SlideShare uma empresa Scribd logo
Curso de Formação de tutores on-line
                  SENAI




             Unidade 2 – Aula 2

          Teorias de Aprendizagem




                          Aluna: Maria Cristina Ricardo

                                           25/06/2012
Principais Teorias da Aprendizagem1


1. Associacionista, Comportamentalista
   Pavlov, Watson, Guthrie, Hull, Thorndike e Skinner

       acreditam que manipulando os elementos do ambiente(estímulos) pode-se controlar o
       comportamento;
       comportamento: definido como um objeto observável, mensurável e que pode ser
       reproduzido em diferentes condições e em diferentes sujeitos;
       a base de todo o conhecimento é a experiência planejada.


       Educação: visão pragmática, objetiva a transmissão de conhecimentos e a capacitação
       técnica por meio de competências e habilidades.
       Aprendizagem: processo cego e mecânico de associação de estímulos e respostas,
       provocado e determinado pelas condições externas, ignorando as internas.
       Ensino: preparar e organizar as contingências de reforço que facilitam aaquisição dos
       esquemas e tipos de condutas desejadas.

       Alunos: passivos, à mercê das contingências do ambiente e dos agentes controladores;
       Conteúdos: visa objetivos e habilidades que levam à competência técnica;
       Professor: planejador e analista de contingências. Sua função é arranjar contingências
       de reforço;

       Metodologia : individualização do ensino (ensino dirigido , instrução programada, etc)
       Avaliação: classificatória, valoriza aspectos mensuráveis e observáveis.


2. Mediacionais
   Kofka, Köhler, Whertheimer, Maslow, Rogers.

   Gestalt, Genético-Cognitiva, Genético-Dialética, Significativa
      destacam a importância da ação, do envolvimento e da interação do sujeito com o
      objeto a ser conhecido e a realidade;
      dão importância às variáveis internas da aprendizagem;
      consideram a conduta humana como totalidade.

Aprendizagem
       processo de conhecimento, de compreensão das relações em que as condições
       externas atuam mediadas pelas condições internas.
       supremacia da aprendizagem significativa, que supõe reorganização cognitiva e
       atividade interna.

3. Aprendizagem Genético-Cognitiva
   Piaget
       Estudou o desenvolvimento humano e relacionou-o à aprendizagem, utilizando-se das
       Estruturas Cognitivas (regulam a influência do meio, que são resultados de processos
       genéticos). A aprendizagem constrói-se em processos de troca, por isso sua teoria é
       chamada de construtivista.
Comportamento humano: não é inato, nem resultado de condicionamento. Sujeito e
       objeto interagem em um processo que resulta na construção e reconstrução de
       estruturas cognitivas.


       Epistemologia Genética: estudo dos mecanismos de formação do conhecimento
       lógico, tais como as noções de tempo, espaço, objeto, causalidade, etc; da gênese e
       evolução do conhecimento.
       Inteligência: adaptação a situações novas. Dá-se em etapas ou estágios sucessivos,
       com complexidades crescentes, encadeadas umas às outras.

Construtivismo sequencial – desenvolvimento da inteligência faz-se pela complexidade
crescente, onde um estágio é resultante de outro anterior.

Estágios do Desenvolvimento Genético-Cognitivo: patamares de desenvolvimento que se dá
pela sucessão (organização de ações e pensamentos, característicode cada fase do
desenvolvimento do indivíduo).
    1. Período Sensório Motor
    2. Pré-operatório ou Simbólico ou Indutivo : 2 aos 7 anos, aproximadamente
    3. Período Operatório Concreto: 7 aos 11 aos, aproximadamente.
    4. Período Operatorio Lógico Formal ou Abstrato: dos 12 aos 16 anos em diante



4. Aprendizagem Genético-Dialética
   Vygotsky, Luria, Leontiev, Rubinstein


Aprendizagem: está em função da comunicação e do desenvolvimento (resultado do
intercâmbio entre a informação genética e o contato com o meio historicamente constituído).
Zona de desenvolvimento potencial/proximal - A formação das estruturas formais da mente é
realizada pela atividade e pela coordenação das ações que o indivíduo realiza e pela
apropriação da bagagem cultural.

   Vygotsky:
      a formação de conceitos remete às relações entre pensamento e linguagem.
      Constitui sua teoria tendo por base o desenvolvimento do indivíduo como resultado de
      um processo sócio-histórico, enfatizando o papel da linguagem e da aprendizagem
      nesse desenvolvimento.
      Mediação: enquanto sujeito do conhecimento, o homem não tem acesso direto aos
      objetos, mas acesso mediado, através de recortes do real, operados por sistemas
      simbólicos de que dispõe, pt, Enfatiza a construção do conhecimento como uma
      interação mediada por várias relações, ou seja, o conhecimento não está sendo visto
      como uma ação do sujeito sobre a realidade, assim como no construtivismo e sim pela
      mediação feita pelos outros sujeitos.

Linguagem: fornece os conceitos, as formas de organização do real, a mediação entre o sujeito
e o objeto do conhecimento. É por meio dela que as funções mentais superiores são
socialmente formados e culturalmente transmitidos, portanto, sociedades e culturas
diferentes produzem estruturas diferenciadas.
Função mental: pensamento, memória, percepção e atenção. A interação social e o
instrumento linguístico são decisivos para o desenvolvimento.


5. Aprendizagem Genético-Dialética Francesa
    Wallon, Zazzo e Merani

         Aprendizagem: Também está relacionada ao desenvolvimento e às experiências com o
         meio.
         Emoções: assumem um papel importante na aprendizagem. Toda a atividade cognitiva
         implica em componentes afetivos que, por si mesmos, impulsionam a atividade.

As estruturas psicológicas serão desde agora a variável mais importante da aprendizagem,
tendo sempre presente que tais estruturas são redes complexas e interativas de pensamento,
emoção e atividade. (Gomez)


6. Aprendizagem Significativa
    Ausubel, Coll

Aprendizagem compreende aspectos lógicos e psicológicos
       Lógicos: - coerência na estrutura do conteúdo; - seqüência lógica nos processos -
       conseqüências nas relações entre seus componentes.
       Psicológicos: conteúdos compreensíveis desde a estrutura cognitiva que o sujeito que
       aprende possui.

         Vinculação subtancial das novas idéias e conceitos com a bagagem cognitiva do
         indivíduo - subsunçores.
         Não é mecânica, repetitiva, memorialística.

Condições:
1ª Potencialidade significativa do material didático;
2ª Disposição positiva do indivíduo em relação à à aprendizagem




NOTA

1 – pesquisa na internet: Principais Teorias da Aprendizagem - Venice T. Grings

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Definições e conceitos básicos em análise do comportamento
Definições e conceitos básicos em análise do comportamentoDefinições e conceitos básicos em análise do comportamento
Definições e conceitos básicos em análise do comportamento
Nilson Dias Castelano
 
Psicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do TrabalhoPsicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do Trabalho
Felipe Saraiva Nunes de Pinho
 
Vygotsky
VygotskyVygotsky
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuaçãopsicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
fatima amitaflustosa
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Marcelo Assis
 
Psicologia escolar e educacional
Psicologia escolar e educacionalPsicologia escolar e educacional
Psicologia escolar e educacional
Thiago de Almeida
 
Princípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamentoPrincípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamento
carolmorbach
 
Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
Juliermeson Morais
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
Grasiela Dourado
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Trabalho slides behavorismo 2014
Trabalho slides behavorismo 2014Trabalho slides behavorismo 2014
Trabalho slides behavorismo 2014
Magistério Magistério
 
01 pedagogia empresarial
01 pedagogia empresarial01 pedagogia empresarial
01 pedagogia empresarial
Marlete Outeiro
 
Psicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoPsicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimento
Marcela Montalvão Teti
 
Humanismo Carl Rogers
Humanismo Carl RogersHumanismo Carl Rogers
Humanismo Carl Rogers
Elisabeth Lima de Oliveira
 
1 apostila metodologia de técnicas de exame psicológico prof. lele 12010
1 apostila metodologia de técnicas de exame  psicológico prof. lele 120101 apostila metodologia de técnicas de exame  psicológico prof. lele 12010
1 apostila metodologia de técnicas de exame psicológico prof. lele 12010
Sarha Vasquez
 
Abordagem Humanista
Abordagem HumanistaAbordagem Humanista
Abordagem Humanista
Ines Santos
 
Aula planejamento de carreira
Aula planejamento de carreiraAula planejamento de carreira
Aula planejamento de carreira
André Boaratti
 
RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNORELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
Cursos Profissionalizantes
 
Slide sobre aprendizagem
Slide sobre aprendizagem Slide sobre aprendizagem
Slide sobre aprendizagem
ritadecassiaprof
 
O que é a psicologia social silvia t. maurer lane
O que é a psicologia social   silvia t. maurer laneO que é a psicologia social   silvia t. maurer lane
O que é a psicologia social silvia t. maurer lane
Leandro Santos da Silva
 

Mais procurados (20)

Definições e conceitos básicos em análise do comportamento
Definições e conceitos básicos em análise do comportamentoDefinições e conceitos básicos em análise do comportamento
Definições e conceitos básicos em análise do comportamento
 
Psicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do TrabalhoPsicologia Organizacional e do Trabalho
Psicologia Organizacional e do Trabalho
 
Vygotsky
VygotskyVygotsky
Vygotsky
 
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuaçãopsicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Psicologia escolar e educacional
Psicologia escolar e educacionalPsicologia escolar e educacional
Psicologia escolar e educacional
 
Princípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamentoPrincípios de análise do comportamento
Princípios de análise do comportamento
 
Psicologia humanista
Psicologia humanistaPsicologia humanista
Psicologia humanista
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
 
Trabalho slides behavorismo 2014
Trabalho slides behavorismo 2014Trabalho slides behavorismo 2014
Trabalho slides behavorismo 2014
 
01 pedagogia empresarial
01 pedagogia empresarial01 pedagogia empresarial
01 pedagogia empresarial
 
Psicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimentoPsicologia do desenvolvimento
Psicologia do desenvolvimento
 
Humanismo Carl Rogers
Humanismo Carl RogersHumanismo Carl Rogers
Humanismo Carl Rogers
 
1 apostila metodologia de técnicas de exame psicológico prof. lele 12010
1 apostila metodologia de técnicas de exame  psicológico prof. lele 120101 apostila metodologia de técnicas de exame  psicológico prof. lele 12010
1 apostila metodologia de técnicas de exame psicológico prof. lele 12010
 
Abordagem Humanista
Abordagem HumanistaAbordagem Humanista
Abordagem Humanista
 
Aula planejamento de carreira
Aula planejamento de carreiraAula planejamento de carreira
Aula planejamento de carreira
 
RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNORELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
RELAÇÃO PROFESSOR X ALUNO
 
Slide sobre aprendizagem
Slide sobre aprendizagem Slide sobre aprendizagem
Slide sobre aprendizagem
 
O que é a psicologia social silvia t. maurer lane
O que é a psicologia social   silvia t. maurer laneO que é a psicologia social   silvia t. maurer lane
O que é a psicologia social silvia t. maurer lane
 

Destaque

Ivan Pavlov
Ivan PavlovIvan Pavlov
Ivan Pavlov
Valéria
 
Objecto da Psicologia
Objecto da PsicologiaObjecto da Psicologia
Objecto da Psicologia
Jorge Barbosa
 
O OBJECTO DA PSICOLOGIA
O OBJECTO DA PSICOLOGIAO OBJECTO DA PSICOLOGIA
O OBJECTO DA PSICOLOGIA
Vitor Manuel de Carvalho
 
Teorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
Teorias Da Aprendizagem Material Para AlunosTeorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
Teorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
neliane frança
 
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosTeorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Instituto Consciência GO
 
Comportamento Respondente - Ivan Pavlov
Comportamento Respondente - Ivan PavlovComportamento Respondente - Ivan Pavlov
Comportamento Respondente - Ivan Pavlov
Eduardo Manfré
 
Teorias Pedagógica de Aprendizagem
Teorias Pedagógica de AprendizagemTeorias Pedagógica de Aprendizagem
Teorias Pedagógica de Aprendizagem
Sabrina Mariana
 
Wunt.associacionismo
Wunt.associacionismoWunt.associacionismo
Wunt.associacionismo
Universidade Católica Portuguesa
 
Desenvolvimento Cognitivo: Piaget
Desenvolvimento Cognitivo: PiagetDesenvolvimento Cognitivo: Piaget
Desenvolvimento Cognitivo: Piaget
Manô Araújo
 
Watson e o Behaviorismo
Watson e o BehaviorismoWatson e o Behaviorismo
Watson e o Behaviorismo
Universidade Católica Portuguesa
 
Watson.conclusões
Watson.conclusõesWatson.conclusões

Destaque (11)

Ivan Pavlov
Ivan PavlovIvan Pavlov
Ivan Pavlov
 
Objecto da Psicologia
Objecto da PsicologiaObjecto da Psicologia
Objecto da Psicologia
 
O OBJECTO DA PSICOLOGIA
O OBJECTO DA PSICOLOGIAO OBJECTO DA PSICOLOGIA
O OBJECTO DA PSICOLOGIA
 
Teorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
Teorias Da Aprendizagem Material Para AlunosTeorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
Teorias Da Aprendizagem Material Para Alunos
 
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosTeorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
 
Comportamento Respondente - Ivan Pavlov
Comportamento Respondente - Ivan PavlovComportamento Respondente - Ivan Pavlov
Comportamento Respondente - Ivan Pavlov
 
Teorias Pedagógica de Aprendizagem
Teorias Pedagógica de AprendizagemTeorias Pedagógica de Aprendizagem
Teorias Pedagógica de Aprendizagem
 
Wunt.associacionismo
Wunt.associacionismoWunt.associacionismo
Wunt.associacionismo
 
Desenvolvimento Cognitivo: Piaget
Desenvolvimento Cognitivo: PiagetDesenvolvimento Cognitivo: Piaget
Desenvolvimento Cognitivo: Piaget
 
Watson e o Behaviorismo
Watson e o BehaviorismoWatson e o Behaviorismo
Watson e o Behaviorismo
 
Watson.conclusões
Watson.conclusõesWatson.conclusões
Watson.conclusões
 

Semelhante a Principais teorias da aprendizagem

Psicologia
Psicologia Psicologia
Psicologia
Alelis Gomes
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Thais1976
 
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na EducaçãoConcepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
cleusamoreira
 
Correntes epistemológicas: empirismo e racionalismo
Correntes epistemológicas: empirismo e racionalismoCorrentes epistemológicas: empirismo e racionalismo
Correntes epistemológicas: empirismo e racionalismo
Lucila Pesce
 
Apostila de-conhecimentos-pedagógicos
Apostila de-conhecimentos-pedagógicosApostila de-conhecimentos-pedagógicos
Apostila de-conhecimentos-pedagógicos
SILVAJAILSON
 
Apostila de-conhecimentos-pedagógicos
Apostila de-conhecimentos-pedagógicosApostila de-conhecimentos-pedagógicos
Apostila de-conhecimentos-pedagógicos
EDILENE CABRAL
 
Apostila de-conhecimentos-pedagógicos
Apostila de-conhecimentos-pedagógicosApostila de-conhecimentos-pedagógicos
Apostila de-conhecimentos-pedagógicos
Aline Aarão aarao
 
Teorias vanessa
Teorias vanessaTeorias vanessa
Teorias vanessa
vrosa83
 
Cconcepções epistemológicas: o Empirismo e o Racionalismo
Cconcepções epistemológicas: o Empirismo e o RacionalismoCconcepções epistemológicas: o Empirismo e o Racionalismo
Cconcepções epistemológicas: o Empirismo e o Racionalismo
Lucila Pesce
 
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na EducaçãoConcepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
cleusamoreira
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Sergio Sergio Gaspar
 
Teorias Construtivistas
Teorias ConstrutivistasTeorias Construtivistas
Teorias Construtivistas
Daurivan Nobre
 
quadro-teoricos.pdf
quadro-teoricos.pdfquadro-teoricos.pdf
quadro-teoricos.pdf
BrunoVieira274
 
Teorias pedagógicas de ensino aprendizagem
Teorias pedagógicas de ensino aprendizagemTeorias pedagógicas de ensino aprendizagem
Teorias pedagógicas de ensino aprendizagem
CDIM Daniel
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
Alcione Santos
 
SemináRio VersãO Final Tc
SemináRio VersãO Final TcSemináRio VersãO Final Tc
SemináRio VersãO Final Tc
Amorim Albert
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
Greicy Kely
 
Teorias de Ensino
Teorias de EnsinoTeorias de Ensino
Teorias de Ensino
Adriana Clementino
 
Atividade 1 - teorias de aprendizagem - puc-rs
Atividade 1  - teorias de aprendizagem - puc-rsAtividade 1  - teorias de aprendizagem - puc-rs
Atividade 1 - teorias de aprendizagem - puc-rs
Márcio Emílio
 
Life span piaget
Life span piagetLife span piaget
Life span piaget
psicologiaazambuja
 

Semelhante a Principais teorias da aprendizagem (20)

Psicologia
Psicologia Psicologia
Psicologia
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na EducaçãoConcepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
 
Correntes epistemológicas: empirismo e racionalismo
Correntes epistemológicas: empirismo e racionalismoCorrentes epistemológicas: empirismo e racionalismo
Correntes epistemológicas: empirismo e racionalismo
 
Apostila de-conhecimentos-pedagógicos
Apostila de-conhecimentos-pedagógicosApostila de-conhecimentos-pedagógicos
Apostila de-conhecimentos-pedagógicos
 
Apostila de-conhecimentos-pedagógicos
Apostila de-conhecimentos-pedagógicosApostila de-conhecimentos-pedagógicos
Apostila de-conhecimentos-pedagógicos
 
Apostila de-conhecimentos-pedagógicos
Apostila de-conhecimentos-pedagógicosApostila de-conhecimentos-pedagógicos
Apostila de-conhecimentos-pedagógicos
 
Teorias vanessa
Teorias vanessaTeorias vanessa
Teorias vanessa
 
Cconcepções epistemológicas: o Empirismo e o Racionalismo
Cconcepções epistemológicas: o Empirismo e o RacionalismoCconcepções epistemológicas: o Empirismo e o Racionalismo
Cconcepções epistemológicas: o Empirismo e o Racionalismo
 
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na EducaçãoConcepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
Concepções de Conhecimento e Uso de Tecnologias na Educação
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Teorias Construtivistas
Teorias ConstrutivistasTeorias Construtivistas
Teorias Construtivistas
 
quadro-teoricos.pdf
quadro-teoricos.pdfquadro-teoricos.pdf
quadro-teoricos.pdf
 
Teorias pedagógicas de ensino aprendizagem
Teorias pedagógicas de ensino aprendizagemTeorias pedagógicas de ensino aprendizagem
Teorias pedagógicas de ensino aprendizagem
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
 
SemináRio VersãO Final Tc
SemináRio VersãO Final TcSemináRio VersãO Final Tc
SemináRio VersãO Final Tc
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
 
Teorias de Ensino
Teorias de EnsinoTeorias de Ensino
Teorias de Ensino
 
Atividade 1 - teorias de aprendizagem - puc-rs
Atividade 1  - teorias de aprendizagem - puc-rsAtividade 1  - teorias de aprendizagem - puc-rs
Atividade 1 - teorias de aprendizagem - puc-rs
 
Life span piaget
Life span piagetLife span piaget
Life span piaget
 

Principais teorias da aprendizagem

  • 1. Curso de Formação de tutores on-line SENAI Unidade 2 – Aula 2 Teorias de Aprendizagem Aluna: Maria Cristina Ricardo 25/06/2012
  • 2. Principais Teorias da Aprendizagem1 1. Associacionista, Comportamentalista Pavlov, Watson, Guthrie, Hull, Thorndike e Skinner acreditam que manipulando os elementos do ambiente(estímulos) pode-se controlar o comportamento; comportamento: definido como um objeto observável, mensurável e que pode ser reproduzido em diferentes condições e em diferentes sujeitos; a base de todo o conhecimento é a experiência planejada. Educação: visão pragmática, objetiva a transmissão de conhecimentos e a capacitação técnica por meio de competências e habilidades. Aprendizagem: processo cego e mecânico de associação de estímulos e respostas, provocado e determinado pelas condições externas, ignorando as internas. Ensino: preparar e organizar as contingências de reforço que facilitam aaquisição dos esquemas e tipos de condutas desejadas. Alunos: passivos, à mercê das contingências do ambiente e dos agentes controladores; Conteúdos: visa objetivos e habilidades que levam à competência técnica; Professor: planejador e analista de contingências. Sua função é arranjar contingências de reforço; Metodologia : individualização do ensino (ensino dirigido , instrução programada, etc) Avaliação: classificatória, valoriza aspectos mensuráveis e observáveis. 2. Mediacionais Kofka, Köhler, Whertheimer, Maslow, Rogers. Gestalt, Genético-Cognitiva, Genético-Dialética, Significativa destacam a importância da ação, do envolvimento e da interação do sujeito com o objeto a ser conhecido e a realidade; dão importância às variáveis internas da aprendizagem; consideram a conduta humana como totalidade. Aprendizagem processo de conhecimento, de compreensão das relações em que as condições externas atuam mediadas pelas condições internas. supremacia da aprendizagem significativa, que supõe reorganização cognitiva e atividade interna. 3. Aprendizagem Genético-Cognitiva Piaget Estudou o desenvolvimento humano e relacionou-o à aprendizagem, utilizando-se das Estruturas Cognitivas (regulam a influência do meio, que são resultados de processos genéticos). A aprendizagem constrói-se em processos de troca, por isso sua teoria é chamada de construtivista.
  • 3. Comportamento humano: não é inato, nem resultado de condicionamento. Sujeito e objeto interagem em um processo que resulta na construção e reconstrução de estruturas cognitivas. Epistemologia Genética: estudo dos mecanismos de formação do conhecimento lógico, tais como as noções de tempo, espaço, objeto, causalidade, etc; da gênese e evolução do conhecimento. Inteligência: adaptação a situações novas. Dá-se em etapas ou estágios sucessivos, com complexidades crescentes, encadeadas umas às outras. Construtivismo sequencial – desenvolvimento da inteligência faz-se pela complexidade crescente, onde um estágio é resultante de outro anterior. Estágios do Desenvolvimento Genético-Cognitivo: patamares de desenvolvimento que se dá pela sucessão (organização de ações e pensamentos, característicode cada fase do desenvolvimento do indivíduo). 1. Período Sensório Motor 2. Pré-operatório ou Simbólico ou Indutivo : 2 aos 7 anos, aproximadamente 3. Período Operatório Concreto: 7 aos 11 aos, aproximadamente. 4. Período Operatorio Lógico Formal ou Abstrato: dos 12 aos 16 anos em diante 4. Aprendizagem Genético-Dialética Vygotsky, Luria, Leontiev, Rubinstein Aprendizagem: está em função da comunicação e do desenvolvimento (resultado do intercâmbio entre a informação genética e o contato com o meio historicamente constituído). Zona de desenvolvimento potencial/proximal - A formação das estruturas formais da mente é realizada pela atividade e pela coordenação das ações que o indivíduo realiza e pela apropriação da bagagem cultural. Vygotsky: a formação de conceitos remete às relações entre pensamento e linguagem. Constitui sua teoria tendo por base o desenvolvimento do indivíduo como resultado de um processo sócio-histórico, enfatizando o papel da linguagem e da aprendizagem nesse desenvolvimento. Mediação: enquanto sujeito do conhecimento, o homem não tem acesso direto aos objetos, mas acesso mediado, através de recortes do real, operados por sistemas simbólicos de que dispõe, pt, Enfatiza a construção do conhecimento como uma interação mediada por várias relações, ou seja, o conhecimento não está sendo visto como uma ação do sujeito sobre a realidade, assim como no construtivismo e sim pela mediação feita pelos outros sujeitos. Linguagem: fornece os conceitos, as formas de organização do real, a mediação entre o sujeito e o objeto do conhecimento. É por meio dela que as funções mentais superiores são socialmente formados e culturalmente transmitidos, portanto, sociedades e culturas diferentes produzem estruturas diferenciadas.
  • 4. Função mental: pensamento, memória, percepção e atenção. A interação social e o instrumento linguístico são decisivos para o desenvolvimento. 5. Aprendizagem Genético-Dialética Francesa Wallon, Zazzo e Merani Aprendizagem: Também está relacionada ao desenvolvimento e às experiências com o meio. Emoções: assumem um papel importante na aprendizagem. Toda a atividade cognitiva implica em componentes afetivos que, por si mesmos, impulsionam a atividade. As estruturas psicológicas serão desde agora a variável mais importante da aprendizagem, tendo sempre presente que tais estruturas são redes complexas e interativas de pensamento, emoção e atividade. (Gomez) 6. Aprendizagem Significativa Ausubel, Coll Aprendizagem compreende aspectos lógicos e psicológicos Lógicos: - coerência na estrutura do conteúdo; - seqüência lógica nos processos - conseqüências nas relações entre seus componentes. Psicológicos: conteúdos compreensíveis desde a estrutura cognitiva que o sujeito que aprende possui. Vinculação subtancial das novas idéias e conceitos com a bagagem cognitiva do indivíduo - subsunçores. Não é mecânica, repetitiva, memorialística. Condições: 1ª Potencialidade significativa do material didático; 2ª Disposição positiva do indivíduo em relação à à aprendizagem NOTA 1 – pesquisa na internet: Principais Teorias da Aprendizagem - Venice T. Grings