SlideShare uma empresa Scribd logo
Ficha de Trabalho
                    Nome: ___________________________________________________ N.º: ____ Turma: ___
                                                                                                      9.º Ano


 Compilação de Exercícios de Exames Nacionais (EN) e de Testes Intermédios (TI)

                                    Tema: Representações Gráficas
1 – Dois amigos, o Carlos e o João, participaram numa corrida de 800 metros.
Logo após o sinal de partida, o João estava à frente do Carlos, mas, ao fim de
algum tempo, o Carlos conseguiu ultrapassá-lo. Na parte final da corrida, o
João fez um sprint, ultrapassou o Carlos e cortou a meta em primeiro lugar.
O gráfico ao lado representam a relação entre o tempo e a distância percorrida,
ao longo desta corrida, por cada um deles.

   1.1.Quantos metros percorreu o João durante o primeiro minuto e meio da
   corrida?
   1.2. Quanto tempo decorreu entre a chegada de cada um dos dois amigos à
   meta?
   Apresenta, na tua resposta, esse tempo expresso em segundos.
                                                              (EN 2005 – 1ª Chamada)


2 – Hoje de manhã, a Ana saiu de casa e dirigiu-se para a escola.
Fez uma parte desse percurso a andar e a outra parte a correr.
O gráfico ao lado mostra a distância percorrida pela Ana, em função
do tempo que decorreu desde o instante em que ela saiu de casa até
ao instante em que chegou à escola.
Apresentam-se a seguir quatro afirmações.
De acordo com o gráfico, apenas uma está correcta. Qual?
   (A) A Ana iniciou o percurso a correr e terminou-o a andar.
   (B) A Ana percorreu maior distância a andar do que a correr.
   (C) A Ana esteve mais tempo a correr do que a andar.
   (D) A Ana percorreu metade da distância a andar e a outra metade a correr.            (EN 2005 – 2ª Chamada)




3 – Na fotografia abaixo (figura A), podes ver o teleférico do Parque das Nações.
A seu lado, na figura B, está representado um esquema do circuito (visto de cima)
efectuado por uma cabina do teleférico.
   3.1. Uma cabina parte do ponto A , passa por B e regressa ao ponto A ,
   sem efectuar paragens durante este percurso.
   Sejam:
        t o tempo que decorre desde o instante em que a cabina parte do ponto A;
        d a distância dessa cabina ao ponto A.

   Qual dos gráficos seguintes poderá representar a relação entre     t e d?

   (A)                           (B)                            (C)                    (D)




Exercícios de Exame + TI (9º Ano) – Representações Gráficas                                              1/5
3.2. No teleférico do Parque das Nações, o número de cabinas em utilização não é sempre o mesmo, mas
   duas cabinas consecutivas estão sempre igualmente espaçadas.
   O ajuste da distância entre as cabinas é feito automaticamente, de acordo com a seguinte fórmula,
                                                         n×c = 3
   em que:
        c representa a distância, em quilómetros, entre duas cabinas consecutivas;
        n é o número total de cabinas em utilização.
   Quando o teleférico está em funcionamento, a sua velocidade média pode variar entre 11 e 17 quilómetros por
   hora.
   Qual é o maior número possível de voltas completas que uma cabina pode dar durante uma hora?
   Justifica a tua resposta, começando por referir o significado da constante 3 na fórmula n × c = 3 .
                                                                                               (EN 2006 – 1ª Chamada)



4 – O valor monetário de um computador diminui à medida que o tempo passa.
Admite que o valor, v , de um computador, em euros, t anos após a sua compra, é dado por:
                                                  v = − 300 t + 2100
   4.1. Tendo em conta esta situação, qual é o significado real do valor 2100?
   4.2. Determina, em euros, a desvalorização do computador (perda ou diminuição do seu valor monetário) dois
   anos após a sua compra.
   Justifica a tua resposta.
                                                                                               (EN 2006 – 2ª Chamada)




5 – Imagina que um recipiente com a forma de uma pirâmide, inicialmente vazio, se
vai encher com água.
A quantidade de água que sai da torneira, por unidade de tempo, até o recipiente ficar
cheio, é constante.
Qual dos seguintes gráficos poderá traduzir a variação da altura da água, no
recipiente, com o tempo que decorre desde o início do seu enchimento?
   (A)                           (B)                          (C)                        (D)




                                                                                               (EN 2007 – 1ª Chamada)




6 – O gráfico que se segue mostra como o preço, em cêntimos, a pagar
pelo envio de correspondência, em correio normal, para o território
nacional, está relacionado com o peso, em gramas, dessa
correspondência.
   6.1. Para enviar um envelope por correio, com o convite para a sua
   festa de aniversário, a Maria teve de pagar 30 cêntimos.
   Escreve um valor possível para o peso, em gramas, desta
   correspondência.
   Não justifiques a tua resposta.
   6.2. As duas primas gémeas da Maria vão enviar-lhe, cada uma, um
   cartão de aniversário por correio. O cartão que uma delas escolheu
   pesa 16 g, e o cartão que a outra escolheu pesa 19 g.
   Cada uma tem um envelope que pesa 2 g, oferecido na compra do respectivo cartão.
   Para economizar dinheiro, no envio desta correspondência, deverão as gémeas enviar os dois cartões de
   aniversário em envelopes separados, ou num único envelope?
   Mostra como obtiveste a tua resposta.                                              (TI 9Ano - Janeiro 2008)



Exercícios de Exame + TI (9º Ano) – Representações Gráficas                                                    2/5
7 – O Martim prendeu, com uma trela, o seu cão a um poste, próximo do supermercado do parque de campismo.
O cão ficou encostado ao poste mas, ao ver o dono desaparecer, tentou libertar-se.
Afastou-se rapidamente do poste, até a trela ficar completamente esticada.
Depois, correu à volta do poste, com a trela completamente esticada (a trela rodou em torno do poste, nunca se
enrolando neste).
Já cansado, aproximou-se lentamente do poste, até ficar encostado a este, à espera do Martim.
Seja d a distância entre o cão e o poste e seja t o tempo que decorre desde que o Martim prendeu o cão ao
poste. Qual dos três gráficos seguintes poderá representar a situação descrita?
Explica a razão que te leva a rejeitar cada um dos outros dois gráficos.




                                                                                                 (TI 9Ano - Maio 2008)




8 – Considera as funções definidas por:
                                                                        3
                            y = x + 2 para x > 0              e    y=       para   x>0
                                                                        x
Em qual dos seguintes referenciais estão os gráficos das duas funções?
  (A)                          (B)                         (C)                           (D)




                                                                                               (EN 2008 – 1ª Chamada)




9 – No sábado, o Luís combinou encontrar-se com uns amigos no
pavilhão da Escola, para verem um jogo de andebol. Saiu de casa,
de moto, às 10 horas e 30 minutos. Teve um furo, arranjou o pneu
rapidamente e, depois, reuniu-se com os seus amigos no pavilhão
da Escola, onde estiveram a ver o jogo.
Quando o jogo acabou, regressou a casa.
O gráfico representa as distâncias a que o Luís esteve da sua
casa, em função do tempo, desde que saiu de casa até ao seu
regresso.
Atendendo ao gráfico sobre a ida do Luís ao jogo de andebol,
responde aos seguintes itens.
   9.1. Quanto tempo levou ele a arranjar o furo?
   9.2. A que horas chegou a casa?
   9.3. O jogo de andebol tinha dois períodos, com a duração de 20 minutos cada, e um intervalo de 5 minutos
   entre os dois períodos.
   Explica como podes concluir, pela análise do gráfico, que o Luís não assistiu ao jogo todo.
                                                                                               (EN 2008 – 2ª Chamada)




Exercícios de Exame + TI (9º Ano) – Representações Gráficas                                                     3/5
10 – Qual das representações gráficas seguintes traduz a função definida por   f ( x) = 2 x + 2 ?
Escreve, na folha de respostas, a letra da alternativa correcta.
      (A)                                                  (B)




         (C)                                                  (D)




                                                                                                    (TI 9Ano - Maio 2009)


11 – A figura 1 mostra uma diversão que a Marta experimentou
num parque de diversões.
A diversão consiste numa cadeira que se desloca num carril ao
longo de uma torre. Depois de um grupo de pessoas se sentar
na cadeira, inicia-se a viagem.
Em cada viagem:
   • a cadeira parte do nível do chão e sobe até ao cimo da torre sem parar;
   • permanece no cimo da torre durante algum tempo;
   • em seguida, a cadeira é largada, atingindo uma velocidade de cerca de 100 km/h
   antes de se iniciar a travagem e chegar ao chão.
O gráfico da figura 2 não corresponde à situação descrita.
Apresenta as duas razões pelas quais o gráfico não corresponde à situação descrita.
                                                                                                    (TI 9Ano - Maio 2009)



12 – A figura ao lado representa o reservatório de água quente da cozinha da escola da Rita.
Supõe que, antes de cada refeição, o reservatório está vazio. Depois, enche-se de água, à
razão de um litro por segundo.
Qual dos gráficos seguintes traduz a variação da altura da água, no reservatório, com o
decorrer do tempo?
Escreve a letra que apresenta a resposta correcta.

   (A)                         (B)                             (C)                     (D)




                                                                                               (TI 9Ano - Fevereiro 2010)


Exercícios de Exame + TI (9º Ano) – Representações Gráficas                                                        4/5
13 – Para medir a temperatura, podem utilizar-se termómetros graduados em graus Celsius ou termómetros
graduados em graus Fahrenheit.
Para relacionar graus Celsius com graus Fahrenheit, utiliza-se a fórmula: F = 1, 8C + 32 , em que C representa o
valor da temperatura em graus Celsius e F representa o correspondente valor em graus Fahrenheit.
   13.1. Determina o valor da temperatura, em graus Fahrenheit, correspondente a –25 graus Celsius.
   Mostra como chegaste à tua resposta.
   13.2. Determina o valor da temperatura, em graus Celsius, correspondente a 95 graus Fahrenheit.
   Mostra como chegaste à tua resposta.
   13.3. Nem o gráfico A nem o gráfico B traduzem a relação F = 1, 8C + 32 .
   Apresenta uma razão para rejeitar o gráfico A e uma razão para rejeitar o gráfico B.




                                                                                               (TI 9Ano - Maio 2010)

14 – Considera a função definida por    f ( x) = x + 3 .
Nem o gráfico A nem o gráfico B representam a função f .
Apresenta uma razão que te permita garantir que o gráfico A não representa a função       f , e uma razão que te
permita garantir que o gráfico B não representa a função f .




                                                                                             (EN 2010 –2ª Chamada)




                                                                                              Bom trabalho!




Exercícios de Exame + TI (9º Ano) – Representações Gráficas                                                   5/5

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Simave 2 9º ano
Simave 2 9º ano Simave 2 9º ano
Simave 2 9º ano
Idelma
 
Apostila matemática resolvida
Apostila matemática resolvidaApostila matemática resolvida
Apostila matemática resolvida
aletriak
 
Mat E - Lista I
Mat E - Lista IMat E - Lista I
Mat E - Lista I
FeefelipeeRS
 
Espaço volumes-respetiva correção
Espaço volumes-respetiva correçãoEspaço volumes-respetiva correção
Espaço volumes-respetiva correção
aldaalves
 
Perguntas para o ensino fundamental maior
Perguntas para o ensino fundamental maiorPerguntas para o ensino fundamental maior
Perguntas para o ensino fundamental maior
Fábio Brito
 
Matemática 9º ano
Matemática 9º anoMatemática 9º ano
Matemática 9º ano
celinachiara
 
Prova brasil de matemática
Prova brasil de matemáticaProva brasil de matemática
Prova brasil de matemática
Zuleica costa
 
Exercício 01 PA - Resolvido
Exercício 01 PA - ResolvidoExercício 01 PA - Resolvido
Exercício 01 PA - Resolvido
Ana Paula Silva
 
Exercicios 8ª
Exercicios 8ªExercicios 8ª
Exercicios 8ª
Antonio Carneiro
 
Prova modelo 9ano
Prova modelo 9anoProva modelo 9ano
Prova modelo 9ano
MARLON OLIVEIRA
 
Dp lista matematica 1º 2013
Dp lista matematica 1º 2013Dp lista matematica 1º 2013
Dp lista matematica 1º 2013
melloayres
 
EsSA - REVISÃO 1
EsSA - REVISÃO 1EsSA - REVISÃO 1
EsSA - REVISÃO 1
Jorge Pedro
 
Lista de exercícios de Matemática Vestibular
Lista de exercícios de Matemática VestibularLista de exercícios de Matemática Vestibular
Lista de exercícios de Matemática Vestibular
Joyce Furlan
 
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enemCilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
Estude Mais
 
50 questã es resolvidas da vunesp
50 questã es resolvidas da vunesp50 questã es resolvidas da vunesp
50 questã es resolvidas da vunesp
Penélope Andréas
 
Prova Brasil 3º Ano 2009 MatemáTica
Prova Brasil 3º Ano 2009 MatemáTicaProva Brasil 3º Ano 2009 MatemáTica
Prova Brasil 3º Ano 2009 MatemáTica
Antonio Carneiro
 
Prova da OBM - Olimpíada Brasileira de Matemática, editada para uso
Prova da OBM - Olimpíada Brasileira de Matemática, editada para usoProva da OBM - Olimpíada Brasileira de Matemática, editada para uso
Prova da OBM - Olimpíada Brasileira de Matemática, editada para uso
Otávio Sales
 
Plano emergencial de matemática(2)
Plano emergencial de matemática(2)Plano emergencial de matemática(2)
Plano emergencial de matemática(2)
vanilda freitas oliveira
 
Provas afa 2013
Provas afa 2013Provas afa 2013
Provas afa 2013
Jéssica Amaral
 
Verificação parcial ii de matemática 7º ano
Verificação parcial ii de matemática 7º anoVerificação parcial ii de matemática 7º ano
Verificação parcial ii de matemática 7º ano
Carlos Magno Braga
 

Mais procurados (20)

Simave 2 9º ano
Simave 2 9º ano Simave 2 9º ano
Simave 2 9º ano
 
Apostila matemática resolvida
Apostila matemática resolvidaApostila matemática resolvida
Apostila matemática resolvida
 
Mat E - Lista I
Mat E - Lista IMat E - Lista I
Mat E - Lista I
 
Espaço volumes-respetiva correção
Espaço volumes-respetiva correçãoEspaço volumes-respetiva correção
Espaço volumes-respetiva correção
 
Perguntas para o ensino fundamental maior
Perguntas para o ensino fundamental maiorPerguntas para o ensino fundamental maior
Perguntas para o ensino fundamental maior
 
Matemática 9º ano
Matemática 9º anoMatemática 9º ano
Matemática 9º ano
 
Prova brasil de matemática
Prova brasil de matemáticaProva brasil de matemática
Prova brasil de matemática
 
Exercício 01 PA - Resolvido
Exercício 01 PA - ResolvidoExercício 01 PA - Resolvido
Exercício 01 PA - Resolvido
 
Exercicios 8ª
Exercicios 8ªExercicios 8ª
Exercicios 8ª
 
Prova modelo 9ano
Prova modelo 9anoProva modelo 9ano
Prova modelo 9ano
 
Dp lista matematica 1º 2013
Dp lista matematica 1º 2013Dp lista matematica 1º 2013
Dp lista matematica 1º 2013
 
EsSA - REVISÃO 1
EsSA - REVISÃO 1EsSA - REVISÃO 1
EsSA - REVISÃO 1
 
Lista de exercícios de Matemática Vestibular
Lista de exercícios de Matemática VestibularLista de exercícios de Matemática Vestibular
Lista de exercícios de Matemática Vestibular
 
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enemCilindros e prisma e geometria plana no enem
Cilindros e prisma e geometria plana no enem
 
50 questã es resolvidas da vunesp
50 questã es resolvidas da vunesp50 questã es resolvidas da vunesp
50 questã es resolvidas da vunesp
 
Prova Brasil 3º Ano 2009 MatemáTica
Prova Brasil 3º Ano 2009 MatemáTicaProva Brasil 3º Ano 2009 MatemáTica
Prova Brasil 3º Ano 2009 MatemáTica
 
Prova da OBM - Olimpíada Brasileira de Matemática, editada para uso
Prova da OBM - Olimpíada Brasileira de Matemática, editada para usoProva da OBM - Olimpíada Brasileira de Matemática, editada para uso
Prova da OBM - Olimpíada Brasileira de Matemática, editada para uso
 
Plano emergencial de matemática(2)
Plano emergencial de matemática(2)Plano emergencial de matemática(2)
Plano emergencial de matemática(2)
 
Provas afa 2013
Provas afa 2013Provas afa 2013
Provas afa 2013
 
Verificação parcial ii de matemática 7º ano
Verificação parcial ii de matemática 7º anoVerificação parcial ii de matemática 7º ano
Verificação parcial ii de matemática 7º ano
 

Destaque

Geografia - Representações Gráficas
Geografia - Representações GráficasGeografia - Representações Gráficas
Geografia - Representações Gráficas
Editora Moderna
 
Resumo Representações Geográficas
Resumo Representações GeográficasResumo Representações Geográficas
Resumo Representações Geográficas
Diabzie
 
Vigas - REPRESENTAÇÃO GRAFICA
Vigas - REPRESENTAÇÃO GRAFICAVigas - REPRESENTAÇÃO GRAFICA
Vigas - REPRESENTAÇÃO GRAFICA
guidify
 
Pilares - REPRESENTAÇÃO GRAFICA
Pilares - REPRESENTAÇÃO GRAFICAPilares - REPRESENTAÇÃO GRAFICA
Pilares - REPRESENTAÇÃO GRAFICA
guidify
 
Representação gráfica da forma musical
Representação gráfica da forma musicalRepresentação gráfica da forma musical
Representação gráfica da forma musical
CarlosEdMusical
 
Equações
EquaçõesEquações
Equações
aldaalves
 
Trabalho De Historia E Geografia[1]
Trabalho De Historia E Geografia[1]Trabalho De Historia E Geografia[1]
Trabalho De Historia E Geografia[1]
reforço escolar
 
Cartografia aula 3 - dimensões do planeta terra
Cartografia   aula 3 - dimensões do planeta terraCartografia   aula 3 - dimensões do planeta terra
Cartografia aula 3 - dimensões do planeta terra
Fabrício Almeida
 
Dimensão da Terra
Dimensão da TerraDimensão da Terra
Dimensão da Terra
Erika Ferrari
 
Formas de representação da Terra
Formas de representação da TerraFormas de representação da Terra
Formas de representação da Terra
Diabzie
 
Operações com potências (parte ii)
Operações com potências (parte ii)Operações com potências (parte ii)
Operações com potências (parte ii)
aldaalves
 
O conjunto-dos-números-reais
O conjunto-dos-números-reaisO conjunto-dos-números-reais
O conjunto-dos-números-reais
leilamaluf
 
Números.reais.introdução
Números.reais.introduçãoNúmeros.reais.introdução
Números.reais.introdução
Filipa Guerreiro
 
Potenciação - Regras e Propriedades - (www.betontem.blogspot.com.br)
Potenciação - Regras e Propriedades - (www.betontem.blogspot.com.br)Potenciação - Regras e Propriedades - (www.betontem.blogspot.com.br)
Potenciação - Regras e Propriedades - (www.betontem.blogspot.com.br)
betontem
 
Decomposição de figuras em triângulos e quadriláteros
Decomposição de figuras em triângulos e quadriláterosDecomposição de figuras em triângulos e quadriláteros
Decomposição de figuras em triângulos e quadriláteros
aldaalves
 
Intervalos.números.reais
Intervalos.números.reaisIntervalos.números.reais
Intervalos.números.reais
Filipa Guerreiro
 
Formas de representação da superfície terrestre
Formas de representação da superfície terrestreFormas de representação da superfície terrestre
Formas de representação da superfície terrestre
Paula Tomaz
 

Destaque (17)

Geografia - Representações Gráficas
Geografia - Representações GráficasGeografia - Representações Gráficas
Geografia - Representações Gráficas
 
Resumo Representações Geográficas
Resumo Representações GeográficasResumo Representações Geográficas
Resumo Representações Geográficas
 
Vigas - REPRESENTAÇÃO GRAFICA
Vigas - REPRESENTAÇÃO GRAFICAVigas - REPRESENTAÇÃO GRAFICA
Vigas - REPRESENTAÇÃO GRAFICA
 
Pilares - REPRESENTAÇÃO GRAFICA
Pilares - REPRESENTAÇÃO GRAFICAPilares - REPRESENTAÇÃO GRAFICA
Pilares - REPRESENTAÇÃO GRAFICA
 
Representação gráfica da forma musical
Representação gráfica da forma musicalRepresentação gráfica da forma musical
Representação gráfica da forma musical
 
Equações
EquaçõesEquações
Equações
 
Trabalho De Historia E Geografia[1]
Trabalho De Historia E Geografia[1]Trabalho De Historia E Geografia[1]
Trabalho De Historia E Geografia[1]
 
Cartografia aula 3 - dimensões do planeta terra
Cartografia   aula 3 - dimensões do planeta terraCartografia   aula 3 - dimensões do planeta terra
Cartografia aula 3 - dimensões do planeta terra
 
Dimensão da Terra
Dimensão da TerraDimensão da Terra
Dimensão da Terra
 
Formas de representação da Terra
Formas de representação da TerraFormas de representação da Terra
Formas de representação da Terra
 
Operações com potências (parte ii)
Operações com potências (parte ii)Operações com potências (parte ii)
Operações com potências (parte ii)
 
O conjunto-dos-números-reais
O conjunto-dos-números-reaisO conjunto-dos-números-reais
O conjunto-dos-números-reais
 
Números.reais.introdução
Números.reais.introduçãoNúmeros.reais.introdução
Números.reais.introdução
 
Potenciação - Regras e Propriedades - (www.betontem.blogspot.com.br)
Potenciação - Regras e Propriedades - (www.betontem.blogspot.com.br)Potenciação - Regras e Propriedades - (www.betontem.blogspot.com.br)
Potenciação - Regras e Propriedades - (www.betontem.blogspot.com.br)
 
Decomposição de figuras em triângulos e quadriláteros
Decomposição de figuras em triângulos e quadriláterosDecomposição de figuras em triângulos e quadriláteros
Decomposição de figuras em triângulos e quadriláteros
 
Intervalos.números.reais
Intervalos.números.reaisIntervalos.números.reais
Intervalos.números.reais
 
Formas de representação da superfície terrestre
Formas de representação da superfície terrestreFormas de representação da superfície terrestre
Formas de representação da superfície terrestre
 

Semelhante a Representações gráficas

Exame naci on-al-testes-intermedios-de-matematica-do-9º-ano
Exame naci on-al-testes-intermedios-de-matematica-do-9º-anoExame naci on-al-testes-intermedios-de-matematica-do-9º-ano
Exame naci on-al-testes-intermedios-de-matematica-do-9º-ano
Laurinda Barros
 
Atividade - Prova Brasil (9º ano)
Atividade  -  Prova Brasil (9º ano)Atividade  -  Prova Brasil (9º ano)
Atividade - Prova Brasil (9º ano)
Ilton Bruno
 
Teste intemedio
Teste intemedioTeste intemedio
Teste intemedio
amfsousa79
 
Trigonometria soluções
Trigonometria soluçõesTrigonometria soluções
Trigonometria soluções
aldaalves
 
C1 ita mod1a4 alu
C1 ita mod1a4 aluC1 ita mod1a4 alu
C1 ita mod1a4 alu
Marlon Santos
 
Lógica
LógicaLógica
Analise de-graficos10
Analise de-graficos10Analise de-graficos10
Analise de-graficos10
Study With Us
 
Cp2 vest700questf isica
Cp2 vest700questf isicaCp2 vest700questf isica
Cp2 vest700questf isica
NHOPTU
 
Dp lista matematica 9º ano 2013
Dp  lista matematica 9º ano 2013Dp  lista matematica 9º ano 2013
Dp lista matematica 9º ano 2013
melloayres
 
Dp lista matematica 9º ano 2013
Dp  lista matematica 9º ano 2013Dp  lista matematica 9º ano 2013
Dp lista matematica 9º ano 2013
escolamelloayres
 
Teste nc2ba3-a
Teste nc2ba3-aTeste nc2ba3-a
Teste nc2ba3-a
Sónia Barbosa
 
Prova de Matemática e Portugues - Ensino Fundamendal
Prova de Matemática e Portugues - Ensino FundamendalProva de Matemática e Portugues - Ensino Fundamendal
Prova de Matemática e Portugues - Ensino Fundamendal
Anderson Menezes
 
16462421 prova-brasil-simulado-2009-aluno-8-serie
16462421 prova-brasil-simulado-2009-aluno-8-serie16462421 prova-brasil-simulado-2009-aluno-8-serie
16462421 prova-brasil-simulado-2009-aluno-8-serie
marildar70
 
2009 prova-brasil-modelo-8-serie
2009 prova-brasil-modelo-8-serie2009 prova-brasil-modelo-8-serie
2009 prova-brasil-modelo-8-serie
Leeloominai Laminai Leeloo
 
Apostila de fisica para o enem cinemática -matematica _funções afim ou de 1º...
Apostila de fisica para o enem  cinemática -matematica _funções afim ou de 1º...Apostila de fisica para o enem  cinemática -matematica _funções afim ou de 1º...
Apostila de fisica para o enem cinemática -matematica _funções afim ou de 1º...
neocontextual
 
Teste 3
Teste 3Teste 3
Teste 3
albmarques2
 
Enem 2013
Enem 2013Enem 2013
Enem 2013
KalculosOnline
 
5
55
Ficha de trabalho números inteiros
Ficha de trabalho números inteirosFicha de trabalho números inteiros
Ficha de trabalho números inteiros
aldaalves
 
Ficha de trabalho números inteiros
Ficha de trabalho números inteirosFicha de trabalho números inteiros
Ficha de trabalho números inteiros
aldaalves
 

Semelhante a Representações gráficas (20)

Exame naci on-al-testes-intermedios-de-matematica-do-9º-ano
Exame naci on-al-testes-intermedios-de-matematica-do-9º-anoExame naci on-al-testes-intermedios-de-matematica-do-9º-ano
Exame naci on-al-testes-intermedios-de-matematica-do-9º-ano
 
Atividade - Prova Brasil (9º ano)
Atividade  -  Prova Brasil (9º ano)Atividade  -  Prova Brasil (9º ano)
Atividade - Prova Brasil (9º ano)
 
Teste intemedio
Teste intemedioTeste intemedio
Teste intemedio
 
Trigonometria soluções
Trigonometria soluçõesTrigonometria soluções
Trigonometria soluções
 
C1 ita mod1a4 alu
C1 ita mod1a4 aluC1 ita mod1a4 alu
C1 ita mod1a4 alu
 
Lógica
LógicaLógica
Lógica
 
Analise de-graficos10
Analise de-graficos10Analise de-graficos10
Analise de-graficos10
 
Cp2 vest700questf isica
Cp2 vest700questf isicaCp2 vest700questf isica
Cp2 vest700questf isica
 
Dp lista matematica 9º ano 2013
Dp  lista matematica 9º ano 2013Dp  lista matematica 9º ano 2013
Dp lista matematica 9º ano 2013
 
Dp lista matematica 9º ano 2013
Dp  lista matematica 9º ano 2013Dp  lista matematica 9º ano 2013
Dp lista matematica 9º ano 2013
 
Teste nc2ba3-a
Teste nc2ba3-aTeste nc2ba3-a
Teste nc2ba3-a
 
Prova de Matemática e Portugues - Ensino Fundamendal
Prova de Matemática e Portugues - Ensino FundamendalProva de Matemática e Portugues - Ensino Fundamendal
Prova de Matemática e Portugues - Ensino Fundamendal
 
16462421 prova-brasil-simulado-2009-aluno-8-serie
16462421 prova-brasil-simulado-2009-aluno-8-serie16462421 prova-brasil-simulado-2009-aluno-8-serie
16462421 prova-brasil-simulado-2009-aluno-8-serie
 
2009 prova-brasil-modelo-8-serie
2009 prova-brasil-modelo-8-serie2009 prova-brasil-modelo-8-serie
2009 prova-brasil-modelo-8-serie
 
Apostila de fisica para o enem cinemática -matematica _funções afim ou de 1º...
Apostila de fisica para o enem  cinemática -matematica _funções afim ou de 1º...Apostila de fisica para o enem  cinemática -matematica _funções afim ou de 1º...
Apostila de fisica para o enem cinemática -matematica _funções afim ou de 1º...
 
Teste 3
Teste 3Teste 3
Teste 3
 
Enem 2013
Enem 2013Enem 2013
Enem 2013
 
5
55
5
 
Ficha de trabalho números inteiros
Ficha de trabalho números inteirosFicha de trabalho números inteiros
Ficha de trabalho números inteiros
 
Ficha de trabalho números inteiros
Ficha de trabalho números inteirosFicha de trabalho números inteiros
Ficha de trabalho números inteiros
 

Mais de aldaalves

Soluções estatística e probabil.
Soluções estatística e probabil.Soluções estatística e probabil.
Soluções estatística e probabil.
aldaalves
 
Estatística e probabilidades ii
Estatística e probabilidades iiEstatística e probabilidades ii
Estatística e probabilidades ii
aldaalves
 
Estatística e probabilidades i
Estatística e probabilidades iEstatística e probabilidades i
Estatística e probabilidades i
aldaalves
 
Equações do 2.º grau soluções
Equações do 2.º grau  soluçõesEquações do 2.º grau  soluções
Equações do 2.º grau soluções
aldaalves
 
Circunferência e polígonos
Circunferência e polígonosCircunferência e polígonos
Circunferência e polígonos
aldaalves
 
Circunferência e polígonos resolução
Circunferência e polígonos resoluçãoCircunferência e polígonos resolução
Circunferência e polígonos resolução
aldaalves
 
Números reais e inequações
Números reais e inequaçõesNúmeros reais e inequações
Números reais e inequações
aldaalves
 
Sistemas de equações e respetiva correção
Sistemas de equações e respetiva correçãoSistemas de equações e respetiva correção
Sistemas de equações e respetiva correção
aldaalves
 
Sistemas de equações
Sistemas de equaçõesSistemas de equações
Sistemas de equações
aldaalves
 
Números reais e inequações
Números reais e inequaçõesNúmeros reais e inequações
Números reais e inequações
aldaalves
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
aldaalves
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
aldaalves
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
aldaalves
 
Polinómios e monómios
Polinómios e monómiosPolinómios e monómios
Polinómios e monómios
aldaalves
 
Aula 4 e 5
Aula 4 e 5Aula 4 e 5
Aula 4 e 5
aldaalves
 
Revisões estatistica 1 (1)
Revisões estatistica 1 (1)Revisões estatistica 1 (1)
Revisões estatistica 1 (1)
aldaalves
 
Aula 2
Aula 2Aula 2
Aula 2
aldaalves
 
Aula 2
Aula 2Aula 2
Aula 2
aldaalves
 
Introdução à teoria das probabilidades
Introdução à teoria das probabilidadesIntrodução à teoria das probabilidades
Introdução à teoria das probabilidades
aldaalves
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
aldaalves
 

Mais de aldaalves (20)

Soluções estatística e probabil.
Soluções estatística e probabil.Soluções estatística e probabil.
Soluções estatística e probabil.
 
Estatística e probabilidades ii
Estatística e probabilidades iiEstatística e probabilidades ii
Estatística e probabilidades ii
 
Estatística e probabilidades i
Estatística e probabilidades iEstatística e probabilidades i
Estatística e probabilidades i
 
Equações do 2.º grau soluções
Equações do 2.º grau  soluçõesEquações do 2.º grau  soluções
Equações do 2.º grau soluções
 
Circunferência e polígonos
Circunferência e polígonosCircunferência e polígonos
Circunferência e polígonos
 
Circunferência e polígonos resolução
Circunferência e polígonos resoluçãoCircunferência e polígonos resolução
Circunferência e polígonos resolução
 
Números reais e inequações
Números reais e inequaçõesNúmeros reais e inequações
Números reais e inequações
 
Sistemas de equações e respetiva correção
Sistemas de equações e respetiva correçãoSistemas de equações e respetiva correção
Sistemas de equações e respetiva correção
 
Sistemas de equações
Sistemas de equaçõesSistemas de equações
Sistemas de equações
 
Números reais e inequações
Números reais e inequaçõesNúmeros reais e inequações
Números reais e inequações
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
 
Polinómios e monómios
Polinómios e monómiosPolinómios e monómios
Polinómios e monómios
 
Aula 4 e 5
Aula 4 e 5Aula 4 e 5
Aula 4 e 5
 
Revisões estatistica 1 (1)
Revisões estatistica 1 (1)Revisões estatistica 1 (1)
Revisões estatistica 1 (1)
 
Aula 2
Aula 2Aula 2
Aula 2
 
Aula 2
Aula 2Aula 2
Aula 2
 
Introdução à teoria das probabilidades
Introdução à teoria das probabilidadesIntrodução à teoria das probabilidades
Introdução à teoria das probabilidades
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 

Último

livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
andressacastro36
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
ILDISONRAFAELBARBOSA
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 

Último (20)

livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 

Representações gráficas

  • 1. Ficha de Trabalho Nome: ___________________________________________________ N.º: ____ Turma: ___ 9.º Ano Compilação de Exercícios de Exames Nacionais (EN) e de Testes Intermédios (TI) Tema: Representações Gráficas 1 – Dois amigos, o Carlos e o João, participaram numa corrida de 800 metros. Logo após o sinal de partida, o João estava à frente do Carlos, mas, ao fim de algum tempo, o Carlos conseguiu ultrapassá-lo. Na parte final da corrida, o João fez um sprint, ultrapassou o Carlos e cortou a meta em primeiro lugar. O gráfico ao lado representam a relação entre o tempo e a distância percorrida, ao longo desta corrida, por cada um deles. 1.1.Quantos metros percorreu o João durante o primeiro minuto e meio da corrida? 1.2. Quanto tempo decorreu entre a chegada de cada um dos dois amigos à meta? Apresenta, na tua resposta, esse tempo expresso em segundos. (EN 2005 – 1ª Chamada) 2 – Hoje de manhã, a Ana saiu de casa e dirigiu-se para a escola. Fez uma parte desse percurso a andar e a outra parte a correr. O gráfico ao lado mostra a distância percorrida pela Ana, em função do tempo que decorreu desde o instante em que ela saiu de casa até ao instante em que chegou à escola. Apresentam-se a seguir quatro afirmações. De acordo com o gráfico, apenas uma está correcta. Qual? (A) A Ana iniciou o percurso a correr e terminou-o a andar. (B) A Ana percorreu maior distância a andar do que a correr. (C) A Ana esteve mais tempo a correr do que a andar. (D) A Ana percorreu metade da distância a andar e a outra metade a correr. (EN 2005 – 2ª Chamada) 3 – Na fotografia abaixo (figura A), podes ver o teleférico do Parque das Nações. A seu lado, na figura B, está representado um esquema do circuito (visto de cima) efectuado por uma cabina do teleférico. 3.1. Uma cabina parte do ponto A , passa por B e regressa ao ponto A , sem efectuar paragens durante este percurso. Sejam: t o tempo que decorre desde o instante em que a cabina parte do ponto A; d a distância dessa cabina ao ponto A. Qual dos gráficos seguintes poderá representar a relação entre t e d? (A) (B) (C) (D) Exercícios de Exame + TI (9º Ano) – Representações Gráficas 1/5
  • 2. 3.2. No teleférico do Parque das Nações, o número de cabinas em utilização não é sempre o mesmo, mas duas cabinas consecutivas estão sempre igualmente espaçadas. O ajuste da distância entre as cabinas é feito automaticamente, de acordo com a seguinte fórmula, n×c = 3 em que: c representa a distância, em quilómetros, entre duas cabinas consecutivas; n é o número total de cabinas em utilização. Quando o teleférico está em funcionamento, a sua velocidade média pode variar entre 11 e 17 quilómetros por hora. Qual é o maior número possível de voltas completas que uma cabina pode dar durante uma hora? Justifica a tua resposta, começando por referir o significado da constante 3 na fórmula n × c = 3 . (EN 2006 – 1ª Chamada) 4 – O valor monetário de um computador diminui à medida que o tempo passa. Admite que o valor, v , de um computador, em euros, t anos após a sua compra, é dado por: v = − 300 t + 2100 4.1. Tendo em conta esta situação, qual é o significado real do valor 2100? 4.2. Determina, em euros, a desvalorização do computador (perda ou diminuição do seu valor monetário) dois anos após a sua compra. Justifica a tua resposta. (EN 2006 – 2ª Chamada) 5 – Imagina que um recipiente com a forma de uma pirâmide, inicialmente vazio, se vai encher com água. A quantidade de água que sai da torneira, por unidade de tempo, até o recipiente ficar cheio, é constante. Qual dos seguintes gráficos poderá traduzir a variação da altura da água, no recipiente, com o tempo que decorre desde o início do seu enchimento? (A) (B) (C) (D) (EN 2007 – 1ª Chamada) 6 – O gráfico que se segue mostra como o preço, em cêntimos, a pagar pelo envio de correspondência, em correio normal, para o território nacional, está relacionado com o peso, em gramas, dessa correspondência. 6.1. Para enviar um envelope por correio, com o convite para a sua festa de aniversário, a Maria teve de pagar 30 cêntimos. Escreve um valor possível para o peso, em gramas, desta correspondência. Não justifiques a tua resposta. 6.2. As duas primas gémeas da Maria vão enviar-lhe, cada uma, um cartão de aniversário por correio. O cartão que uma delas escolheu pesa 16 g, e o cartão que a outra escolheu pesa 19 g. Cada uma tem um envelope que pesa 2 g, oferecido na compra do respectivo cartão. Para economizar dinheiro, no envio desta correspondência, deverão as gémeas enviar os dois cartões de aniversário em envelopes separados, ou num único envelope? Mostra como obtiveste a tua resposta. (TI 9Ano - Janeiro 2008) Exercícios de Exame + TI (9º Ano) – Representações Gráficas 2/5
  • 3. 7 – O Martim prendeu, com uma trela, o seu cão a um poste, próximo do supermercado do parque de campismo. O cão ficou encostado ao poste mas, ao ver o dono desaparecer, tentou libertar-se. Afastou-se rapidamente do poste, até a trela ficar completamente esticada. Depois, correu à volta do poste, com a trela completamente esticada (a trela rodou em torno do poste, nunca se enrolando neste). Já cansado, aproximou-se lentamente do poste, até ficar encostado a este, à espera do Martim. Seja d a distância entre o cão e o poste e seja t o tempo que decorre desde que o Martim prendeu o cão ao poste. Qual dos três gráficos seguintes poderá representar a situação descrita? Explica a razão que te leva a rejeitar cada um dos outros dois gráficos. (TI 9Ano - Maio 2008) 8 – Considera as funções definidas por: 3 y = x + 2 para x > 0 e y= para x>0 x Em qual dos seguintes referenciais estão os gráficos das duas funções? (A) (B) (C) (D) (EN 2008 – 1ª Chamada) 9 – No sábado, o Luís combinou encontrar-se com uns amigos no pavilhão da Escola, para verem um jogo de andebol. Saiu de casa, de moto, às 10 horas e 30 minutos. Teve um furo, arranjou o pneu rapidamente e, depois, reuniu-se com os seus amigos no pavilhão da Escola, onde estiveram a ver o jogo. Quando o jogo acabou, regressou a casa. O gráfico representa as distâncias a que o Luís esteve da sua casa, em função do tempo, desde que saiu de casa até ao seu regresso. Atendendo ao gráfico sobre a ida do Luís ao jogo de andebol, responde aos seguintes itens. 9.1. Quanto tempo levou ele a arranjar o furo? 9.2. A que horas chegou a casa? 9.3. O jogo de andebol tinha dois períodos, com a duração de 20 minutos cada, e um intervalo de 5 minutos entre os dois períodos. Explica como podes concluir, pela análise do gráfico, que o Luís não assistiu ao jogo todo. (EN 2008 – 2ª Chamada) Exercícios de Exame + TI (9º Ano) – Representações Gráficas 3/5
  • 4. 10 – Qual das representações gráficas seguintes traduz a função definida por f ( x) = 2 x + 2 ? Escreve, na folha de respostas, a letra da alternativa correcta. (A) (B) (C) (D) (TI 9Ano - Maio 2009) 11 – A figura 1 mostra uma diversão que a Marta experimentou num parque de diversões. A diversão consiste numa cadeira que se desloca num carril ao longo de uma torre. Depois de um grupo de pessoas se sentar na cadeira, inicia-se a viagem. Em cada viagem: • a cadeira parte do nível do chão e sobe até ao cimo da torre sem parar; • permanece no cimo da torre durante algum tempo; • em seguida, a cadeira é largada, atingindo uma velocidade de cerca de 100 km/h antes de se iniciar a travagem e chegar ao chão. O gráfico da figura 2 não corresponde à situação descrita. Apresenta as duas razões pelas quais o gráfico não corresponde à situação descrita. (TI 9Ano - Maio 2009) 12 – A figura ao lado representa o reservatório de água quente da cozinha da escola da Rita. Supõe que, antes de cada refeição, o reservatório está vazio. Depois, enche-se de água, à razão de um litro por segundo. Qual dos gráficos seguintes traduz a variação da altura da água, no reservatório, com o decorrer do tempo? Escreve a letra que apresenta a resposta correcta. (A) (B) (C) (D) (TI 9Ano - Fevereiro 2010) Exercícios de Exame + TI (9º Ano) – Representações Gráficas 4/5
  • 5. 13 – Para medir a temperatura, podem utilizar-se termómetros graduados em graus Celsius ou termómetros graduados em graus Fahrenheit. Para relacionar graus Celsius com graus Fahrenheit, utiliza-se a fórmula: F = 1, 8C + 32 , em que C representa o valor da temperatura em graus Celsius e F representa o correspondente valor em graus Fahrenheit. 13.1. Determina o valor da temperatura, em graus Fahrenheit, correspondente a –25 graus Celsius. Mostra como chegaste à tua resposta. 13.2. Determina o valor da temperatura, em graus Celsius, correspondente a 95 graus Fahrenheit. Mostra como chegaste à tua resposta. 13.3. Nem o gráfico A nem o gráfico B traduzem a relação F = 1, 8C + 32 . Apresenta uma razão para rejeitar o gráfico A e uma razão para rejeitar o gráfico B. (TI 9Ano - Maio 2010) 14 – Considera a função definida por f ( x) = x + 3 . Nem o gráfico A nem o gráfico B representam a função f . Apresenta uma razão que te permita garantir que o gráfico A não representa a função f , e uma razão que te permita garantir que o gráfico B não representa a função f . (EN 2010 –2ª Chamada) Bom trabalho! Exercícios de Exame + TI (9º Ano) – Representações Gráficas 5/5