SlideShare uma empresa Scribd logo
Faculdade de Ciências Educação e Comunicação
          Curso de Pos-Graduação
 Formação para a Docência do Ensino Superior




  PORTFÓLIO



                Maceió – AL
                    2011
Equipe composta pelos alunos:




João Aureliano
Sâmara Silva Rêgo
    Tânia Regina Pinha
        Harkensee
João Aureliano
        Curriculum Lattes

Sou uma pessoa disposta a enfrentar a vida,
pois sempre tenho força de vontade e coragem
para atingir meus objetivos, sejam eles
profissionais ou pessoais. Sou graduado em
Filosofia pela UFAL e Marketing pela UNOPAR,
mas busco sempre aperfeiçoar e aprimorar
meus conhecimentos, pois pretendo seguir o
caminho acadêmico, cursando Mestrado e
Doutorado, os quais são itens dos meus sonhos.
Sou alegre, de fácil trato, e bastante dedicado
ao que me proponho fazer. Tenho muita
disposição para a pesquisa, como poderão ver
em meu curriculum lattes.
No entanto, sei que atingir meus objetivos, irá
exigir de mim muito empenho, paciência e
persistência. Por enquanto, pretendo ser útil
com o que aprendi até agora, desenvolvendo
minhas habilidades profissionais na área de
educação e na área de marketing .

            Aprendi que na vida,
         O que vale é fazer bem feito.
Sâmara Silva Rêgo
                    Curriculum Vitae


Sou uma pessoa dinâmica, determinada e romântica, acredito muito
na existência de DEUS, e sei que com fé e força de vontade seremos
capazes de realizar todos os nossos sonhos.
Sou formada em Biologia, licenciatura plena pelo Centro de Estudos
superiores (CESMAC), hoje estou com 31 anos, terminando minha
pós graduação em Docência do Ensino superior, cumprindo assim
mais uma etapa de conhecimentos que serão exercidos futuramente
com êxito, seja na área educacional, pessoal e social.
                     Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria
 Coríntios 13:1      como o metal que soa ou como o címbalo que retine.
I Coríntios 13:2     E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a
                     ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e
                     não tivesse amor, nada seria.

I Coríntios 13:3     E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda
                     que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso
                     me aproveitaria.

I Coríntios 13:4     O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não
                     se ensoberbece,
I Coríntios 13:5     não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se
                     irrita, não suspeita mal;
I Coríntios 13:6     não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade;
I Coríntios 13:7     tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
I Coríntios 13:8     O amor jamais acaba; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas,
                     cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
I Coríntios 13:9     porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos;
I Coríntios 13:10    mas, quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado.
I Coríntios 13:11    Quando eu era menino, pensava como menino; mas, logo que cheguei a ser
                     homem, acabei com as coisas de menino.
I Coríntios 13:12    Porque agora vemos como por espelho, em enigma, mas então veremos face a
                     face; agora conheço em parte, mas então conhecerei plenamente, como também
                     sou plenamente conhecido.

I Coríntios 13:13    Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior
                     destes é o amor.
Tânia Regina Pinha Harkensee
Curriculum Vitae


 Profissionalmente, considero-me responsável, dinâmica
 e dedicada. Sou coordenadora de uma instituição
 privada, nível médio, e procuro encontrar estratégias e
 novas metodologias que atendam as expectativas de
 uma sociedade em constante mutação, ressignificando
 conteúdos e motivando alunos durante o processo de
 ensino aprendizagem.

 Nas relações interpessoais, sou muito prestativa, leal e,
 principalmente, acredito ser fundamental respeitar a
 individualidade e limites de cada um. Considero
 importante cultivar boas amizades e viver sem maximizar
 problemas que fazem parte do cotidiano. Alias, estes
 são,     muitas     vezes,   alavanca      para   novos
 posicionamentos e novas conquistas.



         "A tarefa essencial do professor é despertar a
                    alegria de trabalhar e de conhecer."

                                           (Albert Einstein)
1 – Trabalho : Texto
         Planejamento


 2 – Trabalho: Plano de Ensino

 3 - Trabalho – Mapa Conceitual
       3.1 – João Aureliano
       3.2 – Sâmara Silva Rêgo
       3.3 – Tânia Regina P.
Harkensee
       3.4 – Texto Portfólio


    4 – Trabalho: Hipertexto
Trabalho 1 – Texto Planejamento
“Quem compreender o conceito de necessidade e puder
trabalhar eficientemente com ele descobriu a essência do
planejamento”
Danilo Gandin


Planejamento é um processo que tem como finalidade, estabelecer
fins e meios que apontem para sua superação, de modo a atingir
objetivos antes previstos, pensando e prevendo o futuro, levando em
conta as condições do presente, ou seja, a realidade, as
experiências do passado e os pressupostos filosófico, cultural,
econômico e político de quem planeja e com quem se planeja. O
planejamento evita a improvisação, arranjos mal definidos, prever o
futuro, estabelece caminhos que podem ser norteados mais
apropriadamente de acordo com a realidade educacional, preverem
o acompanhamento e a avaliação da própria ação. Planejar e avaliar
caminham juntos, conforme Paulo Freire:
Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar possibilidades para
sua produção ou construção. Quem ensina aprende ao ensinar e
quem aprende ensina ao aprender.

O planejamento é a etapa mais importante do processo pedagógico,
é onde estratégias e metas são desenvolvidas e adequadas à
realidade, envolve reflexão de decisões sobre a organização, seu
funcionamento e trabalha em cima da proposta pedagógica da
instituição docente. O planejamento possui uma organização
metodológica do conteúdo baseado na realidade do principal
interessado que são os alunos, visando o seu crescimento e
desenvolvimento dentro da sociedade.

Professores e alunos trabalham em comunhão numa sala de aula, é
uma troca de conhecimentos e saberes, cada um compartilhando de
suas habilidades e realidade, não é um processo educativo cujos
resultados podem ser predefinidos, de forma alguma, o
planejamento existe para que através de uma organização
metodológica do conteúdo ministrado pelos professores, o aluno
venha desenvolver o seu raciocínio e forma de pensar, visando o
seu crescimento na sociedade em que vive. O uso do planejamento
dentro da sala de aula é uma das atividades mais importantes do
educador, pois o mesmo servirá de base, alicerce a ser desenvolvido
dentro da instituição docente.
Apesar de o planejamento ser de grande importância pedagógica,
político e social, existem professores que são totalmente contra a
sua prática educativa, utilizando em suas aulas e atividades todo tipo
de improviso, artifícios e arranjos, tendo como resultado a falta de
desenvolvimento do alunado. Professores desse tipo estão
preocupados em ministrar conteúdos que só servem para ele, isso
acontece muito em Universidades Federais, professores que
ensinam no mesmo curso e lecionam a mesma disciplina a mais de
10 anos ou mais, muitas vezes utilizam as mesmas aulas nos dias
atuais, desconsiderando de forma bruta a realidade e cultura
existente de seus alunos.

O professor tem que entender que o planejamento é um amigo, uma
forte ferramenta de trabalho no qual ele vai ser norteado para
desenvolver e alcançar seus objetivos, desde a resolução de
problemas, suas escolhas até a sua formação como cidadão.

Professores que pensam que ter mestrado, doutorado e outras
graduações é o bastante, estão enganados, muitos carregam
apenas seus títulos em encontros sociais, políticos e pedagógicos,
mas na realidade não conseguiram um bom desenvolvimento em
suas aulas, ficam ultrapassados pelo tempo esperando por suas
aposentadorias, relatando para os que estão chegando àquilo que
não fizeram seus títulos só servem para eles mesmos.
O planejamento possibilita ao professor, manter a articulação e o
desenvolvimento da disciplina, a sala de aula exige reflexão do
professor para criar e recriar ações sempre que novos interesses
surjam, por isso é exigido organização, sistematização, previsão,
decisão e outros.
È importante deixar claro que o professor necessita planejar, refletir
sobre sua ação, pensar sobre o que faz, antes, durante e depois,
pois lidar com pessoas em processo de formação é necessário ter
uma atitude cientifica didático – pedagógica, para que o aluno
consiga se desenvolver na sociedade.

Referencias:
GANDIN, D. e L. Temas para um projeto político-pedagógico.
Petrópolis: Vozes, 1999.
FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários
à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra. 1996.
Trabalho 2 – Plano de Ensino
PLANO DE ENSINO
     •
          DADOS DA UNIDADE CURRICULAR
Curso: Licenciatura em Pedagogia
Unidade Curricular: Filosofia da Educação I
Carga Horária do Módulo: Carga Horária Semanal
36 h/a                       (h/a): 2
Docentes Responsáveis:
   João Aureliano
   Sâmara Silva Rêgo
   Tânia Regina Pinha Harkensee


                      OBJETIVO GERAL

Demonstrar atitude crítico-reflexiva em relação aos
problemas educacionais encontrados na realidade social,
buscando direcionar o futuro professor a uma compreensão
global do problema educacional, abstraídas as variações de
espaço e tempo.



                           EMENTA

Análise das relações entre educação e filosofia mediante
reflexão crítica sobre as bases filosóficas, princípios e
influências   da   principais   concepções   do   pensamento
pedagógico, expondo perspectivas de uma Filosofia da
Educação Brasileira para o século XXI.
OBJETIVOS ESPECIFICOS

Refletir o cotidiano, a formação de valores, a relativização
dos conceitos, fazendo uso do censo crítico social;

Perceber a importância da epistemologia, da antropologia e
da axiologia na reflexão filosófica, e a necessidade de
distinguir entre conhecimento, ideologia e valores sociais,
ampliando os conceitos de verdade e racionalidade;

Estudar o processo histórico da pedagogia e o papel da
tecnologia na educação contemporânea, identificando a
filosofia como instrumento de ação e de interpretação do
mundo.


             CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

  1ª UNIDADE: Filosofia, Educação e Sociedade
  1.1 - Filosofia, Educação e Pedagogia
  1.2 – A formação do Educador
  1.3 - Cultura e humanização
  1.4 - Educação formal, informal, não-informal
  1.5 - Educação e Inclusão

   2ª UNIDADE: Presssupostos e Concepções
   2.1 – Antropologia e Epistemologia Filosófica
   2.2 - Pedagogia nos séculos XVIII e XIX
   2.3 - Concepções liberais do Séc. XX
   2.4 - Política e Educação
   2.5 – Críticas à Escola
AVALIAÇÃO

    Diagnóstica,      levando-se     em      consideração
    conhecimentos existentes e vivenciados;
    Processual, reavaliando o planejamento e incorporando
    inovações necessárias para o avanço do processo de
    ensino;
    Somativa, objetivando avaliar individualmente os
    aspectos cognitivos assimilados.


                           METODOLOGIA

    Aula expositivas utilizando método ativo, incentivando a
    participação do aluno.
    Debates, estudo dirigido e estudo de casos, provas
    dissertativas e seminários.


                            BIBLIOGRAFIA
ARENDT, H. A condição humana, 10ª ed. Rio de Janeiro, 2004
Aristóteles. Política, Brasília, Ed. UnB, 1985.
BAUMAN, Z. A Globalização: As conseqüências humanas, Rio de Janeiro,
Ed. Zahar, 1999.
CHAUÍ, M. Convite à Filosofia, Ed. Ática, São Paulo, 1994.
FERRATER, M. Dicionário de Filosifia, 4ª ed. São Paulo, Martins Fontes, 2001.
HADOT, P; O que é filosofia antiga?, São Paulo, Loyola, 1999.
LEGOFF, J. Para um novo conceito de Idade Média, Lisboa, Estampa, 1999.
LEGOFF, J. Os intelectuais na Idade Média, São Paulo, Brasiliense, 1988.
REALE, G & ANTISERI, D. História de Filosofia do humanismo a Kant, Vol II,
Ed. Paulinas, São Paulo, 1990.
REALE, G. História de Filosofia Antiga, São Paulo, Loyola, 1994.
VASQUEZ, A.S. Ética, 4ª Edição, Ed. Civilização Brasileiro, Rio de Janeiro,
1980.
VERNANT, J-P. Entre Mito e Política, 2ª Edição, São Paulo, Edusp. 2002.
Trabalho 3 – Mapa Conceitual
Portfolio disciplina planejamento e avaliação
Portfolio disciplina planejamento e avaliação
Portfolio disciplina planejamento e avaliação
Portfolio disciplina planejamento e avaliação
4 – Trabalho: Hipertexto
Pela Internet
Gilberto Gil
Composição : Gilberto Gil


Criar meu web site
Fazer minha home-page
Com quantos gigabytes
Se faz uma jangada
Um barco que veleja ...(2x)
Que veleje nesse informar
Que aproveite a vazante da infomaré
Que leve um oriki do meu orixá
Ao porto de um disquete de um micro em Taipé
Um barco que veleje nesse infomar
Que aproveite a vazante da infomaré
Que leve meu e-mail até Calcutá
Depois de um hot-link
Num site de Helsinque
Para abastecer
Eu quero entrar na rede
Promover um debate
Juntar via Internet
Um grupo de tietes de Connecticut
De Connecticut de acessar
O chefe da Mac Milícia de Milão
Um hacker mafioso acaba de soltar
Um vírus para atacar os programas no Japão
Eu quero entrar na rede para contatar
Os lares do Nepal,os bares do Gabão
Que o chefe da polícia carioca avisa pelo celular
Que lá na praça Onze tem um videopôquer para se
jogar...
Atividade indicada para
     disciplina: Filosofia
Gilberto Gil, na música Pela Internet,
apresenta sua visão sobre a
Internet, meio de comunicação
mundial que vem revolucionando
nossos hábitos de obtenção e
transmissão de informações.
O objetivo dessa atividade é realizar
uma reflexão sobre a importância da
internet como meio de comunicação
e a transformação das pessoas à
medida que ela evoluiu, além de
relacionar com questões do nosso
cotidiano.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação do relatorio de estagio
Apresentação do relatorio de estagioApresentação do relatorio de estagio
Apresentação do relatorio de estagio
Miguel Farinha
 
Memorial acadêmico
Memorial acadêmicoMemorial acadêmico
Memorial acadêmico
CNSR
 
Resenha crítica modelo
Resenha crítica   modeloResenha crítica   modelo
Resenha crítica modelo
taise_paz
 
Relatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins Rodrigues
Relatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins RodriguesRelatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins Rodrigues
Relatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins Rodrigues
Kamilla Rodrigues
 
Relatório de Estágio - Curso Técnico em Biblioteconomia
Relatório de Estágio - Curso Técnico em BiblioteconomiaRelatório de Estágio - Curso Técnico em Biblioteconomia
Relatório de Estágio - Curso Técnico em Biblioteconomia
Vanessa Souza Pereira
 
Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.
Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.
Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.
André Fernandes Passos
 
Resenha de filme pdf
Resenha de filme   pdfResenha de filme   pdf
Resenha de filme pdf
familiaestagio
 
Observação, Questionário e Entrevista. Autor: Profa Anna Buy - PUC Rio.
Observação, Questionário e Entrevista. Autor: Profa Anna Buy - PUC Rio. Observação, Questionário e Entrevista. Autor: Profa Anna Buy - PUC Rio.
Observação, Questionário e Entrevista. Autor: Profa Anna Buy - PUC Rio.
Fran Maciel
 
Behaviorismo
BehaviorismoBehaviorismo
Tendências atuais para o ensino de ciências
Tendências atuais para o ensino de ciênciasTendências atuais para o ensino de ciências
Tendências atuais para o ensino de ciências
Binatto
 
Competências e habilidades
Competências e habilidadesCompetências e habilidades
Competências e habilidades
Mari_Saracchini
 
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃOTCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
professsorcarlinho
 
Apresentacao de-tcc
Apresentacao de-tccApresentacao de-tcc
Apresentacao de-tcc
Unisinos
 
Slides tcc definitivo.
Slides tcc definitivo.Slides tcc definitivo.
Slides tcc definitivo.
Regiane Rodrigues de Sousa
 
Projeto de tcc
Projeto de tccProjeto de tcc
Projeto de tcc
Valdirene Oliveira
 
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRiaPsicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
Silvia Marina Anaruma
 
Pré-Projeto de Pesquisa
Pré-Projeto de PesquisaPré-Projeto de Pesquisa
Pré-Projeto de Pesquisa
Jose Arnaldo Silva
 
Modelo de pre projeto tcc
Modelo de pre projeto tccModelo de pre projeto tcc
Modelo de pre projeto tcc
Rosane Domingues
 
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Jaqueline Sarges
 
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva MuñozTCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 

Mais procurados (20)

Apresentação do relatorio de estagio
Apresentação do relatorio de estagioApresentação do relatorio de estagio
Apresentação do relatorio de estagio
 
Memorial acadêmico
Memorial acadêmicoMemorial acadêmico
Memorial acadêmico
 
Resenha crítica modelo
Resenha crítica   modeloResenha crítica   modelo
Resenha crítica modelo
 
Relatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins Rodrigues
Relatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins RodriguesRelatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins Rodrigues
Relatorio de estágio final.de estagio Supervisionado Kamilla Martins Rodrigues
 
Relatório de Estágio - Curso Técnico em Biblioteconomia
Relatório de Estágio - Curso Técnico em BiblioteconomiaRelatório de Estágio - Curso Técnico em Biblioteconomia
Relatório de Estágio - Curso Técnico em Biblioteconomia
 
Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.
Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.
Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.
 
Resenha de filme pdf
Resenha de filme   pdfResenha de filme   pdf
Resenha de filme pdf
 
Observação, Questionário e Entrevista. Autor: Profa Anna Buy - PUC Rio.
Observação, Questionário e Entrevista. Autor: Profa Anna Buy - PUC Rio. Observação, Questionário e Entrevista. Autor: Profa Anna Buy - PUC Rio.
Observação, Questionário e Entrevista. Autor: Profa Anna Buy - PUC Rio.
 
Behaviorismo
BehaviorismoBehaviorismo
Behaviorismo
 
Tendências atuais para o ensino de ciências
Tendências atuais para o ensino de ciênciasTendências atuais para o ensino de ciências
Tendências atuais para o ensino de ciências
 
Competências e habilidades
Competências e habilidadesCompetências e habilidades
Competências e habilidades
 
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃOTCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
TCC SLIDE DE APRESENTAÇÃO
 
Apresentacao de-tcc
Apresentacao de-tccApresentacao de-tcc
Apresentacao de-tcc
 
Slides tcc definitivo.
Slides tcc definitivo.Slides tcc definitivo.
Slides tcc definitivo.
 
Projeto de tcc
Projeto de tccProjeto de tcc
Projeto de tcc
 
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRiaPsicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
 
Pré-Projeto de Pesquisa
Pré-Projeto de PesquisaPré-Projeto de Pesquisa
Pré-Projeto de Pesquisa
 
Modelo de pre projeto tcc
Modelo de pre projeto tccModelo de pre projeto tcc
Modelo de pre projeto tcc
 
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
Capa, contra capa, introdução ,conclusão, biografia,
 
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva MuñozTCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
 

Destaque

Portfólio Academico
Portfólio AcademicoPortfólio Academico
Portfólio Academico
Bruno Galdieri
 
Como montar um portfolio?
Como montar um portfolio?Como montar um portfolio?
Como montar um portfolio?
Danilo Aroeira
 
Portfólio pronto
Portfólio prontoPortfólio pronto
Portfólio pronto
familiaestagio
 
Modelo portfólio unopar
Modelo portfólio unoparModelo portfólio unopar
Modelo portfólio unopar
Rogerio Sena
 
Portfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno WorkshopPortfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno Workshop
Antero
 
Meu Porte folio
Meu Porte folio Meu Porte folio
Meu Porte folio
eduino007
 
Silvana trabalho de grupo unopar
Silvana trabalho de grupo unoparSilvana trabalho de grupo unopar
Silvana trabalho de grupo unopar
Dayvison Lopes
 
Portfólio Acadêmico - Lilian Santos Vavassori
Portfólio Acadêmico - Lilian Santos VavassoriPortfólio Acadêmico - Lilian Santos Vavassori
Portfólio Acadêmico - Lilian Santos Vavassori
Lilian Vavassori
 
Modelo de TCC UNICSUL (U. CRUZEIRO DO SUL)
Modelo de TCC UNICSUL (U. CRUZEIRO DO SUL)Modelo de TCC UNICSUL (U. CRUZEIRO DO SUL)
Modelo de TCC UNICSUL (U. CRUZEIRO DO SUL)
Rogerio Sena
 
Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013
Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013
Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013
Helena de Brum
 
Modelo de TCC UNIC (Universidade de Cuiaba)
Modelo de TCC UNIC (Universidade de Cuiaba)Modelo de TCC UNIC (Universidade de Cuiaba)
Modelo de TCC UNIC (Universidade de Cuiaba)
Rogerio Sena
 
UNIP - Manual de normalizacao_abnt
UNIP - Manual de normalizacao_abntUNIP - Manual de normalizacao_abnt
UNIP - Manual de normalizacao_abnt
Rogerio Sena
 
Modelo portfolio uninter
Modelo portfolio uninterModelo portfolio uninter
Modelo portfolio uninter
Rogerio Sena
 
Modelo relatorio estagio unopar
Modelo relatorio estagio unoparModelo relatorio estagio unopar
Modelo relatorio estagio unopar
Rogerio Sena
 

Destaque (14)

Portfólio Academico
Portfólio AcademicoPortfólio Academico
Portfólio Academico
 
Como montar um portfolio?
Como montar um portfolio?Como montar um portfolio?
Como montar um portfolio?
 
Portfólio pronto
Portfólio prontoPortfólio pronto
Portfólio pronto
 
Modelo portfólio unopar
Modelo portfólio unoparModelo portfólio unopar
Modelo portfólio unopar
 
Portfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno WorkshopPortfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno Workshop
 
Meu Porte folio
Meu Porte folio Meu Porte folio
Meu Porte folio
 
Silvana trabalho de grupo unopar
Silvana trabalho de grupo unoparSilvana trabalho de grupo unopar
Silvana trabalho de grupo unopar
 
Portfólio Acadêmico - Lilian Santos Vavassori
Portfólio Acadêmico - Lilian Santos VavassoriPortfólio Acadêmico - Lilian Santos Vavassori
Portfólio Acadêmico - Lilian Santos Vavassori
 
Modelo de TCC UNICSUL (U. CRUZEIRO DO SUL)
Modelo de TCC UNICSUL (U. CRUZEIRO DO SUL)Modelo de TCC UNICSUL (U. CRUZEIRO DO SUL)
Modelo de TCC UNICSUL (U. CRUZEIRO DO SUL)
 
Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013
Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013
Portfólio de atividades da Helena - 1º semestre de 2013
 
Modelo de TCC UNIC (Universidade de Cuiaba)
Modelo de TCC UNIC (Universidade de Cuiaba)Modelo de TCC UNIC (Universidade de Cuiaba)
Modelo de TCC UNIC (Universidade de Cuiaba)
 
UNIP - Manual de normalizacao_abnt
UNIP - Manual de normalizacao_abntUNIP - Manual de normalizacao_abnt
UNIP - Manual de normalizacao_abnt
 
Modelo portfolio uninter
Modelo portfolio uninterModelo portfolio uninter
Modelo portfolio uninter
 
Modelo relatorio estagio unopar
Modelo relatorio estagio unoparModelo relatorio estagio unopar
Modelo relatorio estagio unopar
 

Semelhante a Portfolio disciplina planejamento e avaliação

Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013
Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013
Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013
Sistema de Ensino Reflexivo
 
Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013
Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013
Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013
Moisés da Silva de Oliveira
 
Manual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio CerpManual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio Cerp
Paulo Grisi
 
Orientação Técnica Educação Financeira - Ensino Fundamental - anos finais
Orientação Técnica Educação Financeira - Ensino Fundamental - anos finaisOrientação Técnica Educação Financeira - Ensino Fundamental - anos finais
Orientação Técnica Educação Financeira - Ensino Fundamental - anos finais
Aydê Pereira Salla
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantil
lucavao2010
 
Relacionamento interpessoal no ministério educacional pr. andré mourão
Relacionamento interpessoal no ministério educacional   pr. andré mourãoRelacionamento interpessoal no ministério educacional   pr. andré mourão
Relacionamento interpessoal no ministério educacional pr. andré mourão
prvladimir
 
WEB_Livro-1-Educação-Física-3.pdf
WEB_Livro-1-Educação-Física-3.pdfWEB_Livro-1-Educação-Física-3.pdf
WEB_Livro-1-Educação-Física-3.pdf
KlvinMendes
 
Educação para a vida :os formadores e a estrutura educativa
Educação para a vida :os formadores e a estrutura educativaEducação para a vida :os formadores e a estrutura educativa
Educação para a vida :os formadores e a estrutura educativa
wilkerfilipel
 
Trabalhar com projetos em sala de aula
Trabalhar com projetos em sala de aulaTrabalhar com projetos em sala de aula
Trabalhar com projetos em sala de aula
Greisomar
 
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogiaFundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Vanessa Casaro
 
Apresentação nufor abril_2011
Apresentação nufor abril_2011Apresentação nufor abril_2011
Apresentação nufor abril_2011
Rakel de Macêdo
 
Sequencia didática 6º ao 9º sem. diagnóstica
Sequencia didática  6º ao 9º sem. diagnósticaSequencia didática  6º ao 9º sem. diagnóstica
Sequencia didática 6º ao 9º sem. diagnóstica
josivaldopassos
 
10 2 teor_com
10 2 teor_com10 2 teor_com
10 2 teor_com
Fabio Sales
 
Textos de paulo freire (1) (1)
Textos de paulo freire (1) (1)Textos de paulo freire (1) (1)
Textos de paulo freire (1) (1)
Maria Vieira
 
As+emoções+como+elementos+facilitadores+da+aprendizagem
As+emoções+como+elementos+facilitadores+da+aprendizagemAs+emoções+como+elementos+facilitadores+da+aprendizagem
As+emoções+como+elementos+facilitadores+da+aprendizagem
pedagogia para licenciados
 
Apresentacao Eduardo Chaves
Apresentacao Eduardo ChavesApresentacao Eduardo Chaves
Apresentacao Eduardo Chaves
angelamoulin
 
Ensaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo ivEnsaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo iv
Vania Mendes
 
Texto Planejamento
Texto PlanejamentoTexto Planejamento
Texto Planejamento
JOAO AURELIANO
 
Pedagogia dos afetos.
Pedagogia dos afetos.Pedagogia dos afetos.
Pedagogia dos afetos.
Ana Claro
 
Pedagogia afetiva
Pedagogia afetivaPedagogia afetiva
Pedagogia afetiva
ANDREIADIAS116
 

Semelhante a Portfolio disciplina planejamento e avaliação (20)

Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013
Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013
Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013
 
Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013
Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013
Jornal Corujinha n.72 | 2º semestre 2013
 
Manual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio CerpManual da Família Colégio Cerp
Manual da Família Colégio Cerp
 
Orientação Técnica Educação Financeira - Ensino Fundamental - anos finais
Orientação Técnica Educação Financeira - Ensino Fundamental - anos finaisOrientação Técnica Educação Financeira - Ensino Fundamental - anos finais
Orientação Técnica Educação Financeira - Ensino Fundamental - anos finais
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantil
 
Relacionamento interpessoal no ministério educacional pr. andré mourão
Relacionamento interpessoal no ministério educacional   pr. andré mourãoRelacionamento interpessoal no ministério educacional   pr. andré mourão
Relacionamento interpessoal no ministério educacional pr. andré mourão
 
WEB_Livro-1-Educação-Física-3.pdf
WEB_Livro-1-Educação-Física-3.pdfWEB_Livro-1-Educação-Física-3.pdf
WEB_Livro-1-Educação-Física-3.pdf
 
Educação para a vida :os formadores e a estrutura educativa
Educação para a vida :os formadores e a estrutura educativaEducação para a vida :os formadores e a estrutura educativa
Educação para a vida :os formadores e a estrutura educativa
 
Trabalhar com projetos em sala de aula
Trabalhar com projetos em sala de aulaTrabalhar com projetos em sala de aula
Trabalhar com projetos em sala de aula
 
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogiaFundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
 
Apresentação nufor abril_2011
Apresentação nufor abril_2011Apresentação nufor abril_2011
Apresentação nufor abril_2011
 
Sequencia didática 6º ao 9º sem. diagnóstica
Sequencia didática  6º ao 9º sem. diagnósticaSequencia didática  6º ao 9º sem. diagnóstica
Sequencia didática 6º ao 9º sem. diagnóstica
 
10 2 teor_com
10 2 teor_com10 2 teor_com
10 2 teor_com
 
Textos de paulo freire (1) (1)
Textos de paulo freire (1) (1)Textos de paulo freire (1) (1)
Textos de paulo freire (1) (1)
 
As+emoções+como+elementos+facilitadores+da+aprendizagem
As+emoções+como+elementos+facilitadores+da+aprendizagemAs+emoções+como+elementos+facilitadores+da+aprendizagem
As+emoções+como+elementos+facilitadores+da+aprendizagem
 
Apresentacao Eduardo Chaves
Apresentacao Eduardo ChavesApresentacao Eduardo Chaves
Apresentacao Eduardo Chaves
 
Ensaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo ivEnsaio maria nilza modulo iv
Ensaio maria nilza modulo iv
 
Texto Planejamento
Texto PlanejamentoTexto Planejamento
Texto Planejamento
 
Pedagogia dos afetos.
Pedagogia dos afetos.Pedagogia dos afetos.
Pedagogia dos afetos.
 
Pedagogia afetiva
Pedagogia afetivaPedagogia afetiva
Pedagogia afetiva
 

Mais de JOAO AURELIANO

Redação Apostila para Enem
Redação Apostila para EnemRedação Apostila para Enem
Redação Apostila para Enem
JOAO AURELIANO
 
Filosofia (Apostila Enem 2012)
Filosofia (Apostila Enem 2012)Filosofia (Apostila Enem 2012)
Filosofia (Apostila Enem 2012)
JOAO AURELIANO
 
Artigo: O Mito na Sociedade Atual
Artigo: O Mito na Sociedade AtualArtigo: O Mito na Sociedade Atual
Artigo: O Mito na Sociedade Atual
JOAO AURELIANO
 
Viciados em Redes Sociais
Viciados em Redes SociaisViciados em Redes Sociais
Viciados em Redes Sociais
JOAO AURELIANO
 
Livro blog
Livro blogLivro blog
Livro blog
JOAO AURELIANO
 
Capitulo 3 O Nascimento da Filosofia
Capitulo 3 O Nascimento da FilosofiaCapitulo 3 O Nascimento da Filosofia
Capitulo 3 O Nascimento da Filosofia
JOAO AURELIANO
 
Capitulo 2 A Consciência Mítica
Capitulo 2 A Consciência MíticaCapitulo 2 A Consciência Mítica
Capitulo 2 A Consciência Mítica
JOAO AURELIANO
 
Capitulo 1 Descobrindo filosofia
Capitulo 1 Descobrindo filosofiaCapitulo 1 Descobrindo filosofia
Capitulo 1 Descobrindo filosofia
JOAO AURELIANO
 
Apex 3
Apex 3Apex 3
Mapa conceitual portfolio pdf
Mapa conceitual portfolio pdfMapa conceitual portfolio pdf
Mapa conceitual portfolio pdf
JOAO AURELIANO
 
Plano de ensino atual
Plano de ensino atualPlano de ensino atual
Plano de ensino atual
JOAO AURELIANO
 
Curriculum tania r. p. harkensee
Curriculum tania r. p. harkenseeCurriculum tania r. p. harkensee
Curriculum tania r. p. harkensee
JOAO AURELIANO
 
Curriculum tania
Curriculum taniaCurriculum tania
Curriculum tania
JOAO AURELIANO
 
Mapa conceitual samara
Mapa conceitual samaraMapa conceitual samara
Mapa conceitual samara
JOAO AURELIANO
 
Mapa conceitual samara
Mapa conceitual samaraMapa conceitual samara
Mapa conceitual samara
JOAO AURELIANO
 
Currículo Sâmara Rêgo
Currículo Sâmara RêgoCurrículo Sâmara Rêgo
Currículo Sâmara Rêgo
JOAO AURELIANO
 
Mapa Conceitual Joao Aureliano
Mapa Conceitual Joao AurelianoMapa Conceitual Joao Aureliano
Mapa Conceitual Joao Aureliano
JOAO AURELIANO
 
Livro mapas conceituais e diagramas
Livro mapas conceituais e diagramasLivro mapas conceituais e diagramas
Livro mapas conceituais e diagramas
JOAO AURELIANO
 
Livro signos merleau ponty
Livro signos merleau pontyLivro signos merleau ponty
Livro signos merleau ponty
JOAO AURELIANO
 

Mais de JOAO AURELIANO (20)

Redação Apostila para Enem
Redação Apostila para EnemRedação Apostila para Enem
Redação Apostila para Enem
 
Filosofia (Apostila Enem 2012)
Filosofia (Apostila Enem 2012)Filosofia (Apostila Enem 2012)
Filosofia (Apostila Enem 2012)
 
Artigo: O Mito na Sociedade Atual
Artigo: O Mito na Sociedade AtualArtigo: O Mito na Sociedade Atual
Artigo: O Mito na Sociedade Atual
 
Viciados em Redes Sociais
Viciados em Redes SociaisViciados em Redes Sociais
Viciados em Redes Sociais
 
Livro blog
Livro blogLivro blog
Livro blog
 
Capitulo 3 O Nascimento da Filosofia
Capitulo 3 O Nascimento da FilosofiaCapitulo 3 O Nascimento da Filosofia
Capitulo 3 O Nascimento da Filosofia
 
Capitulo 2 A Consciência Mítica
Capitulo 2 A Consciência MíticaCapitulo 2 A Consciência Mítica
Capitulo 2 A Consciência Mítica
 
Capitulo 1 Descobrindo filosofia
Capitulo 1 Descobrindo filosofiaCapitulo 1 Descobrindo filosofia
Capitulo 1 Descobrindo filosofia
 
Apex 3
Apex 3Apex 3
Apex 3
 
Mapa conceitual portfolio pdf
Mapa conceitual portfolio pdfMapa conceitual portfolio pdf
Mapa conceitual portfolio pdf
 
Plano de ensino atual
Plano de ensino atualPlano de ensino atual
Plano de ensino atual
 
Mapa conceitual tania
Mapa conceitual taniaMapa conceitual tania
Mapa conceitual tania
 
Curriculum tania r. p. harkensee
Curriculum tania r. p. harkenseeCurriculum tania r. p. harkensee
Curriculum tania r. p. harkensee
 
Curriculum tania
Curriculum taniaCurriculum tania
Curriculum tania
 
Mapa conceitual samara
Mapa conceitual samaraMapa conceitual samara
Mapa conceitual samara
 
Mapa conceitual samara
Mapa conceitual samaraMapa conceitual samara
Mapa conceitual samara
 
Currículo Sâmara Rêgo
Currículo Sâmara RêgoCurrículo Sâmara Rêgo
Currículo Sâmara Rêgo
 
Mapa Conceitual Joao Aureliano
Mapa Conceitual Joao AurelianoMapa Conceitual Joao Aureliano
Mapa Conceitual Joao Aureliano
 
Livro mapas conceituais e diagramas
Livro mapas conceituais e diagramasLivro mapas conceituais e diagramas
Livro mapas conceituais e diagramas
 
Livro signos merleau ponty
Livro signos merleau pontyLivro signos merleau ponty
Livro signos merleau ponty
 

Último

Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 

Último (20)

Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 

Portfolio disciplina planejamento e avaliação

  • 1. Faculdade de Ciências Educação e Comunicação Curso de Pos-Graduação Formação para a Docência do Ensino Superior PORTFÓLIO Maceió – AL 2011
  • 2. Equipe composta pelos alunos: João Aureliano Sâmara Silva Rêgo Tânia Regina Pinha Harkensee
  • 3. João Aureliano Curriculum Lattes Sou uma pessoa disposta a enfrentar a vida, pois sempre tenho força de vontade e coragem para atingir meus objetivos, sejam eles profissionais ou pessoais. Sou graduado em Filosofia pela UFAL e Marketing pela UNOPAR, mas busco sempre aperfeiçoar e aprimorar meus conhecimentos, pois pretendo seguir o caminho acadêmico, cursando Mestrado e Doutorado, os quais são itens dos meus sonhos. Sou alegre, de fácil trato, e bastante dedicado ao que me proponho fazer. Tenho muita disposição para a pesquisa, como poderão ver em meu curriculum lattes. No entanto, sei que atingir meus objetivos, irá exigir de mim muito empenho, paciência e persistência. Por enquanto, pretendo ser útil com o que aprendi até agora, desenvolvendo minhas habilidades profissionais na área de educação e na área de marketing . Aprendi que na vida, O que vale é fazer bem feito.
  • 4. Sâmara Silva Rêgo Curriculum Vitae Sou uma pessoa dinâmica, determinada e romântica, acredito muito na existência de DEUS, e sei que com fé e força de vontade seremos capazes de realizar todos os nossos sonhos. Sou formada em Biologia, licenciatura plena pelo Centro de Estudos superiores (CESMAC), hoje estou com 31 anos, terminando minha pós graduação em Docência do Ensino superior, cumprindo assim mais uma etapa de conhecimentos que serão exercidos futuramente com êxito, seja na área educacional, pessoal e social. Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria Coríntios 13:1 como o metal que soa ou como o címbalo que retine. I Coríntios 13:2 E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. I Coríntios 13:3 E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. I Coríntios 13:4 O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, I Coríntios 13:5 não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; I Coríntios 13:6 não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; I Coríntios 13:7 tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. I Coríntios 13:8 O amor jamais acaba; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; I Coríntios 13:9 porque, em parte conhecemos, e em parte profetizamos; I Coríntios 13:10 mas, quando vier o que é perfeito, então o que é em parte será aniquilado. I Coríntios 13:11 Quando eu era menino, pensava como menino; mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. I Coríntios 13:12 Porque agora vemos como por espelho, em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei plenamente, como também sou plenamente conhecido. I Coríntios 13:13 Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor.
  • 5. Tânia Regina Pinha Harkensee Curriculum Vitae Profissionalmente, considero-me responsável, dinâmica e dedicada. Sou coordenadora de uma instituição privada, nível médio, e procuro encontrar estratégias e novas metodologias que atendam as expectativas de uma sociedade em constante mutação, ressignificando conteúdos e motivando alunos durante o processo de ensino aprendizagem. Nas relações interpessoais, sou muito prestativa, leal e, principalmente, acredito ser fundamental respeitar a individualidade e limites de cada um. Considero importante cultivar boas amizades e viver sem maximizar problemas que fazem parte do cotidiano. Alias, estes são, muitas vezes, alavanca para novos posicionamentos e novas conquistas. "A tarefa essencial do professor é despertar a alegria de trabalhar e de conhecer." (Albert Einstein)
  • 6. 1 – Trabalho : Texto Planejamento 2 – Trabalho: Plano de Ensino 3 - Trabalho – Mapa Conceitual 3.1 – João Aureliano 3.2 – Sâmara Silva Rêgo 3.3 – Tânia Regina P. Harkensee 3.4 – Texto Portfólio 4 – Trabalho: Hipertexto
  • 7. Trabalho 1 – Texto Planejamento
  • 8. “Quem compreender o conceito de necessidade e puder trabalhar eficientemente com ele descobriu a essência do planejamento” Danilo Gandin Planejamento é um processo que tem como finalidade, estabelecer fins e meios que apontem para sua superação, de modo a atingir objetivos antes previstos, pensando e prevendo o futuro, levando em conta as condições do presente, ou seja, a realidade, as experiências do passado e os pressupostos filosófico, cultural, econômico e político de quem planeja e com quem se planeja. O planejamento evita a improvisação, arranjos mal definidos, prever o futuro, estabelece caminhos que podem ser norteados mais apropriadamente de acordo com a realidade educacional, preverem o acompanhamento e a avaliação da própria ação. Planejar e avaliar caminham juntos, conforme Paulo Freire: Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar possibilidades para sua produção ou construção. Quem ensina aprende ao ensinar e quem aprende ensina ao aprender. O planejamento é a etapa mais importante do processo pedagógico, é onde estratégias e metas são desenvolvidas e adequadas à realidade, envolve reflexão de decisões sobre a organização, seu funcionamento e trabalha em cima da proposta pedagógica da instituição docente. O planejamento possui uma organização metodológica do conteúdo baseado na realidade do principal interessado que são os alunos, visando o seu crescimento e desenvolvimento dentro da sociedade. Professores e alunos trabalham em comunhão numa sala de aula, é uma troca de conhecimentos e saberes, cada um compartilhando de suas habilidades e realidade, não é um processo educativo cujos resultados podem ser predefinidos, de forma alguma, o planejamento existe para que através de uma organização metodológica do conteúdo ministrado pelos professores, o aluno venha desenvolver o seu raciocínio e forma de pensar, visando o seu crescimento na sociedade em que vive. O uso do planejamento dentro da sala de aula é uma das atividades mais importantes do educador, pois o mesmo servirá de base, alicerce a ser desenvolvido dentro da instituição docente.
  • 9. Apesar de o planejamento ser de grande importância pedagógica, político e social, existem professores que são totalmente contra a sua prática educativa, utilizando em suas aulas e atividades todo tipo de improviso, artifícios e arranjos, tendo como resultado a falta de desenvolvimento do alunado. Professores desse tipo estão preocupados em ministrar conteúdos que só servem para ele, isso acontece muito em Universidades Federais, professores que ensinam no mesmo curso e lecionam a mesma disciplina a mais de 10 anos ou mais, muitas vezes utilizam as mesmas aulas nos dias atuais, desconsiderando de forma bruta a realidade e cultura existente de seus alunos. O professor tem que entender que o planejamento é um amigo, uma forte ferramenta de trabalho no qual ele vai ser norteado para desenvolver e alcançar seus objetivos, desde a resolução de problemas, suas escolhas até a sua formação como cidadão. Professores que pensam que ter mestrado, doutorado e outras graduações é o bastante, estão enganados, muitos carregam apenas seus títulos em encontros sociais, políticos e pedagógicos, mas na realidade não conseguiram um bom desenvolvimento em suas aulas, ficam ultrapassados pelo tempo esperando por suas aposentadorias, relatando para os que estão chegando àquilo que não fizeram seus títulos só servem para eles mesmos. O planejamento possibilita ao professor, manter a articulação e o desenvolvimento da disciplina, a sala de aula exige reflexão do professor para criar e recriar ações sempre que novos interesses surjam, por isso é exigido organização, sistematização, previsão, decisão e outros. È importante deixar claro que o professor necessita planejar, refletir sobre sua ação, pensar sobre o que faz, antes, durante e depois, pois lidar com pessoas em processo de formação é necessário ter uma atitude cientifica didático – pedagógica, para que o aluno consiga se desenvolver na sociedade. Referencias: GANDIN, D. e L. Temas para um projeto político-pedagógico. Petrópolis: Vozes, 1999. FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra. 1996.
  • 10. Trabalho 2 – Plano de Ensino
  • 11. PLANO DE ENSINO • DADOS DA UNIDADE CURRICULAR Curso: Licenciatura em Pedagogia Unidade Curricular: Filosofia da Educação I Carga Horária do Módulo: Carga Horária Semanal 36 h/a (h/a): 2 Docentes Responsáveis: João Aureliano Sâmara Silva Rêgo Tânia Regina Pinha Harkensee OBJETIVO GERAL Demonstrar atitude crítico-reflexiva em relação aos problemas educacionais encontrados na realidade social, buscando direcionar o futuro professor a uma compreensão global do problema educacional, abstraídas as variações de espaço e tempo. EMENTA Análise das relações entre educação e filosofia mediante reflexão crítica sobre as bases filosóficas, princípios e influências da principais concepções do pensamento pedagógico, expondo perspectivas de uma Filosofia da Educação Brasileira para o século XXI.
  • 12. OBJETIVOS ESPECIFICOS Refletir o cotidiano, a formação de valores, a relativização dos conceitos, fazendo uso do censo crítico social; Perceber a importância da epistemologia, da antropologia e da axiologia na reflexão filosófica, e a necessidade de distinguir entre conhecimento, ideologia e valores sociais, ampliando os conceitos de verdade e racionalidade; Estudar o processo histórico da pedagogia e o papel da tecnologia na educação contemporânea, identificando a filosofia como instrumento de ação e de interpretação do mundo. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 1ª UNIDADE: Filosofia, Educação e Sociedade 1.1 - Filosofia, Educação e Pedagogia 1.2 – A formação do Educador 1.3 - Cultura e humanização 1.4 - Educação formal, informal, não-informal 1.5 - Educação e Inclusão 2ª UNIDADE: Presssupostos e Concepções 2.1 – Antropologia e Epistemologia Filosófica 2.2 - Pedagogia nos séculos XVIII e XIX 2.3 - Concepções liberais do Séc. XX 2.4 - Política e Educação 2.5 – Críticas à Escola
  • 13. AVALIAÇÃO Diagnóstica, levando-se em consideração conhecimentos existentes e vivenciados; Processual, reavaliando o planejamento e incorporando inovações necessárias para o avanço do processo de ensino; Somativa, objetivando avaliar individualmente os aspectos cognitivos assimilados. METODOLOGIA Aula expositivas utilizando método ativo, incentivando a participação do aluno. Debates, estudo dirigido e estudo de casos, provas dissertativas e seminários. BIBLIOGRAFIA ARENDT, H. A condição humana, 10ª ed. Rio de Janeiro, 2004 Aristóteles. Política, Brasília, Ed. UnB, 1985. BAUMAN, Z. A Globalização: As conseqüências humanas, Rio de Janeiro, Ed. Zahar, 1999. CHAUÍ, M. Convite à Filosofia, Ed. Ática, São Paulo, 1994. FERRATER, M. Dicionário de Filosifia, 4ª ed. São Paulo, Martins Fontes, 2001. HADOT, P; O que é filosofia antiga?, São Paulo, Loyola, 1999. LEGOFF, J. Para um novo conceito de Idade Média, Lisboa, Estampa, 1999. LEGOFF, J. Os intelectuais na Idade Média, São Paulo, Brasiliense, 1988. REALE, G & ANTISERI, D. História de Filosofia do humanismo a Kant, Vol II, Ed. Paulinas, São Paulo, 1990. REALE, G. História de Filosofia Antiga, São Paulo, Loyola, 1994. VASQUEZ, A.S. Ética, 4ª Edição, Ed. Civilização Brasileiro, Rio de Janeiro, 1980. VERNANT, J-P. Entre Mito e Política, 2ª Edição, São Paulo, Edusp. 2002.
  • 14. Trabalho 3 – Mapa Conceitual
  • 19. 4 – Trabalho: Hipertexto
  • 20. Pela Internet Gilberto Gil Composição : Gilberto Gil Criar meu web site Fazer minha home-page Com quantos gigabytes Se faz uma jangada Um barco que veleja ...(2x) Que veleje nesse informar Que aproveite a vazante da infomaré Que leve um oriki do meu orixá Ao porto de um disquete de um micro em Taipé Um barco que veleje nesse infomar Que aproveite a vazante da infomaré Que leve meu e-mail até Calcutá Depois de um hot-link Num site de Helsinque Para abastecer Eu quero entrar na rede Promover um debate Juntar via Internet Um grupo de tietes de Connecticut De Connecticut de acessar O chefe da Mac Milícia de Milão Um hacker mafioso acaba de soltar Um vírus para atacar os programas no Japão Eu quero entrar na rede para contatar Os lares do Nepal,os bares do Gabão Que o chefe da polícia carioca avisa pelo celular Que lá na praça Onze tem um videopôquer para se jogar...
  • 21. Atividade indicada para disciplina: Filosofia Gilberto Gil, na música Pela Internet, apresenta sua visão sobre a Internet, meio de comunicação mundial que vem revolucionando nossos hábitos de obtenção e transmissão de informações. O objetivo dessa atividade é realizar uma reflexão sobre a importância da internet como meio de comunicação e a transformação das pessoas à medida que ela evoluiu, além de relacionar com questões do nosso cotidiano.