SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
TEORIAS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS
Descubra a palavra O I L F S I F O A
FILOSOFIA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
OBJETO DA FILOSOFIA E DA SOCIOLOGIA   ,[object Object],[object Object],[object Object]
Para não esquecer! ,[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Sócrates Platão  Aristóteles
Sócrates através de Platão 470 – 399 a.C. ,[object Object],[object Object],O Justo nasce justo, não se aprende nesta vida
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],ANAMNESE: A alma é sábia e imortal, ao nascer, a sabedoria é obscurecida.  Conhecimento não é adquirido, é inato. Sócrates/Platão
(Sócrates)470-399 a.C. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Aristóteles
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Santo Agostinho 354 a 430
São Tomás de Aquino 1224 a 1274
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],No Educando o saber está contido potencialmente,  o mestre o ajuda como modelo a se realizar
São Tomás de Aquino – 1224 a 1274 ,[object Object],[object Object],[object Object]
Jean Jacques Rousseau – 1712 - 1778 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Jean Jacques Rousseau – 1712 - 1778 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Comenius ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Pedagogia Tradicional ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Críticas de Paulo Freire à Pedagogia Tradicional
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A Pedagogia e o Evangelho ,[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
"Reparai: [ ... ] entre o semeador e o que semeia há muita diferença: (..)  o semeador e o pregador é o nome; o que semeia e o que prega é a ação; e as ações são as que dão o ser ao pregador. Ter o nome de pregador, ou ser pregador de nome, não importa nada; as ações, a vida o exemplo, as obras, são as que convertem o mundo. [ ... ] Hoje pregam-se palavras e pensamentos, antigamente pregavam-se palavras e obras. Palavras sem obras são tiros sem balas; atroam, mas não ferem. O pregar que é falar, faz-se com a boca; o pregar que é semear faz-se com a mão.Para falar ao vento, bastam palavras; para falar ao coração, são necessárias obras" . Pe. Antônio Vieira

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O universo segundo a visão espírita
O universo segundo a visão espíritaO universo segundo a visão espírita
O universo segundo a visão espíritaDanilo Galvão
 
Provas da Reencarnação
Provas da ReencarnaçãoProvas da Reencarnação
Provas da Reencarnaçãoigmateus
 
Palestra espirita escolha das provas
Palestra espirita escolha das provasPalestra espirita escolha das provas
Palestra espirita escolha das provasFelipe Guedes
 
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
Há muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do paiHá muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do paiGianete Rocha
 
Todos nós somos médiuns?
Todos nós somos médiuns?Todos nós somos médiuns?
Todos nós somos médiuns?home
 
Da lei de conservação
Da lei de conservaçãoDa lei de conservação
Da lei de conservaçãohome
 
Pluralidade Dos Mundos Habitados
Pluralidade Dos Mundos HabitadosPluralidade Dos Mundos Habitados
Pluralidade Dos Mundos HabitadosFórum Espírita
 
2.4.3 transmigracao progressiva
2.4.3   transmigracao progressiva2.4.3   transmigracao progressiva
2.4.3 transmigracao progressivaMarta Gomes
 
Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Buscai e Achareis - ESE Cap 25Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Buscai e Achareis - ESE Cap 25Fábio Paiva
 
Sono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismo
Sono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismoSono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismo
Sono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismoDeborah Oliver
 
2.4.2 encarnacao nos diferentes mundos
2.4.2   encarnacao nos diferentes mundos2.4.2   encarnacao nos diferentes mundos
2.4.2 encarnacao nos diferentes mundosMarta Gomes
 
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!Leonardo Pereira
 
Reencarnação na Bíblia-seminário
Reencarnação na Bíblia-seminárioReencarnação na Bíblia-seminário
Reencarnação na Bíblia-semináriohome
 

Mais procurados (20)

Ressurreição e reencarnação
Ressurreição e reencarnaçãoRessurreição e reencarnação
Ressurreição e reencarnação
 
Justica das aflicoes
Justica das aflicoesJustica das aflicoes
Justica das aflicoes
 
O passe espirita
O passe espiritaO passe espirita
O passe espirita
 
O universo segundo a visão espírita
O universo segundo a visão espíritaO universo segundo a visão espírita
O universo segundo a visão espírita
 
Provas da Reencarnação
Provas da ReencarnaçãoProvas da Reencarnação
Provas da Reencarnação
 
Aula 2 - Umbral e Colônias Espirituais
Aula 2 -  Umbral e Colônias EspirituaisAula 2 -  Umbral e Colônias Espirituais
Aula 2 - Umbral e Colônias Espirituais
 
Palestra espirita escolha das provas
Palestra espirita escolha das provasPalestra espirita escolha das provas
Palestra espirita escolha das provas
 
O verdadeiro cilicio
O verdadeiro cilicio O verdadeiro cilicio
O verdadeiro cilicio
 
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
 
Há muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do paiHá muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do pai
 
Todos nós somos médiuns?
Todos nós somos médiuns?Todos nós somos médiuns?
Todos nós somos médiuns?
 
Da lei de conservação
Da lei de conservaçãoDa lei de conservação
Da lei de conservação
 
Pluralidade Dos Mundos Habitados
Pluralidade Dos Mundos HabitadosPluralidade Dos Mundos Habitados
Pluralidade Dos Mundos Habitados
 
2.4.3 transmigracao progressiva
2.4.3   transmigracao progressiva2.4.3   transmigracao progressiva
2.4.3 transmigracao progressiva
 
Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Buscai e Achareis - ESE Cap 25Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Buscai e Achareis - ESE Cap 25
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
 
Sono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismo
Sono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismoSono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismo
Sono & sonhos ; sonhos; ESDE; espiritismo
 
2.4.2 encarnacao nos diferentes mundos
2.4.2   encarnacao nos diferentes mundos2.4.2   encarnacao nos diferentes mundos
2.4.2 encarnacao nos diferentes mundos
 
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
Relações afetivas e o casamento na visão espírita!
 
Reencarnação na Bíblia-seminário
Reencarnação na Bíblia-seminárioReencarnação na Bíblia-seminário
Reencarnação na Bíblia-seminário
 

Destaque

Caminhos da educação do espirito
Caminhos da educação do espiritoCaminhos da educação do espirito
Caminhos da educação do espiritoDalila Melo
 
Os quatro pilares da educação para o séc XXI e o Evangelho
Os quatro pilares da educação para o séc XXI e o EvangelhoOs quatro pilares da educação para o séc XXI e o Evangelho
Os quatro pilares da educação para o séc XXI e o EvangelhoAngelo Baptista
 
Nascer e morrer educacao consciencial do espirito
Nascer e morrer   educacao consciencial do espiritoNascer e morrer   educacao consciencial do espirito
Nascer e morrer educacao consciencial do espiritoJose Augusto Castro Chagas
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução Leonardo Pereira
 
A Pedagogia e didática de Allan Kardec
A Pedagogia e didática de Allan KardecA Pedagogia e didática de Allan Kardec
A Pedagogia e didática de Allan KardecEder Freyre
 
Educação e Espiritismo
Educação e EspiritismoEducação e Espiritismo
Educação e Espiritismogrupodepaisceb
 
Educação à Luz do Espiritismo
Educação à Luz do EspiritismoEducação à Luz do Espiritismo
Educação à Luz do EspiritismoRicardo Azevedo
 

Destaque (11)

Xxv encontro educação do espirito
Xxv encontro   educação do espiritoXxv encontro   educação do espirito
Xxv encontro educação do espirito
 
Caminhos da educação do espirito
Caminhos da educação do espiritoCaminhos da educação do espirito
Caminhos da educação do espirito
 
Os quatro pilares da educação para o séc XXI e o Evangelho
Os quatro pilares da educação para o séc XXI e o EvangelhoOs quatro pilares da educação para o séc XXI e o Evangelho
Os quatro pilares da educação para o séc XXI e o Evangelho
 
Nascer e morrer educacao consciencial do espirito
Nascer e morrer   educacao consciencial do espiritoNascer e morrer   educacao consciencial do espirito
Nascer e morrer educacao consciencial do espirito
 
Consciência e evolução
Consciência e evolução Consciência e evolução
Consciência e evolução
 
Educação do Espirito
Educação do EspiritoEducação do Espirito
Educação do Espirito
 
A Pedagogia e didática de Allan Kardec
A Pedagogia e didática de Allan KardecA Pedagogia e didática de Allan Kardec
A Pedagogia e didática de Allan Kardec
 
Educação e Espiritismo
Educação e EspiritismoEducação e Espiritismo
Educação e Espiritismo
 
Educação à Luz do Espiritismo
Educação à Luz do EspiritismoEducação à Luz do Espiritismo
Educação à Luz do Espiritismo
 
A educacao do espirito
A educacao do espiritoA educacao do espirito
A educacao do espirito
 
JESUS, MESTRE DA EDUCAÇÃO
JESUS, MESTRE DA EDUCAÇÃOJESUS, MESTRE DA EDUCAÇÃO
JESUS, MESTRE DA EDUCAÇÃO
 

Semelhante a Pedagogia espírita

Teorias e praticas_pedagogicas
Teorias e praticas_pedagogicasTeorias e praticas_pedagogicas
Teorias e praticas_pedagogicaswprrangel
 
Filosofia Grega Clássica ao Helenismo-Prof.Altair Aguilar.
Filosofia Grega Clássica ao Helenismo-Prof.Altair Aguilar.Filosofia Grega Clássica ao Helenismo-Prof.Altair Aguilar.
Filosofia Grega Clássica ao Helenismo-Prof.Altair Aguilar.Altair Moisés Aguilar
 
Apresentações Sociais
Apresentações SociaisApresentações Sociais
Apresentações Sociaisitassa
 
Antropologia correcao3.
Antropologia correcao3.Antropologia correcao3.
Antropologia correcao3.itassa
 
Slides - Aula 02 - Sofistas e Sócrates.pdf
Slides - Aula 02 - Sofistas e Sócrates.pdfSlides - Aula 02 - Sofistas e Sócrates.pdf
Slides - Aula 02 - Sofistas e Sócrates.pdfNatan Baptista
 
Filo 2 trimestre larissa e monique 26
Filo 2 trimestre larissa e monique 26Filo 2 trimestre larissa e monique 26
Filo 2 trimestre larissa e monique 26Alexandre Misturini
 
Slides Antropologia
Slides AntropologiaSlides Antropologia
Slides AntropologiaMisterios10
 
Aula 02 - Os sofistas e Sócrates.pdf
Aula 02 - Os sofistas e Sócrates.pdfAula 02 - Os sofistas e Sócrates.pdf
Aula 02 - Os sofistas e Sócrates.pdfNatanHenriqueTaveira
 
A metafísica na modernidade 1° integral.docx
A metafísica na modernidade 1° integral.docxA metafísica na modernidade 1° integral.docx
A metafísica na modernidade 1° integral.docxJulianaDomingosdaSil2
 
Antropologia (Slide)[1][1][1]
Antropologia (Slide)[1][1][1]Antropologia (Slide)[1][1][1]
Antropologia (Slide)[1][1][1]Dell Sales
 
Trabalho Conclusão Didática - UNIRIO
Trabalho Conclusão Didática - UNIRIOTrabalho Conclusão Didática - UNIRIO
Trabalho Conclusão Didática - UNIRIOFabiana Melo Sousa
 
o que é arché
o que é archéo que é arché
o que é archépuenzo
 
Filosofia da educação
Filosofia da educaçãoFilosofia da educação
Filosofia da educaçãoCarlos Tesch
 
Sócrates, Platão e Aristóteles
Sócrates, Platão e AristótelesSócrates, Platão e Aristóteles
Sócrates, Platão e AristótelesBruno Carrasco
 

Semelhante a Pedagogia espírita (20)

Teorias e praticas_pedagogicas
Teorias e praticas_pedagogicasTeorias e praticas_pedagogicas
Teorias e praticas_pedagogicas
 
Filosofia Unidade 2
Filosofia Unidade 2Filosofia Unidade 2
Filosofia Unidade 2
 
Filosofia Grega Clássica ao Helenismo-Prof.Altair Aguilar.
Filosofia Grega Clássica ao Helenismo-Prof.Altair Aguilar.Filosofia Grega Clássica ao Helenismo-Prof.Altair Aguilar.
Filosofia Grega Clássica ao Helenismo-Prof.Altair Aguilar.
 
Apresentações Sociais
Apresentações SociaisApresentações Sociais
Apresentações Sociais
 
Antropologia correcao3.
Antropologia correcao3.Antropologia correcao3.
Antropologia correcao3.
 
Slides - Aula 02 - Sofistas e Sócrates.pdf
Slides - Aula 02 - Sofistas e Sócrates.pdfSlides - Aula 02 - Sofistas e Sócrates.pdf
Slides - Aula 02 - Sofistas e Sócrates.pdf
 
Antropologia Filosófica
Antropologia FilosóficaAntropologia Filosófica
Antropologia Filosófica
 
Psicologia da educação.pptx
Psicologia da educação.pptxPsicologia da educação.pptx
Psicologia da educação.pptx
 
A origem da filosofia
A origem da filosofia A origem da filosofia
A origem da filosofia
 
Antropologia slides
Antropologia slidesAntropologia slides
Antropologia slides
 
Filo 2 trimestre larissa e monique 26
Filo 2 trimestre larissa e monique 26Filo 2 trimestre larissa e monique 26
Filo 2 trimestre larissa e monique 26
 
Antropologia
AntropologiaAntropologia
Antropologia
 
Slides Antropologia
Slides AntropologiaSlides Antropologia
Slides Antropologia
 
Aula 02 - Os sofistas e Sócrates.pdf
Aula 02 - Os sofistas e Sócrates.pdfAula 02 - Os sofistas e Sócrates.pdf
Aula 02 - Os sofistas e Sócrates.pdf
 
A metafísica na modernidade 1° integral.docx
A metafísica na modernidade 1° integral.docxA metafísica na modernidade 1° integral.docx
A metafísica na modernidade 1° integral.docx
 
Antropologia (Slide)[1][1][1]
Antropologia (Slide)[1][1][1]Antropologia (Slide)[1][1][1]
Antropologia (Slide)[1][1][1]
 
Trabalho Conclusão Didática - UNIRIO
Trabalho Conclusão Didática - UNIRIOTrabalho Conclusão Didática - UNIRIO
Trabalho Conclusão Didática - UNIRIO
 
o que é arché
o que é archéo que é arché
o que é arché
 
Filosofia da educação
Filosofia da educaçãoFilosofia da educação
Filosofia da educação
 
Sócrates, Platão e Aristóteles
Sócrates, Platão e AristótelesSócrates, Platão e Aristóteles
Sócrates, Platão e Aristóteles
 

Mais de Dalila Melo

é Difícil julgar os homens
é Difícil julgar os homensé Difícil julgar os homens
é Difícil julgar os homensDalila Melo
 
As criaturas existem e não existem
As criaturas existem e não existemAs criaturas existem e não existem
As criaturas existem e não existemDalila Melo
 
Confissões livro vi item iv
Confissões livro vi item ivConfissões livro vi item iv
Confissões livro vi item ivDalila Melo
 
Manifeste seu progresso
Manifeste seu progressoManifeste seu progresso
Manifeste seu progressoDalila Melo
 
Instruções a timóteo
Instruções a timóteoInstruções a timóteo
Instruções a timóteoDalila Melo
 
Psicologia da gratidão
Psicologia da gratidãoPsicologia da gratidão
Psicologia da gratidãoDalila Melo
 
Literatura infantil espírita
Literatura infantil espíritaLiteratura infantil espírita
Literatura infantil espíritaDalila Melo
 
A Casa espírita
A Casa espíritaA Casa espírita
A Casa espíritaDalila Melo
 
Falatórios Vinha de Luz
Falatórios Vinha de LuzFalatórios Vinha de Luz
Falatórios Vinha de LuzDalila Melo
 
Educação do afeto
Educação do afetoEducação do afeto
Educação do afetoDalila Melo
 
Valor ação correta
Valor ação corretaValor ação correta
Valor ação corretaDalila Melo
 
3 história da terra
3   história da terra3   história da terra
3 história da terraDalila Melo
 
Criação de deus
Criação de deusCriação de deus
Criação de deusDalila Melo
 
Pensamento e vontade
Pensamento e vontadePensamento e vontade
Pensamento e vontadeDalila Melo
 
A verdade e a felicidade residem em deus
A verdade e a felicidade residem em deusA verdade e a felicidade residem em deus
A verdade e a felicidade residem em deusDalila Melo
 

Mais de Dalila Melo (20)

é Difícil julgar os homens
é Difícil julgar os homensé Difícil julgar os homens
é Difícil julgar os homens
 
As criaturas existem e não existem
As criaturas existem e não existemAs criaturas existem e não existem
As criaturas existem e não existem
 
Confissões livro vi item iv
Confissões livro vi item ivConfissões livro vi item iv
Confissões livro vi item iv
 
Manifeste seu progresso
Manifeste seu progressoManifeste seu progresso
Manifeste seu progresso
 
Instruções a timóteo
Instruções a timóteoInstruções a timóteo
Instruções a timóteo
 
Psicologia da gratidão
Psicologia da gratidãoPsicologia da gratidão
Psicologia da gratidão
 
Literatura infantil espírita
Literatura infantil espíritaLiteratura infantil espírita
Literatura infantil espírita
 
1 coríntios 4
1 coríntios 41 coríntios 4
1 coríntios 4
 
A Casa espírita
A Casa espíritaA Casa espírita
A Casa espírita
 
Falatórios Vinha de Luz
Falatórios Vinha de LuzFalatórios Vinha de Luz
Falatórios Vinha de Luz
 
Educação do afeto
Educação do afetoEducação do afeto
Educação do afeto
 
Valor ação correta
Valor ação corretaValor ação correta
Valor ação correta
 
Rosas
RosasRosas
Rosas
 
3 história da terra
3   história da terra3   história da terra
3 história da terra
 
Criação de deus
Criação de deusCriação de deus
Criação de deus
 
Pensamento e vontade
Pensamento e vontadePensamento e vontade
Pensamento e vontade
 
A fé religiosa
A fé religiosaA fé religiosa
A fé religiosa
 
A piedade
A piedadeA piedade
A piedade
 
Ano novo
Ano novoAno novo
Ano novo
 
A verdade e a felicidade residem em deus
A verdade e a felicidade residem em deusA verdade e a felicidade residem em deus
A verdade e a felicidade residem em deus
 

Último

PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptxLuana240603
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxmariiiaaa1290
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 

Último (20)

PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 

Pedagogia espírita

  • 1. TEORIAS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS
  • 2. Descubra a palavra O I L F S I F O A
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9. Sócrates Platão Aristóteles
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 18. São Tomás de Aquino 1224 a 1274
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28. Críticas de Paulo Freire à Pedagogia Tradicional
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33. "Reparai: [ ... ] entre o semeador e o que semeia há muita diferença: (..) o semeador e o pregador é o nome; o que semeia e o que prega é a ação; e as ações são as que dão o ser ao pregador. Ter o nome de pregador, ou ser pregador de nome, não importa nada; as ações, a vida o exemplo, as obras, são as que convertem o mundo. [ ... ] Hoje pregam-se palavras e pensamentos, antigamente pregavam-se palavras e obras. Palavras sem obras são tiros sem balas; atroam, mas não ferem. O pregar que é falar, faz-se com a boca; o pregar que é semear faz-se com a mão.Para falar ao vento, bastam palavras; para falar ao coração, são necessárias obras" . Pe. Antônio Vieira