SlideShare uma empresa Scribd logo
prof.a Manolita Correia Lima – mclima@espm.br
XXIENANGRAD
O Ensino de Administração:
realidadeseperspectivas
PAINEL4
Efetividadedaaprendizagem:
estratégias, capacitação e
desempenho docenteetecnologias
Antecedentes
O Lugardo Brasil na Academia
Entre2007 e2009 osprogramasdepós-graduação do Paísformaram
• 32 mil doutores
• 108 mil mestres
• 100 mil mestres‘acadêmicos’
• 8 mil mestres‘profissionais’
O paíséresponsável pelapublicação de300 mil textos
científicos,
• ocupao 13º lugar no ranking daprodução científicamundial
• está no 22º lugar entre os países que detêm 98% da pesquisa
mundial quando considerado o número de citações de artigos
brasileirosem publicaçõescientíficasinternacionais
Antecedentes:
O Ensino deAdministração – realidades
Reafirmando o Brasil como um Paísdecontrastes...
• Entre 2006 e 2008, os cursos de graduação em Administração que obtiveram notas 1
e2 no Enadeobtiveram 45% deaumento no número decandidatosao vestibular
• Dos100 programasdepós-graduação em Administração avaliadospelasCAPES,
• um obteve nota 7: FEA/USP - “Buscamo s atingir padrõ es glo bais co mo
estratégia para alcançar a execelência” Vahan Agopyan
• 9 programaselevaram suasnotas:
• FEA/USP(7)
• PUC/MG (5)
• PUC/RS(5)
• UNB (5)
• UNINOVE (5) - “Essa mudança abriu po rtas ao s melho res aluno s, elevando a
qualidade do co rpo discente e também a avaliação da instituição ” prof. Emerson
Maccari
• Fundação João Pinheiro (4)
• IBMEC (4)
• UFPB (4)
• UFSM (4)
Antecedentes:
O Ensino deAdministração – realidades
A áreade
Administração, Contabilidade eTurismo
representa25% damatrículano nível dagraduação
Compreensivelmente, éumadasáreasmaisrepresentativas
no sistemadeavaliação daCAPES:
136 cursosrecomendados
(seiscom início previsto para2010)
1.163 periódicosqualificadosno sistemaWebQualis
Problematização:
O Ensino deAdministração – realidades
Os desequilíbrios podem ser classificados em três níveis:
a. na distribuição dos cursos por área:
• Administração = 75
• Contabilidade = 19
• Turismo = 6
b. na distribuição dos cursos por região
• 53 situam-senaregião Sudeste
• 21 naregião Sul
• 17 naregião Nordeste
• 6 naregião Centro-Oeste
• 3 naregião Norte
c. na maturidade e consolidação dos cursos
oferecidos – a maioria tem menos de uma década:
• 26 são cursosdemestrado profissional
• 44 são cursosdemestrado acadêmico
• 30 são cursosdedoutorado
O Sistema de Pós-Graduação em
Administração, Contabilidade e
Turismo
(rel. avaliação 2004-2006)
Administração (136 cursosautorizadospelaCAPES)

Mestrado profissional = 30

Mestrado acadêmico = 77

Doutorado = 29
Contabilidade (25 cursosautorizadospelaCAPES)

Mestrado profissional = 4

Mestrado acadêmico = 17

Doutorado = 4
Turismo (7 cursosautorizadospelaCAPES)

Mestrado profissional = 1

Mestrado acadêmico = 5

Doutorado = 1
Os desequilíbrios antes destacados
repercutem sobre:

a formação de professores

a formação de pesquisadores

a qualidade dos cursos de graduação

a qualidade da produção acadêmica

a expansão da pós-graduação
O Ensino de Administração – perspectivas
O que tem sido feito?
 Organização e oferta de programas de pós-graduação
interinstitucionais, capazes de aproximar cursos antigos e
consolidados de cursos jovens (em fase de
amadurecimento)
 Organização e oferta de programas de pós-graduação de
forma consorciada, aproximando professores originários
de diferentes instituições e distintos departamentos
 Articulação entre programas situados em Regiões e
Estados diferentes visando o desenvolvimento de projetos
de pesquisa conjuntos
 Programas e projetos de pesquisa desenvolvidos em
parceria com universidades estrangeiras, com chance de
gerar dupla titulação
O Ensino de Administração – perspectivas
O que tem sido feito?
• Na década de 1970 a ANPAD foi criada com o compromisso de
institucionalizar a pós-graduação oferecendo apoio à organização do
ensino
• Nas décadas de 1980 e 1990 a pesquisa ocupou o lugar preponderante
naspreocupaçõesdainstituição
• Nos dez últimos anos, de forma situada, a discussão em torno da
formação do Professor – quemecomoformaroprofessor? – emerge
com,
• A criação do ProgramadeEstágio deCapacitação Docente(PECD, 2000) imposto
aosbolsistasdaCAPES
• A criação do Programa de Capacitação Docente em Administração (PCDA, 2006)
com 5 instituições envolvidas na fase de implantação: UFRGS, UFBA,
EBAPE/FGV, EAESP/FGV ePUC/MG
• A organização do 1º Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e
Contabilidade(EnEPQ, 2007)
EnEPQ, 2007
O I Encontro deEnsino e Pesquisaem
Administração eContabilidade-
EnEPQ foi realizado de21 a23 de
novembro de2007, nacidadede
Recife, PE, sob promoção conjunta
daAssociação Nacional dePós-
Graduação ePesquisaem
Administração – ANPAD eda
Associação Nacional dosCursos 
deGraduação em Administração –
ANGRAD, eacoordenação da
Divisão AcadêmicadeEnsino e
Pesquisaem Administração e
Contabilidade– EPQ, daANPAD
http://www.anpad.org.br/evento.php?
cod_evento_edicao=35
EnEPQ, 2009
O II Encontro deEnsino ePesquisaem
Administração eContabilidade-
EnEPQ foi realizado de15 a17 de
novembro de2009, nacidadede
Curitiba, PR, sob promoção da
Associação Nacional dePós-
Graduação ePesquisaem
Administração - ANPAD ede
responsabilidadedaDivisão
AcadêmicadeEnsino ePesquisa
em Administração e
Contabilidade/EPQ.  O EnEPQ é
um espaço dediscussão detemas
relevantesno âmbito daDivisão
http://www.anpad.org.br/evento.php?
cod_evento_edicao=47
Em 2006, a prof.a Tânia Fischer, publicou texto intitulado ‘Uma luz
sobre as práticas docentes na pós-graduação: a pesquisa sobre ensino e
aprendizagem em Administração’, cujo conteúdo argumentava um
conviteendereçado aoscursosdepós-graduação em Administração:
- instituírem atividadesorientadasparaaformação docente
- é nesse contexto que nasceu o Programa de Capacitação Docente em
Administração (PCDA)
• (RAC, v.10, n.4, out./dez., 2006: 193-197)
O Ensino de Administração – perspectivas
O que tem sido feito?
O Ensino de Administração – perspectivas
O que tem sido feito?
• No 18º Enangrad, realizado em Cuiabá (2007), o texto intitulado ‘Os
Enangrad espelham a maioridade da Angrad?’ foi submetido na área
Ensino, PesquisaeFormação Docenteem Administração (EPF)
• O conteúdo do texto se prestou a fazer uma retrospectiva do espaço de
discussão aberto pelosEnangrad paratemassubordinadosà formação do
Administrador
• E concluiu que, aos poucos, a reunião anual da Angrad foi se
distanciando dasrazõesquemotivaram acriação daAssociação
• Ao ser finalizado, os autores reuniram oito sugestões orientadas pela e
para preocupação de recuperar o protagonismo do Professor nas
discussõesdetemascarosàformação do Administrador.
O Ensino de Administração – perspectivas
O que podemos fazerjuntos?
Desenvolver, coletivamente, atividades intra e
interinstitucionais capazes de fortalecer a formação em
Administração:

Estabelecer uma agenda de pesquisa que reflita interesses
convergentes e seja capaz de fortalecer as atividades de ensino,
pesquisa e difusão de conhecimento

Criar redes de estudo que envolva estudantes e professores
orientada para a investigação dos temas priorizados na agenda de
pesquisa

Difundir os resultados das pesquisas finalizadas ou em
andamento promovendo e participando de reuniões acadêmicas de
forma ativa: escrevendo, submetendo, publicando e discutindo textos
acadêmicos

Desenvolver programas de mobilidade acadêmica orientados
pelo princípio da reciprocidade

Funcionar como embrião da criação de programas
interinstitucionais e consorciados
Como serum bom Professor?
“Só háumamaneiradeser um Bom Professor: sendo muito bem
formado.
Educação não équestão dedom ou talento, masde
conhecimento.
É preciso dominar o conteúdo queseministra, masépreciso
também conhecer sobrecomo seensinaecomo seaprende.
A formação do professor requer umabasesólidainicial, masrequer
também ainserção num espaço permanentedeformação.
Não éumaprofissão queseaprendeeseestáapto. Como na
Engenhariaou Medicina, precisadeatualização permanente.
Ensinar criando condiçõesparaqueosalunosaprendam não é
tarefafácil”
prof.a Beatriz Cardoso
doutoraem Educação pelaUSP

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Ead Na PóS
A Ead Na PóSA Ead Na PóS
A Ead Na PóS
tecnoead10
 
Planejamento da Ação Docente
Planejamento da Ação DocentePlanejamento da Ação Docente
Planejamento da Ação Docente
Daniel Augustin Pereira
 
Modelo para elaboração de plano de aula
Modelo para elaboração de plano de aulaModelo para elaboração de plano de aula
Modelo para elaboração de plano de aula
cdelmiro
 
Planejamento e acao_docente_2
Planejamento e acao_docente_2Planejamento e acao_docente_2
Planejamento e acao_docente_2
Jorge Antonio Fernandes
 
Plano de Atividades de Letramento: Linguagens - 1º Trimestre
Plano de Atividades  de Letramento: Linguagens - 1º Trimestre Plano de Atividades  de Letramento: Linguagens - 1º Trimestre
Plano de Atividades de Letramento: Linguagens - 1º Trimestre
Caique Fernando Silva Fistarol
 
Planejamento na escola
Planejamento na escolaPlanejamento na escola
Planejamento na escola
gindri
 
Epa 2 parte_planejamento_2013_grupo_pc
Epa 2 parte_planejamento_2013_grupo_pcEpa 2 parte_planejamento_2013_grupo_pc
Epa 2 parte_planejamento_2013_grupo_pc
Andreia Carla Lobo
 
5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica
5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica
5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica
Waleska Ufal Letras
 
PPT Planejamento 2018
PPT  Planejamento 2018PPT  Planejamento 2018
PPT Planejamento 2018
Claudia Ortolan Ortolan
 
Programa do Curso Projovem
Programa do Curso ProjovemPrograma do Curso Projovem
Programa do Curso Projovem
Adilson P Motta Motta
 
Matematica
MatematicaMatematica
Matematica
angelogcorrea
 
Matriz de referencia
Matriz de referenciaMatriz de referencia
Matriz de referencia
mfmpafatima
 
A avaliação
A avaliaçãoA avaliação
A avaliação
psicologiaestoi
 
Plano de aula didatica
Plano de aula  didaticaPlano de aula  didatica
Plano de aula didatica
Tiago Carlos Flávio
 
Estrutura do plano de trabalho docente
Estrutura do plano de trabalho docenteEstrutura do plano de trabalho docente
Estrutura do plano de trabalho docente
fabiobento1984
 

Mais procurados (15)

A Ead Na PóS
A Ead Na PóSA Ead Na PóS
A Ead Na PóS
 
Planejamento da Ação Docente
Planejamento da Ação DocentePlanejamento da Ação Docente
Planejamento da Ação Docente
 
Modelo para elaboração de plano de aula
Modelo para elaboração de plano de aulaModelo para elaboração de plano de aula
Modelo para elaboração de plano de aula
 
Planejamento e acao_docente_2
Planejamento e acao_docente_2Planejamento e acao_docente_2
Planejamento e acao_docente_2
 
Plano de Atividades de Letramento: Linguagens - 1º Trimestre
Plano de Atividades  de Letramento: Linguagens - 1º Trimestre Plano de Atividades  de Letramento: Linguagens - 1º Trimestre
Plano de Atividades de Letramento: Linguagens - 1º Trimestre
 
Planejamento na escola
Planejamento na escolaPlanejamento na escola
Planejamento na escola
 
Epa 2 parte_planejamento_2013_grupo_pc
Epa 2 parte_planejamento_2013_grupo_pcEpa 2 parte_planejamento_2013_grupo_pc
Epa 2 parte_planejamento_2013_grupo_pc
 
5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica
5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica
5 manual de-elaboracao_da_proposta_pedagogica
 
PPT Planejamento 2018
PPT  Planejamento 2018PPT  Planejamento 2018
PPT Planejamento 2018
 
Programa do Curso Projovem
Programa do Curso ProjovemPrograma do Curso Projovem
Programa do Curso Projovem
 
Matematica
MatematicaMatematica
Matematica
 
Matriz de referencia
Matriz de referenciaMatriz de referencia
Matriz de referencia
 
A avaliação
A avaliaçãoA avaliação
A avaliação
 
Plano de aula didatica
Plano de aula  didaticaPlano de aula  didatica
Plano de aula didatica
 
Estrutura do plano de trabalho docente
Estrutura do plano de trabalho docenteEstrutura do plano de trabalho docente
Estrutura do plano de trabalho docente
 

Destaque

Efetividade da aprendizagem: estratégias, capacitação e desempenho docente e ...
Efetividade da aprendizagem: estratégias, capacitação e desempenho docente e ...Efetividade da aprendizagem: estratégias, capacitação e desempenho docente e ...
Efetividade da aprendizagem: estratégias, capacitação e desempenho docente e ...
ANGRAD
 
Sistemas informacao de saude
Sistemas informacao de saudeSistemas informacao de saude
Sistemas informacao de saude
Fernandinhalima
 
Gestão da Informação em Saúde - Management of health information
Gestão da Informação em Saúde - Management of health informationGestão da Informação em Saúde - Management of health information
Gestão da Informação em Saúde - Management of health information
Jamessonjr Leite Junior
 
Avaliacao
AvaliacaoAvaliacao
Avaliacao
Tel Ma
 
Orientacoes siab
Orientacoes siabOrientacoes siab
Orientacoes siab
Alinebrauna Brauna
 
Relatório de Atividades (Modelo)
Relatório de Atividades (Modelo)Relatório de Atividades (Modelo)
Relatório de Atividades (Modelo)
Rondinelli Benicio
 
Modelo de relatório de atividades
Modelo de relatório de atividadesModelo de relatório de atividades
Modelo de relatório de atividadesCEPMBB
 
Sistema de informação da saude
Sistema de informação da saudeSistema de informação da saude
Sistema de informação da saude
Priscila Rocha
 
Aula Resumo - Sistema de Infornacao SUS
Aula Resumo - Sistema de Infornacao SUSAula Resumo - Sistema de Infornacao SUS
Aula Resumo - Sistema de Infornacao SUS
Igor Alves
 
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativoRelatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
Alessandra Alves
 
Relatório de Atividades 2008
Relatório de Atividades 2008Relatório de Atividades 2008
Relatório de Atividades 2008
lealtran
 
Relatorio final pronto!
Relatorio final pronto!Relatorio final pronto!
Relatorio final pronto!
Silvio Medeiros
 
Modelo relatorio
Modelo relatorioModelo relatorio
Modelo relatorio
rsaloes
 

Destaque (13)

Efetividade da aprendizagem: estratégias, capacitação e desempenho docente e ...
Efetividade da aprendizagem: estratégias, capacitação e desempenho docente e ...Efetividade da aprendizagem: estratégias, capacitação e desempenho docente e ...
Efetividade da aprendizagem: estratégias, capacitação e desempenho docente e ...
 
Sistemas informacao de saude
Sistemas informacao de saudeSistemas informacao de saude
Sistemas informacao de saude
 
Gestão da Informação em Saúde - Management of health information
Gestão da Informação em Saúde - Management of health informationGestão da Informação em Saúde - Management of health information
Gestão da Informação em Saúde - Management of health information
 
Avaliacao
AvaliacaoAvaliacao
Avaliacao
 
Orientacoes siab
Orientacoes siabOrientacoes siab
Orientacoes siab
 
Relatório de Atividades (Modelo)
Relatório de Atividades (Modelo)Relatório de Atividades (Modelo)
Relatório de Atividades (Modelo)
 
Modelo de relatório de atividades
Modelo de relatório de atividadesModelo de relatório de atividades
Modelo de relatório de atividades
 
Sistema de informação da saude
Sistema de informação da saudeSistema de informação da saude
Sistema de informação da saude
 
Aula Resumo - Sistema de Infornacao SUS
Aula Resumo - Sistema de Infornacao SUSAula Resumo - Sistema de Infornacao SUS
Aula Resumo - Sistema de Infornacao SUS
 
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativoRelatorio de estagio supervisionado administrativo
Relatorio de estagio supervisionado administrativo
 
Relatório de Atividades 2008
Relatório de Atividades 2008Relatório de Atividades 2008
Relatório de Atividades 2008
 
Relatorio final pronto!
Relatorio final pronto!Relatorio final pronto!
Relatorio final pronto!
 
Modelo relatorio
Modelo relatorioModelo relatorio
Modelo relatorio
 

Semelhante a Efetividade da aprendizagem: estratégias, capacitação e desempenho docente e tecnologias - Profa. Manolita Correia Lima

PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação
PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentaçãoPNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação
PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação
Everaldo Gomes
 
Gatti, barreto e andré aula 5
Gatti, barreto e andré aula 5Gatti, barreto e andré aula 5
Gatti, barreto e andré aula 5
Audrey Danielle Beserra de Brito
 
Relatorio de gestão e sustentabilidade esag 2010 2013
Relatorio de gestão e sustentabilidade esag 2010 2013Relatorio de gestão e sustentabilidade esag 2010 2013
Relatorio de gestão e sustentabilidade esag 2010 2013
Departamento de Administração Pública ESAG/UDESC
 
Procurando caminhos na educacao pesquisa
Procurando caminhos na educacao pesquisaProcurando caminhos na educacao pesquisa
Procurando caminhos na educacao pesquisa
Australian Council for Educational Research
 
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
Helia Pessoa do Amaral Figueiredo
 
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
Helia Pessoa do Amaral Figueiredo
 
Gestão escolar e coordenação pedagógica
Gestão escolar e coordenação pedagógicaGestão escolar e coordenação pedagógica
Gestão escolar e coordenação pedagógica
Verbo Educacional
 
Áreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogoÁreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogo
Beatriz
 
Áreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogoÁreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogo
Beatriz
 
Referenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docente
Referenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docenteReferenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docente
Referenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docente
Amorim Albert
 
O PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE NA UFPE
O PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE NA UFPEO PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE NA UFPE
O PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE NA UFPE
ProfessorPrincipiante
 
GESTÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UM FRAMEWORK BASEADO EM BOAS PRÁTICAS
 GESTÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UM FRAMEWORK BASEADO EM BOAS PRÁTICAS GESTÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UM FRAMEWORK BASEADO EM BOAS PRÁTICAS
GESTÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UM FRAMEWORK BASEADO EM BOAS PRÁTICAS
Carolina Schmitt Nunes
 
ebooks lead futures liderança vol 1 2021
ebooks lead futures liderança vol 1 2021ebooks lead futures liderança vol 1 2021
ebooks lead futures liderança vol 1 2021
Marília Pacheco
 
Pnaic 26 de outubro
Pnaic 26 de outubroPnaic 26 de outubro
Pnaic 26 de outubro
Naysa Taboada
 
O Modelo De Auto AvaliaçãO Das Bibliotecas Escolares No
O Modelo De Auto AvaliaçãO Das Bibliotecas Escolares NoO Modelo De Auto AvaliaçãO Das Bibliotecas Escolares No
O Modelo De Auto AvaliaçãO Das Bibliotecas Escolares No
Isabel Pinheiro
 
Pnaic caderno
Pnaic cadernoPnaic caderno
Pnaic caderno
Daniela Menezes
 
PPT_Orientação da diversificada 01.ppt
PPT_Orientação da diversificada 01.pptPPT_Orientação da diversificada 01.ppt
PPT_Orientação da diversificada 01.ppt
Tati Borlote Varanda
 
Apresentação ep nosl
Apresentação ep noslApresentação ep nosl
Apresentação ep nosl
pensarescola
 
Projeto Formação Continuada
Projeto Formação ContinuadaProjeto Formação Continuada
Projeto Formação Continuada
COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO VILHENA
 
apresentacao-2o-workshop-graduacao-2.ppt
apresentacao-2o-workshop-graduacao-2.pptapresentacao-2o-workshop-graduacao-2.ppt
apresentacao-2o-workshop-graduacao-2.ppt
iuriserrat
 

Semelhante a Efetividade da aprendizagem: estratégias, capacitação e desempenho docente e tecnologias - Profa. Manolita Correia Lima (20)

PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação
PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentaçãoPNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação
PNAIC 2015 - Informações do Caderno de apresentação
 
Gatti, barreto e andré aula 5
Gatti, barreto e andré aula 5Gatti, barreto e andré aula 5
Gatti, barreto e andré aula 5
 
Relatorio de gestão e sustentabilidade esag 2010 2013
Relatorio de gestão e sustentabilidade esag 2010 2013Relatorio de gestão e sustentabilidade esag 2010 2013
Relatorio de gestão e sustentabilidade esag 2010 2013
 
Procurando caminhos na educacao pesquisa
Procurando caminhos na educacao pesquisaProcurando caminhos na educacao pesquisa
Procurando caminhos na educacao pesquisa
 
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
 
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
 
Gestão escolar e coordenação pedagógica
Gestão escolar e coordenação pedagógicaGestão escolar e coordenação pedagógica
Gestão escolar e coordenação pedagógica
 
Áreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogoÁreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogo
 
Áreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogoÁreas de atuação do pedagogo
Áreas de atuação do pedagogo
 
Referenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docente
Referenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docenteReferenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docente
Referenciais para o_exame_nacional_de_ingresso_na_carreira_docente
 
O PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE NA UFPE
O PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE NA UFPEO PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE NA UFPE
O PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE NA UFPE
 
GESTÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UM FRAMEWORK BASEADO EM BOAS PRÁTICAS
 GESTÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UM FRAMEWORK BASEADO EM BOAS PRÁTICAS GESTÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UM FRAMEWORK BASEADO EM BOAS PRÁTICAS
GESTÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UM FRAMEWORK BASEADO EM BOAS PRÁTICAS
 
ebooks lead futures liderança vol 1 2021
ebooks lead futures liderança vol 1 2021ebooks lead futures liderança vol 1 2021
ebooks lead futures liderança vol 1 2021
 
Pnaic 26 de outubro
Pnaic 26 de outubroPnaic 26 de outubro
Pnaic 26 de outubro
 
O Modelo De Auto AvaliaçãO Das Bibliotecas Escolares No
O Modelo De Auto AvaliaçãO Das Bibliotecas Escolares NoO Modelo De Auto AvaliaçãO Das Bibliotecas Escolares No
O Modelo De Auto AvaliaçãO Das Bibliotecas Escolares No
 
Pnaic caderno
Pnaic cadernoPnaic caderno
Pnaic caderno
 
PPT_Orientação da diversificada 01.ppt
PPT_Orientação da diversificada 01.pptPPT_Orientação da diversificada 01.ppt
PPT_Orientação da diversificada 01.ppt
 
Apresentação ep nosl
Apresentação ep noslApresentação ep nosl
Apresentação ep nosl
 
Projeto Formação Continuada
Projeto Formação ContinuadaProjeto Formação Continuada
Projeto Formação Continuada
 
apresentacao-2o-workshop-graduacao-2.ppt
apresentacao-2o-workshop-graduacao-2.pptapresentacao-2o-workshop-graduacao-2.ppt
apresentacao-2o-workshop-graduacao-2.ppt
 

Mais de ANGRAD

Novas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradas
Novas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradasNovas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradas
Novas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradas
ANGRAD
 
Carreira e Pós-Graduação Stricto Sensu
Carreira e Pós-Graduação Stricto SensuCarreira e Pós-Graduação Stricto Sensu
Carreira e Pós-Graduação Stricto Sensu
ANGRAD
 
ENANGRAD 2018 - ENADE
ENANGRAD 2018 - ENADEENANGRAD 2018 - ENADE
ENANGRAD 2018 - ENADE
ANGRAD
 
Como o poder da visão e inteligência artificial pode trazer inclusão ao ambie...
Como o poder da visão e inteligência artificial pode trazer inclusão ao ambie...Como o poder da visão e inteligência artificial pode trazer inclusão ao ambie...
Como o poder da visão e inteligência artificial pode trazer inclusão ao ambie...
ANGRAD
 
Conduzindo pesquisa científica em jogos de empresas
Conduzindo pesquisa científica em jogos de empresasConduzindo pesquisa científica em jogos de empresas
Conduzindo pesquisa científica em jogos de empresas
ANGRAD
 
Assurance of Learning - The ECU Story
Assurance of Learning - The ECU StoryAssurance of Learning - The ECU Story
Assurance of Learning - The ECU Story
ANGRAD
 
Gestão da evasão na EAD: discussão a partir de um modelo preditivo
Gestão da evasão na EAD: discussão a partir de um modelo preditivoGestão da evasão na EAD: discussão a partir de um modelo preditivo
Gestão da evasão na EAD: discussão a partir de um modelo preditivo
ANGRAD
 
Estado da Arte da EAD
Estado da Arte da EADEstado da Arte da EAD
Estado da Arte da EAD
ANGRAD
 
ENANGRAD 2018 - Acreditação Internacional
ENANGRAD 2018 - Acreditação InternacionalENANGRAD 2018 - Acreditação Internacional
ENANGRAD 2018 - Acreditação Internacional
ANGRAD
 
ENANGRAD 2019 - Apresentação ANAMBA
ENANGRAD 2019 - Apresentação ANAMBAENANGRAD 2019 - Apresentação ANAMBA
ENANGRAD 2019 - Apresentação ANAMBA
ANGRAD
 
Oficina sobre os ODS
Oficina sobre os ODSOficina sobre os ODS
Oficina sobre os ODS
ANGRAD
 
Case prático: filiação e credenciamento da IMED
Case prático: filiação e credenciamento da IMEDCase prático: filiação e credenciamento da IMED
Case prático: filiação e credenciamento da IMED
ANGRAD
 
Case: Saint Paul Escola de Negócios
Case: Saint Paul Escola de NegóciosCase: Saint Paul Escola de Negócios
Case: Saint Paul Escola de Negócios
ANGRAD
 
Método do Caso como Recurso Pedagógico: Benefícios e Utilização
Método do Caso como Recurso Pedagógico: Benefícios e UtilizaçãoMétodo do Caso como Recurso Pedagógico: Benefícios e Utilização
Método do Caso como Recurso Pedagógico: Benefícios e Utilização
ANGRAD
 
O Estudante como protagonista do/no Processo de Aprendizagem
O Estudante como protagonista do/no Processo de AprendizagemO Estudante como protagonista do/no Processo de Aprendizagem
O Estudante como protagonista do/no Processo de Aprendizagem
ANGRAD
 
Sinaes – INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO NAS MODALIDADES PRES...
Sinaes – INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO NAS MODALIDADES PRES...Sinaes – INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO NAS MODALIDADES PRES...
Sinaes – INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO NAS MODALIDADES PRES...
ANGRAD
 
Iniciação Científica no Curso de Administração
Iniciação Científica no Curso de AdministraçãoIniciação Científica no Curso de Administração
Iniciação Científica no Curso de Administração
ANGRAD
 
Aprendizagem Significativa
Aprendizagem SignificativaAprendizagem Significativa
Aprendizagem Significativa
ANGRAD
 
Aprendizagem Significativa em Administração
Aprendizagem Significativa em AdministraçãoAprendizagem Significativa em Administração
Aprendizagem Significativa em Administração
ANGRAD
 
5 - Novas Tecnologias e Inovação no Ensino da Administração
5 - Novas Tecnologias e Inovação no Ensino da Administração5 - Novas Tecnologias e Inovação no Ensino da Administração
5 - Novas Tecnologias e Inovação no Ensino da Administração
ANGRAD
 

Mais de ANGRAD (20)

Novas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradas
Novas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradasNovas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradas
Novas técnicas organizacionais e as tecnologias aceleradas
 
Carreira e Pós-Graduação Stricto Sensu
Carreira e Pós-Graduação Stricto SensuCarreira e Pós-Graduação Stricto Sensu
Carreira e Pós-Graduação Stricto Sensu
 
ENANGRAD 2018 - ENADE
ENANGRAD 2018 - ENADEENANGRAD 2018 - ENADE
ENANGRAD 2018 - ENADE
 
Como o poder da visão e inteligência artificial pode trazer inclusão ao ambie...
Como o poder da visão e inteligência artificial pode trazer inclusão ao ambie...Como o poder da visão e inteligência artificial pode trazer inclusão ao ambie...
Como o poder da visão e inteligência artificial pode trazer inclusão ao ambie...
 
Conduzindo pesquisa científica em jogos de empresas
Conduzindo pesquisa científica em jogos de empresasConduzindo pesquisa científica em jogos de empresas
Conduzindo pesquisa científica em jogos de empresas
 
Assurance of Learning - The ECU Story
Assurance of Learning - The ECU StoryAssurance of Learning - The ECU Story
Assurance of Learning - The ECU Story
 
Gestão da evasão na EAD: discussão a partir de um modelo preditivo
Gestão da evasão na EAD: discussão a partir de um modelo preditivoGestão da evasão na EAD: discussão a partir de um modelo preditivo
Gestão da evasão na EAD: discussão a partir de um modelo preditivo
 
Estado da Arte da EAD
Estado da Arte da EADEstado da Arte da EAD
Estado da Arte da EAD
 
ENANGRAD 2018 - Acreditação Internacional
ENANGRAD 2018 - Acreditação InternacionalENANGRAD 2018 - Acreditação Internacional
ENANGRAD 2018 - Acreditação Internacional
 
ENANGRAD 2019 - Apresentação ANAMBA
ENANGRAD 2019 - Apresentação ANAMBAENANGRAD 2019 - Apresentação ANAMBA
ENANGRAD 2019 - Apresentação ANAMBA
 
Oficina sobre os ODS
Oficina sobre os ODSOficina sobre os ODS
Oficina sobre os ODS
 
Case prático: filiação e credenciamento da IMED
Case prático: filiação e credenciamento da IMEDCase prático: filiação e credenciamento da IMED
Case prático: filiação e credenciamento da IMED
 
Case: Saint Paul Escola de Negócios
Case: Saint Paul Escola de NegóciosCase: Saint Paul Escola de Negócios
Case: Saint Paul Escola de Negócios
 
Método do Caso como Recurso Pedagógico: Benefícios e Utilização
Método do Caso como Recurso Pedagógico: Benefícios e UtilizaçãoMétodo do Caso como Recurso Pedagógico: Benefícios e Utilização
Método do Caso como Recurso Pedagógico: Benefícios e Utilização
 
O Estudante como protagonista do/no Processo de Aprendizagem
O Estudante como protagonista do/no Processo de AprendizagemO Estudante como protagonista do/no Processo de Aprendizagem
O Estudante como protagonista do/no Processo de Aprendizagem
 
Sinaes – INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO NAS MODALIDADES PRES...
Sinaes – INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO NAS MODALIDADES PRES...Sinaes – INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO NAS MODALIDADES PRES...
Sinaes – INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO NAS MODALIDADES PRES...
 
Iniciação Científica no Curso de Administração
Iniciação Científica no Curso de AdministraçãoIniciação Científica no Curso de Administração
Iniciação Científica no Curso de Administração
 
Aprendizagem Significativa
Aprendizagem SignificativaAprendizagem Significativa
Aprendizagem Significativa
 
Aprendizagem Significativa em Administração
Aprendizagem Significativa em AdministraçãoAprendizagem Significativa em Administração
Aprendizagem Significativa em Administração
 
5 - Novas Tecnologias e Inovação no Ensino da Administração
5 - Novas Tecnologias e Inovação no Ensino da Administração5 - Novas Tecnologias e Inovação no Ensino da Administração
5 - Novas Tecnologias e Inovação no Ensino da Administração
 

Efetividade da aprendizagem: estratégias, capacitação e desempenho docente e tecnologias - Profa. Manolita Correia Lima

  • 1. prof.a Manolita Correia Lima – mclima@espm.br XXIENANGRAD O Ensino de Administração: realidadeseperspectivas PAINEL4 Efetividadedaaprendizagem: estratégias, capacitação e desempenho docenteetecnologias
  • 2. Antecedentes O Lugardo Brasil na Academia Entre2007 e2009 osprogramasdepós-graduação do Paísformaram • 32 mil doutores • 108 mil mestres • 100 mil mestres‘acadêmicos’ • 8 mil mestres‘profissionais’ O paíséresponsável pelapublicação de300 mil textos científicos, • ocupao 13º lugar no ranking daprodução científicamundial • está no 22º lugar entre os países que detêm 98% da pesquisa mundial quando considerado o número de citações de artigos brasileirosem publicaçõescientíficasinternacionais
  • 3. Antecedentes: O Ensino deAdministração – realidades Reafirmando o Brasil como um Paísdecontrastes... • Entre 2006 e 2008, os cursos de graduação em Administração que obtiveram notas 1 e2 no Enadeobtiveram 45% deaumento no número decandidatosao vestibular • Dos100 programasdepós-graduação em Administração avaliadospelasCAPES, • um obteve nota 7: FEA/USP - “Buscamo s atingir padrõ es glo bais co mo estratégia para alcançar a execelência” Vahan Agopyan • 9 programaselevaram suasnotas: • FEA/USP(7) • PUC/MG (5) • PUC/RS(5) • UNB (5) • UNINOVE (5) - “Essa mudança abriu po rtas ao s melho res aluno s, elevando a qualidade do co rpo discente e também a avaliação da instituição ” prof. Emerson Maccari • Fundação João Pinheiro (4) • IBMEC (4) • UFPB (4) • UFSM (4)
  • 4. Antecedentes: O Ensino deAdministração – realidades A áreade Administração, Contabilidade eTurismo representa25% damatrículano nível dagraduação Compreensivelmente, éumadasáreasmaisrepresentativas no sistemadeavaliação daCAPES: 136 cursosrecomendados (seiscom início previsto para2010) 1.163 periódicosqualificadosno sistemaWebQualis
  • 5. Problematização: O Ensino deAdministração – realidades Os desequilíbrios podem ser classificados em três níveis: a. na distribuição dos cursos por área: • Administração = 75 • Contabilidade = 19 • Turismo = 6 b. na distribuição dos cursos por região • 53 situam-senaregião Sudeste • 21 naregião Sul • 17 naregião Nordeste • 6 naregião Centro-Oeste • 3 naregião Norte c. na maturidade e consolidação dos cursos oferecidos – a maioria tem menos de uma década: • 26 são cursosdemestrado profissional • 44 são cursosdemestrado acadêmico • 30 são cursosdedoutorado
  • 6. O Sistema de Pós-Graduação em Administração, Contabilidade e Turismo (rel. avaliação 2004-2006) Administração (136 cursosautorizadospelaCAPES)  Mestrado profissional = 30  Mestrado acadêmico = 77  Doutorado = 29 Contabilidade (25 cursosautorizadospelaCAPES)  Mestrado profissional = 4  Mestrado acadêmico = 17  Doutorado = 4 Turismo (7 cursosautorizadospelaCAPES)  Mestrado profissional = 1  Mestrado acadêmico = 5  Doutorado = 1
  • 7. Os desequilíbrios antes destacados repercutem sobre:  a formação de professores  a formação de pesquisadores  a qualidade dos cursos de graduação  a qualidade da produção acadêmica  a expansão da pós-graduação
  • 8. O Ensino de Administração – perspectivas O que tem sido feito?  Organização e oferta de programas de pós-graduação interinstitucionais, capazes de aproximar cursos antigos e consolidados de cursos jovens (em fase de amadurecimento)  Organização e oferta de programas de pós-graduação de forma consorciada, aproximando professores originários de diferentes instituições e distintos departamentos  Articulação entre programas situados em Regiões e Estados diferentes visando o desenvolvimento de projetos de pesquisa conjuntos  Programas e projetos de pesquisa desenvolvidos em parceria com universidades estrangeiras, com chance de gerar dupla titulação
  • 9. O Ensino de Administração – perspectivas O que tem sido feito? • Na década de 1970 a ANPAD foi criada com o compromisso de institucionalizar a pós-graduação oferecendo apoio à organização do ensino • Nas décadas de 1980 e 1990 a pesquisa ocupou o lugar preponderante naspreocupaçõesdainstituição • Nos dez últimos anos, de forma situada, a discussão em torno da formação do Professor – quemecomoformaroprofessor? – emerge com, • A criação do ProgramadeEstágio deCapacitação Docente(PECD, 2000) imposto aosbolsistasdaCAPES • A criação do Programa de Capacitação Docente em Administração (PCDA, 2006) com 5 instituições envolvidas na fase de implantação: UFRGS, UFBA, EBAPE/FGV, EAESP/FGV ePUC/MG • A organização do 1º Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade(EnEPQ, 2007)
  • 10. EnEPQ, 2007 O I Encontro deEnsino e Pesquisaem Administração eContabilidade- EnEPQ foi realizado de21 a23 de novembro de2007, nacidadede Recife, PE, sob promoção conjunta daAssociação Nacional dePós- Graduação ePesquisaem Administração – ANPAD eda Associação Nacional dosCursos  deGraduação em Administração – ANGRAD, eacoordenação da Divisão AcadêmicadeEnsino e Pesquisaem Administração e Contabilidade– EPQ, daANPAD http://www.anpad.org.br/evento.php? cod_evento_edicao=35 EnEPQ, 2009 O II Encontro deEnsino ePesquisaem Administração eContabilidade- EnEPQ foi realizado de15 a17 de novembro de2009, nacidadede Curitiba, PR, sob promoção da Associação Nacional dePós- Graduação ePesquisaem Administração - ANPAD ede responsabilidadedaDivisão AcadêmicadeEnsino ePesquisa em Administração e Contabilidade/EPQ.  O EnEPQ é um espaço dediscussão detemas relevantesno âmbito daDivisão http://www.anpad.org.br/evento.php? cod_evento_edicao=47
  • 11. Em 2006, a prof.a Tânia Fischer, publicou texto intitulado ‘Uma luz sobre as práticas docentes na pós-graduação: a pesquisa sobre ensino e aprendizagem em Administração’, cujo conteúdo argumentava um conviteendereçado aoscursosdepós-graduação em Administração: - instituírem atividadesorientadasparaaformação docente - é nesse contexto que nasceu o Programa de Capacitação Docente em Administração (PCDA) • (RAC, v.10, n.4, out./dez., 2006: 193-197) O Ensino de Administração – perspectivas O que tem sido feito?
  • 12. O Ensino de Administração – perspectivas O que tem sido feito? • No 18º Enangrad, realizado em Cuiabá (2007), o texto intitulado ‘Os Enangrad espelham a maioridade da Angrad?’ foi submetido na área Ensino, PesquisaeFormação Docenteem Administração (EPF) • O conteúdo do texto se prestou a fazer uma retrospectiva do espaço de discussão aberto pelosEnangrad paratemassubordinadosà formação do Administrador • E concluiu que, aos poucos, a reunião anual da Angrad foi se distanciando dasrazõesquemotivaram acriação daAssociação • Ao ser finalizado, os autores reuniram oito sugestões orientadas pela e para preocupação de recuperar o protagonismo do Professor nas discussõesdetemascarosàformação do Administrador.
  • 13. O Ensino de Administração – perspectivas O que podemos fazerjuntos? Desenvolver, coletivamente, atividades intra e interinstitucionais capazes de fortalecer a formação em Administração:  Estabelecer uma agenda de pesquisa que reflita interesses convergentes e seja capaz de fortalecer as atividades de ensino, pesquisa e difusão de conhecimento  Criar redes de estudo que envolva estudantes e professores orientada para a investigação dos temas priorizados na agenda de pesquisa  Difundir os resultados das pesquisas finalizadas ou em andamento promovendo e participando de reuniões acadêmicas de forma ativa: escrevendo, submetendo, publicando e discutindo textos acadêmicos  Desenvolver programas de mobilidade acadêmica orientados pelo princípio da reciprocidade  Funcionar como embrião da criação de programas interinstitucionais e consorciados
  • 14. Como serum bom Professor? “Só háumamaneiradeser um Bom Professor: sendo muito bem formado. Educação não équestão dedom ou talento, masde conhecimento. É preciso dominar o conteúdo queseministra, masépreciso também conhecer sobrecomo seensinaecomo seaprende. A formação do professor requer umabasesólidainicial, masrequer também ainserção num espaço permanentedeformação. Não éumaprofissão queseaprendeeseestáapto. Como na Engenhariaou Medicina, precisadeatualização permanente. Ensinar criando condiçõesparaqueosalunosaprendam não é tarefafácil” prof.a Beatriz Cardoso doutoraem Educação pelaUSP