SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Relacionamento com Fornecedores
Acadêmicos: Alex Leandro Brasil
Emerson Piter Gama Da Silva
Jonatas Ferreira Siqueira
LeandroVieiraAlves
Luciano Brito Da Costa
Relacionamento com Fornecedores
Seja na indústria ou no comércio, o bom relacionamento com os clientes e
fornecedores é essencial para o sucesso do negócio. No caso das pequenas empresas, é
natural que o empreendedor compre de empresas com base no menor preço do mercado,
um alerta que o custo baixo nem sempre é sinônimo de um produto ou serviço e de
qualidade.
Principais Recomendações
Para Empresários
• Tenham os processos das empresas alinhados;
• Estar atento à logística do fornecedor;
• Evitar as armadilhas dos preços baixos;
• Avaliar bem antes de fechar com um fornecedor exclusivo;
• Pesquisar bem antes de contratar um fornecedor do exterior.
Desenvolvimento e Qualificação De
Fornecedores
• A Necessidade De Fornecedores Qualificados
A importância de bom relacionamento de empresa com seus fornecedores tem sido
preocupação há bastante tempo. Na década de 50 definiu se seus princípios da gestão da
qualidade e, dentre eles, dedicou um, o quarto principio, a necessidade de estabelece um
relacionamento próximo com fornecedores
• A Qualificação de Fornecedores apresenta-se como
ação vantajosa para Empresa, Pois Possibilita:
1. Evitar devoluções que possam incorrer em atrasos do inicio da
produção;
2. Evitar não conformidades que possam ser detectadas nos processos da
cadeia produtiva, ou somente no fim da linha, pelo cliente final
causando diferente transtorno interno, o que podem afetar a imagem
da empresa;
3. Otimizar a rotina de fabricação de um produto;
4. Poder reduzir o numero de inspeções, otimizado o processo de
recebimento;
5. Esta em conformidade com requisitos normativos e legais.
A Função Suprimentos
Suprimentos é uma função da empresa que inclui atividades de compras, recebimento
dimensionamento, acondicionamento físicos e controle de estoque. Como dito inclui processo de
compras que, compreende as atividades identificação e necessidade, identificação e seleção de
fornecedores, negociação de preços e outras condições e a garantia da entrega.
Seleção de Fornecedores
A seleção de fornecedores é feita por sua
identificação no mercado e análise de
atendimento e condições definidas. É muito
importante que seja estabelecido critérios
apropriados para essa seleção e também que seja
definido os métodos de avaliação. A forma de
avaliação depende do produto adquirido. Para
produto sem maiores impacto nos negocio da
empresa, são utilizados métodos mais simples
para decisão, enquanto que os produtos afetam o
negocio exige métodos mais criteriosos.
Avaliações de Desempenho de Fornecedores
Cabe à empresa avaliar seus fornecedores, verificando o atendimento de critérios
estabelecido a cada transição efetuada. A avaliação de desempenho é diferente da avaliação de
seleção de fornecedores. A intenção de seleção é verificar se um fornecedor do mercado atende
as condições estabelecidas para atuar como fornecedor.
As empresas devem acompanhar o desempenho do fornecedor, para isso,
fazem o uso de critérios como:
• Pontualidade na Entrega – avaliar a capacidade do fornecedor em atender as datas de
entrega solicitada.
• Correção na Quantidade de Entrega – mede a precisão na quantidade, comprado na
quantidade entregue com relação à quantidade solicitada.
• Qualidade – mede as conformidades com as especificações contratadas.
• Conformidade da Documentação – analisa documentos envolvidos na transação, como
certificados de notas fiscais.
Característica de Fornecedores
de Sucesso
O que diferencia as empresas destaques não é exatamente o que fazem e
sim como fazem. Todas as empresas fazem planejamento estratégico, mas as
empresas destaques o fazem de maneira organizada e sistematizada. De modo
conjunto os meios e recursos são divididos, as experiências somadas e os
resultados compartilhados.
Dicas para ter um bom Relacionamento
com seus Fornecedores
A qualidade de todo produto ou serviço é definida por diversos fatores e
depende de todo o processo, mas, sem dúvida, o fornecedor é parte fundamental
nesse resultado. A boa relação cliente x fornecedor também é importante na hora
de implementar programas de melhorias, pois com boas alianças o
empreendedor pode obter garantias e tranquilidades na hora de investir.
Nem sempre é fácil manter essa boa relação com os fornecedores e desfrutar
dos benefícios; por isso, separamos algumas dicas:
 Tenha sempre uma relação sincera e honesta;
 Seja objetivo e claro desde o primeiro contato;
 Fale dos seus medos, expectativas e problemas;
 Mostre como ele é importante no processo;
 Defina em conjunto os critérios de qualidade;
 Reconheça sempre quando ele te ajudar a resolver um problema;
 Preste atenção nas coisas que funcionam e foque nelas;
 Seja gentil e valorize seus fornecedores.
Lembre-se que todo bom relacionamento depende de esforços de ambas
as partes. Então, procure deixar bem claro para o seu fornecedor o tipo de
relação que deseja ter. Deixando as portas abertas, com certeza, as coisas
ficam muito mais fáceis para todos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão de compras
Gestão de comprasGestão de compras
Gestão de comprasDanilo Pires
 
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011Rafael Gonçalves
 
Logística e distribuição
Logística e distribuiçãoLogística e distribuição
Logística e distribuiçãoGilberto Freitas
 
Cadeia de suprimentos
Cadeia de suprimentosCadeia de suprimentos
Cadeia de suprimentosFelippi Perez
 
Funções da Administração
Funções da AdministraçãoFunções da Administração
Funções da AdministraçãoDivino Fredson
 
Aula 1.4 GestãO De Estoques
Aula 1.4 GestãO De EstoquesAula 1.4 GestãO De Estoques
Aula 1.4 GestãO De EstoquesVinícius Luiz
 
Aula de controle de estoques
Aula de controle de estoquesAula de controle de estoques
Aula de controle de estoquesMoises Ribeiro
 
AdministraçãO De Recursos Materiais E Patrimoniais Slidesaulas
AdministraçãO De Recursos Materiais E Patrimoniais SlidesaulasAdministraçãO De Recursos Materiais E Patrimoniais Slidesaulas
AdministraçãO De Recursos Materiais E Patrimoniais Slidesaulasguestb54373
 
1.1 introdução à logística
1.1 introdução à logística1.1 introdução à logística
1.1 introdução à logísticaLeonardo Santos
 
Gestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de SuprimentosGestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de SuprimentosGerisval Pessoa
 
Gestão de compras - fornecedores, concorrência e contratação
Gestão de compras - fornecedores, concorrência e contrataçãoGestão de compras - fornecedores, concorrência e contratação
Gestão de compras - fornecedores, concorrência e contrataçãoAntonio Marcos Montai Messias
 
Tecnologia da informação aplicado à logística
Tecnologia da informação aplicado à logísticaTecnologia da informação aplicado à logística
Tecnologia da informação aplicado à logísticaJoaz Souza
 
81 slids planejamento e projeto do processo logístico 02 jul 2013
81 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico  02 jul 201381 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico  02 jul 2013
81 slids planejamento e projeto do processo logístico 02 jul 2013delano chaves gurgel do amaral
 
Logística historico,fundamentos e perspectivas- Professor Danilo Pires
Logística  historico,fundamentos e perspectivas- Professor Danilo PiresLogística  historico,fundamentos e perspectivas- Professor Danilo Pires
Logística historico,fundamentos e perspectivas- Professor Danilo PiresDanilo Pires
 

Mais procurados (20)

Gestão de compras
Gestão de comprasGestão de compras
Gestão de compras
 
Aula 1 conceitos básicos
Aula 1   conceitos básicosAula 1   conceitos básicos
Aula 1 conceitos básicos
 
Aula FUNDAMENTOS DA LOGISTICA
Aula FUNDAMENTOS DA LOGISTICAAula FUNDAMENTOS DA LOGISTICA
Aula FUNDAMENTOS DA LOGISTICA
 
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
 
Logística e distribuição
Logística e distribuiçãoLogística e distribuição
Logística e distribuição
 
Cadeia de suprimentos
Cadeia de suprimentosCadeia de suprimentos
Cadeia de suprimentos
 
Funções da Administração
Funções da AdministraçãoFunções da Administração
Funções da Administração
 
Aula 1.4 GestãO De Estoques
Aula 1.4 GestãO De EstoquesAula 1.4 GestãO De Estoques
Aula 1.4 GestãO De Estoques
 
administração da producão
administração da producãoadministração da producão
administração da producão
 
Aula de controle de estoques
Aula de controle de estoquesAula de controle de estoques
Aula de controle de estoques
 
Aula Compras
Aula ComprasAula Compras
Aula Compras
 
AdministraçãO De Recursos Materiais E Patrimoniais Slidesaulas
AdministraçãO De Recursos Materiais E Patrimoniais SlidesaulasAdministraçãO De Recursos Materiais E Patrimoniais Slidesaulas
AdministraçãO De Recursos Materiais E Patrimoniais Slidesaulas
 
Aula 01 gestao de materiais
Aula 01 gestao de materiaisAula 01 gestao de materiais
Aula 01 gestao de materiais
 
1.1 introdução à logística
1.1 introdução à logística1.1 introdução à logística
1.1 introdução à logística
 
Gestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de SuprimentosGestão da Cadeia de Suprimentos
Gestão da Cadeia de Suprimentos
 
Gestão de compras - fornecedores, concorrência e contratação
Gestão de compras - fornecedores, concorrência e contrataçãoGestão de compras - fornecedores, concorrência e contratação
Gestão de compras - fornecedores, concorrência e contratação
 
Eras da qualidade
Eras da qualidadeEras da qualidade
Eras da qualidade
 
Tecnologia da informação aplicado à logística
Tecnologia da informação aplicado à logísticaTecnologia da informação aplicado à logística
Tecnologia da informação aplicado à logística
 
81 slids planejamento e projeto do processo logístico 02 jul 2013
81 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico  02 jul 201381 slids  planejamento e  projeto do processo  logístico  02 jul 2013
81 slids planejamento e projeto do processo logístico 02 jul 2013
 
Logística historico,fundamentos e perspectivas- Professor Danilo Pires
Logística  historico,fundamentos e perspectivas- Professor Danilo PiresLogística  historico,fundamentos e perspectivas- Professor Danilo Pires
Logística historico,fundamentos e perspectivas- Professor Danilo Pires
 

Semelhante a Relacionamento com fornecedores

Selecção e Qualificação de Fornecedores - Métodos de Qualificação e Avaliação
Selecção e Qualificação de Fornecedores - Métodos de Qualificação e AvaliaçãoSelecção e Qualificação de Fornecedores - Métodos de Qualificação e Avaliação
Selecção e Qualificação de Fornecedores - Métodos de Qualificação e AvaliaçãoSérgio Assunção
 
Excelência no atendimento ao cliente e vendas power point katia 12
Excelência no atendimento ao cliente e vendas power point katia 12Excelência no atendimento ao cliente e vendas power point katia 12
Excelência no atendimento ao cliente e vendas power point katia 12Kátia Rumbelsperger
 
Aula Online: Startup Importação - Como Elaborar um Plano de Negócios na Impor...
Aula Online: Startup Importação - Como Elaborar um Plano de Negócios na Impor...Aula Online: Startup Importação - Como Elaborar um Plano de Negócios na Impor...
Aula Online: Startup Importação - Como Elaborar um Plano de Negócios na Impor...ABRACOMEX
 
Aula 4, 5 e 6 introducao a qualidade (1)
Aula 4, 5 e 6   introducao a qualidade (1)Aula 4, 5 e 6   introducao a qualidade (1)
Aula 4, 5 e 6 introducao a qualidade (1)everxmen
 
Assumir ou Terceirizar Sua Central de Monitoramento em 5 Passos
Assumir ou Terceirizar Sua Central de Monitoramento em 5 PassosAssumir ou Terceirizar Sua Central de Monitoramento em 5 Passos
Assumir ou Terceirizar Sua Central de Monitoramento em 5 PassosNorberto Almeida De Andrade
 
Aula 05 - Gestão de equipes de manutenção.pptx
Aula 05 - Gestão de equipes de manutenção.pptxAula 05 - Gestão de equipes de manutenção.pptx
Aula 05 - Gestão de equipes de manutenção.pptxjulianocorrea17
 
Plano de gerencia de compras e vendas controle de estoque
Plano de gerencia de compras e vendas controle de estoquePlano de gerencia de compras e vendas controle de estoque
Plano de gerencia de compras e vendas controle de estoqueSergio Grunbaum
 
aula-02-empreendedorismo.ppt
aula-02-empreendedorismo.pptaula-02-empreendedorismo.ppt
aula-02-empreendedorismo.pptClaudetedeS1
 
EMPREENDEDORISMO - AULA 2.ppt
EMPREENDEDORISMO - AULA 2.pptEMPREENDEDORISMO - AULA 2.ppt
EMPREENDEDORISMO - AULA 2.pptMarcioPrimac1
 
Instituto IZI - Empreendedorismo e Planejamento de Negócios
Instituto IZI - Empreendedorismo e Planejamento de NegóciosInstituto IZI - Empreendedorismo e Planejamento de Negócios
Instituto IZI - Empreendedorismo e Planejamento de NegóciosFabio Lima
 
Resumo de SPV
Resumo de SPVResumo de SPV
Resumo de SPVtsmesh
 
10 principios da qualidade total
10 principios da qualidade total10 principios da qualidade total
10 principios da qualidade totalLuiza Claro
 
Documento de Concorrência e Avaliação
Documento de Concorrência e AvaliaçãoDocumento de Concorrência e Avaliação
Documento de Concorrência e AvaliaçãoThiago Fagundes
 
Documento de Concorrência da APADI
Documento de Concorrência da APADIDocumento de Concorrência da APADI
Documento de Concorrência da APADIagenciasocialtag
 

Semelhante a Relacionamento com fornecedores (20)

Selecção e Qualificação de Fornecedores - Métodos de Qualificação e Avaliação
Selecção e Qualificação de Fornecedores - Métodos de Qualificação e AvaliaçãoSelecção e Qualificação de Fornecedores - Métodos de Qualificação e Avaliação
Selecção e Qualificação de Fornecedores - Métodos de Qualificação e Avaliação
 
Análise da concorrência
Análise da concorrênciaAnálise da concorrência
Análise da concorrência
 
Excelência no atendimento ao cliente e vendas power point katia 12
Excelência no atendimento ao cliente e vendas power point katia 12Excelência no atendimento ao cliente e vendas power point katia 12
Excelência no atendimento ao cliente e vendas power point katia 12
 
Aula Online: Startup Importação - Como Elaborar um Plano de Negócios na Impor...
Aula Online: Startup Importação - Como Elaborar um Plano de Negócios na Impor...Aula Online: Startup Importação - Como Elaborar um Plano de Negócios na Impor...
Aula Online: Startup Importação - Como Elaborar um Plano de Negócios na Impor...
 
Aula 4, 5 e 6 introducao a qualidade (1)
Aula 4, 5 e 6   introducao a qualidade (1)Aula 4, 5 e 6   introducao a qualidade (1)
Aula 4, 5 e 6 introducao a qualidade (1)
 
Assumir ou Terceirizar Sua Central de Monitoramento em 5 Passos
Assumir ou Terceirizar Sua Central de Monitoramento em 5 PassosAssumir ou Terceirizar Sua Central de Monitoramento em 5 Passos
Assumir ou Terceirizar Sua Central de Monitoramento em 5 Passos
 
Aula 05 - Gestão de equipes de manutenção.pptx
Aula 05 - Gestão de equipes de manutenção.pptxAula 05 - Gestão de equipes de manutenção.pptx
Aula 05 - Gestão de equipes de manutenção.pptx
 
Plano de gerencia de compras e vendas controle de estoque
Plano de gerencia de compras e vendas controle de estoquePlano de gerencia de compras e vendas controle de estoque
Plano de gerencia de compras e vendas controle de estoque
 
aula-02-empreendedorismo.ppt
aula-02-empreendedorismo.pptaula-02-empreendedorismo.ppt
aula-02-empreendedorismo.ppt
 
Philip Bayard Crosby
Philip Bayard CrosbyPhilip Bayard Crosby
Philip Bayard Crosby
 
Gurus da qualidade
Gurus da qualidadeGurus da qualidade
Gurus da qualidade
 
EMPREENDEDORISMO - AULA 2.ppt
EMPREENDEDORISMO - AULA 2.pptEMPREENDEDORISMO - AULA 2.ppt
EMPREENDEDORISMO - AULA 2.ppt
 
Instituto IZI - Empreendedorismo e Planejamento de Negócios
Instituto IZI - Empreendedorismo e Planejamento de NegóciosInstituto IZI - Empreendedorismo e Planejamento de Negócios
Instituto IZI - Empreendedorismo e Planejamento de Negócios
 
Resumo de SPV
Resumo de SPVResumo de SPV
Resumo de SPV
 
Fornecedores
FornecedoresFornecedores
Fornecedores
 
10 principios da qualidade total
10 principios da qualidade total10 principios da qualidade total
10 principios da qualidade total
 
Concorrência Digital APADi
Concorrência Digital APADiConcorrência Digital APADi
Concorrência Digital APADi
 
Documento de Concorrência e Avaliação
Documento de Concorrência e AvaliaçãoDocumento de Concorrência e Avaliação
Documento de Concorrência e Avaliação
 
Apadi doc-concorrencia
Apadi doc-concorrenciaApadi doc-concorrencia
Apadi doc-concorrencia
 
Documento de Concorrência da APADI
Documento de Concorrência da APADIDocumento de Concorrência da APADI
Documento de Concorrência da APADI
 

Mais de Jonatas f.siqueira (13)

Slide sistema ferroviario
Slide sistema ferroviarioSlide sistema ferroviario
Slide sistema ferroviario
 
Curiosidades coca cola
Curiosidades coca colaCuriosidades coca cola
Curiosidades coca cola
 
Historia da Coca cola
Historia da Coca colaHistoria da Coca cola
Historia da Coca cola
 
Biografia de Thiago Mello
Biografia de Thiago MelloBiografia de Thiago Mello
Biografia de Thiago Mello
 
Porto de paranagua
Porto de paranaguaPorto de paranagua
Porto de paranagua
 
Sistema logístico da Natura
Sistema logístico da NaturaSistema logístico da Natura
Sistema logístico da Natura
 
Slide curva abc
Slide curva abcSlide curva abc
Slide curva abc
 
Sistema Wms
Sistema WmsSistema Wms
Sistema Wms
 
Supply chain management
Supply chain managementSupply chain management
Supply chain management
 
Lei ambiental 6.938
Lei ambiental 6.938Lei ambiental 6.938
Lei ambiental 6.938
 
Guerra civil na siria
Guerra civil na siriaGuerra civil na siria
Guerra civil na siria
 
Palestra 5 s
Palestra 5 sPalestra 5 s
Palestra 5 s
 
Slide a logística utilizada pelo exército brasileiro no haiti
Slide   a logística utilizada pelo exército brasileiro no haitiSlide   a logística utilizada pelo exército brasileiro no haiti
Slide a logística utilizada pelo exército brasileiro no haiti
 

Relacionamento com fornecedores

  • 1. Relacionamento com Fornecedores Acadêmicos: Alex Leandro Brasil Emerson Piter Gama Da Silva Jonatas Ferreira Siqueira LeandroVieiraAlves Luciano Brito Da Costa
  • 2. Relacionamento com Fornecedores Seja na indústria ou no comércio, o bom relacionamento com os clientes e fornecedores é essencial para o sucesso do negócio. No caso das pequenas empresas, é natural que o empreendedor compre de empresas com base no menor preço do mercado, um alerta que o custo baixo nem sempre é sinônimo de um produto ou serviço e de qualidade.
  • 3. Principais Recomendações Para Empresários • Tenham os processos das empresas alinhados; • Estar atento à logística do fornecedor; • Evitar as armadilhas dos preços baixos; • Avaliar bem antes de fechar com um fornecedor exclusivo; • Pesquisar bem antes de contratar um fornecedor do exterior.
  • 4. Desenvolvimento e Qualificação De Fornecedores • A Necessidade De Fornecedores Qualificados A importância de bom relacionamento de empresa com seus fornecedores tem sido preocupação há bastante tempo. Na década de 50 definiu se seus princípios da gestão da qualidade e, dentre eles, dedicou um, o quarto principio, a necessidade de estabelece um relacionamento próximo com fornecedores
  • 5. • A Qualificação de Fornecedores apresenta-se como ação vantajosa para Empresa, Pois Possibilita: 1. Evitar devoluções que possam incorrer em atrasos do inicio da produção; 2. Evitar não conformidades que possam ser detectadas nos processos da cadeia produtiva, ou somente no fim da linha, pelo cliente final causando diferente transtorno interno, o que podem afetar a imagem da empresa; 3. Otimizar a rotina de fabricação de um produto; 4. Poder reduzir o numero de inspeções, otimizado o processo de recebimento; 5. Esta em conformidade com requisitos normativos e legais.
  • 6. A Função Suprimentos Suprimentos é uma função da empresa que inclui atividades de compras, recebimento dimensionamento, acondicionamento físicos e controle de estoque. Como dito inclui processo de compras que, compreende as atividades identificação e necessidade, identificação e seleção de fornecedores, negociação de preços e outras condições e a garantia da entrega.
  • 7. Seleção de Fornecedores A seleção de fornecedores é feita por sua identificação no mercado e análise de atendimento e condições definidas. É muito importante que seja estabelecido critérios apropriados para essa seleção e também que seja definido os métodos de avaliação. A forma de avaliação depende do produto adquirido. Para produto sem maiores impacto nos negocio da empresa, são utilizados métodos mais simples para decisão, enquanto que os produtos afetam o negocio exige métodos mais criteriosos.
  • 8. Avaliações de Desempenho de Fornecedores Cabe à empresa avaliar seus fornecedores, verificando o atendimento de critérios estabelecido a cada transição efetuada. A avaliação de desempenho é diferente da avaliação de seleção de fornecedores. A intenção de seleção é verificar se um fornecedor do mercado atende as condições estabelecidas para atuar como fornecedor.
  • 9. As empresas devem acompanhar o desempenho do fornecedor, para isso, fazem o uso de critérios como: • Pontualidade na Entrega – avaliar a capacidade do fornecedor em atender as datas de entrega solicitada. • Correção na Quantidade de Entrega – mede a precisão na quantidade, comprado na quantidade entregue com relação à quantidade solicitada. • Qualidade – mede as conformidades com as especificações contratadas. • Conformidade da Documentação – analisa documentos envolvidos na transação, como certificados de notas fiscais.
  • 10. Característica de Fornecedores de Sucesso O que diferencia as empresas destaques não é exatamente o que fazem e sim como fazem. Todas as empresas fazem planejamento estratégico, mas as empresas destaques o fazem de maneira organizada e sistematizada. De modo conjunto os meios e recursos são divididos, as experiências somadas e os resultados compartilhados.
  • 11. Dicas para ter um bom Relacionamento com seus Fornecedores A qualidade de todo produto ou serviço é definida por diversos fatores e depende de todo o processo, mas, sem dúvida, o fornecedor é parte fundamental nesse resultado. A boa relação cliente x fornecedor também é importante na hora de implementar programas de melhorias, pois com boas alianças o empreendedor pode obter garantias e tranquilidades na hora de investir. Nem sempre é fácil manter essa boa relação com os fornecedores e desfrutar dos benefícios; por isso, separamos algumas dicas:
  • 12.  Tenha sempre uma relação sincera e honesta;  Seja objetivo e claro desde o primeiro contato;  Fale dos seus medos, expectativas e problemas;  Mostre como ele é importante no processo;  Defina em conjunto os critérios de qualidade;  Reconheça sempre quando ele te ajudar a resolver um problema;  Preste atenção nas coisas que funcionam e foque nelas;  Seja gentil e valorize seus fornecedores.
  • 13. Lembre-se que todo bom relacionamento depende de esforços de ambas as partes. Então, procure deixar bem claro para o seu fornecedor o tipo de relação que deseja ter. Deixando as portas abertas, com certeza, as coisas ficam muito mais fáceis para todos.