SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS
CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO (Lic.)
AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
JOSEVAL MIRANDA
RAFAELLY SANTANA E THAMIRES NEVES
RECUPERAÇÃO DA
APRENDIZAGEM
x
Providencia novas estratégias que favorecem as novas aprendizagens;
Identificação da dificuldade;
Novos desafios
Aquisição e construção do conhecimento.
A exigência de recuperação é preocupação dos governantes e dos dirigentes
da educação;
Condições administrativas;
Preparação e acompanhamento dos professores;
Eficácia nos sistemas de ensino;
Elevação dos índices de aprovação;
Consequência lógica da avaliação da ação docente;
Concepção existente sobre recuperação;
Falta de preparo dos professores;
Práticas deficientes de avaliação, adotadas pelas escolas;
Grande variabilidade ou inexistência de objetivos propostos;
Baixa eficiência da gestão pedagógica;
Formalismo do ensino de português, dificultando a competência comunicativa;
Insuficiente desenvolvimento das competências intelectivas;
Precários métodos de construção curricular;
A falta de apoio pedagógico e rumos didáticos;
O ensino desvinculado da realidade;
A incongruência entre o que se ensina e as efetivas necessidades educativas;
Falta de domínio de partes importantes do conteúdo;
Insegurança dos administradores;
Os problemas do processo avaliativo;
Em nível de sala de aula;
Formas de recuperação em sala de aula:
Atendendo individualmente;
Fazendo trabalhar em duplas;
Utilizando monitores;
Solicitando tarefas extras;
Solicitando o auxílio da Família.
Em nível de escola
Pelo próprio professor;
Por outro professor encarregado da recuperação;
Em nível de Secretaria da Educação
Ritmos diferentes de aprendizagem;
Mais tempo e ajuda de outros;
Cuidado com o aspecto emocional;
Classificação entre “bons” e “fracos”;
Expectativa do professor em relação ao aluno;
“A gente quer inteiro e não pela metade.”
(Antunes, Fromer e Brito)
MELCHIOR, Maria Celina. Recuperação da aprendizagem. In: MELCHIOR, Maria Celina.
O sucesso escolar através da avaliação e da recuperação. 2. Ed. Porto Alegre:
Premier, 2004, p. 67 – 92.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ADEQUAÇÕES CURRICULARES: RESPOSTAS À DIVERSIDADE
ADEQUAÇÕES CURRICULARES: RESPOSTAS À DIVERSIDADEADEQUAÇÕES CURRICULARES: RESPOSTAS À DIVERSIDADE
ADEQUAÇÕES CURRICULARES: RESPOSTAS À DIVERSIDADEJoaquim Colôa
 
Estratégias - Pirassununga
Estratégias - PirassunungaEstratégias - Pirassununga
Estratégias - Pirassunungacamilaperez25
 
Planejamento Ensino Superior
Planejamento Ensino SuperiorPlanejamento Ensino Superior
Planejamento Ensino Superiormauricio
 
Gestão escolar i papel do pcp
Gestão escolar i   papel do pcpGestão escolar i   papel do pcp
Gestão escolar i papel do pcpValdir Almeida
 
Roteiro para Plano de Aula
Roteiro para Plano de AulaRoteiro para Plano de Aula
Roteiro para Plano de AulaGraça Sousa
 
Celi jandy moraes gomes. nota 10,0
Celi jandy moraes gomes.   nota 10,0Celi jandy moraes gomes.   nota 10,0
Celi jandy moraes gomes. nota 10,0celikennedy
 
Planejamento de Ensino
Planejamento de EnsinoPlanejamento de Ensino
Planejamento de EnsinoLene Reis
 
2 reunião dia 25 julho epa misa
2 reunião dia 25 julho epa misa2 reunião dia 25 julho epa misa
2 reunião dia 25 julho epa misaAndreia Carla Lobo
 
2019 07.25.plan avaliacao_napne
2019 07.25.plan avaliacao_napne2019 07.25.plan avaliacao_napne
2019 07.25.plan avaliacao_napneMary Andrioli
 
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)leisiv
 
SÉCULO XXI: DESAFIOS E DILEMAS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA
SÉCULO XXI: DESAFIOS E DILEMAS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVASÉCULO XXI: DESAFIOS E DILEMAS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA
SÉCULO XXI: DESAFIOS E DILEMAS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVAJoaquim Colôa
 
Modelo para elaboração de plano de aula
Modelo para elaboração de plano de aulaModelo para elaboração de plano de aula
Modelo para elaboração de plano de aulacdelmiro
 
Planejamento Escolar
Planejamento EscolarPlanejamento Escolar
Planejamento Escolarfolilim
 
Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).
Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).
Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).wilkerfilipel
 

Mais procurados (20)

ADEQUAÇÕES CURRICULARES: RESPOSTAS À DIVERSIDADE
ADEQUAÇÕES CURRICULARES: RESPOSTAS À DIVERSIDADEADEQUAÇÕES CURRICULARES: RESPOSTAS À DIVERSIDADE
ADEQUAÇÕES CURRICULARES: RESPOSTAS À DIVERSIDADE
 
Metodologia e didática
Metodologia e didáticaMetodologia e didática
Metodologia e didática
 
A avaliação
A avaliaçãoA avaliação
A avaliação
 
Estratégias - Pirassununga
Estratégias - PirassunungaEstratégias - Pirassununga
Estratégias - Pirassununga
 
Planejamento Ensino Superior
Planejamento Ensino SuperiorPlanejamento Ensino Superior
Planejamento Ensino Superior
 
Gestão escolar i papel do pcp
Gestão escolar i   papel do pcpGestão escolar i   papel do pcp
Gestão escolar i papel do pcp
 
Roteiro para Plano de Aula
Roteiro para Plano de AulaRoteiro para Plano de Aula
Roteiro para Plano de Aula
 
Celi jandy moraes gomes. nota 10,0
Celi jandy moraes gomes.   nota 10,0Celi jandy moraes gomes.   nota 10,0
Celi jandy moraes gomes. nota 10,0
 
Add aepc avaliacao-docentes_geral
Add   aepc avaliacao-docentes_geralAdd   aepc avaliacao-docentes_geral
Add aepc avaliacao-docentes_geral
 
Planejamento de Ensino
Planejamento de EnsinoPlanejamento de Ensino
Planejamento de Ensino
 
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
64470 olimpio camargo prof 2014630 (1)
 
2 reunião dia 25 julho epa misa
2 reunião dia 25 julho epa misa2 reunião dia 25 julho epa misa
2 reunião dia 25 julho epa misa
 
Plano de ensino ppt
Plano de ensino pptPlano de ensino ppt
Plano de ensino ppt
 
2019 07.25.plan avaliacao_napne
2019 07.25.plan avaliacao_napne2019 07.25.plan avaliacao_napne
2019 07.25.plan avaliacao_napne
 
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
Plano de aula e de ensino ( 1 aula)
 
SÉCULO XXI: DESAFIOS E DILEMAS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA
SÉCULO XXI: DESAFIOS E DILEMAS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVASÉCULO XXI: DESAFIOS E DILEMAS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA
SÉCULO XXI: DESAFIOS E DILEMAS DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA
 
Modelo para elaboração de plano de aula
Modelo para elaboração de plano de aulaModelo para elaboração de plano de aula
Modelo para elaboração de plano de aula
 
Ppt planejamento 2016 rosina
Ppt   planejamento 2016 rosinaPpt   planejamento 2016 rosina
Ppt planejamento 2016 rosina
 
Planejamento Escolar
Planejamento EscolarPlanejamento Escolar
Planejamento Escolar
 
Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).
Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).
Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).
 

Semelhante a Recuperação da aprendizagem

Seminário - Recuperação da aprendizagem.
Seminário - Recuperação da aprendizagem.Seminário - Recuperação da aprendizagem.
Seminário - Recuperação da aprendizagem.SharllesGuedes
 
Recuperação da Aprendizagem.
Recuperação da Aprendizagem.Recuperação da Aprendizagem.
Recuperação da Aprendizagem.Jefjac
 
Semi nu00 c1rio. recuperau00c7u00c3o da aprendizagem
Semi nu00 c1rio. recuperau00c7u00c3o da aprendizagemSemi nu00 c1rio. recuperau00c7u00c3o da aprendizagem
Semi nu00 c1rio. recuperau00c7u00c3o da aprendizagemÍtalo Dantas
 
Seminario o direito de errar
Seminario o direito de errarSeminario o direito de errar
Seminario o direito de errarAndreza Lira
 
Seminario o direito de errar
Seminario o direito de errarSeminario o direito de errar
Seminario o direito de errarAndreza Lira
 
Otaciso_Seminário2
Otaciso_Seminário2Otaciso_Seminário2
Otaciso_Seminário2LidiaPerside
 
Avaliação escolar e democratização o direito de errar
Avaliação escolar e democratização o direito de errarAvaliação escolar e democratização o direito de errar
Avaliação escolar e democratização o direito de errarjefc21
 
Slide 07 - Avaliação escolar e democratização: o direito de errar
Slide 07 - Avaliação escolar e democratização: o direito de errarSlide 07 - Avaliação escolar e democratização: o direito de errar
Slide 07 - Avaliação escolar e democratização: o direito de errarrafaelly04
 
Apresenta..Escola participativa
Apresenta..Escola participativaApresenta..Escola participativa
Apresenta..Escola participativaadrianafrancisca
 
Slides unidade 1 parte 2
Slides unidade 1   parte 2Slides unidade 1   parte 2
Slides unidade 1 parte 2Lais Renata
 
Saberes pedagógicos e práticas docentes no ensino de
Saberes pedagógicos e práticas docentes no ensino deSaberes pedagógicos e práticas docentes no ensino de
Saberes pedagógicos e práticas docentes no ensino deUFMA e UEMA
 
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptxAula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptxMaelDaSilvaNegreiros
 
Avaliação na alfabetização na perspectiva de um currículo
Avaliação na alfabetização na perspectiva de um currículoAvaliação na alfabetização na perspectiva de um currículo
Avaliação na alfabetização na perspectiva de um currículoTatiana Schiavon
 
Slides p.p.p. marília fonseca
Slides p.p.p. marília fonsecaSlides p.p.p. marília fonseca
Slides p.p.p. marília fonsecaMariclei2011
 

Semelhante a Recuperação da aprendizagem (20)

Seminário - Recuperação da aprendizagem.
Seminário - Recuperação da aprendizagem.Seminário - Recuperação da aprendizagem.
Seminário - Recuperação da aprendizagem.
 
Recuperação da Aprendizagem.
Recuperação da Aprendizagem.Recuperação da Aprendizagem.
Recuperação da Aprendizagem.
 
Semi nu00 c1rio. recuperau00c7u00c3o da aprendizagem
Semi nu00 c1rio. recuperau00c7u00c3o da aprendizagemSemi nu00 c1rio. recuperau00c7u00c3o da aprendizagem
Semi nu00 c1rio. recuperau00c7u00c3o da aprendizagem
 
Seminario o direito de errar
Seminario o direito de errarSeminario o direito de errar
Seminario o direito de errar
 
S2 2
S2 2S2 2
S2 2
 
O direito de errar
O direito de errarO direito de errar
O direito de errar
 
Seminario o direito de errar
Seminario o direito de errarSeminario o direito de errar
Seminario o direito de errar
 
Otaciso_Seminário2
Otaciso_Seminário2Otaciso_Seminário2
Otaciso_Seminário2
 
Avaliação escolar e democratização o direito de errar
Avaliação escolar e democratização o direito de errarAvaliação escolar e democratização o direito de errar
Avaliação escolar e democratização o direito de errar
 
Slide 07 - Avaliação escolar e democratização: o direito de errar
Slide 07 - Avaliação escolar e democratização: o direito de errarSlide 07 - Avaliação escolar e democratização: o direito de errar
Slide 07 - Avaliação escolar e democratização: o direito de errar
 
Apresenta..[1]
Apresenta..[1]Apresenta..[1]
Apresenta..[1]
 
Escola participativa
Escola participativaEscola participativa
Escola participativa
 
Apresenta..Escola participativa
Apresenta..Escola participativaApresenta..Escola participativa
Apresenta..Escola participativa
 
Slides unidade 1 parte 2
Slides unidade 1   parte 2Slides unidade 1   parte 2
Slides unidade 1 parte 2
 
Saberes pedagógicos e práticas docentes no ensino de
Saberes pedagógicos e práticas docentes no ensino deSaberes pedagógicos e práticas docentes no ensino de
Saberes pedagógicos e práticas docentes no ensino de
 
Análise de desempenho
Análise de desempenhoAnálise de desempenho
Análise de desempenho
 
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptxAula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
Aula 2 - Avaliação em Educacional atual.pptx
 
Avaliação na alfabetização na perspectiva de um currículo
Avaliação na alfabetização na perspectiva de um currículoAvaliação na alfabetização na perspectiva de um currículo
Avaliação na alfabetização na perspectiva de um currículo
 
Slides p.p.p. marília fonseca
Slides p.p.p. marília fonsecaSlides p.p.p. marília fonseca
Slides p.p.p. marília fonseca
 
Nb m08t26
Nb m08t26Nb m08t26
Nb m08t26
 

Mais de thamiresaneves

Apresentação da disciplina
Apresentação da disciplinaApresentação da disciplina
Apresentação da disciplinathamiresaneves
 
Atividades complementares
Atividades complementaresAtividades complementares
Atividades complementaresthamiresaneves
 
Do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude
Do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtudeDo erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude
Do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtudethamiresaneves
 
A favor ou contra a democratização do ensino
A favor ou contra a democratização do ensinoA favor ou contra a democratização do ensino
A favor ou contra a democratização do ensinothamiresaneves
 
Para além do autoritarismo
Para além do autoritarismoPara além do autoritarismo
Para além do autoritarismothamiresaneves
 
Comunicação dos resultados
Comunicação dos resultadosComunicação dos resultados
Comunicação dos resultadosthamiresaneves
 
Para além do fracasso escolar
Para além do fracasso escolarPara além do fracasso escolar
Para além do fracasso escolarthamiresaneves
 
O erro e o fracasso escolar
O erro e o fracasso escolarO erro e o fracasso escolar
O erro e o fracasso escolarthamiresaneves
 
A favor ou contra a democratização do ensino
A favor ou contra a democratização do ensinoA favor ou contra a democratização do ensino
A favor ou contra a democratização do ensinothamiresaneves
 
Avaliação como espaço de aprendizagem em softwares educativos avaliação como ...
Avaliação como espaço de aprendizagem em softwares educativos avaliação como ...Avaliação como espaço de aprendizagem em softwares educativos avaliação como ...
Avaliação como espaço de aprendizagem em softwares educativos avaliação como ...thamiresaneves
 

Mais de thamiresaneves (17)

Mapa conceitual 1
Mapa conceitual 1Mapa conceitual 1
Mapa conceitual 1
 
Mapa conceitual2
Mapa conceitual2Mapa conceitual2
Mapa conceitual2
 
Apresentação da disciplina
Apresentação da disciplinaApresentação da disciplina
Apresentação da disciplina
 
Textos complementares
Textos complementaresTextos complementares
Textos complementares
 
Memória 1
Memória 1Memória 1
Memória 1
 
Atividades complementares
Atividades complementaresAtividades complementares
Atividades complementares
 
Notas dos seminários
Notas dos semináriosNotas dos seminários
Notas dos seminários
 
Um ato amoroso
Um ato amorosoUm ato amoroso
Um ato amoroso
 
Do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude
Do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtudeDo erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude
Do erro como fonte de castigo ao erro como fonte de virtude
 
A favor ou contra a democratização do ensino
A favor ou contra a democratização do ensinoA favor ou contra a democratização do ensino
A favor ou contra a democratização do ensino
 
Para além do autoritarismo
Para além do autoritarismoPara além do autoritarismo
Para além do autoritarismo
 
Comunicação dos resultados
Comunicação dos resultadosComunicação dos resultados
Comunicação dos resultados
 
Para além do fracasso escolar
Para além do fracasso escolarPara além do fracasso escolar
Para além do fracasso escolar
 
O erro e o fracasso escolar
O erro e o fracasso escolarO erro e o fracasso escolar
O erro e o fracasso escolar
 
O fracasso escolar
O fracasso escolarO fracasso escolar
O fracasso escolar
 
A favor ou contra a democratização do ensino
A favor ou contra a democratização do ensinoA favor ou contra a democratização do ensino
A favor ou contra a democratização do ensino
 
Avaliação como espaço de aprendizagem em softwares educativos avaliação como ...
Avaliação como espaço de aprendizagem em softwares educativos avaliação como ...Avaliação como espaço de aprendizagem em softwares educativos avaliação como ...
Avaliação como espaço de aprendizagem em softwares educativos avaliação como ...
 

Último

Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptParticular
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxMarceloMonteiro213738
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptxLuana240603
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxlucivaniaholanda
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 

Último (20)

Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 

Recuperação da aprendizagem

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO (Lic.) AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM JOSEVAL MIRANDA RAFAELLY SANTANA E THAMIRES NEVES RECUPERAÇÃO DA APRENDIZAGEM
  • 2. x
  • 3.
  • 4. Providencia novas estratégias que favorecem as novas aprendizagens; Identificação da dificuldade; Novos desafios Aquisição e construção do conhecimento.
  • 5. A exigência de recuperação é preocupação dos governantes e dos dirigentes da educação; Condições administrativas; Preparação e acompanhamento dos professores; Eficácia nos sistemas de ensino; Elevação dos índices de aprovação; Consequência lógica da avaliação da ação docente;
  • 6. Concepção existente sobre recuperação; Falta de preparo dos professores; Práticas deficientes de avaliação, adotadas pelas escolas; Grande variabilidade ou inexistência de objetivos propostos; Baixa eficiência da gestão pedagógica; Formalismo do ensino de português, dificultando a competência comunicativa; Insuficiente desenvolvimento das competências intelectivas;
  • 7. Precários métodos de construção curricular; A falta de apoio pedagógico e rumos didáticos; O ensino desvinculado da realidade; A incongruência entre o que se ensina e as efetivas necessidades educativas; Falta de domínio de partes importantes do conteúdo; Insegurança dos administradores; Os problemas do processo avaliativo;
  • 8. Em nível de sala de aula; Formas de recuperação em sala de aula: Atendendo individualmente; Fazendo trabalhar em duplas; Utilizando monitores; Solicitando tarefas extras; Solicitando o auxílio da Família.
  • 9. Em nível de escola Pelo próprio professor; Por outro professor encarregado da recuperação; Em nível de Secretaria da Educação
  • 10. Ritmos diferentes de aprendizagem; Mais tempo e ajuda de outros; Cuidado com o aspecto emocional; Classificação entre “bons” e “fracos”; Expectativa do professor em relação ao aluno; “A gente quer inteiro e não pela metade.” (Antunes, Fromer e Brito)
  • 11. MELCHIOR, Maria Celina. Recuperação da aprendizagem. In: MELCHIOR, Maria Celina. O sucesso escolar através da avaliação e da recuperação. 2. Ed. Porto Alegre: Premier, 2004, p. 67 – 92.