SlideShare uma empresa Scribd logo
  Ursula Blattmann   Local: FURG CIDEC SUL – Sala Ilhas Horário: 09h Rio Grande, 08 de dezembro de 2009
Importância da gestão de novos serviços e produtos de informação nas bibliotecas Bibliotecas e a gestão na inovação Qualidade de serviços e produtos de informação
A sociedade do conhecimento visa o acesso, o uso e o compartilhamento da informação em redes de computadores pelas redes sociais. Os bibliotecários precisam acompanhar as tendências e oferecer serviços e produtos de informação para usuários observando desde a faixa etária, suas demandas, e necessidades.  A evolução dos serviços e produtos é constante no ambiente das bibliotecas e dos bibliotecários e necessita de avaliação e retro-alimentação.
 
Como avaliar os atuais serviços e produtos de informação nas bibliotecas e desenvolver novos para atender satisfatoriamente os usuários? Quais são os métodos, as técnicas e os instrumentos necessários no cotidiano das bibliotecas para obter sucesso com seu público? Como acompanhar as novas demandas de serviços e produtos de informação em ambientes da web 2.0?
As práticas da gestão e inovação nas bibliotecas estão disponíveis na literatura técnico-cientifica e sua aplicação pode ser visualizada nos sites das bibliotecas. Aplicá-las no cotidiano das bibliotecas requer estrutura adequada, produtos de fornecedores confiáveis, manutenção (instalação, novas versões, desinstalação e cópias de segurança), e o treinamento das equipes responsáveis pelo atendimento e desenvolvimento de produtos e serviços.
As tecnologias inovadoras requerem habilidades e competências informacionais especializadas. Destaca-se a importância de estudar as possibilidades, as vantagens e as limitações antes de aplicar no cotidiano das bibliotecas. É necessário analisar e discutir o potencial das tecnologias e adotar estratégias para sua gestão e implantação,  seja desde um  Podcast , da disseminação do RSS no site ou ambiente wiki, pelo uso de microblogs como o Twitter, ou efetuar o atendimento via Skype, MSN, Google Talk entre outras modalidades.  Para acompanhar as tecnologias emergentes recomenda-se o uso de fontes conhecidas:  Computers in Libraries  Buyer’s  Guide   http:// bg.computersinlibraries.com /  ,  Library Resource Guide  http:// www.libraryresource.com /  .
Usar  MySpace, YouTube, blogs, e podcasts ( MP3  player ).  O  Pew Internet and American Life Project constatou que  57% dos adolescentes desenvolvem seus próprios conteúdos na Web. Fácil de produzir conteúdos e divulgá-los para crianças e adolescentes. Para localizar use o  National Public Radio's (NPR)  http:// www.npr.org  selecionar  Podcasts  POD Personal on Demand.
Ambiente: estúdio para gravação/ sala sem ruídos, equipamentos, e softwares (gratuitos)  Audacity  http:// audacity.sourceforge.net/download/windows?lang =pt Podifier  free :  http://www.podifier.com   Publicar: CD, exportar para o MP3, ou publicar no site da biblioteca. Divulgar nos diretórios de Podcast:  The Education Podcast Network  http:// epnweb.org  ,  iTunes PodcastAlley  http:// podcastalley.com   Escolas são um modelo para as bibliotecas: leitura de livros (progresso das leituras) e entrevistas. Bibliotecas precisam criar o ambiente e auxiliar nas idéias, ensinar a gravar e organizar os arquivos de áudio. Lembrar de solicitar a autorização formal dos pais e/ou responsáveis pelas crianças.
Quadro 1: Uso do Podcast  EPN The Educational Podcast  Network  http://epnweb.org/index. php ? request_id =94& openpod =2#anchor2   O podcast no ensino básico – Sónia Cruz – Universidade do Minho, Encontro sobre o Podcast, 2009 http://www.slideshare.net/soniacruz/o-podcast-no-ensino-bsico   Podcast Escola BR http://www.podcast.sitedaescola.com/   UOL Notícias Podcasts http://noticias.uol.com.br/podcasts/
 
 
Robert B. Allen - Information: A Fundamental Construc   http://www.ischool.drexel.edu/faculty/ballen/ISS/m2.pdf   Livro com data de validade
 
Veja mais no  Google Analytics Tour :  http://www.google.com/analytics/tour.html   Quem é o usuário da biblioteca?  Donde vem os usuários  de sua biblioteca?  O que seu(s) usuário(s) faz(em)  on-line ? Quais recursos são utilizados além do catálogo da biblioteca? Quando os usuários utilizam os produtos e serviços da biblioteca? Os usuários acessam novos links? Olham imagens? Quais? Quais são as páginas, jornais, revistas  e bases de dados  mais populares (visitadas) de sua  biblioteca ? Quais são os conteúdos buscados?  Para onde vão os usuários do site da biblioteca?
Ofertar um serviço ou produto de informação requer planejamento, organização, dedicação, elaboração, revisão e muito cuidado.  É necessário o planejamento estratégico e não simplesmente acompanhar os modismos tecnológicos pois os usuários confiam e utilizam os serviços e produtos da biblioteca. Para cada serviço e produto lançado é fundamental que a responsabilidade seja apresentada a comunidade de usuários. A gestão dos resultados deve ser divulgada interna e externamente.
Para Tomaél, Alcará e Silva (2008, p. 3) o “acesso à informação de qualidade na Internet é um dos principais desafios da atualidade.”  Mencionam ainda que  A qualidade de uma informação ou de uma fonte de informação está diretamente relacionada ao seu uso, ou seja, ao usuário que dela necessita. Para que uma fonte seja de qualidade, deve atender a propósitos específicos de uma comunidade de usuários e isso requer avaliação. (p. 6) As autoras complementam (p. 7)  Quando o profissional da informação seleciona produtos e serviços ou avalia uma fonte de informação para indicar/recomendar para a sua comunidade de usuários, ele está sendo o cliente do fornecedor da fonte.
OLETO, Ronaldo Ronan. Percepção da qualidade da informação.  Ciência da Informação , Brasília, v. 35, n. 1, p. 57-62, jan./abr. 2006. Disponível em: <  http://www.scielo.br/pdf/ci/v35n1/v35n1a07.pdf  >.  Qualidade da informação baseada no produto :   informação como coisa  Abrangência  Acessibilidade Atualidade Confiabilidade Objetividade Precisão  Validade Qualidade da informação baseada no  usuário : adequação da indexação e classificação (atributo do sistema),  eficácia, eficiência da recuperação (atributo do sistema),  impacto, relevância, utilidade, valor esperado, valor percebido e valor de uso. Percepção da Qualidade : é um juízo de valor,  não são percebidos de forma individual. Como selecionar o essencial e evitar a sobrecarga de informação?
CALAZANS, Angélica Toffano Seidel; COSTA, Sely Maria de Souza. Construção e implementação de um modelo para avaliar a qualidade da informação estratégica bancaria. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO DA INFORMAÇÃO, 2. Anais... Recife, 2009, Recife. Enadi Encontro de Administração da Informação - Recife. Recife : ANPAD, 2009. p. 1-16. Disponível em: <http://www.angelicatoffano.pro.br/upload_arquivos/pt/EnADI60.pdf  >.
Identificar os novos serviços e produtos de informação nas bibliotecas Caracterizar os novos produtos e serviços de informação
As bibliotecas apresentam seus serviços e produtos aos usuários diretamente no seu site, em listas de discussão, nos  treinamentos e na divulgação conforme o planejamento realizado. Entre as dinâmicas de divulgação e valorização dos serviços observa-se a apresentação dos produtos e serviços nos artigos apresentados em congressos, seminários e outros eventos. Procure observar nos diversos sites de bibliotecas especializadas, universitárias, públicas entre outras quais foram os recursos da web 2.0 aplicados.
 
Fonte: CALAZANS; COSTA, 2009, p. 8
2.2 Caracterizar os novos produtos e serviços de informação Concorda-se com as autoras Adriana Alcará e Renata Curty (2008, p. 95) os  blogs  tendem a seguir o fluxo natural dos avanços da Web, qual seja a sua denominação e gradação. Os recursos da chamada Web 2.0 estão sendo incorporados em blogs das mais variadas tipologias e inclusive nos  blogs  científicos, como forma de otimizar a disseminação e a recuperação da informação. Sua estrutura dinâmica e participativa está otimizando uma prática da comunicação científica menos engessada, formal e tradicionalista e mais atenta à tendência dos fluxos dinâmicos da informação, característica da sociedade contemporânea.
O planejamento em serviços e produtos de informação Como planejar as melhorias nos serviços e produtos de informação
Quadro 2: As dimensões e os atributos na qualidade da informação  Fonte: Adaptado por Torres e Neves, 2008 baseado em  Felix,  2003, páginas 37 e 38.
Com a diversidade de tecnologias disponíveis no mercado e a variedade de aplicações para facilitar o acesso e uso da informação, cabe ao bibliotecário a tarefa da escolha, a definição do que é viável, e estimular seu uso no processo de acesso à informação.
Symbian OS smartphone Amazon Kindle
Publicar e-books Adotando ODF como Padrão Aberto de Documentos – de Cezar Taurion  https://www.smashwords.com/books/view/2969   Veja alguns formatos: Kindle .mobi, E-pub , PDF, LRF, Palm Doc (PDB) https://www.smashwords.com/about/how_to_publish_on_smashwords Como guia de autoria no  Smashwords  https ://www.smashwords.com/books/view/52
 
 
Sumário da obra
 
http://www.hclib.org/pub/search/GetThisFeed. cfm ? FeedURL = http %3A%2F%2Fwww.hclib.org%2Frss. xml
 
O usuário da informação Profissionais da informação Bibliotecas e os recursos da web 2.0
O usuário da informação na web 2.0 necessita uma biblioteca que acompanhe o seu fazer e suas necessidades e demandas de informação. A biblioteca precisa facilitar o seu interagir nos serviços e produtos ofertados. As empresas da indústria da informação acompanham essas tendências e ofertam as melhorias inclusas nos seus produtos e serviços. Pode-se notar nos catálogos dos acervos além das imagens das capas e disponíveis e seus sumários, as descrições estão interconectadas com o  Google Books  e até permitir que o usuário comente a respectiva obra.
 
Teoria e práticas inovadoras devem ser uma constante no processo de aprendizagem dos profissionais da informação.  Entre as diversas perguntas que surgem, estão: Como desenvolver as competências e habilidades na gestão e na web 2.0? Quais as habilidades, competências e atitudes do profissional da informação perante as tecnologias para desenvolver novos serviços e produtos ?
 
Henczel (2004) questiona:  Como pode o profissional  da informação saber o que cada indivíduo necessita agora e no futuro? Qual o melhor caminho para atender às necessidades de informação? A autora, em seu artigo, responde essas questões afirmando que a: identificação do perfil do usuário da informação permite ao profissional da informação, entender necessidades individuais e de grupos. Informações sobre usuários potenciais são utilizadas por  web designers  e desenvolvedores de  web sites  para avaliarem a comunicação do  web site  com o usuário.
 
 
 
 
 
Biblioteca de Harvard apresenta os recursos tecnológicos para seus usuários http://lib.harvard.edu/
Biblioteca de Harvard apresenta no site os diversos recursos e as novidades para seus usuários http://lib.harvard.edu/
Quando será o momento certo para inovar na biblioteca? Quem será o profissional  da informação responsável pela publicação e atualização de conteúdos no Twitter, Blog e site da biblioteca? Será que o usuário foi consultado para opinar sobre quais os recursos que considera mais adequados no seu cotidiano? E qual é a sua satisfação referente as inovações aplicadas na biblioteca? Como aplicar as técnicas de grupo para coletar informações referentes as demandas dos usuários? Quais as bibliotecas que acrescentaram no seu cotidiano ferramentas da web 2.0?
 
 
 
http://www.dbd.puc-rio.br/wordpress/
http://twitter.com/Biblio_PUCRIO
Uso de recursos RSS e Twitter na Divisão de Bibliotecas e Documentação USP ESALQ  http://www.esalq.usp.br/biblioteca/
 
 
Uso do catálogo da Biblioteca da PUCRS : integrado ao  Google Books   http://www3.pucrs.br/portal/page/portal/biblioteca/Capa
http://books.google.com/books?id=4d99AAAACAAJ&hl= pt-BR&source = gbs_ViewAPI
O uso de tecnologias do RSS e Twitter no RepositoriUM da Universidade do Minho, é aplicado para divulgar o acervo e atividades no ambiente da informação.
A biblioteca precisa ser transformada num espaço dinâmico e aberto ao acesso à informação para todos. As inovações tecnológicas devem ser estudadas e aplicadas conforme a(s) necessidade(s) do(s) usuário(s) no cotidiano das bibliotecas.  A qualidade da informação ofertada precisa estar disponível aos usuários conectados e também aos sem tela. A interação, cooperação, e colaboração tornam-se vitais para dinamizar o processo de socialização do conhecimento.
ALCARÁ, Adriana Rosecler; CURTY, Renata Gonçalves. Blogs: dos diários egocentristas aos espaços de comunicação científica.  IN: TOMAÉL, Maria Inês (org.).  Fontes de informação na internet.  Londrina: EDUEL, 2008.  p. 81-96.  AMÉRICA LATINA FORMACIÓN ACADÉMICA ALFA.  Diretrizes para a criação dos   repositórios institucionais nas universidades e organizações de educação superior . [2009]. Disponível em: <  http://www.sisbi.uba.ar/institucional/proyectos/internacionales/Directrizes_RI_portugues.pdf  >.  BLATTMANN, Ursula ; SILVA, Fabiano Couto Corrêa da. Colaboração e interação na Web 2.0 e Biblioteca 2.0.  Revista ACB , Florianópolis, v. 12, n.2,  p. 191-215, jul./dez. 2007. Disponível em: <  http://revista.acbsc.org.br/index. php / racb / article / view /530  >.  EASH, Esther Kreider. Podcasting 101 for K-12 Librarians.  Computers in Libraries . April 2006. Disponível em : <  http://www.infotoday.com/cilmag/apr06/Eash.shtml   >. Acesso em: 15 out. 2009 EDITORIAL. Procesos de gestión de documentos. Metadatos para la gestión de documentos. Parte 2: Aspectos conceptuales y de implementación. ISO 23081-2.  Revista española de Documentación Científica, , v. 31, n.3, p. 453-506, jul./set. 2008. Disponível em: <  http://redc.revistas.csic.es/index. php / redc / article / view /439/451  >. FELIX, W.  Introdução à gestão da informação . Campinas: Alínea, 2003. FUJITA, Mariângela Spotti Lopes. A biblioteca digital no contexto da gestão de bibliotecas universitárias: análise de aspectos conceituais e evolutivos para a organização da informação. In PROCEEDINGS CINFORM - Encontro Nacional de Ciência da Informação, 6.  Anais...  Salvador – Bahia, 2005. Disponível em: <  http://www.cinform.ufba.br/vi_anais/docs/MariangelaFujita.pdf  >  e espelhada em  <  http://dici.ibict.br/archive/00000506/01/MariangelaFujita.pdf   >. HENCZEL, Sue. Creating user profiles to improve information quality.  Online , v.28, n.33, p..30-33, May/Jun. 2004. INNARELLI, Humberto Celeste. Preservação digital e seus dez mandamentos. IN: SANTOS, Vanderlei Batista dos; INNARELLI, Humberto Celeste; SOUSA, Renato Tarciso Barbosa de.  Arquivística:  temas contemporâneos: classificação, preservação digital, gestão do conhecimento. Distrito Federal: SENAC, 2007.  p. 19-75.
INTERNET ARCHIVE.  Disponível em: <  http://www.archive.org/index. php  >. JONES, Nathan. You're on the Air! Podcasting with Teens at the Library.  Voice of Youth Advocates,  v. 32, n. 3, p. 200-3, Aug. 2009. OLETO, Ronaldo Ronan. Percepção da qualidade da informação.  Ciência da Informação , Brasília, v. 35, n. 1, p. 57-62, jan./abr. 2006. Disponível em: <  http://www.scielo.br/pdf/ci/v35n1/v35n1a07.pdf  >.  TAMMARO, Anna Maria; SALARELLI, Alberto.  A biblioteca digital . Brasília: Briquet de Lemos, 2008. 377p. ISBN 85-85637-34-x  TITÃO, Fábia Porto, VIAPIANA, Noeli. A importância da organização da informação no século XXI: reflexões.  Revista ACB:  Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 13, n. 1,  p.26-36. mar. 2008. Disponível em:  http://revista.acbsc.org.br/index. php / racb / article / view /545/670 . Acesso em: 10 Nov. 2009.  TOMAÉL, Maria Inês; ALCARÁ, Adriana Rosecler; SILVA, Teresinha Elisabeth da . Fontes de informação na internet: critérios de qualidade.  IN: TOMAÉL, Maria Inês (org.).  Fontes de informação na internet.  Londrina: EDUEL, 2008.  p. 3-29 TORRES, Roger Faleiro; NEVES, Jorge Tadeu de Ramos.  Gestão estratégica da informação: estudo de caso em uma prestadora de serviços de tecnologia da informação .  DataGramaZero , Rio de Janeiro, v. 9, n. 1, n. 1, fev. 2008. ISSN 1517-3801 VERGUEIRO, Valdomiro; MIRANDA, Angélica Conceição Dias (orgs.).  Administração de unidades de informação.  Rio Grande : Ed. FURG, 2007. 136p
Grata! Ursula   Blattmann  usula@ced.ufsc.br   Disponível em: http://www.slideshare.net/blattmann   http://www.slideshare.net/blattmann/novos-produtos-e-servios-em-bibliotecas-furg

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2 Desenvolvimento de coleções: política
2 Desenvolvimento de coleções: política2 Desenvolvimento de coleções: política
2 Desenvolvimento de coleções: política
Leticia Strehl
 
fontes de informação
fontes de informaçãofontes de informação
fontes de informação
Ingridy Dias
 
Bibliotecas Digitais
Bibliotecas DigitaisBibliotecas Digitais
Bibliotecas Digitais
Carlos Pinheiro
 
Serviço de Referência
Serviço de ReferênciaServiço de Referência
Serviço de Referência
ROSANGELAGOMES44
 
Ppt curso auxiliar de biblioteca
Ppt   curso auxiliar de bibliotecaPpt   curso auxiliar de biblioteca
Ppt curso auxiliar de biblioteca
Flavio Santana
 
Catalogação
CatalogaçãoCatalogação
Catalogação
António Cachopas
 
Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Aula 5 biblioteca universitaria 2010Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Biblio 2010
 
A2 livro- auxiliar-de-biblioteca-pdf
A2  livro- auxiliar-de-biblioteca-pdfA2  livro- auxiliar-de-biblioteca-pdf
A2 livro- auxiliar-de-biblioteca-pdf
LucianoLLC
 
Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca
Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca
Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca
Lucineia Silva
 
Minicurso - Catalogação em RDA
Minicurso - Catalogação em RDAMinicurso - Catalogação em RDA
Minicurso - Catalogação em RDA
Universidade de São Paulo
 
Introdução à Biblioteconomia para Bibliotecas Escolares
Introdução à Biblioteconomia para Bibliotecas EscolaresIntrodução à Biblioteconomia para Bibliotecas Escolares
Introdução à Biblioteconomia para Bibliotecas Escolares
Carlos Pinheiro
 
Bibliotecas eletrônicas, digitais e virtuais
Bibliotecas eletrônicas, digitais e virtuaisBibliotecas eletrônicas, digitais e virtuais
Bibliotecas eletrônicas, digitais e virtuais
Rita De Cássia Figueredo
 
Desenvolvimento de Coleções
Desenvolvimento de ColeçõesDesenvolvimento de Coleções
Desenvolvimento de Coleções
Gesner Xavier
 
Serviço processo referencia
Serviço processo referencia Serviço processo referencia
Serviço processo referencia
Célia Dias
 
Proposta de serviço de disseminação da Informação
Proposta de serviço de disseminação da InformaçãoProposta de serviço de disseminação da Informação
Proposta de serviço de disseminação da Informação
Ana Carolina Simionato
 
Planejamento da biblioteca
Planejamento da bibliotecaPlanejamento da biblioteca
Planejamento da biblioteca
Marcos Vasconcelos
 
Estudo de Usuários - Conceitos e Aplicações
Estudo de Usuários - Conceitos e AplicaçõesEstudo de Usuários - Conceitos e Aplicações
Estudo de Usuários - Conceitos e Aplicações
Claudio Diniz - Designer Gráfico
 
FONTES DE INFORMAÇAO.pptx
FONTES DE INFORMAÇAO.pptxFONTES DE INFORMAÇAO.pptx
FONTES DE INFORMAÇAO.pptx
OdeteMyraMesquita
 
Biblioteca escolar
Biblioteca escolarBiblioteca escolar
Biblioteca escolar
PactoAracatuba
 
Criação de uma base de dados para gestão de uma biblioteca
Criação de uma base de dados para gestão de uma bibliotecaCriação de uma base de dados para gestão de uma biblioteca
Criação de uma base de dados para gestão de uma biblioteca
David Canjamba 2D
 

Mais procurados (20)

2 Desenvolvimento de coleções: política
2 Desenvolvimento de coleções: política2 Desenvolvimento de coleções: política
2 Desenvolvimento de coleções: política
 
fontes de informação
fontes de informaçãofontes de informação
fontes de informação
 
Bibliotecas Digitais
Bibliotecas DigitaisBibliotecas Digitais
Bibliotecas Digitais
 
Serviço de Referência
Serviço de ReferênciaServiço de Referência
Serviço de Referência
 
Ppt curso auxiliar de biblioteca
Ppt   curso auxiliar de bibliotecaPpt   curso auxiliar de biblioteca
Ppt curso auxiliar de biblioteca
 
Catalogação
CatalogaçãoCatalogação
Catalogação
 
Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Aula 5 biblioteca universitaria 2010Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Aula 5 biblioteca universitaria 2010
 
A2 livro- auxiliar-de-biblioteca-pdf
A2  livro- auxiliar-de-biblioteca-pdfA2  livro- auxiliar-de-biblioteca-pdf
A2 livro- auxiliar-de-biblioteca-pdf
 
Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca
Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca
Importância das Fontes de Informação e da Biblioteca
 
Minicurso - Catalogação em RDA
Minicurso - Catalogação em RDAMinicurso - Catalogação em RDA
Minicurso - Catalogação em RDA
 
Introdução à Biblioteconomia para Bibliotecas Escolares
Introdução à Biblioteconomia para Bibliotecas EscolaresIntrodução à Biblioteconomia para Bibliotecas Escolares
Introdução à Biblioteconomia para Bibliotecas Escolares
 
Bibliotecas eletrônicas, digitais e virtuais
Bibliotecas eletrônicas, digitais e virtuaisBibliotecas eletrônicas, digitais e virtuais
Bibliotecas eletrônicas, digitais e virtuais
 
Desenvolvimento de Coleções
Desenvolvimento de ColeçõesDesenvolvimento de Coleções
Desenvolvimento de Coleções
 
Serviço processo referencia
Serviço processo referencia Serviço processo referencia
Serviço processo referencia
 
Proposta de serviço de disseminação da Informação
Proposta de serviço de disseminação da InformaçãoProposta de serviço de disseminação da Informação
Proposta de serviço de disseminação da Informação
 
Planejamento da biblioteca
Planejamento da bibliotecaPlanejamento da biblioteca
Planejamento da biblioteca
 
Estudo de Usuários - Conceitos e Aplicações
Estudo de Usuários - Conceitos e AplicaçõesEstudo de Usuários - Conceitos e Aplicações
Estudo de Usuários - Conceitos e Aplicações
 
FONTES DE INFORMAÇAO.pptx
FONTES DE INFORMAÇAO.pptxFONTES DE INFORMAÇAO.pptx
FONTES DE INFORMAÇAO.pptx
 
Biblioteca escolar
Biblioteca escolarBiblioteca escolar
Biblioteca escolar
 
Criação de uma base de dados para gestão de uma biblioteca
Criação de uma base de dados para gestão de uma bibliotecaCriação de uma base de dados para gestão de uma biblioteca
Criação de uma base de dados para gestão de uma biblioteca
 

Destaque

Visão inovadora do conceito de biblioteca no século 21
Visão inovadora do conceito de biblioteca no século 21Visão inovadora do conceito de biblioteca no século 21
Visão inovadora do conceito de biblioteca no século 21
Cristiane Camizão Rokicki
 
Inspirações BibliotecAtiva 01 - Almere
Inspirações BibliotecAtiva 01 - AlmereInspirações BibliotecAtiva 01 - Almere
Inspirações BibliotecAtiva 01 - Almere
BibliotecAtiva
 
Seminário BibliotecAtiva 2014 - Reinventar as bibliotecas públicas portuguesas
Seminário BibliotecAtiva 2014 - Reinventar as bibliotecas públicas portuguesasSeminário BibliotecAtiva 2014 - Reinventar as bibliotecas públicas portuguesas
Seminário BibliotecAtiva 2014 - Reinventar as bibliotecas públicas portuguesas
BibliotecAtiva
 
Bibliotecas Inovadoras 01 - Almere
Bibliotecas Inovadoras 01 - AlmereBibliotecas Inovadoras 01 - Almere
Bibliotecas Inovadoras 01 - Almere
BibliotecAtiva
 
Espiral 01 - Discursos sobre a leitura | Filipe Leal
Espiral 01 - Discursos sobre a leitura  |  Filipe LealEspiral 01 - Discursos sobre a leitura  |  Filipe Leal
Espiral 01 - Discursos sobre a leitura | Filipe Leal
BibliotecAtiva
 
Marketing na(s) biblioteca(s)
Marketing na(s) biblioteca(s)Marketing na(s) biblioteca(s)
Marketing na(s) biblioteca(s)
António Pires
 
Biblioteca Central : Apresentação
Biblioteca Central : ApresentaçãoBiblioteca Central : Apresentação
Biblioteca Central : Apresentação
UNIARAXÁ
 
Fórum BibliotecAtiva - Programa
Fórum BibliotecAtiva - ProgramaFórum BibliotecAtiva - Programa
Fórum BibliotecAtiva - Programa
BibliotecAtiva
 
Como fazer preservação preventiva em bibliotecas e arquivos
Como fazer preservação preventiva em bibliotecas e arquivosComo fazer preservação preventiva em bibliotecas e arquivos
Como fazer preservação preventiva em bibliotecas e arquivos
Jose Humberto Rodrigues
 
Equinócio da Primavera
Equinócio da PrimaveraEquinócio da Primavera
Equinócio da Primavera
BibliotecAtiva
 
Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...
Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...
Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...
Universidade Federal do Cariri
 
LER PARA VIVER A FORMAÇÃO DO LEITOR E AS NOVAS TECNOLOGIAS
LER PARA VIVER A FORMAÇÃO DO LEITOR E AS NOVAS TECNOLOGIASLER PARA VIVER A FORMAÇÃO DO LEITOR E AS NOVAS TECNOLOGIAS
LER PARA VIVER A FORMAÇÃO DO LEITOR E AS NOVAS TECNOLOGIAS
lerparaviver
 
Unidade 2 cálculos
Unidade 2   cálculosUnidade 2   cálculos
Unidade 2 cálculos
Rodrigo Rocha
 
RNBP - A insustentável leveza do ser
RNBP - A insustentável leveza do serRNBP - A insustentável leveza do ser
RNBP - A insustentável leveza do ser
BibliotecAtiva
 
A biblioteca do futuro
A biblioteca do futuroA biblioteca do futuro
A biblioteca do futuro
Moreno Barros
 
Leveling Up - Five Real World Examples of Incremental Maturity v0.1b
Leveling Up - Five Real World Examples of Incremental Maturity v0.1bLeveling Up - Five Real World Examples of Incremental Maturity v0.1b
Leveling Up - Five Real World Examples of Incremental Maturity v0.1b
The Project Strategy Consulting Group
 
Por que as bibliotecas importam?
Por que as bibliotecas importam?Por que as bibliotecas importam?
Por que as bibliotecas importam?
Moreno Barros
 
TEDex Power Distance
TEDex Power DistanceTEDex Power Distance
TEDex Power Distance
Fábio Santos
 
Marketing, bibliotecas e utilizadores na era do 2.0
Marketing, bibliotecas e utilizadores na era do 2.0Marketing, bibliotecas e utilizadores na era do 2.0
Marketing, bibliotecas e utilizadores na era do 2.0
Luísa Alvim
 
Biblioteca escolar – 1º ciclo
Biblioteca escolar – 1º cicloBiblioteca escolar – 1º ciclo
Biblioteca escolar – 1º ciclo
António Pires
 

Destaque (20)

Visão inovadora do conceito de biblioteca no século 21
Visão inovadora do conceito de biblioteca no século 21Visão inovadora do conceito de biblioteca no século 21
Visão inovadora do conceito de biblioteca no século 21
 
Inspirações BibliotecAtiva 01 - Almere
Inspirações BibliotecAtiva 01 - AlmereInspirações BibliotecAtiva 01 - Almere
Inspirações BibliotecAtiva 01 - Almere
 
Seminário BibliotecAtiva 2014 - Reinventar as bibliotecas públicas portuguesas
Seminário BibliotecAtiva 2014 - Reinventar as bibliotecas públicas portuguesasSeminário BibliotecAtiva 2014 - Reinventar as bibliotecas públicas portuguesas
Seminário BibliotecAtiva 2014 - Reinventar as bibliotecas públicas portuguesas
 
Bibliotecas Inovadoras 01 - Almere
Bibliotecas Inovadoras 01 - AlmereBibliotecas Inovadoras 01 - Almere
Bibliotecas Inovadoras 01 - Almere
 
Espiral 01 - Discursos sobre a leitura | Filipe Leal
Espiral 01 - Discursos sobre a leitura  |  Filipe LealEspiral 01 - Discursos sobre a leitura  |  Filipe Leal
Espiral 01 - Discursos sobre a leitura | Filipe Leal
 
Marketing na(s) biblioteca(s)
Marketing na(s) biblioteca(s)Marketing na(s) biblioteca(s)
Marketing na(s) biblioteca(s)
 
Biblioteca Central : Apresentação
Biblioteca Central : ApresentaçãoBiblioteca Central : Apresentação
Biblioteca Central : Apresentação
 
Fórum BibliotecAtiva - Programa
Fórum BibliotecAtiva - ProgramaFórum BibliotecAtiva - Programa
Fórum BibliotecAtiva - Programa
 
Como fazer preservação preventiva em bibliotecas e arquivos
Como fazer preservação preventiva em bibliotecas e arquivosComo fazer preservação preventiva em bibliotecas e arquivos
Como fazer preservação preventiva em bibliotecas e arquivos
 
Equinócio da Primavera
Equinócio da PrimaveraEquinócio da Primavera
Equinócio da Primavera
 
Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...
Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...
Redes sociais e os dispositivos móveis promoção dos produtos e serviços de bi...
 
LER PARA VIVER A FORMAÇÃO DO LEITOR E AS NOVAS TECNOLOGIAS
LER PARA VIVER A FORMAÇÃO DO LEITOR E AS NOVAS TECNOLOGIASLER PARA VIVER A FORMAÇÃO DO LEITOR E AS NOVAS TECNOLOGIAS
LER PARA VIVER A FORMAÇÃO DO LEITOR E AS NOVAS TECNOLOGIAS
 
Unidade 2 cálculos
Unidade 2   cálculosUnidade 2   cálculos
Unidade 2 cálculos
 
RNBP - A insustentável leveza do ser
RNBP - A insustentável leveza do serRNBP - A insustentável leveza do ser
RNBP - A insustentável leveza do ser
 
A biblioteca do futuro
A biblioteca do futuroA biblioteca do futuro
A biblioteca do futuro
 
Leveling Up - Five Real World Examples of Incremental Maturity v0.1b
Leveling Up - Five Real World Examples of Incremental Maturity v0.1bLeveling Up - Five Real World Examples of Incremental Maturity v0.1b
Leveling Up - Five Real World Examples of Incremental Maturity v0.1b
 
Por que as bibliotecas importam?
Por que as bibliotecas importam?Por que as bibliotecas importam?
Por que as bibliotecas importam?
 
TEDex Power Distance
TEDex Power DistanceTEDex Power Distance
TEDex Power Distance
 
Marketing, bibliotecas e utilizadores na era do 2.0
Marketing, bibliotecas e utilizadores na era do 2.0Marketing, bibliotecas e utilizadores na era do 2.0
Marketing, bibliotecas e utilizadores na era do 2.0
 
Biblioteca escolar – 1º ciclo
Biblioteca escolar – 1º cicloBiblioteca escolar – 1º ciclo
Biblioteca escolar – 1º ciclo
 

Semelhante a Novos produtos e serviços em bibliotecas

Fontes digitais
Fontes digitaisFontes digitais
Fontes digitais
UFSC
 
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...
Pedro Príncipe
 
Encontro 4 exclusão digital e recursos que facilitam a apropriação das tecno...
Encontro 4  exclusão digital e recursos que facilitam a apropriação das tecno...Encontro 4  exclusão digital e recursos que facilitam a apropriação das tecno...
Encontro 4 exclusão digital e recursos que facilitam a apropriação das tecno...
Bianca Santana
 
Arquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicosArquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicos
UFSC
 
Novos Serviços de Referência Digital
Novos Serviços de Referência DigitalNovos Serviços de Referência Digital
Novos Serviços de Referência Digital
Miguel Angel Mardero Arellano
 
Tecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicas
Tecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicasTecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicas
Tecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicas
Pedro Príncipe
 
Congresso BAD 10 - Bibliotecas, Web e LIteracia
Congresso BAD 10 - Bibliotecas, Web e LIteraciaCongresso BAD 10 - Bibliotecas, Web e LIteracia
Congresso BAD 10 - Bibliotecas, Web e LIteracia
Diana Silva
 
Bibliotecas, Web e Literacia: construir recursos e serviços em comunidade
Bibliotecas, Web e Literacia: construir recursos e serviços em comunidadeBibliotecas, Web e Literacia: construir recursos e serviços em comunidade
Bibliotecas, Web e Literacia: construir recursos e serviços em comunidade
Pedro Príncipe
 
O bom uso da informação: citar e referenciar
O bom uso da informação: citar e referenciarO bom uso da informação: citar e referenciar
O bom uso da informação: citar e referenciar
Bella Nolasco
 
A Biblioteca e as Redes Sociais - Encontro das Bibliotecas de Famalicão
A Biblioteca e as Redes Sociais - Encontro das Bibliotecas de FamalicãoA Biblioteca e as Redes Sociais - Encontro das Bibliotecas de Famalicão
A Biblioteca e as Redes Sociais - Encontro das Bibliotecas de Famalicão
Pedro Príncipe
 
Bibliotecate
BibliotecateBibliotecate
Bibliotecate
Diana Silva
 
Atualizacao cientifica
Atualizacao cientificaAtualizacao cientifica
Atualizacao cientifica
Joao P. Dubas
 
Conteudos Digitais
Conteudos DigitaisConteudos Digitais
Conteudos Digitais
UFSC
 
O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...
O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...
O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...
UFSC
 
Entregar a biblioteca aos utilizadores: oportunidades da web social
Entregar a biblioteca aos utilizadores: oportunidades da web social Entregar a biblioteca aos utilizadores: oportunidades da web social
Entregar a biblioteca aos utilizadores: oportunidades da web social
Pedro Príncipe
 
A1 marta lapa
A1 marta lapaA1 marta lapa
A1 marta lapa
LapaMarta
 
Bibliotecas universitarias tendencias_mo
Bibliotecas universitarias tendencias_moBibliotecas universitarias tendencias_mo
Bibliotecas universitarias tendencias_mo
Paula Saraiva
 
Web2 Bibliotecas
Web2 BibliotecasWeb2 Bibliotecas
Web2 Bibliotecas
UFSC
 
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecasTecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas
Pedro Príncipe
 
Conteúdos para dispositivos móveis: uma oportunidade para as bibliotecas
Conteúdos para dispositivos móveis: uma oportunidade para as bibliotecasConteúdos para dispositivos móveis: uma oportunidade para as bibliotecas
Conteúdos para dispositivos móveis: uma oportunidade para as bibliotecas
Pedro Príncipe
 

Semelhante a Novos produtos e serviços em bibliotecas (20)

Fontes digitais
Fontes digitaisFontes digitais
Fontes digitais
 
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas: oportunid...
 
Encontro 4 exclusão digital e recursos que facilitam a apropriação das tecno...
Encontro 4  exclusão digital e recursos que facilitam a apropriação das tecno...Encontro 4  exclusão digital e recursos que facilitam a apropriação das tecno...
Encontro 4 exclusão digital e recursos que facilitam a apropriação das tecno...
 
Arquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicosArquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicos
 
Novos Serviços de Referência Digital
Novos Serviços de Referência DigitalNovos Serviços de Referência Digital
Novos Serviços de Referência Digital
 
Tecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicas
Tecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicasTecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicas
Tecnologias emergentes e web social: oportunidades nas bibliotecas públicas
 
Congresso BAD 10 - Bibliotecas, Web e LIteracia
Congresso BAD 10 - Bibliotecas, Web e LIteraciaCongresso BAD 10 - Bibliotecas, Web e LIteracia
Congresso BAD 10 - Bibliotecas, Web e LIteracia
 
Bibliotecas, Web e Literacia: construir recursos e serviços em comunidade
Bibliotecas, Web e Literacia: construir recursos e serviços em comunidadeBibliotecas, Web e Literacia: construir recursos e serviços em comunidade
Bibliotecas, Web e Literacia: construir recursos e serviços em comunidade
 
O bom uso da informação: citar e referenciar
O bom uso da informação: citar e referenciarO bom uso da informação: citar e referenciar
O bom uso da informação: citar e referenciar
 
A Biblioteca e as Redes Sociais - Encontro das Bibliotecas de Famalicão
A Biblioteca e as Redes Sociais - Encontro das Bibliotecas de FamalicãoA Biblioteca e as Redes Sociais - Encontro das Bibliotecas de Famalicão
A Biblioteca e as Redes Sociais - Encontro das Bibliotecas de Famalicão
 
Bibliotecate
BibliotecateBibliotecate
Bibliotecate
 
Atualizacao cientifica
Atualizacao cientificaAtualizacao cientifica
Atualizacao cientifica
 
Conteudos Digitais
Conteudos DigitaisConteudos Digitais
Conteudos Digitais
 
O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...
O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...
O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...
 
Entregar a biblioteca aos utilizadores: oportunidades da web social
Entregar a biblioteca aos utilizadores: oportunidades da web social Entregar a biblioteca aos utilizadores: oportunidades da web social
Entregar a biblioteca aos utilizadores: oportunidades da web social
 
A1 marta lapa
A1 marta lapaA1 marta lapa
A1 marta lapa
 
Bibliotecas universitarias tendencias_mo
Bibliotecas universitarias tendencias_moBibliotecas universitarias tendencias_mo
Bibliotecas universitarias tendencias_mo
 
Web2 Bibliotecas
Web2 BibliotecasWeb2 Bibliotecas
Web2 Bibliotecas
 
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecasTecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas
Tecnologias emergentes e ferramentas de web social nas bibliotecas
 
Conteúdos para dispositivos móveis: uma oportunidade para as bibliotecas
Conteúdos para dispositivos móveis: uma oportunidade para as bibliotecasConteúdos para dispositivos móveis: uma oportunidade para as bibliotecas
Conteúdos para dispositivos móveis: uma oportunidade para as bibliotecas
 

Mais de UFSC

Fontes de informação em educação: recursos informacionais
Fontes de informação em educação: recursos informacionaisFontes de informação em educação: recursos informacionais
Fontes de informação em educação: recursos informacionais
UFSC
 
Fontes de Informação em Educação
Fontes de Informação em EducaçãoFontes de Informação em Educação
Fontes de Informação em Educação
UFSC
 
A questão dos Periódicos no mundo digital
A questão dos Periódicos no mundo digitalA questão dos Periódicos no mundo digital
A questão dos Periódicos no mundo digital
UFSC
 
Digitalizacao de obras e o formato pdfa
Digitalizacao de obras e o formato pdfaDigitalizacao de obras e o formato pdfa
Digitalizacao de obras e o formato pdfa
UFSC
 
BIBLIVRE: sistema de gerenciamento de bases
BIBLIVRE: sistema de gerenciamento de basesBIBLIVRE: sistema de gerenciamento de bases
BIBLIVRE: sistema de gerenciamento de bases
UFSC
 
Busca CfhBusca de informação em arquivos abertos e o acesso livre
Busca CfhBusca de informação em arquivos abertos e o acesso livreBusca CfhBusca de informação em arquivos abertos e o acesso livre
Busca CfhBusca de informação em arquivos abertos e o acesso livre
UFSC
 
Democratização da informação: aspectos sociais e políticos da web 2.0 e das r...
Democratização da informação: aspectos sociais e políticos da web 2.0 e das r...Democratização da informação: aspectos sociais e políticos da web 2.0 e das r...
Democratização da informação: aspectos sociais e políticos da web 2.0 e das r...
UFSC
 
ACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES: O CASO BDTD
ACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES:  O CASO BDTDACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES:  O CASO BDTD
ACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES: O CASO BDTD
UFSC
 
A CULTURA E A DIVERSIDADE NO ACESSO E USO DO PORTAL PERIÓDICOS DA UNIVERSIDAD...
A CULTURA E A DIVERSIDADE NO ACESSO E USO DO PORTAL PERIÓDICOS DA UNIVERSIDAD...A CULTURA E A DIVERSIDADE NO ACESSO E USO DO PORTAL PERIÓDICOS DA UNIVERSIDAD...
A CULTURA E A DIVERSIDADE NO ACESSO E USO DO PORTAL PERIÓDICOS DA UNIVERSIDAD...
UFSC
 
Encontros Bibli e o Portal de Periódicos UFSC
Encontros Bibli e o Portal de Periódicos UFSCEncontros Bibli e o Portal de Periódicos UFSC
Encontros Bibli e o Portal de Periódicos UFSC
UFSC
 
Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) : Portal Periódicos UFSC
Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) : Portal Periódicos UFSCSistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) : Portal Periódicos UFSC
Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) : Portal Periódicos UFSC
UFSC
 
Curso Utilização e Recuperação em Fontes de Informação
Curso Utilização e Recuperação em Fontes de InformaçãoCurso Utilização e Recuperação em Fontes de Informação
Curso Utilização e Recuperação em Fontes de Informação
UFSC
 
Mostra Cultural
Mostra CulturalMostra Cultural
Mostra Cultural
UFSC
 

Mais de UFSC (13)

Fontes de informação em educação: recursos informacionais
Fontes de informação em educação: recursos informacionaisFontes de informação em educação: recursos informacionais
Fontes de informação em educação: recursos informacionais
 
Fontes de Informação em Educação
Fontes de Informação em EducaçãoFontes de Informação em Educação
Fontes de Informação em Educação
 
A questão dos Periódicos no mundo digital
A questão dos Periódicos no mundo digitalA questão dos Periódicos no mundo digital
A questão dos Periódicos no mundo digital
 
Digitalizacao de obras e o formato pdfa
Digitalizacao de obras e o formato pdfaDigitalizacao de obras e o formato pdfa
Digitalizacao de obras e o formato pdfa
 
BIBLIVRE: sistema de gerenciamento de bases
BIBLIVRE: sistema de gerenciamento de basesBIBLIVRE: sistema de gerenciamento de bases
BIBLIVRE: sistema de gerenciamento de bases
 
Busca CfhBusca de informação em arquivos abertos e o acesso livre
Busca CfhBusca de informação em arquivos abertos e o acesso livreBusca CfhBusca de informação em arquivos abertos e o acesso livre
Busca CfhBusca de informação em arquivos abertos e o acesso livre
 
Democratização da informação: aspectos sociais e políticos da web 2.0 e das r...
Democratização da informação: aspectos sociais e políticos da web 2.0 e das r...Democratização da informação: aspectos sociais e políticos da web 2.0 e das r...
Democratização da informação: aspectos sociais e políticos da web 2.0 e das r...
 
ACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES: O CASO BDTD
ACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES:  O CASO BDTDACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES:  O CASO BDTD
ACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES: O CASO BDTD
 
A CULTURA E A DIVERSIDADE NO ACESSO E USO DO PORTAL PERIÓDICOS DA UNIVERSIDAD...
A CULTURA E A DIVERSIDADE NO ACESSO E USO DO PORTAL PERIÓDICOS DA UNIVERSIDAD...A CULTURA E A DIVERSIDADE NO ACESSO E USO DO PORTAL PERIÓDICOS DA UNIVERSIDAD...
A CULTURA E A DIVERSIDADE NO ACESSO E USO DO PORTAL PERIÓDICOS DA UNIVERSIDAD...
 
Encontros Bibli e o Portal de Periódicos UFSC
Encontros Bibli e o Portal de Periódicos UFSCEncontros Bibli e o Portal de Periódicos UFSC
Encontros Bibli e o Portal de Periódicos UFSC
 
Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) : Portal Periódicos UFSC
Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) : Portal Periódicos UFSCSistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) : Portal Periódicos UFSC
Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) : Portal Periódicos UFSC
 
Curso Utilização e Recuperação em Fontes de Informação
Curso Utilização e Recuperação em Fontes de InformaçãoCurso Utilização e Recuperação em Fontes de Informação
Curso Utilização e Recuperação em Fontes de Informação
 
Mostra Cultural
Mostra CulturalMostra Cultural
Mostra Cultural
 

Último

Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
sesiomzezao
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 

Último (20)

Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdfAtividade Análise literária O GUARANI.pdf
Atividade Análise literária O GUARANI.pdf
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 

Novos produtos e serviços em bibliotecas

  • 1. Ursula Blattmann Local: FURG CIDEC SUL – Sala Ilhas Horário: 09h Rio Grande, 08 de dezembro de 2009
  • 2. Importância da gestão de novos serviços e produtos de informação nas bibliotecas Bibliotecas e a gestão na inovação Qualidade de serviços e produtos de informação
  • 3. A sociedade do conhecimento visa o acesso, o uso e o compartilhamento da informação em redes de computadores pelas redes sociais. Os bibliotecários precisam acompanhar as tendências e oferecer serviços e produtos de informação para usuários observando desde a faixa etária, suas demandas, e necessidades. A evolução dos serviços e produtos é constante no ambiente das bibliotecas e dos bibliotecários e necessita de avaliação e retro-alimentação.
  • 4.  
  • 5. Como avaliar os atuais serviços e produtos de informação nas bibliotecas e desenvolver novos para atender satisfatoriamente os usuários? Quais são os métodos, as técnicas e os instrumentos necessários no cotidiano das bibliotecas para obter sucesso com seu público? Como acompanhar as novas demandas de serviços e produtos de informação em ambientes da web 2.0?
  • 6. As práticas da gestão e inovação nas bibliotecas estão disponíveis na literatura técnico-cientifica e sua aplicação pode ser visualizada nos sites das bibliotecas. Aplicá-las no cotidiano das bibliotecas requer estrutura adequada, produtos de fornecedores confiáveis, manutenção (instalação, novas versões, desinstalação e cópias de segurança), e o treinamento das equipes responsáveis pelo atendimento e desenvolvimento de produtos e serviços.
  • 7. As tecnologias inovadoras requerem habilidades e competências informacionais especializadas. Destaca-se a importância de estudar as possibilidades, as vantagens e as limitações antes de aplicar no cotidiano das bibliotecas. É necessário analisar e discutir o potencial das tecnologias e adotar estratégias para sua gestão e implantação, seja desde um Podcast , da disseminação do RSS no site ou ambiente wiki, pelo uso de microblogs como o Twitter, ou efetuar o atendimento via Skype, MSN, Google Talk entre outras modalidades. Para acompanhar as tecnologias emergentes recomenda-se o uso de fontes conhecidas: Computers in Libraries Buyer’s Guide http:// bg.computersinlibraries.com / , Library Resource Guide http:// www.libraryresource.com / .
  • 8. Usar MySpace, YouTube, blogs, e podcasts ( MP3 player ). O Pew Internet and American Life Project constatou que 57% dos adolescentes desenvolvem seus próprios conteúdos na Web. Fácil de produzir conteúdos e divulgá-los para crianças e adolescentes. Para localizar use o National Public Radio's (NPR) http:// www.npr.org selecionar Podcasts POD Personal on Demand.
  • 9. Ambiente: estúdio para gravação/ sala sem ruídos, equipamentos, e softwares (gratuitos) Audacity http:// audacity.sourceforge.net/download/windows?lang =pt Podifier free : http://www.podifier.com Publicar: CD, exportar para o MP3, ou publicar no site da biblioteca. Divulgar nos diretórios de Podcast: The Education Podcast Network http:// epnweb.org , iTunes PodcastAlley http:// podcastalley.com Escolas são um modelo para as bibliotecas: leitura de livros (progresso das leituras) e entrevistas. Bibliotecas precisam criar o ambiente e auxiliar nas idéias, ensinar a gravar e organizar os arquivos de áudio. Lembrar de solicitar a autorização formal dos pais e/ou responsáveis pelas crianças.
  • 10. Quadro 1: Uso do Podcast EPN The Educational Podcast Network http://epnweb.org/index. php ? request_id =94& openpod =2#anchor2 O podcast no ensino básico – Sónia Cruz – Universidade do Minho, Encontro sobre o Podcast, 2009 http://www.slideshare.net/soniacruz/o-podcast-no-ensino-bsico Podcast Escola BR http://www.podcast.sitedaescola.com/ UOL Notícias Podcasts http://noticias.uol.com.br/podcasts/
  • 11.  
  • 12.  
  • 13. Robert B. Allen - Information: A Fundamental Construc http://www.ischool.drexel.edu/faculty/ballen/ISS/m2.pdf Livro com data de validade
  • 14.  
  • 15. Veja mais no Google Analytics Tour : http://www.google.com/analytics/tour.html Quem é o usuário da biblioteca? Donde vem os usuários de sua biblioteca? O que seu(s) usuário(s) faz(em) on-line ? Quais recursos são utilizados além do catálogo da biblioteca? Quando os usuários utilizam os produtos e serviços da biblioteca? Os usuários acessam novos links? Olham imagens? Quais? Quais são as páginas, jornais, revistas e bases de dados mais populares (visitadas) de sua biblioteca ? Quais são os conteúdos buscados? Para onde vão os usuários do site da biblioteca?
  • 16. Ofertar um serviço ou produto de informação requer planejamento, organização, dedicação, elaboração, revisão e muito cuidado. É necessário o planejamento estratégico e não simplesmente acompanhar os modismos tecnológicos pois os usuários confiam e utilizam os serviços e produtos da biblioteca. Para cada serviço e produto lançado é fundamental que a responsabilidade seja apresentada a comunidade de usuários. A gestão dos resultados deve ser divulgada interna e externamente.
  • 17. Para Tomaél, Alcará e Silva (2008, p. 3) o “acesso à informação de qualidade na Internet é um dos principais desafios da atualidade.” Mencionam ainda que A qualidade de uma informação ou de uma fonte de informação está diretamente relacionada ao seu uso, ou seja, ao usuário que dela necessita. Para que uma fonte seja de qualidade, deve atender a propósitos específicos de uma comunidade de usuários e isso requer avaliação. (p. 6) As autoras complementam (p. 7) Quando o profissional da informação seleciona produtos e serviços ou avalia uma fonte de informação para indicar/recomendar para a sua comunidade de usuários, ele está sendo o cliente do fornecedor da fonte.
  • 18. OLETO, Ronaldo Ronan. Percepção da qualidade da informação. Ciência da Informação , Brasília, v. 35, n. 1, p. 57-62, jan./abr. 2006. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ci/v35n1/v35n1a07.pdf >. Qualidade da informação baseada no produto : informação como coisa Abrangência Acessibilidade Atualidade Confiabilidade Objetividade Precisão Validade Qualidade da informação baseada no usuário : adequação da indexação e classificação (atributo do sistema), eficácia, eficiência da recuperação (atributo do sistema), impacto, relevância, utilidade, valor esperado, valor percebido e valor de uso. Percepção da Qualidade : é um juízo de valor, não são percebidos de forma individual. Como selecionar o essencial e evitar a sobrecarga de informação?
  • 19. CALAZANS, Angélica Toffano Seidel; COSTA, Sely Maria de Souza. Construção e implementação de um modelo para avaliar a qualidade da informação estratégica bancaria. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO DA INFORMAÇÃO, 2. Anais... Recife, 2009, Recife. Enadi Encontro de Administração da Informação - Recife. Recife : ANPAD, 2009. p. 1-16. Disponível em: <http://www.angelicatoffano.pro.br/upload_arquivos/pt/EnADI60.pdf >.
  • 20. Identificar os novos serviços e produtos de informação nas bibliotecas Caracterizar os novos produtos e serviços de informação
  • 21. As bibliotecas apresentam seus serviços e produtos aos usuários diretamente no seu site, em listas de discussão, nos treinamentos e na divulgação conforme o planejamento realizado. Entre as dinâmicas de divulgação e valorização dos serviços observa-se a apresentação dos produtos e serviços nos artigos apresentados em congressos, seminários e outros eventos. Procure observar nos diversos sites de bibliotecas especializadas, universitárias, públicas entre outras quais foram os recursos da web 2.0 aplicados.
  • 22.  
  • 24. 2.2 Caracterizar os novos produtos e serviços de informação Concorda-se com as autoras Adriana Alcará e Renata Curty (2008, p. 95) os blogs tendem a seguir o fluxo natural dos avanços da Web, qual seja a sua denominação e gradação. Os recursos da chamada Web 2.0 estão sendo incorporados em blogs das mais variadas tipologias e inclusive nos blogs científicos, como forma de otimizar a disseminação e a recuperação da informação. Sua estrutura dinâmica e participativa está otimizando uma prática da comunicação científica menos engessada, formal e tradicionalista e mais atenta à tendência dos fluxos dinâmicos da informação, característica da sociedade contemporânea.
  • 25. O planejamento em serviços e produtos de informação Como planejar as melhorias nos serviços e produtos de informação
  • 26. Quadro 2: As dimensões e os atributos na qualidade da informação  Fonte: Adaptado por Torres e Neves, 2008 baseado em Felix, 2003, páginas 37 e 38.
  • 27. Com a diversidade de tecnologias disponíveis no mercado e a variedade de aplicações para facilitar o acesso e uso da informação, cabe ao bibliotecário a tarefa da escolha, a definição do que é viável, e estimular seu uso no processo de acesso à informação.
  • 28. Symbian OS smartphone Amazon Kindle
  • 29. Publicar e-books Adotando ODF como Padrão Aberto de Documentos – de Cezar Taurion https://www.smashwords.com/books/view/2969 Veja alguns formatos: Kindle .mobi, E-pub , PDF, LRF, Palm Doc (PDB) https://www.smashwords.com/about/how_to_publish_on_smashwords Como guia de autoria no Smashwords https ://www.smashwords.com/books/view/52
  • 30.  
  • 31.  
  • 33.  
  • 34. http://www.hclib.org/pub/search/GetThisFeed. cfm ? FeedURL = http %3A%2F%2Fwww.hclib.org%2Frss. xml
  • 35.  
  • 36. O usuário da informação Profissionais da informação Bibliotecas e os recursos da web 2.0
  • 37. O usuário da informação na web 2.0 necessita uma biblioteca que acompanhe o seu fazer e suas necessidades e demandas de informação. A biblioteca precisa facilitar o seu interagir nos serviços e produtos ofertados. As empresas da indústria da informação acompanham essas tendências e ofertam as melhorias inclusas nos seus produtos e serviços. Pode-se notar nos catálogos dos acervos além das imagens das capas e disponíveis e seus sumários, as descrições estão interconectadas com o Google Books e até permitir que o usuário comente a respectiva obra.
  • 38.  
  • 39. Teoria e práticas inovadoras devem ser uma constante no processo de aprendizagem dos profissionais da informação. Entre as diversas perguntas que surgem, estão: Como desenvolver as competências e habilidades na gestão e na web 2.0? Quais as habilidades, competências e atitudes do profissional da informação perante as tecnologias para desenvolver novos serviços e produtos ?
  • 40.  
  • 41. Henczel (2004) questiona: Como pode o profissional da informação saber o que cada indivíduo necessita agora e no futuro? Qual o melhor caminho para atender às necessidades de informação? A autora, em seu artigo, responde essas questões afirmando que a: identificação do perfil do usuário da informação permite ao profissional da informação, entender necessidades individuais e de grupos. Informações sobre usuários potenciais são utilizadas por web designers e desenvolvedores de web sites para avaliarem a comunicação do web site com o usuário.
  • 42.  
  • 43.  
  • 44.  
  • 45.  
  • 46.  
  • 47. Biblioteca de Harvard apresenta os recursos tecnológicos para seus usuários http://lib.harvard.edu/
  • 48. Biblioteca de Harvard apresenta no site os diversos recursos e as novidades para seus usuários http://lib.harvard.edu/
  • 49. Quando será o momento certo para inovar na biblioteca? Quem será o profissional da informação responsável pela publicação e atualização de conteúdos no Twitter, Blog e site da biblioteca? Será que o usuário foi consultado para opinar sobre quais os recursos que considera mais adequados no seu cotidiano? E qual é a sua satisfação referente as inovações aplicadas na biblioteca? Como aplicar as técnicas de grupo para coletar informações referentes as demandas dos usuários? Quais as bibliotecas que acrescentaram no seu cotidiano ferramentas da web 2.0?
  • 50.  
  • 51.  
  • 52.  
  • 55. Uso de recursos RSS e Twitter na Divisão de Bibliotecas e Documentação USP ESALQ http://www.esalq.usp.br/biblioteca/
  • 56.  
  • 57.  
  • 58. Uso do catálogo da Biblioteca da PUCRS : integrado ao Google Books http://www3.pucrs.br/portal/page/portal/biblioteca/Capa
  • 60. O uso de tecnologias do RSS e Twitter no RepositoriUM da Universidade do Minho, é aplicado para divulgar o acervo e atividades no ambiente da informação.
  • 61. A biblioteca precisa ser transformada num espaço dinâmico e aberto ao acesso à informação para todos. As inovações tecnológicas devem ser estudadas e aplicadas conforme a(s) necessidade(s) do(s) usuário(s) no cotidiano das bibliotecas. A qualidade da informação ofertada precisa estar disponível aos usuários conectados e também aos sem tela. A interação, cooperação, e colaboração tornam-se vitais para dinamizar o processo de socialização do conhecimento.
  • 62. ALCARÁ, Adriana Rosecler; CURTY, Renata Gonçalves. Blogs: dos diários egocentristas aos espaços de comunicação científica. IN: TOMAÉL, Maria Inês (org.). Fontes de informação na internet. Londrina: EDUEL, 2008. p. 81-96. AMÉRICA LATINA FORMACIÓN ACADÉMICA ALFA. Diretrizes para a criação dos repositórios institucionais nas universidades e organizações de educação superior . [2009]. Disponível em: < http://www.sisbi.uba.ar/institucional/proyectos/internacionales/Directrizes_RI_portugues.pdf >. BLATTMANN, Ursula ; SILVA, Fabiano Couto Corrêa da. Colaboração e interação na Web 2.0 e Biblioteca 2.0. Revista ACB , Florianópolis, v. 12, n.2, p. 191-215, jul./dez. 2007. Disponível em: < http://revista.acbsc.org.br/index. php / racb / article / view /530 >. EASH, Esther Kreider. Podcasting 101 for K-12 Librarians. Computers in Libraries . April 2006. Disponível em : < http://www.infotoday.com/cilmag/apr06/Eash.shtml >. Acesso em: 15 out. 2009 EDITORIAL. Procesos de gestión de documentos. Metadatos para la gestión de documentos. Parte 2: Aspectos conceptuales y de implementación. ISO 23081-2. Revista española de Documentación Científica, , v. 31, n.3, p. 453-506, jul./set. 2008. Disponível em: < http://redc.revistas.csic.es/index. php / redc / article / view /439/451 >. FELIX, W. Introdução à gestão da informação . Campinas: Alínea, 2003. FUJITA, Mariângela Spotti Lopes. A biblioteca digital no contexto da gestão de bibliotecas universitárias: análise de aspectos conceituais e evolutivos para a organização da informação. In PROCEEDINGS CINFORM - Encontro Nacional de Ciência da Informação, 6. Anais... Salvador – Bahia, 2005. Disponível em: < http://www.cinform.ufba.br/vi_anais/docs/MariangelaFujita.pdf > e espelhada em < http://dici.ibict.br/archive/00000506/01/MariangelaFujita.pdf >. HENCZEL, Sue. Creating user profiles to improve information quality. Online , v.28, n.33, p..30-33, May/Jun. 2004. INNARELLI, Humberto Celeste. Preservação digital e seus dez mandamentos. IN: SANTOS, Vanderlei Batista dos; INNARELLI, Humberto Celeste; SOUSA, Renato Tarciso Barbosa de. Arquivística: temas contemporâneos: classificação, preservação digital, gestão do conhecimento. Distrito Federal: SENAC, 2007. p. 19-75.
  • 63. INTERNET ARCHIVE. Disponível em: < http://www.archive.org/index. php >. JONES, Nathan. You're on the Air! Podcasting with Teens at the Library. Voice of Youth Advocates, v. 32, n. 3, p. 200-3, Aug. 2009. OLETO, Ronaldo Ronan. Percepção da qualidade da informação. Ciência da Informação , Brasília, v. 35, n. 1, p. 57-62, jan./abr. 2006. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ci/v35n1/v35n1a07.pdf >. TAMMARO, Anna Maria; SALARELLI, Alberto. A biblioteca digital . Brasília: Briquet de Lemos, 2008. 377p. ISBN 85-85637-34-x TITÃO, Fábia Porto, VIAPIANA, Noeli. A importância da organização da informação no século XXI: reflexões. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 13, n. 1, p.26-36. mar. 2008. Disponível em: http://revista.acbsc.org.br/index. php / racb / article / view /545/670 . Acesso em: 10 Nov. 2009. TOMAÉL, Maria Inês; ALCARÁ, Adriana Rosecler; SILVA, Teresinha Elisabeth da . Fontes de informação na internet: critérios de qualidade. IN: TOMAÉL, Maria Inês (org.). Fontes de informação na internet. Londrina: EDUEL, 2008. p. 3-29 TORRES, Roger Faleiro; NEVES, Jorge Tadeu de Ramos. Gestão estratégica da informação: estudo de caso em uma prestadora de serviços de tecnologia da informação . DataGramaZero , Rio de Janeiro, v. 9, n. 1, n. 1, fev. 2008. ISSN 1517-3801 VERGUEIRO, Valdomiro; MIRANDA, Angélica Conceição Dias (orgs.). Administração de unidades de informação. Rio Grande : Ed. FURG, 2007. 136p
  • 64. Grata! Ursula Blattmann usula@ced.ufsc.br Disponível em: http://www.slideshare.net/blattmann http://www.slideshare.net/blattmann/novos-produtos-e-servios-em-bibliotecas-furg