SlideShare uma empresa Scribd logo
Centro de Ensino Profª Lêda Tajra Prof. Joabe 2° ano Ensino Médio 1° bimestre.
TERMOLOGIA TERMOMETRIA Temperatura: é o grau de transição de calor de uma molécula de um corpo para outra molécula de outro corpo.  Temperatura: é o estado de agitação das moléculas de um corpo. Equilíbrio Térmico: Quando dois corpos são colocados um em contato com o outro, após um certo tempo eles apresentam uma temperatura em comum. OBS: O equilíbrio térmico se da sempre do corpo com temperatura maior para o corpo de menor temperatura.
Termômetros As substâncias em geral dilatam-se (aumentam de volume) quando sofrem aumento de temperatura. Assim, uma barra de ferro, por exemplo, aumenta de comprimento quando colocada no fogo.  Do mesmo modo, o volume de gás contido num balão elástico aumenta quando cresce a temperatura. A coluna de mercúrio contida num tubo sofre o mesmo efeito e aumenta de altura. A propriedade que os corpos apresentam de mudar de volume, quando se modifica a temperatura, pode ser usada para medir temperaturas.
Os termômetros de mercúrio, muito comuns em laboratórios, clínicas médicas e mesmo em casa, funcionam baseados na dilatação do mercúrio.  Digamos, por exemplo, que precisamos medir a temperatura da água de um copo. Colocamos o termômetro dentro dele e aguardamos alguns minutos para que a água e o termômetro entrem em  equilíbrio térmico .  A variação de temperatura, para mais ou para menos, sofrida pelo mercúrio vai fazer com que seu volume varie, para mais ou para menos. Com isso, ele sobe ou desce na escala de temperaturas, indicando o valor correto da temperatura. 
Escala Celsius No século XVII, o físico e astrônomo sueco Anders Celsius sugeriu que a temperatura de fusão do gelo, ao nível do mar, recebesse o valor arbitrário de 0 grau (hoje 0 grau Celsius), e que a temperatura de ebulição da água, também ao nível do mar, fosse fixada em 100 graus (100 graus Celsius, valor igualmente arbitrário).
Escolhidos os pontos de fusão e ebulição da água, pode-se agora construir um termômetro calibrado na escala Celsius.  Para isso é necessário um tubo fino (tubo capilar) de vidro, com um reservatório para o mercúrio.  Coloca-se o conjunto num recipiente com gelo em fusão (que, portanto, está à temperatura de 0 grau Celsius), e, após alguns minutos, quando o mercúrio parar de descer, por entrar em equilíbrio térmico com a mistura água-gelo, faz-se uma marca para 0 grau Celsius. Em seguida, coloca-se o tubo em água fervente (que na escala Celsius está a 100 graus) e faz-se uma marca para 100 graus Celsius.  A seguir divide-se o espaço entre as duas marcas em 100 partes e fecha-se o tubo.  O termômetro está pronto para ser usado. 
Escala Fahrenheit Na escala Fahrenheit, ainda em uso nos países de língua inglesa, ao 0 e ao 100 da escala Celsius correspondem respectivamente os números 32 e 212.  Assim, entre a temperatura de fusão do gelo e da ebulição da água, estão compreendidos 180º F.
Escala Kelvin Sabe-se que não há, teoricamente, um limite superior para a temperatura que um corpo pode alcançar.  Observa-se, entretanto, que existe um limite inferior. Os cientistas verificaram que é impossível reduzir a temperatura de qualquer substância a um valor inferior a  -273º C (o zero absoluto). O físico inglês lorde Kelvin propôs uma escala termométrica, que leva o seu nome. Tal escala tem origem no zero absoluto, usando como unidade de variação o grau Celsius.  Na escala Kelvin, a temperatura de fusão do gelo corresponde a 273 K e a de ebulição da água, a 373 K.
ESCALAS DE TEMPERATURA Escala Celsius Escala Fahrenheit Escala Kelvin 100 °C 212 °F 373 °K 273 °K 32 °F 0 °C °C °F °K Ponto de Fusão Ponto de Ebulição Ponto de Ebulição Ponto de Ebulição Ponto de Fusão Ponto de Fusão
EQUAÇÕES DE CONVERSÃO Macete: como as três escalas mostram a mesma temperatura ambiente, temos: 273 °K 32 °F 0 °C C F K 100 °C 212 °F 373 °K
EQUAÇÕES DE CONVERSÃO – continuação: 100 °C 212 °F 373 °K 273 °K 32 °F 0 °C C F K
Portanto: Simplificando: Mamão com açúcar !!!!
Exemplo 1 01 – (UFBA) A temperatura do corpo humano é de aproximadamente  36,5 °C. Qual a leitura que a escala Fahrenheit e Kelvin fornecem para essa mesma temperatura? Pensando !!!! Pela equação de conversão temos: Passando de Celsius para Fahrenheit: Passando de Celsius para Kelvin: Abacate com leite !!!
Uma ilusão de óptica
[object Object],Exemplo 2 F-32= 162 F= 162 + 32 F = 194 °F Banana com farinha !!!
Mais ilusões de óptica
[object Object],[object Object],Exemplo 3 C= 65 °C Café com biscoito !!!
 
[object Object],A temperatura de determinada substância  é  50°F. A temperatura absoluta dessa substância, em kelvin,  é a)     343  b)     283  c)     263  d)     323  e)     273 Pensando !!!! Pela equação de conversão temos: Baião de dois com churrasco !!!
 
 
[object Object],Quando se deseja realizar experimentos a baixas temperaturas, é muito comum a utilização de nitrogênio líquido como refrigerante, pois seu ponto normal de ebulição é de - 196 ºC. Na escala Kelvin, esta temperatura vale: a)  469 K  b) 77 K  c)   196 K  d)   273 K  e)100 K Pela equação de conversão temos: Açaí com torresmo !!!
 
[object Object],Quando Fahrenheit definiu a escala termométrica que hoje leva o seu nome, o primeiro ponto fixo definido por ele, o 0ºF, corresponde à temperatura obtida ao se misturar uma porção de cloreto de amônia com três porções de neve, à pressão normal. Qual é, aproximadamente, esta temperatura na escala Celsius? a)   32°  b)   273°  c)   37,7°  d)   –18°  e) 17,7° Mocotó com farinha e pimenta !!! - 3,555555
 
[object Object],A fim de diminuir o risco de explosão durante um incêndio, os botijões de gás possuem um pequeno pino com aspecto de parafuso, conhecido como plugue fusível. Uma vez que a temperatura do botijão chegue a 172ºF, a liga metálica desse dispositivo de segurança se funde, permitindo que o gás escape. Em termos de nossa escala habitual, o derretimento do plugue fusível ocorre, aproximadamente, a: a)   342 ºC.  b)   78ºC.  c)   85ºC.  d)   140ºC.   E) 113ºC. 15,555555.... 15,6 C=78°C Pão com ovo !!!
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estudo dos gases slides
Estudo dos gases   slidesEstudo dos gases   slides
Estudo dos gases slides
Micaela Neiva
 
O que é a Física?
O que é a Física?O que é a Física?
O que é a Física?
Sergio Madureira
 
Leis De Newton
Leis De NewtonLeis De Newton
Leis De Newton
Miky Mine
 
Cinemática Escalar
Cinemática EscalarCinemática Escalar
Cinemática Escalar
Marco Antonio Sanches
 
Ondulatoria
OndulatoriaOndulatoria
Ondulatoria
Rildo Borges
 
Introdução a Física
Introdução a FísicaIntrodução a Física
Introdução a Física
fismatromulo
 
Termometria slides
Termometria  slidesTermometria  slides
Termometria slides
Cristiano Silva
 
Calorimetria
CalorimetriaCalorimetria
Calorimetria
fisicaatual
 
Física (calorimetria)
Física (calorimetria)Física (calorimetria)
Física (calorimetria)
Adrianne Mendonça
 
Transmissão de calor
Transmissão de calorTransmissão de calor
Transmissão de calor
Arthur Carlos de Oliveira
 
Calorimetria
CalorimetriaCalorimetria
Termodinâmica
TermodinâmicaTermodinâmica
Termodinâmica
fisicaatual
 
Hidrostática
HidrostáticaHidrostática
Hidrostática
Vlamir Gama Rocha
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
Paulo Filho
 
Aula 4 vetores
Aula 4  vetoresAula 4  vetores
Aula 4 vetores
Montenegro Física
 
Trocas de calor
Trocas de calorTrocas de calor
Trocas de calor
Cristiane Ruas
 
Medidas e sistema de unidades
Medidas e sistema de unidadesMedidas e sistema de unidades
Medidas e sistema de unidades
Guilherme Machado
 
Calor sensivel e calor latente
Calor sensivel e calor latenteCalor sensivel e calor latente
Calor sensivel e calor latente
ReinaldoMassayuki1
 
Introdução à física
Introdução à físicaIntrodução à física
Introdução à física
Catarina Lopes
 
Temperatura
TemperaturaTemperatura

Mais procurados (20)

Estudo dos gases slides
Estudo dos gases   slidesEstudo dos gases   slides
Estudo dos gases slides
 
O que é a Física?
O que é a Física?O que é a Física?
O que é a Física?
 
Leis De Newton
Leis De NewtonLeis De Newton
Leis De Newton
 
Cinemática Escalar
Cinemática EscalarCinemática Escalar
Cinemática Escalar
 
Ondulatoria
OndulatoriaOndulatoria
Ondulatoria
 
Introdução a Física
Introdução a FísicaIntrodução a Física
Introdução a Física
 
Termometria slides
Termometria  slidesTermometria  slides
Termometria slides
 
Calorimetria
CalorimetriaCalorimetria
Calorimetria
 
Física (calorimetria)
Física (calorimetria)Física (calorimetria)
Física (calorimetria)
 
Transmissão de calor
Transmissão de calorTransmissão de calor
Transmissão de calor
 
Calorimetria
CalorimetriaCalorimetria
Calorimetria
 
Termodinâmica
TermodinâmicaTermodinâmica
Termodinâmica
 
Hidrostática
HidrostáticaHidrostática
Hidrostática
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
 
Aula 4 vetores
Aula 4  vetoresAula 4  vetores
Aula 4 vetores
 
Trocas de calor
Trocas de calorTrocas de calor
Trocas de calor
 
Medidas e sistema de unidades
Medidas e sistema de unidadesMedidas e sistema de unidades
Medidas e sistema de unidades
 
Calor sensivel e calor latente
Calor sensivel e calor latenteCalor sensivel e calor latente
Calor sensivel e calor latente
 
Introdução à física
Introdução à físicaIntrodução à física
Introdução à física
 
Temperatura
TemperaturaTemperatura
Temperatura
 

Destaque

Slide Sobre Escalas TermoméTricas
Slide Sobre Escalas TermoméTricasSlide Sobre Escalas TermoméTricas
Slide Sobre Escalas TermoméTricas
Kátia Cilene Suptitz
 
Aula de TERMOMETRIA
Aula de TERMOMETRIAAula de TERMOMETRIA
Aula de TERMOMETRIA
marcosconvest
 
Termometria
TermometriaTermometria
Termometria
Rildo Borges
 
Gabarito das questões de Termologia - 2º Ano
Gabarito das questões de Termologia - 2º AnoGabarito das questões de Termologia - 2º Ano
Gabarito das questões de Termologia - 2º Ano
Edson Marcos Silva
 
Termologia
TermologiaTermologia
Termologia
Fabricio Scheffer
 
slide temometria
slide temometriaslide temometria
slide temometria
joaberb
 
AULA SOBRE Termometria
AULA SOBRE TermometriaAULA SOBRE Termometria
AULA SOBRE Termometria
andre alcantara
 
exercicios resolvidos-termometria.pdf
exercicios resolvidos-termometria.pdfexercicios resolvidos-termometria.pdf
exercicios resolvidos-termometria.pdf
Cleiton Rosa
 
Aula 1 temperatura
Aula 1   temperaturaAula 1   temperatura
Aula 1 temperatura
Daniela F Almenara
 
Termometria-aula-1.ppt
Termometria-aula-1.pptTermometria-aula-1.ppt
Termometria-aula-1.ppt
Cleiton Rosa
 
Termometria aula
Termometria   aulaTermometria   aula
Termometria aula
Roberto Bagatini
 
Fisica tópico 1 – termologia
Fisica tópico 1 – termologiaFisica tópico 1 – termologia
Fisica tópico 1 – termologia
comentada
 
Termologia
TermologiaTermologia
Termologia
Valdir Eduardo
 
Física 2º ano prof. pedro ivo - (relação entre as escalas termométricas )
Física 2º ano   prof. pedro ivo - (relação entre as escalas termométricas )Física 2º ano   prof. pedro ivo - (relação entre as escalas termométricas )
Física 2º ano prof. pedro ivo - (relação entre as escalas termométricas )
Pedro Ivo Andrade Sousa
 
www.CentroApoio.com - Física - Introdução a Termologia - Vídeo Aula
www.CentroApoio.com - Física - Introdução a Termologia - Vídeo Aulawww.CentroApoio.com - Física - Introdução a Termologia - Vídeo Aula
www.CentroApoio.com - Física - Introdução a Termologia - Vídeo Aula
Vídeo Aulas Apoio
 
Temperatura e Calor
Temperatura e Calor Temperatura e Calor
Temperatura e Calor
Renato Brasil
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
Paulo Filho
 
Termologia - Cap. 18 - Professor Bruce Colombi
Termologia - Cap. 18 - Professor Bruce ColombiTermologia - Cap. 18 - Professor Bruce Colombi
Termologia - Cap. 18 - Professor Bruce Colombi
Bruce Colombi
 
SLIDE SOBRE TERMOLOGIA
SLIDE SOBRE TERMOLOGIASLIDE SOBRE TERMOLOGIA
SLIDE SOBRE TERMOLOGIA
Manoel Dias Dias
 
Revisão de termômetros e escalas termométricas
Revisão de termômetros e escalas termométricasRevisão de termômetros e escalas termométricas
Revisão de termômetros e escalas termométricas
Cleiton Rosa
 

Destaque (20)

Slide Sobre Escalas TermoméTricas
Slide Sobre Escalas TermoméTricasSlide Sobre Escalas TermoméTricas
Slide Sobre Escalas TermoméTricas
 
Aula de TERMOMETRIA
Aula de TERMOMETRIAAula de TERMOMETRIA
Aula de TERMOMETRIA
 
Termometria
TermometriaTermometria
Termometria
 
Gabarito das questões de Termologia - 2º Ano
Gabarito das questões de Termologia - 2º AnoGabarito das questões de Termologia - 2º Ano
Gabarito das questões de Termologia - 2º Ano
 
Termologia
TermologiaTermologia
Termologia
 
slide temometria
slide temometriaslide temometria
slide temometria
 
AULA SOBRE Termometria
AULA SOBRE TermometriaAULA SOBRE Termometria
AULA SOBRE Termometria
 
exercicios resolvidos-termometria.pdf
exercicios resolvidos-termometria.pdfexercicios resolvidos-termometria.pdf
exercicios resolvidos-termometria.pdf
 
Aula 1 temperatura
Aula 1   temperaturaAula 1   temperatura
Aula 1 temperatura
 
Termometria-aula-1.ppt
Termometria-aula-1.pptTermometria-aula-1.ppt
Termometria-aula-1.ppt
 
Termometria aula
Termometria   aulaTermometria   aula
Termometria aula
 
Fisica tópico 1 – termologia
Fisica tópico 1 – termologiaFisica tópico 1 – termologia
Fisica tópico 1 – termologia
 
Termologia
TermologiaTermologia
Termologia
 
Física 2º ano prof. pedro ivo - (relação entre as escalas termométricas )
Física 2º ano   prof. pedro ivo - (relação entre as escalas termométricas )Física 2º ano   prof. pedro ivo - (relação entre as escalas termométricas )
Física 2º ano prof. pedro ivo - (relação entre as escalas termométricas )
 
www.CentroApoio.com - Física - Introdução a Termologia - Vídeo Aula
www.CentroApoio.com - Física - Introdução a Termologia - Vídeo Aulawww.CentroApoio.com - Física - Introdução a Termologia - Vídeo Aula
www.CentroApoio.com - Física - Introdução a Termologia - Vídeo Aula
 
Temperatura e Calor
Temperatura e Calor Temperatura e Calor
Temperatura e Calor
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
 
Termologia - Cap. 18 - Professor Bruce Colombi
Termologia - Cap. 18 - Professor Bruce ColombiTermologia - Cap. 18 - Professor Bruce Colombi
Termologia - Cap. 18 - Professor Bruce Colombi
 
SLIDE SOBRE TERMOLOGIA
SLIDE SOBRE TERMOLOGIASLIDE SOBRE TERMOLOGIA
SLIDE SOBRE TERMOLOGIA
 
Revisão de termômetros e escalas termométricas
Revisão de termômetros e escalas termométricasRevisão de termômetros e escalas termométricas
Revisão de termômetros e escalas termométricas
 

Semelhante a Slide sobre termometria

Escola de jatobá 2
Escola de jatobá 2Escola de jatobá 2
Escola de jatobá 2
Ana Paula C. Sousa
 
Termometria
TermometriaTermometria
Termometria
O mundo da FÍSICA
 
AULA-001---TERMOMETRIA-E-CALORIMETRIA_0d196498cda04bdbb848c2c572009c89.pptx
AULA-001---TERMOMETRIA-E-CALORIMETRIA_0d196498cda04bdbb848c2c572009c89.pptxAULA-001---TERMOMETRIA-E-CALORIMETRIA_0d196498cda04bdbb848c2c572009c89.pptx
AULA-001---TERMOMETRIA-E-CALORIMETRIA_0d196498cda04bdbb848c2c572009c89.pptx
jonecassius2
 
Termômetros e escalas termométricas
Termômetros e escalas termométricasTermômetros e escalas termométricas
Termômetros e escalas termométricas
Rafael Costa
 
Exercícios termometria 8º ano
Exercícios termometria 8º anoExercícios termometria 8º ano
Exercícios termometria 8º ano
Wellington Sampaio
 
Termometria apostila
Termometria apostilaTermometria apostila
Termometria apostila
ntebrusque
 
Termologiatransmissaodecalordilatacao
TermologiatransmissaodecalordilatacaoTermologiatransmissaodecalordilatacao
Termologiatransmissaodecalordilatacao
brendarezende
 
Apostila de-fisica-2º-ano
Apostila de-fisica-2º-anoApostila de-fisica-2º-ano
Apostila de-fisica-2º-ano
Irmão Jáder
 
Apostila de-fisica-2º-ano
Apostila de-fisica-2º-anoApostila de-fisica-2º-ano
Apostila de-fisica-2º-ano
Irmão Jáder
 
Termometria - Escalas termométricas
Termometria - Escalas termométricasTermometria - Escalas termométricas
Termometria - Escalas termométricas
Lara Lídia
 
Lista de exercícios - escalas de temperatura
Lista de exercícios - escalas de temperaturaLista de exercícios - escalas de temperatura
Lista de exercícios - escalas de temperatura
Luis Paulo Oliveira
 
Termometria e calorimetria
Termometria  e calorimetriaTermometria  e calorimetria
Termometria
TermometriaTermometria
Termometria
Paaoollaa
 
Apostila eja fisica 2
Apostila eja fisica 2Apostila eja fisica 2
Apostila eja fisica 2
Leo Anjos
 
Física Escalas Termométricas
Física Escalas TermométricasFísica Escalas Termométricas
Física Escalas Termométricas
Wesley Germano Otávio
 
Termoligia trabalhar.pptx
Termoligia trabalhar.pptxTermoligia trabalhar.pptx
Termoligia trabalhar.pptx
Márcia Moura
 
Física 2º ano prof. pedro ivo - (introdução à termometria )
Física 2º ano   prof. pedro ivo - (introdução à termometria )Física 2º ano   prof. pedro ivo - (introdução à termometria )
Física 2º ano prof. pedro ivo - (introdução à termometria )
Pedro Ivo Andrade Sousa
 
Termometria © Slideshow by Jair LP
Termometria © Slideshow by Jair LPTermometria © Slideshow by Jair LP
Termometria © Slideshow by Jair LP
Jair Lucio Prados Ribeiro
 
Termometria
TermometriaTermometria
Termometria
LEAM DELGADO
 
Questões para o provão do 4º bimestre(2ª série)
Questões para o provão do 4º bimestre(2ª série)Questões para o provão do 4º bimestre(2ª série)
Questões para o provão do 4º bimestre(2ª série)
Itamar Silva
 

Semelhante a Slide sobre termometria (20)

Escola de jatobá 2
Escola de jatobá 2Escola de jatobá 2
Escola de jatobá 2
 
Termometria
TermometriaTermometria
Termometria
 
AULA-001---TERMOMETRIA-E-CALORIMETRIA_0d196498cda04bdbb848c2c572009c89.pptx
AULA-001---TERMOMETRIA-E-CALORIMETRIA_0d196498cda04bdbb848c2c572009c89.pptxAULA-001---TERMOMETRIA-E-CALORIMETRIA_0d196498cda04bdbb848c2c572009c89.pptx
AULA-001---TERMOMETRIA-E-CALORIMETRIA_0d196498cda04bdbb848c2c572009c89.pptx
 
Termômetros e escalas termométricas
Termômetros e escalas termométricasTermômetros e escalas termométricas
Termômetros e escalas termométricas
 
Exercícios termometria 8º ano
Exercícios termometria 8º anoExercícios termometria 8º ano
Exercícios termometria 8º ano
 
Termometria apostila
Termometria apostilaTermometria apostila
Termometria apostila
 
Termologiatransmissaodecalordilatacao
TermologiatransmissaodecalordilatacaoTermologiatransmissaodecalordilatacao
Termologiatransmissaodecalordilatacao
 
Apostila de-fisica-2º-ano
Apostila de-fisica-2º-anoApostila de-fisica-2º-ano
Apostila de-fisica-2º-ano
 
Apostila de-fisica-2º-ano
Apostila de-fisica-2º-anoApostila de-fisica-2º-ano
Apostila de-fisica-2º-ano
 
Termometria - Escalas termométricas
Termometria - Escalas termométricasTermometria - Escalas termométricas
Termometria - Escalas termométricas
 
Lista de exercícios - escalas de temperatura
Lista de exercícios - escalas de temperaturaLista de exercícios - escalas de temperatura
Lista de exercícios - escalas de temperatura
 
Termometria e calorimetria
Termometria  e calorimetriaTermometria  e calorimetria
Termometria e calorimetria
 
Termometria
TermometriaTermometria
Termometria
 
Apostila eja fisica 2
Apostila eja fisica 2Apostila eja fisica 2
Apostila eja fisica 2
 
Física Escalas Termométricas
Física Escalas TermométricasFísica Escalas Termométricas
Física Escalas Termométricas
 
Termoligia trabalhar.pptx
Termoligia trabalhar.pptxTermoligia trabalhar.pptx
Termoligia trabalhar.pptx
 
Física 2º ano prof. pedro ivo - (introdução à termometria )
Física 2º ano   prof. pedro ivo - (introdução à termometria )Física 2º ano   prof. pedro ivo - (introdução à termometria )
Física 2º ano prof. pedro ivo - (introdução à termometria )
 
Termometria © Slideshow by Jair LP
Termometria © Slideshow by Jair LPTermometria © Slideshow by Jair LP
Termometria © Slideshow by Jair LP
 
Termometria
TermometriaTermometria
Termometria
 
Questões para o provão do 4º bimestre(2ª série)
Questões para o provão do 4º bimestre(2ª série)Questões para o provão do 4º bimestre(2ª série)
Questões para o provão do 4º bimestre(2ª série)
 

Último

Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
Ailton Barcelos
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 

Slide sobre termometria

  • 1. Centro de Ensino Profª Lêda Tajra Prof. Joabe 2° ano Ensino Médio 1° bimestre.
  • 2. TERMOLOGIA TERMOMETRIA Temperatura: é o grau de transição de calor de uma molécula de um corpo para outra molécula de outro corpo. Temperatura: é o estado de agitação das moléculas de um corpo. Equilíbrio Térmico: Quando dois corpos são colocados um em contato com o outro, após um certo tempo eles apresentam uma temperatura em comum. OBS: O equilíbrio térmico se da sempre do corpo com temperatura maior para o corpo de menor temperatura.
  • 3. Termômetros As substâncias em geral dilatam-se (aumentam de volume) quando sofrem aumento de temperatura. Assim, uma barra de ferro, por exemplo, aumenta de comprimento quando colocada no fogo. Do mesmo modo, o volume de gás contido num balão elástico aumenta quando cresce a temperatura. A coluna de mercúrio contida num tubo sofre o mesmo efeito e aumenta de altura. A propriedade que os corpos apresentam de mudar de volume, quando se modifica a temperatura, pode ser usada para medir temperaturas.
  • 4. Os termômetros de mercúrio, muito comuns em laboratórios, clínicas médicas e mesmo em casa, funcionam baseados na dilatação do mercúrio. Digamos, por exemplo, que precisamos medir a temperatura da água de um copo. Colocamos o termômetro dentro dele e aguardamos alguns minutos para que a água e o termômetro entrem em equilíbrio térmico . A variação de temperatura, para mais ou para menos, sofrida pelo mercúrio vai fazer com que seu volume varie, para mais ou para menos. Com isso, ele sobe ou desce na escala de temperaturas, indicando o valor correto da temperatura. 
  • 5. Escala Celsius No século XVII, o físico e astrônomo sueco Anders Celsius sugeriu que a temperatura de fusão do gelo, ao nível do mar, recebesse o valor arbitrário de 0 grau (hoje 0 grau Celsius), e que a temperatura de ebulição da água, também ao nível do mar, fosse fixada em 100 graus (100 graus Celsius, valor igualmente arbitrário).
  • 6. Escolhidos os pontos de fusão e ebulição da água, pode-se agora construir um termômetro calibrado na escala Celsius. Para isso é necessário um tubo fino (tubo capilar) de vidro, com um reservatório para o mercúrio. Coloca-se o conjunto num recipiente com gelo em fusão (que, portanto, está à temperatura de 0 grau Celsius), e, após alguns minutos, quando o mercúrio parar de descer, por entrar em equilíbrio térmico com a mistura água-gelo, faz-se uma marca para 0 grau Celsius. Em seguida, coloca-se o tubo em água fervente (que na escala Celsius está a 100 graus) e faz-se uma marca para 100 graus Celsius. A seguir divide-se o espaço entre as duas marcas em 100 partes e fecha-se o tubo. O termômetro está pronto para ser usado. 
  • 7. Escala Fahrenheit Na escala Fahrenheit, ainda em uso nos países de língua inglesa, ao 0 e ao 100 da escala Celsius correspondem respectivamente os números 32 e 212. Assim, entre a temperatura de fusão do gelo e da ebulição da água, estão compreendidos 180º F.
  • 8. Escala Kelvin Sabe-se que não há, teoricamente, um limite superior para a temperatura que um corpo pode alcançar. Observa-se, entretanto, que existe um limite inferior. Os cientistas verificaram que é impossível reduzir a temperatura de qualquer substância a um valor inferior a -273º C (o zero absoluto). O físico inglês lorde Kelvin propôs uma escala termométrica, que leva o seu nome. Tal escala tem origem no zero absoluto, usando como unidade de variação o grau Celsius.  Na escala Kelvin, a temperatura de fusão do gelo corresponde a 273 K e a de ebulição da água, a 373 K.
  • 9. ESCALAS DE TEMPERATURA Escala Celsius Escala Fahrenheit Escala Kelvin 100 °C 212 °F 373 °K 273 °K 32 °F 0 °C °C °F °K Ponto de Fusão Ponto de Ebulição Ponto de Ebulição Ponto de Ebulição Ponto de Fusão Ponto de Fusão
  • 10. EQUAÇÕES DE CONVERSÃO Macete: como as três escalas mostram a mesma temperatura ambiente, temos: 273 °K 32 °F 0 °C C F K 100 °C 212 °F 373 °K
  • 11. EQUAÇÕES DE CONVERSÃO – continuação: 100 °C 212 °F 373 °K 273 °K 32 °F 0 °C C F K
  • 12. Portanto: Simplificando: Mamão com açúcar !!!!
  • 13. Exemplo 1 01 – (UFBA) A temperatura do corpo humano é de aproximadamente 36,5 °C. Qual a leitura que a escala Fahrenheit e Kelvin fornecem para essa mesma temperatura? Pensando !!!! Pela equação de conversão temos: Passando de Celsius para Fahrenheit: Passando de Celsius para Kelvin: Abacate com leite !!!
  • 14. Uma ilusão de óptica
  • 15.
  • 16. Mais ilusões de óptica
  • 17.
  • 18.  
  • 19.
  • 20.  
  • 21.  
  • 22.
  • 23.  
  • 24.
  • 25.  
  • 26.
  • 27.