduardoSilva185439
 
Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdf
Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdfAromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdf
Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdfanalucia839701
 
os-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.ppt
os-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.pptos-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.ppt
os-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.pptfernandoalvescosta3
 

Último (14)

1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
 
aula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteina
aula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteinaaula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteina
aula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteina
 
CCIH NO CC.pdf comissao da CCIH NO CENTR CIRURGICO
CCIH NO CC.pdf comissao da CCIH NO CENTR CIRURGICOCCIH NO CC.pdf comissao da CCIH NO CENTR CIRURGICO
CCIH NO CC.pdf comissao da CCIH NO CENTR CIRURGICO
 
Aula sobre ANSIEDADE & Cuidados de Enfermagem
Aula sobre ANSIEDADE & Cuidados de EnfermagemAula sobre ANSIEDADE & Cuidados de Enfermagem
Aula sobre ANSIEDADE & Cuidados de Enfermagem
 
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdfAULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
 
Técnica Shantala para bebês: relaxamento
Técnica Shantala para bebês: relaxamentoTécnica Shantala para bebês: relaxamento
Técnica Shantala para bebês: relaxamento
 
AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999
AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999
AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999
 
avaliação pratica. pdf
avaliação pratica.                           pdfavaliação pratica.                           pdf
avaliação pratica. pdf
 
A HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdf
A HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdfA HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdf
A HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdf
 
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdfPLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdf
 
DEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTAL
DEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTALDEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTAL
DEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTAL
 
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfDengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
 
Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdf
Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdfAromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdf
Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdf
 
os-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.ppt
os-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.pptos-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.ppt
os-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.ppt
 

Preditores precoces desenvolvimento infantil

  • 1. Quais são os preditores precoces do desenvolvimento infantil? Hewdy Lobo Ribeiro Médico Psiquiatra da Infância e Adolescência CREMESP 114681
  • 2. Preditores precoces do desenvolvimento • Características da infância são base e catalisadoras do neurodesenvolvimento ao longo dos anos. • Muitas das mais importantes podem ser observadas antes do primeiro ano de vida. • A investigação destas características são essenciais na avaliação dos transtornos do neurodesenvolvimento transtornos psiquiátricos, síndromes genéticas ou metabólicas, exposição pré-natal a drogas, e de outras condições que alteram o neurodesenvolvimento. • Estes preditores do desenvolvimento estão associados à desfechos cognitivos e comportamentais • A seguir, os preditores de 0 a 12 meses
  • 3. Desenvolvimento biológico, físico e motor PREDITOR DESFECHO ASSOCIADO Baixo peso (< 2.000 g; crítico ≤ 1.500 g) e/ou comprimento pequeno; nascimento prematuro (crítico: < 33 semanas) Ansiedade e depressão; Problemas motores; Menor QI e problemas do neurodesenvolvimento; Resposta aumentada ao estresse; Problemas cognitivos e de atenção; Atraso na linguagem; Problemas sociais e acadêmicos; Menor escolaridade e menor renda; Menos chances de estabelecer família Toxinas (bifenilos policlorados, drogas, etc.) Problemas emocionais e de comportamento; Problemas em manter atividades (mudar de uma atividade para outra com frequência); Retraimento social e sintomas depressivos; Agressividade; Reatividade emocional Malnutrição Prejuízos no crescimento; Prejuízos no desenvolvimento social e cognitivo Privação de renda Pior saúde geral (obesidade, hipertensão, diabetes, asma, doenças cardiovasculares) Coordenação/atividade motora Desenvolvimento motor; Desenvolvimento cognitivo; Desatenção; Desempenho acadêmico
  • 4. Desenvolvimento perceptual, cognitivo e da comunicação PREDITOR DESFECHO ASSOCIADO Fixação do olhar Atenção seletiva Comportamento visual exploratório Busca de novidades Perceber uma face única em contexto social não familiar Reconhecimento de faces Experiências sensoriais precoces Conexões de redes perceptuais e memória Desempenho em tarefas de interpretação de ações Teoria da mente Atenção, velocidade de processamento e memória Linguagem e funções executivas; Desempenho acadêmico; Memória de curto prazo e inteligência; QI e desempenho acadêmico Exposição aos fonemas de uma segunda língua Aprendizagem mais rápida de segunda língua Discriminação de sons da fala Consciência fonológica Percepção da fala, Segmentação das palavras, Discriminação de vogais Linguagem Vocabulário Inteligência verbal Vocalização específica com as mães Desempenho cognitivo e acadêmico
  • 5. Emoção, temperamento e desenvolvimento social PREDITOR DESFECHO ASSOCIADO Inibição comportamental (estresse em contextos de novidade, não familiares) Comportamentos internalizantes; Retraimento social; Vulnerabilidade para transtorno de ansiedade social; Timidez/inibição comportamental Nível de atividade, sorriso e gargalhadas, frustração com limitações, medo Adequação/ajuste comportamental; Emoção positiva, raiva/frustração, menor capacidade de se acalmar Temperamento exuberante (atividade motora vigorosa, balbuciar, sorrir) Comportamentos externalizantes; Sociabilidade e impulsividade Alta reatividade a estímulos sensoriais (atividade motora ou estresse) Medo do novo, retraimento social, ansiedade Agressão física Agressão física (estabilidade) Temperamento difícil somado a experiências com mães negativas e intrusivas Comportamento externalizante Temperamento difícil somado a estilo parental autoritário Comportamento externalizante
  • 6. Emoção, temperamento e desenvolvimento social PREDITOR DESFECHO ASSOCIADO Tipo de apego (vínculo de segurança com o cuidador principal) Tipo de apego/relações sociais com irmãos e pares Apego seguro (afetivo, amável, cuidadoso, provedor, responsivo, consistente) Acurácia na percepção de faces/resolução de problemas sob estresse Cooperatividade/popularidade entre colegas Apego seguro com parceiro romântico Apego inseguro (tipo desorganizado/desorientado = inconsistente) Comportamento antissocial/transtorno de estresse pós- traumático), comportamento externalizante Apego inseguro (tipo frio/rejeição elevada) Autopercepção de insegurança Interação mãe-filho (bidirecional: o filho estimula o acolhimento emocional) Inteligência Mães com responsividade positiva em relação ao filho Inteligência Vocabulário diversificado dos pais para com o filho Habilidades de comunicação
  • 7. Emoção, temperamento e desenvolvimento social PREDITOR DESFECHO ASSOCIADO Mães que brincam de modos diferentes com os brinquedos da criança Brincadeira simbólica Atitude democrática dos pais Ideologias liberais Número de horas por semana na creche Problemas de comportamento Impulsividade Intensidade de sintomas depressivos maternos Comportamento antissocial, agressividade Privação social igual ou superior a 12 meses (p. ex., tempo com famílias desestruturadas antes da adoção) Apego inseguro ou desinibido (não diferenciação entre adultos familiares e não familiares); Traços de autismo, maior taxa de transtorno de déficit de atenção/hiperatividade; Baixo desempenho acadêmico; Menor desempenho em funções executivas Cuidado institucionalizado superior aos primeiros 12 meses Prejuízo na identificação e nomeação das emoções Percepção de intencionalidade Teoria da mente
  • 8. Pós-graduação • Profissionais que buscam níveis melhores de trabalho, reconhecimento e remuneração • Incomodado, inseguro e insatisfeito • Curso de investimento justo, professores do mercado e conhecimentos práticos • Matrícula na nossa pós-graduação • Neurociências na Infância e Adolescência
  • 9. Contatos Hewdy Lobo lobo@vidamental.com.br (11) 9 9622-8835 Pós-Graduação Vida Mental cursos@vidamental.com.br (11) 99901-6189 Universidade Paulista-UNIP (11) 2166-1066 / 0800-010-9000
  • 10. Muito obrigado! Hewdy Lobo Ribeiro lobo@vidamental.com.br 11 99622 8835