SlideShare uma empresa Scribd logo
1
MÉTODOS DE PESQUISA EM
ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE
Cassio Meira Jr., Dante De Rose Jr. e Marcelo Massa
Apresentação e Introdução
2
Apresentação
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA
EACH-USP
ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: Atividade Física e Saúde
Nº DE CRÉDITOS: 6
(Aulas Teóricas: 4; Aulas Práticas, Seminários e Outros: 1; Horas de Estudo:
4)
DURAÇÃO EM SEMANAS: 10
DOCENTES RESPONSÁVEIS: Cássio M. Meira Jr., Dante De Rose Jr. e Marcelo
Massa
3
Apresentação
OBJETIVOS
Oferecer ao aluno oportunidades para:
entender os conceitos básicos de metodologia da pesquisa científica em
atividade física e saúde;
organizar a busca de literatura científica na área de interesse;
aplicar métodos de pesquisa a projetos científicos;
aprofundar projetos de pesquisa do ponto de vista metodológico.
4
Apresentação
JUSTIFICATIVA
A disciplina trata de aspectos metodológicos, epistemológicos e éticos de
pesquisa científica de modo a proporcionar ao aluno o conhecimento sobre
conceitos e procedimentos metodológicos necessários para conceber, planejar,
desenvolver e apresentar o exame de qualificação e a dissertação/tese. A
disciplina também desenvolve conteúdo que visa estimular a publicação da
dissertação/tese em periódicos arbitrados, bem como a comunicação em
eventos científicos. O oferecimento da disciplina, portanto, permite ao aluno
obter conhecimentos consistentes acerca de métodos de pesquisa para a
consecução da dissertação/tese.
5
Apresentação
CONTEÚDO
1. Tipos de conhecimento
2. Aspectos epistemológicos da ciência
3. Características, natureza e etapas da pesquisa científica
4. Ética em pesquisa científica
5. Fontes, tipos e avaliação de produção científica
6. Busca e utilização da literatura
7. Tipos de pesquisa (Analítica, Descritiva, Experimental e Qualitativa)
8. Desenvolvimento do problema de pesquisa
9. Formulação do método
10. Redação e divulgação do trabalho científico
11. Aplicação dos métodos de pesquisa em dissertações, teses e artigos
6
Apresentação
BIBLIOGRAFIA
THOMAS, J.R.; NELSON, J.K.; SILVERMAN, S.J. Research methods in
physical activity. Champaign, Human Kinetics, 2015.
ADAMS, K.A.; LAWRENCE; E.K. Research methods, statistics, and
applications. Thousand Oaks, Sage, 2018.
ALVES-MAZZOTTI, A.J.; GEWANDSZNAJDER, F. O método nas ciências
naturais e sociais: Pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo, Pioneira
Thomson Learning, 2001.
BOUCHARD, C.; MCPHERSON, B.D.; TAYLOR, A.W. Physical activity sciences.
Champaign, Human Kinetics, 1992.
CHALMERS, A.F. O que é ciência afinal? São Paulo, Brasiliense, 1993.
CRESWELL, J.W.; CRESWELL, J.D. Research design: qualitative, quantitative,
and mixed methods approaches. Thousand Oaks, Sage, 2018.
DENZIN,N.; LINCOLN, Y.S. The landscape of qualitative research: Theories
and issues. London, Sage Publications, 2013.
GAYA, A.C.A. Ciências do movimento humano: Introdução à metodologia da
pesquisa. Porto Alegre, Artmed, 2008.
GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Atlas, 2017.
7
Apresentação
BIBLIOGRAFIA
HOFFMAN, S.; KNUDSON, D. Introduction to Kinesiology. Champaign, Human
Kinetics, 2018.
KUHN, T.S. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo, Perspectiva,
1996.
KUMAR, R. Research methodology: A step-by-step guide for beginners.
Thousand Oaks, Sage, 2019.
LAKATOS, I.; MUSGRAVE, A. A crítica e o desenvolvimento do conhecimento.
São Paulo, Cultrix, 1979.
MARCONI, M.A.; LAKATOS, E.M. Fundamentos de metodologia científica. São
Paulo, Atlas, 2017.
MATTAR, J. Metodologia científica na era digital. São Paulo, Saraiva, 2017.
POPPER, K.R. A lógica da pesquisa científica. São Paulo, Cultrix, 2000.
RICHARDSON, R.J. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo, Atlas,
2017.
SEVERINO, A.J. Metodologia do trabalho científico. São Paulo, Cortez, 2016.
YIN, R.K. Case study research: design and methods. Thousand Oaks, Sage,
2017.
8
Definições de Pesquisa
Conjunto de procedimentos sistemáticos baseados no raciocínio lógico, que tem como
objetivo encontrar soluções para problemas propostos, mediante a utilização de métodos
científicos (Reis, 2002)
Instrumento de investigação usado pela ciência para gerar novos conhecimentos
(Ferreira, 2010)
Introdução
9
Introdução
10
Objetivos da Pesquisa
Demonstrar a existência ou ausência de relações entre diferentes fenômenos
Estabelecer consistência interna entre conceitos de certa teoria
Desenvolver novas tecnologias
Demonstrar novas aplicações de tecnologias já conhecidas
Aumentar a generalidade do conhecimento
Descrever condições sob as quais os fenômenos acontecem
PRODUZIR CONHECIMENTO
Introdução
11
Introdução
Dissertação/Tese
12
Introdução
Tipos de conhecimento
Popular
Religioso
Filosófico
Científico
Características do
Conhecimento Científico
Claro
Preciso
Falível
Racional
Objetivo
Fatual
Comunicável
Verificável
Metódico
Sistemático
Descritivo
Explicativo
Preditivo
Aberto
Útil
Replicável
13
Introdução
Processo de pós-graduação
14
Introdução
Características da Pesquisa Científica
Sistemática (controle, estruturação)
Lógica (razão, argumentação)
Empírica (dados, observação, experimentação)
Redutiva (de eventos individuais -> relações gerais)
Replicável (permite repetição)
Thomas, Nelson & Silverman (2015)
15
Introdução
Aluno de pós-graduação
16
Introdução
Relação com orientador
Bianca Trama – Blog Humor
http://posgraduando.com/blog/humor/o-orientador-pira
Esse post foi escrito com uma finalidade: mostrar o que pode acabar com o
humor do seu orientador. Consequentemente, vamos te ajudar a evitar
possíveis transtornos durante a pós-graduação (que já é árdua por si só).
Claro que toda regra tem uma exceção mas, no geral, orientador é tudo igual!
Existe orientador que leva na rédea curta, outros que nem rédeas colocam…
Tem o amigão da galera e o que tem a fama de carrasco! Mas quando envolve
dissertação/tese, artigos e reuniões eles ficam todos iguais!
Então… FICA A DICA!
17
1 – Prazo de entrega de relatórios/dissertação/tese
Já pensou na alegria do seu orientador quando você furar a data que
programou? Ele vai ter que gastar o precioso tempo dele enviando um e-mail
pra te cobrar.
Tudo isso pode piorar se o relatório que ele pediu for pra enviar junto com o
projeto dele para a agência financiadora!
2 – “Tá serto”
Ce iço te irrita, imajina como o seu orientador vai ficar cuando corrigir sua
dissertação xeia de erros?
3 – Inglês “The book is on the table”
…e na hora de escrever o artigo você percebe que só passou na proficiência
porque liberaram o uso do dicionário e o orientador vai ter um trabalho
enorme pra reescrever tudo!
18
4 – Reunião
Ai o Sr. Orientador marca uma reunião com você e você…:
a) não aparece e envia um e-mail em cima da hora;
b) não comparece porque está de ressaca ou tem aniversário da tia-avó da
irmã da cunhada da sua namorada (e dá essa justificativa por e-mail);
c) comparece e esquece de levar tudo o que ele te pediu.
5 – O dono da verdade
Errar é humano, mas esfregar na cara do orientador que ele está errado… é
mortal!
Ou já pensou se você ficar interrompendo o raciocínio dele como se estivesse
tentando adivinhar o que ele vai falar?
Se ele não ficar bravo, vai ficar com a certeza de que você é um chato!
E aí… O que você já fez que tirou seu orientador do sério?
Obs 1: Não nos responsabilizamos se alguém usar este post para o mal!
Obs 2: Orientador, me perdoe pelas vezes que te irritei!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Redação Científica
Redação CientíficaRedação Científica
Redação Científica
Solange Santana
 
Métodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisaMétodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisa
Isabella Marra
 
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Fabiano Souza
 
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. RilvaPesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Tutorial CINAHL
Tutorial CINAHLTutorial CINAHL
Tutorial CINAHL
Juliana Takahashi
 
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. RilvaMedicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Módulo 1 - aula 2
Módulo 1 - aula 2Módulo 1 - aula 2
Módulo 1 - aula 2
eadsantamarcelina
 
Revisão Sistemática da Literatura
Revisão Sistemática da LiteraturaRevisão Sistemática da Literatura
Revisão Sistemática da Literatura
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Apresentação metodologia qualitativa
Apresentação metodologia qualitativaApresentação metodologia qualitativa
Apresentação metodologia qualitativa
Fernando Dantas
 
AnáLise Do ConteúDo Slides
AnáLise Do ConteúDo SlidesAnáLise Do ConteúDo Slides
AnáLise Do ConteúDo Slides
guestc028f7
 
Revisão sistemática
Revisão sistemáticaRevisão sistemática
Revisão sistemática
Iared
 
Busca em bases e portais de dados
Busca em bases e portais de dadosBusca em bases e portais de dados
Busca em bases e portais de dados
Cassio Meira Jr.
 
Aula 02 - Tipos de Pesquisas
Aula 02 - Tipos de PesquisasAula 02 - Tipos de Pesquisas
Aula 02 - Tipos de Pesquisas
Ghiordanno Bruno
 
Capacitação em análise de dados quantitativos
Capacitação em análise de dados quantitativosCapacitação em análise de dados quantitativos
Capacitação em análise de dados quantitativos
Aliny Lima
 
Aprenda a pesquisar no Portal BVS - módulo avançado
Aprenda a pesquisar no Portal BVS - módulo avançadoAprenda a pesquisar no Portal BVS - módulo avançado
Aprenda a pesquisar no Portal BVS - módulo avançado
Universidade de São Paulo
 
Estudos Observacionais (aula 7)
Estudos Observacionais (aula 7)Estudos Observacionais (aula 7)
Estudos Observacionais (aula 7)
Sandra Lago Moraes
 
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva MuñozTCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFCMedicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
Aula 2 estudo qualitativo
Aula 2   estudo qualitativoAula 2   estudo qualitativo
Aula 2 estudo qualitativo
Ricardo Alexandre
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientifica
Felipe Mago
 

Mais procurados (20)

Redação Científica
Redação CientíficaRedação Científica
Redação Científica
 
Métodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisaMétodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisa
 
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
Critérios Prisma para Revisoes Sistematicas - melhor transparência nas public...
 
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. RilvaPesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
Pesquisa Qualitativa: Uma Introdução. Profa. Rilva
 
Tutorial CINAHL
Tutorial CINAHLTutorial CINAHL
Tutorial CINAHL
 
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. RilvaMedicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
Medicina Baseada em Evidências - GESME - Profa. Rilva
 
Módulo 1 - aula 2
Módulo 1 - aula 2Módulo 1 - aula 2
Módulo 1 - aula 2
 
Revisão Sistemática da Literatura
Revisão Sistemática da LiteraturaRevisão Sistemática da Literatura
Revisão Sistemática da Literatura
 
Apresentação metodologia qualitativa
Apresentação metodologia qualitativaApresentação metodologia qualitativa
Apresentação metodologia qualitativa
 
AnáLise Do ConteúDo Slides
AnáLise Do ConteúDo SlidesAnáLise Do ConteúDo Slides
AnáLise Do ConteúDo Slides
 
Revisão sistemática
Revisão sistemáticaRevisão sistemática
Revisão sistemática
 
Busca em bases e portais de dados
Busca em bases e portais de dadosBusca em bases e portais de dados
Busca em bases e portais de dados
 
Aula 02 - Tipos de Pesquisas
Aula 02 - Tipos de PesquisasAula 02 - Tipos de Pesquisas
Aula 02 - Tipos de Pesquisas
 
Capacitação em análise de dados quantitativos
Capacitação em análise de dados quantitativosCapacitação em análise de dados quantitativos
Capacitação em análise de dados quantitativos
 
Aprenda a pesquisar no Portal BVS - módulo avançado
Aprenda a pesquisar no Portal BVS - módulo avançadoAprenda a pesquisar no Portal BVS - módulo avançado
Aprenda a pesquisar no Portal BVS - módulo avançado
 
Estudos Observacionais (aula 7)
Estudos Observacionais (aula 7)Estudos Observacionais (aula 7)
Estudos Observacionais (aula 7)
 
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva MuñozTCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
TCC: Discussão e Conclusões - Profa. Rilva Muñoz
 
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFCMedicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
Medicina Baseada em Evidências - Diagnóstico na Prática do MFC
 
Aula 2 estudo qualitativo
Aula 2   estudo qualitativoAula 2   estudo qualitativo
Aula 2 estudo qualitativo
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientifica
 

Semelhante a Introdução à metodologia da pesquisa científica

Métodos de Pesquisa - Pós CAF - Introdução
Métodos de Pesquisa - Pós CAF - IntroduçãoMétodos de Pesquisa - Pós CAF - Introdução
Métodos de Pesquisa - Pós CAF - Introdução
Cassio Meira Jr.
 
MANUAL do aluno_metodologia científica_2023.1.docx
MANUAL  do aluno_metodologia científica_2023.1.docxMANUAL  do aluno_metodologia científica_2023.1.docx
MANUAL do aluno_metodologia científica_2023.1.docx
ESTUDOMED
 
Slides Elaboração de Projeto IFPA (buna).pptx
Slides Elaboração de Projeto IFPA (buna).pptxSlides Elaboração de Projeto IFPA (buna).pptx
Slides Elaboração de Projeto IFPA (buna).pptx
JhannethTalytaCosta
 
2022_-_Introdução_à_Escrita_Científica (1).pptx
2022_-_Introdução_à_Escrita_Científica (1).pptx2022_-_Introdução_à_Escrita_Científica (1).pptx
2022_-_Introdução_à_Escrita_Científica (1).pptx
JoseAugustoAragao
 
Processo cientifico
Processo cientificoProcesso cientifico
Processo cientifico
Alfonso Gómez Paiva
 
Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2
Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2
Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2
Débora Santos
 
Resumo capitulo 4 creswell estrategias de redacao e consideracoes eticas
Resumo capitulo 4 creswell   estrategias de redacao e consideracoes eticasResumo capitulo 4 creswell   estrategias de redacao e consideracoes eticas
Resumo capitulo 4 creswell estrategias de redacao e consideracoes eticas
Rodrigo Nicéas
 
aula-091.ppt
aula-091.pptaula-091.ppt
aula-091.ppt
Ademar Trindade
 
Elaboração da Questão de Pesquisa (aula 3)
Elaboração da Questão de Pesquisa (aula 3)Elaboração da Questão de Pesquisa (aula 3)
Elaboração da Questão de Pesquisa (aula 3)
Sandra Lago Moraes
 
Plano de ensino introdução ao conhecimento científico 2013
Plano de ensino introdução ao conhecimento científico 2013Plano de ensino introdução ao conhecimento científico 2013
Plano de ensino introdução ao conhecimento científico 2013
Carla Regina Mota Alonso Diéguez
 
Seminário metodologia 2012
Seminário metodologia 2012Seminário metodologia 2012
Seminário metodologia 2012
Jamilly Cristiny
 
Trabalho de conclusão de Curso
Trabalho de conclusão de CursoTrabalho de conclusão de Curso
Trabalho de conclusão de Curso
Luci Bonini
 
Planode cursofilosofia20143serie unificado
Planode cursofilosofia20143serie unificadoPlanode cursofilosofia20143serie unificado
Planode cursofilosofia20143serie unificado
Valdenes Pereira
 
fred-kerlinger-metodologia-da-pesquisa-em-ciencias-sociais
fred-kerlinger-metodologia-da-pesquisa-em-ciencias-sociaisfred-kerlinger-metodologia-da-pesquisa-em-ciencias-sociais
fred-kerlinger-metodologia-da-pesquisa-em-ciencias-sociais
ISTA- Instituto Superior Técnico de Angola
 
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisaAlvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
André de Oliveira
 
Refletindo sobre a avaliação no contexto escolar
Refletindo sobre a avaliação no contexto escolarRefletindo sobre a avaliação no contexto escolar
Refletindo sobre a avaliação no contexto escolar
Binatto
 
03 elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
03   elaboração de questionários na pesquisa quantitativa03   elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
03 elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
gisa_legal
 
Plano de ensino hist. c. e met. pesq
Plano de ensino hist. c. e met. pesqPlano de ensino hist. c. e met. pesq
Plano de ensino hist. c. e met. pesq
bioalvarenga
 
Palestra sobre redação científica - Biblioteca EEFE
Palestra sobre redação científica - Biblioteca EEFEPalestra sobre redação científica - Biblioteca EEFE
Palestra sobre redação científica - Biblioteca EEFE
Universidade de São Paulo
 
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativaA elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
Pascoal Lisian
 

Semelhante a Introdução à metodologia da pesquisa científica (20)

Métodos de Pesquisa - Pós CAF - Introdução
Métodos de Pesquisa - Pós CAF - IntroduçãoMétodos de Pesquisa - Pós CAF - Introdução
Métodos de Pesquisa - Pós CAF - Introdução
 
MANUAL do aluno_metodologia científica_2023.1.docx
MANUAL  do aluno_metodologia científica_2023.1.docxMANUAL  do aluno_metodologia científica_2023.1.docx
MANUAL do aluno_metodologia científica_2023.1.docx
 
Slides Elaboração de Projeto IFPA (buna).pptx
Slides Elaboração de Projeto IFPA (buna).pptxSlides Elaboração de Projeto IFPA (buna).pptx
Slides Elaboração de Projeto IFPA (buna).pptx
 
2022_-_Introdução_à_Escrita_Científica (1).pptx
2022_-_Introdução_à_Escrita_Científica (1).pptx2022_-_Introdução_à_Escrita_Científica (1).pptx
2022_-_Introdução_à_Escrita_Científica (1).pptx
 
Processo cientifico
Processo cientificoProcesso cientifico
Processo cientifico
 
Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2
Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2
Método em Pesquisa e Redação Científica - Aula1 e 2
 
Resumo capitulo 4 creswell estrategias de redacao e consideracoes eticas
Resumo capitulo 4 creswell   estrategias de redacao e consideracoes eticasResumo capitulo 4 creswell   estrategias de redacao e consideracoes eticas
Resumo capitulo 4 creswell estrategias de redacao e consideracoes eticas
 
aula-091.ppt
aula-091.pptaula-091.ppt
aula-091.ppt
 
Elaboração da Questão de Pesquisa (aula 3)
Elaboração da Questão de Pesquisa (aula 3)Elaboração da Questão de Pesquisa (aula 3)
Elaboração da Questão de Pesquisa (aula 3)
 
Plano de ensino introdução ao conhecimento científico 2013
Plano de ensino introdução ao conhecimento científico 2013Plano de ensino introdução ao conhecimento científico 2013
Plano de ensino introdução ao conhecimento científico 2013
 
Seminário metodologia 2012
Seminário metodologia 2012Seminário metodologia 2012
Seminário metodologia 2012
 
Trabalho de conclusão de Curso
Trabalho de conclusão de CursoTrabalho de conclusão de Curso
Trabalho de conclusão de Curso
 
Planode cursofilosofia20143serie unificado
Planode cursofilosofia20143serie unificadoPlanode cursofilosofia20143serie unificado
Planode cursofilosofia20143serie unificado
 
fred-kerlinger-metodologia-da-pesquisa-em-ciencias-sociais
fred-kerlinger-metodologia-da-pesquisa-em-ciencias-sociaisfred-kerlinger-metodologia-da-pesquisa-em-ciencias-sociais
fred-kerlinger-metodologia-da-pesquisa-em-ciencias-sociais
 
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisaAlvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
Alvorada rh-tecno-métodos e técnicas de pesquisa
 
Refletindo sobre a avaliação no contexto escolar
Refletindo sobre a avaliação no contexto escolarRefletindo sobre a avaliação no contexto escolar
Refletindo sobre a avaliação no contexto escolar
 
03 elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
03   elaboração de questionários na pesquisa quantitativa03   elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
03 elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
 
Plano de ensino hist. c. e met. pesq
Plano de ensino hist. c. e met. pesqPlano de ensino hist. c. e met. pesq
Plano de ensino hist. c. e met. pesq
 
Palestra sobre redação científica - Biblioteca EEFE
Palestra sobre redação científica - Biblioteca EEFEPalestra sobre redação científica - Biblioteca EEFE
Palestra sobre redação científica - Biblioteca EEFE
 
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativaA elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
A elaboração de questionários na pesquisa quantitativa
 

Mais de Cassio Meira Jr.

Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Cassio Meira Jr.
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Cassio Meira Jr.
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Cassio Meira Jr.
 
Metas2022.ppt
Metas2022.pptMetas2022.ppt
Metas2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
Variabilidade&Estrutura2022.ppt
Variabilidade&Estrutura2022.pptVariabilidade&Estrutura2022.ppt
Variabilidade&Estrutura2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
AprMot_Avaliacao2022.ppt
AprMot_Avaliacao2022.pptAprMot_Avaliacao2022.ppt
AprMot_Avaliacao2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
AprMot_Intro2022.ppt
AprMot_Intro2022.pptAprMot_Intro2022.ppt
AprMot_Intro2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
Transferência de aprendizagem_2022.ppt
Transferência de aprendizagem_2022.pptTransferência de aprendizagem_2022.ppt
Transferência de aprendizagem_2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
Fracionamento_2022.ppt
Fracionamento_2022.pptFracionamento_2022.ppt
Fracionamento_2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
DifsInds2022.ppt
DifsInds2022.pptDifsInds2022.ppt
DifsInds2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
Fases_AprMot2022.ppt
Fases_AprMot2022.pptFases_AprMot2022.ppt
Fases_AprMot2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
Experts_2022.ppt
Experts_2022.pptExperts_2022.ppt
Experts_2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
Ciência Aberta / Desenvolvimento do pesquisador
Ciência Aberta / Desenvolvimento do pesquisadorCiência Aberta / Desenvolvimento do pesquisador
Ciência Aberta / Desenvolvimento do pesquisador
Cassio Meira Jr.
 
Etapas da Pesquisa Científica
Etapas da Pesquisa CientíficaEtapas da Pesquisa Científica
Etapas da Pesquisa Científica
Cassio Meira Jr.
 
Ética na pesquisa científica
Ética na pesquisa científicaÉtica na pesquisa científica
Ética na pesquisa científica
Cassio Meira Jr.
 
Pesquisa Qualitativa
Pesquisa QualitativaPesquisa Qualitativa
Pesquisa Qualitativa
Cassio Meira Jr.
 
Cronograma 2022.ppt
Cronograma 2022.pptCronograma 2022.ppt
Cronograma 2022.ppt
Cassio Meira Jr.
 
Epistemologia
EpistemologiaEpistemologia
Epistemologia
Cassio Meira Jr.
 
Revisão Sistematica
Revisão SistematicaRevisão Sistematica
Revisão Sistematica
Cassio Meira Jr.
 
Programa de pós-graduação - diretrizes
Programa de pós-graduação - diretrizesPrograma de pós-graduação - diretrizes
Programa de pós-graduação - diretrizes
Cassio Meira Jr.
 

Mais de Cassio Meira Jr. (20)

Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Metas2022.ppt
Metas2022.pptMetas2022.ppt
Metas2022.ppt
 
Variabilidade&Estrutura2022.ppt
Variabilidade&Estrutura2022.pptVariabilidade&Estrutura2022.ppt
Variabilidade&Estrutura2022.ppt
 
AprMot_Avaliacao2022.ppt
AprMot_Avaliacao2022.pptAprMot_Avaliacao2022.ppt
AprMot_Avaliacao2022.ppt
 
AprMot_Intro2022.ppt
AprMot_Intro2022.pptAprMot_Intro2022.ppt
AprMot_Intro2022.ppt
 
Transferência de aprendizagem_2022.ppt
Transferência de aprendizagem_2022.pptTransferência de aprendizagem_2022.ppt
Transferência de aprendizagem_2022.ppt
 
Fracionamento_2022.ppt
Fracionamento_2022.pptFracionamento_2022.ppt
Fracionamento_2022.ppt
 
DifsInds2022.ppt
DifsInds2022.pptDifsInds2022.ppt
DifsInds2022.ppt
 
Fases_AprMot2022.ppt
Fases_AprMot2022.pptFases_AprMot2022.ppt
Fases_AprMot2022.ppt
 
Experts_2022.ppt
Experts_2022.pptExperts_2022.ppt
Experts_2022.ppt
 
Ciência Aberta / Desenvolvimento do pesquisador
Ciência Aberta / Desenvolvimento do pesquisadorCiência Aberta / Desenvolvimento do pesquisador
Ciência Aberta / Desenvolvimento do pesquisador
 
Etapas da Pesquisa Científica
Etapas da Pesquisa CientíficaEtapas da Pesquisa Científica
Etapas da Pesquisa Científica
 
Ética na pesquisa científica
Ética na pesquisa científicaÉtica na pesquisa científica
Ética na pesquisa científica
 
Pesquisa Qualitativa
Pesquisa QualitativaPesquisa Qualitativa
Pesquisa Qualitativa
 
Cronograma 2022.ppt
Cronograma 2022.pptCronograma 2022.ppt
Cronograma 2022.ppt
 
Epistemologia
EpistemologiaEpistemologia
Epistemologia
 
Revisão Sistematica
Revisão SistematicaRevisão Sistematica
Revisão Sistematica
 
Programa de pós-graduação - diretrizes
Programa de pós-graduação - diretrizesPrograma de pós-graduação - diretrizes
Programa de pós-graduação - diretrizes
 

Último

Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 

Último (20)

Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 

Introdução à metodologia da pesquisa científica

  • 1. 1 MÉTODOS DE PESQUISA EM ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE Cassio Meira Jr., Dante De Rose Jr. e Marcelo Massa Apresentação e Introdução
  • 2. 2 Apresentação PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA EACH-USP ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: Atividade Física e Saúde Nº DE CRÉDITOS: 6 (Aulas Teóricas: 4; Aulas Práticas, Seminários e Outros: 1; Horas de Estudo: 4) DURAÇÃO EM SEMANAS: 10 DOCENTES RESPONSÁVEIS: Cássio M. Meira Jr., Dante De Rose Jr. e Marcelo Massa
  • 3. 3 Apresentação OBJETIVOS Oferecer ao aluno oportunidades para: entender os conceitos básicos de metodologia da pesquisa científica em atividade física e saúde; organizar a busca de literatura científica na área de interesse; aplicar métodos de pesquisa a projetos científicos; aprofundar projetos de pesquisa do ponto de vista metodológico.
  • 4. 4 Apresentação JUSTIFICATIVA A disciplina trata de aspectos metodológicos, epistemológicos e éticos de pesquisa científica de modo a proporcionar ao aluno o conhecimento sobre conceitos e procedimentos metodológicos necessários para conceber, planejar, desenvolver e apresentar o exame de qualificação e a dissertação/tese. A disciplina também desenvolve conteúdo que visa estimular a publicação da dissertação/tese em periódicos arbitrados, bem como a comunicação em eventos científicos. O oferecimento da disciplina, portanto, permite ao aluno obter conhecimentos consistentes acerca de métodos de pesquisa para a consecução da dissertação/tese.
  • 5. 5 Apresentação CONTEÚDO 1. Tipos de conhecimento 2. Aspectos epistemológicos da ciência 3. Características, natureza e etapas da pesquisa científica 4. Ética em pesquisa científica 5. Fontes, tipos e avaliação de produção científica 6. Busca e utilização da literatura 7. Tipos de pesquisa (Analítica, Descritiva, Experimental e Qualitativa) 8. Desenvolvimento do problema de pesquisa 9. Formulação do método 10. Redação e divulgação do trabalho científico 11. Aplicação dos métodos de pesquisa em dissertações, teses e artigos
  • 6. 6 Apresentação BIBLIOGRAFIA THOMAS, J.R.; NELSON, J.K.; SILVERMAN, S.J. Research methods in physical activity. Champaign, Human Kinetics, 2015. ADAMS, K.A.; LAWRENCE; E.K. Research methods, statistics, and applications. Thousand Oaks, Sage, 2018. ALVES-MAZZOTTI, A.J.; GEWANDSZNAJDER, F. O método nas ciências naturais e sociais: Pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo, Pioneira Thomson Learning, 2001. BOUCHARD, C.; MCPHERSON, B.D.; TAYLOR, A.W. Physical activity sciences. Champaign, Human Kinetics, 1992. CHALMERS, A.F. O que é ciência afinal? São Paulo, Brasiliense, 1993. CRESWELL, J.W.; CRESWELL, J.D. Research design: qualitative, quantitative, and mixed methods approaches. Thousand Oaks, Sage, 2018. DENZIN,N.; LINCOLN, Y.S. The landscape of qualitative research: Theories and issues. London, Sage Publications, 2013. GAYA, A.C.A. Ciências do movimento humano: Introdução à metodologia da pesquisa. Porto Alegre, Artmed, 2008. GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo, Atlas, 2017.
  • 7. 7 Apresentação BIBLIOGRAFIA HOFFMAN, S.; KNUDSON, D. Introduction to Kinesiology. Champaign, Human Kinetics, 2018. KUHN, T.S. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo, Perspectiva, 1996. KUMAR, R. Research methodology: A step-by-step guide for beginners. Thousand Oaks, Sage, 2019. LAKATOS, I.; MUSGRAVE, A. A crítica e o desenvolvimento do conhecimento. São Paulo, Cultrix, 1979. MARCONI, M.A.; LAKATOS, E.M. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo, Atlas, 2017. MATTAR, J. Metodologia científica na era digital. São Paulo, Saraiva, 2017. POPPER, K.R. A lógica da pesquisa científica. São Paulo, Cultrix, 2000. RICHARDSON, R.J. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo, Atlas, 2017. SEVERINO, A.J. Metodologia do trabalho científico. São Paulo, Cortez, 2016. YIN, R.K. Case study research: design and methods. Thousand Oaks, Sage, 2017.
  • 8. 8 Definições de Pesquisa Conjunto de procedimentos sistemáticos baseados no raciocínio lógico, que tem como objetivo encontrar soluções para problemas propostos, mediante a utilização de métodos científicos (Reis, 2002) Instrumento de investigação usado pela ciência para gerar novos conhecimentos (Ferreira, 2010) Introdução
  • 10. 10 Objetivos da Pesquisa Demonstrar a existência ou ausência de relações entre diferentes fenômenos Estabelecer consistência interna entre conceitos de certa teoria Desenvolver novas tecnologias Demonstrar novas aplicações de tecnologias já conhecidas Aumentar a generalidade do conhecimento Descrever condições sob as quais os fenômenos acontecem PRODUZIR CONHECIMENTO Introdução
  • 12. 12 Introdução Tipos de conhecimento Popular Religioso Filosófico Científico Características do Conhecimento Científico Claro Preciso Falível Racional Objetivo Fatual Comunicável Verificável Metódico Sistemático Descritivo Explicativo Preditivo Aberto Útil Replicável
  • 14. 14 Introdução Características da Pesquisa Científica Sistemática (controle, estruturação) Lógica (razão, argumentação) Empírica (dados, observação, experimentação) Redutiva (de eventos individuais -> relações gerais) Replicável (permite repetição) Thomas, Nelson & Silverman (2015)
  • 16. 16 Introdução Relação com orientador Bianca Trama – Blog Humor http://posgraduando.com/blog/humor/o-orientador-pira Esse post foi escrito com uma finalidade: mostrar o que pode acabar com o humor do seu orientador. Consequentemente, vamos te ajudar a evitar possíveis transtornos durante a pós-graduação (que já é árdua por si só). Claro que toda regra tem uma exceção mas, no geral, orientador é tudo igual! Existe orientador que leva na rédea curta, outros que nem rédeas colocam… Tem o amigão da galera e o que tem a fama de carrasco! Mas quando envolve dissertação/tese, artigos e reuniões eles ficam todos iguais! Então… FICA A DICA!
  • 17. 17 1 – Prazo de entrega de relatórios/dissertação/tese Já pensou na alegria do seu orientador quando você furar a data que programou? Ele vai ter que gastar o precioso tempo dele enviando um e-mail pra te cobrar. Tudo isso pode piorar se o relatório que ele pediu for pra enviar junto com o projeto dele para a agência financiadora! 2 – “Tá serto” Ce iço te irrita, imajina como o seu orientador vai ficar cuando corrigir sua dissertação xeia de erros? 3 – Inglês “The book is on the table” …e na hora de escrever o artigo você percebe que só passou na proficiência porque liberaram o uso do dicionário e o orientador vai ter um trabalho enorme pra reescrever tudo!
  • 18. 18 4 – Reunião Ai o Sr. Orientador marca uma reunião com você e você…: a) não aparece e envia um e-mail em cima da hora; b) não comparece porque está de ressaca ou tem aniversário da tia-avó da irmã da cunhada da sua namorada (e dá essa justificativa por e-mail); c) comparece e esquece de levar tudo o que ele te pediu. 5 – O dono da verdade Errar é humano, mas esfregar na cara do orientador que ele está errado… é mortal! Ou já pensou se você ficar interrompendo o raciocínio dele como se estivesse tentando adivinhar o que ele vai falar? Se ele não ficar bravo, vai ficar com a certeza de que você é um chato! E aí… O que você já fez que tirou seu orientador do sério? Obs 1: Não nos responsabilizamos se alguém usar este post para o mal! Obs 2: Orientador, me perdoe pelas vezes que te irritei!