SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Sistematização /distinção destas funções sintáticas e
                             exercícios de aplicação
complemento oblíquo ≠ modificador
 1. Atenta nas frases apresentadas de seguida:
a O Rui mora em Coimbra.
a O Rui adoeceu em Coimbra.
a O Rui vai ao cinema.
a O Rui e a Rita discutiram no cinema.
i O Rui acredita em Portugal.
i O Rui comprou casa em Portugal.
s O Rui vive lá.
s O Rui casou lá.
complemento oblíquo ≠ modificado
 1.1. Nas frases anteriores, distingue os grupos de
 palavras necessárias ao verbo (não dispensáveis)
 daquelas que são dispensáveis, preenchendo o
 quadro:
 Grupos de palavras      Grupos de palavras não dispensáveis
 dispensáveis
complemento oblíquo ≠ modificador
 Grupos   de palavras            dispensáveis            e    não
  dispensáveis ao verbo :
Grupos de palavras dispensáveis   Grupos de palavras não dispensáveis


(adoeceu) em Coimbra.             (mora) em Coimbra.
(discutiram) no cinema.           (vai) ao cinema.
(comprou) em Portugal.            (acredita) em Portugal.
(casou ) lá.                      (vive) lá.
1.2. Completa o quadro que se segue com os grupos de
palavras sublinhados no exercício1.:

Grupo preposicional        Grupo adverbial
1.2. Completa o quadro que se segue com os
grupos de palavras sublinhados no exercício1.:
Grupo preposicional    Grupo adverbial
                       “lá”
“em Coimbra”
“ao cinema”
“no cinema”
“em Portugal”
Conclusão
 Há grupos de palavras que são indispensáveis ao verbo
 para que este complete o seu sentido. Estes desempenham
 a função sintática de complemento oblíquo.

 Há grupos de palavras que são dispensáveis, podendo ser
 eliminados da frase. Estes desempenham a função
 sintática de modificador.

 A função sintática de complemento oblíquo e de
 modificador pode ser desempenhada           pelo   grupo
 preposicional e pelo grupo adverbial.
conclusão
 O complemento oblíquo não pode ser substituído
 pelo pronome pessoal lhe/lhes. Trata-se de um grupo
 de palavras essencial ao verbo, pelo que não pode
 ser eliminado.

 Exemplos:
 O Rui vai à Madeira. ( O Rui vai-lhe. / O Rui vai.)
 O Rui gosta de bolos. (O Rui gosta-lhes. / O Rui
 gosta.)
Modificador
 1. Nas frases apresentadas, identifica os modificadores
  (adverbiais, preposicionais e frásicos):

c) Os pais compraram-lhe uma mochila no supermercado.
d)A Maria falará com o André amanhã.
e) Leonor foi ao teatro porque precisava de espairecer.
f) Ele recebeu o presente com admiração.
g) A Júlia caiu acolá.
h)Aquele rapaz trabalhou muito para obter um futuro
   risonho.
i) O professor explicou a matéria calmamente.
Modificadores sublinhados
b Os pais compraram-lhe uma mochila no
  supermercado.
m A Maria falará com o André amanhã.
o Leonor foi ao teatro porque precisava de espairecer.
  Ele recebeu o presente com admiração.
e A Júlia caiu acolá.
e Aquele rapaz trabalhou muito para obter um futuro
  risonho.
t O professor explicou a matéria calmamente.
Solução
               Modificadores
Adverbial      Preposicional     Frásico
“amanhã”       “no supermercado” “porque precisava
                                 de espairecer”
“acolá”        “com admiração”
                                 “para obter um
“calmamente”                     futuro risonho”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
António Fernandes
 
Tempos verbais simples e compostos
Tempos verbais simples e compostosTempos verbais simples e compostos
Tempos verbais simples e compostos
Lurdes Augusto
 
Texto dramático - características
Texto dramático - característicasTexto dramático - características
Texto dramático - características
Lurdes Augusto
 
Relações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasRelações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavras
Sofia Antunes
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas
Lurdes Augusto
 
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenasAuto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Claudia Lazarini
 

Mais procurados (20)

Proposição
ProposiçãoProposição
Proposição
 
Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
 
funções sintaticas
 funções sintaticas funções sintaticas
funções sintaticas
 
Tempos verbais simples e compostos
Tempos verbais simples e compostosTempos verbais simples e compostos
Tempos verbais simples e compostos
 
Ficha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correçãoFicha formativa de orações com correção
Ficha formativa de orações com correção
 
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º anoClasses e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
Classes e subclasses das palavras - 5º , 6º e 7º ano
 
O fidalgo
O fidalgoO fidalgo
O fidalgo
 
Texto dramático - características
Texto dramático - característicasTexto dramático - características
Texto dramático - características
 
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
Orações subordinadas (substantiva relativa e adjetiva relativa)
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Teste 9º os lusíadas
Teste 9º os lusíadasTeste 9º os lusíadas
Teste 9º os lusíadas
 
Subclasses do adjetivo
Subclasses do adjetivoSubclasses do adjetivo
Subclasses do adjetivo
 
Relações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasRelações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavras
 
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
 
Predicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoPredicativo do complemento direto
Predicativo do complemento direto
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas
 
1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido
1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido
1º teste de avaliação, 9ºa,b,corrigido
 
Determinantes
DeterminantesDeterminantes
Determinantes
 
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenasAuto da-barca-do-inferno-analise-cenas
Auto da-barca-do-inferno-analise-cenas
 
Exercícios sobre classes de palavras
Exercícios sobre classes de palavrasExercícios sobre classes de palavras
Exercícios sobre classes de palavras
 

Semelhante a Complemento oblíquo e_modificador

(125717010) aula 6 ingles
(125717010) aula 6 ingles(125717010) aula 6 ingles
(125717010) aula 6 ingles
Marli Rodrigues
 
Atividade sobre acentuação gráfica e o novo acordo ortográfico
Atividade sobre acentuação gráfica e o novo acordo ortográficoAtividade sobre acentuação gráfica e o novo acordo ortográfico
Atividade sobre acentuação gráfica e o novo acordo ortográfico
anne carolyne
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 50
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 50Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 50
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 50
luisprista
 
6a série adjunto adverbial
6a série adjunto adverbial6a série adjunto adverbial
6a série adjunto adverbial
Feolsi
 

Semelhante a Complemento oblíquo e_modificador (20)

Complementooblquoemodificador 120429054601-phpapp02
Complementooblquoemodificador 120429054601-phpapp02Complementooblquoemodificador 120429054601-phpapp02
Complementooblquoemodificador 120429054601-phpapp02
 
webinar "A Gramática é como as cerejas"
webinar "A Gramática é como as cerejas"webinar "A Gramática é como as cerejas"
webinar "A Gramática é como as cerejas"
 
(125717010) aula 6 ingles
(125717010) aula 6 ingles(125717010) aula 6 ingles
(125717010) aula 6 ingles
 
Quadro frasesimplescomplexa revisão_sec_convertido
Quadro frasesimplescomplexa revisão_sec_convertidoQuadro frasesimplescomplexa revisão_sec_convertido
Quadro frasesimplescomplexa revisão_sec_convertido
 
25 Dia-Inglês
25 Dia-Inglês25 Dia-Inglês
25 Dia-Inglês
 
Gramática - Verbos - Exercícios
Gramática - Verbos - ExercíciosGramática - Verbos - Exercícios
Gramática - Verbos - Exercícios
 
192081687 pontuacao
192081687 pontuacao192081687 pontuacao
192081687 pontuacao
 
present perfect
present perfectpresent perfect
present perfect
 
Lesson1
Lesson1Lesson1
Lesson1
 
Atividade sobre acentuação gráfica e o novo acordo ortográfico
Atividade sobre acentuação gráfica e o novo acordo ortográficoAtividade sobre acentuação gráfica e o novo acordo ortográfico
Atividade sobre acentuação gráfica e o novo acordo ortográfico
 
09 - Adjunto adverbial
09 - Adjunto adverbial09 - Adjunto adverbial
09 - Adjunto adverbial
 
Gabarito_das_atividades_de_conjuncoes.docx
Gabarito_das_atividades_de_conjuncoes.docxGabarito_das_atividades_de_conjuncoes.docx
Gabarito_das_atividades_de_conjuncoes.docx
 
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Palavras Semelhantes
www.AulasDePortuguesApoio.com  -  Português -  Palavras Semelhanteswww.AulasDePortuguesApoio.com  -  Português -  Palavras Semelhantes
www.AulasDePortuguesApoio.com - Português - Palavras Semelhantes
 
Imperative form
Imperative formImperative form
Imperative form
 
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 50
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 50Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 50
Apresentação para décimo segundo ano de 2013 4, aula 50
 
78e8e8f24b675f4b8531add3daffe3f1
78e8e8f24b675f4b8531add3daffe3f178e8e8f24b675f4b8531add3daffe3f1
78e8e8f24b675f4b8531add3daffe3f1
 
Fichas trabalho conteudos_ae_port
Fichas trabalho conteudos_ae_portFichas trabalho conteudos_ae_port
Fichas trabalho conteudos_ae_port
 
Conteúdos gramaticais revisões_funções sintáticas e orações
Conteúdos gramaticais revisões_funções sintáticas e oraçõesConteúdos gramaticais revisões_funções sintáticas e orações
Conteúdos gramaticais revisões_funções sintáticas e orações
 
6a série adjunto adverbial
6a série adjunto adverbial6a série adjunto adverbial
6a série adjunto adverbial
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Palavras Semelhantes
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Palavras Semelhanteswww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português -  Palavras Semelhantes
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Português - Palavras Semelhantes
 

Último

Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 

Último (20)

Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 

Complemento oblíquo e_modificador

  • 1. Sistematização /distinção destas funções sintáticas e exercícios de aplicação
  • 2. complemento oblíquo ≠ modificador  1. Atenta nas frases apresentadas de seguida: a O Rui mora em Coimbra. a O Rui adoeceu em Coimbra. a O Rui vai ao cinema. a O Rui e a Rita discutiram no cinema. i O Rui acredita em Portugal. i O Rui comprou casa em Portugal. s O Rui vive lá. s O Rui casou lá.
  • 3. complemento oblíquo ≠ modificado  1.1. Nas frases anteriores, distingue os grupos de palavras necessárias ao verbo (não dispensáveis) daquelas que são dispensáveis, preenchendo o quadro: Grupos de palavras Grupos de palavras não dispensáveis dispensáveis
  • 4. complemento oblíquo ≠ modificador  Grupos de palavras dispensáveis e não dispensáveis ao verbo : Grupos de palavras dispensáveis Grupos de palavras não dispensáveis (adoeceu) em Coimbra. (mora) em Coimbra. (discutiram) no cinema. (vai) ao cinema. (comprou) em Portugal. (acredita) em Portugal. (casou ) lá. (vive) lá.
  • 5. 1.2. Completa o quadro que se segue com os grupos de palavras sublinhados no exercício1.: Grupo preposicional Grupo adverbial
  • 6. 1.2. Completa o quadro que se segue com os grupos de palavras sublinhados no exercício1.: Grupo preposicional Grupo adverbial “lá” “em Coimbra” “ao cinema” “no cinema” “em Portugal”
  • 7. Conclusão  Há grupos de palavras que são indispensáveis ao verbo para que este complete o seu sentido. Estes desempenham a função sintática de complemento oblíquo.  Há grupos de palavras que são dispensáveis, podendo ser eliminados da frase. Estes desempenham a função sintática de modificador.  A função sintática de complemento oblíquo e de modificador pode ser desempenhada pelo grupo preposicional e pelo grupo adverbial.
  • 8. conclusão  O complemento oblíquo não pode ser substituído pelo pronome pessoal lhe/lhes. Trata-se de um grupo de palavras essencial ao verbo, pelo que não pode ser eliminado.  Exemplos:  O Rui vai à Madeira. ( O Rui vai-lhe. / O Rui vai.)  O Rui gosta de bolos. (O Rui gosta-lhes. / O Rui gosta.)
  • 9. Modificador  1. Nas frases apresentadas, identifica os modificadores (adverbiais, preposicionais e frásicos): c) Os pais compraram-lhe uma mochila no supermercado. d)A Maria falará com o André amanhã. e) Leonor foi ao teatro porque precisava de espairecer. f) Ele recebeu o presente com admiração. g) A Júlia caiu acolá. h)Aquele rapaz trabalhou muito para obter um futuro risonho. i) O professor explicou a matéria calmamente.
  • 10. Modificadores sublinhados b Os pais compraram-lhe uma mochila no supermercado. m A Maria falará com o André amanhã. o Leonor foi ao teatro porque precisava de espairecer. Ele recebeu o presente com admiração. e A Júlia caiu acolá. e Aquele rapaz trabalhou muito para obter um futuro risonho. t O professor explicou a matéria calmamente.
  • 11. Solução Modificadores Adverbial Preposicional Frásico “amanhã” “no supermercado” “porque precisava de espairecer” “acolá” “com admiração” “para obter um “calmamente” futuro risonho”