SlideShare uma empresa Scribd logo
HISTORIA DO CINEMA
A ORIGEM DO CINEMA

cinema desenvolveu-se cientificamente em 1824 antes que suas
possibilidades artísticas e comerciais fossem conhecidas e
exploradas. Uma das primeiras conquistas científicas que levaram
diretamente ao desenvolvimento do cinema foram as observações
de Peter Mark Roget.
PRIMEIROS TESTES

 Tanto nos Estados Unidos como na Europa, animava-se imagens desenhadas à
mão como forma de diversão, empregando dispositivos que se tornaram populares
nos salões da classe média. Concretamente, descobriu-se que se 16 imagens estáticas
de um movimento que transcorre em um segundo são passadas sucessivamente
também em um segundo, a persistência da visão as une, fazendo com que sejam
vistas como uma só imagem em movimento.
A PRIMEIRA CÂMERA
 Na década de 1890, Thomas Alva Edison construiu a primeira
máquina de cinema, o quinetoscópio, que o espectador
individualmente tinha que ver através de uma lente de aumento.
OS FILMES MUDOS

 Os primeiros filmes que foram produzidos eram mudos, e a imensa
maioria dos filmes era ou do gênero faroeste, ou comédias pastelão, ou
elegantes melodramas. Mack Sennett chegou a ser então o rei da comédia
e um grande descobridor de talentos; entre eles, Gloria Swanson, Harold
Lloyd e Charlie Chaplin.
O CINEMA SONORO

 Em 1926, a produtora Warner Brothers lançou o primeiro sistema sonoro eficaz, conhecido
como Vitaphone, até que em 1927, a Warner lançou o filme “Uma cantora de Jazz ", um musical
que pela primeira vez na história do cinema possuía alguns diálogos e cantorias sincronizados
aliados a partes totalmente sem som, então em 1928 o filme “As luzes de Nova York" ,(também da
Warner), se tornaria o primeiro filme com som totalmente sincronizado. O som gravado no disco
do sistema Vitaphone foi logo sendo substituído por outro sistema como o Movietone da
Fox, com sistema de som no próprio filme.
DESENVOLVIMENTO DO
      FILME COLORIDO
 Os sistemas experimentados, como o Technicolor de duas cores,
foram decepcionantes e fracassaram na tentativa de entusiasmar o público.
Mas por volta de 1933, o Technicolor foi aperfeiçoado com um sistema de
três cores comercializável, empregado pela primeira vez no filme Vaidade
e beleza (1935), de Rouben Mamoulian.
CINEMA EM TERCEIRA
             DIMENSÃO
 Durante um breve período, no início da década de 1950, uma novidade conhecida
como 3D apareceu no mercado. Consistia na superposição de duas imagens distintas da
mesma cena, cada uma tomada com um filtro de cor diferente e de um ângulo
ligeiramente diferente. Essas cenas eram vistas através de óculos especiais, em que cada
lente tinha um filtro colorido na cor equivalente à usada durante a filmagem, de forma a
reproduzir a visão estereoscópica e dar impressão de relevo.
CINEMAS ATUAIS

 Nos tempos atuais as tecnologias dos cinemas vem melhorando a
cada dia, com o cinema 3D, Ima, 4D e 4K que trata-se de imagens
digitais com mais de 2.000 linhas de resolução e com brilho e
contraste.
FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Evolução do Cinema
Evolução do CinemaEvolução do Cinema
Evolução do Cinema
Sthefânia Fauro
 
A arte da fotografia
A arte da fotografiaA arte da fotografia
A arte da fotografia
Ana Beatriz Cargnin
 
Tipos de fotografia
Tipos de fotografiaTipos de fotografia
Tipos de fotografia
Marcio Duarte
 
História da fotografia
História da fotografiaHistória da fotografia
História da fotografia
Tatiana Aneas
 
História da Fotografia
História da FotografiaHistória da Fotografia
História da Fotografia
guest668b3
 
Fotografia
FotografiaFotografia
Fotografia
cattonia
 
Breve historia-da-fotografia
 Breve historia-da-fotografia Breve historia-da-fotografia
Breve historia-da-fotografia
Marta Monteiro
 
A Arte da Animação: História da Animação e Técnicas de Animação
A Arte da Animação: História da Animação e Técnicas de AnimaçãoA Arte da Animação: História da Animação e Técnicas de Animação
A Arte da Animação: História da Animação e Técnicas de Animação
Ana Beatriz Cargnin
 
História do cinema blog
História do cinema blogHistória do cinema blog
História do cinema blog
Over Lane
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Origem cinema
Origem cinemaOrigem cinema
Origem cinema
Ana Roberta Souza
 
A história do cinema no Brasil
A história do cinema no BrasilA história do cinema no Brasil
A história do cinema no Brasil
João da Mata
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
Michele Pó
 
Cubismo
CubismoCubismo
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
Cristiane Seibt
 
Cinema
CinemaCinema
CAP 4. O cinema - setima arte e construçao do objeto em movimento.pptx
CAP 4. O cinema - setima arte e construçao do objeto em movimento.pptxCAP 4. O cinema - setima arte e construçao do objeto em movimento.pptx
CAP 4. O cinema - setima arte e construçao do objeto em movimento.pptx
TATE9
 
Historia da Fotografia
Historia da FotografiaHistoria da Fotografia
Historia da Fotografia
Cid Costa Neto
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
Isabela Garcia
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
CLEBER LUIS DAMACENO
 

Mais procurados (20)

Evolução do Cinema
Evolução do CinemaEvolução do Cinema
Evolução do Cinema
 
A arte da fotografia
A arte da fotografiaA arte da fotografia
A arte da fotografia
 
Tipos de fotografia
Tipos de fotografiaTipos de fotografia
Tipos de fotografia
 
História da fotografia
História da fotografiaHistória da fotografia
História da fotografia
 
História da Fotografia
História da FotografiaHistória da Fotografia
História da Fotografia
 
Fotografia
FotografiaFotografia
Fotografia
 
Breve historia-da-fotografia
 Breve historia-da-fotografia Breve historia-da-fotografia
Breve historia-da-fotografia
 
A Arte da Animação: História da Animação e Técnicas de Animação
A Arte da Animação: História da Animação e Técnicas de AnimaçãoA Arte da Animação: História da Animação e Técnicas de Animação
A Arte da Animação: História da Animação e Técnicas de Animação
 
História do cinema blog
História do cinema blogHistória do cinema blog
História do cinema blog
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Origem cinema
Origem cinemaOrigem cinema
Origem cinema
 
A história do cinema no Brasil
A história do cinema no BrasilA história do cinema no Brasil
A história do cinema no Brasil
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
 
Cinema
CinemaCinema
Cinema
 
CAP 4. O cinema - setima arte e construçao do objeto em movimento.pptx
CAP 4. O cinema - setima arte e construçao do objeto em movimento.pptxCAP 4. O cinema - setima arte e construçao do objeto em movimento.pptx
CAP 4. O cinema - setima arte e construçao do objeto em movimento.pptx
 
Historia da Fotografia
Historia da FotografiaHistoria da Fotografia
Historia da Fotografia
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
 

Destaque

Trabalho cinema
Trabalho  cinemaTrabalho  cinema
Trabalho cinema
Franciscab25
 
História do cinema
História do cinemaHistória do cinema
História do cinema
paulo_batista
 
Historia do cinema
Historia do cinemaHistoria do cinema
Historia do cinema
Dorneles Neves
 
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
Mauricio Mallet Duprat
 
A historia do cinema 3 d
A historia do cinema 3 dA historia do cinema 3 d
A historia do cinema 3 d
eercavalcanti
 
Edição e Montagem 1 (Aula 2)
Edição e Montagem 1 (Aula 2)Edição e Montagem 1 (Aula 2)
Edição e Montagem 1 (Aula 2)
Mauricio Fonteles
 
Endocrino reproducao feminina
Endocrino reproducao femininaEndocrino reproducao feminina
Endocrino reproducao feminina
Unis
 
Aula1 história da montagem
 Aula1 história da montagem Aula1 história da montagem
Aula1 história da montagem
ismaelfurtado
 
A comunicação na república velha
A comunicação na república velhaA comunicação na república velha
A comunicação na república velha
Maninho Walker
 
A cultura do cinema
A cultura do cinema   A cultura do cinema
A cultura do cinema
Ana Barreiros
 

Destaque (12)

Trabalho cinema
Trabalho  cinemaTrabalho  cinema
Trabalho cinema
 
História do cinema
História do cinemaHistória do cinema
História do cinema
 
Historia do cinema
Historia do cinemaHistoria do cinema
Historia do cinema
 
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
CINEMA - Parte 2 (Desenvolvimento e indústria)
 
A historia do cinema 3 d
A historia do cinema 3 dA historia do cinema 3 d
A historia do cinema 3 d
 
Reprodução masculina
Reprodução masculinaReprodução masculina
Reprodução masculina
 
Reprodução feminina
Reprodução femininaReprodução feminina
Reprodução feminina
 
Edição e Montagem 1 (Aula 2)
Edição e Montagem 1 (Aula 2)Edição e Montagem 1 (Aula 2)
Edição e Montagem 1 (Aula 2)
 
Endocrino reproducao feminina
Endocrino reproducao femininaEndocrino reproducao feminina
Endocrino reproducao feminina
 
Aula1 história da montagem
 Aula1 história da montagem Aula1 história da montagem
Aula1 história da montagem
 
A comunicação na república velha
A comunicação na república velhaA comunicação na república velha
A comunicação na república velha
 
A cultura do cinema
A cultura do cinema   A cultura do cinema
A cultura do cinema
 

Semelhante a Historia do cinema

historiadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdf
historiadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdfhistoriadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdf
historiadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdf
WeslleyDias8
 
Neto a emergencia da fotografia e do cinema
Neto   a emergencia da fotografia e do cinemaNeto   a emergencia da fotografia e do cinema
Neto a emergencia da fotografia e do cinema
Pedro Pereira Neto
 
história_cinema
história_cinemahistória_cinema
história_cinema
ladybru
 
Cinema 2c16 2012
Cinema 2c16 2012Cinema 2c16 2012
Cinema 2c16 2012
www.historiadasartes.com
 
Aula 11 - Cinema
Aula 11 - CinemaAula 11 - Cinema
Aula 11 - Cinema
guest051d8a
 
curso de animacao 2d Senac-George Alberto
curso de animacao 2d Senac-George Albertocurso de animacao 2d Senac-George Alberto
curso de animacao 2d Senac-George Alberto
George Alberto F. Cavalcante
 
Cinema1
Cinema1Cinema1
Cinema1
cinema8b
 
Cinema, filosofia e sociedade.pptx
Cinema, filosofia e sociedade.pptx   Cinema, filosofia e sociedade.pptx
Cinema, filosofia e sociedade.pptx
gabiimedeiros
 
Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01
Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01
Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01
keelresende
 
EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS
EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS AUDIOVISUAISEVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS
EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS
Tiago Lopes
 
Cinema
CinemaCinema
Setima Arte
Setima ArteSetima Arte
Setima Arte
celinho_ingles
 
A Era do Cinema mudo
A Era do Cinema mudoA Era do Cinema mudo
A Era do Cinema mudo
Luryan da Silva F.
 
cinemamudo-150112180744-conversion-gate02.pdf
cinemamudo-150112180744-conversion-gate02.pdfcinemamudo-150112180744-conversion-gate02.pdf
cinemamudo-150112180744-conversion-gate02.pdf
WeslleyDias8
 
Setima arte
Setima arteSetima arte
Setima arte
Turmad-ibnmucana
 
AULA 2: História da Animação
AULA 2: História da AnimaçãoAULA 2: História da Animação
AULA 2: História da Animação
Dra. Camila Hamdan
 
Módulo 1 - CGA
Módulo 1 - CGAMódulo 1 - CGA
Módulo 1 - CGA
SofiaOliveira96
 
A origem do cinema
A origem do cinemaA origem do cinema
A origem do cinema
olivia57
 
Imagens na-historia
Imagens na-historiaImagens na-historia
Imagens na-historia
William Meirelles
 
Cinema
CinemaCinema
Cinema
riclaetb
 

Semelhante a Historia do cinema (20)

historiadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdf
historiadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdfhistoriadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdf
historiadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdf
 
Neto a emergencia da fotografia e do cinema
Neto   a emergencia da fotografia e do cinemaNeto   a emergencia da fotografia e do cinema
Neto a emergencia da fotografia e do cinema
 
história_cinema
história_cinemahistória_cinema
história_cinema
 
Cinema 2c16 2012
Cinema 2c16 2012Cinema 2c16 2012
Cinema 2c16 2012
 
Aula 11 - Cinema
Aula 11 - CinemaAula 11 - Cinema
Aula 11 - Cinema
 
curso de animacao 2d Senac-George Alberto
curso de animacao 2d Senac-George Albertocurso de animacao 2d Senac-George Alberto
curso de animacao 2d Senac-George Alberto
 
Cinema1
Cinema1Cinema1
Cinema1
 
Cinema, filosofia e sociedade.pptx
Cinema, filosofia e sociedade.pptx   Cinema, filosofia e sociedade.pptx
Cinema, filosofia e sociedade.pptx
 
Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01
Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01
Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01
 
EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS
EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS AUDIOVISUAISEVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS
EVOLUÇÃO DAS TECNOLOGIAS AUDIOVISUAIS
 
Cinema
CinemaCinema
Cinema
 
Setima Arte
Setima ArteSetima Arte
Setima Arte
 
A Era do Cinema mudo
A Era do Cinema mudoA Era do Cinema mudo
A Era do Cinema mudo
 
cinemamudo-150112180744-conversion-gate02.pdf
cinemamudo-150112180744-conversion-gate02.pdfcinemamudo-150112180744-conversion-gate02.pdf
cinemamudo-150112180744-conversion-gate02.pdf
 
Setima arte
Setima arteSetima arte
Setima arte
 
AULA 2: História da Animação
AULA 2: História da AnimaçãoAULA 2: História da Animação
AULA 2: História da Animação
 
Módulo 1 - CGA
Módulo 1 - CGAMódulo 1 - CGA
Módulo 1 - CGA
 
A origem do cinema
A origem do cinemaA origem do cinema
A origem do cinema
 
Imagens na-historia
Imagens na-historiaImagens na-historia
Imagens na-historia
 
Cinema
CinemaCinema
Cinema
 

Último

Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
maria-oliveira
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 

Último (20)

Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 

Historia do cinema

  • 2. A ORIGEM DO CINEMA cinema desenvolveu-se cientificamente em 1824 antes que suas possibilidades artísticas e comerciais fossem conhecidas e exploradas. Uma das primeiras conquistas científicas que levaram diretamente ao desenvolvimento do cinema foram as observações de Peter Mark Roget.
  • 3. PRIMEIROS TESTES  Tanto nos Estados Unidos como na Europa, animava-se imagens desenhadas à mão como forma de diversão, empregando dispositivos que se tornaram populares nos salões da classe média. Concretamente, descobriu-se que se 16 imagens estáticas de um movimento que transcorre em um segundo são passadas sucessivamente também em um segundo, a persistência da visão as une, fazendo com que sejam vistas como uma só imagem em movimento.
  • 4. A PRIMEIRA CÂMERA  Na década de 1890, Thomas Alva Edison construiu a primeira máquina de cinema, o quinetoscópio, que o espectador individualmente tinha que ver através de uma lente de aumento.
  • 5. OS FILMES MUDOS  Os primeiros filmes que foram produzidos eram mudos, e a imensa maioria dos filmes era ou do gênero faroeste, ou comédias pastelão, ou elegantes melodramas. Mack Sennett chegou a ser então o rei da comédia e um grande descobridor de talentos; entre eles, Gloria Swanson, Harold Lloyd e Charlie Chaplin.
  • 6. O CINEMA SONORO  Em 1926, a produtora Warner Brothers lançou o primeiro sistema sonoro eficaz, conhecido como Vitaphone, até que em 1927, a Warner lançou o filme “Uma cantora de Jazz ", um musical que pela primeira vez na história do cinema possuía alguns diálogos e cantorias sincronizados aliados a partes totalmente sem som, então em 1928 o filme “As luzes de Nova York" ,(também da Warner), se tornaria o primeiro filme com som totalmente sincronizado. O som gravado no disco do sistema Vitaphone foi logo sendo substituído por outro sistema como o Movietone da Fox, com sistema de som no próprio filme.
  • 7. DESENVOLVIMENTO DO FILME COLORIDO  Os sistemas experimentados, como o Technicolor de duas cores, foram decepcionantes e fracassaram na tentativa de entusiasmar o público. Mas por volta de 1933, o Technicolor foi aperfeiçoado com um sistema de três cores comercializável, empregado pela primeira vez no filme Vaidade e beleza (1935), de Rouben Mamoulian.
  • 8. CINEMA EM TERCEIRA DIMENSÃO  Durante um breve período, no início da década de 1950, uma novidade conhecida como 3D apareceu no mercado. Consistia na superposição de duas imagens distintas da mesma cena, cada uma tomada com um filtro de cor diferente e de um ângulo ligeiramente diferente. Essas cenas eram vistas através de óculos especiais, em que cada lente tinha um filtro colorido na cor equivalente à usada durante a filmagem, de forma a reproduzir a visão estereoscópica e dar impressão de relevo.
  • 9. CINEMAS ATUAIS  Nos tempos atuais as tecnologias dos cinemas vem melhorando a cada dia, com o cinema 3D, Ima, 4D e 4K que trata-se de imagens digitais com mais de 2.000 linhas de resolução e com brilho e contraste.
  • 10. FIM