SlideShare uma empresa Scribd logo
1. (Fuvest 2017) Na estratosfera, há um ciclo
constante de criação e destruição do ozônio. A
equação que representa a destruição do ozônio
pela ação da luz ultravioleta solar (UV) é
UV
3 2O O O 
O gráfico representa a energia potencial de ligação
entre um dos átomos de oxigênio que constitui a
molécula de 3O e os outros dois, como função da
distância de separação r.
A frequência dos fótons da luz ultravioleta que
corresponde à energia de quebra de uma ligação
da molécula de ozônio para formar uma molécula
de 2O e um átomo de oxigênio é,
aproximadamente,
Note e adote:
- E hf
- E é a energia do fóton.
- f é a frequência da luz.
- Constante de Planck, 34
h 6 10 J s
  
a) 15
1 10 Hz
b) 15
2 10 Hz
c) 15
3 10 Hz
d) 15
4 10 Hz
e) 15
5 10 Hz
2. (Udesc 2014) O enunciado “Em um mesmo
átomo, não podem existir dois elétrons com o
mesmo conjunto de números quânticos” refere-se
a(ao):
a) Princípio da Exclusão de Pauli.
b) Princípio da Conservação de Energia.
c) modelo atômico de Thomson.
d) modelo atômico de Rutherford.
e) um dos Princípios da Teoria da Relatividade
Restrita.
3. (Ita 2016) Sabendo que a função trabalho do
zinco metálico é 19
5,82 10 J,
 assinale a opção que
apresenta a energia cinética máxima, em joules, de
um dos elétrons emitidos, quando luz de
comprimento de onda igual a 140 nm atinge a
superfície do zinco.
a) 18
14,2 10

b) 18
8,4 10

c) 19
14,2 10

d) 19
8,4 10

e) 20
14,2 10

4. (Espcex (Aman) 2017) Munições traçantes são
aquelas que possuem um projétil especial,
contendo uma carga pirotécnica em sua
retaguarda. Essa carga pirotécnica, após o tiro, é
ignificada, gerando um traço de luz colorido,
permitindo a visualização de tiros noturnos a olho
nu. Essa carga pirotécnica é uma mistura química
que pode possuir, dentre vários ingredientes, sais
cujos íons emitem radiação de cor característica
associada ao traço luminoso.
Um tipo de munição traçante usada por um
exército possui na sua composição química uma
determinada substância, cuja espécie química
ocasiona um traço de cor correspondente bastante
característico.
Com relação à espécie química componente da munição desse exército sabe-se:
I. A representação do elemento químico do átomo da espécie responsável pela coloração pertence à família
dos metais alcalinos-terrosos da tabela periódica.
II. O átomo da espécie responsável pela coloração do traço possui massa de 137 u e número de nêutrons 81.
Sabe-se também que uma das espécies apresentadas na tabela do item III (que mostra a relação de cor
emitida característica conforme a espécie química e sua distribuição eletrônica) é a responsável pela cor do
traço da munição desse exército.
III. Tabela com espécies químicas, suas distribuições eletrônicas e colorações características:
Considerando os dados contidos, nos itens I e II, atrelados às informações da tabela do item III, a munição
traçante, descrita acima, empregada por esse exército possui traço de coloração
a) vermelho-alaranjada.
b) verde.
c) vermelha.
d) azul.
e) branca.
5. (Uece 2016) Em 1839, o físico Alexandre
Edmond Becquerel (1820–1891) ao descobrir,
experimentalmente, o efeito fotoelétrico, aos 19
anos de idade, jamais imaginou que estivesse
criando um novo meio de captação de energia
limpa. A energia solar incide sobre uma célula
fotoelétrica atingindo elétrons e produzindo
eletricidade que pode ser convertida em energia
luminosa ou mecânica, por exemplo. Para garantir
maior eficiência, o material usado na fabricação de
uma célula fotoelétrica deve ter
a) alta densidade.
b) alta eletronegatividade.
c) baixo ponto de fusão.
d) baixa energia de ionização.
6. (Espcex (Aman) 2016) Considere dois elementos
químicos cujos átomos fornecem íons bivalentes
isoeletrônicos, o cátion 2
X 
e o ânion 2
Y .
Pode-
se afirmar que os elementos químicos dos átomos
X e Y referem-se, respectivamente, a
a) 20Ca e 34Se
b) 38Sr e 8O
c) 38Sr e 16 S
d) 20Ca e 8O
e) 20Ca e 16 S
7. (Ueg 2016) De acordo com o modelo atômico
atual, a disposição dos elétrons em torno do núcleo
ocorre em diferentes estados energéticos, os quais
são caracterizados pelo número quântico principal
e secundário.
Para o elétron mais energético do átomo de
escândio no estado fundamental, os números
quânticos principal e secundário são
respectivamente
a) 3 e 0
b) 3 e 2
c) 4 e 0
d) 4 e 2
8. (Ime 2016) Identifique a alternativa em que a
configuração eletrônica da espécie química
representada, em seu estado fundamental, é dada
por:
[Ar]
4s 3d 4p
     
a) Cu
b) 2
Sn 
c) Cd
d) 2
Ge 
e) Zn
9. (Fac. Pequeno Príncipe - Medici 2016) O
tungstênio 184
74( W ) é um elemento químico de
aplicações variadas, que flutuam desde fabricação
de armamentos até o filamento das antigas
lâmpadas incandescentes. Além do símbolo W que
não condiz diretamente com o seu nome, esse
elemento apresenta outras particularidades
relevantes, como a elevada dureza e os altíssimos
valores de pontos de ebulição e de fusão. A
respeito de sua estrutura nuclear e distribuição
eletrônica, assinale a alternativa CORRETA.
a) Seu núcleo atômico possui o mesmo número de
nêutrons que o elemento Darmstácio 281
110( Ds )
e por isso esses elementos são ditos isótonos.
b) Seu raio atômico deve ser menor que o do
elemento ferro 56
26( Fe ), pois trata-se de um
átomo com elevada carga nuclear, o que
influencia na atração do núcleo perante os
elétrons.
c) Seu elétron de valência encontra-se no mesmo
subnível que o elétron de valência do sódio
23
11( Na ).
d) Seu subnível mais energético é o mesmo que o
da distribuição do elemento urânio 238
92( U ) e
por isso esses dois elementos são considerados
de transição interna.
e) Por possuir aplicações importantes tanto na área
industrial como em nosso cotidiano, o elemento
tungstênio é considerado um elemento
representativo.
10. (Uece 2016) Na visão de Sommerfeld, o átomo
é
a) uma esfera maciça, indivisível, homogênea e
indestrutível.
b) uma esfera de carga positiva que possui elétrons
de carga negativa nela incrustados.
c) constituído por camadas eletrônicas contendo
órbita circular e órbitas elípticas.
d) constituído por núcleo e eletrosfera, em que
todos os elétrons estão em órbitas circulares.
11. (Upe-ssa 1 2016) Analise a seguinte charge:
As estudantes Eugênia e Lolita estão falando, respectivamente, sobre os modelos atômicos de
a) Dalton e Thomson.
b) Dalton e Rutherford-Bohr.
c) Thomson e Rutherford-Bohr.
d) Modelo Quântico e Thomson.
e) Rutherford-Bohr e Modelo Quântico.
12. (Ucs 2016) Pesquisadores do Instituto de
Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos,
e da Universidade da Columbia Britânica, no
Canadá, descobriram que nanofios de nióbio
podem ser usados para desenvolver
supercapacitores muito eficientes. A tecnologia
inovadora poderia ser a solução para as minúsculas
baterias utilizadas em dispositivos vestíveis, como
aparelhos que monitoram a saúde e o desempenho
de atividades físicas, uma vez que os nanofios
ocupam pouco espaço, ao mesmo tempo em que
liberam correntes elétricas de alta potência. Outros
armazenadores de energia, como baterias e células
de combustível, não se mostram muito eficientes
quando reduzidas a microespaços. Além dos
chamados “wearable gadgets” (acessórios que
podem ser incorporados ao corpo ou “vestidos”),
os supercapacitores à base de nióbio poderiam ser
úteis para microrrobôs autônomos e drones, que
também demandam alta potência. Por enquanto, o
material está sendo produzido apenas em
laboratório. O próximo passo, já em andamento, é
desenvolver uma versão mais prática e mais fácil
de ser produzida.
Disponível em:
<http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/2015/07
/mit-1.shtml>. Acesso em: 20 ago. 15. (Adaptado.)
Em relação ao nióbio, analise as proposições a
seguir, quanto à sua veracidade (V) ou falsidade (F).
( ) O elemento químico nióbio é um metal de
transição interna do quarto período da Tabela
Periódica.
( ) Átomos de nióbio, no estado fundamental,
apresentam 5 elétrons na camada de
valência.
( ) O elétron de maior energia de um átomo de
nióbio, no estado fundamental, encontra-se
no subnível 4s.
( ) A liga ferro-nióbio é um exemplo de solução
sólida, onde os átomos de ferro e de nióbio
estão unidos entre si por meio de ligações
metálicas.
Assinale a alternativa que preenche correta e
respectivamente os parênteses, de cima para
baixo.
a) V - F - F - V
b) F - F - V - F
c) F - V - F - V
d) F - F - F - V
e) V - V - V - F
13. (Pucsp 2016)
O espectro de emissão do hidrogênio apresenta
uma série de linhas na região do ultravioleta, do
visível e no infravermelho próximo, como ilustra a
figura a seguir.
Niels Bohr, físico dinamarquês, sugeriu que o
espectro de emissão do hidrogênio está
relacionado às transições do elétron em
determinadas camadas. Böhr calculou a energia
das camadas da eletrosfera do átomo de
hidrogênio, representadas no diagrama de energia
a seguir. Além disso, associou as transições
eletrônicas entre a camada dois e as camadas de
maior energia às quatro linhas observadas na
região do visível do espectro do hidrogênio.
Um aluno encontrou um resumo sobre o modelo
atômico elaborado por Böhr e o espectro de
emissão atômico do hidrogênio contendo algumas
afirmações.
I. A emissão de um fóton de luz decorre da
transição de um elétron de uma camada de maior
energia para uma camada de menor energia.
II. As transições das camadas 2, 3, 4, 5 e 6 para a
camada 1 correspondem às transições de maior
energia e se encontram na região do
infravermelho do espectro.
III. Se a transição 3 2 corresponde a uma
emissão de cor vermelha, a transição 4 2 está
associada a uma emissão violeta e a 5 2 está
associada a uma emissão verde.
Pode-se afirmar que está(ão) correta(s)
a) I, somente.
b) I e II, somente.
c) I e III, somente.
d) II e III, somente.
14. (Ita 2016) A energia do estado fundamental do
átomo de hidrogênio é 13,6 eV. Considerando
todas as espécies químicas no estado gasoso e em
seu estado eletrônico fundamental, é CORRETO
afirmar que o valor absoluto
a) da energia do orbital 1s do átomo de hélio é
menor que 13,6 eV.
b) da energia da molécula de 2H , no seu estado de
mínima energia, é menor do que o valor absoluto
da soma das energias de dois átomos de
hidrogênio infinitamente separados.
c) da afinidade eletrônica do átomo de hidrogênio
é igual a 13,6 eV.
d) da soma das energias de dois átomos de
deutério, infinitamente separados, é maior do
que o valor absoluto da soma das energias de
dois átomos de hidrogênio infinitamente
separados.
e) da energia do íon He
é igual ao valor absoluto
da soma das energias de dois átomos de
hidrogênio infinitamente separados.
15. (Uece 2016) Sobre o elemento químico
hidrogênio, assinale a afirmação FALSA.
a) É o mais leve de todos os elementos.
b) Foi o primeiro a ser formado após o fenômeno
Big Bang.
c) Pode ser obtido através de uma reação de metal
com ácido concentrado.
d) Todos os seus átomos possuem prótons,
nêutrons e elétrons.
16. (Pucpr 2016) Linus Carl Pauling, nascido no dia
28 de fevereiro de 1901, em Portland, nos Estados
Unidos, foi um dos mais importantes químicos e
recebeu dois Prêmios Nobel. Estudou a vitamina C.
Em 1929, foi nomeado Professor Associado e, um
ano depois, Professor. Em 1930, retorna para a
Europa, estuda os elétrons e constrói junto com
um aluno um aparelho de difração eletrônica para
estudar a estrutura das moléculas. Recebeu, em
1931, o Prêmio Langmuir por ter realizado o
trabalho científico mais significativo realizado por
um cientista com menos de 30 anos. Em 1932,
mostrou a ideia de eletronegatividade e a escala de
Pauling. Um de seus trabalhos mais importantes é
sobre hibridização e a tetravalência do carbono.
Disponível em: <http://www.soq.com.br/>.
Analisando o texto, o qual conta um pouco sobre
Linus Pauling, assinale a alternativa CORRETA.
Dados:
26
11
37
12
20
Fe (grupo 8 ou família VIIIB)
Na (grupo 1ou família IA)
Rb (grupo 1ou família IA)
Mg (grupo 2 ou família IIA)
Ca (grupo 2 ou família IIA)
a) A distribuição eletrônica de Linus Pauling ocorre
em ordem decrescente de níveis energéticos.
b) A distribuição eletrônica para o íon 3
Fe
possui
subnível mais energético 3
3d .
c) Caso em um laboratório faltasse o sódio para
fazer um experimento, o rubídio poderia
substituí-lo, pois ambos possuem propriedades
químicas semelhantes.
d) Analisando-se os raios iônicos do íon Na
e do
íon 2
MG ,
temos que o raio iônico do íon sódio
(Na )
é inferior ao raio iônico do íon magnésio
2
(Mg ).
e) Os elementos sódio, cálcio e ferro são bons
condutores de eletricidade, porém maus
condutores de calor no estado sólido.
17. (Acafe 2016) Consultando a tabela periódica
verificamos que a massa atômica do oxigênio é
16 u. Com base nas informações fornecidas e nos
conceitos químicos, analise as afirmações a seguir.
I. A massa de um átomo de oxigênio é 16 g.
II. A massa de um átomo de oxigênio é 16 vezes
maior que um átomo de 12
C.
III. O átomo de oxigênio possui 8 elétrons em sua
eletrosfera.
IV. A massa de um átomo de bromo é 5 vezes
maior que a massa de um átomo de oxigênio.
Todas as afirmações corretas estão em:
a) I - II - III
b) III - IV
c) II - III
d) II - III - IV
18. (Pucmg 2016) Com relação à Energia de
Ionização, é INCORRETO afirmar:
a) Quanto maior a energia de ionização, mais difícil
é a retirada dos elétrons mais externos.
b) A saída do segundo elétron demanda mais
energia que a do primeiro.
c) Quanto maior o raio atômico, menor é a energia
de ionização.
d) A energia de ionização cresce da esquerda para
direita e de cima para baixo na tabela periódica.
19. (Upe-ssa 1 2016)
Uma mistura de alumínio e iodo foi colocada em
um tubo de ensaio. Depois, foi transferido um
pouco de água para a vidraria. Houve a produção
de muito calor, de uma fumaça violeta e de uma
intensa luminescência branca, conforme mostra a
figura acima. Quando misturados, o iodo e o
alumínio reagem. No caso da água, apesar de não
participar dessa reação, aumenta a sua velocidade.
No fenômeno ilustrado,
a) um dos reagentes é uma substância iônica.
b) a cor da luz produzida é a mesma para a queima
dos demais metais.
c) a reação química entre o iodo e o alumínio
produz o carbonato de alumínio.
d) a fumaça violeta contém iodo, pois o calor
liberado na reação faz com que parte do 2I
destile.
e) a luminescência branca é produzida a partir da
emissão de energia, na forma de luz, por
elétrons excitados, que voltam para níveis de
energia menos energéticos de átomos de
alumínio.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Leia o texto e examine a tabela para responder às
questões a seguir.
O ano de 2015 foi eleito como o Ano Internacional
da Luz, devido à importância da luz para o Universo
e para a humanidade. A iluminação artificial, que
garantiu a iluminação noturna, impactou
diretamente a qualidade de vida do homem e o
desenvolvimento da civilização. A geração de luz
em uma lâmpada incandescente se deve ao
aquecimento de seu filamento de tungstênio
provocado pela passagem de corrente elétrica,
envolvendo temperaturas ao redor de 3.000 C.
Algumas informações e propriedades do isótopo
estável do tungstênio estão apresentadas na
tabela.
Símbolo W
Número Atômico 74
Número de massa 184
Ponto de fusão 3.422 C
Eletronegatividade (Pauling) 2,36
Densidade 3
19,3 g cm

20. (Unesp 2016) A partir das informações contidas
na tabela, é correto afirmar que o átomo neutro de
tungstênio possui
a) 73 elétrons.
b) 2 elétrons na camada de valência.
c) 111 nêutrons.
d) 184 prótons.
e) 74 nêutrons.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Leia o texto para responder às questões abaixo:
A luz branca é composta por ondas
eletromagnéticas de todas as frequências do
espectro visível. O espectro de radiação emitido
por um elemento, quando submetido a um arco
elétrico ou a altas temperaturas, é descontínuo e
apresenta uma de suas linhas com maior
intensidade, o que fornece “uma impressão digital”
desse elemento. Quando essas linhas estão
situadas na região da radiação visível, é possível
identificar diferentes elementos químicos por meio
dos chamados testes de chama.
A tabela apresenta as cores características emitidas
por alguns elementos no teste de chama:
Elemento Cor
sódio laranja
potássio violeta
cálcio vermelho-tijolo
cobre azul-esverdeada
21. (Unesp 2016) Em 1913, Niels Böhr (1885-1962)
propôs um modelo que fornecia uma explicação
para a origem dos espectros atômicos. Nesse
modelo, Bohr introduziu uma série de postulados,
dentre os quais, a energia do elétron só pode
assumir certos valores discretos, ocupando níveis
de energia permitidos ao redor do núcleo atômico.
Considerando o modelo de Böhr, os diferentes
espectros atômicos podem ser explicados em
função
a) do recebimento de elétrons por diferentes
elementos.
b) da perda de elétrons por diferentes elementos.
c) das diferentes transições eletrônicas, que variam
de elemento para elemento.
d) da promoção de diferentes elétrons para níveis
mais energéticos.
e) da instabilidade nuclear de diferentes
elementos.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Leia o texto para responder às questões a seguir.
A bioluminescência é o fenômeno de emissão de luz visível por certos organismos vivos, resultante de uma
reação química entre uma substância sintetizada pelo próprio organismo (luciferina) e oxigênio molecular, na
presença de uma enzima (luciferase). Como resultado dessa reação bioquímica é gerado um produto em um
estado eletronicamente excitado (oxiluciferina*). Este produto, por sua vez, desativa-se por meio da emissão
de luz visível, formando o produto no estado normal ou fundamental (oxiluciferina). Ao final, a concentração
de luciferase permanece constante.
luciferase
2 (450 620 nm)Luciferina O Oxiluciferina* Oxiluciferina hv    
O esquema ilustra o mecanismo geral da reação de bioluminescência de vagalumes, no qual são formados
dois produtos diferentes em estados eletronicamente excitados, responsáveis pela emissão de luz na cor
verde ou na cor vermelha.
22. (Unesp 2016) Considere o seguinte espectro da
luz visível.
Com base nas informações apresentadas no texto
e considerando a velocidade da luz igual a
1
300.000 km s ,
 é correto afirmar que uma das
funções orgânicas e a fórmula molecular da forma
aniônica da oxiluciferina do vagalume responsável
pela emissão de luz com frequência igual a
14
4,8 10 Hz são, respectivamente,
a) éster e 10 5 2 2 2C H O N S .
b) álcool e 10 2 2 2C O N S .
c) amina e 10 2 2 2C O N S .
d) amina e 10 5 2 2 2C H O N S .
e) éter e 10 4 2 2 2C H O N S .
23. (Uece 2015) Defensivos agrícolas, chamados
comumente de agrotóxicos, são produtos químicos
utilizados para combater pragas e doenças que
comprometem a produtividade da lavoura e
provocam até mesmo a morte de plantas. Quando
aplicados em excesso e sem controle, são ofensivos
ao ser humano. Existem cerca de 200 tipos de
agrotóxicos diferentes e o Brasil é um dos
principais consumidores. Aliás, muitos desses
compostos são proibidos em outros países, mas no
Brasil são utilizados em larga escala sem uma
preocupação em relação aos males que podem
causar. Assinale a afirmação verdadeira em relação
à característica dos agrotóxicos abaixo.
a) No Acefato, o átomo de fósforo para formar as
cinco ligações apresenta a seguinte configuração
eletrônica no estado excitado: 1 3 1
3s 3p 3d .
b) Glifosato é um composto orgânico que contém
as funções orgânicas amina e ácido carboxílico.
c) No Aldicarb ou “chumbinho”, o átomo do
enxofre possui estado de oxidação 2.
d) Paraquat, cujo nome comercial é
Gramoxone 200, é considerado uma espécie
química aromática polinuclear por apresentar dois
anéis benzênicos isolados.
24. (Uece 2015) A revista eletrônica mexicana Muy
Interesante (http://www.muyinteresante.com.mx)
revela a criação de um sorvete que brilha no
escuro. Ele é produzido com uma proteína
encontrada na água viva que reage com o cálcio em
pH neutro quando o sorvete é degustado. O brilho
do sorvete é ocasionado por um fenômeno
conhecido como
a) luminescência.
b) deliquescência.
c) fluorescência.
d) incandescência.
25. (Cefet MG 2015) Dadas as configurações
eletrônicas finais de alguns elementos químicos, a
que representa um elemento bivalente é
a) 2 1
2s 2p
b) 2 3
2s 2p
c) 2 5
2s 2p
d) 2 4
3s 3p
e) 2 6
3s 3p
26. (Ufrgs 2015) O ferro é um dos mais importantes
metais, utilizado pelo homem desde a antiguidade.
São dadas as seguintes informações sobre o
elemento ferro.
I. O ferro tem 4 isótopos estáveis naturais: 54
Fe,
56
Fe, 57
Fe e 58
Fe.
II. O ferro pode ocorrer nos compostos na forma de
cátions 2
Fe 
ou 3
Fe .
III. O ferro pode apresentar formas alotrópicas
diferentes, tais como o Feα e o Fe .γ
Considerando os princípios químicos e as
informações apresentadas, é correto afirmar que
apenas
a) apenas o isótopo 56
Fe é capaz de formar cátion
2
Fe .
b) o Feα é formado pelos isótopos 54
Fe e 56
Fe,
enquanto o Feγ é formado pelos isótopos 57
Fe
e 58
Fe.
c) os cátions 2
Fe 
ou 3
Fe 
são originados de
átomos de ferro com diferentes números
atômicos.
d) o Feα origina os cátions 2
Fe ,
e o Feγ origina
os cátions 3
Fe .
e) os diferentes isótopos do ferro podem ser
encontrados tanto no Feα como no Fe .γ
27. (Ufjf-pism 1 2015) O metal que dá origem ao
íon metálico mais abundante no corpo humano
tem, no estado fundamental, a seguinte
configuração eletrônica:
nível 1: completo; nível 2: completo; nível 3: 8
elétrons; nível 4: 2 elétrons
Esse metal é denominado:
a) ferro (Z 26).
b) silício (Z 14).
c) cálcio (Z 20).
d) magnésio (Z 12).
e) zinco (Z 30).
28. (Uel 2015) Desde a elaboração dos modelos
atômicos por Dalton, Thomson, Rutherford e Bohr,
cientistas como Murray Gell-Man (EUA) e Georg
Zweig (Alemanha) têm desvendado os segredos
subatômicos da matéria.
Assinale a alternativa que apresenta,
corretamente, as subpartículas que constituem as
partículas atômicas conforme os modelos de Gell-
Man e Georg Zweig.
a) Quarks, léptons e bósons.
b) Elétrons, nêutrons e prótons.
c) Neutrinos e pósitrons.
d) Núcleo e eletrosfera.
e) Fótons.
29. (Ime 2015) Um isótopo radioativo X
transforma-se em um elemento estável Y após
reações de desintegração radioativa com emissão
de radiação ,α radiação β negativa e radiação .γ
Assinale a alternativa correta.
a) A diferença entre os números de massa de X e
de Y será igual à diferença entre o dobro do
número de partículas α emitidas e o número de
partículas β emitidas.
b) A emissão da radiação γ altera o número
atômico de X.
c) A diferença entre os números atômicos de X e
de Y será igual ao quádruplo do número de
partículas α emitidas.
d) X e Y são isótonos.
e) A diferença entre os números de nêutrons de X
e de Y será igual à soma do dobro do número
de partículas α emitidas com o número de
partículas β emitidas.
30. (Uerj 2015) Para fabricar um dispositivo
condutor de eletricidade, uma empresa dispõe dos
materiais apresentados na tabela abaixo:
Material Composição química
I C
II S
III As
IV Fe
Sabe-se que a condutividade elétrica de um sólido
depende do tipo de ligação interatômica existente
em sua estrutura. Nos átomos que realizam ligação
metálica, os elétrons livres são os responsáveis por
essa propriedade.
Assim, o material mais eficiente para a fabricação
do dispositivo é representado pelo seguinte
número:
a) I
b) II
c) III
d) IV
31. (Ita 2015)
Para uma molécula diatômica, a energia potencial
em função da distância internuclear é
representada pela figura. As linhas horizontais
representam os níveis de energia vibracional
quanticamente permitidos para uma molécula
diatômica. Uma amostra contendo um mol de
moléculas diatômicas idênticas, na forma de um
sólido cristalino, pode ser modelada como um
conjunto de osciladores para os quais a energia
potencial também pode ser representada
qualitativamente pela figura. Em relação a este
sólido cristalino, são feitas as seguintes
proposições:
I. À temperatura de 0K, a maioria dos osciladores
estará no estado vibracional fundamental, cujo
número quântico vibracional, n, é igual a zero.
II. À temperatura de 0K, todos os osciladores
estarão no estado vibracional fundamental, cujo
número quântico vibracional, n, é igual a zero.
III. O movimento vibracional cessa a 0K.
IV. O movimento vibracional não cessa a 0K.
V. O princípio da incerteza de Heisenberg será
violado se o movimento vibracional cessar.
Das proposições acima estão CORRETAS
a) apenas I e III.
b) apenas II e III.
c) apenas I, IV e V.
d) apenas II, IV e V.
e) apenas II, III e V.
32. (Uece 2015) Há cerca de dois mil e quinhentos
anos, o filósofo grego Demócrito disse que se
dividirmos a matéria em pedacinhos, cada vez
menores, chegaremos a grãozinhos indivisíveis,
que são os átomos (a = não e tomo = parte). Em
1897, o físico inglês Joseph Thompson (1856-1940)
descobriu que os átomos eram divisíveis: lá dentro
havia o elétron, partícula com carga elétrica
negativa. Em 1911, o neozelandês Ernest
Rutherford (1871-1937) mostrou que os átomos
tinham uma região central compacta chamada
núcleo e que lá dentro encontravam-se os prótons,
partículas com carga positiva.
Atente à figura a seguir, que representa o núcleo e
a eletrosfera do átomo.
Com relação à figura acima, é correto afirmar que
a) o núcleo é muito pequeno, por isso, tem pouca
massa se comparado à massa do átomo.
b) mais de 90% de toda a massa do átomo está na
eletrosfera.
c) considerando as reais grandezas do núcleo e da
eletrosfera do átomo, se comparadas às suas
representações na figura, o tamanho da
eletrosfera está desproporcional ao tamanho do
núcleo.
d) a massa do núcleo é bem maior do que a massa
da eletrosfera, cuja relação fica em torno de 100
vezes.
33. (Pucmg 2015) Os estudos realizados por
Rutherford mostraram que o átomo deveria ser
constituído por um núcleo positivo com elétrons
girando ao seu redor. Os elétrons foram
inicialmente levados em consideração no modelo
atômico proposto pelo seguinte pesquisador:
a) Niels Borh
b) J.J. Thomson
c) John Dalton
d) Werner Heisenberg
34. (Ifsul 2015) Considere que os átomos dos
elementos X e Z apresentam, respectivamente,
os seguintes conjuntos de números quânticos para
seus elétrons de diferenciação:
Átomo X : n 4;l 0;m 0;s 1 2    
Átomo Z : n 5;l 1;m 0;s 1 2    
(Convenção do spin do 1º elétron 1
2) 
Qual é a afirmativa correta?
a) O elemento X é um metal alcalino e o elemento
Z é um gás nobre.
b) Os números atômicos dos elementos X e Z são,
respectivamente, 30 e 51.
c) O elemento X possui 2 elétrons de valência e o
Z possui 5 elétrons.
d) A fórmula do composto formado por átomos de
X e Z é 2XZ .
35. (Fatec 2015) Em 2014, na Alemanha, um
elemento pesado foi confirmado por experimentos
com um colisor de partículas e ocupará sua justa
posição como Elemento 117 na Tabela Periódica.
Bombardeando amostras de berquélio radioativo
com átomos de cálcio, pesquisadores criaram
átomos com 117 prótons, originando um
elemento químico, aproximadamente, 42% mais
pesado que o chumbo e com meia-vida
relativamente longa. Os físicos apelidaram,
temporariamente, o novo integrante da Tabela
Periódica como “ununséptio” (Uus), alusão direta
ao numeral 117, que é a soma dos 20 prótons do
cálcio com os 97 do berquélio.
(http://tinyurl.com/m8nlkq2 Acesso em:
13.06.2014. Adaptado)
De acordo com o texto, a massa atômica
aproximada do ununséptio é
Dado: 207
82 Pb; Pb 207,2 u.
a) 294.
b) 207.
c) 166.
d) 117.
e) 42.
36. (Uece 2015) O Brasil detém 98% das reservas
mundiais de nióbio, que apresenta numerosas
aplicações industriais como, por exemplo, em
fabricação de joias, implantes hiperalergênicos,
eletrocerâmicas, imãs supercondutores, máquinas
de ressonância magnética, ligas metálicas, moedas
especiais e na produção de aço. Sobre o nióbio,
analise as afirmações abaixo e assinale a única
alternativa verdadeira.
a) Seu elétron diferencial se localiza na penúltima
camada.
b) Trata-se de um elemento representativo.
c) Sua eletronegatividade é inferior à do vanádio.
d) Pertence ao quarto período da tabela periódica.
37. (Upe 2015) Na II Guerra Mundial, as Forças
Aliadas executaram uma ação de guerra para
resgatar uma garrafa de cerveja contendo água
deuterada 2(D O), que Niels Bohr deixou, por
engano, no seu laboratório.
Sobre esse tema, analise as afirmativas a seguir:
I. A ação militar justifica-se porque o deutério pode
sofrer fissão nuclear, sendo utilizado na
confecção da bomba atômica.
II. A água deuterada e a água pura 2(H O) são
substâncias compostas constituídas pelos
mesmos elementos químicos.
III. A garrafa com água deuterada, encontrada no
laboratório de Bohr, tem massa maior que uma
garrafa idêntica contendo o mesmo volume de
água pura 2(H O).
Está CORRETO o que se afirma em
a) I, apenas.
b) I e II, apenas.
c) I e III, apenas.
d) II e III, apenas.
e) I, II e III.
38. (Ueg 2015) Para termos ideia sobre as
dimensões atômicas em escala macroscópica
podemos considerar que se o prédio central da
Universidade Estadual de Goiás, em Anápolis, fosse
o núcleo do átomo de hidrogênio, a sua eletrosfera
pode estar a aproximadamente 1000 km. Dessa
forma, o modelo atômico para matéria é uma
imensidão de vácuo com altas forças de interação.
Considerando-se a comparação apresentada no
enunciado, a presença de eletrosfera é coerente
com os modelos atômicos de
a) Dalton e Bohr.
b) Bohr e Sommerfeld.
c) Thompson e Dalton.
d) Rutherford e Thompson.
39. (Ucs 2015) Cardiologistas costumam
recomendar a redução no consumo de “sal de
cozinha” para pessoas hipertensas porque ele é a
principal fonte de íons sódio da alimentação. De
acordo com dados da Organização Mundial da
Saúde, a população brasileira consome duas vezes
mais sódio do que o valor recomendado. Esse íon
precisa estar em equilíbrio com o íon potássio, caso
contrário pode desencadear uma série de doenças
cardiovasculares. Além disso, o consumo excessivo
do sal de cozinha pode levar a uma menor
absorção de íons cálcio, podendo gerar problemas
como osteoporose e raquitismo.
Tendo como referência o texto acima, assinale a
alternativa correta.
a) A configuração eletrônica de um átomo de sódio
no estado fundamental é igual à de um átomo de
potássio, uma vez que ambos possuem o mesmo
número de elétrons no terceiro nível de energia.
b) Átomos eletricamente neutros de sódio e
potássio, ao perderem um elétron de suas
respectivas camadas de valência, originam
respectivamente íons Na
e K
que são
isoeletrônicos.
c) A configuração eletrônica de um átomo de cálcio
no estado fundamental pode ser representada
de maneira simplificada por 2
[Kr]4s .
d) O elétron mais afastado do núcleo de um átomo
de potássio no estado fundamental apresenta
número quântico principal igual a quatro e
número quântico secundário igual a zero.
e) Átomos eletricamente neutros de cálcio são
menores do que os respectivos íons 2
Ca ,
uma
vez que o número de prótons nessas espécies
difere de duas unidades.
40. (Ufrgs 2015) Abaixo são apresentadas as
descrições de três tipos de lâmpadas disponíveis no
mercado, em que os elementos são representados
por números romanos.
1. As lâmpadas de vapor de I emitem uma luz
amarelada e são muito utilizadas em iluminação
pública.
2. As lâmpadas halógenas apresentam uma maior
eficiência energética. Em algumas dessas
lâmpadas, ocorre, no interior do bulbo, uma
série de reações que podem ser denominadas
ciclo do II.
3. As lâmpadas fluorescentes são carregadas
internamente com gases inertes à baixa pressão
como o III. Nesse caso, o tubo de vidro é coberto
internamente com um material à base de IV que,
quando excitado com a radiação gerada pela
ionização dos gases, produz luz visível.
Os elementos I, II, III e IV podem ser,
respectivamente,
a) sódio - nitrogênio - argônio - mercúrio
b) sódio - iodo - argônio - fósforo
c) flúor - fósforo - nitrogênio - sódio
d) mercúrio - nitrogênio - criptônio - potássio
e) flúor - iodo - mercúrio - sódio
41. (Pucpr 2015) Com o passar do tempo, os
modelos atômicos sofreram várias mudanças, pois
novas ideias surgiam sobre o átomo. Considerando
os modelos atômicos existentes, assinale a
alternativa CORRETA.
a) Para Dalton, átomos iguais possuem massas
iguais e átomos diferentes possuem massas
diferentes, teoria aceita nos dias atuais.
b) No modelo de Rutherford, temos no átomo duas
regiões bem definidas: núcleo e eletrosfera, a
qual é dividida em níveis e subníveis.
c) O modelo atômico de Thomson chamava-se
“modelo do pudim de passas”, no qual os
prótons seriam as passas e os elétrons, o pudim.
d) Para Sommerfeld, se um elétron está na camada
L, este possui uma órbita circular e três órbitas
elípticas.
e) Para Bohr, quando um elétron recebe energia,
este passa para uma camada mais afastada do
núcleo; cessada a energia recebida, o elétron
retorna a sua camada inicial, emitindo essa
energia na forma de onda eletromagnética.
42. (Ita 2015) Cinco amostras idênticas de um
mesmo metal são aquecidas a diferentes
temperaturas até a incandescência. Assinale a
opção que apresenta a cor da amostra submetida
a uma maior temperatura.
a) Vermelho
b) Laranja
c) Amarelo
d) Verde
e) Branco
43. (Espcex (Aman) 2015) Um átomo neutro do
elemento químico genérico A, ao perder 2 elétrons
forma um cátion bivalente, contendo 36 elétrons.
O número atômico deste átomo A é
a) 36
b) 42
c) 34
d) 40
e) 38
44. (Mackenzie 2015) São dadas as distribuições
eletrônicas da camada de valência de alguns
elementos químicos, representados pelas letras
abaixo:
1
A 1s 2 5
C 3s 3p 2 4
E 2s 2p
1
B 3s 2 2
D 2s 2p 2
F 3s
De acordo com essas distribuições eletrônicas, são
feitas as seguintes afirmações:
I. O elemento A ao se ligar ao elemento C, forma
um composto iônico.
II. A substância química 2A E possui geometria
angular.
III. Dos elementos acima representados, B é o que
possui o maior raio atômico.
IV. A substância química 2DE apresenta ligações
covalentes apolares.
V. O elemento F representa um metal do terceiro
período do grupo 2.
São corretas as afirmações.
a) I, II e IV, apenas.
b) II, III e V, apenas.
c) I, IV e V, apenas.
d) I, II e V, apenas.
e) II, III e IV, apenas.
45. (Fgv 2015) O Brasil inaugurou em 2014 o
Projeto Sirius, um acelerador de partículas que
permitirá o desenvolvimento de pesquisa na área
de materiais, física, química e biologia. Seu
funcionamento se dará pelo fornecimento de
energia a feixes de partículas subatômicas
eletricamente carregadas: prótons e elétrons.
(http://www.brasil.gov.br/ciencia-e-
tecnologia/2014/02/. Adaptado)
Na tabela, são apresentadas informações das
quantidades de algumas partículas subatômicas
para os íons 2
X 
e 2
A :
Carga da
partícula
2
X  2
A 
positiva 16 y
negativa 18 18
Nessa tabela, o nome do elemento X e o valor de
y são, respectivamente,
a) argônio e 16.
b) argônio e 20.
c) enxofre e 16.
d) enxofre e 18.
e) enxofre e 20.
46. (Uece 2015) A regra de Hund, como o próprio
nome indica, foi formulada pela primeira vez, em
1927, pelo físico alemão Friedrich Hund. Ele partiu
diretamente da estrutura nuclear, já conhecida e
medida, das moléculas e tentou calcular as orbitais
moleculares adequadas por via direta, resultando
na regra de Hund. Essa regra afirma que a energia
de um orbital incompleto é menor quando nela
existe o maior número possível de elétrons com
spins paralelos. Considerando a distribuição
eletrônica do átomo de enxofre em seu estado
fundamental (Z 16), assinale a opção que
apresenta a aplicação correta da regra de Hund.
a) 2 2 6 2 2 2 0
1s 2s 2p 3s 3px 3py 3pz
b) 2 2 6 2 2 1 1
1s 2s 2p 3s 3px 3py 3pz
c) 2 2 6 2 2 0 2
1s 2s 2p 3s 3px 3py 3pz
d) 2 2 6 2 1 2 1
1s 2s 2p 3s 3px 3py 3pz
47. (Ufsm 2015) Os portugueses introduziram
hábitos que marcaram o paladar brasileiro:
valorizaram o consumo do sal e revelaram o açúcar
aos africanos e índios do Brasil. E de Portugal que
nossa cozinha adotou os doces de ovos, goiabada,
marmelada, bananada, figada e outras “adas” que
constituem o arsenal energético das sobremesas.
Muitos desses doces eram produzidos em tachos
de cobre, possibilitando, assim, um melhor
aproveitamento e armazenamento das frutas.
Atualmente, a produção desses alimentos ocorre
em recipientes de aço inoxidável.
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE BRASILIA. A
contribuição dos portugueses. ATAN/DAB/SPS/MS.
Sobre o cobre, é correto afirmar:
a) É um metal alcalino e está no quarto período,
pois sua configuração eletrônica é
2 6 2 8 2 8 1
1s 1p 2s 2p 3s 3p 4s .
b) É um metal alcalino terroso e está no terceiro
período, pois sua configuração eletrônica é
2 2 6 2 6 2
1s 2s 2p 3s 3p 4s .
c) É um elemento de transição interna e está no
quarto período, pois sua configuração eletrônica
é 2 2 6 2 6 2 9
1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d .
d) É um metal de transição externa e está no quarto
período, pois sua configuração eletrônica é
2 2 6 2 6 2 9
1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d .
e) É um ametal da família dos calcogêneos
(“formadores de cobre”) e está no terceiro
período, pois sua configuração eletrônica é
2 2 6 2 6 2 9
1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d .
48. (Udesc 2015) Há 130 anos nascia, em
Copenhague, o cientista dinamarquês Niels
Henrick Davis Bohr cujos trabalhos contribuíram
decisivamente para a compreensão da estrutura
atômica e da física quântica. A respeito do modelo
atômico de Bohr, assinale a alternativa correta.
a) Os átomos são, na verdade, grandes espaços
vazios constituídos por duas regiões distintas:
uma com núcleo pequeno, positivo e denso e
outra com elétrons se movimentando ao redor
do núcleo.
b) Os elétrons que circundam o núcleo atômico
possuem energia quantizada, podendo assumir
quaisquer valores.
c) É considerado o modelo atômico vigente e o
mais aceito pela comunidade científica.
d) Os saltos quânticos decorrentes da interação
fóton-núcleo são previstos nesta teoria,
explicando a emissão de cores quando certos
íons metálicos são postos em uma chama
(excitação térmica).
e) Os átomos são estruturas compostas por um
núcleo pequeno e carregado positivamente,
cercado por elétrons girando em órbitas
circulares.
49. (Ufsm 2015) A alimentação é essencial, pois é
dela que o homem obtém os nutrientes
necessários ao funcionamento de seu organismo.
Nas ultimas décadas, ocorreram mudanças
significativas nos hábitos alimentares, havendo um
aumento do consumo de alimentos
industrializados.
Assim, analise as afirmações:
I. O ácido fosfórico presente em refrigerantes do
tipo “cola” e um ácido triprótico representado
pela fórmula 3 4H PO .
II. O ferro é essencial para a saúde; sua deficiência
pode levar a anemia grave, por isso é
recomendado o consumo de alimentos ricos em
ferro, como a carne bovina. A configuração
eletrônica do elemento ferro no estado
fundamental é 2 2 6 2 6 2 6
1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d .
III. As balinhas que "estouram" na boca contêm, em
sua composição, dois ingredientes: o ácido
cítrico 3 6 5 7(H C H O ) e o bicarbonato de sódio
3(NaHCO ). Os dois, ao se dissolverem na boca,
produzem a efervescência. A reação entre o
bicarbonato de sódio e o ácido cítrico é de
oxirredução.
IV. A água salgada 2(H O NaC ), utilizada para
cozer alimentos, ferve em uma temperatura
constante, pois se constitui de uma mistura
homogênea simples.
Estão corretas
a) apenas I e II.
b) apenas I e III.
c) apenas II e IV.
d) apenas III e IV.
e) I, II, III e IV.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
No ano de 2014, o Estado de São Paulo vive uma
das maiores crises hídricas de sua história. A fim de
elevar o nível de água de seus reservatórios, a
Companhia de Saneamento Básico do Estado de
São Paulo (Sabesp) contratou a empresa ModClima
para promover a indução de chuvas artificiais. A
técnica de indução adotada, chamada de
bombardeamento de nuvens ou semeadura ou,
ainda, nucleação artificial, consiste no lançamento
em nuvens de substâncias aglutinadoras que
ajudam a formar gotas de água.
(http://exame.abril.com.br. Adaptado.)
50. (Unesp 2015) Uma das substâncias
aglutinadoras que pode ser utilizada para a
nucleação artificial de nuvens é o sal iodeto de
prata, de fórmula AgI. Utilizando os dados
fornecidos na Classificação Periódica dos
Elementos, é correto afirmar que o cátion e o ânion
do iodeto de prata possuem, respectivamente,
a) 46 elétrons e 54 elétrons.
b) 48 elétrons e 53 prótons.
c) 46 prótons e 54 elétrons.
d) 47 elétrons e 53 elétrons.
e) 47 prótons e 52 elétrons.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Leia o texto para responder à(s) questão(ões),
Em algumas regiões do país não é raro
encontrar ao mesmo tempo condições aeróbicas e
anaeróbicas em partes diferentes de um mesmo
lago, particularmente no verão, devido à
ocorrência de um fenômeno conhecido como
estratificação, ocasionado pela diferença de
temperatura da água. As espécies químicas que
estão presentes nas camadas diferenciadas do lago
são mostradas na figura abaixo:
Pode-se observar na figura que, nas condições
aeróbicas, têm-se espécies oxidadas e, perto do
fundo, têm-se as condições anaeróbicas e as
espécies na forma mais reduzidas dos mesmos
elementos.
51. (Uepa 2015) Sobre as propriedades químicas
das espécies encontradas no lago, é correto
afirmar que:
a) o íon 2
Fe 
possui a seguinte distribuição
eletrônica: 2
1s , 2
2s , 6
2p , 2
3s , 6
3p , 6
3d , 2
4s
b) a espécie 3HCO 
é um íon resultante da
dissociação iônica do ácido carbônico.
c) as espécies 2H S e 3NH apresentam,
respectivamente, geometria linear e piramidal.
d) as espécies 2CO e 4CH são moléculas polares.
e) a combinação das espécies 2
4SO 
e 2
Fe 
produz
o sulfato ferroso.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Leia o texto para responder à(s) questão(ões).
A energia liberada pelo Sol é fundamental para a
manutenção da vida no planeta Terra. Grande
parte da energia produzida pelo Sol decorre do
processo de fusão nuclear em que são formados
átomos de hélio a partir de isótopos de hidrogênio,
conforme representado no esquema:
1 1 2 0
1 1 1 1H H H e  
2 1 3
1 1 2H H He 
3 1 4 0
2 1 2 1He H He e  
(John B. Russell. Química geral, 1994.)
52. (Unesp 2015) A partir das informações contidas
no esquema, é correto afirmar que os números de
nêutrons dos núcleos do hidrogênio, do deutério,
do isótopo leve de hélio e do hélio,
respectivamente, são
a) 1, 1, 2 e 2.
b) 1, 2, 3 e 4.
c) 0, 1, 1 e 2.
d) 0, 0, 2 e 2.
e) 0, 1, 2 e 3.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Leia o texto para responder à(s) questão(ões).
O espectro solar que atinge a superfície terrestre é formado predominantemente por radiações
ultravioletas (UV) (100 400nm), radiações visíveis (400 800 nm) e radiações infravermelhas (acima de
800 nm). A faixa da radiaçaÞo UV se divide em três regiões: UVA (320 a 400 nm), UVB (280 a 320 nm) e
UVC (100 a 280 nm). Ao interagir com a pele humana, a radiação UV pode provocar reações fotoquímicas,
que estimulam a produção de melanina, cuja manifestação é visível sob a forma de bronzeamento da pele,
ou podem levar à produção de simples inflamações até graves queimaduras.
Um filtro solar eficiente deve reduzir o acúmulo de lesões induzidas pela radiação UV por meio da
absorção das radiações solares, prevenindo assim uma possível queimadura. São apresentados a seguir as
fórmulas estruturais, os nomes e os espectros de absorção de três filtros solares orgânicos.
53. (Unesp 2015) Os filtros solares orgânicos
absorvem apenas parte da radiação
eletromagnética; dessa forma, deve-se fazer a
combinação entre diferentes filtros a fim de se
obter um bom protetor solar. Na formulação de um
protetor solar, um fabricante necessita escolher
um dentre os três filtros orgânicos apresentados
cujo máximo de absorção ocorra na região do UVA.
A molécula do filtro solar escolhido apresenta as
funções orgânicas
a) amina e ácido carboxílico.
b) cetona e éter.
c) amina e éster.
d) amina e éter.
e) cetona e álcool.
54. (Uece 2014) Atente para as seguintes
afirmações a respeito das conclusões a que chegou
Rutherford durante a experiência sobre a estrutura
da matéria.
I. O átomo é constituído por duas regiões distintas:
o núcleo e a eletrosfera.
II. O núcleo atômico é extremamente pequeno em
relação ao tamanho do átomo.
III. O átomo tem uma região em que existe muito
espaço vazio.
IV. As partículas negativas do átomo podem ter
quaisquer valores de energia.
V. A eletrosfera é a região que concentra
praticamente toda a massa elétrica do átomo.
No que diz respeito à estrutura da matéria,
corresponde às conclusões de Rutherford o que se
afirma em
a) I, II, III, IV e V.
b) I, II e III apenas.
c) III, IV e V apenas.
d) I, II e V apenas.
55. (Ita 2014) Assinale a opção que contém o
momento angular do elétron na 5ª órbita do átomo
de hidrogênio, segundo o modelo atômico de Bohr.
a) h / 2π
b) h / π
c) 2,5 h / 2π
d) 2,5 h / π
e) 5 h / π
56. (Uerj 2014) Uma forma de identificar a
estabilidade de um átomo de qualquer elemento
químico consiste em relacionar seu número de
prótons com seu número de nêutrons em um
gráfico denominado diagrama de estabilidade,
mostrado a seguir.
São considerados estáveis os átomos cuja
interseção entre o número de prótons e o de
nêutrons se encontra dentro da zona de
estabilidade mostrada no gráfico.
Verifica-se, com base no diagrama, que o menor
número de massa de um isótopo estável de um
metal é igual a:
a) 2
b) 3
c) 6
d) 9
57. (Fgv 2014) Uma nova e promissora classe de
materiais supercondutores tem como base o
composto diboreto de zircônio e vanádio. Esse
composto é sintetizado a partir de um sal de
zircônio (IV).
(Revista Pesquisa FAPESP, Junho 2013. Adaptado)
O número de prótons e de elétrons no íon Zr4+ e o
número de elétrons na camada de valência do
elemento boro no estado fundamental são,
respectivamente:
Dados: Zr (Z = 40); B (Z = 5).
a) 36; 40; 5.
b) 36; 40; 3.
c) 40; 44; 3.
d) 40; 36; 5.
e) 40; 36; 3.
58. (Unesp 2014) Em 2013 comemora-se o
centenário do modelo atômico proposto pelo físico
dinamarquês Niels Bohr para o átomo de
hidrogênio, o qual incorporou o conceito de
quantização da energia, possibilitando a explicação
de algumas propriedades observadas
experimentalmente. Embora o modelo atômico
atual seja diferente, em muitos aspectos, daquele
proposto por Bohr, a incorporação do conceito de
quantização foi fundamental para o seu
desenvolvimento. Com respeito ao modelo
atômico para o átomo de hidrogênio proposto por
Bohr em 1913, é correto afirmar que
a) o espectro de emissão do átomo de H é
explicado por meio da emissão de energia pelo
elétron em seu movimento dentro de cada
órbita estável ao redor do núcleo do átomo.
b) o movimento do elétron ao redor do núcleo do
átomo é descrito por meio de níveis e subníveis
eletrônicos.
c) o elétron se move com velocidade constante em
cada uma das órbitas circulares permitidas ao
redor do núcleo do átomo.
d) a regra do octeto é um dos conceitos
fundamentais para ocupação, pelo elétron, das
órbitas ao redor do núcleo do átomo.
e) a velocidade do elétron é variável em seu
movimento em uma órbita elíptica ao redor do
núcleo do átomo.
59. (Ime 2014) Um experimento clássico indica que
o oxigênio molecular 2(O ) exibe propriedades
magnéticas no seu estado fundamental. O
experimento consiste em fazer passar oxigênio
líquido pelos polos de um ímã. Observa-se que o
oxigênio fica retido, como mostra a figura a seguir:
Nas alternativas abaixo, são apresentados os
orbitais 2p de dois átomos de oxigênio e o spin dos
elétrons que ocupam seus orbitais atômicos.
Também são apresentadas possíveis interações
químicas que podem resultar em ligações químicas
estabelecidas entre esses dois átomos.
Considerando a observação experimental e os
requisitos eletrônicos e energéticos para o
estabelecimento de ligações químicas, indique qual
das alternativas abaixo representa melhor o 2O no
estado fundamental.
a)
b)
c)
d)
e)
60. (Ufrgs 2014) Glow sticks são tubos plásticos
luminosos, utilizados como pulseiras em festas e
que exemplificam o fenômeno da
quimioluminescência. Eles contêm uma mistura
que inclui difenil-oxalato e um corante. Dentro do
tubo, encontra-se um tubo de vidro menor que
contém peróxido de hidrogênio. Quando o tubo
exterior é dobrado, o tubo interior quebra-se e
libera o peróxido de hidrogênio. Este reage com o
difenil-oxalato, formando fenol e um peróxido
cíclico, o qual reage com o corante e forma dióxido
de carbono. No decorrer do processo, elétrons das
moléculas do corante são promovidos a estados
eletrônicos excitados.
A produção de luz nessa reação
quimioluminescente ocorre devido
a) à emissão do CO2.
b) à oxidação do peróxido de hidrogênio.
c) à adição desses elétrons excitados aos átomos
de oxigênio do peróxido.
d) ao retorno dos elétrons excitados para um nível
inferior de energia onde a estabilidade é maior.
e) à liberação das moléculas do corante para o
interior do tubo.
61. (Uece 2014) Wolfgang Ernst Pauli (1900–1958),
físico austríaco, estabeleceu o princípio de
exclusão, segundo o qual férmions, como é o caso
dos elétrons, “não podem ocupar o mesmo estado
quântico simultaneamente”. Este princípio está em
consonância com uma das propriedades da
matéria, conhecida pelos pré-socráticos desde os
tempos imemoriais, denominada de
a) impenetrabilidade.
b) inércia.
c) divisibilidade.
d) extensão.
62. (Uepa 2014) “Tão complexas quanto a química
da vida, as condições para o bom crescimento das
plantas, geralmente, se resume em três números:
19, 12 e 5. Eles representam as porcentagens de
nitrogênio, fósforo e potássio impressas em
destaque em quase todas as embalagens de
fertilizante. No século 20, esses três nutrientes
permitiram que a agricultura aumentasse a
produtividade e que a população mundial
crescesse seis vezes mais. Mas qual a fonte desses
nutrientes? O nitrogênio vem do ar, mas o fósforo
e o potássio são extraídos de minas. As reservas de
potássio são suficientes para séculos, mas com o
fósforo a situação é diferente. O principal
componente dos fertilizantes, o fósforo é pouco
valorizado e tem reservas para apenas algumas
décadas. É provável que os suprimentos
disponíveis de imediato comecem a esgotar-se no
final deste século, o esgotamento das fontes deste
mineral causaria um colapso na produção mundial
de alimentos pela agricultura. Muitos estudiosos
dizem que, quando isso acontecer, a população
terá alcançado um pico além do que o planeta
pode suportar em termos de sustentabilidade.
(Extraído e adaptado de: VACARY. David A. Solos
desnutridos, Scientific American Brasil Aula aberta.
Ed Duetto. 2012).”
Com relação aos elementos químicos destacados
no texto e analisando a tabela periódica é correto
afirmar que:
a) a espécie 3NH possui uma estrutura geométrica
trigonal plana.
b) o elemento químico P é um calcogênio e a
espécie 3PH é um sal.
c) o elemento químico K é um metal alcalino e sua
base KOH é uma base fraca.
d) a configuração eletrônica: 2 2 6 2 7
1s ,2s ,2p ,3s ,3p
pertence ao elemento químico 19K.
e) o elemento químico N possui maior
eletronegatividade que o elemento químico P.
63. (Ucs 2014) Muitos alimentos são fortificados
com vitaminas e minerais. Por exemplo, alguns
cereais matinais recebem adição do elemento
químico ferro. Para isso, usam-se minúsculas
raspas de ferro, que são convertidas em compostos
de ferro nos intestinos, de modo que ele possa ser
absorvido. O elemento químico ferro
a) possui dois estados de oxidaçăo: o 2
Fe 
e o
3
Fe .
b) pertence ao quinto período da tabela periódica.
c) forma o cátion 2
Fe 
ao receber 2 elétrons.
d) apresenta eletronegatividade maior do que os
halogênios.
e) é classificado como metal de transição interna.
64. (Upe 2014) Entre 13,2°C e 161°C, o estanho é
estável e possui uma configuração conhecida como
estanho branco ou Sn ,β que é um sólido
brilhante branco-prateado, maleável,
moderadamente dúctil e bom condutor. Essa é a
forma conhecida pela maioria das pessoas e tem
uma variedade de aplicações domésticas e
tecnológicas, como em ligas (bronze e soldas) e em
revestimento de aço (folhas-deflandres). O Sn β
pode sofrer uma transição para uma estrutura
conhecida como estanho cinzento, o Sn ,α um
sólido cinza-escuro, não metálico e na forma de pó.
O Sn α é semicondutor, não dúctil e sem
aplicabilidade. Essas duas espécies podem reagir
de modo diferente. Por exemplo, as reações
realizadas a 14 2 C   do Sn β e do Sn α com
solução de ácido clorídrico concentrado, livre de
oxigênio dissolvido, produzem 2 2SnC .2H O e
4 2SnC .5H O, respectivamente.
(Disponível em:
http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc34_3/04-AQ-
45-11.pdf. Adaptado.)
As informações apresentadas indicam
a) as aplicações dos átomos de um elemento
químico radioativo.
b) a participação da radiação-α nas características
físicas do estanho.
c) a influência da temperatura sobre as
propriedades de isótonos do estanho.
d) a transformação do estanho em outro elemento
químico por meio de aquecimento.
e) as propriedades físicas e químicas distintas de
duas formas alotrópicas de um elemento
químico.
65. (Enem PPL 2014) Partículas beta, ao
atravessarem a matéria viva, colidem com uma
pequena porcentagem de moléculas e deixam
atrás de si um rastro aleatoriamente pontilhado de
radicais livres e íons quimicamente ativos. Essas
espécies podem romper ainda outras ligações
moleculares, causando danos celulares.
HEWITT, P. G. Física conceitual. Porto Alegre:
Bookman, 2002 (adaptado).
A capacidade de gerar os efeitos descritos dá-se
porque tal partícula é um
a) elétron e, por possuir massa relativa desprezível,
tem elevada energia cinética translacional.
b) nêutron e, por não possuir carga elétrica, tem
alta capacidade de produzir reações nucleares.
c) núcleo do átomo de hélio (He) e, por possuir
massa elevada, tem grande poder de
penetração.
d) fóton e, por não possuir massa, tem grande
facilidade de induzir a formação de radicais
livres.
e) núcleo do átomo de hidrogênio (H) e, por
possuir carga positiva, tem alta reatividade
química.
66. (Ufpr 2014) As teorias atômicas vêm se
desenvolvendo ao longo da história. Até o início do
século XIX, não se tinha um modelo claro da
constituição da matéria. De lá até a atualidade, a
ideia de como a matéria é constituída sofreu
diversas modificações, como se pode observar no
modelo atômico de Bohr, que manteve paradigmas
conceituais sobre a constituição da matéria, mas
também inseriu novos conceitos surgidos no início
do século XX.
No modelo atômico de Bohr:
1. O elétron circula em órbita com raio definido.
2. O elétron é descrito por uma função de onda.
3. Para descrever o elétron num orbital são
necessários 4 números quânticos.
4. Toda a massa do átomo está concentrada no
núcleo, que ocupa uma porção ínfima do espaço.
Entre as afirmativas acima, correspondem ao
modelo atômico de Bohr:
a) 1 e 2 apenas.
b) 2 e 3 apenas.
c) 2, 3 e 4 apenas.
d) 1 e 4 apenas.
e) 1, 3 e 4 apenas.
67. (Uece 2014) Conforme o site De Rerum Natura
(http://dererummundi.blogspot.com.br/2010/07/
o-negocio-das-pulseiras-quanticas.html), alguns
empresários inescrupulosos estão comercializando
as chamadas pulseiras quânticas que, segundo
eles, teriam poderes extraordinários na cura de
determinadas moléstias e teriam sido inventadas
por um cientista da NASA. No que concerne à
teoria quântica, que não trata de mistificação,
assinale a afirmação verdadeira.
a) Uma molécula emite ou absorve energia apenas
quando permanece em determinado estado
quântico.
b) A teoria quântica foi elaborada pelo cientista
James Clerk Maxwell e aperfeiçoada por Max
Planck e Linus Pauling.
c) Segundo a teoria quântica, um corpo negro a
qualquer temperatura não nula deveria emitir
radiações ultravioleta com altas frequências.
d) São resultados práticos do estudo de química
quântica: os aparelhos de CD e DVD, o controle
remoto, os equipamentos de ressonância
magnética e os microcomputadores.
68. (Upf 2014) A seguir, tem-se os símbolos que
representam alguns átomos neutros e íons: Si, P, S,
Ar, Ca, Ca2+, Zn2+ e Br-.
A partir dos símbolos representados, analise as
alternativas e assinale a incorreta:
a) Ao comparar o raio atômico dos átomos de Si, P
e S, nota-se que o átomo de Si é o que possuirá
maior valor de raio.
b) Ao comparar o raio atômico do átomo neutro de
cálcio (Ca) com o raio iônico do cátion (Ca2+),
percebe-se que o raio do íon (Ca2+) é menor do
que o raio do átomo neutro.
c) As configurações eletrônicas dos íons Zn2+ e Br-
são respectivamente [Ar] 4s2 3d8 e [Ar] 4s2 3d10
4p6, sendo que a primeira energia de ionização
do átomo de Zn é maior do que a do átomo de
Br.
d) Ao comparar os átomos Si, Ar, S e Ca, percebe-
se que o átomo de Ca, que representa o
elemento químico cálcio, apresenta o menor
valor de energia de ionização.
e) Átomos de cálcio e bromo poderão realizar
ligação química, formando o composto iônico
brometo de cálcio (CaBr2); já o átomo de
argônio, em função de sua estabilidade, é
encontrado normalmente isolado, não se unindo
a outros átomos.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Água Deuterada
A água deuterada (D2O) tem importantes
aplicações em usinas nucleares e em análises
químicas avançadas. Apesar de ter aparência e
propriedades químicas semelhantes às da água
comum. sua composição é diferente. Os dois
átomos de hidrogênio são substituídos por dois de
seu isótopo deutério.
69. (Uepb 2014) Sobre as partículas subatômicas e
a massa de uma molécula de água deuterada, é
correto afirmar:
a) Possuem 12 prótons, 12 elétrons, 8 nêutrons,
massa 20u.
b) Possuem 10 prótons, 10 elétrons, 10 nêutrons,
massa 20u.
c) Possuem 10 prótons, 10 elétrons, 8 nêutrons,
massa 18u.
d) Possuem 10 prótons, 8 elétrons, 10 nêutrons,
massa 20w
e) Possuem 10 prótons, 10 elétrons, 10 nêutrons,
massa 30u.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:
Um aluno recebeu, na sua página de rede social,
uma foto mostrando fogos de artifícios.
No dia seguinte, na sequência das aulas de
modelos atômicos e estrutura atômica, o aluno
comentou com o professor a respeito da imagem
recebida, relacionando-a com o assunto que estava
sendo trabalhado, conforme mostra a foto.
Legenda das cores emitidas
Na Ba Cu Sr Ti
amarelo verde azul vermelho
branco
metálico
70. (Uea 2014) O aluno comentou corretamente
que o modelo atômico mais adequado para
explicar a emissão de cores de alguns elementos
indicados na figura é o de
a) Rutherford-Bohr.
b) Dalton.
c) Proust.
d) Rutherford.
e) Thomson.
Resposta da questão 1:
[A]
[Resposta do ponto de vista da disciplina de Física]
O gráfico mostra que a energia potencial de ligação
tem valor mínimo, 19
mínE 6 10 J.
  
Para quebrar a ligação, a energia potencial deve se
tornar nula.
19
15mín
mín 34
E ( 6 10 )
E hf 0 f f 1 10 Hz.
h 6 10


  
       

[Resposta do ponto de vista da disciplina de Química]
A energia de ligação ou dissociação da molécula é igual
ao módulo da energia potencial na separação de
equilíbrio 0r :
34 19
19
15
34
E | U|
h f | U|
6 10 f 6 10
6 10
f 1 10 Hz
6 10
 



 
   

  

Resposta da questão 2:
[A]
O Princípio da Exclusão de Pauli
Como não podem existir dois elétrons num mesmo
átomo que apresentem os mesmos estados
energéticos, concluímos que todos os elétrons de um
átomo são diferentes de algum modo. Esta afirmação
é conhecida como princípio da exclusão de Pauli.
Resposta da questão 3:
[D]
A emissão de elétrons por um material, geralmente
metálico, exposto a radiação eletromagnética de
frequência suficientemente alta (como a luz) é
conhecida como efeito fotoelétrico.
Pelo método de Einstein:
Energia do fóton = Energia necessária para remover
um elétron + Energia cinética do elétron emitido
Algebricamente:
máximach f E   
onde,
h é a constante de Planck,
f é a frequência do fóton incidente,
0h f   é a função trabalho, ou energia mínima
exigida para remover um elétron de sua ligação
atômica,
máxima
2
c m
1
E m v
2
   é a energia cinética máxima
dos elétrons expelidos,
0f é a frequência mínima para o efeito fotoelétrico
ocorrer,
m é a massa de repouso do elétron expelido, e
mv é a velocidade dos elétrons expelidos.
Então,
Constante de Planck (h)
2
34 2 1 34 2 1 34
2
s
h 6,626 10 m kg s 6,626 10 m kg s 6,626 10 J s
s
    
           
19
5,82 10 J
  
140 nmλ 
8
v 3,0 10 m / s 
m
8
m
9
8
17 1m
9
v f
v 3 10 m / s
140 10 m
v 3 10 m / s
f 0,021428571 10 s 2,1428571 1
140 10 m
λ
λ
λ



 
 
 

     

máximach f E   
máxima
máxima
máxima
máxima
máxima
34 15 1 19
c
34 15 1 19
c
19 19
c
19
c
c
6,626 10 J s 2,1428571 10 s 5,82 10 J E
E 6,626 10 J s 2,1428571 10 s 5,82 10 J
E 14,19857114 J 10 J 5,82 10 J 8,37857114 J
E 8,37857114 10 J
E 8,4 10
  
  
 


      
      
    
 
  19
J
Resposta da questão 4:
[B]
A representação do elemento químico do átomo da
espécie responsável pela coloração pertence à família
dos metais alcalinos-terrosos da tabela periódica, ou
seja, família IIA ou grupo 2.
O átomo da espécie responsável pela coloração do
traço possui massa de 137 u e número de nêutrons
81, ou seja, 56 prótons (137 81). Trata-se do bário.
De acordo com a tabela:
Sal: cloreto de bário.
Distribuição eletrônica:
2 2 6 2 6 2 10 6 2 10 6 2
56Ba : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 5p 6s
.
Coloração característica: verde.
Resposta da questão 5:
[D]
Para garantir maior eficiência, o material usado na
fabricação de uma célula fotoelétrica deve ter baixa
energia de ionização, ou seja, os elétrons são liberados
com maior facilidade.
Resposta da questão 6:
[E]
   
   
  
  
2
20 20
2
16 16
X : 18 e 20 e 2 e Cálcio ( Ca).
Y : 18 e 16 e 2 e Enxofre ( S).
Resposta da questão 7:
[B]
2 2 6 2 6 2 1
21Sc 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d
Número quântico principal: 3.
Número quântico secundário: d 2.
Resposta da questão 8:
[D]
2 2 6 2 6
8
2 10 0
2 elétrons a menos30 elétrons
2 10 2
2 2 10
Ar : 1s 2s 2p 3s 3p 18 prótons
X : [Ar] 4s 3d 4p quarto período da tabela periódica
Para o germânio (Ge); Z 32 :
Ge : [Ar] 4s 3d 4p quarto período da tabela periódica
Ge : [Ar] 4s 3d




Resposta da questão 9:
[C]
O elétron de valência do tungstênio 184
74( W )
encontra-se no mesmo subnível que o elétron de
valência do sódio 23
11( Na ), ou seja, no subnível s:
2 2 6 1
elétron
de
valência
2 2 6 2 6 2 10 6 2 10 6 2 14 4
elétron
de
valênci
11
74
a
1s 2s 2p 3s
1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 5p
Na :
W : 6s 4f 5d

 
Resposta da questão 10:
[C]
Em 1916, Sommerfeld introduziu a ideia de que talvez
um nível de energia pudesse ser formado por elipses
excêntricas ou por círculos concêntricos. Isto quer
dizer que, quando um elétron se movimenta o núcleo
do átomo não precisa ser o centro geométrico desse
movimento. Sommerfeld aplicou a teoria da
relatividade de Einstein em seus estudos.
Resposta da questão 11:
[C]
No caso da Eugênia, o modelo atômico a qual se refere
é o de Thomson que ficou conhecido como “pudim de
passas” , modelo que introduziu a natureza elétrica da
matéria, pois para ele o átomo era uma esfera positiva
com cargas negativas incrustadas.
Para a estudante Lolita, a ideia de “cebola” remete a
ideia dos níveis de energia propostos por Rutherford-
Bohr.
Resposta da questão 12:
[D]
Falsa. O nióbio é um elemento de transição externa do
5oP da Tabela Periódica.
Falsa.
2 2 6 2 6 2 10 6 2 3
41
2
Nb 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d
C.V. = 5s = 2e

Falsa. O elétron de maior energia do átomo de nióbio,
no estado fundamental, encontra-se no subnível 4d .
Verdadeira. Uma liga metálica é uma solução sólida
formada por dois uma mais compostos químicos
unidos por ligações metálicas.
Resposta da questão 13:
[A]
[I] Correta. De acordo com o modelo atômico proposto
por Niels Böhr.
[II] Incorreta. As transições das camadas 2, 3, 4, 5 e 6
para a camada 1 correspondem às transições de
maior energia e se encontram na região do
ultravioleta do espectro.
[III] Incorreta. A transição 5 2 é a que libera maior
energia, assim as cores emitidas no espectro de
hidrogênio será:
5 2 : azul 4 2 : verde 3 2 :
vermelha
Resposta da questão 14:
ANULADA
Questão anulada no gabarito oficial.
A questão “confunde” teorias da mecânica clássica
com a teoria do orbital molecular sem deixar claro o
tipo de energia associada ao hidrogênio, deutério ou
íon He ,
por isso foi anulada.
A energia de qualquer orbital é dada por uma integral
conhecida como integral de Coulomb:
2
i iE H dvψ 
onde 2
i dvψ representa a probabilidade de o elétron
se encontrar no volume elementar dV.
O volume elementar (dV) do átomo separado é maior
do que o do átomo ligado, pois diminuem as forças
atrativas. Conclui-se que a soma do valor absoluto da
energia de dois átomos de hidrogênio infinitamente
separados é maior do que o valor absoluto da energia
da molécula 2H .
O conhecimento aqui cobrado está além da
programação.
A partir da teoria do orbital molecular (TOM) conclui-
se que o valor absoluto da energia da molécula de 2H ,
no seu estado de mínima energia, é menor do que o
valor absoluto da soma das energias de dois átomos de
hidrogênio infinitamente separados.
A quantidade de energia liberada quando um átomo
isolado, no estado gasoso e no estado fundamental
recebe um elétron é denominada energia de afinidade,
afinidade eletrônica ou eletroafinidade.
Como já existe um elétron no orbital do hidrogênio, o
valor da energia liberada é afetado pela repulsão
elétron-elétron.
Energia de
afinidade
ou
Afinidade
eletrônica
H(g) 1 e H (g) E.A 
  
O valor absoluto da afinidade eletrônica do átomo de
hidrogênio é igual a 0,7277 eV (Valor de H. Hotop e
W. C. Lineberger, Binding energies in atomic negative
íons, II, Journal of Physical and Chemical Reference
Data, 14, 731-750, 1985).
O valor absoluto da soma das energias de dois átomos
de deutério, infinitamente separados, é praticamente
igual ao valor absoluto da soma das energias de dois
átomos de hidrogênio infinitamente separados, pois a
energia orbital é praticamente a mesma.
Resposta da questão 15:
[D]
Isótopos do hidrogênio (H) :
1
1
1
2
1
3
H: possui 1 próton e 1 elétron.
H: possui 1 próton e 1nêutron e 1 elétron.
H: possui 1 próton e 2 nêutrons e 1 elétron.
Resposta da questão 16:
[C]
O sódio e o rubídio estão localizados no grupo 1
(família IA).
Elementos químicos posicionados no mesmo grupo ou
família apresentam propriedades químicas
semelhantes.
Resposta da questão 17:
[B]
- A massa de um átomo de oxigênio é 23
2,67 10 g
 :
23
6 10 átomos de oxigênio 16 g
1átomo de oxigênio (1átomo)
23
(1átomo) 23
m
16 1
m 2,67 10 g
6 10

  

- A massa de um átomo de oxigênio é,
aproximadamente, 1,33 vezes maior que um átomo
de 12
C.
O 16 u
C 12 u
16 u
Razão 1,33
12 u


 
- O átomo de oxigênio possui 8 elétrons em sua
eletrosfera, pois possui 8 prótons, ou seja, seu
número atômico é 8.
- A massa de um átomo de bromo é 5 vezes maior que
a massa de um átomo de oxigênio.
Br 80 u
O 16 u
80 u
Razão 5
17 u


 
Resposta da questão 18:
[D]
A diminuição do raio atômico num período contribui
para que os elétrons fiquem mais fortemente ligados
ao átomo. Com isso ocorre um aumento da energia de
ionização, em um período, conforme a quantidade de
prótons no núcleo (número atômico) aumenta, ou
seja, da esquerda para a direita na tabela periódica.
Ao analisarmos um grupo ou família verificamos que,
conforme o número de camadas diminui, maior é a
atração do núcleo sobre os elétrons, ou seja, quanto
menor o número de camadas, maior a energia de
ionização.
Conclusão: a energia de ionização cresce da esquerda
para direita e de baixo para cima na tabela periódica.
Resposta da questão 19:
[E]
[A] Incorreta. A reação que ocorre será:
2 32A 3I 2A I ,  somente o produto desta
reação forma ligações iônicas.
[B] Incorreta. Cada metal emite luz em um
comprimento de onda específico, portanto, em
cores diferentes.
[C] Incorreta. A reação entre o iodo e o alumínio forma
o iodeto de alumínio: 2 32A 3I 2A I . 
[D] Incorreta. A fumaça violeta é devido a sublimação
do iodo.
[E] Correta. A luz branca provém da emissão de
energia em forma de luz, advindos dos elétrons
excitados ao retornarem para o estado fundamental.
Resposta da questão 20:
[B]
Na tabela periódica fornecida na prova, verifica-se que
a posição do tungstênio é: sexto período e quarta
coluna B ou sexto grupo. Sua distribuição final é dada
por 2 coluna B
ns (n 1)d , onde n equivale ao número
quântico principal associado à camada de valência ou
período.
Então: 2 4
6s 5d .
Conclusão: o tungstênio possui dois elétrons na
camada de valência.
Resposta da questão 21:
[C]
Para Böhr cada linha do espectro do hidrogênio
corresponde a uma transição específica
“descendente”, ou seja, do estado “excitado” para um
estado de energia mais baixo.
Considerando o modelo de Böhr, criado a partir do
hidrogênio, os diferentes espectros atômicos podem
ser explicados em função das diferentes transições
eletrônicas, que variam de elemento para elemento.
Resposta da questão 22:
ANULADA
Gabarito Oficial: [D]
Gabarito SuperPro®: ANULADA
A questão não tem resposta porque cobra grupos
funcionais que não estão presentes no conteúdo
programático do ensino médio e, também, pela
abordagem equivocada do comprimento de onda
associado à cor presente no esquema fornecido no
enunciado.
Cálculo do comprimento de onda:
velocidade frequênciacomprimento
de onda
3 14 1
11 7
v f
m
300.000 10 4,8 10 s
s
62.500 10 m 6,25 10 m
625 nm
λ
λ
λ
λ

 
 
   
   

De acordo com o espectro de luz visível: vermelho.
luciferase
2 (4Luciferina O Oxiluciferina* Oxiluciferina hv   
625 nm está fora da faixa fornecida no enunciado,
porém, aproximadamente, corresponderia à
oxiluciferina (ceto).
De acordo com o enunciado o ânion tem fórmula
estrutural:
Fórmula molecular da forma aniônica (sem a colocação
da carga):
10 5 2 2 2C H N O S
Resposta da questão 23:
[B]
[A] Incorreta. O fósforo para fazer essa ligação precisa
ter 5 elétrons desemparelhados, assim um elétron
do orbital s migra para o orbital 3d.
[B] Correta.
[C] Incorreta. O átomo de enxofre possui número de
oxidação -2.
[D] Incorreta. A estrutura do Paraquat apresenta dois
anéis heteroaromáticos.
Resposta da questão 24:
[A]
O fenômeno observado é explicado pela luminescência
que consiste na emissão de luz de uma substancia
quando submetida a um estímulo como a luz ou uma
reação química, no caso entre a proteína e o cálcio em
pH neutro.
Resposta da questão 25:
[D]
Um elemento bivalente é aquele que perdeu 2e
da
sua camada de valência, assim, para as configurações
eletrônicas dadas, tem-se os níveis s e p, que para
estar completo, devem apresentar 2 2
ns np ,
analisando as alternativas teremos:
[A] Incorreta: 2 1
2s 2p  camada de valência com 3
elétrons, faltam cinco.
[B] Incorreta: 2 3
2s 2p  camada de valência com 5
elétrons, faltam três.
[C] Incorreta: 2 5
2s 2p  camada de valência com 7
elétrons, falta um.
[D] Correta: 2 4
3s 3p  camada de valência com 6
elétrons, faltam dois.
[E] Incorreta: 2 6
3s 3p  camada de valência com 8
elétrons, não falta nenhum.
Resposta da questão 26:
[E]
Análise das afirmações:
[A] Incorreta. Todos os isótopos do ferro são capazes
de formar cátion 2
Fe .
[B] Incorreta. Ferro alfa: ferro puro com arranjo cúbico
de corpo centrado.
Ferro gama: ferro puro com arranjo cúbico de face
centrada.
[C] Incorreta. Os cátions 2
Fe 
ou 3
Fe 
são originados
de átomos de ferro com os mesmos números
atômicos (Z = 26).
[D] Incorreta. Tanto o Feα como o Feγ originam os
cátions 2 3
Fe e Fe . 
[E] Correta. Os diferentes isótopos do ferro podem ser
encontrados tanto no Feα como no Fe .γ
Resposta da questão 27:
[C]
nível 1: completo 2
1s
nível 2: completo 2 6
2s 2p
nível 3: 8 elétrons 2 6
3s 3p
nível 4: 2 elétrons 2
4s
Assim, teremos a seguinte configuração eletrônica:
2 2 6 2 6 2
20
1s 2s 2p 3s 3p 4s 20 elétrons
Ca

Resposta da questão 28:
[A]
[A] Correta. Os modelos desenvolvidos pelos cientistas
Murray Gell-Man (EUA) e Georg Zweig (Alemanha)
levaram a constatação da existência de
subpartículas atômicas: quarks, léptons e bósons.
[B] Incorreta. John Joseph Thomson, James Chadwick e
Eugen Goldstein, desenvolveram os modelos de
elétrons, nêutrons e prótons.
[C] Incorreta. Os modelos de neutrinos e pósitrons
foram desenvolvidos por Wolfgang Pauli, Paul Dirac
e Carl David Anderson.
[D] Incorreta. O modelo de núcleo e eletrosfera foram
apresentados por Ernest Rutherford e Niels Bohr.
[E] Incorreta. O modelo de fótons foi desenvolvido por
Gilbert N. Lewis.
Resposta da questão 29:
[E]
X transforma-se em um elemento estável Y após
reações de desintegração radioativa com emissão de
radiação ,α radiação β negativa e radiação :γ
0A A' 4 0
Z Z' 2 01
(A' 4w) 0A' 4 0
Z' 2 0(Z' 2w t) 1
0
0
X Y w t
Então,
X Y w t
Diferença do número de massa de X e Y (A' 4w) (A') 4w.
A emissão não altera o número atômico de Y, pois .
Diferença do número atômico de X e Y (Z' 2w t)
α β γ
α β γ
γ γ


  
   
   
    

   
(Nêutrons X e Y)
(Z') 2w t.
X e Y não são isótonos :
Número de nêutrons de X (A' 4w) (Z' 2w t) A' Z' 2w t
Número de nêutrons de Y A' Z'
Número de nêutrons de X Número de nêutrons de Y.
(A' Z' 2w t) (A' Z') 2w t.Δ
  

        
 

        
Resposta da questão 30:
[D]
O material mais eficiente para a fabricação do
dispositivo é o ferro, pois faz ligações metálicas que
apresentam elétrons livres.
Resposta da questão 31:
[D]
Para localizarmos uma partícula com a ajuda de um
fóton, deve haver uma colisão entre os dois. Um fóton
de comprimento de onda  possui um momento
hp ,

(h = constante de Planck) sendo que uma
fração qualquer do momento do fóton será transferida
para a partícula no instante da colisão. Logo, ao
determinarmos a posição da partícula com uma
precisão x   produzimos uma incerteza no seu
momento equivalente a hp . 

O produto dessas
incertezas é igual a hp x h.     

Esta dedução estabelece um limite na precisão com
que a posição e o momento de uma partícula podem
ser determinados simultaneamente. Utilizando
argumentos mais elaborados podemos obter a
equação precisa do princípio da incerteza:
hp x .
4
   

A determinação exata e simultânea da posição e do
momento é requisito necessário para descrevermos a
trajetória de uma partícula. Logo, pode-se inferir que
há um limite par a precisão com que podemos
conhecer a trajetória da mesma.
Fonte: Química um curso universitário,
Mahan e Myers.
Explorando um sistema massa-mola para representar
as moléculas diatômicas oscilando, vem:
2
Energia
potencial
2 2
Energia
total
x
V(x) k
2
x p
E k
2 2m

 
De acordo com a mecânica clássica, no estado de mais
baixa energia (0 K), x = 0 e p = 0. Isto é incompatível
com o princípio da incerteza.
Sendo assim, fazendo:
2 2
mínima (ponto zero)
x p
E k
2 2m
hp x
4
frequência angular de oscilação.
k
m
h
E
4
 
 
   

 
 



Análise das proposições:
[I] Incorreta. À temperatura de 0K, todas as moléculas
estarão no mesmo estado vibracional fundamental,
cujo número quântico vibracional, n, é igual a zero.
[II] Correta. À temperatura de 0K, todos os
osciladores estarão no estado vibracional
fundamental, cujo número quântico vibracional, n,
é igual a zero, pois a energia mínima será atingida.
[III] Incorreta. O movimento vibracional não cessa a
0K, senão o princípio de incerteza de Heisenberg
será violado mínima (ponto zero)
h
E
4
 
  
.
[IV] Correta. O movimento vibracional não cessa a 0K.
[V] Correta. S o movimento vibracional cessar,
poderemos medir a posição e o momento da molécula
ao mesmo tempo e isto viola o princípio da incerteza.
Resposta da questão 32:
[C]
Rutherford imaginou que o átomo seria composto por
um núcleo positivo e muito pequeno, hoje se sabe que
o tamanho do átomo varia de 10.000 a 100.000 vezes
maior do que o tamanho do seu núcleo. Ele também
acreditava que os elétrons giravam ao redor do núcleo
e neutralizavam a carga positiva do núcleo.
Considerando as reais grandezas do núcleo e da
eletrosfera do átomo, se comparadas às suas
representações na figura, o tamanho da eletrosfera
está desproporcional ao tamanho do núcleo.
Resposta da questão 33:
[B]
Para Thomson, cada átomo seria formado por uma
grande região positiva que concentraria a massa do
átomo e por elétrons que neutralizariam essa carga
positiva. Ou seja, teríamos uma esfera de carga
elétrica positiva dentro da qual estariam dispersos os
elétrons.
Resposta da questão 34:
[D]
s
n 4 (camada principal
0 (subcamada)
X : m 0
1m
2

 
 

  

camada principal: 4
subcamada: s (pois, s 0, p 1, d 2, f 3)   
0
0 11 elétron
2
 
Assim, teremos que o átomo X possui o elétron de
diferenciação: 2
4s . Portanto, sua distribuição
eletrônica, será:
2 2 6 2 6 2
1s 2s 2p 3s 3p 4s
nº atômico: 20
pertence ao 4º período da família 2A (metais
alcalinos terrosos).
s
n 5
1
Y: m 0
1m
2

 
 

  

camada principal: 5
subcamada: p (pois, s 0, p 1, d 2, f 3)   
1 0 1
1elétron
2
 
   
Assim, teremos que o átomo Y possui o elétron de
diferenciação 5
5p
2 2 6 2 6 2 10 6 2 10 5
1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 5p
nº atômico: 53
pertence ao 5º período da família 7A (família do
halogênios).
[A] Incorreta. O elemento X é metal alcalino terroso e
Y um halogênio.
[B] Incorreta. Os números atômicos serão 20 e 53,
respectivamente.
[C] Incorreta. O elemento X possui 2e
na C.V e Y
possui 7e
na C.V.
[D] Correta. O elemento X pertence a família 2A pode
doar 2e
e Y, da família 7A, recebe 1e
cada,
formando o composto: 2XZ .
Resposta da questão 35:
[A]
207
82 Pb; M.A. 207,2 u
207,2 u

100 %
x 42 %
x 87,024 u
207,2 u 87,024 u 294,224 u 294 u (Ununséptio)

  
Resposta da questão 36:
[A]
[A] Correta. A distribuição eletrônica do Nióbio será:
2 2 6 2 6 2 10 6 2 3
4Ni 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d
O elétron de diferenciação se localiza em 3
4d ,
penúltima camada da distribuição desse elemento
(última camada 2
5s ).
[B] Incorreta. O elemento químico Nióbio apresenta
seu elétron de diferenciação no subnível d,
portanto, trata-se de um elemento de transição.
[C] Incorreta. A eletronegatividade (tendência do
elemento em atrair elétrons) do Nióbio seria menor
que a do elemento Vanádio, pois a
eletronegatividade aumenta conforme o raio
atômico diminui, sendo assim, quanto maior o raio
atômico, menor será a atração do núcleo pelos
elétrons mais externos e consequentemente menor
a eletronegatividade, porém, consultando a tabela
de eletronegatividade proposta por Linus Pauling,
ambos possuem o mesmo valor de
eletronegatividade (1,6)
* Obs: sem a tabela de eletronegatividade seria
impossível para o aluno chegar a essa conclusão.
[D] Incorreta. De acordo com a distribuição eletrônica
desse elemento, ele pertence ao 5ºP, pois apresenta 5
camadas eletrônicas.
Resposta da questão 37:
[D]
Análise das afirmativas:
[I] Incorreta. O deutério pode sofrer fusão nuclear. A
água pesada é utilizada no resfriamento de reatores
nucleares.
[II] Correta. A água deuterada e a água pura 2(H O) são
substâncias compostas constituídas pelos mesmos
elementos químicos, ou seja, hidrogênio e oxigênio.
A diferença está na quantidade de nêutrons. O
hidrogênio leve ou prótio não tem nêutron, o
deutério tem um nêutron.
[III] Correta. A garrafa com água deuterada,
encontrada no laboratório de Bohr, tem massa
maior que uma garrafa idêntica contendo o
mesmo volume de água pura 2(H O).
1 2 16
1 1 8
2
2
H 1; D 2; O 16
H O 18
D O 20
  


Resposta da questão 38:
[B]
Para Thompson e Dalton o átomo não tinha
eletrosfera. Somente a partir do modelo de Rutherford
foi constatado que o átomo possuía um núcleo denso
e pequeno e os elétrons ficariam girando ao redor
desse núcleo na eletrosfera.
Este modelo foi aperfeiçoado por Niels Bohr que
afirmou que os elétrons giravam em níveis definidos
de energia.
Para Sommerfield a energia do elétron poderia ser
determinada pela distância em que se encontrava do
núcleo e pelo tipo de órbita que descreve.
Resposta da questão 39:
[D]
O elétron mais afastado do núcleo de um átomo de
potássio no estado fundamental apresenta número
quântico principal igual a quatro e número quântico
secundário igual a zero:
2 2 6 2 6 1
19
camada
de
valência
1
K : 1s 2s 2p 3s 3p 4s
4s
n 4 (número quântico principal)
0 (número quântico secundário ou azimutal)



Resposta da questão 40:
[B]
Teremos:
[1] As lâmpadas de vapor de sódio emitem uma luz
amarelada e são muito utilizadas em iluminação
pública.
[2] As lâmpadas halógenas apresentam uma maior
eficiência energética. Em algumas dessas lâmpadas,
ocorre, no interior do bulbo, uma série de reações
que podem ser denominadas ciclo do iodo (família
7A - halogênios).
[3] As lâmpadas fluorescentes são carregadas
internamente com gases inertes à baixa pressão como
o gás nobre argônio. Nesse caso, o tubo de vidro é
coberto internamente com um material à base de
fósforo que, quando excitado com a radiação gerada
pela ionização dos gases, produz luz visível.
Resposta da questão 41:
[E]
[A] Incorreta. Os átomos de um mesmo elemento têm
massas iguais e os átomos de elementos diferentes
têm massas diferentes, que não são aceitas nos
dias atuais, devido à existência de isótopos, onde
todos os átomos de um mesmo elemento não
apresenta a mesma massa.
[B] Incorreta. A subdivisão da eletrosfera em subníveis
foi sugerida por Sommerfield.
[C] Incorreta. No modelo “pudim de passas” proposto
por J.J. Thomson o pudim seriam os prótons e os
elétrons estariam incrustados no pudim,
representando as passas.
[D] Incorreta. Para Sommerfield, para cada camada
eletrônica (n) haveria uma órbita circular e (n 1)
órbitas elípticas com diferentes excentricidades.
Assim para a camada L (n 2), tem-se 1 órbita
circular e 1 órbita elíptica.
[E] Correta. Em um de seus postulados Bohr afirma
que quando um elétron absorve energia, ele salta para
uma camada mais afastada no núcleo, ao cessar a
energia, ele retorna a sua camada fundamental e
emite essa energia em forma de luz.
Resposta da questão 42:
[E]
Em temperaturas mais elevadas ocorre a emissão de
todos os comprimentos de onda (luz visível), logo
associa-se a cor branca.
Resposta da questão 43:
[E]
2
A 36 elétrons
A 2 e 36 e
A 38 e Z 38

 


 
  
Resposta da questão 44:
[B]
1
A 1s ; hidrogênio (H)
1
B 3s ; sódio (Na)
2 5
C 3s 3p ; cloro (C )
2 2
D 2s 2p ; carbono (C)
2 4
E 2s 2p ; oxigênio (O)
2
F 3s ; magnésio (Mg)
Análise das afirmações:
[I] Incorreta. O elemento A (hidrogênio) ao se ligar ao
elemento C (cloro), forma uma molécula.
[II] Correta. A substância química 2A E 2(H O) possui
geometria angular.
[III] Correta. Dos elementos acima representados, B
(sódio) é o que possui o maior raio atômico, pois
possui três camadas e menor número atômico do
que o magnésio (F).
[IV] Incorreta. A substância química 2DE 2(CO )
apresenta ligações covalentes polares (C O).
[V] Correta. O elemento F representa um metal do
terceiro período do grupo 2 (magnésio).
Resposta da questão 45:
[E]
Teremos:
Carga da
partícula
2
X
2 18 z
z 16 (enxofre)

   
 
2
A
2 18 z'
z' 20 (cálcio)

   
 
positiva
16 prótons =
enxofre
20 prótons =
cálcio
negativa
18 elétrons =
anion bivalente
18 elétrons =
cátion bivalente
Resposta da questão 46:
[B]
Teremos:
2 1 1
x y z
2 2 6 2 4
16
3p 3p 3p
S : 1s 2s 2p 3s 3p
  
Resposta da questão 47:
Sem resposta.
Gabarito Oficial: [D]
Gabarito SuperPro®: Sem resposta.
O cobre está localizado no quarto período da família
1B (transição externa) e sua configuração eletrônica é:
2 2 6 2 6 2 9
29Cu 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d
Porém, elementos cuja distribuição terminam em 9
d ,
como o caso do cobre, sofrem um "rearranjo"
eletrônico. Como subníveis 4s e 3d possuem
quantidades de energia próximas, um elétron do
subnível s salta para o subnível d (salto quântico)
tornando o átomo mais estável. Assim sua
configuração eletrônica final será:
2 2 6 2 6 1 10
29Cu 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d (não há alternativa
que contemple essa distribuição para o átomo de
cobre).
Resposta da questão 48:
[E]
A partir das suas descobertas científicas, Niels Böhr
propôs cinco postulados:
1º) Um átomo é formado por um núcleo e por elétrons
extranucleares, cujas interações elétricas seguem a
lei de Coulomb.
2º) Os elétrons se movem ao redor do núcleo em
órbitas circulares.
3º) Quando um elétron está em uma órbita ele não
ganha e nem perde energia, dizemos que ele está
em uma órbita discreta ou estacionária ou num
estado estacionário.
4º) Os elétrons só podem apresentar variações de
energia quando saltam de uma órbita para outra.
5º) Um átomo só pode ganhar ou perder energia em
quantidades equivalentes a um múltiplo inteiro
(quanta).
Resposta da questão 49:
[A]
[I] Correta. O ácido fosfórico presente em refrigerante
do tipo “cola” possui 3 hidrogênios ionizáveis e sua
fórmula é 3 4H PO .
[II] Correta. O ferro essencial para o combate a
anemia, possui a configuração eletrônica:
2 2 6 2 6 2 6
26Fe 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d .
[III] Incorreta. A reação entre o bicarbonato de sódio e
o ácido cítrico:
3 8 6 7 2 2 3 6 5 73NaHCO H C O 3CO 3H O Na C H O ,   
é uma reação de neutralização
(sal ácido base sal água)  
[IV] Incorreta. A adição de sal água faz com que a
quantidade de partículas dissolvidas seja maior, o que
eleva o ponto de ebulição da mistura. A mistura de
água e cloreto de sódio é homogênea composta, onde
cada composto é formado por 2 elementos químicos.
Resposta da questão 50:
[A]
2 2 6 2 6 2 10 6 1 10
47
2 2 6 2 6 2 10 6 10
47
2 2 6 2 6 2 10 6 2 10 5
53
2 2 6 2 6 2 10 6 2 10 6
53
Ag : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d
Ag : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 4d 46 elétrons
I: 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 5p
I : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 5p 54 elétrons




Resposta da questão 51:
[E]
[A] Incorreta. O íon 2
Fe ,
perde 2e-
, da camada de
valência, portanto, sua distribuição eletrônica será:
2 2 6 2 62 2
26 1s ,2s ,2p ,3s ,3 sF pe ,4
 6
2 2 6 2
26
62 6
,3d
1s ,2sFe ,2p ,3s ,3p ,3d

[B] Incorreta. O ácido carbônico sofre ionização
provocada pela água e não dissociação iônica.
[C] Incorreta. O ácido sulfídrico apresenta geometria
angular, pois apresenta pares de elétrons
disponíveis e a amônia 3(NH ) possui geometria
piramidal.
[D] Incorreta. Ambas as espécies são apolares, pois
devido a geometria do 2CO ser linear e o 4CH
apresentar geometria tetraédrica, teremos: R 0,μ 
resultando numa molécula apolar em ambos os
casos.
[E] Correta. A junção do cátion 2
Fe 
com o ânion
2
4SO ,
formará o composto: 4FeSO , sulfato de ferro
II ou sulfato ferroso.
Resposta da questão 52:
[C]
Números de nêutrons dos núcleos do hidrogênio, do
deutério, do isótopo leve de hélio e do hélio:
1
1
2
1
3
2
4
2
H : 1próton; 1 elétron; 0 nêutron.
H : 1próton; 1 elétron; 1nêutron (2 1).
He : 2 prótons; 2 elétrons; 1nêutron (3 2).
He : 2 prótons; 2 elétrons; 2 nêutrons (4 2).



Resposta da questão 53:
[B]
Um fabricante necessita escolher um dentre os três
filtros orgânicos apresentados cujo máximo de
absorção ocorra na região do UVA :
O filtro solar a ser escolhido é o 3.
Resposta da questão 54:
[B]
Rutherford deduziu que para ocorrer um desvio
acentuado de uma partícula alfa deveria existir um
núcleo compacto, positivo e com massa elevada no
interior do átomo.
Se o núcleo do átomo fosse constituído por elétrons as
partículas alfa, que tem massa muito maior,
removeriam esse núcleo ao invés de se desviarem.
Rutherford imaginou que o átomo seria composto por
um núcleo positivo e muito pequeno, hoje se sabe que
o tamanho do átomo varia de 10.000 a 100.000 vezes
maior do que o tamanho do seu núcleo. Ele também
acreditava que os elétrons giravam ao redor do núcleo
e neutralizavam a carga positiva do núcleo.
Resposta da questão 55:
[D]
O momento angular do elétron (momento angular 
mvr) deve ser quantizado em unidades
h
.
2π
Isto pode
ser escrito assim:
n h
m v r
2
n h
Momento angular
2
π
π

  


onde n é um número inteiro chamado número
quântico principal.
Então para a quinta órbita, ou seja, n = 5, teremos:
5 h 2,5h
Momento angular .
2π π

 
Resposta da questão 56:
[C]
O menor número de massa de um isótopo estável de
um metal é igual a seis:
Resposta da questão 57:
[E]
Teremos:
2 2 6 2 6 2 10 6 2 2
40
4 2 2 6 2 6 2 10 4 2
40
2 2 1
5
2 1
Zr : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 40 prótons
Zr : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 4d 36 elétrons
B : 1s 2s 2p
Camada de valência : 2s 2p (3 elétrons)



Resposta da questão 58:
[C]
A partir das suas descobertas científicas, Niels Böhr
propôs cinco postulados:
1º) Um átomo é formado por um núcleo e por elétrons
extranucleares, cujas interações elétricas seguem a
lei de Coulomb.
2º) Os elétrons se movem ao redor do núcleo em
órbitas circulares.
3º) Quando um elétron está em uma órbita ele não
ganha e nem perde energia, dizemos que ele está
em uma órbita discreta ou estacionária ou num
estado estacionário.
4º) Os elétrons só podem apresentar variações de
energia quando saltam de uma órbita para outra.
5º) Um átomo só pode ganhar ou perder energia em
quantidades equivalentes a um múltiplo inteiro
(quanta).
O modelo de Böhr serviu de base sólida para o
desenvolvimento dos modelos e conceitos atuais sobre
a estrutura do átomo.
Resposta da questão 59:
Sem resposta.
Gabarito Oficial: [D]
Gabarito SuperPro®: Sem resposta.
O paramagnetismo existente na molécula 2O não
pode ser explicado pela teoria das valências, pois esta
teoria, assim como a teoria das estruturas de Lewis,
não consegue explicar este fenômeno.
Resposta da questão 60:
[D]
De acordo com o modelo de Böhr, a luz é emitida
como consequência do retorno dos elétrons excitados
para um nível inferior de energia onde a estabilidade é
maior.
Observação teórica:
Postulados de Böhr
1º) Um átomo é formado por um núcleo e por elétrons
extranucleares, cujas interações elétricas seguem a
lei de Coulomb.
2º) Os elétrons se movem ao redor do núcleo em
órbitas circulares.
3º) Quando um elétron está em uma órbita ele não
ganha e nem perde energia, dizemos que ele está
em uma órbita discreta ou estacionária ou num
estado estacionário.
4º) Os elétrons só podem apresentar variações de
energia quando saltam de uma órbita para outra.
5º) Um átomo só pode ganhar ou perder energia em
quantidades equivalentes a um múltiplo inteiro
(quanta).
Resposta da questão 61:
[A]
Como não podem existir dois elétrons num mesmo
átomo que apresentem os mesmos estados
energéticos, concluímos que todos os elétrons de um
átomo são diferentes de algum modo. Esta afirmação
é conhecida como princípio da exclusão de Pauli.
“Não existem dois elétrons num átomo que possuam
os mesmos valores para todos os números quânticos,
pelo menos um deles é diferente”.
O princípio de Pauli está em consonância com a
impenetrabilidade.
De acordo com os pré-socráticos a impenetrabilidade
pode ser descrita da seguinte maneira: dois corpos não
podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo.
Resposta da questão 62:
[E]
[A] Incorreta. A estrutura geométrica da amônia é
trigonal piramidal.
[B] Incorreta. O fósforo (P) pertence ao grupo XV da
tabela periódica, portanto não pertence a família
dos calcogênios e o composto PH3 é classificado
como um hidreto.
[C] Incorreta. Apesar do potássio (K) ser um metal
alcalino, sua base KOH é forte, como todas as bases
formadas por elementos do 1ºgrupo.
[D] Incorreta. A configuração eletrônica do potássio
será:
2 2 6 2 6 1
19K 1s 2s 2p 3s 3p 4s
[E] Correta. A eletronegatividade aumenta de baixo
para cima em um grupo, inversamente ao raio
atômico, pois quanto maior o raio menor a atração dos
elétrons que ficam mais afastados e menor a
eletronegatividade. Portanto, o nitrogênio (N) será
mais eletronegativo que o fósforo (P).
Resposta da questão 63:
[A]
O elemento químico ferro possui dois estados de
oxidação: o 2
Fe 
e o 3
Fe .
56 2 2 6 2 6 2 6
26
56 2 2 2 6 2 6 6
26
56 2 2 2 6 2 6 5
26
Fe : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d
Fe : 1s 2s 2p 3s 3p 3d
Fe : 1s 2s 2p 3s 3p 3d


Resposta da questão 64:
[E]
[A] Incorreta. Embora o estanho branco seja
simbolizado por Sn ,β e o estanho cinza por
Sn ,α o texto não menciona o fato de serem
radioativos.
[B] Incorreta. Não há incidência de partículas α sobre
o átomo de Sn para que ela sofra uma transição na
sua estrutura.
[C] Incorreta. Ocorre a influência da temperatura sobre
os isótopos de estanho.
[D] Incorreta. Não ocorre transformação em outro
elemento químico. O Sn apenas muda sua
estrutura.
[E] Correta. Trata-se de substâncias simples do Sn, que
são alótropos desse elemento.
Resposta da questão 65:
[A]
A partícula beta equivale ao elétron.
Resposta da questão 66:
[D]
A partir das suas descobertas científicas, Niels Böhr
propôs cinco postulados:
1º) Um átomo é formado por um núcleo e por elétrons
extranucleares, cujas interações elétricas seguem a
lei de Coulomb.
2º) Os elétrons se movem ao redor do núcleo em
órbitas circulares.
3º) Quando um elétron está em uma órbita ele não
ganha e nem perde energia, dizemos que ele está
em uma órbita discreta ou estacionária ou num
estado estacionário.
4º) Os elétrons só podem apresentar variações de
energia quando saltam de uma órbita para outra.
5º) Um átomo só pode ganhar ou perder energia em
quantidades equivalentes a um múltiplo inteiro
(quanta).
Resposta da questão 67:
[D]
Análise das afirmações:
[A] Falsa. Uma molécula emite ou absorve energia
apenas quando permanece em vários estados
quânticos.
[B] Falsa. A teoria quântica foi elaborada pelo cientista
Max Planck, que é considerado o “pai” da física
quântica.
[C] Falsa. Segundo a teoria quântica, um corpo negro
emite ondas eletromagnéticas na faixa do
infravermelho.
[D] Verdadeira. São resultados práticos do estudo de
química quântica: os aparelhos de CD e DVD, o
controle remoto, os equipamentos de ressonância
magnética e os microcomputadores, pois utilizam
ondas eletromagnéticas e as variações de estado
quântico de energia.
Resposta da questão 68:
[C]
As configurações eletrônicas dos íons Zn2+
e Br-
são
respectivamente:
2 2 6 2 6 2 10
30
2 2 2 6 2 6 10
30
2 2 6 2 6
18
2 10
30
2 2 6 2 6 2 10 5
35
2 2 6 2 6 2 10 6
35
2 2 6 2 6 10
18
2 10 6
35
Zn : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d
Zn : 1s 2s 2p 3s 3p 3d
Ar : 1s 2s 2p 3s 3p
Zn : [Ar] 3d
Br : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p
Br : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p
Ar : 1s 2s 2p 3s 3p 3d
Br : [Ar] 4s 3d 4p




A primeira energia de ionização do átomo de Zn é
menor (menor carga nuclear) do que a do átomo de Br
(maior carga nuclear).
Resposta da questão 69:
[B]
2
2 8 1 1
2 2 16
2 1 8
H O possui O H H 10 prótons 10 elétrons
H O 2 H O 2 1 8 10 nêutrons
   
      
Número de massa:
2 2 16
2 1 8H O 2 H O 2 2 16 20.      
Resposta da questão 70:
[A]
Böhr intuiu que deveriam existir muitos comprimentos
de onda diferentes, desde a luz visível até a invisível.
Ele deduziu que estes comprimentos de onda
poderiam ser quantizados, ou seja, um elétron dentro
de um átomo não poderia ter qualquer quantidade de
energia, mas sim quantidades específicas e que se um
elétron caísse de um nível de energia quantizado (nível
de energia constante) para outro ocorreria a liberação
de energia na forma de luz num único comprimento de
onda.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
Charles Qmc
 
Lista de exercícios estrutura atômica
Lista de exercícios estrutura atômicaLista de exercícios estrutura atômica
Lista de exercícios estrutura atômica
Nai Mariano
 
Ligações interatômicas
Ligações interatômicasLigações interatômicas
Ligações interatômicas
Bio Sem Limites
 
Modelo atómico exerccios 2
Modelo atómico exerccios 2Modelo atómico exerccios 2
Modelo atómico exerccios 2
Fidel Fernandes Teixeira
 
Teoria do campo cristalino
Teoria do campo cristalinoTeoria do campo cristalino
Teoria do campo cristalino
Fernando Santos
 
Atividade atomística 2 bim 1 ano
Atividade atomística 2 bim 1 anoAtividade atomística 2 bim 1 ano
Atividade atomística 2 bim 1 ano
Escola Pública/Particular
 
Avaliação 9º ano liceu batalha 3 bim
Avaliação 9º ano liceu batalha   3 bimAvaliação 9º ano liceu batalha   3 bim
Avaliação 9º ano liceu batalha 3 bim
Liceu Municipal de Maracanaú
 
8. tabela periódica
8. tabela periódica8. tabela periódica
8. tabela periódica
Rebeca Vale
 
Lista de exercícios ligações químicas
Lista de exercícios   ligações químicasLista de exercícios   ligações químicas
Lista de exercícios ligações químicas
Profª Alda Ernestina
 
Exercícios de recuperação do 3º ano 1º bim
Exercícios de recuperação do 3º ano 1º bimExercícios de recuperação do 3º ano 1º bim
Exercícios de recuperação do 3º ano 1º bim
blogprofbento
 
Exercícios complementares sobre reação
Exercícios complementares sobre reaçãoExercícios complementares sobre reação
Exercícios complementares sobre reação
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
Lista de exercicios reações de oxidação e redução
Lista de exercicios   reações de oxidação e reduçãoLista de exercicios   reações de oxidação e redução
Lista de exercicios reações de oxidação e redução
Profª Alda Ernestina
 
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdfLista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Gabriela Almas
 
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOS
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOSEXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOS
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOS
Helena Aragão De Sá Martins
 
Lista de exercícios propriedades periódicas e aperiódicas
Lista de exercícios propriedades periódicas e aperiódicasLista de exercícios propriedades periódicas e aperiódicas
Lista de exercícios propriedades periódicas e aperiódicas
Juliane Froncheti de Moura
 
Lista de exercícios I Modelos Atômicos
Lista de exercícios I Modelos AtômicosLista de exercícios I Modelos Atômicos
Lista de exercícios I Modelos Atômicos
Carlos Priante
 
Prova de recuperação ciências 9 ano pronta
Prova de recuperação  ciências   9 ano prontaProva de recuperação  ciências   9 ano pronta
Prova de recuperação ciências 9 ano pronta
Tâmara Maria Rodrigues
 
Mistura de soluções
Mistura de soluçõesMistura de soluções
Mistura de soluções
Allef Sousa Silva
 
Funções Inorgânicas
Funções InorgânicasFunções Inorgânicas
Funções Inorgânicas
loirissimavivi
 
Lista de exercícios polaridade, geometria molecular e forças intermoleculares
Lista de exercícios   polaridade, geometria molecular e forças intermolecularesLista de exercícios   polaridade, geometria molecular e forças intermoleculares
Lista de exercícios polaridade, geometria molecular e forças intermoleculares
Profª Alda Ernestina
 

Mais procurados (20)

Estrutura atômica
Estrutura atômicaEstrutura atômica
Estrutura atômica
 
Lista de exercícios estrutura atômica
Lista de exercícios estrutura atômicaLista de exercícios estrutura atômica
Lista de exercícios estrutura atômica
 
Ligações interatômicas
Ligações interatômicasLigações interatômicas
Ligações interatômicas
 
Modelo atómico exerccios 2
Modelo atómico exerccios 2Modelo atómico exerccios 2
Modelo atómico exerccios 2
 
Teoria do campo cristalino
Teoria do campo cristalinoTeoria do campo cristalino
Teoria do campo cristalino
 
Atividade atomística 2 bim 1 ano
Atividade atomística 2 bim 1 anoAtividade atomística 2 bim 1 ano
Atividade atomística 2 bim 1 ano
 
Avaliação 9º ano liceu batalha 3 bim
Avaliação 9º ano liceu batalha   3 bimAvaliação 9º ano liceu batalha   3 bim
Avaliação 9º ano liceu batalha 3 bim
 
8. tabela periódica
8. tabela periódica8. tabela periódica
8. tabela periódica
 
Lista de exercícios ligações químicas
Lista de exercícios   ligações químicasLista de exercícios   ligações químicas
Lista de exercícios ligações químicas
 
Exercícios de recuperação do 3º ano 1º bim
Exercícios de recuperação do 3º ano 1º bimExercícios de recuperação do 3º ano 1º bim
Exercícios de recuperação do 3º ano 1º bim
 
Exercícios complementares sobre reação
Exercícios complementares sobre reaçãoExercícios complementares sobre reação
Exercícios complementares sobre reação
 
Lista de exercicios reações de oxidação e redução
Lista de exercicios   reações de oxidação e reduçãoLista de exercicios   reações de oxidação e redução
Lista de exercicios reações de oxidação e redução
 
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdfLista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
 
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOS
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOSEXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOS
EXERCÍCIOS DA APOSTILA "MODELOS ATÔMICOS" - 2º ANOS
 
Lista de exercícios propriedades periódicas e aperiódicas
Lista de exercícios propriedades periódicas e aperiódicasLista de exercícios propriedades periódicas e aperiódicas
Lista de exercícios propriedades periódicas e aperiódicas
 
Lista de exercícios I Modelos Atômicos
Lista de exercícios I Modelos AtômicosLista de exercícios I Modelos Atômicos
Lista de exercícios I Modelos Atômicos
 
Prova de recuperação ciências 9 ano pronta
Prova de recuperação  ciências   9 ano prontaProva de recuperação  ciências   9 ano pronta
Prova de recuperação ciências 9 ano pronta
 
Mistura de soluções
Mistura de soluçõesMistura de soluções
Mistura de soluções
 
Funções Inorgânicas
Funções InorgânicasFunções Inorgânicas
Funções Inorgânicas
 
Lista de exercícios polaridade, geometria molecular e forças intermoleculares
Lista de exercícios   polaridade, geometria molecular e forças intermolecularesLista de exercícios   polaridade, geometria molecular e forças intermoleculares
Lista de exercícios polaridade, geometria molecular e forças intermoleculares
 

Semelhante a Lista de Exercícios de Atomística

Lista de Exercícios: Distribuição Eletrônica e Tabela Periódica
Lista de Exercícios: Distribuição Eletrônica e Tabela PeriódicaLista de Exercícios: Distribuição Eletrônica e Tabela Periódica
Lista de Exercícios: Distribuição Eletrônica e Tabela Periódica
Hebertty Dantas
 
Teste nº 4 FQ
Teste nº 4 FQTeste nº 4 FQ
Teste nº 4 FQ
Dorina Mendonça
 
Exercícios sobre atomística
Exercícios sobre atomísticaExercícios sobre atomística
Exercícios sobre atomística
Julio Filho
 
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTARGABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
Claudia Cinara Braga
 
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTARGABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
Claudia Cinara Braga
 
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar
ExercciosderevisoparaavaliaosuplementarExercciosderevisoparaavaliaosuplementar
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabarito
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabaritoExercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabarito
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabarito
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabarito
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabaritoExercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabarito
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabarito
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
Apostila exerc-cios de qu-mica geral
Apostila   exerc-cios de qu-mica geralApostila   exerc-cios de qu-mica geral
Apostila exerc-cios de qu-mica geral
Jefferson David Souza
 
Exercícios de revisão para avaliação suplementar
Exercícios de revisão para avaliação suplementarExercícios de revisão para avaliação suplementar
Exercícios de revisão para avaliação suplementar
Claudia Cinara Braga
 
Lista de vestibulares 02
Lista de vestibulares 02Lista de vestibulares 02
Lista de vestibulares 02
Leonardo Carneiro
 
Lista de vestibulares 02
Lista de vestibulares 02Lista de vestibulares 02
Lista de vestibulares 02
Leonardo Carneiro
 
Modelo de bohr e aplicações atualizado
Modelo de bohr e aplicações   atualizadoModelo de bohr e aplicações   atualizado
Modelo de bohr e aplicações atualizado
profaugustosergio
 
Aula 05 modelo atômico de bohr diagrama de pauling
Aula 05 modelo atômico  de bohr   diagrama de paulingAula 05 modelo atômico  de bohr   diagrama de pauling
Aula 05 modelo atômico de bohr diagrama de pauling
Colegio CMC
 
Lista 5 2014
Lista 5   2014Lista 5   2014
Lista 5 2014
profNICODEMOS
 
137
137137
CfSd 2016 química 2
CfSd 2016   química 2CfSd 2016   química 2
CfSd 2016 química 2
profNICODEMOS
 
Exercícios química geral_aula_i4
Exercícios química geral_aula_i4Exercícios química geral_aula_i4
Exercícios química geral_aula_i4
Alessandro Bastos
 
Exercicios química geral
Exercicios química geralExercicios química geral
Exercicios química geral
Uilson Alves
 
582459657.estrutura atomica(pafor)
582459657.estrutura atomica(pafor)582459657.estrutura atomica(pafor)
582459657.estrutura atomica(pafor)
Ricardo França
 

Semelhante a Lista de Exercícios de Atomística (20)

Lista de Exercícios: Distribuição Eletrônica e Tabela Periódica
Lista de Exercícios: Distribuição Eletrônica e Tabela PeriódicaLista de Exercícios: Distribuição Eletrônica e Tabela Periódica
Lista de Exercícios: Distribuição Eletrônica e Tabela Periódica
 
Teste nº 4 FQ
Teste nº 4 FQTeste nº 4 FQ
Teste nº 4 FQ
 
Exercícios sobre atomística
Exercícios sobre atomísticaExercícios sobre atomística
Exercícios sobre atomística
 
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTARGABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
 
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTARGABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
GABARITO EXERCÍCIOS SUPLEMENTAR
 
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar
ExercciosderevisoparaavaliaosuplementarExercciosderevisoparaavaliaosuplementar
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar
 
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabarito
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabaritoExercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabarito
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabarito
 
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabarito
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabaritoExercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabarito
Exercciosderevisoparaavaliaosuplementar gabarito
 
Apostila exerc-cios de qu-mica geral
Apostila   exerc-cios de qu-mica geralApostila   exerc-cios de qu-mica geral
Apostila exerc-cios de qu-mica geral
 
Exercícios de revisão para avaliação suplementar
Exercícios de revisão para avaliação suplementarExercícios de revisão para avaliação suplementar
Exercícios de revisão para avaliação suplementar
 
Lista de vestibulares 02
Lista de vestibulares 02Lista de vestibulares 02
Lista de vestibulares 02
 
Lista de vestibulares 02
Lista de vestibulares 02Lista de vestibulares 02
Lista de vestibulares 02
 
Modelo de bohr e aplicações atualizado
Modelo de bohr e aplicações   atualizadoModelo de bohr e aplicações   atualizado
Modelo de bohr e aplicações atualizado
 
Aula 05 modelo atômico de bohr diagrama de pauling
Aula 05 modelo atômico  de bohr   diagrama de paulingAula 05 modelo atômico  de bohr   diagrama de pauling
Aula 05 modelo atômico de bohr diagrama de pauling
 
Lista 5 2014
Lista 5   2014Lista 5   2014
Lista 5 2014
 
137
137137
137
 
CfSd 2016 química 2
CfSd 2016   química 2CfSd 2016   química 2
CfSd 2016 química 2
 
Exercícios química geral_aula_i4
Exercícios química geral_aula_i4Exercícios química geral_aula_i4
Exercícios química geral_aula_i4
 
Exercicios química geral
Exercicios química geralExercicios química geral
Exercicios química geral
 
582459657.estrutura atomica(pafor)
582459657.estrutura atomica(pafor)582459657.estrutura atomica(pafor)
582459657.estrutura atomica(pafor)
 

Mais de Hebertty Dantas

Diagrama de fases e Pressao de vapor
Diagrama de fases e Pressao de vaporDiagrama de fases e Pressao de vapor
Diagrama de fases e Pressao de vapor
Hebertty Dantas
 
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 11
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 11Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 11
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 11
Hebertty Dantas
 
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 10
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 10Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 10
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 10
Hebertty Dantas
 
Forca e Nomenclatura dos Ácidos
Forca e Nomenclatura dos ÁcidosForca e Nomenclatura dos Ácidos
Forca e Nomenclatura dos Ácidos
Hebertty Dantas
 
Lista de Exercícios: Concentração de Soluções
Lista de Exercícios: Concentração de SoluçõesLista de Exercícios: Concentração de Soluções
Lista de Exercícios: Concentração de Soluções
Hebertty Dantas
 
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 09
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 09Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 09
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 09
Hebertty Dantas
 
Gabarito SAS: L2. Quí1. Aula 08
Gabarito SAS: L2. Quí1. Aula 08Gabarito SAS: L2. Quí1. Aula 08
Gabarito SAS: L2. Quí1. Aula 08
Hebertty Dantas
 
Teorias Ácido-Bases
Teorias Ácido-BasesTeorias Ácido-Bases
Teorias Ácido-Bases
Hebertty Dantas
 
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 08
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 08Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 08
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 08
Hebertty Dantas
 
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 07
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 07Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 07
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 07
Hebertty Dantas
 
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 06
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 06Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 06
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 06
Hebertty Dantas
 
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 05
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 05Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 05
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 05
Hebertty Dantas
 
Técnicas de Balanceamentos de Equações Químicas
Técnicas de Balanceamentos de Equações QuímicasTécnicas de Balanceamentos de Equações Químicas
Técnicas de Balanceamentos de Equações Químicas
Hebertty Dantas
 
Gabarito SAS: L2. qui1. aula 07
Gabarito SAS: L2. qui1. aula 07Gabarito SAS: L2. qui1. aula 07
Gabarito SAS: L2. qui1. aula 07
Hebertty Dantas
 
Gabarito SAS: L2. qui1. aula 06
Gabarito SAS: L2. qui1. aula 06Gabarito SAS: L2. qui1. aula 06
Gabarito SAS: L2. qui1. aula 06
Hebertty Dantas
 
Nox, Oxidação e Redução
Nox, Oxidação e ReduçãoNox, Oxidação e Redução
Nox, Oxidação e Redução
Hebertty Dantas
 
Gabarito: L2. Quí 1. Aulas 05
Gabarito: L2. Quí 1. Aulas 05Gabarito: L2. Quí 1. Aulas 05
Gabarito: L2. Quí 1. Aulas 05
Hebertty Dantas
 
Gabarito: L1. Quí 1. Aulas 04
Gabarito: L1. Quí 1. Aulas 04Gabarito: L1. Quí 1. Aulas 04
Gabarito: L1. Quí 1. Aulas 04
Hebertty Dantas
 
Gabarito. L1. quí 3. aulas 01-04
Gabarito. L1. quí 3. aulas 01-04Gabarito. L1. quí 3. aulas 01-04
Gabarito. L1. quí 3. aulas 01-04
Hebertty Dantas
 
Estrutura atômica II
Estrutura atômica IIEstrutura atômica II
Estrutura atômica II
Hebertty Dantas
 

Mais de Hebertty Dantas (20)

Diagrama de fases e Pressao de vapor
Diagrama de fases e Pressao de vaporDiagrama de fases e Pressao de vapor
Diagrama de fases e Pressao de vapor
 
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 11
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 11Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 11
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 11
 
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 10
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 10Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 10
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 10
 
Forca e Nomenclatura dos Ácidos
Forca e Nomenclatura dos ÁcidosForca e Nomenclatura dos Ácidos
Forca e Nomenclatura dos Ácidos
 
Lista de Exercícios: Concentração de Soluções
Lista de Exercícios: Concentração de SoluçõesLista de Exercícios: Concentração de Soluções
Lista de Exercícios: Concentração de Soluções
 
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 09
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 09Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 09
Gabarito SAS: L3. Quí1. Aula 09
 
Gabarito SAS: L2. Quí1. Aula 08
Gabarito SAS: L2. Quí1. Aula 08Gabarito SAS: L2. Quí1. Aula 08
Gabarito SAS: L2. Quí1. Aula 08
 
Teorias Ácido-Bases
Teorias Ácido-BasesTeorias Ácido-Bases
Teorias Ácido-Bases
 
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 08
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 08Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 08
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 08
 
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 07
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 07Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 07
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 07
 
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 06
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 06Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 06
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 06
 
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 05
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 05Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 05
Gabarito SAS: L2. Quí3. Aula 05
 
Técnicas de Balanceamentos de Equações Químicas
Técnicas de Balanceamentos de Equações QuímicasTécnicas de Balanceamentos de Equações Químicas
Técnicas de Balanceamentos de Equações Químicas
 
Gabarito SAS: L2. qui1. aula 07
Gabarito SAS: L2. qui1. aula 07Gabarito SAS: L2. qui1. aula 07
Gabarito SAS: L2. qui1. aula 07
 
Gabarito SAS: L2. qui1. aula 06
Gabarito SAS: L2. qui1. aula 06Gabarito SAS: L2. qui1. aula 06
Gabarito SAS: L2. qui1. aula 06
 
Nox, Oxidação e Redução
Nox, Oxidação e ReduçãoNox, Oxidação e Redução
Nox, Oxidação e Redução
 
Gabarito: L2. Quí 1. Aulas 05
Gabarito: L2. Quí 1. Aulas 05Gabarito: L2. Quí 1. Aulas 05
Gabarito: L2. Quí 1. Aulas 05
 
Gabarito: L1. Quí 1. Aulas 04
Gabarito: L1. Quí 1. Aulas 04Gabarito: L1. Quí 1. Aulas 04
Gabarito: L1. Quí 1. Aulas 04
 
Gabarito. L1. quí 3. aulas 01-04
Gabarito. L1. quí 3. aulas 01-04Gabarito. L1. quí 3. aulas 01-04
Gabarito. L1. quí 3. aulas 01-04
 
Estrutura atômica II
Estrutura atômica IIEstrutura atômica II
Estrutura atômica II
 

Último

slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 

Último (20)

slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 

Lista de Exercícios de Atomística

  • 1. 1. (Fuvest 2017) Na estratosfera, há um ciclo constante de criação e destruição do ozônio. A equação que representa a destruição do ozônio pela ação da luz ultravioleta solar (UV) é UV 3 2O O O  O gráfico representa a energia potencial de ligação entre um dos átomos de oxigênio que constitui a molécula de 3O e os outros dois, como função da distância de separação r. A frequência dos fótons da luz ultravioleta que corresponde à energia de quebra de uma ligação da molécula de ozônio para formar uma molécula de 2O e um átomo de oxigênio é, aproximadamente, Note e adote: - E hf - E é a energia do fóton. - f é a frequência da luz. - Constante de Planck, 34 h 6 10 J s    a) 15 1 10 Hz b) 15 2 10 Hz c) 15 3 10 Hz d) 15 4 10 Hz e) 15 5 10 Hz 2. (Udesc 2014) O enunciado “Em um mesmo átomo, não podem existir dois elétrons com o mesmo conjunto de números quânticos” refere-se a(ao): a) Princípio da Exclusão de Pauli. b) Princípio da Conservação de Energia. c) modelo atômico de Thomson. d) modelo atômico de Rutherford. e) um dos Princípios da Teoria da Relatividade Restrita. 3. (Ita 2016) Sabendo que a função trabalho do zinco metálico é 19 5,82 10 J,  assinale a opção que apresenta a energia cinética máxima, em joules, de um dos elétrons emitidos, quando luz de comprimento de onda igual a 140 nm atinge a superfície do zinco. a) 18 14,2 10  b) 18 8,4 10  c) 19 14,2 10  d) 19 8,4 10  e) 20 14,2 10  4. (Espcex (Aman) 2017) Munições traçantes são aquelas que possuem um projétil especial, contendo uma carga pirotécnica em sua retaguarda. Essa carga pirotécnica, após o tiro, é ignificada, gerando um traço de luz colorido, permitindo a visualização de tiros noturnos a olho nu. Essa carga pirotécnica é uma mistura química que pode possuir, dentre vários ingredientes, sais cujos íons emitem radiação de cor característica associada ao traço luminoso. Um tipo de munição traçante usada por um exército possui na sua composição química uma determinada substância, cuja espécie química ocasiona um traço de cor correspondente bastante característico.
  • 2. Com relação à espécie química componente da munição desse exército sabe-se: I. A representação do elemento químico do átomo da espécie responsável pela coloração pertence à família dos metais alcalinos-terrosos da tabela periódica. II. O átomo da espécie responsável pela coloração do traço possui massa de 137 u e número de nêutrons 81. Sabe-se também que uma das espécies apresentadas na tabela do item III (que mostra a relação de cor emitida característica conforme a espécie química e sua distribuição eletrônica) é a responsável pela cor do traço da munição desse exército. III. Tabela com espécies químicas, suas distribuições eletrônicas e colorações características: Considerando os dados contidos, nos itens I e II, atrelados às informações da tabela do item III, a munição traçante, descrita acima, empregada por esse exército possui traço de coloração a) vermelho-alaranjada. b) verde. c) vermelha. d) azul. e) branca. 5. (Uece 2016) Em 1839, o físico Alexandre Edmond Becquerel (1820–1891) ao descobrir, experimentalmente, o efeito fotoelétrico, aos 19 anos de idade, jamais imaginou que estivesse criando um novo meio de captação de energia limpa. A energia solar incide sobre uma célula fotoelétrica atingindo elétrons e produzindo eletricidade que pode ser convertida em energia luminosa ou mecânica, por exemplo. Para garantir maior eficiência, o material usado na fabricação de uma célula fotoelétrica deve ter a) alta densidade. b) alta eletronegatividade. c) baixo ponto de fusão. d) baixa energia de ionização. 6. (Espcex (Aman) 2016) Considere dois elementos químicos cujos átomos fornecem íons bivalentes isoeletrônicos, o cátion 2 X  e o ânion 2 Y . Pode- se afirmar que os elementos químicos dos átomos X e Y referem-se, respectivamente, a
  • 3. a) 20Ca e 34Se b) 38Sr e 8O c) 38Sr e 16 S d) 20Ca e 8O e) 20Ca e 16 S 7. (Ueg 2016) De acordo com o modelo atômico atual, a disposição dos elétrons em torno do núcleo ocorre em diferentes estados energéticos, os quais são caracterizados pelo número quântico principal e secundário. Para o elétron mais energético do átomo de escândio no estado fundamental, os números quânticos principal e secundário são respectivamente a) 3 e 0 b) 3 e 2 c) 4 e 0 d) 4 e 2 8. (Ime 2016) Identifique a alternativa em que a configuração eletrônica da espécie química representada, em seu estado fundamental, é dada por: [Ar] 4s 3d 4p       a) Cu b) 2 Sn  c) Cd d) 2 Ge  e) Zn 9. (Fac. Pequeno Príncipe - Medici 2016) O tungstênio 184 74( W ) é um elemento químico de aplicações variadas, que flutuam desde fabricação de armamentos até o filamento das antigas lâmpadas incandescentes. Além do símbolo W que não condiz diretamente com o seu nome, esse elemento apresenta outras particularidades relevantes, como a elevada dureza e os altíssimos valores de pontos de ebulição e de fusão. A respeito de sua estrutura nuclear e distribuição eletrônica, assinale a alternativa CORRETA. a) Seu núcleo atômico possui o mesmo número de nêutrons que o elemento Darmstácio 281 110( Ds ) e por isso esses elementos são ditos isótonos. b) Seu raio atômico deve ser menor que o do elemento ferro 56 26( Fe ), pois trata-se de um átomo com elevada carga nuclear, o que influencia na atração do núcleo perante os elétrons. c) Seu elétron de valência encontra-se no mesmo subnível que o elétron de valência do sódio 23 11( Na ). d) Seu subnível mais energético é o mesmo que o da distribuição do elemento urânio 238 92( U ) e por isso esses dois elementos são considerados de transição interna. e) Por possuir aplicações importantes tanto na área industrial como em nosso cotidiano, o elemento tungstênio é considerado um elemento representativo.
  • 4. 10. (Uece 2016) Na visão de Sommerfeld, o átomo é a) uma esfera maciça, indivisível, homogênea e indestrutível. b) uma esfera de carga positiva que possui elétrons de carga negativa nela incrustados. c) constituído por camadas eletrônicas contendo órbita circular e órbitas elípticas. d) constituído por núcleo e eletrosfera, em que todos os elétrons estão em órbitas circulares. 11. (Upe-ssa 1 2016) Analise a seguinte charge: As estudantes Eugênia e Lolita estão falando, respectivamente, sobre os modelos atômicos de a) Dalton e Thomson. b) Dalton e Rutherford-Bohr. c) Thomson e Rutherford-Bohr. d) Modelo Quântico e Thomson. e) Rutherford-Bohr e Modelo Quântico. 12. (Ucs 2016) Pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, e da Universidade da Columbia Britânica, no Canadá, descobriram que nanofios de nióbio podem ser usados para desenvolver supercapacitores muito eficientes. A tecnologia inovadora poderia ser a solução para as minúsculas baterias utilizadas em dispositivos vestíveis, como aparelhos que monitoram a saúde e o desempenho de atividades físicas, uma vez que os nanofios ocupam pouco espaço, ao mesmo tempo em que liberam correntes elétricas de alta potência. Outros armazenadores de energia, como baterias e células de combustível, não se mostram muito eficientes quando reduzidas a microespaços. Além dos chamados “wearable gadgets” (acessórios que
  • 5. podem ser incorporados ao corpo ou “vestidos”), os supercapacitores à base de nióbio poderiam ser úteis para microrrobôs autônomos e drones, que também demandam alta potência. Por enquanto, o material está sendo produzido apenas em laboratório. O próximo passo, já em andamento, é desenvolver uma versão mais prática e mais fácil de ser produzida. Disponível em: <http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/2015/07 /mit-1.shtml>. Acesso em: 20 ago. 15. (Adaptado.) Em relação ao nióbio, analise as proposições a seguir, quanto à sua veracidade (V) ou falsidade (F). ( ) O elemento químico nióbio é um metal de transição interna do quarto período da Tabela Periódica. ( ) Átomos de nióbio, no estado fundamental, apresentam 5 elétrons na camada de valência. ( ) O elétron de maior energia de um átomo de nióbio, no estado fundamental, encontra-se no subnível 4s. ( ) A liga ferro-nióbio é um exemplo de solução sólida, onde os átomos de ferro e de nióbio estão unidos entre si por meio de ligações metálicas. Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente os parênteses, de cima para baixo. a) V - F - F - V b) F - F - V - F c) F - V - F - V d) F - F - F - V e) V - V - V - F 13. (Pucsp 2016) O espectro de emissão do hidrogênio apresenta uma série de linhas na região do ultravioleta, do visível e no infravermelho próximo, como ilustra a figura a seguir. Niels Bohr, físico dinamarquês, sugeriu que o espectro de emissão do hidrogênio está relacionado às transições do elétron em determinadas camadas. Böhr calculou a energia das camadas da eletrosfera do átomo de hidrogênio, representadas no diagrama de energia a seguir. Além disso, associou as transições eletrônicas entre a camada dois e as camadas de maior energia às quatro linhas observadas na região do visível do espectro do hidrogênio.
  • 6. Um aluno encontrou um resumo sobre o modelo atômico elaborado por Böhr e o espectro de emissão atômico do hidrogênio contendo algumas afirmações. I. A emissão de um fóton de luz decorre da transição de um elétron de uma camada de maior energia para uma camada de menor energia. II. As transições das camadas 2, 3, 4, 5 e 6 para a camada 1 correspondem às transições de maior energia e se encontram na região do infravermelho do espectro. III. Se a transição 3 2 corresponde a uma emissão de cor vermelha, a transição 4 2 está associada a uma emissão violeta e a 5 2 está associada a uma emissão verde. Pode-se afirmar que está(ão) correta(s) a) I, somente. b) I e II, somente. c) I e III, somente. d) II e III, somente. 14. (Ita 2016) A energia do estado fundamental do átomo de hidrogênio é 13,6 eV. Considerando todas as espécies químicas no estado gasoso e em seu estado eletrônico fundamental, é CORRETO afirmar que o valor absoluto a) da energia do orbital 1s do átomo de hélio é menor que 13,6 eV. b) da energia da molécula de 2H , no seu estado de mínima energia, é menor do que o valor absoluto da soma das energias de dois átomos de hidrogênio infinitamente separados. c) da afinidade eletrônica do átomo de hidrogênio é igual a 13,6 eV. d) da soma das energias de dois átomos de deutério, infinitamente separados, é maior do que o valor absoluto da soma das energias de dois átomos de hidrogênio infinitamente separados. e) da energia do íon He é igual ao valor absoluto da soma das energias de dois átomos de hidrogênio infinitamente separados. 15. (Uece 2016) Sobre o elemento químico hidrogênio, assinale a afirmação FALSA. a) É o mais leve de todos os elementos. b) Foi o primeiro a ser formado após o fenômeno Big Bang. c) Pode ser obtido através de uma reação de metal com ácido concentrado. d) Todos os seus átomos possuem prótons, nêutrons e elétrons. 16. (Pucpr 2016) Linus Carl Pauling, nascido no dia 28 de fevereiro de 1901, em Portland, nos Estados Unidos, foi um dos mais importantes químicos e recebeu dois Prêmios Nobel. Estudou a vitamina C. Em 1929, foi nomeado Professor Associado e, um ano depois, Professor. Em 1930, retorna para a Europa, estuda os elétrons e constrói junto com um aluno um aparelho de difração eletrônica para estudar a estrutura das moléculas. Recebeu, em 1931, o Prêmio Langmuir por ter realizado o trabalho científico mais significativo realizado por um cientista com menos de 30 anos. Em 1932, mostrou a ideia de eletronegatividade e a escala de Pauling. Um de seus trabalhos mais importantes é sobre hibridização e a tetravalência do carbono.
  • 7. Disponível em: <http://www.soq.com.br/>. Analisando o texto, o qual conta um pouco sobre Linus Pauling, assinale a alternativa CORRETA. Dados: 26 11 37 12 20 Fe (grupo 8 ou família VIIIB) Na (grupo 1ou família IA) Rb (grupo 1ou família IA) Mg (grupo 2 ou família IIA) Ca (grupo 2 ou família IIA) a) A distribuição eletrônica de Linus Pauling ocorre em ordem decrescente de níveis energéticos. b) A distribuição eletrônica para o íon 3 Fe possui subnível mais energético 3 3d . c) Caso em um laboratório faltasse o sódio para fazer um experimento, o rubídio poderia substituí-lo, pois ambos possuem propriedades químicas semelhantes. d) Analisando-se os raios iônicos do íon Na e do íon 2 MG , temos que o raio iônico do íon sódio (Na ) é inferior ao raio iônico do íon magnésio 2 (Mg ). e) Os elementos sódio, cálcio e ferro são bons condutores de eletricidade, porém maus condutores de calor no estado sólido. 17. (Acafe 2016) Consultando a tabela periódica verificamos que a massa atômica do oxigênio é 16 u. Com base nas informações fornecidas e nos conceitos químicos, analise as afirmações a seguir. I. A massa de um átomo de oxigênio é 16 g. II. A massa de um átomo de oxigênio é 16 vezes maior que um átomo de 12 C. III. O átomo de oxigênio possui 8 elétrons em sua eletrosfera. IV. A massa de um átomo de bromo é 5 vezes maior que a massa de um átomo de oxigênio. Todas as afirmações corretas estão em: a) I - II - III b) III - IV c) II - III d) II - III - IV 18. (Pucmg 2016) Com relação à Energia de Ionização, é INCORRETO afirmar: a) Quanto maior a energia de ionização, mais difícil é a retirada dos elétrons mais externos. b) A saída do segundo elétron demanda mais energia que a do primeiro. c) Quanto maior o raio atômico, menor é a energia de ionização. d) A energia de ionização cresce da esquerda para direita e de cima para baixo na tabela periódica. 19. (Upe-ssa 1 2016) Uma mistura de alumínio e iodo foi colocada em
  • 8. um tubo de ensaio. Depois, foi transferido um pouco de água para a vidraria. Houve a produção de muito calor, de uma fumaça violeta e de uma intensa luminescência branca, conforme mostra a figura acima. Quando misturados, o iodo e o alumínio reagem. No caso da água, apesar de não participar dessa reação, aumenta a sua velocidade. No fenômeno ilustrado, a) um dos reagentes é uma substância iônica. b) a cor da luz produzida é a mesma para a queima dos demais metais. c) a reação química entre o iodo e o alumínio produz o carbonato de alumínio. d) a fumaça violeta contém iodo, pois o calor liberado na reação faz com que parte do 2I destile. e) a luminescência branca é produzida a partir da emissão de energia, na forma de luz, por elétrons excitados, que voltam para níveis de energia menos energéticos de átomos de alumínio. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Leia o texto e examine a tabela para responder às questões a seguir. O ano de 2015 foi eleito como o Ano Internacional da Luz, devido à importância da luz para o Universo e para a humanidade. A iluminação artificial, que garantiu a iluminação noturna, impactou diretamente a qualidade de vida do homem e o desenvolvimento da civilização. A geração de luz em uma lâmpada incandescente se deve ao aquecimento de seu filamento de tungstênio provocado pela passagem de corrente elétrica, envolvendo temperaturas ao redor de 3.000 C. Algumas informações e propriedades do isótopo estável do tungstênio estão apresentadas na tabela. Símbolo W Número Atômico 74 Número de massa 184 Ponto de fusão 3.422 C Eletronegatividade (Pauling) 2,36 Densidade 3 19,3 g cm  20. (Unesp 2016) A partir das informações contidas na tabela, é correto afirmar que o átomo neutro de tungstênio possui a) 73 elétrons. b) 2 elétrons na camada de valência. c) 111 nêutrons. d) 184 prótons. e) 74 nêutrons. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Leia o texto para responder às questões abaixo: A luz branca é composta por ondas eletromagnéticas de todas as frequências do espectro visível. O espectro de radiação emitido por um elemento, quando submetido a um arco elétrico ou a altas temperaturas, é descontínuo e apresenta uma de suas linhas com maior intensidade, o que fornece “uma impressão digital” desse elemento. Quando essas linhas estão situadas na região da radiação visível, é possível identificar diferentes elementos químicos por meio dos chamados testes de chama. A tabela apresenta as cores características emitidas por alguns elementos no teste de chama: Elemento Cor sódio laranja potássio violeta cálcio vermelho-tijolo cobre azul-esverdeada
  • 9. 21. (Unesp 2016) Em 1913, Niels Böhr (1885-1962) propôs um modelo que fornecia uma explicação para a origem dos espectros atômicos. Nesse modelo, Bohr introduziu uma série de postulados, dentre os quais, a energia do elétron só pode assumir certos valores discretos, ocupando níveis de energia permitidos ao redor do núcleo atômico. Considerando o modelo de Böhr, os diferentes espectros atômicos podem ser explicados em função a) do recebimento de elétrons por diferentes elementos. b) da perda de elétrons por diferentes elementos. c) das diferentes transições eletrônicas, que variam de elemento para elemento. d) da promoção de diferentes elétrons para níveis mais energéticos. e) da instabilidade nuclear de diferentes elementos. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Leia o texto para responder às questões a seguir. A bioluminescência é o fenômeno de emissão de luz visível por certos organismos vivos, resultante de uma reação química entre uma substância sintetizada pelo próprio organismo (luciferina) e oxigênio molecular, na presença de uma enzima (luciferase). Como resultado dessa reação bioquímica é gerado um produto em um estado eletronicamente excitado (oxiluciferina*). Este produto, por sua vez, desativa-se por meio da emissão de luz visível, formando o produto no estado normal ou fundamental (oxiluciferina). Ao final, a concentração de luciferase permanece constante. luciferase 2 (450 620 nm)Luciferina O Oxiluciferina* Oxiluciferina hv     O esquema ilustra o mecanismo geral da reação de bioluminescência de vagalumes, no qual são formados dois produtos diferentes em estados eletronicamente excitados, responsáveis pela emissão de luz na cor verde ou na cor vermelha.
  • 10. 22. (Unesp 2016) Considere o seguinte espectro da luz visível. Com base nas informações apresentadas no texto e considerando a velocidade da luz igual a 1 300.000 km s ,  é correto afirmar que uma das funções orgânicas e a fórmula molecular da forma aniônica da oxiluciferina do vagalume responsável pela emissão de luz com frequência igual a 14 4,8 10 Hz são, respectivamente, a) éster e 10 5 2 2 2C H O N S . b) álcool e 10 2 2 2C O N S . c) amina e 10 2 2 2C O N S . d) amina e 10 5 2 2 2C H O N S . e) éter e 10 4 2 2 2C H O N S . 23. (Uece 2015) Defensivos agrícolas, chamados comumente de agrotóxicos, são produtos químicos utilizados para combater pragas e doenças que comprometem a produtividade da lavoura e provocam até mesmo a morte de plantas. Quando aplicados em excesso e sem controle, são ofensivos ao ser humano. Existem cerca de 200 tipos de agrotóxicos diferentes e o Brasil é um dos principais consumidores. Aliás, muitos desses compostos são proibidos em outros países, mas no Brasil são utilizados em larga escala sem uma preocupação em relação aos males que podem causar. Assinale a afirmação verdadeira em relação à característica dos agrotóxicos abaixo. a) No Acefato, o átomo de fósforo para formar as cinco ligações apresenta a seguinte configuração eletrônica no estado excitado: 1 3 1 3s 3p 3d .
  • 11. b) Glifosato é um composto orgânico que contém as funções orgânicas amina e ácido carboxílico. c) No Aldicarb ou “chumbinho”, o átomo do enxofre possui estado de oxidação 2. d) Paraquat, cujo nome comercial é Gramoxone 200, é considerado uma espécie química aromática polinuclear por apresentar dois anéis benzênicos isolados. 24. (Uece 2015) A revista eletrônica mexicana Muy Interesante (http://www.muyinteresante.com.mx) revela a criação de um sorvete que brilha no escuro. Ele é produzido com uma proteína encontrada na água viva que reage com o cálcio em pH neutro quando o sorvete é degustado. O brilho do sorvete é ocasionado por um fenômeno conhecido como a) luminescência. b) deliquescência. c) fluorescência. d) incandescência. 25. (Cefet MG 2015) Dadas as configurações eletrônicas finais de alguns elementos químicos, a que representa um elemento bivalente é a) 2 1 2s 2p b) 2 3 2s 2p c) 2 5 2s 2p d) 2 4 3s 3p e) 2 6 3s 3p 26. (Ufrgs 2015) O ferro é um dos mais importantes metais, utilizado pelo homem desde a antiguidade. São dadas as seguintes informações sobre o elemento ferro. I. O ferro tem 4 isótopos estáveis naturais: 54 Fe, 56 Fe, 57 Fe e 58 Fe. II. O ferro pode ocorrer nos compostos na forma de cátions 2 Fe  ou 3 Fe . III. O ferro pode apresentar formas alotrópicas diferentes, tais como o Feα e o Fe .γ Considerando os princípios químicos e as informações apresentadas, é correto afirmar que apenas a) apenas o isótopo 56 Fe é capaz de formar cátion 2 Fe . b) o Feα é formado pelos isótopos 54 Fe e 56 Fe, enquanto o Feγ é formado pelos isótopos 57 Fe e 58 Fe. c) os cátions 2 Fe  ou 3 Fe  são originados de átomos de ferro com diferentes números atômicos. d) o Feα origina os cátions 2 Fe , e o Feγ origina os cátions 3 Fe . e) os diferentes isótopos do ferro podem ser encontrados tanto no Feα como no Fe .γ
  • 12. 27. (Ufjf-pism 1 2015) O metal que dá origem ao íon metálico mais abundante no corpo humano tem, no estado fundamental, a seguinte configuração eletrônica: nível 1: completo; nível 2: completo; nível 3: 8 elétrons; nível 4: 2 elétrons Esse metal é denominado: a) ferro (Z 26). b) silício (Z 14). c) cálcio (Z 20). d) magnésio (Z 12). e) zinco (Z 30). 28. (Uel 2015) Desde a elaboração dos modelos atômicos por Dalton, Thomson, Rutherford e Bohr, cientistas como Murray Gell-Man (EUA) e Georg Zweig (Alemanha) têm desvendado os segredos subatômicos da matéria. Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, as subpartículas que constituem as partículas atômicas conforme os modelos de Gell- Man e Georg Zweig. a) Quarks, léptons e bósons. b) Elétrons, nêutrons e prótons. c) Neutrinos e pósitrons. d) Núcleo e eletrosfera. e) Fótons. 29. (Ime 2015) Um isótopo radioativo X transforma-se em um elemento estável Y após reações de desintegração radioativa com emissão de radiação ,α radiação β negativa e radiação .γ Assinale a alternativa correta. a) A diferença entre os números de massa de X e de Y será igual à diferença entre o dobro do número de partículas α emitidas e o número de partículas β emitidas. b) A emissão da radiação γ altera o número atômico de X. c) A diferença entre os números atômicos de X e de Y será igual ao quádruplo do número de partículas α emitidas. d) X e Y são isótonos. e) A diferença entre os números de nêutrons de X e de Y será igual à soma do dobro do número de partículas α emitidas com o número de partículas β emitidas. 30. (Uerj 2015) Para fabricar um dispositivo condutor de eletricidade, uma empresa dispõe dos materiais apresentados na tabela abaixo: Material Composição química I C II S III As IV Fe Sabe-se que a condutividade elétrica de um sólido depende do tipo de ligação interatômica existente em sua estrutura. Nos átomos que realizam ligação metálica, os elétrons livres são os responsáveis por essa propriedade. Assim, o material mais eficiente para a fabricação do dispositivo é representado pelo seguinte número: a) I b) II c) III d) IV 31. (Ita 2015)
  • 13. Para uma molécula diatômica, a energia potencial em função da distância internuclear é representada pela figura. As linhas horizontais representam os níveis de energia vibracional quanticamente permitidos para uma molécula diatômica. Uma amostra contendo um mol de moléculas diatômicas idênticas, na forma de um sólido cristalino, pode ser modelada como um conjunto de osciladores para os quais a energia potencial também pode ser representada qualitativamente pela figura. Em relação a este sólido cristalino, são feitas as seguintes proposições: I. À temperatura de 0K, a maioria dos osciladores estará no estado vibracional fundamental, cujo número quântico vibracional, n, é igual a zero. II. À temperatura de 0K, todos os osciladores estarão no estado vibracional fundamental, cujo número quântico vibracional, n, é igual a zero. III. O movimento vibracional cessa a 0K. IV. O movimento vibracional não cessa a 0K. V. O princípio da incerteza de Heisenberg será violado se o movimento vibracional cessar. Das proposições acima estão CORRETAS a) apenas I e III. b) apenas II e III. c) apenas I, IV e V. d) apenas II, IV e V. e) apenas II, III e V. 32. (Uece 2015) Há cerca de dois mil e quinhentos anos, o filósofo grego Demócrito disse que se dividirmos a matéria em pedacinhos, cada vez menores, chegaremos a grãozinhos indivisíveis, que são os átomos (a = não e tomo = parte). Em 1897, o físico inglês Joseph Thompson (1856-1940) descobriu que os átomos eram divisíveis: lá dentro havia o elétron, partícula com carga elétrica negativa. Em 1911, o neozelandês Ernest Rutherford (1871-1937) mostrou que os átomos tinham uma região central compacta chamada núcleo e que lá dentro encontravam-se os prótons, partículas com carga positiva. Atente à figura a seguir, que representa o núcleo e a eletrosfera do átomo. Com relação à figura acima, é correto afirmar que a) o núcleo é muito pequeno, por isso, tem pouca massa se comparado à massa do átomo. b) mais de 90% de toda a massa do átomo está na eletrosfera. c) considerando as reais grandezas do núcleo e da eletrosfera do átomo, se comparadas às suas representações na figura, o tamanho da eletrosfera está desproporcional ao tamanho do núcleo. d) a massa do núcleo é bem maior do que a massa da eletrosfera, cuja relação fica em torno de 100 vezes.
  • 14. 33. (Pucmg 2015) Os estudos realizados por Rutherford mostraram que o átomo deveria ser constituído por um núcleo positivo com elétrons girando ao seu redor. Os elétrons foram inicialmente levados em consideração no modelo atômico proposto pelo seguinte pesquisador: a) Niels Borh b) J.J. Thomson c) John Dalton d) Werner Heisenberg 34. (Ifsul 2015) Considere que os átomos dos elementos X e Z apresentam, respectivamente, os seguintes conjuntos de números quânticos para seus elétrons de diferenciação: Átomo X : n 4;l 0;m 0;s 1 2     Átomo Z : n 5;l 1;m 0;s 1 2     (Convenção do spin do 1º elétron 1 2)  Qual é a afirmativa correta? a) O elemento X é um metal alcalino e o elemento Z é um gás nobre. b) Os números atômicos dos elementos X e Z são, respectivamente, 30 e 51. c) O elemento X possui 2 elétrons de valência e o Z possui 5 elétrons. d) A fórmula do composto formado por átomos de X e Z é 2XZ . 35. (Fatec 2015) Em 2014, na Alemanha, um elemento pesado foi confirmado por experimentos com um colisor de partículas e ocupará sua justa posição como Elemento 117 na Tabela Periódica. Bombardeando amostras de berquélio radioativo com átomos de cálcio, pesquisadores criaram átomos com 117 prótons, originando um elemento químico, aproximadamente, 42% mais pesado que o chumbo e com meia-vida relativamente longa. Os físicos apelidaram, temporariamente, o novo integrante da Tabela Periódica como “ununséptio” (Uus), alusão direta ao numeral 117, que é a soma dos 20 prótons do cálcio com os 97 do berquélio. (http://tinyurl.com/m8nlkq2 Acesso em: 13.06.2014. Adaptado) De acordo com o texto, a massa atômica aproximada do ununséptio é Dado: 207 82 Pb; Pb 207,2 u. a) 294. b) 207. c) 166. d) 117. e) 42. 36. (Uece 2015) O Brasil detém 98% das reservas mundiais de nióbio, que apresenta numerosas aplicações industriais como, por exemplo, em fabricação de joias, implantes hiperalergênicos, eletrocerâmicas, imãs supercondutores, máquinas de ressonância magnética, ligas metálicas, moedas especiais e na produção de aço. Sobre o nióbio, analise as afirmações abaixo e assinale a única alternativa verdadeira. a) Seu elétron diferencial se localiza na penúltima camada. b) Trata-se de um elemento representativo. c) Sua eletronegatividade é inferior à do vanádio. d) Pertence ao quarto período da tabela periódica. 37. (Upe 2015) Na II Guerra Mundial, as Forças Aliadas executaram uma ação de guerra para resgatar uma garrafa de cerveja contendo água
  • 15. deuterada 2(D O), que Niels Bohr deixou, por engano, no seu laboratório. Sobre esse tema, analise as afirmativas a seguir: I. A ação militar justifica-se porque o deutério pode sofrer fissão nuclear, sendo utilizado na confecção da bomba atômica. II. A água deuterada e a água pura 2(H O) são substâncias compostas constituídas pelos mesmos elementos químicos. III. A garrafa com água deuterada, encontrada no laboratório de Bohr, tem massa maior que uma garrafa idêntica contendo o mesmo volume de água pura 2(H O). Está CORRETO o que se afirma em a) I, apenas. b) I e II, apenas. c) I e III, apenas. d) II e III, apenas. e) I, II e III. 38. (Ueg 2015) Para termos ideia sobre as dimensões atômicas em escala macroscópica podemos considerar que se o prédio central da Universidade Estadual de Goiás, em Anápolis, fosse o núcleo do átomo de hidrogênio, a sua eletrosfera pode estar a aproximadamente 1000 km. Dessa forma, o modelo atômico para matéria é uma imensidão de vácuo com altas forças de interação. Considerando-se a comparação apresentada no enunciado, a presença de eletrosfera é coerente com os modelos atômicos de a) Dalton e Bohr. b) Bohr e Sommerfeld. c) Thompson e Dalton. d) Rutherford e Thompson. 39. (Ucs 2015) Cardiologistas costumam recomendar a redução no consumo de “sal de cozinha” para pessoas hipertensas porque ele é a principal fonte de íons sódio da alimentação. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, a população brasileira consome duas vezes mais sódio do que o valor recomendado. Esse íon precisa estar em equilíbrio com o íon potássio, caso contrário pode desencadear uma série de doenças cardiovasculares. Além disso, o consumo excessivo do sal de cozinha pode levar a uma menor absorção de íons cálcio, podendo gerar problemas como osteoporose e raquitismo. Tendo como referência o texto acima, assinale a alternativa correta. a) A configuração eletrônica de um átomo de sódio no estado fundamental é igual à de um átomo de potássio, uma vez que ambos possuem o mesmo número de elétrons no terceiro nível de energia. b) Átomos eletricamente neutros de sódio e potássio, ao perderem um elétron de suas respectivas camadas de valência, originam respectivamente íons Na e K que são isoeletrônicos. c) A configuração eletrônica de um átomo de cálcio no estado fundamental pode ser representada de maneira simplificada por 2 [Kr]4s . d) O elétron mais afastado do núcleo de um átomo de potássio no estado fundamental apresenta número quântico principal igual a quatro e número quântico secundário igual a zero. e) Átomos eletricamente neutros de cálcio são menores do que os respectivos íons 2 Ca , uma vez que o número de prótons nessas espécies difere de duas unidades. 40. (Ufrgs 2015) Abaixo são apresentadas as descrições de três tipos de lâmpadas disponíveis no mercado, em que os elementos são representados por números romanos.
  • 16. 1. As lâmpadas de vapor de I emitem uma luz amarelada e são muito utilizadas em iluminação pública. 2. As lâmpadas halógenas apresentam uma maior eficiência energética. Em algumas dessas lâmpadas, ocorre, no interior do bulbo, uma série de reações que podem ser denominadas ciclo do II. 3. As lâmpadas fluorescentes são carregadas internamente com gases inertes à baixa pressão como o III. Nesse caso, o tubo de vidro é coberto internamente com um material à base de IV que, quando excitado com a radiação gerada pela ionização dos gases, produz luz visível. Os elementos I, II, III e IV podem ser, respectivamente, a) sódio - nitrogênio - argônio - mercúrio b) sódio - iodo - argônio - fósforo c) flúor - fósforo - nitrogênio - sódio d) mercúrio - nitrogênio - criptônio - potássio e) flúor - iodo - mercúrio - sódio 41. (Pucpr 2015) Com o passar do tempo, os modelos atômicos sofreram várias mudanças, pois novas ideias surgiam sobre o átomo. Considerando os modelos atômicos existentes, assinale a alternativa CORRETA. a) Para Dalton, átomos iguais possuem massas iguais e átomos diferentes possuem massas diferentes, teoria aceita nos dias atuais. b) No modelo de Rutherford, temos no átomo duas regiões bem definidas: núcleo e eletrosfera, a qual é dividida em níveis e subníveis. c) O modelo atômico de Thomson chamava-se “modelo do pudim de passas”, no qual os prótons seriam as passas e os elétrons, o pudim. d) Para Sommerfeld, se um elétron está na camada L, este possui uma órbita circular e três órbitas elípticas. e) Para Bohr, quando um elétron recebe energia, este passa para uma camada mais afastada do núcleo; cessada a energia recebida, o elétron retorna a sua camada inicial, emitindo essa energia na forma de onda eletromagnética. 42. (Ita 2015) Cinco amostras idênticas de um mesmo metal são aquecidas a diferentes temperaturas até a incandescência. Assinale a opção que apresenta a cor da amostra submetida a uma maior temperatura. a) Vermelho b) Laranja c) Amarelo d) Verde e) Branco 43. (Espcex (Aman) 2015) Um átomo neutro do elemento químico genérico A, ao perder 2 elétrons forma um cátion bivalente, contendo 36 elétrons. O número atômico deste átomo A é a) 36 b) 42 c) 34 d) 40 e) 38 44. (Mackenzie 2015) São dadas as distribuições eletrônicas da camada de valência de alguns elementos químicos, representados pelas letras abaixo: 1 A 1s 2 5 C 3s 3p 2 4 E 2s 2p 1 B 3s 2 2 D 2s 2p 2 F 3s De acordo com essas distribuições eletrônicas, são feitas as seguintes afirmações: I. O elemento A ao se ligar ao elemento C, forma um composto iônico.
  • 17. II. A substância química 2A E possui geometria angular. III. Dos elementos acima representados, B é o que possui o maior raio atômico. IV. A substância química 2DE apresenta ligações covalentes apolares. V. O elemento F representa um metal do terceiro período do grupo 2. São corretas as afirmações. a) I, II e IV, apenas. b) II, III e V, apenas. c) I, IV e V, apenas. d) I, II e V, apenas. e) II, III e IV, apenas. 45. (Fgv 2015) O Brasil inaugurou em 2014 o Projeto Sirius, um acelerador de partículas que permitirá o desenvolvimento de pesquisa na área de materiais, física, química e biologia. Seu funcionamento se dará pelo fornecimento de energia a feixes de partículas subatômicas eletricamente carregadas: prótons e elétrons. (http://www.brasil.gov.br/ciencia-e- tecnologia/2014/02/. Adaptado) Na tabela, são apresentadas informações das quantidades de algumas partículas subatômicas para os íons 2 X  e 2 A : Carga da partícula 2 X  2 A  positiva 16 y negativa 18 18 Nessa tabela, o nome do elemento X e o valor de y são, respectivamente, a) argônio e 16. b) argônio e 20. c) enxofre e 16. d) enxofre e 18. e) enxofre e 20. 46. (Uece 2015) A regra de Hund, como o próprio nome indica, foi formulada pela primeira vez, em 1927, pelo físico alemão Friedrich Hund. Ele partiu diretamente da estrutura nuclear, já conhecida e medida, das moléculas e tentou calcular as orbitais moleculares adequadas por via direta, resultando na regra de Hund. Essa regra afirma que a energia de um orbital incompleto é menor quando nela existe o maior número possível de elétrons com spins paralelos. Considerando a distribuição eletrônica do átomo de enxofre em seu estado fundamental (Z 16), assinale a opção que apresenta a aplicação correta da regra de Hund. a) 2 2 6 2 2 2 0 1s 2s 2p 3s 3px 3py 3pz b) 2 2 6 2 2 1 1 1s 2s 2p 3s 3px 3py 3pz c) 2 2 6 2 2 0 2 1s 2s 2p 3s 3px 3py 3pz d) 2 2 6 2 1 2 1 1s 2s 2p 3s 3px 3py 3pz 47. (Ufsm 2015) Os portugueses introduziram hábitos que marcaram o paladar brasileiro: valorizaram o consumo do sal e revelaram o açúcar aos africanos e índios do Brasil. E de Portugal que nossa cozinha adotou os doces de ovos, goiabada, marmelada, bananada, figada e outras “adas” que constituem o arsenal energético das sobremesas. Muitos desses doces eram produzidos em tachos de cobre, possibilitando, assim, um melhor aproveitamento e armazenamento das frutas. Atualmente, a produção desses alimentos ocorre em recipientes de aço inoxidável. Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE BRASILIA. A contribuição dos portugueses. ATAN/DAB/SPS/MS. Sobre o cobre, é correto afirmar:
  • 18. a) É um metal alcalino e está no quarto período, pois sua configuração eletrônica é 2 6 2 8 2 8 1 1s 1p 2s 2p 3s 3p 4s . b) É um metal alcalino terroso e está no terceiro período, pois sua configuração eletrônica é 2 2 6 2 6 2 1s 2s 2p 3s 3p 4s . c) É um elemento de transição interna e está no quarto período, pois sua configuração eletrônica é 2 2 6 2 6 2 9 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d . d) É um metal de transição externa e está no quarto período, pois sua configuração eletrônica é 2 2 6 2 6 2 9 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d . e) É um ametal da família dos calcogêneos (“formadores de cobre”) e está no terceiro período, pois sua configuração eletrônica é 2 2 6 2 6 2 9 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d . 48. (Udesc 2015) Há 130 anos nascia, em Copenhague, o cientista dinamarquês Niels Henrick Davis Bohr cujos trabalhos contribuíram decisivamente para a compreensão da estrutura atômica e da física quântica. A respeito do modelo atômico de Bohr, assinale a alternativa correta. a) Os átomos são, na verdade, grandes espaços vazios constituídos por duas regiões distintas: uma com núcleo pequeno, positivo e denso e outra com elétrons se movimentando ao redor do núcleo. b) Os elétrons que circundam o núcleo atômico possuem energia quantizada, podendo assumir quaisquer valores. c) É considerado o modelo atômico vigente e o mais aceito pela comunidade científica. d) Os saltos quânticos decorrentes da interação fóton-núcleo são previstos nesta teoria, explicando a emissão de cores quando certos íons metálicos são postos em uma chama (excitação térmica). e) Os átomos são estruturas compostas por um núcleo pequeno e carregado positivamente, cercado por elétrons girando em órbitas circulares. 49. (Ufsm 2015) A alimentação é essencial, pois é dela que o homem obtém os nutrientes necessários ao funcionamento de seu organismo. Nas ultimas décadas, ocorreram mudanças significativas nos hábitos alimentares, havendo um aumento do consumo de alimentos industrializados. Assim, analise as afirmações: I. O ácido fosfórico presente em refrigerantes do tipo “cola” e um ácido triprótico representado pela fórmula 3 4H PO . II. O ferro é essencial para a saúde; sua deficiência pode levar a anemia grave, por isso é recomendado o consumo de alimentos ricos em ferro, como a carne bovina. A configuração eletrônica do elemento ferro no estado fundamental é 2 2 6 2 6 2 6 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d . III. As balinhas que "estouram" na boca contêm, em sua composição, dois ingredientes: o ácido cítrico 3 6 5 7(H C H O ) e o bicarbonato de sódio 3(NaHCO ). Os dois, ao se dissolverem na boca, produzem a efervescência. A reação entre o bicarbonato de sódio e o ácido cítrico é de oxirredução. IV. A água salgada 2(H O NaC ), utilizada para cozer alimentos, ferve em uma temperatura constante, pois se constitui de uma mistura homogênea simples. Estão corretas a) apenas I e II. b) apenas I e III. c) apenas II e IV. d) apenas III e IV. e) I, II, III e IV.
  • 19. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: No ano de 2014, o Estado de São Paulo vive uma das maiores crises hídricas de sua história. A fim de elevar o nível de água de seus reservatórios, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) contratou a empresa ModClima para promover a indução de chuvas artificiais. A técnica de indução adotada, chamada de bombardeamento de nuvens ou semeadura ou, ainda, nucleação artificial, consiste no lançamento em nuvens de substâncias aglutinadoras que ajudam a formar gotas de água. (http://exame.abril.com.br. Adaptado.) 50. (Unesp 2015) Uma das substâncias aglutinadoras que pode ser utilizada para a nucleação artificial de nuvens é o sal iodeto de prata, de fórmula AgI. Utilizando os dados fornecidos na Classificação Periódica dos Elementos, é correto afirmar que o cátion e o ânion do iodeto de prata possuem, respectivamente, a) 46 elétrons e 54 elétrons. b) 48 elétrons e 53 prótons. c) 46 prótons e 54 elétrons. d) 47 elétrons e 53 elétrons. e) 47 prótons e 52 elétrons. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Leia o texto para responder à(s) questão(ões), Em algumas regiões do país não é raro encontrar ao mesmo tempo condições aeróbicas e anaeróbicas em partes diferentes de um mesmo lago, particularmente no verão, devido à ocorrência de um fenômeno conhecido como estratificação, ocasionado pela diferença de temperatura da água. As espécies químicas que estão presentes nas camadas diferenciadas do lago são mostradas na figura abaixo: Pode-se observar na figura que, nas condições aeróbicas, têm-se espécies oxidadas e, perto do fundo, têm-se as condições anaeróbicas e as espécies na forma mais reduzidas dos mesmos elementos. 51. (Uepa 2015) Sobre as propriedades químicas das espécies encontradas no lago, é correto afirmar que: a) o íon 2 Fe  possui a seguinte distribuição eletrônica: 2 1s , 2 2s , 6 2p , 2 3s , 6 3p , 6 3d , 2 4s b) a espécie 3HCO  é um íon resultante da dissociação iônica do ácido carbônico. c) as espécies 2H S e 3NH apresentam, respectivamente, geometria linear e piramidal. d) as espécies 2CO e 4CH são moléculas polares. e) a combinação das espécies 2 4SO  e 2 Fe  produz o sulfato ferroso. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Leia o texto para responder à(s) questão(ões). A energia liberada pelo Sol é fundamental para a manutenção da vida no planeta Terra. Grande parte da energia produzida pelo Sol decorre do processo de fusão nuclear em que são formados átomos de hélio a partir de isótopos de hidrogênio, conforme representado no esquema:
  • 20. 1 1 2 0 1 1 1 1H H H e   2 1 3 1 1 2H H He  3 1 4 0 2 1 2 1He H He e   (John B. Russell. Química geral, 1994.) 52. (Unesp 2015) A partir das informações contidas no esquema, é correto afirmar que os números de nêutrons dos núcleos do hidrogênio, do deutério, do isótopo leve de hélio e do hélio, respectivamente, são a) 1, 1, 2 e 2. b) 1, 2, 3 e 4. c) 0, 1, 1 e 2. d) 0, 0, 2 e 2. e) 0, 1, 2 e 3. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Leia o texto para responder à(s) questão(ões). O espectro solar que atinge a superfície terrestre é formado predominantemente por radiações ultravioletas (UV) (100 400nm), radiações visíveis (400 800 nm) e radiações infravermelhas (acima de 800 nm). A faixa da radiaçaÞo UV se divide em três regiões: UVA (320 a 400 nm), UVB (280 a 320 nm) e UVC (100 a 280 nm). Ao interagir com a pele humana, a radiação UV pode provocar reações fotoquímicas, que estimulam a produção de melanina, cuja manifestação é visível sob a forma de bronzeamento da pele, ou podem levar à produção de simples inflamações até graves queimaduras. Um filtro solar eficiente deve reduzir o acúmulo de lesões induzidas pela radiação UV por meio da absorção das radiações solares, prevenindo assim uma possível queimadura. São apresentados a seguir as fórmulas estruturais, os nomes e os espectros de absorção de três filtros solares orgânicos.
  • 21. 53. (Unesp 2015) Os filtros solares orgânicos absorvem apenas parte da radiação eletromagnética; dessa forma, deve-se fazer a combinação entre diferentes filtros a fim de se obter um bom protetor solar. Na formulação de um protetor solar, um fabricante necessita escolher um dentre os três filtros orgânicos apresentados cujo máximo de absorção ocorra na região do UVA. A molécula do filtro solar escolhido apresenta as funções orgânicas a) amina e ácido carboxílico. b) cetona e éter. c) amina e éster. d) amina e éter. e) cetona e álcool. 54. (Uece 2014) Atente para as seguintes afirmações a respeito das conclusões a que chegou Rutherford durante a experiência sobre a estrutura da matéria.
  • 22. I. O átomo é constituído por duas regiões distintas: o núcleo e a eletrosfera. II. O núcleo atômico é extremamente pequeno em relação ao tamanho do átomo. III. O átomo tem uma região em que existe muito espaço vazio. IV. As partículas negativas do átomo podem ter quaisquer valores de energia. V. A eletrosfera é a região que concentra praticamente toda a massa elétrica do átomo. No que diz respeito à estrutura da matéria, corresponde às conclusões de Rutherford o que se afirma em a) I, II, III, IV e V. b) I, II e III apenas. c) III, IV e V apenas. d) I, II e V apenas. 55. (Ita 2014) Assinale a opção que contém o momento angular do elétron na 5ª órbita do átomo de hidrogênio, segundo o modelo atômico de Bohr. a) h / 2π b) h / π c) 2,5 h / 2π d) 2,5 h / π e) 5 h / π 56. (Uerj 2014) Uma forma de identificar a estabilidade de um átomo de qualquer elemento químico consiste em relacionar seu número de prótons com seu número de nêutrons em um gráfico denominado diagrama de estabilidade, mostrado a seguir. São considerados estáveis os átomos cuja interseção entre o número de prótons e o de nêutrons se encontra dentro da zona de estabilidade mostrada no gráfico. Verifica-se, com base no diagrama, que o menor número de massa de um isótopo estável de um metal é igual a: a) 2 b) 3 c) 6 d) 9 57. (Fgv 2014) Uma nova e promissora classe de materiais supercondutores tem como base o composto diboreto de zircônio e vanádio. Esse composto é sintetizado a partir de um sal de zircônio (IV). (Revista Pesquisa FAPESP, Junho 2013. Adaptado) O número de prótons e de elétrons no íon Zr4+ e o número de elétrons na camada de valência do elemento boro no estado fundamental são, respectivamente: Dados: Zr (Z = 40); B (Z = 5). a) 36; 40; 5. b) 36; 40; 3. c) 40; 44; 3. d) 40; 36; 5. e) 40; 36; 3.
  • 23. 58. (Unesp 2014) Em 2013 comemora-se o centenário do modelo atômico proposto pelo físico dinamarquês Niels Bohr para o átomo de hidrogênio, o qual incorporou o conceito de quantização da energia, possibilitando a explicação de algumas propriedades observadas experimentalmente. Embora o modelo atômico atual seja diferente, em muitos aspectos, daquele proposto por Bohr, a incorporação do conceito de quantização foi fundamental para o seu desenvolvimento. Com respeito ao modelo atômico para o átomo de hidrogênio proposto por Bohr em 1913, é correto afirmar que a) o espectro de emissão do átomo de H é explicado por meio da emissão de energia pelo elétron em seu movimento dentro de cada órbita estável ao redor do núcleo do átomo. b) o movimento do elétron ao redor do núcleo do átomo é descrito por meio de níveis e subníveis eletrônicos. c) o elétron se move com velocidade constante em cada uma das órbitas circulares permitidas ao redor do núcleo do átomo. d) a regra do octeto é um dos conceitos fundamentais para ocupação, pelo elétron, das órbitas ao redor do núcleo do átomo. e) a velocidade do elétron é variável em seu movimento em uma órbita elíptica ao redor do núcleo do átomo. 59. (Ime 2014) Um experimento clássico indica que o oxigênio molecular 2(O ) exibe propriedades magnéticas no seu estado fundamental. O experimento consiste em fazer passar oxigênio líquido pelos polos de um ímã. Observa-se que o oxigênio fica retido, como mostra a figura a seguir: Nas alternativas abaixo, são apresentados os orbitais 2p de dois átomos de oxigênio e o spin dos elétrons que ocupam seus orbitais atômicos. Também são apresentadas possíveis interações químicas que podem resultar em ligações químicas estabelecidas entre esses dois átomos. Considerando a observação experimental e os requisitos eletrônicos e energéticos para o estabelecimento de ligações químicas, indique qual das alternativas abaixo representa melhor o 2O no estado fundamental. a) b) c) d) e)
  • 24. 60. (Ufrgs 2014) Glow sticks são tubos plásticos luminosos, utilizados como pulseiras em festas e que exemplificam o fenômeno da quimioluminescência. Eles contêm uma mistura que inclui difenil-oxalato e um corante. Dentro do tubo, encontra-se um tubo de vidro menor que contém peróxido de hidrogênio. Quando o tubo exterior é dobrado, o tubo interior quebra-se e libera o peróxido de hidrogênio. Este reage com o difenil-oxalato, formando fenol e um peróxido cíclico, o qual reage com o corante e forma dióxido de carbono. No decorrer do processo, elétrons das moléculas do corante são promovidos a estados eletrônicos excitados. A produção de luz nessa reação quimioluminescente ocorre devido a) à emissão do CO2. b) à oxidação do peróxido de hidrogênio. c) à adição desses elétrons excitados aos átomos de oxigênio do peróxido. d) ao retorno dos elétrons excitados para um nível inferior de energia onde a estabilidade é maior. e) à liberação das moléculas do corante para o interior do tubo. 61. (Uece 2014) Wolfgang Ernst Pauli (1900–1958), físico austríaco, estabeleceu o princípio de exclusão, segundo o qual férmions, como é o caso dos elétrons, “não podem ocupar o mesmo estado quântico simultaneamente”. Este princípio está em consonância com uma das propriedades da matéria, conhecida pelos pré-socráticos desde os tempos imemoriais, denominada de a) impenetrabilidade. b) inércia. c) divisibilidade. d) extensão. 62. (Uepa 2014) “Tão complexas quanto a química da vida, as condições para o bom crescimento das plantas, geralmente, se resume em três números: 19, 12 e 5. Eles representam as porcentagens de nitrogênio, fósforo e potássio impressas em destaque em quase todas as embalagens de fertilizante. No século 20, esses três nutrientes permitiram que a agricultura aumentasse a produtividade e que a população mundial crescesse seis vezes mais. Mas qual a fonte desses nutrientes? O nitrogênio vem do ar, mas o fósforo e o potássio são extraídos de minas. As reservas de potássio são suficientes para séculos, mas com o fósforo a situação é diferente. O principal componente dos fertilizantes, o fósforo é pouco valorizado e tem reservas para apenas algumas décadas. É provável que os suprimentos disponíveis de imediato comecem a esgotar-se no final deste século, o esgotamento das fontes deste mineral causaria um colapso na produção mundial de alimentos pela agricultura. Muitos estudiosos dizem que, quando isso acontecer, a população terá alcançado um pico além do que o planeta pode suportar em termos de sustentabilidade. (Extraído e adaptado de: VACARY. David A. Solos desnutridos, Scientific American Brasil Aula aberta. Ed Duetto. 2012).” Com relação aos elementos químicos destacados no texto e analisando a tabela periódica é correto afirmar que: a) a espécie 3NH possui uma estrutura geométrica trigonal plana. b) o elemento químico P é um calcogênio e a espécie 3PH é um sal. c) o elemento químico K é um metal alcalino e sua base KOH é uma base fraca. d) a configuração eletrônica: 2 2 6 2 7 1s ,2s ,2p ,3s ,3p pertence ao elemento químico 19K. e) o elemento químico N possui maior eletronegatividade que o elemento químico P.
  • 25. 63. (Ucs 2014) Muitos alimentos são fortificados com vitaminas e minerais. Por exemplo, alguns cereais matinais recebem adição do elemento químico ferro. Para isso, usam-se minúsculas raspas de ferro, que são convertidas em compostos de ferro nos intestinos, de modo que ele possa ser absorvido. O elemento químico ferro a) possui dois estados de oxidaçăo: o 2 Fe  e o 3 Fe . b) pertence ao quinto período da tabela periódica. c) forma o cátion 2 Fe  ao receber 2 elétrons. d) apresenta eletronegatividade maior do que os halogênios. e) é classificado como metal de transição interna. 64. (Upe 2014) Entre 13,2°C e 161°C, o estanho é estável e possui uma configuração conhecida como estanho branco ou Sn ,β que é um sólido brilhante branco-prateado, maleável, moderadamente dúctil e bom condutor. Essa é a forma conhecida pela maioria das pessoas e tem uma variedade de aplicações domésticas e tecnológicas, como em ligas (bronze e soldas) e em revestimento de aço (folhas-deflandres). O Sn β pode sofrer uma transição para uma estrutura conhecida como estanho cinzento, o Sn ,α um sólido cinza-escuro, não metálico e na forma de pó. O Sn α é semicondutor, não dúctil e sem aplicabilidade. Essas duas espécies podem reagir de modo diferente. Por exemplo, as reações realizadas a 14 2 C   do Sn β e do Sn α com solução de ácido clorídrico concentrado, livre de oxigênio dissolvido, produzem 2 2SnC .2H O e 4 2SnC .5H O, respectivamente. (Disponível em: http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc34_3/04-AQ- 45-11.pdf. Adaptado.) As informações apresentadas indicam a) as aplicações dos átomos de um elemento químico radioativo. b) a participação da radiação-α nas características físicas do estanho. c) a influência da temperatura sobre as propriedades de isótonos do estanho. d) a transformação do estanho em outro elemento químico por meio de aquecimento. e) as propriedades físicas e químicas distintas de duas formas alotrópicas de um elemento químico. 65. (Enem PPL 2014) Partículas beta, ao atravessarem a matéria viva, colidem com uma pequena porcentagem de moléculas e deixam atrás de si um rastro aleatoriamente pontilhado de radicais livres e íons quimicamente ativos. Essas espécies podem romper ainda outras ligações moleculares, causando danos celulares. HEWITT, P. G. Física conceitual. Porto Alegre: Bookman, 2002 (adaptado). A capacidade de gerar os efeitos descritos dá-se porque tal partícula é um a) elétron e, por possuir massa relativa desprezível, tem elevada energia cinética translacional. b) nêutron e, por não possuir carga elétrica, tem alta capacidade de produzir reações nucleares. c) núcleo do átomo de hélio (He) e, por possuir massa elevada, tem grande poder de penetração. d) fóton e, por não possuir massa, tem grande facilidade de induzir a formação de radicais livres. e) núcleo do átomo de hidrogênio (H) e, por possuir carga positiva, tem alta reatividade química.
  • 26. 66. (Ufpr 2014) As teorias atômicas vêm se desenvolvendo ao longo da história. Até o início do século XIX, não se tinha um modelo claro da constituição da matéria. De lá até a atualidade, a ideia de como a matéria é constituída sofreu diversas modificações, como se pode observar no modelo atômico de Bohr, que manteve paradigmas conceituais sobre a constituição da matéria, mas também inseriu novos conceitos surgidos no início do século XX. No modelo atômico de Bohr: 1. O elétron circula em órbita com raio definido. 2. O elétron é descrito por uma função de onda. 3. Para descrever o elétron num orbital são necessários 4 números quânticos. 4. Toda a massa do átomo está concentrada no núcleo, que ocupa uma porção ínfima do espaço. Entre as afirmativas acima, correspondem ao modelo atômico de Bohr: a) 1 e 2 apenas. b) 2 e 3 apenas. c) 2, 3 e 4 apenas. d) 1 e 4 apenas. e) 1, 3 e 4 apenas. 67. (Uece 2014) Conforme o site De Rerum Natura (http://dererummundi.blogspot.com.br/2010/07/ o-negocio-das-pulseiras-quanticas.html), alguns empresários inescrupulosos estão comercializando as chamadas pulseiras quânticas que, segundo eles, teriam poderes extraordinários na cura de determinadas moléstias e teriam sido inventadas por um cientista da NASA. No que concerne à teoria quântica, que não trata de mistificação, assinale a afirmação verdadeira. a) Uma molécula emite ou absorve energia apenas quando permanece em determinado estado quântico. b) A teoria quântica foi elaborada pelo cientista James Clerk Maxwell e aperfeiçoada por Max Planck e Linus Pauling. c) Segundo a teoria quântica, um corpo negro a qualquer temperatura não nula deveria emitir radiações ultravioleta com altas frequências. d) São resultados práticos do estudo de química quântica: os aparelhos de CD e DVD, o controle remoto, os equipamentos de ressonância magnética e os microcomputadores. 68. (Upf 2014) A seguir, tem-se os símbolos que representam alguns átomos neutros e íons: Si, P, S, Ar, Ca, Ca2+, Zn2+ e Br-. A partir dos símbolos representados, analise as alternativas e assinale a incorreta: a) Ao comparar o raio atômico dos átomos de Si, P e S, nota-se que o átomo de Si é o que possuirá maior valor de raio. b) Ao comparar o raio atômico do átomo neutro de cálcio (Ca) com o raio iônico do cátion (Ca2+), percebe-se que o raio do íon (Ca2+) é menor do que o raio do átomo neutro. c) As configurações eletrônicas dos íons Zn2+ e Br- são respectivamente [Ar] 4s2 3d8 e [Ar] 4s2 3d10 4p6, sendo que a primeira energia de ionização do átomo de Zn é maior do que a do átomo de Br. d) Ao comparar os átomos Si, Ar, S e Ca, percebe- se que o átomo de Ca, que representa o elemento químico cálcio, apresenta o menor valor de energia de ionização. e) Átomos de cálcio e bromo poderão realizar ligação química, formando o composto iônico brometo de cálcio (CaBr2); já o átomo de argônio, em função de sua estabilidade, é encontrado normalmente isolado, não se unindo a outros átomos.
  • 27. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Água Deuterada A água deuterada (D2O) tem importantes aplicações em usinas nucleares e em análises químicas avançadas. Apesar de ter aparência e propriedades químicas semelhantes às da água comum. sua composição é diferente. Os dois átomos de hidrogênio são substituídos por dois de seu isótopo deutério. 69. (Uepb 2014) Sobre as partículas subatômicas e a massa de uma molécula de água deuterada, é correto afirmar: a) Possuem 12 prótons, 12 elétrons, 8 nêutrons, massa 20u. b) Possuem 10 prótons, 10 elétrons, 10 nêutrons, massa 20u. c) Possuem 10 prótons, 10 elétrons, 8 nêutrons, massa 18u. d) Possuem 10 prótons, 8 elétrons, 10 nêutrons, massa 20w e) Possuem 10 prótons, 10 elétrons, 10 nêutrons, massa 30u. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Um aluno recebeu, na sua página de rede social, uma foto mostrando fogos de artifícios. No dia seguinte, na sequência das aulas de modelos atômicos e estrutura atômica, o aluno comentou com o professor a respeito da imagem recebida, relacionando-a com o assunto que estava sendo trabalhado, conforme mostra a foto. Legenda das cores emitidas Na Ba Cu Sr Ti amarelo verde azul vermelho branco metálico 70. (Uea 2014) O aluno comentou corretamente que o modelo atômico mais adequado para explicar a emissão de cores de alguns elementos indicados na figura é o de a) Rutherford-Bohr. b) Dalton. c) Proust. d) Rutherford. e) Thomson.
  • 28. Resposta da questão 1: [A] [Resposta do ponto de vista da disciplina de Física] O gráfico mostra que a energia potencial de ligação tem valor mínimo, 19 mínE 6 10 J.    Para quebrar a ligação, a energia potencial deve se tornar nula. 19 15mín mín 34 E ( 6 10 ) E hf 0 f f 1 10 Hz. h 6 10               [Resposta do ponto de vista da disciplina de Química] A energia de ligação ou dissociação da molécula é igual ao módulo da energia potencial na separação de equilíbrio 0r : 34 19 19 15 34 E | U| h f | U| 6 10 f 6 10 6 10 f 1 10 Hz 6 10                 Resposta da questão 2: [A] O Princípio da Exclusão de Pauli Como não podem existir dois elétrons num mesmo átomo que apresentem os mesmos estados energéticos, concluímos que todos os elétrons de um átomo são diferentes de algum modo. Esta afirmação é conhecida como princípio da exclusão de Pauli. Resposta da questão 3: [D] A emissão de elétrons por um material, geralmente metálico, exposto a radiação eletromagnética de frequência suficientemente alta (como a luz) é conhecida como efeito fotoelétrico. Pelo método de Einstein: Energia do fóton = Energia necessária para remover um elétron + Energia cinética do elétron emitido Algebricamente: máximach f E    onde, h é a constante de Planck, f é a frequência do fóton incidente, 0h f   é a função trabalho, ou energia mínima exigida para remover um elétron de sua ligação atômica, máxima 2 c m 1 E m v 2    é a energia cinética máxima dos elétrons expelidos, 0f é a frequência mínima para o efeito fotoelétrico ocorrer, m é a massa de repouso do elétron expelido, e mv é a velocidade dos elétrons expelidos. Então, Constante de Planck (h) 2 34 2 1 34 2 1 34 2 s h 6,626 10 m kg s 6,626 10 m kg s 6,626 10 J s s                  19 5,82 10 J    140 nmλ  8 v 3,0 10 m / s  m 8 m 9 8 17 1m 9 v f v 3 10 m / s 140 10 m v 3 10 m / s f 0,021428571 10 s 2,1428571 1 140 10 m λ λ λ                  máximach f E   
  • 29. máxima máxima máxima máxima máxima 34 15 1 19 c 34 15 1 19 c 19 19 c 19 c c 6,626 10 J s 2,1428571 10 s 5,82 10 J E E 6,626 10 J s 2,1428571 10 s 5,82 10 J E 14,19857114 J 10 J 5,82 10 J 8,37857114 J E 8,37857114 10 J E 8,4 10                                  19 J Resposta da questão 4: [B] A representação do elemento químico do átomo da espécie responsável pela coloração pertence à família dos metais alcalinos-terrosos da tabela periódica, ou seja, família IIA ou grupo 2. O átomo da espécie responsável pela coloração do traço possui massa de 137 u e número de nêutrons 81, ou seja, 56 prótons (137 81). Trata-se do bário. De acordo com a tabela: Sal: cloreto de bário. Distribuição eletrônica: 2 2 6 2 6 2 10 6 2 10 6 2 56Ba : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 5p 6s . Coloração característica: verde. Resposta da questão 5: [D] Para garantir maior eficiência, o material usado na fabricação de uma célula fotoelétrica deve ter baixa energia de ionização, ou seja, os elétrons são liberados com maior facilidade. Resposta da questão 6: [E]               2 20 20 2 16 16 X : 18 e 20 e 2 e Cálcio ( Ca). Y : 18 e 16 e 2 e Enxofre ( S). Resposta da questão 7: [B] 2 2 6 2 6 2 1 21Sc 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d Número quântico principal: 3. Número quântico secundário: d 2. Resposta da questão 8: [D] 2 2 6 2 6 8 2 10 0 2 elétrons a menos30 elétrons 2 10 2 2 2 10 Ar : 1s 2s 2p 3s 3p 18 prótons X : [Ar] 4s 3d 4p quarto período da tabela periódica Para o germânio (Ge); Z 32 : Ge : [Ar] 4s 3d 4p quarto período da tabela periódica Ge : [Ar] 4s 3d     Resposta da questão 9: [C] O elétron de valência do tungstênio 184 74( W ) encontra-se no mesmo subnível que o elétron de valência do sódio 23 11( Na ), ou seja, no subnível s: 2 2 6 1 elétron de valência 2 2 6 2 6 2 10 6 2 10 6 2 14 4 elétron de valênci 11 74 a 1s 2s 2p 3s 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 5p Na : W : 6s 4f 5d    Resposta da questão 10: [C] Em 1916, Sommerfeld introduziu a ideia de que talvez um nível de energia pudesse ser formado por elipses excêntricas ou por círculos concêntricos. Isto quer dizer que, quando um elétron se movimenta o núcleo do átomo não precisa ser o centro geométrico desse movimento. Sommerfeld aplicou a teoria da relatividade de Einstein em seus estudos. Resposta da questão 11: [C] No caso da Eugênia, o modelo atômico a qual se refere é o de Thomson que ficou conhecido como “pudim de passas” , modelo que introduziu a natureza elétrica da matéria, pois para ele o átomo era uma esfera positiva com cargas negativas incrustadas. Para a estudante Lolita, a ideia de “cebola” remete a ideia dos níveis de energia propostos por Rutherford- Bohr.
  • 30. Resposta da questão 12: [D] Falsa. O nióbio é um elemento de transição externa do 5oP da Tabela Periódica. Falsa. 2 2 6 2 6 2 10 6 2 3 41 2 Nb 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d C.V. = 5s = 2e  Falsa. O elétron de maior energia do átomo de nióbio, no estado fundamental, encontra-se no subnível 4d . Verdadeira. Uma liga metálica é uma solução sólida formada por dois uma mais compostos químicos unidos por ligações metálicas. Resposta da questão 13: [A] [I] Correta. De acordo com o modelo atômico proposto por Niels Böhr. [II] Incorreta. As transições das camadas 2, 3, 4, 5 e 6 para a camada 1 correspondem às transições de maior energia e se encontram na região do ultravioleta do espectro. [III] Incorreta. A transição 5 2 é a que libera maior energia, assim as cores emitidas no espectro de hidrogênio será: 5 2 : azul 4 2 : verde 3 2 : vermelha Resposta da questão 14: ANULADA Questão anulada no gabarito oficial. A questão “confunde” teorias da mecânica clássica com a teoria do orbital molecular sem deixar claro o tipo de energia associada ao hidrogênio, deutério ou íon He , por isso foi anulada. A energia de qualquer orbital é dada por uma integral conhecida como integral de Coulomb: 2 i iE H dvψ  onde 2 i dvψ representa a probabilidade de o elétron se encontrar no volume elementar dV. O volume elementar (dV) do átomo separado é maior do que o do átomo ligado, pois diminuem as forças atrativas. Conclui-se que a soma do valor absoluto da energia de dois átomos de hidrogênio infinitamente separados é maior do que o valor absoluto da energia da molécula 2H . O conhecimento aqui cobrado está além da programação. A partir da teoria do orbital molecular (TOM) conclui- se que o valor absoluto da energia da molécula de 2H , no seu estado de mínima energia, é menor do que o valor absoluto da soma das energias de dois átomos de hidrogênio infinitamente separados. A quantidade de energia liberada quando um átomo isolado, no estado gasoso e no estado fundamental recebe um elétron é denominada energia de afinidade, afinidade eletrônica ou eletroafinidade. Como já existe um elétron no orbital do hidrogênio, o valor da energia liberada é afetado pela repulsão elétron-elétron. Energia de afinidade ou Afinidade eletrônica H(g) 1 e H (g) E.A     O valor absoluto da afinidade eletrônica do átomo de hidrogênio é igual a 0,7277 eV (Valor de H. Hotop e W. C. Lineberger, Binding energies in atomic negative íons, II, Journal of Physical and Chemical Reference Data, 14, 731-750, 1985).
  • 31. O valor absoluto da soma das energias de dois átomos de deutério, infinitamente separados, é praticamente igual ao valor absoluto da soma das energias de dois átomos de hidrogênio infinitamente separados, pois a energia orbital é praticamente a mesma. Resposta da questão 15: [D] Isótopos do hidrogênio (H) : 1 1 1 2 1 3 H: possui 1 próton e 1 elétron. H: possui 1 próton e 1nêutron e 1 elétron. H: possui 1 próton e 2 nêutrons e 1 elétron. Resposta da questão 16: [C] O sódio e o rubídio estão localizados no grupo 1 (família IA). Elementos químicos posicionados no mesmo grupo ou família apresentam propriedades químicas semelhantes. Resposta da questão 17: [B] - A massa de um átomo de oxigênio é 23 2,67 10 g  : 23 6 10 átomos de oxigênio 16 g 1átomo de oxigênio (1átomo) 23 (1átomo) 23 m 16 1 m 2,67 10 g 6 10      - A massa de um átomo de oxigênio é, aproximadamente, 1,33 vezes maior que um átomo de 12 C. O 16 u C 12 u 16 u Razão 1,33 12 u     - O átomo de oxigênio possui 8 elétrons em sua eletrosfera, pois possui 8 prótons, ou seja, seu número atômico é 8. - A massa de um átomo de bromo é 5 vezes maior que a massa de um átomo de oxigênio. Br 80 u O 16 u 80 u Razão 5 17 u     Resposta da questão 18: [D] A diminuição do raio atômico num período contribui para que os elétrons fiquem mais fortemente ligados ao átomo. Com isso ocorre um aumento da energia de ionização, em um período, conforme a quantidade de prótons no núcleo (número atômico) aumenta, ou seja, da esquerda para a direita na tabela periódica. Ao analisarmos um grupo ou família verificamos que, conforme o número de camadas diminui, maior é a atração do núcleo sobre os elétrons, ou seja, quanto menor o número de camadas, maior a energia de ionização. Conclusão: a energia de ionização cresce da esquerda para direita e de baixo para cima na tabela periódica. Resposta da questão 19: [E] [A] Incorreta. A reação que ocorre será: 2 32A 3I 2A I ,  somente o produto desta reação forma ligações iônicas. [B] Incorreta. Cada metal emite luz em um comprimento de onda específico, portanto, em cores diferentes. [C] Incorreta. A reação entre o iodo e o alumínio forma o iodeto de alumínio: 2 32A 3I 2A I .  [D] Incorreta. A fumaça violeta é devido a sublimação do iodo. [E] Correta. A luz branca provém da emissão de energia em forma de luz, advindos dos elétrons excitados ao retornarem para o estado fundamental. Resposta da questão 20: [B] Na tabela periódica fornecida na prova, verifica-se que a posição do tungstênio é: sexto período e quarta
  • 32. coluna B ou sexto grupo. Sua distribuição final é dada por 2 coluna B ns (n 1)d , onde n equivale ao número quântico principal associado à camada de valência ou período. Então: 2 4 6s 5d . Conclusão: o tungstênio possui dois elétrons na camada de valência. Resposta da questão 21: [C] Para Böhr cada linha do espectro do hidrogênio corresponde a uma transição específica “descendente”, ou seja, do estado “excitado” para um estado de energia mais baixo. Considerando o modelo de Böhr, criado a partir do hidrogênio, os diferentes espectros atômicos podem ser explicados em função das diferentes transições eletrônicas, que variam de elemento para elemento. Resposta da questão 22: ANULADA Gabarito Oficial: [D] Gabarito SuperPro®: ANULADA A questão não tem resposta porque cobra grupos funcionais que não estão presentes no conteúdo programático do ensino médio e, também, pela abordagem equivocada do comprimento de onda associado à cor presente no esquema fornecido no enunciado. Cálculo do comprimento de onda: velocidade frequênciacomprimento de onda 3 14 1 11 7 v f m 300.000 10 4,8 10 s s 62.500 10 m 6,25 10 m 625 nm λ λ λ λ               De acordo com o espectro de luz visível: vermelho. luciferase 2 (4Luciferina O Oxiluciferina* Oxiluciferina hv    625 nm está fora da faixa fornecida no enunciado, porém, aproximadamente, corresponderia à oxiluciferina (ceto). De acordo com o enunciado o ânion tem fórmula estrutural: Fórmula molecular da forma aniônica (sem a colocação da carga): 10 5 2 2 2C H N O S Resposta da questão 23: [B]
  • 33. [A] Incorreta. O fósforo para fazer essa ligação precisa ter 5 elétrons desemparelhados, assim um elétron do orbital s migra para o orbital 3d. [B] Correta. [C] Incorreta. O átomo de enxofre possui número de oxidação -2. [D] Incorreta. A estrutura do Paraquat apresenta dois anéis heteroaromáticos. Resposta da questão 24: [A] O fenômeno observado é explicado pela luminescência que consiste na emissão de luz de uma substancia quando submetida a um estímulo como a luz ou uma reação química, no caso entre a proteína e o cálcio em pH neutro. Resposta da questão 25: [D] Um elemento bivalente é aquele que perdeu 2e da sua camada de valência, assim, para as configurações eletrônicas dadas, tem-se os níveis s e p, que para estar completo, devem apresentar 2 2 ns np , analisando as alternativas teremos: [A] Incorreta: 2 1 2s 2p  camada de valência com 3 elétrons, faltam cinco. [B] Incorreta: 2 3 2s 2p  camada de valência com 5 elétrons, faltam três. [C] Incorreta: 2 5 2s 2p  camada de valência com 7 elétrons, falta um. [D] Correta: 2 4 3s 3p  camada de valência com 6 elétrons, faltam dois. [E] Incorreta: 2 6 3s 3p  camada de valência com 8 elétrons, não falta nenhum. Resposta da questão 26: [E] Análise das afirmações: [A] Incorreta. Todos os isótopos do ferro são capazes de formar cátion 2 Fe . [B] Incorreta. Ferro alfa: ferro puro com arranjo cúbico de corpo centrado. Ferro gama: ferro puro com arranjo cúbico de face centrada. [C] Incorreta. Os cátions 2 Fe  ou 3 Fe  são originados de átomos de ferro com os mesmos números atômicos (Z = 26). [D] Incorreta. Tanto o Feα como o Feγ originam os cátions 2 3 Fe e Fe . 
  • 34. [E] Correta. Os diferentes isótopos do ferro podem ser encontrados tanto no Feα como no Fe .γ Resposta da questão 27: [C] nível 1: completo 2 1s nível 2: completo 2 6 2s 2p nível 3: 8 elétrons 2 6 3s 3p nível 4: 2 elétrons 2 4s Assim, teremos a seguinte configuração eletrônica: 2 2 6 2 6 2 20 1s 2s 2p 3s 3p 4s 20 elétrons Ca  Resposta da questão 28: [A] [A] Correta. Os modelos desenvolvidos pelos cientistas Murray Gell-Man (EUA) e Georg Zweig (Alemanha) levaram a constatação da existência de subpartículas atômicas: quarks, léptons e bósons. [B] Incorreta. John Joseph Thomson, James Chadwick e Eugen Goldstein, desenvolveram os modelos de elétrons, nêutrons e prótons. [C] Incorreta. Os modelos de neutrinos e pósitrons foram desenvolvidos por Wolfgang Pauli, Paul Dirac e Carl David Anderson. [D] Incorreta. O modelo de núcleo e eletrosfera foram apresentados por Ernest Rutherford e Niels Bohr. [E] Incorreta. O modelo de fótons foi desenvolvido por Gilbert N. Lewis. Resposta da questão 29: [E] X transforma-se em um elemento estável Y após reações de desintegração radioativa com emissão de radiação ,α radiação β negativa e radiação :γ 0A A' 4 0 Z Z' 2 01 (A' 4w) 0A' 4 0 Z' 2 0(Z' 2w t) 1 0 0 X Y w t Então, X Y w t Diferença do número de massa de X e Y (A' 4w) (A') 4w. A emissão não altera o número atômico de Y, pois . Diferença do número atômico de X e Y (Z' 2w t) α β γ α β γ γ γ                        (Nêutrons X e Y) (Z') 2w t. X e Y não são isótonos : Número de nêutrons de X (A' 4w) (Z' 2w t) A' Z' 2w t Número de nêutrons de Y A' Z' Número de nêutrons de X Número de nêutrons de Y. (A' Z' 2w t) (A' Z') 2w t.Δ                          Resposta da questão 30: [D] O material mais eficiente para a fabricação do dispositivo é o ferro, pois faz ligações metálicas que apresentam elétrons livres. Resposta da questão 31: [D] Para localizarmos uma partícula com a ajuda de um fóton, deve haver uma colisão entre os dois. Um fóton de comprimento de onda  possui um momento hp ,  (h = constante de Planck) sendo que uma fração qualquer do momento do fóton será transferida para a partícula no instante da colisão. Logo, ao determinarmos a posição da partícula com uma precisão x   produzimos uma incerteza no seu momento equivalente a hp .   O produto dessas incertezas é igual a hp x h.       Esta dedução estabelece um limite na precisão com que a posição e o momento de uma partícula podem ser determinados simultaneamente. Utilizando argumentos mais elaborados podemos obter a equação precisa do princípio da incerteza: hp x . 4      A determinação exata e simultânea da posição e do momento é requisito necessário para descrevermos a trajetória de uma partícula. Logo, pode-se inferir que há um limite par a precisão com que podemos conhecer a trajetória da mesma.
  • 35. Fonte: Química um curso universitário, Mahan e Myers. Explorando um sistema massa-mola para representar as moléculas diatômicas oscilando, vem: 2 Energia potencial 2 2 Energia total x V(x) k 2 x p E k 2 2m    De acordo com a mecânica clássica, no estado de mais baixa energia (0 K), x = 0 e p = 0. Isto é incompatível com o princípio da incerteza. Sendo assim, fazendo: 2 2 mínima (ponto zero) x p E k 2 2m hp x 4 frequência angular de oscilação. k m h E 4                 Análise das proposições: [I] Incorreta. À temperatura de 0K, todas as moléculas estarão no mesmo estado vibracional fundamental, cujo número quântico vibracional, n, é igual a zero. [II] Correta. À temperatura de 0K, todos os osciladores estarão no estado vibracional fundamental, cujo número quântico vibracional, n, é igual a zero, pois a energia mínima será atingida. [III] Incorreta. O movimento vibracional não cessa a 0K, senão o princípio de incerteza de Heisenberg será violado mínima (ponto zero) h E 4      . [IV] Correta. O movimento vibracional não cessa a 0K. [V] Correta. S o movimento vibracional cessar, poderemos medir a posição e o momento da molécula ao mesmo tempo e isto viola o princípio da incerteza. Resposta da questão 32: [C] Rutherford imaginou que o átomo seria composto por um núcleo positivo e muito pequeno, hoje se sabe que o tamanho do átomo varia de 10.000 a 100.000 vezes maior do que o tamanho do seu núcleo. Ele também acreditava que os elétrons giravam ao redor do núcleo e neutralizavam a carga positiva do núcleo. Considerando as reais grandezas do núcleo e da eletrosfera do átomo, se comparadas às suas representações na figura, o tamanho da eletrosfera está desproporcional ao tamanho do núcleo. Resposta da questão 33: [B] Para Thomson, cada átomo seria formado por uma grande região positiva que concentraria a massa do átomo e por elétrons que neutralizariam essa carga positiva. Ou seja, teríamos uma esfera de carga elétrica positiva dentro da qual estariam dispersos os elétrons. Resposta da questão 34: [D] s n 4 (camada principal 0 (subcamada) X : m 0 1m 2           camada principal: 4 subcamada: s (pois, s 0, p 1, d 2, f 3)    0 0 11 elétron 2  
  • 36. Assim, teremos que o átomo X possui o elétron de diferenciação: 2 4s . Portanto, sua distribuição eletrônica, será: 2 2 6 2 6 2 1s 2s 2p 3s 3p 4s nº atômico: 20 pertence ao 4º período da família 2A (metais alcalinos terrosos). s n 5 1 Y: m 0 1m 2           camada principal: 5 subcamada: p (pois, s 0, p 1, d 2, f 3)    1 0 1 1elétron 2       Assim, teremos que o átomo Y possui o elétron de diferenciação 5 5p 2 2 6 2 6 2 10 6 2 10 5 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 5p nº atômico: 53 pertence ao 5º período da família 7A (família do halogênios). [A] Incorreta. O elemento X é metal alcalino terroso e Y um halogênio. [B] Incorreta. Os números atômicos serão 20 e 53, respectivamente. [C] Incorreta. O elemento X possui 2e na C.V e Y possui 7e na C.V. [D] Correta. O elemento X pertence a família 2A pode doar 2e e Y, da família 7A, recebe 1e cada, formando o composto: 2XZ . Resposta da questão 35: [A] 207 82 Pb; M.A. 207,2 u 207,2 u  100 % x 42 % x 87,024 u 207,2 u 87,024 u 294,224 u 294 u (Ununséptio)     Resposta da questão 36: [A] [A] Correta. A distribuição eletrônica do Nióbio será: 2 2 6 2 6 2 10 6 2 3 4Ni 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d O elétron de diferenciação se localiza em 3 4d , penúltima camada da distribuição desse elemento (última camada 2 5s ). [B] Incorreta. O elemento químico Nióbio apresenta seu elétron de diferenciação no subnível d, portanto, trata-se de um elemento de transição. [C] Incorreta. A eletronegatividade (tendência do elemento em atrair elétrons) do Nióbio seria menor que a do elemento Vanádio, pois a eletronegatividade aumenta conforme o raio atômico diminui, sendo assim, quanto maior o raio atômico, menor será a atração do núcleo pelos elétrons mais externos e consequentemente menor a eletronegatividade, porém, consultando a tabela de eletronegatividade proposta por Linus Pauling, ambos possuem o mesmo valor de eletronegatividade (1,6) * Obs: sem a tabela de eletronegatividade seria impossível para o aluno chegar a essa conclusão. [D] Incorreta. De acordo com a distribuição eletrônica desse elemento, ele pertence ao 5ºP, pois apresenta 5 camadas eletrônicas. Resposta da questão 37: [D] Análise das afirmativas: [I] Incorreta. O deutério pode sofrer fusão nuclear. A água pesada é utilizada no resfriamento de reatores nucleares. [II] Correta. A água deuterada e a água pura 2(H O) são substâncias compostas constituídas pelos mesmos elementos químicos, ou seja, hidrogênio e oxigênio. A diferença está na quantidade de nêutrons. O hidrogênio leve ou prótio não tem nêutron, o deutério tem um nêutron. [III] Correta. A garrafa com água deuterada, encontrada no laboratório de Bohr, tem massa
  • 37. maior que uma garrafa idêntica contendo o mesmo volume de água pura 2(H O). 1 2 16 1 1 8 2 2 H 1; D 2; O 16 H O 18 D O 20      Resposta da questão 38: [B] Para Thompson e Dalton o átomo não tinha eletrosfera. Somente a partir do modelo de Rutherford foi constatado que o átomo possuía um núcleo denso e pequeno e os elétrons ficariam girando ao redor desse núcleo na eletrosfera. Este modelo foi aperfeiçoado por Niels Bohr que afirmou que os elétrons giravam em níveis definidos de energia. Para Sommerfield a energia do elétron poderia ser determinada pela distância em que se encontrava do núcleo e pelo tipo de órbita que descreve. Resposta da questão 39: [D] O elétron mais afastado do núcleo de um átomo de potássio no estado fundamental apresenta número quântico principal igual a quatro e número quântico secundário igual a zero: 2 2 6 2 6 1 19 camada de valência 1 K : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 4s n 4 (número quântico principal) 0 (número quântico secundário ou azimutal)    Resposta da questão 40: [B] Teremos: [1] As lâmpadas de vapor de sódio emitem uma luz amarelada e são muito utilizadas em iluminação pública. [2] As lâmpadas halógenas apresentam uma maior eficiência energética. Em algumas dessas lâmpadas, ocorre, no interior do bulbo, uma série de reações que podem ser denominadas ciclo do iodo (família 7A - halogênios). [3] As lâmpadas fluorescentes são carregadas internamente com gases inertes à baixa pressão como o gás nobre argônio. Nesse caso, o tubo de vidro é coberto internamente com um material à base de fósforo que, quando excitado com a radiação gerada pela ionização dos gases, produz luz visível. Resposta da questão 41: [E] [A] Incorreta. Os átomos de um mesmo elemento têm massas iguais e os átomos de elementos diferentes têm massas diferentes, que não são aceitas nos dias atuais, devido à existência de isótopos, onde todos os átomos de um mesmo elemento não apresenta a mesma massa. [B] Incorreta. A subdivisão da eletrosfera em subníveis foi sugerida por Sommerfield. [C] Incorreta. No modelo “pudim de passas” proposto por J.J. Thomson o pudim seriam os prótons e os elétrons estariam incrustados no pudim, representando as passas. [D] Incorreta. Para Sommerfield, para cada camada eletrônica (n) haveria uma órbita circular e (n 1) órbitas elípticas com diferentes excentricidades. Assim para a camada L (n 2), tem-se 1 órbita circular e 1 órbita elíptica. [E] Correta. Em um de seus postulados Bohr afirma que quando um elétron absorve energia, ele salta para uma camada mais afastada no núcleo, ao cessar a energia, ele retorna a sua camada fundamental e emite essa energia em forma de luz. Resposta da questão 42: [E] Em temperaturas mais elevadas ocorre a emissão de todos os comprimentos de onda (luz visível), logo associa-se a cor branca. Resposta da questão 43: [E]
  • 38. 2 A 36 elétrons A 2 e 36 e A 38 e Z 38           Resposta da questão 44: [B] 1 A 1s ; hidrogênio (H) 1 B 3s ; sódio (Na) 2 5 C 3s 3p ; cloro (C ) 2 2 D 2s 2p ; carbono (C) 2 4 E 2s 2p ; oxigênio (O) 2 F 3s ; magnésio (Mg) Análise das afirmações: [I] Incorreta. O elemento A (hidrogênio) ao se ligar ao elemento C (cloro), forma uma molécula. [II] Correta. A substância química 2A E 2(H O) possui geometria angular. [III] Correta. Dos elementos acima representados, B (sódio) é o que possui o maior raio atômico, pois possui três camadas e menor número atômico do que o magnésio (F). [IV] Incorreta. A substância química 2DE 2(CO ) apresenta ligações covalentes polares (C O). [V] Correta. O elemento F representa um metal do terceiro período do grupo 2 (magnésio). Resposta da questão 45: [E] Teremos: Carga da partícula 2 X 2 18 z z 16 (enxofre)        2 A 2 18 z' z' 20 (cálcio)        positiva 16 prótons = enxofre 20 prótons = cálcio negativa 18 elétrons = anion bivalente 18 elétrons = cátion bivalente Resposta da questão 46: [B] Teremos: 2 1 1 x y z 2 2 6 2 4 16 3p 3p 3p S : 1s 2s 2p 3s 3p    Resposta da questão 47: Sem resposta. Gabarito Oficial: [D] Gabarito SuperPro®: Sem resposta. O cobre está localizado no quarto período da família 1B (transição externa) e sua configuração eletrônica é: 2 2 6 2 6 2 9 29Cu 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d Porém, elementos cuja distribuição terminam em 9 d , como o caso do cobre, sofrem um "rearranjo" eletrônico. Como subníveis 4s e 3d possuem quantidades de energia próximas, um elétron do subnível s salta para o subnível d (salto quântico) tornando o átomo mais estável. Assim sua configuração eletrônica final será: 2 2 6 2 6 1 10 29Cu 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d (não há alternativa que contemple essa distribuição para o átomo de cobre). Resposta da questão 48: [E] A partir das suas descobertas científicas, Niels Böhr propôs cinco postulados:
  • 39. 1º) Um átomo é formado por um núcleo e por elétrons extranucleares, cujas interações elétricas seguem a lei de Coulomb. 2º) Os elétrons se movem ao redor do núcleo em órbitas circulares. 3º) Quando um elétron está em uma órbita ele não ganha e nem perde energia, dizemos que ele está em uma órbita discreta ou estacionária ou num estado estacionário. 4º) Os elétrons só podem apresentar variações de energia quando saltam de uma órbita para outra. 5º) Um átomo só pode ganhar ou perder energia em quantidades equivalentes a um múltiplo inteiro (quanta). Resposta da questão 49: [A] [I] Correta. O ácido fosfórico presente em refrigerante do tipo “cola” possui 3 hidrogênios ionizáveis e sua fórmula é 3 4H PO . [II] Correta. O ferro essencial para o combate a anemia, possui a configuração eletrônica: 2 2 6 2 6 2 6 26Fe 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d . [III] Incorreta. A reação entre o bicarbonato de sódio e o ácido cítrico: 3 8 6 7 2 2 3 6 5 73NaHCO H C O 3CO 3H O Na C H O ,    é uma reação de neutralização (sal ácido base sal água)   [IV] Incorreta. A adição de sal água faz com que a quantidade de partículas dissolvidas seja maior, o que eleva o ponto de ebulição da mistura. A mistura de água e cloreto de sódio é homogênea composta, onde cada composto é formado por 2 elementos químicos. Resposta da questão 50: [A] 2 2 6 2 6 2 10 6 1 10 47 2 2 6 2 6 2 10 6 10 47 2 2 6 2 6 2 10 6 2 10 5 53 2 2 6 2 6 2 10 6 2 10 6 53 Ag : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d Ag : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 4d 46 elétrons I: 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 5p I : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 5p 54 elétrons     Resposta da questão 51: [E] [A] Incorreta. O íon 2 Fe , perde 2e- , da camada de valência, portanto, sua distribuição eletrônica será: 2 2 6 2 62 2 26 1s ,2s ,2p ,3s ,3 sF pe ,4  6 2 2 6 2 26 62 6 ,3d 1s ,2sFe ,2p ,3s ,3p ,3d  [B] Incorreta. O ácido carbônico sofre ionização provocada pela água e não dissociação iônica. [C] Incorreta. O ácido sulfídrico apresenta geometria angular, pois apresenta pares de elétrons disponíveis e a amônia 3(NH ) possui geometria piramidal. [D] Incorreta. Ambas as espécies são apolares, pois devido a geometria do 2CO ser linear e o 4CH apresentar geometria tetraédrica, teremos: R 0,μ  resultando numa molécula apolar em ambos os casos. [E] Correta. A junção do cátion 2 Fe  com o ânion 2 4SO , formará o composto: 4FeSO , sulfato de ferro II ou sulfato ferroso. Resposta da questão 52: [C] Números de nêutrons dos núcleos do hidrogênio, do deutério, do isótopo leve de hélio e do hélio: 1 1 2 1 3 2 4 2 H : 1próton; 1 elétron; 0 nêutron. H : 1próton; 1 elétron; 1nêutron (2 1). He : 2 prótons; 2 elétrons; 1nêutron (3 2). He : 2 prótons; 2 elétrons; 2 nêutrons (4 2).    Resposta da questão 53: [B] Um fabricante necessita escolher um dentre os três filtros orgânicos apresentados cujo máximo de absorção ocorra na região do UVA :
  • 40. O filtro solar a ser escolhido é o 3. Resposta da questão 54: [B] Rutherford deduziu que para ocorrer um desvio acentuado de uma partícula alfa deveria existir um núcleo compacto, positivo e com massa elevada no interior do átomo. Se o núcleo do átomo fosse constituído por elétrons as partículas alfa, que tem massa muito maior, removeriam esse núcleo ao invés de se desviarem. Rutherford imaginou que o átomo seria composto por um núcleo positivo e muito pequeno, hoje se sabe que o tamanho do átomo varia de 10.000 a 100.000 vezes maior do que o tamanho do seu núcleo. Ele também acreditava que os elétrons giravam ao redor do núcleo e neutralizavam a carga positiva do núcleo. Resposta da questão 55: [D] O momento angular do elétron (momento angular  mvr) deve ser quantizado em unidades h . 2π Isto pode ser escrito assim: n h m v r 2 n h Momento angular 2 π π       onde n é um número inteiro chamado número quântico principal. Então para a quinta órbita, ou seja, n = 5, teremos: 5 h 2,5h Momento angular . 2π π    Resposta da questão 56: [C] O menor número de massa de um isótopo estável de um metal é igual a seis: Resposta da questão 57: [E] Teremos:
  • 41. 2 2 6 2 6 2 10 6 2 2 40 4 2 2 6 2 6 2 10 4 2 40 2 2 1 5 2 1 Zr : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 5s 4d 40 prótons Zr : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p 4d 36 elétrons B : 1s 2s 2p Camada de valência : 2s 2p (3 elétrons)    Resposta da questão 58: [C] A partir das suas descobertas científicas, Niels Böhr propôs cinco postulados: 1º) Um átomo é formado por um núcleo e por elétrons extranucleares, cujas interações elétricas seguem a lei de Coulomb. 2º) Os elétrons se movem ao redor do núcleo em órbitas circulares. 3º) Quando um elétron está em uma órbita ele não ganha e nem perde energia, dizemos que ele está em uma órbita discreta ou estacionária ou num estado estacionário. 4º) Os elétrons só podem apresentar variações de energia quando saltam de uma órbita para outra. 5º) Um átomo só pode ganhar ou perder energia em quantidades equivalentes a um múltiplo inteiro (quanta). O modelo de Böhr serviu de base sólida para o desenvolvimento dos modelos e conceitos atuais sobre a estrutura do átomo. Resposta da questão 59: Sem resposta. Gabarito Oficial: [D] Gabarito SuperPro®: Sem resposta. O paramagnetismo existente na molécula 2O não pode ser explicado pela teoria das valências, pois esta teoria, assim como a teoria das estruturas de Lewis, não consegue explicar este fenômeno. Resposta da questão 60: [D] De acordo com o modelo de Böhr, a luz é emitida como consequência do retorno dos elétrons excitados para um nível inferior de energia onde a estabilidade é maior. Observação teórica: Postulados de Böhr 1º) Um átomo é formado por um núcleo e por elétrons extranucleares, cujas interações elétricas seguem a lei de Coulomb. 2º) Os elétrons se movem ao redor do núcleo em órbitas circulares. 3º) Quando um elétron está em uma órbita ele não ganha e nem perde energia, dizemos que ele está em uma órbita discreta ou estacionária ou num estado estacionário. 4º) Os elétrons só podem apresentar variações de energia quando saltam de uma órbita para outra. 5º) Um átomo só pode ganhar ou perder energia em quantidades equivalentes a um múltiplo inteiro (quanta). Resposta da questão 61: [A] Como não podem existir dois elétrons num mesmo átomo que apresentem os mesmos estados energéticos, concluímos que todos os elétrons de um átomo são diferentes de algum modo. Esta afirmação é conhecida como princípio da exclusão de Pauli. “Não existem dois elétrons num átomo que possuam os mesmos valores para todos os números quânticos, pelo menos um deles é diferente”. O princípio de Pauli está em consonância com a impenetrabilidade. De acordo com os pré-socráticos a impenetrabilidade pode ser descrita da seguinte maneira: dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço ao mesmo tempo. Resposta da questão 62: [E] [A] Incorreta. A estrutura geométrica da amônia é trigonal piramidal.
  • 42. [B] Incorreta. O fósforo (P) pertence ao grupo XV da tabela periódica, portanto não pertence a família dos calcogênios e o composto PH3 é classificado como um hidreto. [C] Incorreta. Apesar do potássio (K) ser um metal alcalino, sua base KOH é forte, como todas as bases formadas por elementos do 1ºgrupo. [D] Incorreta. A configuração eletrônica do potássio será: 2 2 6 2 6 1 19K 1s 2s 2p 3s 3p 4s [E] Correta. A eletronegatividade aumenta de baixo para cima em um grupo, inversamente ao raio atômico, pois quanto maior o raio menor a atração dos elétrons que ficam mais afastados e menor a eletronegatividade. Portanto, o nitrogênio (N) será mais eletronegativo que o fósforo (P). Resposta da questão 63: [A] O elemento químico ferro possui dois estados de oxidação: o 2 Fe  e o 3 Fe . 56 2 2 6 2 6 2 6 26 56 2 2 2 6 2 6 6 26 56 2 2 2 6 2 6 5 26 Fe : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d Fe : 1s 2s 2p 3s 3p 3d Fe : 1s 2s 2p 3s 3p 3d   Resposta da questão 64: [E] [A] Incorreta. Embora o estanho branco seja simbolizado por Sn ,β e o estanho cinza por Sn ,α o texto não menciona o fato de serem radioativos. [B] Incorreta. Não há incidência de partículas α sobre o átomo de Sn para que ela sofra uma transição na sua estrutura. [C] Incorreta. Ocorre a influência da temperatura sobre os isótopos de estanho. [D] Incorreta. Não ocorre transformação em outro elemento químico. O Sn apenas muda sua estrutura. [E] Correta. Trata-se de substâncias simples do Sn, que são alótropos desse elemento. Resposta da questão 65: [A] A partícula beta equivale ao elétron. Resposta da questão 66: [D] A partir das suas descobertas científicas, Niels Böhr propôs cinco postulados: 1º) Um átomo é formado por um núcleo e por elétrons extranucleares, cujas interações elétricas seguem a lei de Coulomb. 2º) Os elétrons se movem ao redor do núcleo em órbitas circulares. 3º) Quando um elétron está em uma órbita ele não ganha e nem perde energia, dizemos que ele está em uma órbita discreta ou estacionária ou num estado estacionário. 4º) Os elétrons só podem apresentar variações de energia quando saltam de uma órbita para outra. 5º) Um átomo só pode ganhar ou perder energia em quantidades equivalentes a um múltiplo inteiro (quanta). Resposta da questão 67: [D] Análise das afirmações: [A] Falsa. Uma molécula emite ou absorve energia apenas quando permanece em vários estados quânticos. [B] Falsa. A teoria quântica foi elaborada pelo cientista Max Planck, que é considerado o “pai” da física quântica.
  • 43. [C] Falsa. Segundo a teoria quântica, um corpo negro emite ondas eletromagnéticas na faixa do infravermelho. [D] Verdadeira. São resultados práticos do estudo de química quântica: os aparelhos de CD e DVD, o controle remoto, os equipamentos de ressonância magnética e os microcomputadores, pois utilizam ondas eletromagnéticas e as variações de estado quântico de energia. Resposta da questão 68: [C] As configurações eletrônicas dos íons Zn2+ e Br- são respectivamente: 2 2 6 2 6 2 10 30 2 2 2 6 2 6 10 30 2 2 6 2 6 18 2 10 30 2 2 6 2 6 2 10 5 35 2 2 6 2 6 2 10 6 35 2 2 6 2 6 10 18 2 10 6 35 Zn : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d Zn : 1s 2s 2p 3s 3p 3d Ar : 1s 2s 2p 3s 3p Zn : [Ar] 3d Br : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p Br : 1s 2s 2p 3s 3p 4s 3d 4p Ar : 1s 2s 2p 3s 3p 3d Br : [Ar] 4s 3d 4p     A primeira energia de ionização do átomo de Zn é menor (menor carga nuclear) do que a do átomo de Br (maior carga nuclear). Resposta da questão 69: [B] 2 2 8 1 1 2 2 16 2 1 8 H O possui O H H 10 prótons 10 elétrons H O 2 H O 2 1 8 10 nêutrons            Número de massa: 2 2 16 2 1 8H O 2 H O 2 2 16 20.       Resposta da questão 70: [A] Böhr intuiu que deveriam existir muitos comprimentos de onda diferentes, desde a luz visível até a invisível. Ele deduziu que estes comprimentos de onda poderiam ser quantizados, ou seja, um elétron dentro de um átomo não poderia ter qualquer quantidade de energia, mas sim quantidades específicas e que se um elétron caísse de um nível de energia quantizado (nível de energia constante) para outro ocorreria a liberação de energia na forma de luz num único comprimento de onda.