SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
“ O cinema não tem fronteiras nem limites. É um fluxo constante de sonho.” Orson Welles
5
4
3
2
1
O filme  “Chegada de um Trem à Estação de la Ciotat” foi o responsável pelo desespero do público, que ao ver o trem se aproximar, pensaram que iriam ser atropelados. 28 de Dezembro de 1895 é considerada a data  de nascimento do cinema, quando os irmãos  Lumiére promoveram, no Grand Café, centro de  París, a primeira sessão que contava com duração  de 20 minutos.
 
Devemos lembrar que antes dos irmãos Auguste e Louis Lumiére, muitas pessoas contribuíram para a invenção da sétima arte...
Pré-história Registro de seqüências de imagens, desenhadas em cavernas, que dão a sensação de movimento. Teatro de sombras Começou a ser praticado na China, por volta de 5000 a.C, as personagens eram projetadas em telas de linho. Câmara Escura Anunciado por Leonardo da Vinci, consiste em uma caixa escura com um pequeno orifício,onde é projetada a imagem invertida Lanterna Mágica Caixa iluminada a vela que através de uma lâmina de vidro, amplia a imagem.  Thaumatrópio Inventado em 1825, consiste em um disco, preso a dois pedaços de barbante, com uma imagem em cada lado. Quando os barbantes são torcidos as imagens se fundem.
Persistência Retiniana Peter Mark Roget estuda o fenômeno da retenção da imagem. Fenacistoscópio Inventado por Joseph Antoine Plateau, é um disco com desenhos de uma pessoa em diferentes posições, quando girado, dá-se a impressão de movimento. Zootrópio Máquina criada em 1834, composta por um tambor com frestas, da onde é possível ver imagens em movimento que estão fixadas no interior do tambor. Praxinoscópio  Inventado por Charles Émile Reynaud, consistia em um tambor com espelhos no centro e desenhos colados no interior. Ao girar o tambor é possível visualizar o movimento das imagens por meio dos espelhos.
Película Em 1878, Charles Benett fabrica a película fotográfica com celulóide. Fuziu fotográfico Criado na França, consiste em um tambor forrado por dentro com chapa fotográfica, que disparava 24 fotos. Cinetoscópio Aparelho de projeção, inventado pela equipe de Thomas Edison, consistia em uma caixa que projetava as imagens da película por meio de uma manivela. Cinematógrafo Cinetoscópio aperfeiçoado pelos irmão Lumiére, que torna possível a projeção do filme para mais de uma pessoa.
Thaumatrópio Fenacistoscópio Zootrópio Praxynoscópio Câmera escura Heliografia Fuzil fotográfico Cinetoscópio Cinematógrafo Lanterna mágica Sombras chinesas Pinturas Rupestres
[object Object],Primeiros Filmes Havia também um narrador, que explicava o filme, e legendas com as falas das personagens.
[object Object],Primeiros Filmes
[object Object],Primeiros Filmes
 
[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object]
Fonte: www.estacaovirtual.com www.portalsaofrancisco.com.br www.webcine.com.br www.telabr.com.br
Bruna Alves PUC – SP Tecnologia e Mídias Digitais

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Breve historia-da-fotografia
 Breve historia-da-fotografia Breve historia-da-fotografia
Breve historia-da-fotografiaMarta Monteiro
 
História do cinema blog
História do cinema blogHistória do cinema blog
História do cinema blogOver Lane
 
Edição e Montagem - Aulas 8 e 9
Edição e Montagem - Aulas 8 e 9Edição e Montagem - Aulas 8 e 9
Edição e Montagem - Aulas 8 e 9Mauricio Fonteles
 
Introdução à linguagem audiovisual
Introdução à linguagem audiovisualIntrodução à linguagem audiovisual
Introdução à linguagem audiovisualThiago Assumpção
 
Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)Mauricio Mallet Duprat
 
Teorias da montagem cinematográfica
Teorias da montagem cinematográficaTeorias da montagem cinematográfica
Teorias da montagem cinematográficaAline Wendpap
 
Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)Mauricio Mallet Duprat
 
História da fotografia
História da fotografiaHistória da fotografia
História da fotografiaTatiana Aneas
 
History of film
History of filmHistory of film
History of filmRayVictor
 

Mais procurados (20)

Setima Arte
Setima ArteSetima Arte
Setima Arte
 
Breve historia-da-fotografia
 Breve historia-da-fotografia Breve historia-da-fotografia
Breve historia-da-fotografia
 
História do cinema blog
História do cinema blogHistória do cinema blog
História do cinema blog
 
Edição e Montagem - Aulas 8 e 9
Edição e Montagem - Aulas 8 e 9Edição e Montagem - Aulas 8 e 9
Edição e Montagem - Aulas 8 e 9
 
Cinema
CinemaCinema
Cinema
 
Breve história do cinema
Breve história do cinemaBreve história do cinema
Breve história do cinema
 
Introdução à linguagem audiovisual
Introdução à linguagem audiovisualIntrodução à linguagem audiovisual
Introdução à linguagem audiovisual
 
01. O cinema como arte
01. O cinema como arte01. O cinema como arte
01. O cinema como arte
 
Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 1 (Planos e enquadramentos)
 
4. Montagem e continuidade
4. Montagem e continuidade4. Montagem e continuidade
4. Montagem e continuidade
 
History of cinema
History of cinemaHistory of cinema
History of cinema
 
Teorias da montagem cinematográfica
Teorias da montagem cinematográficaTeorias da montagem cinematográfica
Teorias da montagem cinematográfica
 
Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)
Elementos narrativos do cinema - Parte 2 (Ângulos e Efeitos Psicológicos)
 
História da fotografia
História da fotografiaHistória da fotografia
História da fotografia
 
História da Animação
História da AnimaçãoHistória da Animação
História da Animação
 
2. Cinematografia
2. Cinematografia2. Cinematografia
2. Cinematografia
 
History of film
History of filmHistory of film
History of film
 
Origem cinema
Origem cinemaOrigem cinema
Origem cinema
 
Animação 1 - Storyboard
Animação 1 - StoryboardAnimação 1 - Storyboard
Animação 1 - Storyboard
 
Fotografia
FotografiaFotografia
Fotografia
 

Destaque

Destaque (7)

A história do cinema
A história do cinemaA história do cinema
A história do cinema
 
Trabalho sobre cinema
Trabalho sobre cinemaTrabalho sobre cinema
Trabalho sobre cinema
 
Senac 2ª aula
Senac    2ª aulaSenac    2ª aula
Senac 2ª aula
 
Cinema
CinemaCinema
Cinema
 
Evolução do Cinema
Evolução do CinemaEvolução do Cinema
Evolução do Cinema
 
História do cinema
História do cinemaHistória do cinema
História do cinema
 
Trabalho cinema
Trabalho  cinemaTrabalho  cinema
Trabalho cinema
 

Semelhante a história_cinema

Fotografia cinematografica
Fotografia cinematograficaFotografia cinematografica
Fotografia cinematograficaGleimeson Souza
 
Irmãos Lumiére - Artes
Irmãos Lumiére - ArtesIrmãos Lumiére - Artes
Irmãos Lumiére - ArtesRayra Santos
 
A origem do cinema
A origem do cinemaA origem do cinema
A origem do cinemaolivia57
 
Mcs o cinema, c daniel e vero
Mcs   o cinema, c daniel e veroMcs   o cinema, c daniel e vero
Mcs o cinema, c daniel e veroJosé Palma
 
AULA 2: História da Animação
AULA 2: História da AnimaçãoAULA 2: História da Animação
AULA 2: História da AnimaçãoDra. Camila Hamdan
 
Cinema, filosofia e sociedade.pptx
Cinema, filosofia e sociedade.pptx   Cinema, filosofia e sociedade.pptx
Cinema, filosofia e sociedade.pptx gabiimedeiros
 
historiadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdf
historiadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdfhistoriadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdf
historiadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdfWeslleyDias8
 
A sétima arte e os Irmãos lumier
A sétima arte e os Irmãos lumierA sétima arte e os Irmãos lumier
A sétima arte e os Irmãos lumiercatiapereiramanuela
 
Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01
Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01
Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01keelresende
 
Neto a emergencia da fotografia e do cinema
Neto   a emergencia da fotografia e do cinemaNeto   a emergencia da fotografia e do cinema
Neto a emergencia da fotografia e do cinemaPedro Pereira Neto
 
Primórdios da Fotografia
Primórdios da FotografiaPrimórdios da Fotografia
Primórdios da FotografiaMichele Pó
 

Semelhante a história_cinema (20)

Cinema 2c16 2012
Cinema 2c16 2012Cinema 2c16 2012
Cinema 2c16 2012
 
Fotografia cinematografica
Fotografia cinematograficaFotografia cinematografica
Fotografia cinematografica
 
Irmãos Lumiére - Artes
Irmãos Lumiére - ArtesIrmãos Lumiére - Artes
Irmãos Lumiére - Artes
 
A origem do cinema
A origem do cinemaA origem do cinema
A origem do cinema
 
Cinema
CinemaCinema
Cinema
 
História do cinema
História do cinemaHistória do cinema
História do cinema
 
Mcs o cinema, c daniel e vero
Mcs   o cinema, c daniel e veroMcs   o cinema, c daniel e vero
Mcs o cinema, c daniel e vero
 
curso de animacao 2d Senac-George Alberto
curso de animacao 2d Senac-George Albertocurso de animacao 2d Senac-George Alberto
curso de animacao 2d Senac-George Alberto
 
AULA 2: História da Animação
AULA 2: História da AnimaçãoAULA 2: História da Animação
AULA 2: História da Animação
 
Cinema, filosofia e sociedade.pptx
Cinema, filosofia e sociedade.pptx   Cinema, filosofia e sociedade.pptx
Cinema, filosofia e sociedade.pptx
 
Eav aula 2 c
Eav aula 2 cEav aula 2 c
Eav aula 2 c
 
historiadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdf
historiadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdfhistoriadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdf
historiadocinemamatheusvieira-120505123320-phpapp02.pdf
 
História do cinema
História do cinemaHistória do cinema
História do cinema
 
A sétima arte e os Irmãos lumier
A sétima arte e os Irmãos lumierA sétima arte e os Irmãos lumier
A sétima arte e os Irmãos lumier
 
Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01
Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01
Histriadocinemablog 120819075351-phpapp02-131003130910-phpapp01
 
Neto a emergencia da fotografia e do cinema
Neto   a emergencia da fotografia e do cinemaNeto   a emergencia da fotografia e do cinema
Neto a emergencia da fotografia e do cinema
 
1-historia do cinema.pptx
1-historia do cinema.pptx1-historia do cinema.pptx
1-historia do cinema.pptx
 
Primórdios da Fotografia
Primórdios da FotografiaPrimórdios da Fotografia
Primórdios da Fotografia
 
Módulo 1 - CGA
Módulo 1 - CGAMódulo 1 - CGA
Módulo 1 - CGA
 
A Era do Cinema mudo
A Era do Cinema mudoA Era do Cinema mudo
A Era do Cinema mudo
 

história_cinema

  • 1. “ O cinema não tem fronteiras nem limites. É um fluxo constante de sonho.” Orson Welles
  • 2. 5
  • 3. 4
  • 4. 3
  • 5. 2
  • 6. 1
  • 7. O filme “Chegada de um Trem à Estação de la Ciotat” foi o responsável pelo desespero do público, que ao ver o trem se aproximar, pensaram que iriam ser atropelados. 28 de Dezembro de 1895 é considerada a data de nascimento do cinema, quando os irmãos Lumiére promoveram, no Grand Café, centro de París, a primeira sessão que contava com duração de 20 minutos.
  • 8.  
  • 9. Devemos lembrar que antes dos irmãos Auguste e Louis Lumiére, muitas pessoas contribuíram para a invenção da sétima arte...
  • 10. Pré-história Registro de seqüências de imagens, desenhadas em cavernas, que dão a sensação de movimento. Teatro de sombras Começou a ser praticado na China, por volta de 5000 a.C, as personagens eram projetadas em telas de linho. Câmara Escura Anunciado por Leonardo da Vinci, consiste em uma caixa escura com um pequeno orifício,onde é projetada a imagem invertida Lanterna Mágica Caixa iluminada a vela que através de uma lâmina de vidro, amplia a imagem. Thaumatrópio Inventado em 1825, consiste em um disco, preso a dois pedaços de barbante, com uma imagem em cada lado. Quando os barbantes são torcidos as imagens se fundem.
  • 11. Persistência Retiniana Peter Mark Roget estuda o fenômeno da retenção da imagem. Fenacistoscópio Inventado por Joseph Antoine Plateau, é um disco com desenhos de uma pessoa em diferentes posições, quando girado, dá-se a impressão de movimento. Zootrópio Máquina criada em 1834, composta por um tambor com frestas, da onde é possível ver imagens em movimento que estão fixadas no interior do tambor. Praxinoscópio Inventado por Charles Émile Reynaud, consistia em um tambor com espelhos no centro e desenhos colados no interior. Ao girar o tambor é possível visualizar o movimento das imagens por meio dos espelhos.
  • 12. Película Em 1878, Charles Benett fabrica a película fotográfica com celulóide. Fuziu fotográfico Criado na França, consiste em um tambor forrado por dentro com chapa fotográfica, que disparava 24 fotos. Cinetoscópio Aparelho de projeção, inventado pela equipe de Thomas Edison, consistia em uma caixa que projetava as imagens da película por meio de uma manivela. Cinematógrafo Cinetoscópio aperfeiçoado pelos irmão Lumiére, que torna possível a projeção do filme para mais de uma pessoa.
  • 13. Thaumatrópio Fenacistoscópio Zootrópio Praxynoscópio Câmera escura Heliografia Fuzil fotográfico Cinetoscópio Cinematógrafo Lanterna mágica Sombras chinesas Pinturas Rupestres
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.  
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22. Fonte: www.estacaovirtual.com www.portalsaofrancisco.com.br www.webcine.com.br www.telabr.com.br
  • 23. Bruna Alves PUC – SP Tecnologia e Mídias Digitais