SlideShare uma empresa Scribd logo
FORMAÇÃO DE PALAVRAS
Morfologia e Lexicologia
MORFOLOGIA
Processos de formação de palavras
 Palavra simples – radical + constituinte
temático + sufixo de flexão (género, número,
sufixo verbal)
exemplo – pedr/a/s; arc/o;
 Palavra complexa – palavra formada por
derivação ou por composição
 Exemplo – cas/eiro, gir/a/s/sol
 A Derivação é um processo morfológico que envolve
adição de constituintes morfológicos, juntando afixos
ao radical:
AFIXAL
prefixo interfixo sufixo
 prefixo – desflorestar, irregular, reler, hipermercado,
antivírus
 sufixo – caseiro, livremente, picadela, caixinha
 interfixo – cafeteira, musicoterapia, sozinho,
 Não-afixal – formação de nomes a partir de verbos –
nomes deverbais - troco, abraço
 Conversão – integração de uma unidade lexical numa
nova classe – olhar, o olhar
Formas de derivação:
 Prefixação – infeliz, apor, impor, contrapor,
semicírculo, triângulo, refazer, amovível,
antebraço, enraizar, extramuros, prefácio,
posfácio, sotavento, soterrar, soerguer
 Sufixação – delicioso, adaptável, felicidade,
falsear, alvorecer, entrevistador, estudante,
beleza
 Prefixação e sufixação – descontentamento,
ressurgimento, inconformismo
 Parassíntese – afunilar, emagrecer, engaiolar,
entardecer
COMPOSIÇÃO
 Morfossintática – processo de lexicalização de duas
ou mais palavras,
exemplo: trabalhador-estudante, surdo-mudo,
guarda-chuva, vaivém, andar-modelo, abre-latas
 Morfológica – processo que associa um radical a
outro radical, ligados por intermédio de uma vogal
de ligação, formando uma unidade lexical,
exemplo: sociologia, autocarro, luso-brasileiro,
ciberespaço, económico-geográfico
LEXICOLOGIA
 Léxico – todas as palavras de uma língua
 Vocabulário – palavras que ocorrem num determinado
contexto
 Expressão idiomática – expressão constituída por
mais de uma palavra, cujo significado não pode ser
inferido a partir do significado das partes que a
constituem (de mão beijada, abrir a alma, estar de pé
atrás)
 Neologismo – novas unidades lexicais
 Arcaísmo – unidades lexicais que caiem em desuso
(sainho, soer)
 Família de palavras – conjunto de palavras formadas
por derivação ou por composição, a partir de um
radical comum
Processos irregulares de formação de palavras
 Extensão semântica – unidades lexicais adquirem
novas polissemias através do uso (rato,
navegação, janela, portal, computador)
Nota: a palavra computador já existia na Língua Portuguesa, por via do Latim, razão pela
qual se considera que, por influência do inglês, a palavra ganha novo sentido.
 Empréstimo – transferência de uma palavra de
uma língua para outra (mail, internet, download,
abat-jour, croissant)
 Amálgama – junção de partes de palavras
(informática, cibernética, automática, domótica)
 Acronímia – junção de letras ou sílabas iniciais de
uma palavra (PALOP, INEM, UNICEF) que se
pronunciam como uma palavra
 Sigla – redução de uma grupo de palavras às suas
iniciais, soletradas (PSP, GNR, CDS, PS, PSD)
 Onomatopeia – imitação de uma som natural (truz-
truz, trrim, catrapum)
 Truncação – apagamento, truncação de parte da
palavra, por força do uso (metro, prof, hiper, super)
Formação de palavras – morfologia e lexicologia (revisão)
Professora MargaridaTomaz

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"
gracacruz
 
Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
António Fernandes
 
Amor de perdição
Amor de perdiçãoAmor de perdição
Amor de perdição
Aparecida Mallagoli
 
Relações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasRelações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavras
Sofia Antunes
 
Memorial- Análise por Capítulos
Memorial- Análise por CapítulosMemorial- Análise por Capítulos
Memorial- Análise por Capítulos
Rui Matos
 
Ficha de gramática12º
Ficha de gramática12ºFicha de gramática12º
Ficha de gramática12º
quintaldasletras
 
Relação entre palavras
Relação entre palavrasRelação entre palavras
Relação entre palavras
Rosalina Simão Nunes
 
Fenómenos fonéticos português 9º
Fenómenos fonéticos português 9ºFenómenos fonéticos português 9º
Fenómenos fonéticos português 9º
Felisbela da Silva
 
Predicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoPredicativo do complemento direto
Predicativo do complemento direto
quintaldasletras
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
Ana Arminda Moreira
 
Classificação de orações
Classificação de oraçõesClassificação de orações
Classificação de orações
Fernanda Monteiro
 
Cantigas de amor duas análises
Cantigas de amor duas análisesCantigas de amor duas análises
Cantigas de amor duas análises
Helena Coutinho
 
Coesão textual
Coesão textualCoesão textual
Coesão textual
gracacruz
 
Orações coordenadas e subordinadas esquema
Orações coordenadas e subordinadas   esquemaOrações coordenadas e subordinadas   esquema
Orações coordenadas e subordinadas esquema
Paulo Portelada
 
caderno-de-apoio-ao-professor
caderno-de-apoio-ao-professorcaderno-de-apoio-ao-professor
caderno-de-apoio-ao-professor
anamuges
 
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaEstrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Vanda Sousa
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
Cláudia Cardoso
 
Uma análise da obra amor de perdição de
Uma análise da obra amor de perdição deUma análise da obra amor de perdição de
Uma análise da obra amor de perdição de
Fernanda Pantoja
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
Delfina Vernuccio
 
Auto de inês pereira
Auto de inês pereiraAuto de inês pereira
Auto de inês pereira
nanasimao
 

Mais procurados (20)

Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"
 
Modificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nomeModificador restritivo e apositivo do nome
Modificador restritivo e apositivo do nome
 
Amor de perdição
Amor de perdiçãoAmor de perdição
Amor de perdição
 
Relações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasRelações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavras
 
Memorial- Análise por Capítulos
Memorial- Análise por CapítulosMemorial- Análise por Capítulos
Memorial- Análise por Capítulos
 
Ficha de gramática12º
Ficha de gramática12ºFicha de gramática12º
Ficha de gramática12º
 
Relação entre palavras
Relação entre palavrasRelação entre palavras
Relação entre palavras
 
Fenómenos fonéticos português 9º
Fenómenos fonéticos português 9ºFenómenos fonéticos português 9º
Fenómenos fonéticos português 9º
 
Predicativo do complemento direto
Predicativo do complemento diretoPredicativo do complemento direto
Predicativo do complemento direto
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Classificação de orações
Classificação de oraçõesClassificação de orações
Classificação de orações
 
Cantigas de amor duas análises
Cantigas de amor duas análisesCantigas de amor duas análises
Cantigas de amor duas análises
 
Coesão textual
Coesão textualCoesão textual
Coesão textual
 
Orações coordenadas e subordinadas esquema
Orações coordenadas e subordinadas   esquemaOrações coordenadas e subordinadas   esquema
Orações coordenadas e subordinadas esquema
 
caderno-de-apoio-ao-professor
caderno-de-apoio-ao-professorcaderno-de-apoio-ao-professor
caderno-de-apoio-ao-professor
 
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaEstrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
 
Uma análise da obra amor de perdição de
Uma análise da obra amor de perdição deUma análise da obra amor de perdição de
Uma análise da obra amor de perdição de
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
 
Auto de inês pereira
Auto de inês pereiraAuto de inês pereira
Auto de inês pereira
 

Semelhante a Formação de palavras

Processos de formação de palavras .pptx
Processos de formação de palavras  .pptxProcessos de formação de palavras  .pptx
Processos de formação de palavras .pptx
LucasCorreiaCostaLop
 
Derivaã§ã£o e composiã§ã£o
Derivaã§ã£o e composiã§ã£oDerivaã§ã£o e composiã§ã£o
Derivaã§ã£o e composiã§ã£o
ostrapaula
 
O estudo da estrutura e formação das palavras
O estudo da estrutura e formação das palavrasO estudo da estrutura e formação das palavras
O estudo da estrutura e formação das palavras
Itacarambi
 
Finalizado o estudo da estrutura e formação das palavras
Finalizado o estudo da estrutura e formação das palavrasFinalizado o estudo da estrutura e formação das palavras
Finalizado o estudo da estrutura e formação das palavras
Itacarambi
 
o estudo da estrutura e formação das palavras
 o estudo da estrutura e formação das palavras o estudo da estrutura e formação das palavras
o estudo da estrutura e formação das palavras
Itacarambi
 
O estudo da estrutura e formação das palavras
O estudo da estrutura e formação das palavrasO estudo da estrutura e formação das palavras
O estudo da estrutura e formação das palavras
Itacarambi
 
Formação de palavra (paratextos)
Formação de palavra (paratextos)Formação de palavra (paratextos)
Formação de palavra (paratextos)
Paula Oliveira Cruz
 
formação de palavras (1).ppt
formação de palavras (1).pptformação de palavras (1).ppt
formação de palavras (1).ppt
Mariane Tarragô
 
Novos processo de formação de palavras completo
Novos processo de formação de palavras completoNovos processo de formação de palavras completo
Novos processo de formação de palavras completo
Filipe Simão Kembo
 
Finalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavras
Finalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavrasFinalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavras
Finalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavras
AnaBittencourt
 
Processos morfológicos de formação de palavras
Processos  morfológicos   de formação de palavrasProcessos  morfológicos   de formação de palavras
Processos morfológicos de formação de palavras
Alzira Mendes
 
Morfologia - formação das palavras
Morfologia - formação das palavrasMorfologia - formação das palavras
Morfologia - formação das palavras
ProfFernandaBraga
 
Modulo 01 morfemas
Modulo 01 morfemasModulo 01 morfemas
Modulo 01 morfemas
Dolores Cruz
 
Formaã§ã£o de palavras
Formaã§ã£o de palavrasFormaã§ã£o de palavras
Formaã§ã£o de palavras
ostrapaula
 
Estrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavras
Estrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavrasEstrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavras
Estrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavras
Eduardo Lopes
 
Morfologia
MorfologiaMorfologia
Morfologia
Ana Vogeley
 
processo de formação das palavras.pptx
processo de formação das palavras.pptxprocesso de formação das palavras.pptx
processo de formação das palavras.pptx
Vivian Marxreiter
 
Aula_5___Processos_de_forma__o_de_palavras___deriva__o__composi__o_e_outros_p...
Aula_5___Processos_de_forma__o_de_palavras___deriva__o__composi__o_e_outros_p...Aula_5___Processos_de_forma__o_de_palavras___deriva__o__composi__o_e_outros_p...
Aula_5___Processos_de_forma__o_de_palavras___deriva__o__composi__o_e_outros_p...
Vivian Marxreiter
 
Processos morfologicos formação_palavras
Processos morfologicos formação_palavrasProcessos morfologicos formação_palavras
Processos morfologicos formação_palavras
armindaalmeida
 
Estrutura e formação das palavras 1 bimestre
Estrutura e formação das palavras 1 bimestreEstrutura e formação das palavras 1 bimestre
Estrutura e formação das palavras 1 bimestre
rafaelcef3
 

Semelhante a Formação de palavras (20)

Processos de formação de palavras .pptx
Processos de formação de palavras  .pptxProcessos de formação de palavras  .pptx
Processos de formação de palavras .pptx
 
Derivaã§ã£o e composiã§ã£o
Derivaã§ã£o e composiã§ã£oDerivaã§ã£o e composiã§ã£o
Derivaã§ã£o e composiã§ã£o
 
O estudo da estrutura e formação das palavras
O estudo da estrutura e formação das palavrasO estudo da estrutura e formação das palavras
O estudo da estrutura e formação das palavras
 
Finalizado o estudo da estrutura e formação das palavras
Finalizado o estudo da estrutura e formação das palavrasFinalizado o estudo da estrutura e formação das palavras
Finalizado o estudo da estrutura e formação das palavras
 
o estudo da estrutura e formação das palavras
 o estudo da estrutura e formação das palavras o estudo da estrutura e formação das palavras
o estudo da estrutura e formação das palavras
 
O estudo da estrutura e formação das palavras
O estudo da estrutura e formação das palavrasO estudo da estrutura e formação das palavras
O estudo da estrutura e formação das palavras
 
Formação de palavra (paratextos)
Formação de palavra (paratextos)Formação de palavra (paratextos)
Formação de palavra (paratextos)
 
formação de palavras (1).ppt
formação de palavras (1).pptformação de palavras (1).ppt
formação de palavras (1).ppt
 
Novos processo de formação de palavras completo
Novos processo de formação de palavras completoNovos processo de formação de palavras completo
Novos processo de formação de palavras completo
 
Finalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavras
Finalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavrasFinalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavras
Finalizado+o+estudo+da+estrutura+e+formação+das+palavras
 
Processos morfológicos de formação de palavras
Processos  morfológicos   de formação de palavrasProcessos  morfológicos   de formação de palavras
Processos morfológicos de formação de palavras
 
Morfologia - formação das palavras
Morfologia - formação das palavrasMorfologia - formação das palavras
Morfologia - formação das palavras
 
Modulo 01 morfemas
Modulo 01 morfemasModulo 01 morfemas
Modulo 01 morfemas
 
Formaã§ã£o de palavras
Formaã§ã£o de palavrasFormaã§ã£o de palavras
Formaã§ã£o de palavras
 
Estrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavras
Estrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavrasEstrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavras
Estrutura e28093-formac3a7c3a3o-das-palavras
 
Morfologia
MorfologiaMorfologia
Morfologia
 
processo de formação das palavras.pptx
processo de formação das palavras.pptxprocesso de formação das palavras.pptx
processo de formação das palavras.pptx
 
Aula_5___Processos_de_forma__o_de_palavras___deriva__o__composi__o_e_outros_p...
Aula_5___Processos_de_forma__o_de_palavras___deriva__o__composi__o_e_outros_p...Aula_5___Processos_de_forma__o_de_palavras___deriva__o__composi__o_e_outros_p...
Aula_5___Processos_de_forma__o_de_palavras___deriva__o__composi__o_e_outros_p...
 
Processos morfologicos formação_palavras
Processos morfologicos formação_palavrasProcessos morfologicos formação_palavras
Processos morfologicos formação_palavras
 
Estrutura e formação das palavras 1 bimestre
Estrutura e formação das palavras 1 bimestreEstrutura e formação das palavras 1 bimestre
Estrutura e formação das palavras 1 bimestre
 

Mais de Margarida Tomaz

A mitologia
A mitologiaA mitologia
A mitologia
Margarida Tomaz
 
Felizmente há luar
Felizmente há luarFelizmente há luar
Felizmente há luar
Margarida Tomaz
 
O advérbio
O advérbioO advérbio
O advérbio
Margarida Tomaz
 
O herói n’os lusíadas - tópicos para reflexão
O herói n’os lusíadas - tópicos para reflexãoO herói n’os lusíadas - tópicos para reflexão
O herói n’os lusíadas - tópicos para reflexão
Margarida Tomaz
 
ÁLvaro de campos
ÁLvaro de camposÁLvaro de campos
ÁLvaro de campos
Margarida Tomaz
 
Fernando pessoa nas suas palavras
Fernando pessoa   nas suas palavrasFernando pessoa   nas suas palavras
Fernando pessoa nas suas palavras
Margarida Tomaz
 
Funções sintácticas e modificadores
Funções sintácticas e modificadoresFunções sintácticas e modificadores
Funções sintácticas e modificadores
Margarida Tomaz
 
O advérbio
O advérbioO advérbio
O advérbio
Margarida Tomaz
 
O adjetivo informação
O adjetivo informaçãoO adjetivo informação
O adjetivo informação
Margarida Tomaz
 
A geração de 70
A geração de 70A geração de 70
A geração de 70
Margarida Tomaz
 
Frei luís de sousa
Frei luís de sousaFrei luís de sousa
Frei luís de sousa
Margarida Tomaz
 
Funções sintáticas e modificadores
Funções sintáticas e modificadoresFunções sintáticas e modificadores
Funções sintáticas e modificadores
Margarida Tomaz
 
Sermão de Santo António aos Peixes - Tópicos para estudo
Sermão de Santo António aos Peixes - Tópicos para estudoSermão de Santo António aos Peixes - Tópicos para estudo
Sermão de Santo António aos Peixes - Tópicos para estudo
Margarida Tomaz
 
Orações subordinadas relativas
Orações subordinadas relativasOrações subordinadas relativas
Orações subordinadas relativas
Margarida Tomaz
 

Mais de Margarida Tomaz (14)

A mitologia
A mitologiaA mitologia
A mitologia
 
Felizmente há luar
Felizmente há luarFelizmente há luar
Felizmente há luar
 
O advérbio
O advérbioO advérbio
O advérbio
 
O herói n’os lusíadas - tópicos para reflexão
O herói n’os lusíadas - tópicos para reflexãoO herói n’os lusíadas - tópicos para reflexão
O herói n’os lusíadas - tópicos para reflexão
 
ÁLvaro de campos
ÁLvaro de camposÁLvaro de campos
ÁLvaro de campos
 
Fernando pessoa nas suas palavras
Fernando pessoa   nas suas palavrasFernando pessoa   nas suas palavras
Fernando pessoa nas suas palavras
 
Funções sintácticas e modificadores
Funções sintácticas e modificadoresFunções sintácticas e modificadores
Funções sintácticas e modificadores
 
O advérbio
O advérbioO advérbio
O advérbio
 
O adjetivo informação
O adjetivo informaçãoO adjetivo informação
O adjetivo informação
 
A geração de 70
A geração de 70A geração de 70
A geração de 70
 
Frei luís de sousa
Frei luís de sousaFrei luís de sousa
Frei luís de sousa
 
Funções sintáticas e modificadores
Funções sintáticas e modificadoresFunções sintáticas e modificadores
Funções sintáticas e modificadores
 
Sermão de Santo António aos Peixes - Tópicos para estudo
Sermão de Santo António aos Peixes - Tópicos para estudoSermão de Santo António aos Peixes - Tópicos para estudo
Sermão de Santo António aos Peixes - Tópicos para estudo
 
Orações subordinadas relativas
Orações subordinadas relativasOrações subordinadas relativas
Orações subordinadas relativas
 

Último

Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 

Formação de palavras

  • 3.  Palavra simples – radical + constituinte temático + sufixo de flexão (género, número, sufixo verbal) exemplo – pedr/a/s; arc/o;  Palavra complexa – palavra formada por derivação ou por composição  Exemplo – cas/eiro, gir/a/s/sol
  • 4.  A Derivação é um processo morfológico que envolve adição de constituintes morfológicos, juntando afixos ao radical: AFIXAL prefixo interfixo sufixo  prefixo – desflorestar, irregular, reler, hipermercado, antivírus  sufixo – caseiro, livremente, picadela, caixinha  interfixo – cafeteira, musicoterapia, sozinho,  Não-afixal – formação de nomes a partir de verbos – nomes deverbais - troco, abraço  Conversão – integração de uma unidade lexical numa nova classe – olhar, o olhar
  • 5. Formas de derivação:  Prefixação – infeliz, apor, impor, contrapor, semicírculo, triângulo, refazer, amovível, antebraço, enraizar, extramuros, prefácio, posfácio, sotavento, soterrar, soerguer  Sufixação – delicioso, adaptável, felicidade, falsear, alvorecer, entrevistador, estudante, beleza  Prefixação e sufixação – descontentamento, ressurgimento, inconformismo  Parassíntese – afunilar, emagrecer, engaiolar, entardecer
  • 6. COMPOSIÇÃO  Morfossintática – processo de lexicalização de duas ou mais palavras, exemplo: trabalhador-estudante, surdo-mudo, guarda-chuva, vaivém, andar-modelo, abre-latas  Morfológica – processo que associa um radical a outro radical, ligados por intermédio de uma vogal de ligação, formando uma unidade lexical, exemplo: sociologia, autocarro, luso-brasileiro, ciberespaço, económico-geográfico
  • 7. LEXICOLOGIA  Léxico – todas as palavras de uma língua  Vocabulário – palavras que ocorrem num determinado contexto  Expressão idiomática – expressão constituída por mais de uma palavra, cujo significado não pode ser inferido a partir do significado das partes que a constituem (de mão beijada, abrir a alma, estar de pé atrás)  Neologismo – novas unidades lexicais  Arcaísmo – unidades lexicais que caiem em desuso (sainho, soer)  Família de palavras – conjunto de palavras formadas por derivação ou por composição, a partir de um radical comum
  • 8. Processos irregulares de formação de palavras  Extensão semântica – unidades lexicais adquirem novas polissemias através do uso (rato, navegação, janela, portal, computador) Nota: a palavra computador já existia na Língua Portuguesa, por via do Latim, razão pela qual se considera que, por influência do inglês, a palavra ganha novo sentido.  Empréstimo – transferência de uma palavra de uma língua para outra (mail, internet, download, abat-jour, croissant)  Amálgama – junção de partes de palavras (informática, cibernética, automática, domótica)
  • 9.  Acronímia – junção de letras ou sílabas iniciais de uma palavra (PALOP, INEM, UNICEF) que se pronunciam como uma palavra  Sigla – redução de uma grupo de palavras às suas iniciais, soletradas (PSP, GNR, CDS, PS, PSD)  Onomatopeia – imitação de uma som natural (truz- truz, trrim, catrapum)  Truncação – apagamento, truncação de parte da palavra, por força do uso (metro, prof, hiper, super)
  • 10. Formação de palavras – morfologia e lexicologia (revisão) Professora MargaridaTomaz