SlideShare uma empresa Scribd logo
Agrupamento de Escolas n.º 1 de Serpa
ESCOLA BÁSICA DE PIAS

HISTÓRIA DA LÍNGUA PORTUGUESA (2)
9.º Ano de Escolaridade

Português
Ano Letivo 2012/2013 | janeiro de 2013
9.º A|9.º B

Vamos rever…
 A maior parte dos vocábulos de origem latina entrou na Língua Portuguesa por via popular, ou seja, as
transformações, a partir do latim vulgar – foram acontecendo lenta e gradualmente, à medida que as
populações se iam apropriando das novas palavras.
 Existem, no entanto, as palavras que foram adotadas diretamente do latim clássico – por via erudita – sem que
tivessem sido sujeitas a quaisquer transformações.
 De acordo com o étimo de onde provêm, as palavras dizem-se:
 divergentes, quando um mesmo étimo deu origem a várias palavras; ou
 convergentes, se vários étimos resultaram em palavras homónimas.

Vamos praticar…
1. Escolhe, de entre os étimos latinos que te são dados, os correspondentes a cada grupo de palavras.

Étimos latinos: oculu(m); matre(m); integru(m); macula(m); planun(m); solitariu(m).
(a) ________________: chão, plano, porão.
(b) ________________: malha, mágoa, mancha.
(c) ________________: solteiro, solitário.

(d) ________________: olho, óculo(s).
(e) ________________: mãe, madre.
(f) ________________: inteiro, íntegro.

1.1. Completa a afirmação apresentada.
As palavras do item 1 dizem-se ________________, porque cada ________________ latino deu
origem a ________________ ou mais vocábulos diferentes.
2. Completa as colunas, colocando as palavras de cada grupo nos espaços adequados.

GRUPO DE PALAVRAS
mediu(m) / meio / médio
superar / superare / sobrar
frio / frígido / frigidu(m)
catedra(m)/ cadeira / cátedra
cogitar / cogitare / cuidar
adro / átrio / atriu(m)

ÉTIMO

VIA ERUDITA

VIA POPULAR

3. Completa com os vocábulos atuais correspondentes.

(a) rideo > ____________ (forma do verbo rir).
rivu(m) > ___________ (curso de água)

(b) libru(m) > ____________ (nome)
libero > ____________ (forma do verbo livrar)

3.1. Completa a afirmação.
As palavras do item 3 chamam-se __________________, porque, embora provenientes de
________________ diferentes, deram origem a palavras ________________.
Fonte adaptada: Gomes, P. (2008). 10 minutos por dia – Língua Portuguesa: 9.º ano. Lisboa: Texto Editores.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
António Fernandes
 
Predicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoPredicativo do complemento direto
Predicativo do complemento direto
quintaldasletras
 
Gigante Adamastor, d'Os Lusíadas
Gigante Adamastor, d'Os LusíadasGigante Adamastor, d'Os Lusíadas
Gigante Adamastor, d'Os Lusíadas
Dina Baptista
 
Cantigas de amigo
Cantigas de amigoCantigas de amigo
Cantigas de amigo
Paula Oliveira Cruz
 
Estrutura externa e interna d'os lusíadas
Estrutura externa e interna d'os lusíadasEstrutura externa e interna d'os lusíadas
Estrutura externa e interna d'os lusíadas
claudiarmarques
 
Processos fonologicos
Processos fonologicosProcessos fonologicos
Processos fonologicos
ameliapadrao
 
Lírica camoniana
Lírica camonianaLírica camoniana
Lírica camoniana
Helena Coutinho
 
Subclasses de verbos
Subclasses de verbosSubclasses de verbos
Subclasses de verbos
Margarida Tomaz
 
Teste 9º os lusíadas
Teste 9º os lusíadasTeste 9º os lusíadas
Teste 9º os lusíadas
Natália Carvalho
 
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
FranciscoSilva772
 
Actos ilocutorios
Actos ilocutoriosActos ilocutorios
Actos ilocutorios
Alice Guimarães
 
Os lusíadas adamastor - resumo (por estrofe) e análise global[1]
Os lusíadas   adamastor - resumo (por estrofe) e análise global[1]Os lusíadas   adamastor - resumo (por estrofe) e análise global[1]
Os lusíadas adamastor - resumo (por estrofe) e análise global[1]
Maria João Lima
 
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Rosalina Simão Nunes
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
Cristina Fontes
 
Funções sintáticas e modificadores
Funções sintáticas e modificadoresFunções sintáticas e modificadores
Funções sintáticas e modificadores
Margarida Tomaz
 
Oração subordinada adjetiva relativa
Oração subordinada adjetiva relativaOração subordinada adjetiva relativa
Oração subordinada adjetiva relativa
António Fernandes
 
Complemento oblíquo e_modificador
Complemento oblíquo e_modificadorComplemento oblíquo e_modificador
Complemento oblíquo e_modificador
7aeb23dalousa
 
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 AnoResumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Rui Oliveira
 
Formação de palavras
Formação de palavrasFormação de palavras
Formação de palavras
Margarida Tomaz
 
Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"
Inês Moreira
 

Mais procurados (20)

Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
 
Predicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoPredicativo do complemento direto
Predicativo do complemento direto
 
Gigante Adamastor, d'Os Lusíadas
Gigante Adamastor, d'Os LusíadasGigante Adamastor, d'Os Lusíadas
Gigante Adamastor, d'Os Lusíadas
 
Cantigas de amigo
Cantigas de amigoCantigas de amigo
Cantigas de amigo
 
Estrutura externa e interna d'os lusíadas
Estrutura externa e interna d'os lusíadasEstrutura externa e interna d'os lusíadas
Estrutura externa e interna d'os lusíadas
 
Processos fonologicos
Processos fonologicosProcessos fonologicos
Processos fonologicos
 
Lírica camoniana
Lírica camonianaLírica camoniana
Lírica camoniana
 
Subclasses de verbos
Subclasses de verbosSubclasses de verbos
Subclasses de verbos
 
Teste 9º os lusíadas
Teste 9º os lusíadasTeste 9º os lusíadas
Teste 9º os lusíadas
 
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
 
Actos ilocutorios
Actos ilocutoriosActos ilocutorios
Actos ilocutorios
 
Os lusíadas adamastor - resumo (por estrofe) e análise global[1]
Os lusíadas   adamastor - resumo (por estrofe) e análise global[1]Os lusíadas   adamastor - resumo (por estrofe) e análise global[1]
Os lusíadas adamastor - resumo (por estrofe) e análise global[1]
 
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
Orações subordinadas substantivas e adjetivas - Apresentação de conteúdos (SU...
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Funções sintáticas e modificadores
Funções sintáticas e modificadoresFunções sintáticas e modificadores
Funções sintáticas e modificadores
 
Oração subordinada adjetiva relativa
Oração subordinada adjetiva relativaOração subordinada adjetiva relativa
Oração subordinada adjetiva relativa
 
Complemento oblíquo e_modificador
Complemento oblíquo e_modificadorComplemento oblíquo e_modificador
Complemento oblíquo e_modificador
 
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 AnoResumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
 
Formação de palavras
Formação de palavrasFormação de palavras
Formação de palavras
 
Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"
 

Semelhante a Palavras divergentes e convergentes

Apostila preparatória concurso see 2ª semana
Apostila preparatória concurso see 2ª semanaApostila preparatória concurso see 2ª semana
Apostila preparatória concurso see 2ª semana
Antônio Fernandes
 
1º ano 1º bimestre
1º ano   1º bimestre1º ano   1º bimestre
1º ano 1º bimestre
Juliana Marian de Lima
 
Teoria 2011 1 parte 1
Teoria 2011 1  parte 1Teoria 2011 1  parte 1
Teoria 2011 1 parte 1
Camilla Pereira
 
Apostila de português
Apostila de portuguêsApostila de português
Apostila de português
Leila Pryjma
 
Apostila portugues concurseiro bb
Apostila portugues concurseiro bbApostila portugues concurseiro bb
Apostila portugues concurseiro bb
Fran Maciel de Almeida
 
F1eee
F1eeeF1eee
Substantivos: exercícios diversos
Substantivos: exercícios diversosSubstantivos: exercícios diversos
Substantivos: exercícios diversos
Madalena Joaninho
 
Resumo das actividades desenvolver a consciencia_linguistica
Resumo das actividades desenvolver a consciencia_linguisticaResumo das actividades desenvolver a consciencia_linguistica
Resumo das actividades desenvolver a consciencia_linguistica
ameliamardm
 
Denotação x conotação fwae3
Denotação x conotação fwae3Denotação x conotação fwae3
Denotação x conotação fwae3
Luciano Arêas Acadêmico
 
Acordo ortográfico
Acordo ortográficoAcordo ortográfico
Acordo ortográfico
José Sant'ana
 
Vamos praticar - HLP - Origem da Língua Portuguesa
Vamos praticar - HLP - Origem da Língua PortuguesaVamos praticar - HLP - Origem da Língua Portuguesa
Vamos praticar - HLP - Origem da Língua Portuguesa
Susana Sobrenome
 
Exercicio variacao linguistica_1
Exercicio variacao linguistica_1Exercicio variacao linguistica_1
Exercicio variacao linguistica_1
Isabella Silva
 
O alfabeto grego_
O alfabeto grego_O alfabeto grego_
O alfabeto grego_
Arthur Oliveira
 
Alfabeto grego classico - M. J. Cenatti
Alfabeto grego classico - M. J. CenattiAlfabeto grego classico - M. J. Cenatti
Alfabeto grego classico - M. J. Cenatti
Will Torget
 
Portugues 1EM 1BIM
Portugues 1EM 1BIM Portugues 1EM 1BIM
Portugues 1EM 1BIM
Alice MLK
 
Texto informativo
Texto informativoTexto informativo
Texto informativo
Gonçalo Silva
 
Curso de latim_gloria_tv
Curso de latim_gloria_tvCurso de latim_gloria_tv
Curso de latim_gloria_tv
Maluco Rafael
 
Ficha alpha 6 em língua 1ª série gabarito
Ficha alpha 6 em  língua 1ª série gabaritoFicha alpha 6 em  língua 1ª série gabarito
Ficha alpha 6 em língua 1ª série gabarito
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Literatura oral e tradicional
Literatura oral e tradicionalLiteratura oral e tradicional
Literatura oral e tradicional
Célia Gonçalves
 
Curso-de-latim-completo
 Curso-de-latim-completo Curso-de-latim-completo
Curso-de-latim-completo
Brazilian Air Force
 

Semelhante a Palavras divergentes e convergentes (20)

Apostila preparatória concurso see 2ª semana
Apostila preparatória concurso see 2ª semanaApostila preparatória concurso see 2ª semana
Apostila preparatória concurso see 2ª semana
 
1º ano 1º bimestre
1º ano   1º bimestre1º ano   1º bimestre
1º ano 1º bimestre
 
Teoria 2011 1 parte 1
Teoria 2011 1  parte 1Teoria 2011 1  parte 1
Teoria 2011 1 parte 1
 
Apostila de português
Apostila de portuguêsApostila de português
Apostila de português
 
Apostila portugues concurseiro bb
Apostila portugues concurseiro bbApostila portugues concurseiro bb
Apostila portugues concurseiro bb
 
F1eee
F1eeeF1eee
F1eee
 
Substantivos: exercícios diversos
Substantivos: exercícios diversosSubstantivos: exercícios diversos
Substantivos: exercícios diversos
 
Resumo das actividades desenvolver a consciencia_linguistica
Resumo das actividades desenvolver a consciencia_linguisticaResumo das actividades desenvolver a consciencia_linguistica
Resumo das actividades desenvolver a consciencia_linguistica
 
Denotação x conotação fwae3
Denotação x conotação fwae3Denotação x conotação fwae3
Denotação x conotação fwae3
 
Acordo ortográfico
Acordo ortográficoAcordo ortográfico
Acordo ortográfico
 
Vamos praticar - HLP - Origem da Língua Portuguesa
Vamos praticar - HLP - Origem da Língua PortuguesaVamos praticar - HLP - Origem da Língua Portuguesa
Vamos praticar - HLP - Origem da Língua Portuguesa
 
Exercicio variacao linguistica_1
Exercicio variacao linguistica_1Exercicio variacao linguistica_1
Exercicio variacao linguistica_1
 
O alfabeto grego_
O alfabeto grego_O alfabeto grego_
O alfabeto grego_
 
Alfabeto grego classico - M. J. Cenatti
Alfabeto grego classico - M. J. CenattiAlfabeto grego classico - M. J. Cenatti
Alfabeto grego classico - M. J. Cenatti
 
Portugues 1EM 1BIM
Portugues 1EM 1BIM Portugues 1EM 1BIM
Portugues 1EM 1BIM
 
Texto informativo
Texto informativoTexto informativo
Texto informativo
 
Curso de latim_gloria_tv
Curso de latim_gloria_tvCurso de latim_gloria_tv
Curso de latim_gloria_tv
 
Ficha alpha 6 em língua 1ª série gabarito
Ficha alpha 6 em  língua 1ª série gabaritoFicha alpha 6 em  língua 1ª série gabarito
Ficha alpha 6 em língua 1ª série gabarito
 
Literatura oral e tradicional
Literatura oral e tradicionalLiteratura oral e tradicional
Literatura oral e tradicional
 
Curso-de-latim-completo
 Curso-de-latim-completo Curso-de-latim-completo
Curso-de-latim-completo
 

Mais de Susana Sobrenome

Ilha dos amores
Ilha dos amoresIlha dos amores
Ilha dos amores
Susana Sobrenome
 
Texto poético - Noções de versificação
Texto poético - Noções de versificaçãoTexto poético - Noções de versificação
Texto poético - Noções de versificação
Susana Sobrenome
 
FT - Despedida em Belém - Item de construção
FT - Despedida em Belém - Item de construçãoFT - Despedida em Belém - Item de construção
FT - Despedida em Belém - Item de construção
Susana Sobrenome
 
FT - Despedidas em Belém - adaptação em prosa
FT - Despedidas em Belém - adaptação em prosaFT - Despedidas em Belém - adaptação em prosa
FT - Despedidas em Belém - adaptação em prosa
Susana Sobrenome
 
Ficha de Trabalho - Episódio de Inês de Castro - Paráfrase
Ficha de Trabalho - Episódio de Inês de Castro - ParáfraseFicha de Trabalho - Episódio de Inês de Castro - Paráfrase
Ficha de Trabalho - Episódio de Inês de Castro - Paráfrase
Susana Sobrenome
 
Ficha de trabalho - Despedidas em Belém (Paráfrase)
Ficha de trabalho - Despedidas em Belém (Paráfrase)Ficha de trabalho - Despedidas em Belém (Paráfrase)
Ficha de trabalho - Despedidas em Belém (Paráfrase)
Susana Sobrenome
 
Ficha informativa - Episódio de Inês de Castro
Ficha informativa - Episódio de Inês de CastroFicha informativa - Episódio de Inês de Castro
Ficha informativa - Episódio de Inês de Castro
Susana Sobrenome
 
Ficha informativa - Tempestade e chegada à Índia
Ficha informativa - Tempestade e chegada à ÍndiaFicha informativa - Tempestade e chegada à Índia
Ficha informativa - Tempestade e chegada à Índia
Susana Sobrenome
 
"Que" integrante ou relativo?
"Que" integrante ou relativo?"Que" integrante ou relativo?
"Que" integrante ou relativo?
Susana Sobrenome
 
Ficha de trabalho - episódio da Tempestade
Ficha de trabalho - episódio da TempestadeFicha de trabalho - episódio da Tempestade
Ficha de trabalho - episódio da Tempestade
Susana Sobrenome
 
Comparação_Adamastor e Mostrengo
Comparação_Adamastor e MostrengoComparação_Adamastor e Mostrengo
Comparação_Adamastor e Mostrengo
Susana Sobrenome
 
A reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e característicasA reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e características
Susana Sobrenome
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
Susana Sobrenome
 
2009/2010_5ª ficha de avaliação9a
2009/2010_5ª ficha de avaliação9a2009/2010_5ª ficha de avaliação9a
2009/2010_5ª ficha de avaliação9a
Susana Sobrenome
 
2009/2010_6ª ficha de avaliação9a
2009/2010_6ª ficha de avaliação9a2009/2010_6ª ficha de avaliação9a
2009/2010_6ª ficha de avaliação9a
Susana Sobrenome
 
2009/2010_5ª ficha de avaliação9a
2009/2010_5ª ficha de avaliação9a2009/2010_5ª ficha de avaliação9a
2009/2010_5ª ficha de avaliação9a
Susana Sobrenome
 
2009/2010_4ª ficha de avaliação_9
2009/2010_4ª ficha de avaliação_92009/2010_4ª ficha de avaliação_9
2009/2010_4ª ficha de avaliação_9
Susana Sobrenome
 
2009/2010_3ª ficha de avaliação_9ano
2009/2010_3ª ficha de avaliação_9ano2009/2010_3ª ficha de avaliação_9ano
2009/2010_3ª ficha de avaliação_9ano
Susana Sobrenome
 
9ano_HLP
9ano_HLP9ano_HLP
FT_Auto da Barca do Inferno_Cena introdutória
FT_Auto da Barca do Inferno_Cena introdutóriaFT_Auto da Barca do Inferno_Cena introdutória
FT_Auto da Barca do Inferno_Cena introdutória
Susana Sobrenome
 

Mais de Susana Sobrenome (20)

Ilha dos amores
Ilha dos amoresIlha dos amores
Ilha dos amores
 
Texto poético - Noções de versificação
Texto poético - Noções de versificaçãoTexto poético - Noções de versificação
Texto poético - Noções de versificação
 
FT - Despedida em Belém - Item de construção
FT - Despedida em Belém - Item de construçãoFT - Despedida em Belém - Item de construção
FT - Despedida em Belém - Item de construção
 
FT - Despedidas em Belém - adaptação em prosa
FT - Despedidas em Belém - adaptação em prosaFT - Despedidas em Belém - adaptação em prosa
FT - Despedidas em Belém - adaptação em prosa
 
Ficha de Trabalho - Episódio de Inês de Castro - Paráfrase
Ficha de Trabalho - Episódio de Inês de Castro - ParáfraseFicha de Trabalho - Episódio de Inês de Castro - Paráfrase
Ficha de Trabalho - Episódio de Inês de Castro - Paráfrase
 
Ficha de trabalho - Despedidas em Belém (Paráfrase)
Ficha de trabalho - Despedidas em Belém (Paráfrase)Ficha de trabalho - Despedidas em Belém (Paráfrase)
Ficha de trabalho - Despedidas em Belém (Paráfrase)
 
Ficha informativa - Episódio de Inês de Castro
Ficha informativa - Episódio de Inês de CastroFicha informativa - Episódio de Inês de Castro
Ficha informativa - Episódio de Inês de Castro
 
Ficha informativa - Tempestade e chegada à Índia
Ficha informativa - Tempestade e chegada à ÍndiaFicha informativa - Tempestade e chegada à Índia
Ficha informativa - Tempestade e chegada à Índia
 
"Que" integrante ou relativo?
"Que" integrante ou relativo?"Que" integrante ou relativo?
"Que" integrante ou relativo?
 
Ficha de trabalho - episódio da Tempestade
Ficha de trabalho - episódio da TempestadeFicha de trabalho - episódio da Tempestade
Ficha de trabalho - episódio da Tempestade
 
Comparação_Adamastor e Mostrengo
Comparação_Adamastor e MostrengoComparação_Adamastor e Mostrengo
Comparação_Adamastor e Mostrengo
 
A reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e característicasA reportagem - estrutura e características
A reportagem - estrutura e características
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
 
2009/2010_5ª ficha de avaliação9a
2009/2010_5ª ficha de avaliação9a2009/2010_5ª ficha de avaliação9a
2009/2010_5ª ficha de avaliação9a
 
2009/2010_6ª ficha de avaliação9a
2009/2010_6ª ficha de avaliação9a2009/2010_6ª ficha de avaliação9a
2009/2010_6ª ficha de avaliação9a
 
2009/2010_5ª ficha de avaliação9a
2009/2010_5ª ficha de avaliação9a2009/2010_5ª ficha de avaliação9a
2009/2010_5ª ficha de avaliação9a
 
2009/2010_4ª ficha de avaliação_9
2009/2010_4ª ficha de avaliação_92009/2010_4ª ficha de avaliação_9
2009/2010_4ª ficha de avaliação_9
 
2009/2010_3ª ficha de avaliação_9ano
2009/2010_3ª ficha de avaliação_9ano2009/2010_3ª ficha de avaliação_9ano
2009/2010_3ª ficha de avaliação_9ano
 
9ano_HLP
9ano_HLP9ano_HLP
9ano_HLP
 
FT_Auto da Barca do Inferno_Cena introdutória
FT_Auto da Barca do Inferno_Cena introdutóriaFT_Auto da Barca do Inferno_Cena introdutória
FT_Auto da Barca do Inferno_Cena introdutória
 

Último

CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
ILDISONRAFAELBARBOSA
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
IslanderAndrade
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 mateasocialização faculdade uniasselvi 2024 matea
socialização faculdade uniasselvi 2024 matea
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 

Palavras divergentes e convergentes

  • 1. Agrupamento de Escolas n.º 1 de Serpa ESCOLA BÁSICA DE PIAS HISTÓRIA DA LÍNGUA PORTUGUESA (2) 9.º Ano de Escolaridade Português Ano Letivo 2012/2013 | janeiro de 2013 9.º A|9.º B Vamos rever…  A maior parte dos vocábulos de origem latina entrou na Língua Portuguesa por via popular, ou seja, as transformações, a partir do latim vulgar – foram acontecendo lenta e gradualmente, à medida que as populações se iam apropriando das novas palavras.  Existem, no entanto, as palavras que foram adotadas diretamente do latim clássico – por via erudita – sem que tivessem sido sujeitas a quaisquer transformações.  De acordo com o étimo de onde provêm, as palavras dizem-se:  divergentes, quando um mesmo étimo deu origem a várias palavras; ou  convergentes, se vários étimos resultaram em palavras homónimas. Vamos praticar… 1. Escolhe, de entre os étimos latinos que te são dados, os correspondentes a cada grupo de palavras. Étimos latinos: oculu(m); matre(m); integru(m); macula(m); planun(m); solitariu(m). (a) ________________: chão, plano, porão. (b) ________________: malha, mágoa, mancha. (c) ________________: solteiro, solitário. (d) ________________: olho, óculo(s). (e) ________________: mãe, madre. (f) ________________: inteiro, íntegro. 1.1. Completa a afirmação apresentada. As palavras do item 1 dizem-se ________________, porque cada ________________ latino deu origem a ________________ ou mais vocábulos diferentes. 2. Completa as colunas, colocando as palavras de cada grupo nos espaços adequados. GRUPO DE PALAVRAS mediu(m) / meio / médio superar / superare / sobrar frio / frígido / frigidu(m) catedra(m)/ cadeira / cátedra cogitar / cogitare / cuidar adro / átrio / atriu(m) ÉTIMO VIA ERUDITA VIA POPULAR 3. Completa com os vocábulos atuais correspondentes. (a) rideo > ____________ (forma do verbo rir). rivu(m) > ___________ (curso de água) (b) libru(m) > ____________ (nome) libero > ____________ (forma do verbo livrar) 3.1. Completa a afirmação. As palavras do item 3 chamam-se __________________, porque, embora provenientes de ________________ diferentes, deram origem a palavras ________________. Fonte adaptada: Gomes, P. (2008). 10 minutos por dia – Língua Portuguesa: 9.º ano. Lisboa: Texto Editores.