SlideShare uma empresa Scribd logo
Resolução de exercícios Genética
Professora Raquel
Alelos são formas alternativas de um gene que condiciona
determinada característica
Meiose
Considere uma ovogônia de uma mulher heterozigótica para
o par de alelos Dd. Entre os possíveis gametas formados por
essa ovogônia, podemos encontrar:
a)Quatro óvulos Dd
b) Quatro óvulos D e quatro óvulos d
c)Dois óvulos D e dois óvulos d
d)Apenas um óvulo Dd
e)Apenas um óvulo D ou um óvulo d
c)Dois óvulos D e dois óvulos d
Primeira lei de Mendel
Num experimento, foram comparadas as características
genotípicas e fenotípicas de células retiradas de um tecido de
anfíbio, ainda no estágio de girino, com as células de tecido
similar do mesmo indivíduo após atingir a idade adulta.
Explique por que entre essas células:
a. As características genotípicas são iguais;
b. As características fenotípicas são diferentes.
As células possuem patrimônio genético idêntico
Durante a diferenciação celular que ocorre no
desenvolvimento, determinados genes podem ser ativados ou
inativados , resultado de caracteres diferentes
De acordo com a primeira Lei de Mendel, um caráter é
determinado por um par de fatores (alelos) que se separam
de forma independente na formação dos gametas. Assim no
momento da fecundação, ocorre a combinação dos alelos
carregados pelos gametas, gerando um genótipo do
descendente.
a) Qual a proporção fenotípica esperada para cruzamentos
entre dois indivíduos heterozigóticos para um determinado
caráter?
b)Qual a proporção genotípica esperada para o mesmo
cruzamento?
c) Se houver ausência de dominância entre os alelos, qual
será a proporção fenotípica esperada para o cruzamento
entre dois indivíduos heterozigóticos?
1 homozigótico dominante, 2 heterozigóticos
1 homozigótico recessivo
3 dominantes e 1 recessivo
O fenótipo intermediário ou mesclado tem 50% para se manisfestar
Alguns centros de pesquisa na Inglaterra estão realizando
um programa de triagem populacional para detectar a fibrose
cística, uma doença autossômica recessiva grave
particularmente comum em caucasianos. Toda pessoa na qual
o alelo recessivo é detectado recebe orientação a respeito
dos riscos de vir a ter um descendente com anomalia. Um
ingles heterozigótico para essa característica é casado com
uma mulher normal, filha de pais normais, mas cujo irmão
morreu na infância, vítima de fibrose cística. Justifique sua
resposta
Aa X A_
Para ter filho doente a mulher que é normal tem que ser
heterozogótica....mas qual a probabilidade disso?
Fazer cruzamento dos pais dela – Aa X Aa
2/3 . 1/4 = 1/6
Considere que o comprimento da cauda, numa dada espécie,
seja condicionado por um par de alelos com dominância.
Animais com cauda longa foram cruzados repetidas vezes
entre si originando sempre descendentes com cauda longa.
Animais com cauda curta foram cruzados repetidas vezes
entre si originando sempre descendentes com cauda curta.
Os descendentes destas duas linhagens, quando cruzados
entre si, só originaram filhotes de cauda longa (F1). Monte
um cruzamento mendeliano para a característica
COMPRIMENTO DA CAUDA, indicando os fenótipos e
genótipos das gerações P, F1 e F2, além das proporções
fenotípicas de cada geração. Indique também os gametas
produzidos por P e F1.
O tomateiro pode ter folha normal (com borda recortada) ou
“batata” (com borda lisa). Foram realizados diversos
cruzamentos envolvendo estes dois fenótipos, sendo obtidos
os seguintes resultados:
Dê os possíveis genótipos das plantas envolvidas nos cinco
cruzamentos apontados.
Cruzamento teste
Cruzar o indivíduo em estudo com outro de fenótipo
recessivo
Uma geração de ervilhas é formada somente por plantas altas
Sabemos que plantas baixas são homozigóticas recessivas.
Como podemos fazer para saber se as plantas altas são
homozigóticas ou heterozigóticas, para o caráter altura da
planta?
A_ X aa
Se o resultado for:
• plantas altas : 1 opção : AA X aa = 100 % Aa
• plantas altas e baixas: 2 opção Aa X aa = 50% plantas altas
e 50% plantas baixas
Monoibridismo – Sistema Rh
Fator Rh – membrana plasmática das hemácias
A produção de Rh é condicionada por um alelo dominante – R
E a não produção condicionada por - r
Ausência de dominância
Mirabilis jalapa ou maravilha ou bonina
Bois da raça Shorthorn
Cruzando entre si plantas de Mirabilis jalapa produtoras de
flores róseas, quais cores que devem ter as flores das plantas
resultantes? Com quais taxas?
Ausência de dominância ou codominância
Cruzando-se um galo de penas pretas com uma galinha de
penas brancas obtêm-se descendentes com penas mescladas
De preto e branco: são chamadas galinhas andaluzas.
a. Galinhas andaluzas constituem um exemplo de qual tipo
de herança? Justifique sua resposta
b. Qual é a taxa esperada de descendentes com penas
brancas a partir do cruzamento de um galo preto com
uma galinha andaluz?
Alelos letais
Cor amarela de pelagem de camundongos
Acondroplasia
Braquidactilia
Cauda em gatos Manx
Doença de Tay - Sachs
Na anomalia conhecida como acondroplasia, o fenótipo
dominante é caracterizado por membros (braços e pernas)
muito pequenos com relação a cabeça e ao tronco, de
tamanhos normais. Em uma cidade com alta porcentagem de
indivíduos com acondroplasia, observou-se que a
descendência de casais em que os dois indivíduos são
heterozigóticos sempre resultava na proporção de dois filhos
Com anomalia para um de fenótipo normal (2:1). Explique
Alelos letais
Na condição conhecida como braquidactilia, as pessoas
afetadas apresentam dedos das mãos muito curtos. Elas são
portadoras do alelo dominante B. Os indivíduos
homozigóticos dominantes morrem ao nascer. Responda e
justifique:
a)A braquidactilia é um exemplo de que tipo particular de
monoibridismo?
b)Qual genótipo das pessoas que apresentam braquidactilia?
c)Qual o genótipo das pessoas que apresentam dedos de
comprimento normal?
a) Alelos letais. Os indivíduos BB morrem ao nascer.
b) São necessariamente heterozigóticas
c) Homozigóticas recessivas bb.
Gatos Manx são heterozigóticos para uma mutação que
resulta na ausência de cauda (ou cauda muito curta),
presença de pernas traseiras grandes e um andar diferente
dos outros. O cruzamento de dois gatos Manx produziu dois
gatinhos Manx para cada gatinho normal de cauda longa
(2:1), em vez de três para um (3:1), como seria esperado para
a genética mendeliana.
a) Qual a explicação para esse resultado?
b) Dê os genótipos dos parentais e dos descendentes. (Utilize
as letras B e b )
a)O alelo B é letal quando em homozigoze
b)Parentais Bb X Bb. Descendentes: BB (letal)
Bb (fenótipo Manx) e bb (fenótipo normal)
Codominância
Quanto à forma, os rabanetes podem ser compridos (LL),
arrendondados (ll) ou ovalados (Ll). A partir do cruzamento
de plantas que produzem rabanetes ovalados, foram obtidos
120 descendentes. Destes descendentes, quantos deverão
produzir rabanetes ovalados?
Alelos letais
Em uma espécie de planta existe o gene C, dominante,
responsável pela coloração verde das folhas.
O alelo recessivo c, condiciona a ausência de coloração nas
folhas, portanto o homozigoto recessivo cc morre ainda na
fase jovem da planta, pois esta precisa do pigmento verde
para produzir energia através da fotossíntese.
O heterozigoto é uma planta saudável, mas não tão eficiente
na captação de energia solar, pela coloração verde clara em
suas folhas.
Assim, se cruzarmos duas plantas heterozigotas, de folhas
verdes claras, obteremos quais proporções genotípicas e
fenotípicas?
A Doença de Huntington é uma doença
neurodegenerativa fatal de herança autossômica
dominante, caracterizada por movimentos involutários e
demência progressiva. Em um estudo de duas populações,
foram encontrados os resultados apresentados nos gráficos a
seguir. Analise-os.
Considerando os resultados apresentados, analise as
afirmativas abaixo e assinale a alternativa CORRETA.
A) Os indivíduos com genótipo DD e Dd apresentam fenótipos
diferentes.
B) Na população B, ocorreu maior número de cruzamentos
entre indivíduos heterozigotos.
C) A população B apresenta maior número de indivíduos
acometidos pela doença.
D) A maior frequência de indivíduos com genótipo dd na
população A indica a presença de novas
mutações.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mutações
Mutações Mutações
Mutações
Isabel Lopes
 
Reprodução plantas
Reprodução plantasReprodução plantas
Reprodução plantas
Sofia Mendes
 
Leis de mendel
Leis de mendelLeis de mendel
Leis de mendel
Marcionedes De Souza
 
Resumo Genética | Biologia 12º Ano
Resumo Genética | Biologia 12º AnoResumo Genética | Biologia 12º Ano
Resumo Genética | Biologia 12º Ano
Instituto Superior Técnico, UTL
 
REINO FUNGI
REINO FUNGIREINO FUNGI
Ficha de trabalho hereditariedade
Ficha de trabalho hereditariedadeFicha de trabalho hereditariedade
Ficha de trabalho hereditariedade
joseeira
 
Cruzamento teste e_retrocruzamento
Cruzamento teste e_retrocruzamentoCruzamento teste e_retrocruzamento
Cruzamento teste e_retrocruzamento
URCA
 
Aula completa reino protista
Aula completa reino protistaAula completa reino protista
Aula completa reino protista
Nelson Costa
 
bolores 11 ano
bolores 11 anobolores 11 ano
bolores 11 ano
Diana Carvalho
 
Exercícios resolvidos
Exercícios resolvidosExercícios resolvidos
Exercícios resolvidos
Egas Armando
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
César Milani
 
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia VegetalSlides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Turma Olímpica
 
Relatório extração dna
Relatório extração dnaRelatório extração dna
Relatório extração dna
margaridabt
 
Aula Genética Heredogramas, Codominância e Dominância incompleta.ppt
Aula Genética Heredogramas, Codominância e Dominância incompleta.pptAula Genética Heredogramas, Codominância e Dominância incompleta.ppt
Aula Genética Heredogramas, Codominância e Dominância incompleta.ppt
LinoReisLino
 
Hereditariedade.monoibridismo. 1 lei de mendel
Hereditariedade.monoibridismo. 1 lei de mendelHereditariedade.monoibridismo. 1 lei de mendel
Hereditariedade.monoibridismo. 1 lei de mendel
Ana Paula Garcia
 
9 evolucionismo
9  evolucionismo9  evolucionismo
9 evolucionismo
margaridabt
 
DNA -estrutura e função
DNA -estrutura e funçãoDNA -estrutura e função
DNA -estrutura e função
Isabel Lopes
 
Mutações cromossômicas estruturais
Mutações cromossômicas estruturaisMutações cromossômicas estruturais
Mutações cromossômicas estruturais
Nathália Vasconcelos
 
Conceitos basicos em genetica
 Conceitos basicos em genetica Conceitos basicos em genetica
Conceitos basicos em genetica
Adrianne Mendonça
 
Fermentação e respiração
Fermentação e respiraçãoFermentação e respiração
Fermentação e respiração
margaridabt
 

Mais procurados (20)

Mutações
Mutações Mutações
Mutações
 
Reprodução plantas
Reprodução plantasReprodução plantas
Reprodução plantas
 
Leis de mendel
Leis de mendelLeis de mendel
Leis de mendel
 
Resumo Genética | Biologia 12º Ano
Resumo Genética | Biologia 12º AnoResumo Genética | Biologia 12º Ano
Resumo Genética | Biologia 12º Ano
 
REINO FUNGI
REINO FUNGIREINO FUNGI
REINO FUNGI
 
Ficha de trabalho hereditariedade
Ficha de trabalho hereditariedadeFicha de trabalho hereditariedade
Ficha de trabalho hereditariedade
 
Cruzamento teste e_retrocruzamento
Cruzamento teste e_retrocruzamentoCruzamento teste e_retrocruzamento
Cruzamento teste e_retrocruzamento
 
Aula completa reino protista
Aula completa reino protistaAula completa reino protista
Aula completa reino protista
 
bolores 11 ano
bolores 11 anobolores 11 ano
bolores 11 ano
 
Exercícios resolvidos
Exercícios resolvidosExercícios resolvidos
Exercícios resolvidos
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
 
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia VegetalSlides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
 
Relatório extração dna
Relatório extração dnaRelatório extração dna
Relatório extração dna
 
Aula Genética Heredogramas, Codominância e Dominância incompleta.ppt
Aula Genética Heredogramas, Codominância e Dominância incompleta.pptAula Genética Heredogramas, Codominância e Dominância incompleta.ppt
Aula Genética Heredogramas, Codominância e Dominância incompleta.ppt
 
Hereditariedade.monoibridismo. 1 lei de mendel
Hereditariedade.monoibridismo. 1 lei de mendelHereditariedade.monoibridismo. 1 lei de mendel
Hereditariedade.monoibridismo. 1 lei de mendel
 
9 evolucionismo
9  evolucionismo9  evolucionismo
9 evolucionismo
 
DNA -estrutura e função
DNA -estrutura e funçãoDNA -estrutura e função
DNA -estrutura e função
 
Mutações cromossômicas estruturais
Mutações cromossômicas estruturaisMutações cromossômicas estruturais
Mutações cromossômicas estruturais
 
Conceitos basicos em genetica
 Conceitos basicos em genetica Conceitos basicos em genetica
Conceitos basicos em genetica
 
Fermentação e respiração
Fermentação e respiraçãoFermentação e respiração
Fermentação e respiração
 

Semelhante a Resolução exercícios genética

3S Lista exercicios genética maio_sem resposta
3S   Lista  exercicios  genética maio_sem resposta3S   Lista  exercicios  genética maio_sem resposta
3S Lista exercicios genética maio_sem resposta
Ionara Urrutia Moura
 
Transmissão de características hereditárias
Transmissão de características hereditáriasTransmissão de características hereditárias
Transmissão de características hereditárias
Catir
 
Polialelia e dominância incompleta.
Polialelia e dominância incompleta.Polialelia e dominância incompleta.
Polialelia e dominância incompleta.
Claudete Carvalho
 
Introdução à Genética.pptx
Introdução à Genética.pptxIntrodução à Genética.pptx
Introdução à Genética.pptx
VinciusMartinsBrito
 
1 patrimonio-genetico
1 patrimonio-genetico1 patrimonio-genetico
1 patrimonio-genetico
Sabina Tique
 
Genetica 2
Genetica 2Genetica 2
Genetica 2
Estude Mais
 
www.CentroApoio.com - Biologia - Genética.
www.CentroApoio.com -  Biologia - Genética.www.CentroApoio.com -  Biologia - Genética.
www.CentroApoio.com - Biologia - Genética.
Vídeo Aulas Apoio
 
Introdução à Genética
Introdução à GenéticaIntrodução à Genética
Introdução à Genética
Vinícia Becalli
 
Aula 13 lei da segregação
Aula 13   lei da segregaçãoAula 13   lei da segregação
Aula 13 lei da segregação
Jonatas Carlos
 
Genetica
GeneticaGenetica
Genetica
giovannimusetti
 
Genetica
GeneticaGenetica
Genetica
giovannimusetti
 
Biologia - Genetica geral (Kleber Sales)
Biologia - Genetica geral (Kleber Sales)Biologia - Genetica geral (Kleber Sales)
Biologia - Genetica geral (Kleber Sales)
primeiroanocsl
 
Genetica Enem terceiro ano corpo humano.
Genetica Enem terceiro ano corpo humano.Genetica Enem terceiro ano corpo humano.
Genetica Enem terceiro ano corpo humano.
HellendosAnjos
 
Exercícios de genética 3º
Exercícios de genética 3ºExercícios de genética 3º
Exercícios de genética 3º
Education Nationale
 
1ª Lei de Mendel
1ª Lei de Mendel1ª Lei de Mendel
1ª Lei de Mendel
Mayanne Leitte
 
Genetica 110513181400-phpapp01
Genetica 110513181400-phpapp01Genetica 110513181400-phpapp01
Genetica 110513181400-phpapp01
MARISTA , UVA, FIC, FAINTER, GÊNESIS
 
Pelagem de cobaias
Pelagem de cobaiasPelagem de cobaias
Pelagem de cobaias
hipaciabio
 
3 ano-aula-genetica
3 ano-aula-genetica3 ano-aula-genetica
3 ano-aula-genetica
Luzelena Aires
 
Lista maio2012 sem respostas final
Lista maio2012 sem respostas finalLista maio2012 sem respostas final
Lista maio2012 sem respostas final
Ionara Urrutia Moura
 
Genetica.pptx
Genetica.pptxGenetica.pptx
Genetica.pptx
DanielleSouza304612
 

Semelhante a Resolução exercícios genética (20)

3S Lista exercicios genética maio_sem resposta
3S   Lista  exercicios  genética maio_sem resposta3S   Lista  exercicios  genética maio_sem resposta
3S Lista exercicios genética maio_sem resposta
 
Transmissão de características hereditárias
Transmissão de características hereditáriasTransmissão de características hereditárias
Transmissão de características hereditárias
 
Polialelia e dominância incompleta.
Polialelia e dominância incompleta.Polialelia e dominância incompleta.
Polialelia e dominância incompleta.
 
Introdução à Genética.pptx
Introdução à Genética.pptxIntrodução à Genética.pptx
Introdução à Genética.pptx
 
1 patrimonio-genetico
1 patrimonio-genetico1 patrimonio-genetico
1 patrimonio-genetico
 
Genetica 2
Genetica 2Genetica 2
Genetica 2
 
www.CentroApoio.com - Biologia - Genética.
www.CentroApoio.com -  Biologia - Genética.www.CentroApoio.com -  Biologia - Genética.
www.CentroApoio.com - Biologia - Genética.
 
Introdução à Genética
Introdução à GenéticaIntrodução à Genética
Introdução à Genética
 
Aula 13 lei da segregação
Aula 13   lei da segregaçãoAula 13   lei da segregação
Aula 13 lei da segregação
 
Genetica
GeneticaGenetica
Genetica
 
Genetica
GeneticaGenetica
Genetica
 
Biologia - Genetica geral (Kleber Sales)
Biologia - Genetica geral (Kleber Sales)Biologia - Genetica geral (Kleber Sales)
Biologia - Genetica geral (Kleber Sales)
 
Genetica Enem terceiro ano corpo humano.
Genetica Enem terceiro ano corpo humano.Genetica Enem terceiro ano corpo humano.
Genetica Enem terceiro ano corpo humano.
 
Exercícios de genética 3º
Exercícios de genética 3ºExercícios de genética 3º
Exercícios de genética 3º
 
1ª Lei de Mendel
1ª Lei de Mendel1ª Lei de Mendel
1ª Lei de Mendel
 
Genetica 110513181400-phpapp01
Genetica 110513181400-phpapp01Genetica 110513181400-phpapp01
Genetica 110513181400-phpapp01
 
Pelagem de cobaias
Pelagem de cobaiasPelagem de cobaias
Pelagem de cobaias
 
3 ano-aula-genetica
3 ano-aula-genetica3 ano-aula-genetica
3 ano-aula-genetica
 
Lista maio2012 sem respostas final
Lista maio2012 sem respostas finalLista maio2012 sem respostas final
Lista maio2012 sem respostas final
 
Genetica.pptx
Genetica.pptxGenetica.pptx
Genetica.pptx
 

Mais de Professora Raquel

Tipos de ovos
Tipos de ovosTipos de ovos
Tipos de ovos
Professora Raquel
 
Alterações cromossomiais 2016
Alterações cromossomiais 2016Alterações cromossomiais 2016
Alterações cromossomiais 2016
Professora Raquel
 
Duplicação, transcrição e tradução
Duplicação, transcrição e traduçãoDuplicação, transcrição e tradução
Duplicação, transcrição e tradução
Professora Raquel
 
Cap 13
Cap 13Cap 13
Duplicação, transcrição e tradução
Duplicação, transcrição e traduçãoDuplicação, transcrição e tradução
Duplicação, transcrição e tradução
Professora Raquel
 
Cap 13
Cap 13Cap 13
Alterações cromossomiais 2016
Alterações cromossomiais 2016Alterações cromossomiais 2016
Alterações cromossomiais 2016
Professora Raquel
 
Núcleo cromatina e cromossomo
Núcleo cromatina e cromossomoNúcleo cromatina e cromossomo
Núcleo cromatina e cromossomo
Professora Raquel
 
Mitose e meiose
Mitose e meioseMitose e meiose
Mitose e meiose
Professora Raquel
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
Professora Raquel
 
Platyhelminthes e nematoda
Platyhelminthes e nematodaPlatyhelminthes e nematoda
Platyhelminthes e nematoda
Professora Raquel
 
Introdução ao reino animal
Introdução ao reino animalIntrodução ao reino animal
Introdução ao reino animal
Professora Raquel
 
Fotossíntese e quimiossíntese
Fotossíntese e quimiossínteseFotossíntese e quimiossíntese
Fotossíntese e quimiossíntese
Professora Raquel
 
Respiração celular e fermentação
Respiração celular e fermentaçãoRespiração celular e fermentação
Respiração celular e fermentação
Professora Raquel
 
Parte escrita metabolismo
Parte escrita metabolismoParte escrita metabolismo
Parte escrita metabolismo
Professora Raquel
 
Ferramentas do metabolismo
Ferramentas do metabolismoFerramentas do metabolismo
Ferramentas do metabolismo
Professora Raquel
 
Horta escolar eixo_gerador_dinamicas_comunitarias
Horta escolar eixo_gerador_dinamicas_comunitariasHorta escolar eixo_gerador_dinamicas_comunitarias
Horta escolar eixo_gerador_dinamicas_comunitarias
Professora Raquel
 
Educando horta escolas_gastronomia
Educando horta escolas_gastronomiaEducando horta escolas_gastronomia
Educando horta escolas_gastronomia
Professora Raquel
 
Capítulo 9
Capítulo 9Capítulo 9
Capítulo 9
Professora Raquel
 
Cap 8
Cap 8Cap 8

Mais de Professora Raquel (20)

Tipos de ovos
Tipos de ovosTipos de ovos
Tipos de ovos
 
Alterações cromossomiais 2016
Alterações cromossomiais 2016Alterações cromossomiais 2016
Alterações cromossomiais 2016
 
Duplicação, transcrição e tradução
Duplicação, transcrição e traduçãoDuplicação, transcrição e tradução
Duplicação, transcrição e tradução
 
Cap 13
Cap 13Cap 13
Cap 13
 
Duplicação, transcrição e tradução
Duplicação, transcrição e traduçãoDuplicação, transcrição e tradução
Duplicação, transcrição e tradução
 
Cap 13
Cap 13Cap 13
Cap 13
 
Alterações cromossomiais 2016
Alterações cromossomiais 2016Alterações cromossomiais 2016
Alterações cromossomiais 2016
 
Núcleo cromatina e cromossomo
Núcleo cromatina e cromossomoNúcleo cromatina e cromossomo
Núcleo cromatina e cromossomo
 
Mitose e meiose
Mitose e meioseMitose e meiose
Mitose e meiose
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Platyhelminthes e nematoda
Platyhelminthes e nematodaPlatyhelminthes e nematoda
Platyhelminthes e nematoda
 
Introdução ao reino animal
Introdução ao reino animalIntrodução ao reino animal
Introdução ao reino animal
 
Fotossíntese e quimiossíntese
Fotossíntese e quimiossínteseFotossíntese e quimiossíntese
Fotossíntese e quimiossíntese
 
Respiração celular e fermentação
Respiração celular e fermentaçãoRespiração celular e fermentação
Respiração celular e fermentação
 
Parte escrita metabolismo
Parte escrita metabolismoParte escrita metabolismo
Parte escrita metabolismo
 
Ferramentas do metabolismo
Ferramentas do metabolismoFerramentas do metabolismo
Ferramentas do metabolismo
 
Horta escolar eixo_gerador_dinamicas_comunitarias
Horta escolar eixo_gerador_dinamicas_comunitariasHorta escolar eixo_gerador_dinamicas_comunitarias
Horta escolar eixo_gerador_dinamicas_comunitarias
 
Educando horta escolas_gastronomia
Educando horta escolas_gastronomiaEducando horta escolas_gastronomia
Educando horta escolas_gastronomia
 
Capítulo 9
Capítulo 9Capítulo 9
Capítulo 9
 
Cap 8
Cap 8Cap 8
Cap 8
 

Último

PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
BiancaCristina75
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 

Último (20)

PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 

Resolução exercícios genética

  • 1. Resolução de exercícios Genética Professora Raquel
  • 2. Alelos são formas alternativas de um gene que condiciona determinada característica Meiose Considere uma ovogônia de uma mulher heterozigótica para o par de alelos Dd. Entre os possíveis gametas formados por essa ovogônia, podemos encontrar: a)Quatro óvulos Dd b) Quatro óvulos D e quatro óvulos d c)Dois óvulos D e dois óvulos d d)Apenas um óvulo Dd e)Apenas um óvulo D ou um óvulo d c)Dois óvulos D e dois óvulos d
  • 3. Primeira lei de Mendel Num experimento, foram comparadas as características genotípicas e fenotípicas de células retiradas de um tecido de anfíbio, ainda no estágio de girino, com as células de tecido similar do mesmo indivíduo após atingir a idade adulta. Explique por que entre essas células: a. As características genotípicas são iguais; b. As características fenotípicas são diferentes. As células possuem patrimônio genético idêntico Durante a diferenciação celular que ocorre no desenvolvimento, determinados genes podem ser ativados ou inativados , resultado de caracteres diferentes
  • 4. De acordo com a primeira Lei de Mendel, um caráter é determinado por um par de fatores (alelos) que se separam de forma independente na formação dos gametas. Assim no momento da fecundação, ocorre a combinação dos alelos carregados pelos gametas, gerando um genótipo do descendente. a) Qual a proporção fenotípica esperada para cruzamentos entre dois indivíduos heterozigóticos para um determinado caráter? b)Qual a proporção genotípica esperada para o mesmo cruzamento? c) Se houver ausência de dominância entre os alelos, qual será a proporção fenotípica esperada para o cruzamento entre dois indivíduos heterozigóticos? 1 homozigótico dominante, 2 heterozigóticos 1 homozigótico recessivo 3 dominantes e 1 recessivo O fenótipo intermediário ou mesclado tem 50% para se manisfestar
  • 5. Alguns centros de pesquisa na Inglaterra estão realizando um programa de triagem populacional para detectar a fibrose cística, uma doença autossômica recessiva grave particularmente comum em caucasianos. Toda pessoa na qual o alelo recessivo é detectado recebe orientação a respeito dos riscos de vir a ter um descendente com anomalia. Um ingles heterozigótico para essa característica é casado com uma mulher normal, filha de pais normais, mas cujo irmão morreu na infância, vítima de fibrose cística. Justifique sua resposta Aa X A_ Para ter filho doente a mulher que é normal tem que ser heterozogótica....mas qual a probabilidade disso? Fazer cruzamento dos pais dela – Aa X Aa 2/3 . 1/4 = 1/6
  • 6. Considere que o comprimento da cauda, numa dada espécie, seja condicionado por um par de alelos com dominância. Animais com cauda longa foram cruzados repetidas vezes entre si originando sempre descendentes com cauda longa. Animais com cauda curta foram cruzados repetidas vezes entre si originando sempre descendentes com cauda curta. Os descendentes destas duas linhagens, quando cruzados entre si, só originaram filhotes de cauda longa (F1). Monte um cruzamento mendeliano para a característica COMPRIMENTO DA CAUDA, indicando os fenótipos e genótipos das gerações P, F1 e F2, além das proporções fenotípicas de cada geração. Indique também os gametas produzidos por P e F1.
  • 7. O tomateiro pode ter folha normal (com borda recortada) ou “batata” (com borda lisa). Foram realizados diversos cruzamentos envolvendo estes dois fenótipos, sendo obtidos os seguintes resultados: Dê os possíveis genótipos das plantas envolvidas nos cinco cruzamentos apontados.
  • 8. Cruzamento teste Cruzar o indivíduo em estudo com outro de fenótipo recessivo Uma geração de ervilhas é formada somente por plantas altas Sabemos que plantas baixas são homozigóticas recessivas. Como podemos fazer para saber se as plantas altas são homozigóticas ou heterozigóticas, para o caráter altura da planta? A_ X aa Se o resultado for: • plantas altas : 1 opção : AA X aa = 100 % Aa • plantas altas e baixas: 2 opção Aa X aa = 50% plantas altas e 50% plantas baixas
  • 9. Monoibridismo – Sistema Rh Fator Rh – membrana plasmática das hemácias A produção de Rh é condicionada por um alelo dominante – R E a não produção condicionada por - r
  • 10. Ausência de dominância Mirabilis jalapa ou maravilha ou bonina Bois da raça Shorthorn Cruzando entre si plantas de Mirabilis jalapa produtoras de flores róseas, quais cores que devem ter as flores das plantas resultantes? Com quais taxas?
  • 11.
  • 12. Ausência de dominância ou codominância Cruzando-se um galo de penas pretas com uma galinha de penas brancas obtêm-se descendentes com penas mescladas De preto e branco: são chamadas galinhas andaluzas. a. Galinhas andaluzas constituem um exemplo de qual tipo de herança? Justifique sua resposta b. Qual é a taxa esperada de descendentes com penas brancas a partir do cruzamento de um galo preto com uma galinha andaluz?
  • 13. Alelos letais Cor amarela de pelagem de camundongos Acondroplasia Braquidactilia Cauda em gatos Manx Doença de Tay - Sachs Na anomalia conhecida como acondroplasia, o fenótipo dominante é caracterizado por membros (braços e pernas) muito pequenos com relação a cabeça e ao tronco, de tamanhos normais. Em uma cidade com alta porcentagem de indivíduos com acondroplasia, observou-se que a descendência de casais em que os dois indivíduos são heterozigóticos sempre resultava na proporção de dois filhos Com anomalia para um de fenótipo normal (2:1). Explique
  • 14. Alelos letais Na condição conhecida como braquidactilia, as pessoas afetadas apresentam dedos das mãos muito curtos. Elas são portadoras do alelo dominante B. Os indivíduos homozigóticos dominantes morrem ao nascer. Responda e justifique: a)A braquidactilia é um exemplo de que tipo particular de monoibridismo? b)Qual genótipo das pessoas que apresentam braquidactilia? c)Qual o genótipo das pessoas que apresentam dedos de comprimento normal? a) Alelos letais. Os indivíduos BB morrem ao nascer. b) São necessariamente heterozigóticas c) Homozigóticas recessivas bb.
  • 15. Gatos Manx são heterozigóticos para uma mutação que resulta na ausência de cauda (ou cauda muito curta), presença de pernas traseiras grandes e um andar diferente dos outros. O cruzamento de dois gatos Manx produziu dois gatinhos Manx para cada gatinho normal de cauda longa (2:1), em vez de três para um (3:1), como seria esperado para a genética mendeliana. a) Qual a explicação para esse resultado? b) Dê os genótipos dos parentais e dos descendentes. (Utilize as letras B e b ) a)O alelo B é letal quando em homozigoze b)Parentais Bb X Bb. Descendentes: BB (letal) Bb (fenótipo Manx) e bb (fenótipo normal)
  • 16. Codominância Quanto à forma, os rabanetes podem ser compridos (LL), arrendondados (ll) ou ovalados (Ll). A partir do cruzamento de plantas que produzem rabanetes ovalados, foram obtidos 120 descendentes. Destes descendentes, quantos deverão produzir rabanetes ovalados?
  • 17. Alelos letais Em uma espécie de planta existe o gene C, dominante, responsável pela coloração verde das folhas. O alelo recessivo c, condiciona a ausência de coloração nas folhas, portanto o homozigoto recessivo cc morre ainda na fase jovem da planta, pois esta precisa do pigmento verde para produzir energia através da fotossíntese. O heterozigoto é uma planta saudável, mas não tão eficiente na captação de energia solar, pela coloração verde clara em suas folhas. Assim, se cruzarmos duas plantas heterozigotas, de folhas verdes claras, obteremos quais proporções genotípicas e fenotípicas?
  • 18. A Doença de Huntington é uma doença neurodegenerativa fatal de herança autossômica dominante, caracterizada por movimentos involutários e demência progressiva. Em um estudo de duas populações, foram encontrados os resultados apresentados nos gráficos a seguir. Analise-os.
  • 19. Considerando os resultados apresentados, analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa CORRETA. A) Os indivíduos com genótipo DD e Dd apresentam fenótipos diferentes. B) Na população B, ocorreu maior número de cruzamentos entre indivíduos heterozigotos. C) A população B apresenta maior número de indivíduos acometidos pela doença. D) A maior frequência de indivíduos com genótipo dd na população A indica a presença de novas mutações.