SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Quais são os elementos
chaves do
questionamento
socrático na TCC?
Hewdy Lobo Ribeiro
Médico Psiquiatra e Psicoterapeuta
ABP/AMB
CREMESP 114681
Diretor Vida Mental
Coordenador Pós-Graduação VM/UNIP
Questionamento Socrático
• Série de perguntas indutivas para revelar padrões
disfuncionais de pensamento ou comportamento
• Exploração cooperativa de determinado tema
• Oposto de convencimento, persuasão... O cliente
deve chegar na sua conclusão
• Estimular avaliação, ponderação, síntese das
diversas informações
• Avaliar de forma independente e racional os
problemas e suas soluções
• Não há "certo" ou "errado“
• O paciente deve aprender a aplicar em si mesmo
Características Chaves
• Mostrar sua linha de questionamento
• Perguntas abertas, e múltipla escolha estrategicamente
• Ajudar os pacientes a identificarem crenças distorcidas e
contradições em seu modo de pensar
• Perguntas que envolvam o paciente no processo de aprendizagem
– Estimular a curiosidade, para que queiram olhar por outras perspectivas
– Modelos de perguntas que podem fazer a si mesmos
• Perguntas que revelem possibilidade de mudança e que tragam
resultados
• Perguntas motivadoras e não intimidadoras, nem de comando
• Fazer perguntas que sirvam como um trampolim para aplicação de
outras técnicas
Terapia Cognitivo-Comportamental para Múltiplas Necessidades
Terapêuticas
http://goo.gl/UzJooI
Pós-Graduação
• Atualização= melhores práticas +
segurança + reconhecimento
• Especialização= possibilidades de
crescimento + melhor remuneração
• Melhores professores da região (docência
e experiência prática)
• Investimento
• Terapia Cognitivo-Comportamental para
Múltiplas Necessidades Terapêuticas
http://goo.gl/UzJooI
Contatos
Hewdy Lobo
lobo@vidamental.com.br
(11) 9 9622-8835
Pós-Graduação Vida Mental
cursos@vidamental.com.br
(11) 99901-6189
Universidade Paulista-UNIP
(11) 2166-1066 / 0800-010-9000

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conceituação cognitiva
Conceituação cognitivaConceituação cognitiva
Conceituação cognitivaSarah Karenina
 
Desenvolvendo competência em terapia cognitivo comportamental
Desenvolvendo competência em terapia cognitivo comportamentalDesenvolvendo competência em terapia cognitivo comportamental
Desenvolvendo competência em terapia cognitivo comportamentalSarah Karenina
 
55591762 aula-3-modificando-pensamentos-automaticos
55591762 aula-3-modificando-pensamentos-automaticos55591762 aula-3-modificando-pensamentos-automaticos
55591762 aula-3-modificando-pensamentos-automaticosJosé Salomão
 
Entrevista motivacional
Entrevista motivacionalEntrevista motivacional
Entrevista motivacionalGabriela Haack
 
TCC - Terapia cognitivo-comportamental
TCC - Terapia cognitivo-comportamentalTCC - Terapia cognitivo-comportamental
TCC - Terapia cognitivo-comportamentalAntonino Silva
 
Psicoterapia orientações aos psicoterapeutas
Psicoterapia orientações aos psicoterapeutasPsicoterapia orientações aos psicoterapeutas
Psicoterapia orientações aos psicoterapeutasMarcelo da Rocha Carvalho
 
Aula plano de intervenção psicoterapias
Aula plano de intervenção psicoterapiasAula plano de intervenção psicoterapias
Aula plano de intervenção psicoterapiasAna Sofia
 
Identificando e mudando as crenças intermediárias - TCC
Identificando e mudando as crenças intermediárias - TCCIdentificando e mudando as crenças intermediárias - TCC
Identificando e mudando as crenças intermediárias - TCCSarah Karenina
 
Modelo cognitivo de beck
Modelo cognitivo de beckModelo cognitivo de beck
Modelo cognitivo de beckMatheus Cheibub
 
Palestra a terapia cognitivo comportamental
Palestra   a terapia cognitivo comportamentalPalestra   a terapia cognitivo comportamental
Palestra a terapia cognitivo comportamentalErika Barreto
 
1-História da Terapia Cognitiva.pptx
1-História da Terapia Cognitiva.pptx1-História da Terapia Cognitiva.pptx
1-História da Terapia Cognitiva.pptxJulianamarciafonseca
 
Psicologia contemporanea articulacoes-teoricopraticas_slides_dilema_cap_i_e_ii
Psicologia contemporanea articulacoes-teoricopraticas_slides_dilema_cap_i_e_iiPsicologia contemporanea articulacoes-teoricopraticas_slides_dilema_cap_i_e_ii
Psicologia contemporanea articulacoes-teoricopraticas_slides_dilema_cap_i_e_iiLucas Coutinho
 
Acompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia Cognitiva
Acompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia CognitivaAcompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia Cognitiva
Acompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia CognitivaMarcelo da Rocha Carvalho
 

Mais procurados (20)

Conceituação cognitiva
Conceituação cognitivaConceituação cognitiva
Conceituação cognitiva
 
Ansiedade estratégias de tratamento em TCC
Ansiedade estratégias de tratamento em TCCAnsiedade estratégias de tratamento em TCC
Ansiedade estratégias de tratamento em TCC
 
A terapia cognitivo comportamental
A terapia cognitivo comportamentalA terapia cognitivo comportamental
A terapia cognitivo comportamental
 
O que são Esquemas, Crenças e Pensamentos Automáticos?
O que são Esquemas, Crenças e Pensamentos Automáticos?O que são Esquemas, Crenças e Pensamentos Automáticos?
O que são Esquemas, Crenças e Pensamentos Automáticos?
 
Desenvolvendo competência em terapia cognitivo comportamental
Desenvolvendo competência em terapia cognitivo comportamentalDesenvolvendo competência em terapia cognitivo comportamental
Desenvolvendo competência em terapia cognitivo comportamental
 
55591762 aula-3-modificando-pensamentos-automaticos
55591762 aula-3-modificando-pensamentos-automaticos55591762 aula-3-modificando-pensamentos-automaticos
55591762 aula-3-modificando-pensamentos-automaticos
 
Entrevista motivacional
Entrevista motivacionalEntrevista motivacional
Entrevista motivacional
 
TCC - Terapia cognitivo-comportamental
TCC - Terapia cognitivo-comportamentalTCC - Terapia cognitivo-comportamental
TCC - Terapia cognitivo-comportamental
 
Principais técnicas cognitivo
Principais técnicas cognitivoPrincipais técnicas cognitivo
Principais técnicas cognitivo
 
Psicoterapia orientações aos psicoterapeutas
Psicoterapia orientações aos psicoterapeutasPsicoterapia orientações aos psicoterapeutas
Psicoterapia orientações aos psicoterapeutas
 
TCC - Terapia Cognitiva Comportamental
TCC - Terapia Cognitiva ComportamentalTCC - Terapia Cognitiva Comportamental
TCC - Terapia Cognitiva Comportamental
 
Psicoterapias
PsicoterapiasPsicoterapias
Psicoterapias
 
Aula plano de intervenção psicoterapias
Aula plano de intervenção psicoterapiasAula plano de intervenção psicoterapias
Aula plano de intervenção psicoterapias
 
Identificando e mudando as crenças intermediárias - TCC
Identificando e mudando as crenças intermediárias - TCCIdentificando e mudando as crenças intermediárias - TCC
Identificando e mudando as crenças intermediárias - TCC
 
Modelo cognitivo de beck
Modelo cognitivo de beckModelo cognitivo de beck
Modelo cognitivo de beck
 
Palestra a terapia cognitivo comportamental
Palestra   a terapia cognitivo comportamentalPalestra   a terapia cognitivo comportamental
Palestra a terapia cognitivo comportamental
 
Slides
SlidesSlides
Slides
 
1-História da Terapia Cognitiva.pptx
1-História da Terapia Cognitiva.pptx1-História da Terapia Cognitiva.pptx
1-História da Terapia Cognitiva.pptx
 
Psicologia contemporanea articulacoes-teoricopraticas_slides_dilema_cap_i_e_ii
Psicologia contemporanea articulacoes-teoricopraticas_slides_dilema_cap_i_e_iiPsicologia contemporanea articulacoes-teoricopraticas_slides_dilema_cap_i_e_ii
Psicologia contemporanea articulacoes-teoricopraticas_slides_dilema_cap_i_e_ii
 
Acompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia Cognitiva
Acompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia CognitivaAcompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia Cognitiva
Acompanhamento Terapêutico, Transtornos Alimentares e Terapia Cognitiva
 

Semelhante a Elementos chaves do questionamento socrático

TCC Monica C Ciongoli. O processo de coaching usando a psicologia positiva
TCC Monica C Ciongoli. O processo de coaching usando a psicologia positivaTCC Monica C Ciongoli. O processo de coaching usando a psicologia positiva
TCC Monica C Ciongoli. O processo de coaching usando a psicologia positivaFábio Munhoz
 
Teoria do Esquema - Cognitivo-Comportamental
Teoria do Esquema - Cognitivo-ComportamentalTeoria do Esquema - Cognitivo-Comportamental
Teoria do Esquema - Cognitivo-ComportamentalNilson Dias Castelano
 
Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"
Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"
Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"Manuela Selas
 
Aula plano de intervenção psicoterapias
Aula plano de intervenção psicoterapiasAula plano de intervenção psicoterapias
Aula plano de intervenção psicoterapiasAna Sofia
 
Ética e e os processos de Avaliação Psicológica
Ética e e os processos de Avaliação PsicológicaÉtica e e os processos de Avaliação Psicológica
Ética e e os processos de Avaliação PsicológicaCarynaMaximina
 
Intervenções Psicogerontológicas_Tecnicas e recomendacoes para a avaliacao.do...
Intervenções Psicogerontológicas_Tecnicas e recomendacoes para a avaliacao.do...Intervenções Psicogerontológicas_Tecnicas e recomendacoes para a avaliacao.do...
Intervenções Psicogerontológicas_Tecnicas e recomendacoes para a avaliacao.do...sandreliOliver
 
Processo de enfermagem 2015
Processo de enfermagem 2015Processo de enfermagem 2015
Processo de enfermagem 2015Ellen Priscilla
 
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...regianeaparecida
 
Estilos de aprendizagem2
Estilos de aprendizagem2Estilos de aprendizagem2
Estilos de aprendizagem2Céu Kemp
 

Semelhante a Elementos chaves do questionamento socrático (20)

TCC Monica C Ciongoli. O processo de coaching usando a psicologia positiva
TCC Monica C Ciongoli. O processo de coaching usando a psicologia positivaTCC Monica C Ciongoli. O processo de coaching usando a psicologia positiva
TCC Monica C Ciongoli. O processo de coaching usando a psicologia positiva
 
Como Deve ser a Postura do Terapeuta no Questionamento Socrático?
Como Deve ser a Postura do Terapeuta no Questionamento Socrático?Como Deve ser a Postura do Terapeuta no Questionamento Socrático?
Como Deve ser a Postura do Terapeuta no Questionamento Socrático?
 
Teoria do Esquema - Cognitivo-Comportamental
Teoria do Esquema - Cognitivo-ComportamentalTeoria do Esquema - Cognitivo-Comportamental
Teoria do Esquema - Cognitivo-Comportamental
 
Conceituação cognitiva
Conceituação cognitivaConceituação cognitiva
Conceituação cognitiva
 
Perfil Psicográfico
Perfil PsicográficoPerfil Psicográfico
Perfil Psicográfico
 
Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"
Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"
Workshop sobre COACHING "O que é e para que serve"
 
Apresentação anhembi
Apresentação anhembiApresentação anhembi
Apresentação anhembi
 
Aula plano de intervenção psicoterapias
Aula plano de intervenção psicoterapiasAula plano de intervenção psicoterapias
Aula plano de intervenção psicoterapias
 
Ética e e os processos de Avaliação Psicológica
Ética e e os processos de Avaliação PsicológicaÉtica e e os processos de Avaliação Psicológica
Ética e e os processos de Avaliação Psicológica
 
Intervenções Psicogerontológicas_Tecnicas e recomendacoes para a avaliacao.do...
Intervenções Psicogerontológicas_Tecnicas e recomendacoes para a avaliacao.do...Intervenções Psicogerontológicas_Tecnicas e recomendacoes para a avaliacao.do...
Intervenções Psicogerontológicas_Tecnicas e recomendacoes para a avaliacao.do...
 
O grupo e a psicoeducação
O grupo e a psicoeducaçãoO grupo e a psicoeducação
O grupo e a psicoeducação
 
O que podemos fazer por si
O que podemos fazer por siO que podemos fazer por si
O que podemos fazer por si
 
Processo de enfermagem 2015
Processo de enfermagem 2015Processo de enfermagem 2015
Processo de enfermagem 2015
 
Inovar para crescer
Inovar para crescerInovar para crescer
Inovar para crescer
 
Como Devem ser os Grupos para Familiares de Paciente Deprimidos?
Como Devem ser os Grupos para Familiares de Paciente Deprimidos?Como Devem ser os Grupos para Familiares de Paciente Deprimidos?
Como Devem ser os Grupos para Familiares de Paciente Deprimidos?
 
Comportamento microorganizacional
Comportamento microorganizacionalComportamento microorganizacional
Comportamento microorganizacional
 
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
 
Estilos de aprendizagem2
Estilos de aprendizagem2Estilos de aprendizagem2
Estilos de aprendizagem2
 
Psicoterapias (1)
Psicoterapias (1)Psicoterapias (1)
Psicoterapias (1)
 
Questionário
QuestionárioQuestionário
Questionário
 

Mais de Vida Mental Consultoria de Saúde Mental e Nutricional

Mais de Vida Mental Consultoria de Saúde Mental e Nutricional (20)

Vida Mental | Psiquiatria Organizacional
Vida Mental | Psiquiatria OrganizacionalVida Mental | Psiquiatria Organizacional
Vida Mental | Psiquiatria Organizacional
 
Livro: Intercâmbio das Psicoterapias
Livro: Intercâmbio das PsicoterapiasLivro: Intercâmbio das Psicoterapias
Livro: Intercâmbio das Psicoterapias
 
Como diferenciar pensamento e sentimento em TCC?
Como diferenciar pensamento e sentimento em TCC?Como diferenciar pensamento e sentimento em TCC?
Como diferenciar pensamento e sentimento em TCC?
 
Como diferenciar os pensamento de fatos em TCC?
Como diferenciar os pensamento de fatos em TCC?Como diferenciar os pensamento de fatos em TCC?
Como diferenciar os pensamento de fatos em TCC?
 
O que é envelhecer com saúde?
O que é envelhecer com saúde?O que é envelhecer com saúde?
O que é envelhecer com saúde?
 
Como melhorar os serviços de saúde para idosos?
Como melhorar os serviços de saúde para idosos?Como melhorar os serviços de saúde para idosos?
Como melhorar os serviços de saúde para idosos?
 
O que é transtorno neurocognitivo maior?
O que é transtorno neurocognitivo maior?O que é transtorno neurocognitivo maior?
O que é transtorno neurocognitivo maior?
 
O que é delirium em idosos?
O que é delirium em idosos? O que é delirium em idosos?
O que é delirium em idosos?
 
O que é transtorno neurocognitivo leve?
O que é transtorno neurocognitivo leve?O que é transtorno neurocognitivo leve?
O que é transtorno neurocognitivo leve?
 
Como prevenir o suicídio?
Como prevenir o suicídio?Como prevenir o suicídio?
Como prevenir o suicídio?
 
Como Prevenir a Dependência Química entre os Jovens?
Como Prevenir a Dependência Química entre os Jovens?Como Prevenir a Dependência Química entre os Jovens?
Como Prevenir a Dependência Química entre os Jovens?
 
Como é o manejo dos transtornos ansiosos?
Como é o manejo dos transtornos ansiosos?Como é o manejo dos transtornos ansiosos?
Como é o manejo dos transtornos ansiosos?
 
Caso Clínico de Psicose: discussão multiprofissional
Caso Clínico de Psicose: discussão multiprofissionalCaso Clínico de Psicose: discussão multiprofissional
Caso Clínico de Psicose: discussão multiprofissional
 
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissionalCaso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional
 
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional no hospital psiqui...
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional no hospital psiqui...Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional no hospital psiqui...
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional no hospital psiqui...
 
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional de caso ambulatorial
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional de caso ambulatorialCaso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional de caso ambulatorial
Caso Clínico de Esquizofrenia: discussão multiprofissional de caso ambulatorial
 
Como resolver dependência de álcool?
Como resolver dependência de álcool?Como resolver dependência de álcool?
Como resolver dependência de álcool?
 
O que é comissão técnica de classificação?
O que é comissão técnica de classificação?O que é comissão técnica de classificação?
O que é comissão técnica de classificação?
 
Como é a entrevista clínica de crianças de 0 a 1 ano em neurociências?
Como é a entrevista clínica de crianças de 0 a 1 ano em neurociências?Como é a entrevista clínica de crianças de 0 a 1 ano em neurociências?
Como é a entrevista clínica de crianças de 0 a 1 ano em neurociências?
 
Como é a entrevista clínica de crianças de 2 a 12 anos em neurociências?
Como é a entrevista clínica de crianças de 2 a 12 anos em neurociências?Como é a entrevista clínica de crianças de 2 a 12 anos em neurociências?
Como é a entrevista clínica de crianças de 2 a 12 anos em neurociências?
 

Último

SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIASAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIAArtthurPereira2
 
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfAula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfmarrudo64
 
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAndersonMoreira538200
 
Primeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoPrimeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoDjalmadeAndrade2
 
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfAula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfGiza Carla Nitz
 
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfGlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfamaroalmeida74
 
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfAula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfGiza Carla Nitz
 
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfControle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfRodrigoSimonato2
 
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfDengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfEduardoSilva185439
 
Guia alimentar para a população brasileira .pdf
Guia alimentar para a população brasileira  .pdfGuia alimentar para a população brasileira  .pdf
Guia alimentar para a população brasileira .pdfThiagoAlmeida458596
 
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdfAula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdfGiza Carla Nitz
 
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdfNutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdfThiagoAlmeida458596
 
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdfAula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdfGiza Carla Nitz
 
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxAULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxEnfaVivianeCampos
 
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para DownloadSlide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para DownloadJordanPrazeresFreita1
 

Último (17)

SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIASAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
 
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfAula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
 
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
 
Primeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoPrimeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalho
 
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfAula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
 
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
 
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfGlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
 
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfAula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
 
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfControle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
 
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfDengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
 
Guia alimentar para a população brasileira .pdf
Guia alimentar para a população brasileira  .pdfGuia alimentar para a população brasileira  .pdf
Guia alimentar para a população brasileira .pdf
 
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdfAula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
 
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdfNutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
 
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdfAula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
 
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxAULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
 
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para DownloadSlide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
 

Elementos chaves do questionamento socrático

  • 1. Quais são os elementos chaves do questionamento socrático na TCC? Hewdy Lobo Ribeiro Médico Psiquiatra e Psicoterapeuta ABP/AMB CREMESP 114681 Diretor Vida Mental Coordenador Pós-Graduação VM/UNIP
  • 2. Questionamento Socrático • Série de perguntas indutivas para revelar padrões disfuncionais de pensamento ou comportamento • Exploração cooperativa de determinado tema • Oposto de convencimento, persuasão... O cliente deve chegar na sua conclusão • Estimular avaliação, ponderação, síntese das diversas informações • Avaliar de forma independente e racional os problemas e suas soluções • Não há "certo" ou "errado“ • O paciente deve aprender a aplicar em si mesmo
  • 3. Características Chaves • Mostrar sua linha de questionamento • Perguntas abertas, e múltipla escolha estrategicamente • Ajudar os pacientes a identificarem crenças distorcidas e contradições em seu modo de pensar • Perguntas que envolvam o paciente no processo de aprendizagem – Estimular a curiosidade, para que queiram olhar por outras perspectivas – Modelos de perguntas que podem fazer a si mesmos • Perguntas que revelem possibilidade de mudança e que tragam resultados • Perguntas motivadoras e não intimidadoras, nem de comando • Fazer perguntas que sirvam como um trampolim para aplicação de outras técnicas Terapia Cognitivo-Comportamental para Múltiplas Necessidades Terapêuticas http://goo.gl/UzJooI
  • 4. Pós-Graduação • Atualização= melhores práticas + segurança + reconhecimento • Especialização= possibilidades de crescimento + melhor remuneração • Melhores professores da região (docência e experiência prática) • Investimento • Terapia Cognitivo-Comportamental para Múltiplas Necessidades Terapêuticas http://goo.gl/UzJooI
  • 5. Contatos Hewdy Lobo lobo@vidamental.com.br (11) 9 9622-8835 Pós-Graduação Vida Mental cursos@vidamental.com.br (11) 99901-6189 Universidade Paulista-UNIP (11) 2166-1066 / 0800-010-9000