SlideShare uma empresa Scribd logo
Pesquisa de informação
científica:
estratégias e fontes
1.
fontes de informação
Podemos identificar três tipos de informação (carácter científico):
Informação primária – artigos científicos, teses, relatórios
Informação secundária – livros e artigos de revisão (review articles)
Informação terciária – dicionários e enciclopédias
O processo de recolha de informação deverá ser do geral para o particular - iniciar a
pesquisa em fontes de informação terciárias e só por fim as fontes de informação primárias.
1.1. Tipologia
1.
fontes de informação
1.2. As fontes primárias de informação – artigos
científicos
Os resultados da investigação científica publicados constituem a informação
de base, o primeiro estágio do ciclo da informação científica
– artigos publicados em revistas científicas (journals)
– papers de conferências científicas
1.
fontes de informação
1.2. As fontes primárias de informação – artigos
científicos
1.
fontes de informação
O processo de peer review ou refereeing (revisão por pares):
Processo utilizado na publicação de artigos e que consiste em submeter o
trabalho científico à avaliação de um ou mais especialistas da área. Através
deste processo é certificada a qualidade dos artigos publicados numa
revista científica.
O processo de recolha de informação deverá ser do geral para o particular - iniciar a
pesquisa em fontes de informação terciárias e só por fim as fontes de informação primárias.
1.2. As fontes primárias de informação – artigos
científicos
1.
fontes de informação
Review articles – artigos de revisão de literatura:
Sumarizam o progresso recente num determinado tópico ou área científica
(state of the art);
Constituem uma valiosa fonte de informação no início de qualquer trabalho
de investigação, já que sumarizam e referem os artigos científicos mais
relevantes numa dada área;
1.2. As fontes primárias de informação – artigos
científicos
1.
fontes de informação
A maior parte das bases de dados tem a possibilidade de limitar a
pesquisa apenas aos artigos de revisão.
Review articles – artigos de revisão de literatura:
Existem revistas que publicam apenas artigos de revisão
Ex: Annual Reviews
1.2. As fontes primárias de informação – artigos
científicos
1.
fontes de informação
Review articles – artigos de revisão de literatura:
http://www.annualreviews.org/
1.3. Artigos científicos. Pesquisa via web.
1.
fontes de informação
Actualmente, grande parte das publicações científicas estão
acessíveis em formato digital:
Em acesso livre
- Open Access -
Mediante
subscrição
1.3. Artigos científicos. Pesquisa via web.
1.
fontes de informação
Actualmente, grande parte das publicações científicas estão
acessíveis em formato digital:
Em acesso livre
- Open Access -
- em revistas científicas“open acess”
Ex: Advances in Multimedia
http://www.hindawi.com/journals/am/
- em bases de dados e portais disponíveis
na web
Ex: ERIC - http://www.eric.ed.gov/
- em repositórios institucionais ou
temáticos
EX: RCAAP - http://www.rcaap.pt/
1.3. Artigos científicos. Pesquisa via web.
1.
fontes de informação
Actualmente, grande parte das publicações científicas estão
acessíveis em formato digital:
Mediante
subscrição
- bases de dados de informação científica
Ex: Academic Search Complete
- revistas científicas de editores comerciais
Ex: Elsevier/ScienceDirect
1.3. Artigos científicos. Pesquisa via web.
1.
fontes de informação
Motores de pesquisa na web - Google Scholar
- Motor de pesquisa na web para publicações científicas;
- Para além de toda a informação disponível gratuitamente na web,
localiza informação indexada nas bases de dados de alguns editores,
acessível mediante subscrição;
- O acesso a grande parte dos artigos localizados via Google Scholar só
será possível aos utilizadores das instituições subscritoras.
http://scholar.google.pt/
1.4. Bases de dados de artigos científicos.
1.
fontes de informação
Características:
Colecções de referências bibliográficas de artigos científicos, que
podem ser pesquisadas de diferentes formas;
Constituem as ferramentas mais adequadas para localizar artigos
científicos sobre um determinado tópico;
1.4. Bases de dados de artigos científicos.
1.
fontes de informação
Características:
Reúnem revistas de diferentes editores e permitem a realização de
pesquisas abrangentes;
Ferramentas adequadas para a realização de uma revisão
bibliográfica num determinado assunto (estado da arte).
1.4. Bases de dados de artigos científicos.
1.
fontes de informação
Conteúdos:
Referênciais Texto integral
1.4. Bases de dados de artigos científicos.
1.
fontes de informação
- Contêm apenas a referência bibliográfica dos artigos;
- Podem fornecer o texto integral dos artigos através de links para
os sites das revistas, caso:
1- haja subscrição desse conteúdo por parte da instituição -
reconhecimento por IPs;
2- a publicação esteja disponível na web em "open access“.
Referênciais
1.4. Bases de dados de artigos científicos.
1.
fontes de informação
- Os artigos científicos pesquisados estão na sua maioria em texto
integral;
- O acesso ao texto integral dos artigos é limitado a um período
cronológico;
- A base de dados pode embargar o acesso ao texto integral do
último ano de publicação.
Texto integral
1.4. Bases de dados de artigos científicos.
1.
fontes de informação
As bases de dados podem incluir outras publicações tais como
papers de conferências, relatórios técnicos, normas técnicas,
patentes, teses, etc.
1.4. Bases de dados de artigos científicos.
1.
fontes de informação
Funcionalidades gerais:
- Pesquisa avançada
- Campos com informação estruturada
- Controlo de qualidade na recuperação de informação
- Ferramentas adicionais de análise de resultados
- Informação das revistas e conteúdos indexados
- Contagem de citações por artigo e pesquisa por referência
citada
o acesso
o na UA
O acesso aos recursos subscritos pela UA é permitido a partir de qualquer computador.
o fora da UA
Alunos, docentes, investigadores ou funcionários da Universidade de Aveiro.
O acesso a estes recursos em locais fora do domínio ua.pt, como em casa, ou no local de
trabalho, é feito através da parametrização do computador pessoal para uma ligação a uma
rede privada virtual – VPN. Informação sobre este serviço disponível na página dos STIC.
O acesso às ferramentas/recursos electrónicos subscritos pela Universidade de Aveiro é feita
através da autenticação do utilizador por reconhecimento do endereço IP, não havendo
necessidade de qualquer login ou password.
1.4. Bases de dados de artigos científicos.
1.
fontes de informação
2.
O processo de pesquisa
2.1. Definir claramente a necessidade de informação
2.
O processo de pesquisa
Questões a definir:
- Qual o objectivo da pesquisa?
- Qual o nível de exaustividade? – as fontes de informação a utilizar e
o tipo de pesquisa variam de acordo com o trabalho de investigação a
realizar.
- Definir apriori factores de limite tais como o tipo de documento, as
datas limite, outros.
2.2. Identificar e localizar as fontes de informação
adequadas
2.
O processo de pesquisa
Questões a definir:
Que ferramenta(s) usar para a pesquisa de informação científica?
Por que base de dados começar?
2.2. Identificar e localizar as fontes de informação
adequadas
2.
O processo de pesquisa
Questões a definir:
Como realizar pesquisas bibliográficas eficientes e encontrar a
informação desejada?
Identificar as ferramentas de pesquisa disponíveis e conhecer as suas
funcionalidades (vantagens e desvantagens) de modo a tirar delas o
melhor partido
2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa
2.
O processo de pesquisa
1. Definir claramente o tópico de pesquisa;
2. Identificar os conceitos associados ao tópico e traduzir
para língua inglesa.
Na maior parte das bases de dados as pesquisa devem ser efectuadas em
inglês.
É possível fazer pesquisas bibliográficas noutras línguas (português, espanhol,
francês, etc.), mas o universo de artigos disponíveis é bastante reduzido quando
comparado ao inglês.
2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa
2.
O processo de pesquisa
Um aspecto muito importante no sucesso e pertinência dos
resultados da pesquisa é a selecção adequada dos termos de
assunto a utilizar.
2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa
2.
O processo de pesquisa
3. Seleccionar os termos de pesquisa
Deve ter em conta os sinónimos e formas alternativas dos termos:
- sinónimos
- plural/singular
- abreviatura acrónimos (ex: UML - Unified Modeling Language)
- variantes linguísticas (ex: organisation – UK e organization –US)
2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa
2.
O processo de pesquisa
3. Truncatura
Os termos de pesquisa podem ter diferentes terminações – singular,
plural e adjectivos – sendo que todos poderão ser relevantes para a
sua pesquisa.
Se inserir o termo de pesquisa no singular, irá apenas recuperar
registos que contenham a palavra nessa forma; a truncatura resolve
esse problema.
3. Truncatura
Operador de truncatura - colocar a seguir à raíz da palavra
consulte sempre nas páginas de ajuda
das bases de dados qual o operador de truncatura aplicável
ou$ *
2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa
2.
O processo de pesquisa
Ex: child$ - recupera os termos child, childhood, children, childbirth
3. Operadores boleanos
2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa
2.
O processo de pesquisa
Um tema de pesquisa envolve geralmente mais do que um termo de
assunto; a pesquisa booleana permite a combinação de diferentes termos
numa única pesquisa, através do uso dos operadores and, or, not, near,
onear.
and
or
not
Multimedia communications and Mass media
Multimedia communications or Multimedia technologies
Multimedia communications not education
3. Operadores boleanos
2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa
2.
O processo de pesquisa
2.4. Avaliar os resultados da pesquisa
2.
O processo de pesquisa
Que informação recuperamos?
Que informação perdemos?
Qual a qualidade da informação obtida?
Qual a relevância da informação obtida?
Qual a percentagem de ruído?
2.5. Refazer a pesquisa - técnicas para refinar
pesquisas
2.
O processo de pesquisa
Muitos resultados - deverá refinar a sua pesquisa, de forma a obter
maior precisão e especificidade na sua lista de resultados,
considerando:
- combinação dos novos termos identificados com o operador booleano
AND
- termos de assunto mais específicos ou termos controlados
(thesaurus)
- limite a pesquisa a campos específicos (tipo de publicação, datas,
autor, etc.)
2.5. Refazer a pesquisa - técnicas para refinar
pesquisas
2.
O processo de pesquisa
Poucos resultados ou nenhum – refazer a pesquisa, considerando:
- formas alternativas do(s) termo(s) – sinónimos, forma plural/singular
em combinação com o operador booleano OR
- truncatura
2.5. Refazer a pesquisa - técnicas para refinar
pesquisas
2.
O processo de pesquisa
DICAS:
Critério de ordenação da base de dados – esteja atento a este aspecto,
geralmente a lista de resultados assume por defeito o critério da data (do mais
recente para o mais antigo) - este critério pode ser mudado, em função da
necessidade;
Contagem de citações por artigo - algumas bases de dados fazem contagem de
citações por artigo, estes dados constituem um poderoso indicador da relevância
e impacto daquele artigo numa dada área de investigação;
2.5. Refazer a pesquisa - técnicas para refinar
pesquisas
2.
O processo de pesquisa
DICAS:
Termos de assunto - os artigos que tratam de um mesmo tema, estão indexados
na base de dados pelos mesmos descritores (termos de assunto); uma forma de
identificar a forma correcta do termo é consultar um artigo relevante para o tema
e identificar quais os descritores que o qualificam;
Actualização de resultados - as bases de dados são actualizadas semanal ou
diariamente, pelo que é fundamental a actualização dos resultados através da
subscrição de alertas e/ou RSS feeds para uma dada pesquisa.
3.
Bases de dados
de artigos científicos
3.
Bases de dados de artigos científicos
3.
Bases de dados de artigos científicos
3.1. IEEE Xplore
• Mais de 2.7 milhões de artigos em texto integral;
• 149 publicações do IEEE;
• 23 publicações do IET;
• 26 títulos novos adicionados
em 2010;
• Cooperação com a Wiley
e com a IBM;
• Disponível para dispositivos móveis (http://m.ieeexplore.ieee.org).
3.
Bases de dados de artigos científicos
3.2. ACM - Association of Computing Machinery
The Guide
Revistas dos maiores editores na área das Ciências da Computação.
Com alguns artigos em texto integral.
Digital Library
Colecção de documentos em texto integral publicados pela ACM
nos últimos 50 anos.
http://portal.acm.org/
Pesquisa na “Digital Library” Pesquisa no “The guide”
3.
Bases de dados de artigos científicos
3.3. Academic Search Complete
• Base de dados multidisciplinar;
• Em texto integral;
• Retrospectivas desde 1887;
• Actualização diária;
http://search.epnet.com/
3.
Bases de dados de artigos científicos
http://www.ua.pt/sbidm/biblioteca
4.
Localização de revistas
através do título
3.
Bases de dados de artigos científicos
4.
Localização de revistas através do título
4.1. A to Z – catálogo de revistas electrónicas
da UA
O catálogo electrónico A to
Z permite pesquisar os
títulos das revistas
electrónicas em texto
integral, subscritas pela
Universidade de Aveiro.
http://www.ua.pt/sbidm/biblioteca/PageImage.aspx?id=8485
3.
Bases de dados de artigos científicos
4.
Localização de revistas através do título
4.2. b-on
Biblioteca do Conhecimento Online
http://www.b-on.pt
A b-on, Biblioteca do Conhecimento Online, reúne as principais
editoras de revistas científicas internacionais.
Inclui várias bases de
dados, das quais se
destacam as bases de
dados ISI Web of
Science e Academic
Search Complete.
http://opac.ua.pt
3.
Bases de dados de artigos científicos
4.
Localização de revistas através do título
4.3. Catálogo bibliográfico
das Bibliotecas da UA
Para aceder às revistas em formato impresso nas Bibliotecas da UA,
pesquise no catálogo bibliográfico.
5.
Repositórios institucionais
3.
Bases de dados de artigos científicos
5.
Repositórios institucionais
http://biblioteca.sinbad.ua.pt/Teses/
3.
Bases de dados de artigos científicos
5.
Repositórios institucionais
5.1. SInBAD – Biblioteca Digital da UA
Teses e Dissertações da Universidade de Aveiro.
http://www.rcaap.pt
3.
Bases de dados de artigos científicos
5.
Repositórios institucionais
5.2. RCAAP – Repositório Científico de Acesso
Aberto de Portugal
http://www.rcaap.pt
3.
Bases de dados de artigos científicos
5.
Repositórios institucionais
5.3. DRIVER – Digital Repository Infrastructure Vision
for European Research
Portal das Bibliotecas da UA:
toda a informação num único ponto de acesso!
http://www.ua.pt/sbidm/biblioteca
A Biblioteca em forma na Web Social
› blog
› conheça-nos no facebook
› siga-nos no twitter
› vídeos no youtube
› apresentações no slideshare
› publicações no issuu
http://www.ua.pt/sbidm/biblioteca/PageImage.aspx?id=9602
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/
Estes conteúdos estão protegidos
por uma licença Creative Commons:
Outubro 2010
Biblioteca da Universidade de Aveiro
Serviços de Informação Documental e Museologia
Pesquisa de informação científica
online: estratégias e fontes

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Análise de conteúdo ppc
Análise de conteúdo ppcAnálise de conteúdo ppc
Análise de conteúdo ppc
vania morales sierra
 
Redação científica
Redação científicaRedação científica
Redação científica
Aparecido Oliveira
 
Base de Dados
Base de Dados Base de Dados
Pesquisa com Web of Science
Pesquisa  com  Web of SciencePesquisa  com  Web of Science
Pesquisa com Web of Science
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
 
Aula 4 biblioteca especializada
Aula 4 biblioteca especializadaAula 4 biblioteca especializada
Aula 4 biblioteca especializada
Biblio 2010
 
A catalogação em +/- 60 minutos
A catalogação em +/- 60 minutosA catalogação em +/- 60 minutos
A catalogação em +/- 60 minutos
Ana Carolina Simionato
 
Métodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisaMétodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisa
Isabella Marra
 
Modelo de Projeto de dissertação
Modelo de Projeto de dissertaçãoModelo de Projeto de dissertação
Modelo de Projeto de dissertação
Carlos Alberto Monteiro
 
Introdução à pesquisa científica
Introdução à pesquisa científicaIntrodução à pesquisa científica
Introdução à pesquisa científica
Paulo Silva
 
Aula fontes de informação
Aula  fontes de informaçãoAula  fontes de informação
Aula fontes de informação
Sistema de Bibliotecas da UEL
 
Análise de Dados
Análise de DadosAnálise de Dados
Análise de Dados
Lucila Pesce
 
(2011) - “METODOLOGIA DE INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS: TEORIA E...
(2011) - “METODOLOGIA DE INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS: TEORIA E...(2011) - “METODOLOGIA DE INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS: TEORIA E...
(2011) - “METODOLOGIA DE INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS: TEORIA E...
Bárbara Morim
 
MARC 21
MARC 21MARC 21
MARC 21
UNESP
 
Fontes De Informação Científica
Fontes De Informação CientíficaFontes De Informação Científica
Fontes De Informação Científica
bsararangua
 
Histórico da catalogação e da elaboração de bibliografias
Histórico da catalogação e da elaboração de bibliografiasHistórico da catalogação e da elaboração de bibliografias
Histórico da catalogação e da elaboração de bibliografias
Natallie Alcantara
 
Introdução à Revisão Sistemática da Literatura
Introdução à Revisão Sistemática da LiteraturaIntrodução à Revisão Sistemática da Literatura
Introdução à Revisão Sistemática da Literatura
Fernando Kenji Kamei
 
Metodologia Científica - Tipos de Pesquisa
Metodologia Científica - Tipos de PesquisaMetodologia Científica - Tipos de Pesquisa
Metodologia Científica - Tipos de Pesquisa
Karlandrade26
 
Tutorial CINAHL
Tutorial CINAHLTutorial CINAHL
Tutorial CINAHL
Juliana Takahashi
 
Bibliotecas Digitais
Bibliotecas DigitaisBibliotecas Digitais
Bibliotecas Digitais
Carlos Pinheiro
 
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Fabiano Souza
 

Mais procurados (20)

Análise de conteúdo ppc
Análise de conteúdo ppcAnálise de conteúdo ppc
Análise de conteúdo ppc
 
Redação científica
Redação científicaRedação científica
Redação científica
 
Base de Dados
Base de Dados Base de Dados
Base de Dados
 
Pesquisa com Web of Science
Pesquisa  com  Web of SciencePesquisa  com  Web of Science
Pesquisa com Web of Science
 
Aula 4 biblioteca especializada
Aula 4 biblioteca especializadaAula 4 biblioteca especializada
Aula 4 biblioteca especializada
 
A catalogação em +/- 60 minutos
A catalogação em +/- 60 minutosA catalogação em +/- 60 minutos
A catalogação em +/- 60 minutos
 
Métodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisaMétodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisa
 
Modelo de Projeto de dissertação
Modelo de Projeto de dissertaçãoModelo de Projeto de dissertação
Modelo de Projeto de dissertação
 
Introdução à pesquisa científica
Introdução à pesquisa científicaIntrodução à pesquisa científica
Introdução à pesquisa científica
 
Aula fontes de informação
Aula  fontes de informaçãoAula  fontes de informação
Aula fontes de informação
 
Análise de Dados
Análise de DadosAnálise de Dados
Análise de Dados
 
(2011) - “METODOLOGIA DE INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS: TEORIA E...
(2011) - “METODOLOGIA DE INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS: TEORIA E...(2011) - “METODOLOGIA DE INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS: TEORIA E...
(2011) - “METODOLOGIA DE INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS: TEORIA E...
 
MARC 21
MARC 21MARC 21
MARC 21
 
Fontes De Informação Científica
Fontes De Informação CientíficaFontes De Informação Científica
Fontes De Informação Científica
 
Histórico da catalogação e da elaboração de bibliografias
Histórico da catalogação e da elaboração de bibliografiasHistórico da catalogação e da elaboração de bibliografias
Histórico da catalogação e da elaboração de bibliografias
 
Introdução à Revisão Sistemática da Literatura
Introdução à Revisão Sistemática da LiteraturaIntrodução à Revisão Sistemática da Literatura
Introdução à Revisão Sistemática da Literatura
 
Metodologia Científica - Tipos de Pesquisa
Metodologia Científica - Tipos de PesquisaMetodologia Científica - Tipos de Pesquisa
Metodologia Científica - Tipos de Pesquisa
 
Tutorial CINAHL
Tutorial CINAHLTutorial CINAHL
Tutorial CINAHL
 
Bibliotecas Digitais
Bibliotecas DigitaisBibliotecas Digitais
Bibliotecas Digitais
 
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
 

Destaque

Seleção de fontes de informação cientifica
Seleção de fontes de informação cientificaSeleção de fontes de informação cientifica
Seleção de fontes de informação cientifica
Biblioteca Domingos Cravo (ISCA-UA)
 
Selecção de fontes de Informação Científica
Selecção  de fontes de Informação CientíficaSelecção  de fontes de Informação Científica
Selecção de fontes de Informação Científica
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Fontes de pesquisa
Fontes de pesquisaFontes de pesquisa
Fontes de pesquisa
Fernanda Berg
 
Seleção de Fontes de Informação Científica - 2016
Seleção de Fontes de Informação Científica - 2016Seleção de Fontes de Informação Científica - 2016
Seleção de Fontes de Informação Científica - 2016
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Pesquisa científica
Pesquisa científicaPesquisa científica
Pesquisa científica
costafranklin
 
FONTES DE INFORMAÇÃO ELETRÔNICAS AULA
FONTES DE INFORMAÇÃO ELETRÔNICAS AULAFONTES DE INFORMAÇÃO ELETRÔNICAS AULA
FONTES DE INFORMAÇÃO ELETRÔNICAS AULA
Júlia Gonçalves da Silveira
 
Algumas características do método científico
Algumas características do método científicoAlgumas características do método científico
Algumas características do método científico
WaleskaSampaio
 
Seleção de fontes informação
Seleção de fontes informaçãoSeleção de fontes informação
Seleção de fontes informação
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Pelos trilhos da informação
Pelos trilhos da informaçãoPelos trilhos da informação
Pelos trilhos da informação
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Gerir referências bibliográficas: Mendeley
Gerir referências bibliográficas: MendeleyGerir referências bibliográficas: Mendeley
Gerir referências bibliográficas: Mendeley
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Tipos e partes dos trabalhos científicos
Tipos e partes dos trabalhos científicosTipos e partes dos trabalhos científicos
Tipos e partes dos trabalhos científicos
profguilhermeterra
 
Como Fazer Referências Bibliográficas
Como Fazer Referências BibliográficasComo Fazer Referências Bibliográficas
Como Fazer Referências Bibliográficas
bela610
 
Met cientifica
Met cientificaMet cientifica
Met cientifica
napolle
 
Xebook: Plataformas de Gestión y Préstamo de libros electrónicos en Bibliotecas
Xebook: Plataformas de Gestión y Préstamo de libros electrónicos en BibliotecasXebook: Plataformas de Gestión y Préstamo de libros electrónicos en Bibliotecas
Xebook: Plataformas de Gestión y Préstamo de libros electrónicos en Bibliotecas
Xercode Servicios Bibliotecarios
 
05 brasil. programa nacional de educação do campo (pronacampo) ok
05 brasil. programa nacional de educação do campo (pronacampo) ok05 brasil. programa nacional de educação do campo (pronacampo) ok
05 brasil. programa nacional de educação do campo (pronacampo) ok
Albano Goes Souza
 
Fontes de Info em C&T - Labjor/Unicamp - Aula 4
Fontes de Info em C&T - Labjor/Unicamp - Aula 4Fontes de Info em C&T - Labjor/Unicamp - Aula 4
Fontes de Info em C&T - Labjor/Unicamp - Aula 4
Marcelo Knobel
 
Operadores Booleanos
Operadores BooleanosOperadores Booleanos
Operadores Booleanos
carbgarcia
 
Metadados
MetadadosMetadados
Metadados
lulinha
 
Should You Friend Your Supervisor on Facebook? (NJLA2013)
Should You Friend Your Supervisor on Facebook? (NJLA2013)Should You Friend Your Supervisor on Facebook? (NJLA2013)
Should You Friend Your Supervisor on Facebook? (NJLA2013)
Valerie Forrestal
 
Pilotando bibliotecas hibridas nos turbulentos mares da EaD
Pilotando bibliotecas hibridas nos turbulentos mares da EaDPilotando bibliotecas hibridas nos turbulentos mares da EaD
Pilotando bibliotecas hibridas nos turbulentos mares da EaD
Suelybcs .
 

Destaque (20)

Seleção de fontes de informação cientifica
Seleção de fontes de informação cientificaSeleção de fontes de informação cientifica
Seleção de fontes de informação cientifica
 
Selecção de fontes de Informação Científica
Selecção  de fontes de Informação CientíficaSelecção  de fontes de Informação Científica
Selecção de fontes de Informação Científica
 
Fontes de pesquisa
Fontes de pesquisaFontes de pesquisa
Fontes de pesquisa
 
Seleção de Fontes de Informação Científica - 2016
Seleção de Fontes de Informação Científica - 2016Seleção de Fontes de Informação Científica - 2016
Seleção de Fontes de Informação Científica - 2016
 
Pesquisa científica
Pesquisa científicaPesquisa científica
Pesquisa científica
 
FONTES DE INFORMAÇÃO ELETRÔNICAS AULA
FONTES DE INFORMAÇÃO ELETRÔNICAS AULAFONTES DE INFORMAÇÃO ELETRÔNICAS AULA
FONTES DE INFORMAÇÃO ELETRÔNICAS AULA
 
Algumas características do método científico
Algumas características do método científicoAlgumas características do método científico
Algumas características do método científico
 
Seleção de fontes informação
Seleção de fontes informaçãoSeleção de fontes informação
Seleção de fontes informação
 
Pelos trilhos da informação
Pelos trilhos da informaçãoPelos trilhos da informação
Pelos trilhos da informação
 
Gerir referências bibliográficas: Mendeley
Gerir referências bibliográficas: MendeleyGerir referências bibliográficas: Mendeley
Gerir referências bibliográficas: Mendeley
 
Tipos e partes dos trabalhos científicos
Tipos e partes dos trabalhos científicosTipos e partes dos trabalhos científicos
Tipos e partes dos trabalhos científicos
 
Como Fazer Referências Bibliográficas
Como Fazer Referências BibliográficasComo Fazer Referências Bibliográficas
Como Fazer Referências Bibliográficas
 
Met cientifica
Met cientificaMet cientifica
Met cientifica
 
Xebook: Plataformas de Gestión y Préstamo de libros electrónicos en Bibliotecas
Xebook: Plataformas de Gestión y Préstamo de libros electrónicos en BibliotecasXebook: Plataformas de Gestión y Préstamo de libros electrónicos en Bibliotecas
Xebook: Plataformas de Gestión y Préstamo de libros electrónicos en Bibliotecas
 
05 brasil. programa nacional de educação do campo (pronacampo) ok
05 brasil. programa nacional de educação do campo (pronacampo) ok05 brasil. programa nacional de educação do campo (pronacampo) ok
05 brasil. programa nacional de educação do campo (pronacampo) ok
 
Fontes de Info em C&T - Labjor/Unicamp - Aula 4
Fontes de Info em C&T - Labjor/Unicamp - Aula 4Fontes de Info em C&T - Labjor/Unicamp - Aula 4
Fontes de Info em C&T - Labjor/Unicamp - Aula 4
 
Operadores Booleanos
Operadores BooleanosOperadores Booleanos
Operadores Booleanos
 
Metadados
MetadadosMetadados
Metadados
 
Should You Friend Your Supervisor on Facebook? (NJLA2013)
Should You Friend Your Supervisor on Facebook? (NJLA2013)Should You Friend Your Supervisor on Facebook? (NJLA2013)
Should You Friend Your Supervisor on Facebook? (NJLA2013)
 
Pilotando bibliotecas hibridas nos turbulentos mares da EaD
Pilotando bibliotecas hibridas nos turbulentos mares da EaDPilotando bibliotecas hibridas nos turbulentos mares da EaD
Pilotando bibliotecas hibridas nos turbulentos mares da EaD
 

Semelhante a Pesquisa de informação científica: estratégias e fontes

Descoberta e avaliação 2014
Descoberta e avaliação 2014Descoberta e avaliação 2014
Descoberta e avaliação 2014
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Selecção fontes_inf2011
Selecção fontes_inf2011Selecção fontes_inf2011
Selecção fontes_inf2011
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Processo de pesquisa - pesquisa de informação científica 2/2
Processo de pesquisa - pesquisa de informação científica 2/2Processo de pesquisa - pesquisa de informação científica 2/2
Processo de pesquisa - pesquisa de informação científica 2/2
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
A pesquisa na base de dados ERIC
A pesquisa na base de dados ERICA pesquisa na base de dados ERIC
A pesquisa na base de dados ERIC
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Abel L Packer - Políticas editoriais que instrumentam a transição dos periódi...
Abel L Packer - Políticas editoriais que instrumentam a transição dos periódi...Abel L Packer - Políticas editoriais que instrumentam a transição dos periódi...
Abel L Packer - Políticas editoriais que instrumentam a transição dos periódi...
SciELO - Scientific Electronic Library Online
 
Seleção fontes 2015
Seleção fontes 2015Seleção fontes 2015
FONTES DE INFORMAÇAO.pptx
FONTES DE INFORMAÇAO.pptxFONTES DE INFORMAÇAO.pptx
FONTES DE INFORMAÇAO.pptx
OdeteMyraMesquita
 
Seleção de fontes 2014
Seleção de fontes 2014Seleção de fontes 2014
Seleção de fontes 2014
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Web of Science: como utilizar seus recursos?
Web of Science: como utilizar seus recursos?Web of Science: como utilizar seus recursos?
Web of Science: como utilizar seus recursos?
Biblioteca IFGW / Physics Library - UNICAMP
 
Contagem citacoes2012
Contagem citacoes2012Contagem citacoes2012
Psri g5 1º
Psri g5 1ºPsri g5 1º
Psri g5 1º
Duarte Gomes
 
Unidade 4
Unidade 4Unidade 4
Unidade 4
Marcelo Gomes
 
Metodologia da pesquisa
Metodologia da pesquisaMetodologia da pesquisa
Metodologia da pesquisa
marquespalagi
 
Citações_métricas alternativas
Citações_métricas alternativasCitações_métricas alternativas
Citações_métricas alternativas
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Comocriarprojcientifico esfh
Comocriarprojcientifico esfhComocriarprojcientifico esfh
Comocriarprojcientifico esfh
Maria Manuela Torres Paredes
 
XII Curso Open Journal Systems - Introdução a indexadores
XII Curso Open Journal Systems - Introdução a indexadoresXII Curso Open Journal Systems - Introdução a indexadores
XII Curso Open Journal Systems - Introdução a indexadores
Carla Ferreira
 
Curso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOP
Curso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOPCurso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOP
Curso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOP
Essevalter de Sousa
 
Competências de pesquisa de informação científica
Competências de pesquisa de informação científicaCompetências de pesquisa de informação científica
Competências de pesquisa de informação científica
Fatima Kanitar
 
Critérios para indexação em bases de dados
Critérios para indexação em bases de dadosCritérios para indexação em bases de dados
Critérios para indexação em bases de dados
Portal de Periódicos UFMG
 
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Essevalter de Sousa
 

Semelhante a Pesquisa de informação científica: estratégias e fontes (20)

Descoberta e avaliação 2014
Descoberta e avaliação 2014Descoberta e avaliação 2014
Descoberta e avaliação 2014
 
Selecção fontes_inf2011
Selecção fontes_inf2011Selecção fontes_inf2011
Selecção fontes_inf2011
 
Processo de pesquisa - pesquisa de informação científica 2/2
Processo de pesquisa - pesquisa de informação científica 2/2Processo de pesquisa - pesquisa de informação científica 2/2
Processo de pesquisa - pesquisa de informação científica 2/2
 
A pesquisa na base de dados ERIC
A pesquisa na base de dados ERICA pesquisa na base de dados ERIC
A pesquisa na base de dados ERIC
 
Abel L Packer - Políticas editoriais que instrumentam a transição dos periódi...
Abel L Packer - Políticas editoriais que instrumentam a transição dos periódi...Abel L Packer - Políticas editoriais que instrumentam a transição dos periódi...
Abel L Packer - Políticas editoriais que instrumentam a transição dos periódi...
 
Seleção fontes 2015
Seleção fontes 2015Seleção fontes 2015
Seleção fontes 2015
 
FONTES DE INFORMAÇAO.pptx
FONTES DE INFORMAÇAO.pptxFONTES DE INFORMAÇAO.pptx
FONTES DE INFORMAÇAO.pptx
 
Seleção de fontes 2014
Seleção de fontes 2014Seleção de fontes 2014
Seleção de fontes 2014
 
Web of Science: como utilizar seus recursos?
Web of Science: como utilizar seus recursos?Web of Science: como utilizar seus recursos?
Web of Science: como utilizar seus recursos?
 
Contagem citacoes2012
Contagem citacoes2012Contagem citacoes2012
Contagem citacoes2012
 
Psri g5 1º
Psri g5 1ºPsri g5 1º
Psri g5 1º
 
Unidade 4
Unidade 4Unidade 4
Unidade 4
 
Metodologia da pesquisa
Metodologia da pesquisaMetodologia da pesquisa
Metodologia da pesquisa
 
Citações_métricas alternativas
Citações_métricas alternativasCitações_métricas alternativas
Citações_métricas alternativas
 
Comocriarprojcientifico esfh
Comocriarprojcientifico esfhComocriarprojcientifico esfh
Comocriarprojcientifico esfh
 
XII Curso Open Journal Systems - Introdução a indexadores
XII Curso Open Journal Systems - Introdução a indexadoresXII Curso Open Journal Systems - Introdução a indexadores
XII Curso Open Journal Systems - Introdução a indexadores
 
Curso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOP
Curso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOPCurso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOP
Curso - Prática de revisão bibliográfica - Autor: Essevalter de Sousa - UFOP
 
Competências de pesquisa de informação científica
Competências de pesquisa de informação científicaCompetências de pesquisa de informação científica
Competências de pesquisa de informação científica
 
Critérios para indexação em bases de dados
Critérios para indexação em bases de dadosCritérios para indexação em bases de dados
Critérios para indexação em bases de dados
 
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
 

Mais de Bibliotecas da Universidade de Aveiro

O Repositório da UA no cumprimento dos requisitos de acesso aberto da FCT e H...
O Repositório da UA no cumprimento dos requisitos de acesso aberto da FCT e H...O Repositório da UA no cumprimento dos requisitos de acesso aberto da FCT e H...
O Repositório da UA no cumprimento dos requisitos de acesso aberto da FCT e H...
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
ORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificadorORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificador
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Indicadores e métricas na publicação científica
Indicadores e métricas na publicação científicaIndicadores e métricas na publicação científica
Indicadores e métricas na publicação científica
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Acesso aberto, dados de investigação e requisitos: práticas e caminhos da Ciê...
Acesso aberto, dados de investigação e requisitos: práticas e caminhos da Ciê...Acesso aberto, dados de investigação e requisitos: práticas e caminhos da Ciê...
Acesso aberto, dados de investigação e requisitos: práticas e caminhos da Ciê...
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
APA 6th: citar e referenciar com o Mendeley
APA 6th: citar e referenciar com o MendeleyAPA 6th: citar e referenciar com o Mendeley
APA 6th: citar e referenciar com o Mendeley
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Biblioteca-te: pesquisa e localiza informação
Biblioteca-te: pesquisa e localiza informaçãoBiblioteca-te: pesquisa e localiza informação
Biblioteca-te: pesquisa e localiza informação
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Scopus Web of Science 2017
Scopus Web of Science 2017Scopus Web of Science 2017
Scopus Web of Science 2017
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Pesquisa_informação_estatística2017
Pesquisa_informação_estatística2017Pesquisa_informação_estatística2017
Pesquisa_informação_estatística2017
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Depósito de publicações no RIA e os requisitos da FCT e do H2020
Depósito de publicações no RIA e os requisitos da FCT e do H2020Depósito de publicações no RIA e os requisitos da FCT e do H2020
Depósito de publicações no RIA e os requisitos da FCT e do H2020
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...
Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...
Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...
Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...
Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Manage bibliographic references: mendeley
Manage bibliographic references: mendeleyManage bibliographic references: mendeley
Manage bibliographic references: mendeley
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Scientific information sources 2016
Scientific information sources 2016Scientific information sources 2016
Scientific information sources 2016
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Teses e dissertações: como cumprir as normas de apresentação da Universidade ...
Teses e dissertações: como cumprir as normas de apresentação da Universidade ...Teses e dissertações: como cumprir as normas de apresentação da Universidade ...
Teses e dissertações: como cumprir as normas de apresentação da Universidade ...
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
2016 orcid as suas publicações num único identificador
2016 orcid as suas publicações num único identificador2016 orcid as suas publicações num único identificador
2016 orcid as suas publicações num único identificador
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Onde estão as minhas citações: ferramentas e dicas
Onde estão as minhas citações: ferramentas e dicasOnde estão as minhas citações: ferramentas e dicas
Onde estão as minhas citações: ferramentas e dicas
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
O admirável mundo dos livros eletrónicos
O admirável mundo dos livros eletrónicosO admirável mundo dos livros eletrónicos
O admirável mundo dos livros eletrónicos
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Pelos trilhos da informação
Pelos trilhos da informaçãoPelos trilhos da informação
Pelos trilhos da informação
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Citar e referenciar
Citar e referenciarCitar e referenciar
Workshop procurar,descobrir e usar informação 2015 2016
Workshop procurar,descobrir e usar informação 2015 2016Workshop procurar,descobrir e usar informação 2015 2016
Workshop procurar,descobrir e usar informação 2015 2016
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 

Mais de Bibliotecas da Universidade de Aveiro (20)

O Repositório da UA no cumprimento dos requisitos de acesso aberto da FCT e H...
O Repositório da UA no cumprimento dos requisitos de acesso aberto da FCT e H...O Repositório da UA no cumprimento dos requisitos de acesso aberto da FCT e H...
O Repositório da UA no cumprimento dos requisitos de acesso aberto da FCT e H...
 
ORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificadorORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificador
 
Indicadores e métricas na publicação científica
Indicadores e métricas na publicação científicaIndicadores e métricas na publicação científica
Indicadores e métricas na publicação científica
 
Acesso aberto, dados de investigação e requisitos: práticas e caminhos da Ciê...
Acesso aberto, dados de investigação e requisitos: práticas e caminhos da Ciê...Acesso aberto, dados de investigação e requisitos: práticas e caminhos da Ciê...
Acesso aberto, dados de investigação e requisitos: práticas e caminhos da Ciê...
 
APA 6th: citar e referenciar com o Mendeley
APA 6th: citar e referenciar com o MendeleyAPA 6th: citar e referenciar com o Mendeley
APA 6th: citar e referenciar com o Mendeley
 
Biblioteca-te: pesquisa e localiza informação
Biblioteca-te: pesquisa e localiza informaçãoBiblioteca-te: pesquisa e localiza informação
Biblioteca-te: pesquisa e localiza informação
 
Scopus Web of Science 2017
Scopus Web of Science 2017Scopus Web of Science 2017
Scopus Web of Science 2017
 
Pesquisa_informação_estatística2017
Pesquisa_informação_estatística2017Pesquisa_informação_estatística2017
Pesquisa_informação_estatística2017
 
Depósito de publicações no RIA e os requisitos da FCT e do H2020
Depósito de publicações no RIA e os requisitos da FCT e do H2020Depósito de publicações no RIA e os requisitos da FCT e do H2020
Depósito de publicações no RIA e os requisitos da FCT e do H2020
 
Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...
Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...
Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...
 
Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...
Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...
Como cumprir as normas de apresentação escrita das teses e dissertações da UA...
 
Manage bibliographic references: mendeley
Manage bibliographic references: mendeleyManage bibliographic references: mendeley
Manage bibliographic references: mendeley
 
Scientific information sources 2016
Scientific information sources 2016Scientific information sources 2016
Scientific information sources 2016
 
Teses e dissertações: como cumprir as normas de apresentação da Universidade ...
Teses e dissertações: como cumprir as normas de apresentação da Universidade ...Teses e dissertações: como cumprir as normas de apresentação da Universidade ...
Teses e dissertações: como cumprir as normas de apresentação da Universidade ...
 
2016 orcid as suas publicações num único identificador
2016 orcid as suas publicações num único identificador2016 orcid as suas publicações num único identificador
2016 orcid as suas publicações num único identificador
 
Onde estão as minhas citações: ferramentas e dicas
Onde estão as minhas citações: ferramentas e dicasOnde estão as minhas citações: ferramentas e dicas
Onde estão as minhas citações: ferramentas e dicas
 
O admirável mundo dos livros eletrónicos
O admirável mundo dos livros eletrónicosO admirável mundo dos livros eletrónicos
O admirável mundo dos livros eletrónicos
 
Pelos trilhos da informação
Pelos trilhos da informaçãoPelos trilhos da informação
Pelos trilhos da informação
 
Citar e referenciar
Citar e referenciarCitar e referenciar
Citar e referenciar
 
Workshop procurar,descobrir e usar informação 2015 2016
Workshop procurar,descobrir e usar informação 2015 2016Workshop procurar,descobrir e usar informação 2015 2016
Workshop procurar,descobrir e usar informação 2015 2016
 

Último

Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 

Último (20)

Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 

Pesquisa de informação científica: estratégias e fontes

  • 3. Podemos identificar três tipos de informação (carácter científico): Informação primária – artigos científicos, teses, relatórios Informação secundária – livros e artigos de revisão (review articles) Informação terciária – dicionários e enciclopédias O processo de recolha de informação deverá ser do geral para o particular - iniciar a pesquisa em fontes de informação terciárias e só por fim as fontes de informação primárias. 1.1. Tipologia 1. fontes de informação
  • 4. 1.2. As fontes primárias de informação – artigos científicos Os resultados da investigação científica publicados constituem a informação de base, o primeiro estágio do ciclo da informação científica – artigos publicados em revistas científicas (journals) – papers de conferências científicas 1. fontes de informação
  • 5. 1.2. As fontes primárias de informação – artigos científicos 1. fontes de informação O processo de peer review ou refereeing (revisão por pares): Processo utilizado na publicação de artigos e que consiste em submeter o trabalho científico à avaliação de um ou mais especialistas da área. Através deste processo é certificada a qualidade dos artigos publicados numa revista científica. O processo de recolha de informação deverá ser do geral para o particular - iniciar a pesquisa em fontes de informação terciárias e só por fim as fontes de informação primárias.
  • 6. 1.2. As fontes primárias de informação – artigos científicos 1. fontes de informação Review articles – artigos de revisão de literatura: Sumarizam o progresso recente num determinado tópico ou área científica (state of the art); Constituem uma valiosa fonte de informação no início de qualquer trabalho de investigação, já que sumarizam e referem os artigos científicos mais relevantes numa dada área;
  • 7. 1.2. As fontes primárias de informação – artigos científicos 1. fontes de informação A maior parte das bases de dados tem a possibilidade de limitar a pesquisa apenas aos artigos de revisão. Review articles – artigos de revisão de literatura: Existem revistas que publicam apenas artigos de revisão Ex: Annual Reviews
  • 8. 1.2. As fontes primárias de informação – artigos científicos 1. fontes de informação Review articles – artigos de revisão de literatura: http://www.annualreviews.org/
  • 9. 1.3. Artigos científicos. Pesquisa via web. 1. fontes de informação Actualmente, grande parte das publicações científicas estão acessíveis em formato digital: Em acesso livre - Open Access - Mediante subscrição
  • 10. 1.3. Artigos científicos. Pesquisa via web. 1. fontes de informação Actualmente, grande parte das publicações científicas estão acessíveis em formato digital: Em acesso livre - Open Access - - em revistas científicas“open acess” Ex: Advances in Multimedia http://www.hindawi.com/journals/am/ - em bases de dados e portais disponíveis na web Ex: ERIC - http://www.eric.ed.gov/ - em repositórios institucionais ou temáticos EX: RCAAP - http://www.rcaap.pt/
  • 11. 1.3. Artigos científicos. Pesquisa via web. 1. fontes de informação Actualmente, grande parte das publicações científicas estão acessíveis em formato digital: Mediante subscrição - bases de dados de informação científica Ex: Academic Search Complete - revistas científicas de editores comerciais Ex: Elsevier/ScienceDirect
  • 12. 1.3. Artigos científicos. Pesquisa via web. 1. fontes de informação Motores de pesquisa na web - Google Scholar - Motor de pesquisa na web para publicações científicas; - Para além de toda a informação disponível gratuitamente na web, localiza informação indexada nas bases de dados de alguns editores, acessível mediante subscrição; - O acesso a grande parte dos artigos localizados via Google Scholar só será possível aos utilizadores das instituições subscritoras. http://scholar.google.pt/
  • 13. 1.4. Bases de dados de artigos científicos. 1. fontes de informação Características: Colecções de referências bibliográficas de artigos científicos, que podem ser pesquisadas de diferentes formas; Constituem as ferramentas mais adequadas para localizar artigos científicos sobre um determinado tópico;
  • 14. 1.4. Bases de dados de artigos científicos. 1. fontes de informação Características: Reúnem revistas de diferentes editores e permitem a realização de pesquisas abrangentes; Ferramentas adequadas para a realização de uma revisão bibliográfica num determinado assunto (estado da arte).
  • 15. 1.4. Bases de dados de artigos científicos. 1. fontes de informação Conteúdos: Referênciais Texto integral
  • 16. 1.4. Bases de dados de artigos científicos. 1. fontes de informação - Contêm apenas a referência bibliográfica dos artigos; - Podem fornecer o texto integral dos artigos através de links para os sites das revistas, caso: 1- haja subscrição desse conteúdo por parte da instituição - reconhecimento por IPs; 2- a publicação esteja disponível na web em "open access“. Referênciais
  • 17. 1.4. Bases de dados de artigos científicos. 1. fontes de informação - Os artigos científicos pesquisados estão na sua maioria em texto integral; - O acesso ao texto integral dos artigos é limitado a um período cronológico; - A base de dados pode embargar o acesso ao texto integral do último ano de publicação. Texto integral
  • 18. 1.4. Bases de dados de artigos científicos. 1. fontes de informação As bases de dados podem incluir outras publicações tais como papers de conferências, relatórios técnicos, normas técnicas, patentes, teses, etc.
  • 19. 1.4. Bases de dados de artigos científicos. 1. fontes de informação Funcionalidades gerais: - Pesquisa avançada - Campos com informação estruturada - Controlo de qualidade na recuperação de informação - Ferramentas adicionais de análise de resultados - Informação das revistas e conteúdos indexados - Contagem de citações por artigo e pesquisa por referência citada
  • 20. o acesso o na UA O acesso aos recursos subscritos pela UA é permitido a partir de qualquer computador. o fora da UA Alunos, docentes, investigadores ou funcionários da Universidade de Aveiro. O acesso a estes recursos em locais fora do domínio ua.pt, como em casa, ou no local de trabalho, é feito através da parametrização do computador pessoal para uma ligação a uma rede privada virtual – VPN. Informação sobre este serviço disponível na página dos STIC. O acesso às ferramentas/recursos electrónicos subscritos pela Universidade de Aveiro é feita através da autenticação do utilizador por reconhecimento do endereço IP, não havendo necessidade de qualquer login ou password. 1.4. Bases de dados de artigos científicos. 1. fontes de informação
  • 21. 2. O processo de pesquisa
  • 22. 2.1. Definir claramente a necessidade de informação 2. O processo de pesquisa Questões a definir: - Qual o objectivo da pesquisa? - Qual o nível de exaustividade? – as fontes de informação a utilizar e o tipo de pesquisa variam de acordo com o trabalho de investigação a realizar. - Definir apriori factores de limite tais como o tipo de documento, as datas limite, outros.
  • 23. 2.2. Identificar e localizar as fontes de informação adequadas 2. O processo de pesquisa Questões a definir: Que ferramenta(s) usar para a pesquisa de informação científica? Por que base de dados começar?
  • 24. 2.2. Identificar e localizar as fontes de informação adequadas 2. O processo de pesquisa Questões a definir: Como realizar pesquisas bibliográficas eficientes e encontrar a informação desejada? Identificar as ferramentas de pesquisa disponíveis e conhecer as suas funcionalidades (vantagens e desvantagens) de modo a tirar delas o melhor partido
  • 25. 2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa 2. O processo de pesquisa 1. Definir claramente o tópico de pesquisa; 2. Identificar os conceitos associados ao tópico e traduzir para língua inglesa. Na maior parte das bases de dados as pesquisa devem ser efectuadas em inglês. É possível fazer pesquisas bibliográficas noutras línguas (português, espanhol, francês, etc.), mas o universo de artigos disponíveis é bastante reduzido quando comparado ao inglês.
  • 26. 2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa 2. O processo de pesquisa Um aspecto muito importante no sucesso e pertinência dos resultados da pesquisa é a selecção adequada dos termos de assunto a utilizar.
  • 27. 2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa 2. O processo de pesquisa 3. Seleccionar os termos de pesquisa Deve ter em conta os sinónimos e formas alternativas dos termos: - sinónimos - plural/singular - abreviatura acrónimos (ex: UML - Unified Modeling Language) - variantes linguísticas (ex: organisation – UK e organization –US)
  • 28. 2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa 2. O processo de pesquisa 3. Truncatura Os termos de pesquisa podem ter diferentes terminações – singular, plural e adjectivos – sendo que todos poderão ser relevantes para a sua pesquisa. Se inserir o termo de pesquisa no singular, irá apenas recuperar registos que contenham a palavra nessa forma; a truncatura resolve esse problema.
  • 29. 3. Truncatura Operador de truncatura - colocar a seguir à raíz da palavra consulte sempre nas páginas de ajuda das bases de dados qual o operador de truncatura aplicável ou$ * 2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa 2. O processo de pesquisa Ex: child$ - recupera os termos child, childhood, children, childbirth
  • 30. 3. Operadores boleanos 2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa 2. O processo de pesquisa Um tema de pesquisa envolve geralmente mais do que um termo de assunto; a pesquisa booleana permite a combinação de diferentes termos numa única pesquisa, através do uso dos operadores and, or, not, near, onear.
  • 31. and or not Multimedia communications and Mass media Multimedia communications or Multimedia technologies Multimedia communications not education 3. Operadores boleanos 2.3. Estabelecer uma estratégia de pesquisa 2. O processo de pesquisa
  • 32. 2.4. Avaliar os resultados da pesquisa 2. O processo de pesquisa Que informação recuperamos? Que informação perdemos? Qual a qualidade da informação obtida? Qual a relevância da informação obtida? Qual a percentagem de ruído?
  • 33. 2.5. Refazer a pesquisa - técnicas para refinar pesquisas 2. O processo de pesquisa Muitos resultados - deverá refinar a sua pesquisa, de forma a obter maior precisão e especificidade na sua lista de resultados, considerando: - combinação dos novos termos identificados com o operador booleano AND - termos de assunto mais específicos ou termos controlados (thesaurus) - limite a pesquisa a campos específicos (tipo de publicação, datas, autor, etc.)
  • 34. 2.5. Refazer a pesquisa - técnicas para refinar pesquisas 2. O processo de pesquisa Poucos resultados ou nenhum – refazer a pesquisa, considerando: - formas alternativas do(s) termo(s) – sinónimos, forma plural/singular em combinação com o operador booleano OR - truncatura
  • 35. 2.5. Refazer a pesquisa - técnicas para refinar pesquisas 2. O processo de pesquisa DICAS: Critério de ordenação da base de dados – esteja atento a este aspecto, geralmente a lista de resultados assume por defeito o critério da data (do mais recente para o mais antigo) - este critério pode ser mudado, em função da necessidade; Contagem de citações por artigo - algumas bases de dados fazem contagem de citações por artigo, estes dados constituem um poderoso indicador da relevância e impacto daquele artigo numa dada área de investigação;
  • 36. 2.5. Refazer a pesquisa - técnicas para refinar pesquisas 2. O processo de pesquisa DICAS: Termos de assunto - os artigos que tratam de um mesmo tema, estão indexados na base de dados pelos mesmos descritores (termos de assunto); uma forma de identificar a forma correcta do termo é consultar um artigo relevante para o tema e identificar quais os descritores que o qualificam; Actualização de resultados - as bases de dados são actualizadas semanal ou diariamente, pelo que é fundamental a actualização dos resultados através da subscrição de alertas e/ou RSS feeds para uma dada pesquisa.
  • 37. 3. Bases de dados de artigos científicos
  • 38. 3. Bases de dados de artigos científicos
  • 39. 3. Bases de dados de artigos científicos 3.1. IEEE Xplore • Mais de 2.7 milhões de artigos em texto integral; • 149 publicações do IEEE; • 23 publicações do IET; • 26 títulos novos adicionados em 2010; • Cooperação com a Wiley e com a IBM; • Disponível para dispositivos móveis (http://m.ieeexplore.ieee.org).
  • 40. 3. Bases de dados de artigos científicos 3.2. ACM - Association of Computing Machinery The Guide Revistas dos maiores editores na área das Ciências da Computação. Com alguns artigos em texto integral. Digital Library Colecção de documentos em texto integral publicados pela ACM nos últimos 50 anos. http://portal.acm.org/ Pesquisa na “Digital Library” Pesquisa no “The guide”
  • 41. 3. Bases de dados de artigos científicos 3.3. Academic Search Complete • Base de dados multidisciplinar; • Em texto integral; • Retrospectivas desde 1887; • Actualização diária; http://search.epnet.com/
  • 42. 3. Bases de dados de artigos científicos http://www.ua.pt/sbidm/biblioteca
  • 44. 3. Bases de dados de artigos científicos 4. Localização de revistas através do título 4.1. A to Z – catálogo de revistas electrónicas da UA O catálogo electrónico A to Z permite pesquisar os títulos das revistas electrónicas em texto integral, subscritas pela Universidade de Aveiro. http://www.ua.pt/sbidm/biblioteca/PageImage.aspx?id=8485
  • 45. 3. Bases de dados de artigos científicos 4. Localização de revistas através do título 4.2. b-on Biblioteca do Conhecimento Online http://www.b-on.pt A b-on, Biblioteca do Conhecimento Online, reúne as principais editoras de revistas científicas internacionais. Inclui várias bases de dados, das quais se destacam as bases de dados ISI Web of Science e Academic Search Complete.
  • 46. http://opac.ua.pt 3. Bases de dados de artigos científicos 4. Localização de revistas através do título 4.3. Catálogo bibliográfico das Bibliotecas da UA Para aceder às revistas em formato impresso nas Bibliotecas da UA, pesquise no catálogo bibliográfico.
  • 48. 3. Bases de dados de artigos científicos 5. Repositórios institucionais
  • 49. http://biblioteca.sinbad.ua.pt/Teses/ 3. Bases de dados de artigos científicos 5. Repositórios institucionais 5.1. SInBAD – Biblioteca Digital da UA Teses e Dissertações da Universidade de Aveiro.
  • 50. http://www.rcaap.pt 3. Bases de dados de artigos científicos 5. Repositórios institucionais 5.2. RCAAP – Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal
  • 51. http://www.rcaap.pt 3. Bases de dados de artigos científicos 5. Repositórios institucionais 5.3. DRIVER – Digital Repository Infrastructure Vision for European Research
  • 52. Portal das Bibliotecas da UA: toda a informação num único ponto de acesso! http://www.ua.pt/sbidm/biblioteca
  • 53. A Biblioteca em forma na Web Social › blog › conheça-nos no facebook › siga-nos no twitter › vídeos no youtube › apresentações no slideshare › publicações no issuu http://www.ua.pt/sbidm/biblioteca/PageImage.aspx?id=9602
  • 54. http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/3.0/ Estes conteúdos estão protegidos por uma licença Creative Commons:
  • 55. Outubro 2010 Biblioteca da Universidade de Aveiro Serviços de Informação Documental e Museologia Pesquisa de informação científica online: estratégias e fontes