SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
Quando usar à crase?
Temos vários tipos de contração ou combinação na Língua
Portuguesa. A contração se dá na junção de uma preposição com
outra palavra.
Na combinação, as palavras não perdem nenhuma letra quando
feita a união. Observe:
• Aonde (preposição a + advérbio onde)
• Ao (preposição a + artigo o)
Na contração, as palavras perdem alguma letra no
momento da junção. Veja:
• da ( preposição de + artigo a)
• na (preposição em + artigo a)
Agora, há um caso de contração que gera muitas dúvidas
quanto ao uso nas orações: a crase.
Crase é a junção da preposição “a” com o artigo definido “a
(s)”, ou ainda da preposição “a” com as iniciais dos
pronomes demonstrativos aquela(s), aquele(s), aquilo ou
com o pronome relativo a qual (as quais). Graficamente, a
fusão das vogais “a” é representada por um acento grave,
assinalado no sentido contrário ao acento agudo: à.
Como saber se devo empregar a crase? Uma dica é
substituir a crase por “ao” e o substantivo feminino por um
masculino, caso essa preposição seja aceita sem prejuízo
de sentido, então com certeza há crase.
Crase é a junção da preposição “a” com o artigo definido “a(s)”, ou ainda da
preposição “a” com as iniciais dos pronomes demonstrativos aquela(s), aquele
(s), aquilo ou com o pronome relativo a qual (as quais). Graficamente, a fusão
das vogais “a” é representada por um acento grave, assinalado no sentido
contrário ao acento agudo: à.
Como saber se devo empregar a crase? Uma dica é substituir a crase por “ao”
e o substantivo feminino por um masculino, caso essa preposição seja aceita
sem prejuízo de sentido, então com certeza há crase.
É importante lembrar dos casos em que a crase é
empregada, obrigatoriamente: nas expressões que indicam
horas ou nas locuções à medida que, às vezes, à noite,
dentre outras, e ainda na expressão “à moda”. Veja:
Exemplos: Sairei às duas horas da tarde.
À medida que o tempo passa, fico mais feliz por você estar
no Brasil.
Quero uma pizza à moda italiana.
Importante: A crase não ocorre: antes de palavras
masculinas; antes de verbos, de pronomes pessoais, de
nomes de cidade que não utilizam o artigo feminino, da
palavra casa quando tem significado do próprio lar, da
palavra terra quando tem sentido de solo e de expressões
com palavras repetidas (dia a dia).
A CRASE E OS PRONOMES DEMONSTRATIVOS:
AQUELE, AQUELA, AQUILO!
Você já teve dúvidas se colocava ou não a crase nos
pronomes demonstrativos? O problema é que esta crase
não é do pronome, mas sim a representação da junção da
preposição que o antecede e seu “a” inicial!
Assim, existirá o acento grave quando o que foi dito
anteriormente exigir a preposição “a”. Veja:
Refiro-me a alguém.
Refiro-me a aquela mulher.
Refiro-me àquela mulher.
Agora veja: Refiro-me àquela mulher que entrou agora ou
Refiro-me à que entrou agora.
Ficará ainda mais claro se você substituir o pronome por
outro que não comece com “a”:
Não me refiro àquilo que aconteceu ontem. Refiro-me a
isso que aconteceu agora.
Não se assuste em colocar a crase antes de “aquele”, por
se tratar de um termo masculino, pois o que é levado em
consideração é o “a” do início.
Este caderno é igual àquele que vimos ontem.
Agora veja com mais exatidão: Você receberá o seu bônus
quando este suceder àqueledos minutos gratuitos.
Você receberá o seu bônus quando ele suceder a este
plano de minutos gratuitos. A crase também pode ocorrer
com os pronomes relativos a qual, as quais: As
celebrações às quais assisti eram muito mais breves.
Ainda pode ocorrer com “à que”, a fim de se evitar
repetições desnecessárias:
Comprou uma capa igual à (capa) que tinha estragado na
última chuva.
Para mais informações, acesse: emanuelhallef.
wordpress.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (19)

Uso da crase
Uso da crase Uso da crase
Uso da crase
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Super-resumo uso da crase
Super-resumo uso da craseSuper-resumo uso da crase
Super-resumo uso da crase
 
Uso da crase
Uso da craseUso da crase
Uso da crase
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Estudo sobre Crase
Estudo sobre CraseEstudo sobre Crase
Estudo sobre Crase
 
Crase 2
Crase 2Crase 2
Crase 2
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Crase2 120529191625-phpapp01
Crase2 120529191625-phpapp01Crase2 120529191625-phpapp01
Crase2 120529191625-phpapp01
 
Arcadismo
ArcadismoArcadismo
Arcadismo
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Reforma OrtográFica
Reforma OrtográFicaReforma OrtográFica
Reforma OrtográFica
 
Reforma OrtográFica
Reforma OrtográFicaReforma OrtográFica
Reforma OrtográFica
 
A crase
A craseA crase
A crase
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
1.2.2 crase
1.2.2   crase1.2.2   crase
1.2.2 crase
 
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 12
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 12Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 12
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 12
 
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 6
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 6Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 6
Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 6
 

Destaque (9)

Exerc
ExercExerc
Exerc
 
Adjetivos e locuções adjetivas antonio
Adjetivos e locuções  adjetivas antonioAdjetivos e locuções  adjetivas antonio
Adjetivos e locuções adjetivas antonio
 
Locução adjetiva
Locução adjetivaLocução adjetiva
Locução adjetiva
 
Locuçao adjetiva
Locuçao adjetivaLocuçao adjetiva
Locuçao adjetiva
 
Adjetivos
AdjetivosAdjetivos
Adjetivos
 
Estrutura das palavras
Estrutura das palavrasEstrutura das palavras
Estrutura das palavras
 
O que é um adjetivo e locução adjetiva
O que é um adjetivo e locução adjetivaO que é um adjetivo e locução adjetiva
O que é um adjetivo e locução adjetiva
 
A classe dos adjetivos
A classe dos adjetivosA classe dos adjetivos
A classe dos adjetivos
 
Adjetivo
AdjetivoAdjetivo
Adjetivo
 

Semelhante a Quando usar à crase

10 dicas para entender a crase aula I
10 dicas para entender a crase   aula I10 dicas para entender a crase   aula I
10 dicas para entender a crase aula I
Ayla De Sá Marques
 
Curso de português erros mais comuns - aula 3
Curso de português   erros mais comuns - aula 3Curso de português   erros mais comuns - aula 3
Curso de português erros mais comuns - aula 3
Ricardo Fidelis
 
Aula 6 crase
Aula 6   craseAula 6   crase
Aula 6 crase
J M
 
Esclarecimento À, á, há ou ah
Esclarecimento   À, á, há ou ahEsclarecimento   À, á, há ou ah
Esclarecimento À, á, há ou ah
orlandoroberto
 
Esclarecimento À á, há ou ah
Esclarecimento   À á, há ou ahEsclarecimento   À á, há ou ah
Esclarecimento À á, há ou ah
orlandoroberto
 

Semelhante a Quando usar à crase (20)

Nilvaandrade ativ5
Nilvaandrade ativ5Nilvaandrade ativ5
Nilvaandrade ativ5
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
CRASE1.pptx
CRASE1.pptxCRASE1.pptx
CRASE1.pptx
 
Crase: Como Usar?
Crase: Como Usar?Crase: Como Usar?
Crase: Como Usar?
 
A Comunicação Escrita Através da Abordagem Gramatical
A Comunicação Escrita Através da Abordagem GramaticalA Comunicação Escrita Através da Abordagem Gramatical
A Comunicação Escrita Através da Abordagem Gramatical
 
Crase (à)
Crase (à)Crase (à)
Crase (à)
 
10 dicas para entender a crase aula I
10 dicas para entender a crase   aula I10 dicas para entender a crase   aula I
10 dicas para entender a crase aula I
 
Regência e crase
Regência e craseRegência e crase
Regência e crase
 
Curso de português erros mais comuns - aula 3
Curso de português   erros mais comuns - aula 3Curso de português   erros mais comuns - aula 3
Curso de português erros mais comuns - aula 3
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
 
Aula 6 crase
Aula 6   craseAula 6   crase
Aula 6 crase
 
Algumas regras de uso da Crase - ensino medio.ppt
Algumas regras de uso da Crase - ensino medio.pptAlgumas regras de uso da Crase - ensino medio.ppt
Algumas regras de uso da Crase - ensino medio.ppt
 
Camões crase
Camões   craseCamões   crase
Camões crase
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Novas Regras de Ortografia
Novas Regras de OrtografiaNovas Regras de Ortografia
Novas Regras de Ortografia
 
Esclarecimento à, á, há, ah
Esclarecimento   à, á, há, ahEsclarecimento   à, á, há, ah
Esclarecimento à, á, há, ah
 
Blog
BlogBlog
Blog
 
Presentación de os acentos.
Presentación de os acentos.Presentación de os acentos.
Presentación de os acentos.
 
Esclarecimento À, á, há ou ah
Esclarecimento   À, á, há ou ahEsclarecimento   À, á, há ou ah
Esclarecimento À, á, há ou ah
 
Esclarecimento À á, há ou ah
Esclarecimento   À á, há ou ahEsclarecimento   À á, há ou ah
Esclarecimento À á, há ou ah
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 

Quando usar à crase

  • 1. Quando usar à crase?
  • 2. Temos vários tipos de contração ou combinação na Língua Portuguesa. A contração se dá na junção de uma preposição com outra palavra. Na combinação, as palavras não perdem nenhuma letra quando feita a união. Observe: • Aonde (preposição a + advérbio onde) • Ao (preposição a + artigo o)
  • 3. Na contração, as palavras perdem alguma letra no momento da junção. Veja: • da ( preposição de + artigo a) • na (preposição em + artigo a) Agora, há um caso de contração que gera muitas dúvidas quanto ao uso nas orações: a crase.
  • 4. Crase é a junção da preposição “a” com o artigo definido “a (s)”, ou ainda da preposição “a” com as iniciais dos pronomes demonstrativos aquela(s), aquele(s), aquilo ou com o pronome relativo a qual (as quais). Graficamente, a fusão das vogais “a” é representada por um acento grave, assinalado no sentido contrário ao acento agudo: à. Como saber se devo empregar a crase? Uma dica é substituir a crase por “ao” e o substantivo feminino por um masculino, caso essa preposição seja aceita sem prejuízo de sentido, então com certeza há crase.
  • 5. Crase é a junção da preposição “a” com o artigo definido “a(s)”, ou ainda da preposição “a” com as iniciais dos pronomes demonstrativos aquela(s), aquele (s), aquilo ou com o pronome relativo a qual (as quais). Graficamente, a fusão das vogais “a” é representada por um acento grave, assinalado no sentido contrário ao acento agudo: à. Como saber se devo empregar a crase? Uma dica é substituir a crase por “ao” e o substantivo feminino por um masculino, caso essa preposição seja aceita sem prejuízo de sentido, então com certeza há crase.
  • 6. É importante lembrar dos casos em que a crase é empregada, obrigatoriamente: nas expressões que indicam horas ou nas locuções à medida que, às vezes, à noite, dentre outras, e ainda na expressão “à moda”. Veja: Exemplos: Sairei às duas horas da tarde. À medida que o tempo passa, fico mais feliz por você estar no Brasil. Quero uma pizza à moda italiana.
  • 7. Importante: A crase não ocorre: antes de palavras masculinas; antes de verbos, de pronomes pessoais, de nomes de cidade que não utilizam o artigo feminino, da palavra casa quando tem significado do próprio lar, da palavra terra quando tem sentido de solo e de expressões com palavras repetidas (dia a dia).
  • 8. A CRASE E OS PRONOMES DEMONSTRATIVOS: AQUELE, AQUELA, AQUILO! Você já teve dúvidas se colocava ou não a crase nos pronomes demonstrativos? O problema é que esta crase não é do pronome, mas sim a representação da junção da preposição que o antecede e seu “a” inicial! Assim, existirá o acento grave quando o que foi dito anteriormente exigir a preposição “a”. Veja:
  • 9. Refiro-me a alguém. Refiro-me a aquela mulher. Refiro-me àquela mulher. Agora veja: Refiro-me àquela mulher que entrou agora ou Refiro-me à que entrou agora. Ficará ainda mais claro se você substituir o pronome por outro que não comece com “a”:
  • 10. Não me refiro àquilo que aconteceu ontem. Refiro-me a isso que aconteceu agora. Não se assuste em colocar a crase antes de “aquele”, por se tratar de um termo masculino, pois o que é levado em consideração é o “a” do início. Este caderno é igual àquele que vimos ontem. Agora veja com mais exatidão: Você receberá o seu bônus quando este suceder àqueledos minutos gratuitos.
  • 11. Você receberá o seu bônus quando ele suceder a este plano de minutos gratuitos. A crase também pode ocorrer com os pronomes relativos a qual, as quais: As celebrações às quais assisti eram muito mais breves. Ainda pode ocorrer com “à que”, a fim de se evitar repetições desnecessárias: Comprou uma capa igual à (capa) que tinha estragado na última chuva.
  • 12. Para mais informações, acesse: emanuelhallef. wordpress.com