SlideShare uma empresa Scribd logo
MECANISMOS DE DEFESA
DO EGO
Por:
Profa.Dra. Silvia Marina Anaruma
UNESP – IB – Depto de Educação
Campus de Rio Claro - SP
Out/2016
• Quem falou pela primeira
vez sobre mecanismos de
defesa foi Freud
Sigmund Freud
- 1856-1939
• Freud elaborou a Teoria
Psicanalítica
• Freud dizia que há uma continuidade
• entre os processos mentais
• Aquilo que parece espontâneo, na
verdade tem uma causa, um sentido
• “Há uma causa para cada pensamento,
para cada memória revivida, sentimento
ou ação “ (Psiqweb)
Cada evento mental é causado pela
intenção consciente ou inconsciente e
é determinado pelos fatos que o
precederam
Freud dizia
que nossa
estrutura
psíquica se
assemelha a
um iceberg
Estrutura psíquica segundo a
Psicanálise
• Consciente
• Pré-consciente
• Inconsciente
1ª. Tópica
• Id
• Ego
• Superego
Se relacionam na
tentativa de
equilíbrio
Aumentando o
prazer e
diminuindo o
desprazer
2ª. Tópica
Esta tentativa de equilíbrio pode
gerar ansiedade
• São as seguintes situações que irão gerá-
la:
• l. Perda de um objeto desejado. Por
exemplo, uma criança privada de um dos
pais, de um amigo íntimo ou de um animal
de estimação.
• 2. Perda de amor. A rejeição ou o
fracasso em reconquistar o amor, por
exemplo, ou a desaprovação de
alguém que lhe importa.
• 3. Perda de identidade. É o caso, por
exemplo, daquilo que Freud chama
de medo de castração, da perda de
prestígio, de ser ridicularizado em
público.
• 4. Perda de auto-estima. Por exemplo
a desaprovação do Superego por
atos ou intenções que resultam em
culpa ou ódio em relação a si mesmo.
(Psiqweb)
A ansiedade sinaliza um
perigo interno
Pai do Nemo em perigo....
Como diminuir esta ansiedade?
Resolvendo a
situação, lidando
diretamente com ela
Negar ou deformar a
situação
MECANISMOS DE DEFESA
“A presença dos mecanismos é
freqüente em indivíduos
saudáveis, mas, em excesso é
indicação de sintomas neuróticos
ou, em alguns casos extremos, o
excesso indicaria até sintomas
psicóticos, como por exemplo e
principalmente, o excesso dos
mecanismos de projeção, negação
da realidade e clivagem do ego “
Os mecanismos de defesa
constituem operações de
proteção do Ego para assegurar
a nossa própria segurança
Eles também representam uma
forma de adaptação
• Permite que alguns conteúdos
inconscientes cheguem no
nível consciente de forma
disfarçada
Nenhum indivíduo, naturalmente, faz
uso de todos os mecanismos de
defesa possíveis. Cada pessoa utiliza
uma seleção deles, mas estes se
fixam em seu ego. Tornam-se
modalidades regulares de reação de
seu caráter, as quais são repetidas
durante toda a vida, sempre que
ocorre uma situação semelhante à
original
Principais
Mecanismos de Defesa
Repressão
• retirada de idéias, afetos ou
desejos perturbadores da
consciência, pressionando-os
para o inconsciente
Formação reativa
• Fixação de uma idéia, afeto ou
desejo na consciência , opostos ao
impulso inconsciente temido.
• Trata-se de uma inversão clara e, em
geral, inconsciente do verdadeiro
desejo.
Projeção
Atribuir sentimentos ou impulsos
inaceitáveis para si mesmo a
outra pessoa
Regressão
Retorno a formas de gratificação
de fases anteriores, devido aos
conflitos que surgem em estágios
posteriores do desenvolvimento.
Racionalização
o processo de achar motivos lógicos e
racionais aceitáveis para
pensamentos e ações inaceitáveis;
arrumar desculpas que justifiquem o
comportamento
Negação
Recusar-se a reconhecer
a existência de uma situação real ou
os sentimentos associados a ela
Deslocamento
A transferência de sentimentos de um
alvo para outro, que é considerado
menos ameaçador ou é neutro
Redirecionamento de um impulso para
um alvo substituto
Identificação
• Processo psíquico por meio do qual
um indivíduo assimila um aspecto, um
característica de outro, e se
transforma, total ou parcialmente,
apresentando-se conforme o modelo
desse outro.
• A personalidade constitui-se e
diferencia-se por uma série de
identificações.
Introjeção
Integrar as crenças e os valores
como se fossem nossos à estrutura
do próprio ego
Depois de ouvir várias vezes que é má, uma
hora a pessoa acreditará nisso
Sublimação
• Parte da energia investida nos
impulsos sexuais é direcionada,
canalizada à consecução de
realizações socialmente aceitáveis
(p.ex. artísticas ou científicas).
Somatização
• Dor psíquica e emocional
crônica que é transferida para o
corpo
• Emoção comum de ser
somatizada: a raiva
Fuga
• Tendência de não enfrentar a
situação usando a fuga através
da droga, jogos, sono, sexo,
fazendo exercícios em exagero...
Conclusões
• Os mecanismos de defesa são
necessário, porém, nos distancia
de enfrentarmos as situações e
sentimentos.
• Se por um lado eles nos afastam
das ameaças do ego, por outro
podem virar uma um padrão de
comportamento, inclusive infantil,
pois quando adultos, já temos
recursos para enfrentarmos as
situações
• Se por um lado eles nos afastam das
ameaças do ego, por outro podem virar
uma um padrão de comportamento,
inclusive infantil, pois quando adultos, já
temos recursos para enfrentarmos as
situações
• Eles nos mostram o nosso funcionamento
psíquico e, uma vez conscientes - pois
são processos inconscientes - podemos
enfrentar as ameaças de frente, sem
subterfúgios
• Assumir nossa fragilidade é um ato de
maturidade psíquica
Bibliografia Consultada
• Psicologado.com – Portal de Psicologia. Disponível em:
>http://www.psicologado.com/site/. Acesso em : 14.04.2009
FREUD, Anna - O Ego e os Mecanismos de Defesa, Ed. Civilização
Brasileira, RJ, 1978
Rowel. M.H. Página de Freud. Disponível em:
>http://www.geocities.com/~mhrowell/paginadefreud.html
Teorias da Personalidade. Disponível em:> http://www.psicoweb.com.br
Psicanálise Freudiana: Disponível em:> http://www.psicoweb.com.br
Mar/2009

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

DoençAs PsicossomáTicas
DoençAs PsicossomáTicasDoençAs PsicossomáTicas
DoençAs PsicossomáTicas
enfermagem
 
PERSONALIDADE
PERSONALIDADEPERSONALIDADE
PERSONALIDADE
Leticia Costa
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
Cristiane Thiel
 
Auto cuidado
Auto cuidadoAuto cuidado
Auto cuidado
Oficina Psicologia
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Auto Estima
Auto EstimaAuto Estima
Auto Estima
Dora Guiseline
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
Alexsandro Prates
 
Freud e a Psicanálise
Freud e a PsicanáliseFreud e a Psicanálise
Freud e a Psicanálise
Bruno Carrasco
 
Teoria e Pratica - Abordagem Psicanalitica
Teoria e Pratica - Abordagem PsicanaliticaTeoria e Pratica - Abordagem Psicanalitica
Teoria e Pratica - Abordagem Psicanalitica
Deisiane Cazaroto
 
Emoções, Sentimentos e Afectos
Emoções, Sentimentos e AfectosEmoções, Sentimentos e Afectos
Emoções, Sentimentos e Afectos
guested634f
 
Personalidade
PersonalidadePersonalidade
Palestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadePalestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e Ansiedade
Renata Pimentel
 
A TEORIA PSICANÁLITICA DE SIGMUND FREUD
A TEORIA PSICANÁLITICA DE SIGMUND FREUDA TEORIA PSICANÁLITICA DE SIGMUND FREUD
A TEORIA PSICANÁLITICA DE SIGMUND FREUD
Dandara Cunha
 
ESTUDO DIRIGIDO - PSICOSSOMÁTICA
ESTUDO DIRIGIDO - PSICOSSOMÁTICAESTUDO DIRIGIDO - PSICOSSOMÁTICA
Transtornos de ansiedade
Transtornos de ansiedadeTranstornos de ansiedade
Transtornos de ansiedade
Caio Maximino
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Psicanálise - Estudo da Teoria de Sigmund Freud
Psicanálise - Estudo da Teoria de Sigmund FreudPsicanálise - Estudo da Teoria de Sigmund Freud
Psicanálise - Estudo da Teoria de Sigmund Freud
Isabella Ruas
 
2. freud e o inconsciente
2. freud e o inconsciente2. freud e o inconsciente
2. freud e o inconsciente
norberto faria
 
Aula Saúde Mental
Aula Saúde MentalAula Saúde Mental
Aula Saúde Mental
Simone Elisa Heitor
 
Palestra Setembro Amarelo
Palestra Setembro AmareloPalestra Setembro Amarelo
Palestra Setembro Amarelo
Psicologia Conexão
 

Mais procurados (20)

DoençAs PsicossomáTicas
DoençAs PsicossomáTicasDoençAs PsicossomáTicas
DoençAs PsicossomáTicas
 
PERSONALIDADE
PERSONALIDADEPERSONALIDADE
PERSONALIDADE
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
Auto cuidado
Auto cuidadoAuto cuidado
Auto cuidado
 
Autoestima
AutoestimaAutoestima
Autoestima
 
Auto Estima
Auto EstimaAuto Estima
Auto Estima
 
Saúde emocional
Saúde emocionalSaúde emocional
Saúde emocional
 
Freud e a Psicanálise
Freud e a PsicanáliseFreud e a Psicanálise
Freud e a Psicanálise
 
Teoria e Pratica - Abordagem Psicanalitica
Teoria e Pratica - Abordagem PsicanaliticaTeoria e Pratica - Abordagem Psicanalitica
Teoria e Pratica - Abordagem Psicanalitica
 
Emoções, Sentimentos e Afectos
Emoções, Sentimentos e AfectosEmoções, Sentimentos e Afectos
Emoções, Sentimentos e Afectos
 
Personalidade
PersonalidadePersonalidade
Personalidade
 
Palestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadePalestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e Ansiedade
 
A TEORIA PSICANÁLITICA DE SIGMUND FREUD
A TEORIA PSICANÁLITICA DE SIGMUND FREUDA TEORIA PSICANÁLITICA DE SIGMUND FREUD
A TEORIA PSICANÁLITICA DE SIGMUND FREUD
 
ESTUDO DIRIGIDO - PSICOSSOMÁTICA
ESTUDO DIRIGIDO - PSICOSSOMÁTICAESTUDO DIRIGIDO - PSICOSSOMÁTICA
ESTUDO DIRIGIDO - PSICOSSOMÁTICA
 
Transtornos de ansiedade
Transtornos de ansiedadeTranstornos de ansiedade
Transtornos de ansiedade
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
Psicanálise - Estudo da Teoria de Sigmund Freud
Psicanálise - Estudo da Teoria de Sigmund FreudPsicanálise - Estudo da Teoria de Sigmund Freud
Psicanálise - Estudo da Teoria de Sigmund Freud
 
2. freud e o inconsciente
2. freud e o inconsciente2. freud e o inconsciente
2. freud e o inconsciente
 
Aula Saúde Mental
Aula Saúde MentalAula Saúde Mental
Aula Saúde Mental
 
Palestra Setembro Amarelo
Palestra Setembro AmareloPalestra Setembro Amarelo
Palestra Setembro Amarelo
 

Destaque

Mecanismos de defesa
Mecanismos de defesaMecanismos de defesa
Mecanismos de defesa
Mario de Almeida
 
As Negatividades e as Máscaras do Ego
As Negatividades e as Máscaras do Ego As Negatividades e as Máscaras do Ego
As Negatividades e as Máscaras do Ego
Edna Costa
 
Teoriapsicanaltica 090908145127-phpapp01
Teoriapsicanaltica 090908145127-phpapp01Teoriapsicanaltica 090908145127-phpapp01
Teoriapsicanaltica 090908145127-phpapp01
27101992
 
Trabalho professor reginaldo
Trabalho   professor reginaldoTrabalho   professor reginaldo
Trabalho professor reginaldo
27101992
 
Freud e o Desenvolvimento Psicossexual
Freud e o Desenvolvimento PsicossexualFreud e o Desenvolvimento Psicossexual
Freud e o Desenvolvimento Psicossexual
Jorge Barbosa
 
Freud e a Psicanálise
Freud e a PsicanáliseFreud e a Psicanálise
Freud e a Psicanálise
Paulo Gomes
 
Power point da Palestra "Interpretação de Sonhos sob a ótica de Sigmund Freud...
Power point da Palestra "Interpretação de Sonhos sob a ótica de Sigmund Freud...Power point da Palestra "Interpretação de Sonhos sob a ótica de Sigmund Freud...
Power point da Palestra "Interpretação de Sonhos sob a ótica de Sigmund Freud...
Tacio Aguiar
 
Psicanalise- psicologia social2
Psicanalise- psicologia social2Psicanalise- psicologia social2
Psicanalise- psicologia social2
Daniele Rubim
 
Psicoterapia - Terapêutica, VIEIRA MIGUEL MANUEL
Psicoterapia - Terapêutica, VIEIRA MIGUEL MANUELPsicoterapia - Terapêutica, VIEIRA MIGUEL MANUEL
Psicoterapia - Terapêutica, VIEIRA MIGUEL MANUEL
Vieira Manuel
 
Curso formação de líderes eficazes
Curso formação de líderes eficazesCurso formação de líderes eficazes
Curso formação de líderes eficazes
Nathalie Maicá
 
Psicanalise freud
Psicanalise   freudPsicanalise   freud
Psicanalise freud
Dani Silva
 
Transtorno da ansiedade
Transtorno da ansiedadeTranstorno da ansiedade
Transtorno da ansiedade
Alany Silva
 
Resumos de Psicologia
Resumos de PsicologiaResumos de Psicologia
Resumos de Psicologia
Sergio Cabral
 
fobias
fobiasfobias
Psicanálise
PsicanálisePsicanálise
Liderança e Relacionamento
Liderança e RelacionamentoLiderança e Relacionamento
Liderança e Relacionamento
Michel Moreira
 
Transtorno de ansiedade
Transtorno de ansiedadeTranstorno de ansiedade
Transtorno de ansiedade
Fernanda Marinho
 
Os Princípios Psíquicos e Suas Manifestações na Civilização por Eduardo Lucas...
Os Princípios Psíquicos e Suas Manifestações na Civilização por Eduardo Lucas...Os Princípios Psíquicos e Suas Manifestações na Civilização por Eduardo Lucas...
Os Princípios Psíquicos e Suas Manifestações na Civilização por Eduardo Lucas...
Eduardo Lucas Andrade
 
Workshop Pilares da Liderança
Workshop Pilares da LiderançaWorkshop Pilares da Liderança
Workshop Pilares da Liderança
Juliana Feitosa Andrade
 
Visão Geral Da Teoria Psicanalítica
Visão Geral Da Teoria PsicanalíticaVisão Geral Da Teoria Psicanalítica
Visão Geral Da Teoria Psicanalítica
Andréa Forgiarni Cechin
 

Destaque (20)

Mecanismos de defesa
Mecanismos de defesaMecanismos de defesa
Mecanismos de defesa
 
As Negatividades e as Máscaras do Ego
As Negatividades e as Máscaras do Ego As Negatividades e as Máscaras do Ego
As Negatividades e as Máscaras do Ego
 
Teoriapsicanaltica 090908145127-phpapp01
Teoriapsicanaltica 090908145127-phpapp01Teoriapsicanaltica 090908145127-phpapp01
Teoriapsicanaltica 090908145127-phpapp01
 
Trabalho professor reginaldo
Trabalho   professor reginaldoTrabalho   professor reginaldo
Trabalho professor reginaldo
 
Freud e o Desenvolvimento Psicossexual
Freud e o Desenvolvimento PsicossexualFreud e o Desenvolvimento Psicossexual
Freud e o Desenvolvimento Psicossexual
 
Freud e a Psicanálise
Freud e a PsicanáliseFreud e a Psicanálise
Freud e a Psicanálise
 
Power point da Palestra "Interpretação de Sonhos sob a ótica de Sigmund Freud...
Power point da Palestra "Interpretação de Sonhos sob a ótica de Sigmund Freud...Power point da Palestra "Interpretação de Sonhos sob a ótica de Sigmund Freud...
Power point da Palestra "Interpretação de Sonhos sob a ótica de Sigmund Freud...
 
Psicanalise- psicologia social2
Psicanalise- psicologia social2Psicanalise- psicologia social2
Psicanalise- psicologia social2
 
Psicoterapia - Terapêutica, VIEIRA MIGUEL MANUEL
Psicoterapia - Terapêutica, VIEIRA MIGUEL MANUELPsicoterapia - Terapêutica, VIEIRA MIGUEL MANUEL
Psicoterapia - Terapêutica, VIEIRA MIGUEL MANUEL
 
Curso formação de líderes eficazes
Curso formação de líderes eficazesCurso formação de líderes eficazes
Curso formação de líderes eficazes
 
Psicanalise freud
Psicanalise   freudPsicanalise   freud
Psicanalise freud
 
Transtorno da ansiedade
Transtorno da ansiedadeTranstorno da ansiedade
Transtorno da ansiedade
 
Resumos de Psicologia
Resumos de PsicologiaResumos de Psicologia
Resumos de Psicologia
 
fobias
fobiasfobias
fobias
 
Psicanálise
PsicanálisePsicanálise
Psicanálise
 
Liderança e Relacionamento
Liderança e RelacionamentoLiderança e Relacionamento
Liderança e Relacionamento
 
Transtorno de ansiedade
Transtorno de ansiedadeTranstorno de ansiedade
Transtorno de ansiedade
 
Os Princípios Psíquicos e Suas Manifestações na Civilização por Eduardo Lucas...
Os Princípios Psíquicos e Suas Manifestações na Civilização por Eduardo Lucas...Os Princípios Psíquicos e Suas Manifestações na Civilização por Eduardo Lucas...
Os Princípios Psíquicos e Suas Manifestações na Civilização por Eduardo Lucas...
 
Workshop Pilares da Liderança
Workshop Pilares da LiderançaWorkshop Pilares da Liderança
Workshop Pilares da Liderança
 
Visão Geral Da Teoria Psicanalítica
Visão Geral Da Teoria PsicanalíticaVisão Geral Da Teoria Psicanalítica
Visão Geral Da Teoria Psicanalítica
 

Semelhante a Mecanismos de defesa do ego

Aula sobre Psicanalise/Freud - FPE
Aula sobre Psicanalise/Freud - FPEAula sobre Psicanalise/Freud - FPE
Aula sobre Psicanalise/Freud - FPE
Rodrigo Castro
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
Senac
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
Antonino Silva
 
sadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdf
sadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdfsadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdf
sadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdf
Karlaejobson
 
Psicologia
PsicologiaPsicologia
Psicologia
Pedro Silva
 
Aula 2 psicologia apostila
Aula 2   psicologia apostilaAula 2   psicologia apostila
Aula 2 psicologia apostila
José Vitor Alves
 
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03
Jordano Santos Cerqueira
 
JUNG E A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE personalidade.ppt
JUNG E A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE personalidade.pptJUNG E A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE personalidade.ppt
JUNG E A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE personalidade.ppt
alinerabelo31
 
Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...
Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...
Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...
Smar Brasil
 
Problemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologia
Problemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologiaProblemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologia
Problemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologia
davidaaduarte
 
Slides a teoria psicanalítica de Freud.pptx
Slides a teoria psicanalítica de Freud.pptxSlides a teoria psicanalítica de Freud.pptx
Slides a teoria psicanalítica de Freud.pptx
AndreLuizJunior2
 
Desenvolvimento pessoal auto estima e inteligencia emocional
Desenvolvimento pessoal auto estima e inteligencia emocionalDesenvolvimento pessoal auto estima e inteligencia emocional
Desenvolvimento pessoal auto estima e inteligencia emocional
Patrícia Ervilha
 
Resumo Psicologia Aplicada ao Direito
Resumo Psicologia Aplicada ao DireitoResumo Psicologia Aplicada ao Direito
Resumo Psicologia Aplicada ao Direito
Thaisremo
 
Personalidade
PersonalidadePersonalidade
Personalidade
Liliane Ennes
 
O SELF E O SOCIAL
O SELF E O SOCIALO SELF E O SOCIAL
O SELF E O SOCIAL
Victor Nóbrega
 
Sandra Godoi - BM04 - 6 semana
Sandra Godoi - BM04 -  6 semanaSandra Godoi - BM04 -  6 semana
Sandra Godoi - BM04 - 6 semana
Complexo Educacional FMU
 
SOBRE AS NEUROSES.pdf
SOBRE AS NEUROSES.pdfSOBRE AS NEUROSES.pdf
SOBRE AS NEUROSES.pdf
ssuser6647d3
 
Introdução Psicologia
Introdução Psicologia Introdução Psicologia
Introdução Psicologia
João Carlos Gomes
 
Processos Emocionais
Processos EmocionaisProcessos Emocionais
Processos Emocionais
Jorge Barbosa
 
Processos Emocionais
Processos EmocionaisProcessos Emocionais
Processos Emocionais
Jorge Barbosa
 

Semelhante a Mecanismos de defesa do ego (20)

Aula sobre Psicanalise/Freud - FPE
Aula sobre Psicanalise/Freud - FPEAula sobre Psicanalise/Freud - FPE
Aula sobre Psicanalise/Freud - FPE
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
 
sadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdf
sadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdfsadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdf
sadementaledesenvolvimentodapersonalidade-140813214028-phpapp01.pdf
 
Psicologia
PsicologiaPsicologia
Psicologia
 
Aula 2 psicologia apostila
Aula 2   psicologia apostilaAula 2   psicologia apostila
Aula 2 psicologia apostila
 
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 03
 
JUNG E A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE personalidade.ppt
JUNG E A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE personalidade.pptJUNG E A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE personalidade.ppt
JUNG E A FORMAÇÃO DA IDENTIDADE personalidade.ppt
 
Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...
Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...
Relações Familiares, o Papel das Emoções (Vanderlei Miranda) - Cidadão do Fut...
 
Problemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologia
Problemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologiaProblemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologia
Problemas e conceitos teóricos estruturadores de psicologia
 
Slides a teoria psicanalítica de Freud.pptx
Slides a teoria psicanalítica de Freud.pptxSlides a teoria psicanalítica de Freud.pptx
Slides a teoria psicanalítica de Freud.pptx
 
Desenvolvimento pessoal auto estima e inteligencia emocional
Desenvolvimento pessoal auto estima e inteligencia emocionalDesenvolvimento pessoal auto estima e inteligencia emocional
Desenvolvimento pessoal auto estima e inteligencia emocional
 
Resumo Psicologia Aplicada ao Direito
Resumo Psicologia Aplicada ao DireitoResumo Psicologia Aplicada ao Direito
Resumo Psicologia Aplicada ao Direito
 
Personalidade
PersonalidadePersonalidade
Personalidade
 
O SELF E O SOCIAL
O SELF E O SOCIALO SELF E O SOCIAL
O SELF E O SOCIAL
 
Sandra Godoi - BM04 - 6 semana
Sandra Godoi - BM04 -  6 semanaSandra Godoi - BM04 -  6 semana
Sandra Godoi - BM04 - 6 semana
 
SOBRE AS NEUROSES.pdf
SOBRE AS NEUROSES.pdfSOBRE AS NEUROSES.pdf
SOBRE AS NEUROSES.pdf
 
Introdução Psicologia
Introdução Psicologia Introdução Psicologia
Introdução Psicologia
 
Processos Emocionais
Processos EmocionaisProcessos Emocionais
Processos Emocionais
 
Processos Emocionais
Processos EmocionaisProcessos Emocionais
Processos Emocionais
 

Mais de Silvia Marina Anaruma

A 1a. experiencia alimentar
A 1a. experiencia alimentar A 1a. experiencia alimentar
A 1a. experiencia alimentar
Silvia Marina Anaruma
 
Amamentação e sustentabilidade
Amamentação e sustentabilidadeAmamentação e sustentabilidade
Amamentação e sustentabilidade
Silvia Marina Anaruma
 
Como a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudável
Como a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudávelComo a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudável
Como a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudável
Silvia Marina Anaruma
 
Sergipe com musica
Sergipe com musicaSergipe com musica
Sergipe com musica
Silvia Marina Anaruma
 
Semana do aleitamento materno de rio claro audio
Semana do aleitamento materno de rio claro audioSemana do aleitamento materno de rio claro audio
Semana do aleitamento materno de rio claro audio
Silvia Marina Anaruma
 
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagemApontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Silvia Marina Anaruma
 
Pesquisa nacional am 2008
Pesquisa nacional am 2008Pesquisa nacional am 2008
Pesquisa nacional am 2008
Silvia Marina Anaruma
 
Mitos, crendices e verdades sobre o aleitamento materno
Mitos, crendices e verdades sobre o aleitamento maternoMitos, crendices e verdades sobre o aleitamento materno
Mitos, crendices e verdades sobre o aleitamento materno
Silvia Marina Anaruma
 
Concepções de desenvolvimento e modelos pedagógicos de ensino
Concepções de desenvolvimento e modelos pedagógicos de ensino Concepções de desenvolvimento e modelos pedagógicos de ensino
Concepções de desenvolvimento e modelos pedagógicos de ensino
Silvia Marina Anaruma
 
Pensar a aprendizagem
Pensar a aprendizagemPensar a aprendizagem
Pensar a aprendizagem
Silvia Marina Anaruma
 
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagemApontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Silvia Marina Anaruma
 
Contribuição do aleitamento materno para a Educação Infantil
Contribuição do aleitamento materno para a Educação Infantil Contribuição do aleitamento materno para a Educação Infantil
Contribuição do aleitamento materno para a Educação Infantil
Silvia Marina Anaruma
 
Adolescência no Brasil
Adolescência no Brasil Adolescência no Brasil
Adolescência no Brasil
Silvia Marina Anaruma
 
O desenvolvimento auditivo na fase pré natal
O desenvolvimento auditivo na  fase pré natalO desenvolvimento auditivo na  fase pré natal
O desenvolvimento auditivo na fase pré natal
Silvia Marina Anaruma
 
Método canguru ou
Método canguru ouMétodo canguru ou
Método canguru ou
Silvia Marina Anaruma
 
Inovações no ensino das Dimensões Psicossociais da Escola na formação de Peda...
Inovações no ensino das Dimensões Psicossociais da Escola na formação de Peda...Inovações no ensino das Dimensões Psicossociais da Escola na formação de Peda...
Inovações no ensino das Dimensões Psicossociais da Escola na formação de Peda...
Silvia Marina Anaruma
 
Psico. do desenvolvimento introdução- ciclo vital - bee
Psico. do desenvolvimento   introdução- ciclo vital - beePsico. do desenvolvimento   introdução- ciclo vital - bee
Psico. do desenvolvimento introdução- ciclo vital - bee
Silvia Marina Anaruma
 
Mulher Trabalhadora que amamenta
Mulher Trabalhadora que amamenta Mulher Trabalhadora que amamenta
Mulher Trabalhadora que amamenta
Silvia Marina Anaruma
 
Proama na defesa pelo Respeito ao Nascimento
Proama na defesa pelo Respeito ao NascimentoProama na defesa pelo Respeito ao Nascimento
Proama na defesa pelo Respeito ao Nascimento
Silvia Marina Anaruma
 
Livro completo. poesia
Livro completo. poesiaLivro completo. poesia
Livro completo. poesia
Silvia Marina Anaruma
 

Mais de Silvia Marina Anaruma (20)

A 1a. experiencia alimentar
A 1a. experiencia alimentar A 1a. experiencia alimentar
A 1a. experiencia alimentar
 
Amamentação e sustentabilidade
Amamentação e sustentabilidadeAmamentação e sustentabilidade
Amamentação e sustentabilidade
 
Como a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudável
Como a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudávelComo a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudável
Como a amamentacao pode contribuir para um Planeta mais saudável
 
Sergipe com musica
Sergipe com musicaSergipe com musica
Sergipe com musica
 
Semana do aleitamento materno de rio claro audio
Semana do aleitamento materno de rio claro audioSemana do aleitamento materno de rio claro audio
Semana do aleitamento materno de rio claro audio
 
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagemApontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagem
 
Pesquisa nacional am 2008
Pesquisa nacional am 2008Pesquisa nacional am 2008
Pesquisa nacional am 2008
 
Mitos, crendices e verdades sobre o aleitamento materno
Mitos, crendices e verdades sobre o aleitamento maternoMitos, crendices e verdades sobre o aleitamento materno
Mitos, crendices e verdades sobre o aleitamento materno
 
Concepções de desenvolvimento e modelos pedagógicos de ensino
Concepções de desenvolvimento e modelos pedagógicos de ensino Concepções de desenvolvimento e modelos pedagógicos de ensino
Concepções de desenvolvimento e modelos pedagógicos de ensino
 
Pensar a aprendizagem
Pensar a aprendizagemPensar a aprendizagem
Pensar a aprendizagem
 
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagemApontamentos sobre o conceito de aprendizagem
Apontamentos sobre o conceito de aprendizagem
 
Contribuição do aleitamento materno para a Educação Infantil
Contribuição do aleitamento materno para a Educação Infantil Contribuição do aleitamento materno para a Educação Infantil
Contribuição do aleitamento materno para a Educação Infantil
 
Adolescência no Brasil
Adolescência no Brasil Adolescência no Brasil
Adolescência no Brasil
 
O desenvolvimento auditivo na fase pré natal
O desenvolvimento auditivo na  fase pré natalO desenvolvimento auditivo na  fase pré natal
O desenvolvimento auditivo na fase pré natal
 
Método canguru ou
Método canguru ouMétodo canguru ou
Método canguru ou
 
Inovações no ensino das Dimensões Psicossociais da Escola na formação de Peda...
Inovações no ensino das Dimensões Psicossociais da Escola na formação de Peda...Inovações no ensino das Dimensões Psicossociais da Escola na formação de Peda...
Inovações no ensino das Dimensões Psicossociais da Escola na formação de Peda...
 
Psico. do desenvolvimento introdução- ciclo vital - bee
Psico. do desenvolvimento   introdução- ciclo vital - beePsico. do desenvolvimento   introdução- ciclo vital - bee
Psico. do desenvolvimento introdução- ciclo vital - bee
 
Mulher Trabalhadora que amamenta
Mulher Trabalhadora que amamenta Mulher Trabalhadora que amamenta
Mulher Trabalhadora que amamenta
 
Proama na defesa pelo Respeito ao Nascimento
Proama na defesa pelo Respeito ao NascimentoProama na defesa pelo Respeito ao Nascimento
Proama na defesa pelo Respeito ao Nascimento
 
Livro completo. poesia
Livro completo. poesiaLivro completo. poesia
Livro completo. poesia
 

Último

IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
IsaiasJohaneSimango
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LucliaMartins5
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
Faga1939
 
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redaçãoRedação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
GrazielaTorrezan
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docxPlano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
Plano Analitico de Psicopedagogia -11 Classe- II Trimestre - 2024_014203.docx
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
 
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redaçãoRedação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 

Mecanismos de defesa do ego

  • 1. MECANISMOS DE DEFESA DO EGO Por: Profa.Dra. Silvia Marina Anaruma UNESP – IB – Depto de Educação Campus de Rio Claro - SP Out/2016
  • 2. • Quem falou pela primeira vez sobre mecanismos de defesa foi Freud Sigmund Freud - 1856-1939
  • 3. • Freud elaborou a Teoria Psicanalítica
  • 4. • Freud dizia que há uma continuidade • entre os processos mentais • Aquilo que parece espontâneo, na verdade tem uma causa, um sentido • “Há uma causa para cada pensamento, para cada memória revivida, sentimento ou ação “ (Psiqweb)
  • 5. Cada evento mental é causado pela intenção consciente ou inconsciente e é determinado pelos fatos que o precederam
  • 6. Freud dizia que nossa estrutura psíquica se assemelha a um iceberg
  • 7. Estrutura psíquica segundo a Psicanálise • Consciente • Pré-consciente • Inconsciente 1ª. Tópica
  • 8. • Id • Ego • Superego Se relacionam na tentativa de equilíbrio Aumentando o prazer e diminuindo o desprazer 2ª. Tópica
  • 9. Esta tentativa de equilíbrio pode gerar ansiedade • São as seguintes situações que irão gerá- la: • l. Perda de um objeto desejado. Por exemplo, uma criança privada de um dos pais, de um amigo íntimo ou de um animal de estimação.
  • 10. • 2. Perda de amor. A rejeição ou o fracasso em reconquistar o amor, por exemplo, ou a desaprovação de alguém que lhe importa.
  • 11. • 3. Perda de identidade. É o caso, por exemplo, daquilo que Freud chama de medo de castração, da perda de prestígio, de ser ridicularizado em público.
  • 12. • 4. Perda de auto-estima. Por exemplo a desaprovação do Superego por atos ou intenções que resultam em culpa ou ódio em relação a si mesmo. (Psiqweb)
  • 13. A ansiedade sinaliza um perigo interno
  • 14. Pai do Nemo em perigo....
  • 15. Como diminuir esta ansiedade? Resolvendo a situação, lidando diretamente com ela Negar ou deformar a situação MECANISMOS DE DEFESA
  • 16. “A presença dos mecanismos é freqüente em indivíduos saudáveis, mas, em excesso é indicação de sintomas neuróticos ou, em alguns casos extremos, o excesso indicaria até sintomas psicóticos, como por exemplo e principalmente, o excesso dos mecanismos de projeção, negação da realidade e clivagem do ego “
  • 17. Os mecanismos de defesa constituem operações de proteção do Ego para assegurar a nossa própria segurança Eles também representam uma forma de adaptação
  • 18. • Permite que alguns conteúdos inconscientes cheguem no nível consciente de forma disfarçada
  • 19. Nenhum indivíduo, naturalmente, faz uso de todos os mecanismos de defesa possíveis. Cada pessoa utiliza uma seleção deles, mas estes se fixam em seu ego. Tornam-se modalidades regulares de reação de seu caráter, as quais são repetidas durante toda a vida, sempre que ocorre uma situação semelhante à original
  • 21. Repressão • retirada de idéias, afetos ou desejos perturbadores da consciência, pressionando-os para o inconsciente
  • 22. Formação reativa • Fixação de uma idéia, afeto ou desejo na consciência , opostos ao impulso inconsciente temido. • Trata-se de uma inversão clara e, em geral, inconsciente do verdadeiro desejo.
  • 23. Projeção Atribuir sentimentos ou impulsos inaceitáveis para si mesmo a outra pessoa
  • 24. Regressão Retorno a formas de gratificação de fases anteriores, devido aos conflitos que surgem em estágios posteriores do desenvolvimento.
  • 25. Racionalização o processo de achar motivos lógicos e racionais aceitáveis para pensamentos e ações inaceitáveis; arrumar desculpas que justifiquem o comportamento
  • 26. Negação Recusar-se a reconhecer a existência de uma situação real ou os sentimentos associados a ela
  • 27. Deslocamento A transferência de sentimentos de um alvo para outro, que é considerado menos ameaçador ou é neutro Redirecionamento de um impulso para um alvo substituto
  • 28. Identificação • Processo psíquico por meio do qual um indivíduo assimila um aspecto, um característica de outro, e se transforma, total ou parcialmente, apresentando-se conforme o modelo desse outro. • A personalidade constitui-se e diferencia-se por uma série de identificações.
  • 29. Introjeção Integrar as crenças e os valores como se fossem nossos à estrutura do próprio ego Depois de ouvir várias vezes que é má, uma hora a pessoa acreditará nisso
  • 30. Sublimação • Parte da energia investida nos impulsos sexuais é direcionada, canalizada à consecução de realizações socialmente aceitáveis (p.ex. artísticas ou científicas).
  • 31. Somatização • Dor psíquica e emocional crônica que é transferida para o corpo • Emoção comum de ser somatizada: a raiva
  • 32. Fuga • Tendência de não enfrentar a situação usando a fuga através da droga, jogos, sono, sexo, fazendo exercícios em exagero...
  • 33. Conclusões • Os mecanismos de defesa são necessário, porém, nos distancia de enfrentarmos as situações e sentimentos.
  • 34. • Se por um lado eles nos afastam das ameaças do ego, por outro podem virar uma um padrão de comportamento, inclusive infantil, pois quando adultos, já temos recursos para enfrentarmos as situações
  • 35. • Se por um lado eles nos afastam das ameaças do ego, por outro podem virar uma um padrão de comportamento, inclusive infantil, pois quando adultos, já temos recursos para enfrentarmos as situações
  • 36. • Eles nos mostram o nosso funcionamento psíquico e, uma vez conscientes - pois são processos inconscientes - podemos enfrentar as ameaças de frente, sem subterfúgios • Assumir nossa fragilidade é um ato de maturidade psíquica
  • 37. Bibliografia Consultada • Psicologado.com – Portal de Psicologia. Disponível em: >http://www.psicologado.com/site/. Acesso em : 14.04.2009 FREUD, Anna - O Ego e os Mecanismos de Defesa, Ed. Civilização Brasileira, RJ, 1978 Rowel. M.H. Página de Freud. Disponível em: >http://www.geocities.com/~mhrowell/paginadefreud.html Teorias da Personalidade. Disponível em:> http://www.psicoweb.com.br Psicanálise Freudiana: Disponível em:> http://www.psicoweb.com.br Mar/2009