SlideShare uma empresa Scribd logo
COMUNIDADES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM E O ENSINO DA HISTÓRIA – A INTERNET E A DIDÁCTICA DA HISTÓRIA

                                                                                     CFPCascais 09


                      Guia do Trabalho Prático e Reflexivo

        Este documento tem como objectivo dar algumas linhas de orientação para o
desenvolvimento de trabalhos escritos, no âmbito da acção de formação: COMUNIDADES
VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM E O ENSINO DA HISTÓRIA – A INTERNET E A DIDÁCTICA DA HISTÓRIA
        As linhas de orientação não visam criar regras de trabalho fixas, são antes linhas de
rumo para a articulação entre os trabalhos práticos realizados em sessão e a promoção de um
desenvolvimento mais teórico e reflexivo sobre as aprendizagens, problemáticas e mobilização
de competências demonstradas nos diferentes contextos de actuação por forma a promover uma
reflexão passível de ser analisada com vista à avaliação global individual e colectiva dos
formandos.
        Este documento, deve pois, ser entendido como um ponto de partida para a organização
de conteúdos e apresentação dos mesmos, quer para realização de trabalhos individuais, quer
para trabalhos realizados em grupos de actividades colaborativas.



Apresentação e Reflexão Inicial

        Esta fase de implementação da mobilização de competências é realizada em sala, com
o apoio do formador. É essencialmente realizada em cada um dos temas de forma a realizar
uma introdução mais teórica e de contexto e que permitirá aos formandos enquadrarem a sua
experiência, conhecimentos, capacidades e aptidões de forma a criarem propostas de trabalho
individuais e/ou colectivas que possam ser implementadas e realizadas no decurso do processo
formativo. As actividades serão realizadas num contexto de brainstorming com o apoio de suportes de
aprendizagem (Slides, Vídeos, Textos e outros…) e sempre que necessário serão solicitadas algumas
leituras ou pesquisas de enquadramento temático. Uma vez que o trabalho a realizar exige uma
intervenção prática de construção de uma comunidade virtual de aprendizagem ou planeamento de
realização em contexto de sala, acresce a este trabalho teórico a necessária reflexão de modelos e
formas de implementação prática das actividades a realizar em função dos objectivos desta acção de
formação.


Planificação e Modelo

         Nesta fase, quer seja um trabalho individual, quer seja um trabalho de grupo, os
formandos deverão eleger as temáticas a abordar, tecnologias/recursos a serem utilizadas e
realizar uma planificação preliminar (caso seja individual, encontrar as ideias estruturantes da
reflexão; caso seja em grupo, para além deste ponto, incluir a definição da organização social do
trabalho de grupo, isto é, definição dos papeis de cada membro na realização do trabalho).
         Nesta fase serão ainda realizados alguns conjuntos de pesquisas e trabalho de
organização temática com o acompanhamento do formador.




                                                                                                      1
                      Guião Prático para a Acção de Formação – Makt09
COMUNIDADES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM E O ENSINO DA HISTÓRIA – A INTERNET E A DIDÁCTICA DA HISTÓRIA

                                                                                     CFPCascais 09

Desenvolvimento e Monitorização

         Após a consolidação das fases anteriores, os formandos iniciam individualmente ou em
grupos, o trabalho de realização das actividades, recurso, instrumento ou produto que se tenham
proposto realizar. O desenvolvimento das actividades é feito em contexto de sala e pode ser
realizado por transposição directa de actividades profissionais fora deste contexto. Aqui, as
ferramentas de comunicação síncrona e assíncrona (e-mail, página de apoio -
http://cvahist9.ning.com/) funcionam também como espaço de troca de dados, informações e
esclarecimento de dúvidas, para além das actividades de monitorização e apoio realizadas pelo
formador em contexto formal de sala.

         Os formandos devem utilizar as ferramentas de comunicação com o formador para irem
dando algumas informações formais sobre as actividades desenvolvidas casos estas impliquem
actividades para além do contexto de sala. Estas informações são dadas por meio dos espaços
dedicados aos Grupos (na plataforma de apoio ao curso) ou por e-mail directamente para o
formador. Preferencialmente deve sempre ser utilizada a plataforma pois esta é uma forma de
partilhar dúvidas e práticas que beneficia todos.


Acompanhamento e Competências

        Ao longo do desenvolvimento do trabalho, os formandos serão sempre acompanhados
pelo formador. Este acompanhamento revestir-se-á, muitas vezes, de apoio técnico,
recomendações de leituras, articulação de conhecimentos, reflexões conjuntas e trabalho
colaborativo. Este acompanhamento será realizado em sala, assim como, através das
ferramentas de comunicação disponíveis, quer síncronas quer assíncronas (neste caso no
espaço de 24 horas).

       O formador pode ser contacto via:
       E-mail: joecalima@gmail.com
       Telemóvel: 917098266
       Messenger: jo_eca@hotmail.com
       Endereço da Plataforma: http://cvahist9.ning.com/




                                                                                                      2
                     Guião Prático para a Acção de Formação – Makt09
COMUNIDADES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM E O ENSINO DA HISTÓRIA – A INTERNET E A DIDÁCTICA DA HISTÓRIA

                                                                                     CFPCascais 09

Apresentação Final

        Para que o formador possa proceder a uma análise global das actividades realizadas
para além do acompanhamento realizado em sala, os formandos deverão criar um documento
de registo reflexivo dessas mesmas actividades e de práticas metodológicas de um ponto de
vista mais teórico. Quando o trabalho for realizado a nível individual, este documento final é
individual. Quando o trabalho realizado for de grupo o documento é realizado pelo grupo
devendo conter uma componente de análise reflexiva individual de cada um dos seus elementos.

        Este trabalho final terá o seguinte modelo:
        - Índice
        - Introdução (máximo 1 página) – concepção, reflexões de escolha, desenvolvimento,
        ferramentas, opções tomadas, etc.
        - Actividades desenvolvidas (máximo 8 páginas sem contar com imagens, gráficos e
        esquemas)
        a. Descrição
        b. Finalidade e objectivos
        c. Etapas, Metodologia e resultados
        d. Pontos fortes e ponto fracos
        - Análise auto-reflexiva e crítica (máximo 1 página/ 1 página por elemento do grupo)
        a. Análise pessoal de competências utilizadas/adquiridas (Se em trabalho de grupo deve
        ser registada a reflexão individual de cada um dos elementos desse mesmo grupo.)
        - Conclusões (máximo 1 página)
        - Anexos

        Por último, quer o trabalho seja realizado individualmente, quer o seja em grupo, existirá
uma pequena apresentação ao grupo de formandos com a duração máxima de 10 minutos que
depois será comentada por todos, incluindo o formador.


Análise final de observação competências.

        A análise final será realizada por via da avaliação inter-pares e auto e hetero avaliação.
As conclusões serão partilhadas num blog público a realizar no final da acção de formação onde
serão colocadas fotografias, resultados de análise do trabalho e partilha de práticas para alargar
a reflexão obtida pela experiência vivida por todos à comunidade educativa interessada na
temática da acção de formação.




                                                                          João Lima | 09 | Makt09




                                                                                                      3
                     Guião Prático para a Acção de Formação – Makt09

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On Line
Aspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On LineAspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On Line
Aspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On Line
Luciana Grof
 
Mini curso webquest - humanas
Mini curso webquest  - humanasMini curso webquest  - humanas
Mini curso webquest - humanas
Welton Fontes
 
Reflexão Final Sobre a Experiência de Aprendizagem em Processos Pedagógicos e...
Reflexão Final Sobre a Experiência de Aprendizagem em Processos Pedagógicos e...Reflexão Final Sobre a Experiência de Aprendizagem em Processos Pedagógicos e...
Reflexão Final Sobre a Experiência de Aprendizagem em Processos Pedagógicos e...
Luciana Grof
 
Como adquirir conhecimento por meio do conceito h e pbl
Como adquirir conhecimento por meio do conceito h e pblComo adquirir conhecimento por meio do conceito h e pbl
Como adquirir conhecimento por meio do conceito h e pbl
Luciana Grof
 
Relat reflex crítica - acacio duarte - Integração de Ferramentas Digitais no ...
Relat reflex crítica - acacio duarte - Integração de Ferramentas Digitais no ...Relat reflex crítica - acacio duarte - Integração de Ferramentas Digitais no ...
Relat reflex crítica - acacio duarte - Integração de Ferramentas Digitais no ...
Acácio Duarte
 
An2 b - trabalho colaborativo com as ferramentas google - edição e publicação...
An2 b - trabalho colaborativo com as ferramentas google - edição e publicação...An2 b - trabalho colaborativo com as ferramentas google - edição e publicação...
An2 b - trabalho colaborativo com as ferramentas google - edição e publicação...
Jorge Teixeira
 
Trabalho colaborativo3 ppt
Trabalho colaborativo3 pptTrabalho colaborativo3 ppt
Trabalho colaborativo3 ppt
peacel
 
Reflexao critica formacao_fa_avaliacao_web_artur_ramisio
Reflexao critica formacao_fa_avaliacao_web_artur_ramisioReflexao critica formacao_fa_avaliacao_web_artur_ramisio
Reflexao critica formacao_fa_avaliacao_web_artur_ramisio
arturramisio
 
PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.
PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.
PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.
Jovert Freire
 
Afirse 2007
Afirse 2007Afirse 2007
Afirse 2007
Idalina Jorge
 
Dicas para um curso em e learning
Dicas para um curso em e learningDicas para um curso em e learning
Dicas para um curso em e learning
Eduarda_Ferreira
 
Tarefa 1 unidade_2
Tarefa 1 unidade_2Tarefa 1 unidade_2
Tarefa 1 unidade_2
alexandranuneslopes
 
Webquest: ferramentas colaborativas para formação dos professores
Webquest: ferramentas  colaborativas  para  formação dos professoresWebquest: ferramentas  colaborativas  para  formação dos professores
Webquest: ferramentas colaborativas para formação dos professores
Lúcia Serafim
 
Mdc joao grilo_ua2
Mdc joao grilo_ua2Mdc joao grilo_ua2
Mdc joao grilo_ua2
João Grilo
 
Docente Independente Empreendedor
Docente Independente EmpreendedorDocente Independente Empreendedor
Docente Independente Empreendedor
Messias Matusse
 
Profs 1 1
Profs 1 1Profs 1 1
Profs 1 1
Pedro Heitor
 
Competências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoria
Competências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoriaCompetências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoria
Competências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoria
ANATED
 
(25.10.2011) O PBL na faculdade de administração da PUC Campinas - Profa. Cib...
(25.10.2011) O PBL na faculdade de administração da PUC Campinas - Profa. Cib...(25.10.2011) O PBL na faculdade de administração da PUC Campinas - Profa. Cib...
(25.10.2011) O PBL na faculdade de administração da PUC Campinas - Profa. Cib...
ANGRAD
 
Formação do Gestor e Tecnologia na Escola
Formação do Gestor e Tecnologia na EscolaFormação do Gestor e Tecnologia na Escola
Formação do Gestor e Tecnologia na Escola
Web Currículo PUC-SP
 

Mais procurados (19)

Aspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On Line
Aspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On LineAspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On Line
Aspectos Mais Relevantes em Desenho de Aprendizagem e de Atividades On Line
 
Mini curso webquest - humanas
Mini curso webquest  - humanasMini curso webquest  - humanas
Mini curso webquest - humanas
 
Reflexão Final Sobre a Experiência de Aprendizagem em Processos Pedagógicos e...
Reflexão Final Sobre a Experiência de Aprendizagem em Processos Pedagógicos e...Reflexão Final Sobre a Experiência de Aprendizagem em Processos Pedagógicos e...
Reflexão Final Sobre a Experiência de Aprendizagem em Processos Pedagógicos e...
 
Como adquirir conhecimento por meio do conceito h e pbl
Como adquirir conhecimento por meio do conceito h e pblComo adquirir conhecimento por meio do conceito h e pbl
Como adquirir conhecimento por meio do conceito h e pbl
 
Relat reflex crítica - acacio duarte - Integração de Ferramentas Digitais no ...
Relat reflex crítica - acacio duarte - Integração de Ferramentas Digitais no ...Relat reflex crítica - acacio duarte - Integração de Ferramentas Digitais no ...
Relat reflex crítica - acacio duarte - Integração de Ferramentas Digitais no ...
 
An2 b - trabalho colaborativo com as ferramentas google - edição e publicação...
An2 b - trabalho colaborativo com as ferramentas google - edição e publicação...An2 b - trabalho colaborativo com as ferramentas google - edição e publicação...
An2 b - trabalho colaborativo com as ferramentas google - edição e publicação...
 
Trabalho colaborativo3 ppt
Trabalho colaborativo3 pptTrabalho colaborativo3 ppt
Trabalho colaborativo3 ppt
 
Reflexao critica formacao_fa_avaliacao_web_artur_ramisio
Reflexao critica formacao_fa_avaliacao_web_artur_ramisioReflexao critica formacao_fa_avaliacao_web_artur_ramisio
Reflexao critica formacao_fa_avaliacao_web_artur_ramisio
 
PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.
PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.
PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.
 
Afirse 2007
Afirse 2007Afirse 2007
Afirse 2007
 
Dicas para um curso em e learning
Dicas para um curso em e learningDicas para um curso em e learning
Dicas para um curso em e learning
 
Tarefa 1 unidade_2
Tarefa 1 unidade_2Tarefa 1 unidade_2
Tarefa 1 unidade_2
 
Webquest: ferramentas colaborativas para formação dos professores
Webquest: ferramentas  colaborativas  para  formação dos professoresWebquest: ferramentas  colaborativas  para  formação dos professores
Webquest: ferramentas colaborativas para formação dos professores
 
Mdc joao grilo_ua2
Mdc joao grilo_ua2Mdc joao grilo_ua2
Mdc joao grilo_ua2
 
Docente Independente Empreendedor
Docente Independente EmpreendedorDocente Independente Empreendedor
Docente Independente Empreendedor
 
Profs 1 1
Profs 1 1Profs 1 1
Profs 1 1
 
Competências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoria
Competências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoriaCompetências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoria
Competências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoria
 
(25.10.2011) O PBL na faculdade de administração da PUC Campinas - Profa. Cib...
(25.10.2011) O PBL na faculdade de administração da PUC Campinas - Profa. Cib...(25.10.2011) O PBL na faculdade de administração da PUC Campinas - Profa. Cib...
(25.10.2011) O PBL na faculdade de administração da PUC Campinas - Profa. Cib...
 
Formação do Gestor e Tecnologia na Escola
Formação do Gestor e Tecnologia na EscolaFormação do Gestor e Tecnologia na Escola
Formação do Gestor e Tecnologia na Escola
 

Destaque

Evaluación 4 de 5 contestada (1)
Evaluación 4 de 5 contestada (1)Evaluación 4 de 5 contestada (1)
Evaluación 4 de 5 contestada (1)
pamelamartinezz
 
Proyecto de cencias
Proyecto de cenciasProyecto de cencias
Proyecto de cencias
Maria Cardenas
 
El b ull yinc es malo
El b ull yinc es maloEl b ull yinc es malo
El b ull yinc es malo
Darko Natannaet
 
Maritza vargas
Maritza vargasMaritza vargas
Maritza vargas
mary1507
 
La ciega
La ciegaLa ciega
Infographic: Is IT Service Optimization Worth It?
Infographic: Is IT Service Optimization Worth It?Infographic: Is IT Service Optimization Worth It?
Infographic: Is IT Service Optimization Worth It?
TeamQuest Corporation
 

Destaque (6)

Evaluación 4 de 5 contestada (1)
Evaluación 4 de 5 contestada (1)Evaluación 4 de 5 contestada (1)
Evaluación 4 de 5 contestada (1)
 
Proyecto de cencias
Proyecto de cenciasProyecto de cencias
Proyecto de cencias
 
El b ull yinc es malo
El b ull yinc es maloEl b ull yinc es malo
El b ull yinc es malo
 
Maritza vargas
Maritza vargasMaritza vargas
Maritza vargas
 
La ciega
La ciegaLa ciega
La ciega
 
Infographic: Is IT Service Optimization Worth It?
Infographic: Is IT Service Optimization Worth It?Infographic: Is IT Service Optimization Worth It?
Infographic: Is IT Service Optimization Worth It?
 

Semelhante a Guião Cva Hist09

Elaboração de Projetos - Eixo 3
Elaboração de Projetos -  Eixo 3Elaboração de Projetos -  Eixo 3
Elaboração de Projetos - Eixo 3
Diana Pilatti
 
Curso - Elaboração de Projetos
Curso - Elaboração de ProjetosCurso - Elaboração de Projetos
Curso - Elaboração de Projetos
lordlue
 
Conheça um pouco do MagiZ, uma plataforma educacional completa.
Conheça um pouco do MagiZ, uma plataforma educacional completa.Conheça um pouco do MagiZ, uma plataforma educacional completa.
Conheça um pouco do MagiZ, uma plataforma educacional completa.
sciere
 
Apresentação ead 2012
Apresentação ead 2012Apresentação ead 2012
Apresentação ead 2012
lpereirapoa
 
Relatór reflexcrític.sandramarques
Relatór reflexcrític.sandramarquesRelatór reflexcrític.sandramarques
Relatór reflexcrític.sandramarques
Sandra Marques
 
Atividade de Aprendizagem - Exposição O Amor e as Artes
Atividade de Aprendizagem - Exposição O Amor e as ArtesAtividade de Aprendizagem - Exposição O Amor e as Artes
Atividade de Aprendizagem - Exposição O Amor e as Artes
Carla Gonçalves
 
Apresentacao Geral
Apresentacao GeralApresentacao Geral
Apresentacao Geral
Mônix Sousa
 
Apresentação do Curso Introdução a Educação Digital
Apresentação do Curso Introdução a Educação DigitalApresentação do Curso Introdução a Educação Digital
Apresentação do Curso Introdução a Educação Digital
JoseCicero
 
FascÍculo Cadernos Rede Coordenador Pedagógico
FascÍculo Cadernos Rede Coordenador PedagógicoFascÍculo Cadernos Rede Coordenador Pedagógico
FascÍculo Cadernos Rede Coordenador Pedagógico
FSBA
 
Atps a2 2015_2_ped6_projeto_extensao_comunidade
Atps a2 2015_2_ped6_projeto_extensao_comunidadeAtps a2 2015_2_ped6_projeto_extensao_comunidade
Atps a2 2015_2_ped6_projeto_extensao_comunidade
Débora Brichi
 
Relatório p pe l e ava ameliamungoi- 1400534
Relatório p pe l e ava  ameliamungoi- 1400534Relatório p pe l e ava  ameliamungoi- 1400534
Relatório p pe l e ava ameliamungoi- 1400534
muhane
 
DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online
DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online
DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online
Steven Ross
 
Magiz - Plataforma Educacional Sciere - LMS
Magiz - Plataforma Educacional Sciere - LMSMagiz - Plataforma Educacional Sciere - LMS
Magiz - Plataforma Educacional Sciere - LMS
Edson Fregni
 
Unidade3 roteiro atividades
Unidade3 roteiro atividadesUnidade3 roteiro atividades
Unidade3 roteiro atividades
pesquisadoresdigitais
 
Guia Curso
Guia CursoGuia Curso
Guia Curso
Artur Coelho
 
Apresenta do Moodle
Apresenta do MoodleApresenta do Moodle
Apresenta do Moodle
Jorge Mata
 
Relatório PPeL e ava ameliamungoi- 1400534
Relatório PPeL e ava  ameliamungoi- 1400534Relatório PPeL e ava  ameliamungoi- 1400534
Relatório PPeL e ava ameliamungoi- 1400534
rositajunior
 
Tematica 3 joão pinto (Epowerpoint)
Tematica 3    joão pinto (Epowerpoint)Tematica 3    joão pinto (Epowerpoint)
Tematica 3 joão pinto (Epowerpoint)
joaoppinto
 
Guião de utiilzação de plataformas de aprendizagem em ambientes escolares
Guião de utiilzação de plataformas de aprendizagem em ambientes escolaresGuião de utiilzação de plataformas de aprendizagem em ambientes escolares
Guião de utiilzação de plataformas de aprendizagem em ambientes escolares
brigidias
 
Teste de Slides
Teste de SlidesTeste de Slides
Teste de Slides
eadsuporteegpa
 

Semelhante a Guião Cva Hist09 (20)

Elaboração de Projetos - Eixo 3
Elaboração de Projetos -  Eixo 3Elaboração de Projetos -  Eixo 3
Elaboração de Projetos - Eixo 3
 
Curso - Elaboração de Projetos
Curso - Elaboração de ProjetosCurso - Elaboração de Projetos
Curso - Elaboração de Projetos
 
Conheça um pouco do MagiZ, uma plataforma educacional completa.
Conheça um pouco do MagiZ, uma plataforma educacional completa.Conheça um pouco do MagiZ, uma plataforma educacional completa.
Conheça um pouco do MagiZ, uma plataforma educacional completa.
 
Apresentação ead 2012
Apresentação ead 2012Apresentação ead 2012
Apresentação ead 2012
 
Relatór reflexcrític.sandramarques
Relatór reflexcrític.sandramarquesRelatór reflexcrític.sandramarques
Relatór reflexcrític.sandramarques
 
Atividade de Aprendizagem - Exposição O Amor e as Artes
Atividade de Aprendizagem - Exposição O Amor e as ArtesAtividade de Aprendizagem - Exposição O Amor e as Artes
Atividade de Aprendizagem - Exposição O Amor e as Artes
 
Apresentacao Geral
Apresentacao GeralApresentacao Geral
Apresentacao Geral
 
Apresentação do Curso Introdução a Educação Digital
Apresentação do Curso Introdução a Educação DigitalApresentação do Curso Introdução a Educação Digital
Apresentação do Curso Introdução a Educação Digital
 
FascÍculo Cadernos Rede Coordenador Pedagógico
FascÍculo Cadernos Rede Coordenador PedagógicoFascÍculo Cadernos Rede Coordenador Pedagógico
FascÍculo Cadernos Rede Coordenador Pedagógico
 
Atps a2 2015_2_ped6_projeto_extensao_comunidade
Atps a2 2015_2_ped6_projeto_extensao_comunidadeAtps a2 2015_2_ped6_projeto_extensao_comunidade
Atps a2 2015_2_ped6_projeto_extensao_comunidade
 
Relatório p pe l e ava ameliamungoi- 1400534
Relatório p pe l e ava  ameliamungoi- 1400534Relatório p pe l e ava  ameliamungoi- 1400534
Relatório p pe l e ava ameliamungoi- 1400534
 
DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online
DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online
DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online
 
Magiz - Plataforma Educacional Sciere - LMS
Magiz - Plataforma Educacional Sciere - LMSMagiz - Plataforma Educacional Sciere - LMS
Magiz - Plataforma Educacional Sciere - LMS
 
Unidade3 roteiro atividades
Unidade3 roteiro atividadesUnidade3 roteiro atividades
Unidade3 roteiro atividades
 
Guia Curso
Guia CursoGuia Curso
Guia Curso
 
Apresenta do Moodle
Apresenta do MoodleApresenta do Moodle
Apresenta do Moodle
 
Relatório PPeL e ava ameliamungoi- 1400534
Relatório PPeL e ava  ameliamungoi- 1400534Relatório PPeL e ava  ameliamungoi- 1400534
Relatório PPeL e ava ameliamungoi- 1400534
 
Tematica 3 joão pinto (Epowerpoint)
Tematica 3    joão pinto (Epowerpoint)Tematica 3    joão pinto (Epowerpoint)
Tematica 3 joão pinto (Epowerpoint)
 
Guião de utiilzação de plataformas de aprendizagem em ambientes escolares
Guião de utiilzação de plataformas de aprendizagem em ambientes escolaresGuião de utiilzação de plataformas de aprendizagem em ambientes escolares
Guião de utiilzação de plataformas de aprendizagem em ambientes escolares
 
Teste de Slides
Teste de SlidesTeste de Slides
Teste de Slides
 

Mais de jdlimaaear

Uma História, um Ponto
Uma História, um PontoUma História, um Ponto
Uma História, um Ponto
jdlimaaear
 
Social web e knowledge web
Social web e knowledge webSocial web e knowledge web
Social web e knowledge web
jdlimaaear
 
Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)
jdlimaaear
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
jdlimaaear
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
jdlimaaear
 
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado NovoDo Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
jdlimaaear
 
Revises
RevisesRevises
Revises
jdlimaaear
 
Apresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 aApresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 a
jdlimaaear
 
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhosMaquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
jdlimaaear
 
Maquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliaçãoMaquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliação
jdlimaaear
 
Reconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempoReconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempo
jdlimaaear
 
Casa das histórias
Casa das históriasCasa das histórias
Casa das histórias
jdlimaaear
 
RevisõEs
RevisõEsRevisõEs
RevisõEs
jdlimaaear
 
Think Apresentação
Think ApresentaçãoThink Apresentação
Think Apresentação
jdlimaaear
 
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim DaDas Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
jdlimaaear
 
Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10
jdlimaaear
 
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
jdlimaaear
 
A Queda Da Monarquia
A Queda Da MonarquiaA Queda Da Monarquia
A Queda Da Monarquia
jdlimaaear
 
Da Vida Nas Cidades
Da Vida Nas CidadesDa Vida Nas Cidades
Da Vida Nas Cidades
jdlimaaear
 

Mais de jdlimaaear (20)

Uma História, um Ponto
Uma História, um PontoUma História, um Ponto
Uma História, um Ponto
 
Social web e knowledge web
Social web e knowledge webSocial web e knowledge web
Social web e knowledge web
 
Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
 
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado NovoDo Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
 
Cartaz Europa
Cartaz EuropaCartaz Europa
Cartaz Europa
 
Revises
RevisesRevises
Revises
 
Apresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 aApresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 a
 
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhosMaquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
 
Maquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliaçãoMaquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliação
 
Reconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempoReconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempo
 
Casa das histórias
Casa das históriasCasa das histórias
Casa das histórias
 
RevisõEs
RevisõEsRevisõEs
RevisõEs
 
Think Apresentação
Think ApresentaçãoThink Apresentação
Think Apresentação
 
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim DaDas Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
 
Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10
 
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
 
A Queda Da Monarquia
A Queda Da MonarquiaA Queda Da Monarquia
A Queda Da Monarquia
 
Da Vida Nas Cidades
Da Vida Nas CidadesDa Vida Nas Cidades
Da Vida Nas Cidades
 

Último

Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 

Último (20)

Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 

Guião Cva Hist09

  • 1. COMUNIDADES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM E O ENSINO DA HISTÓRIA – A INTERNET E A DIDÁCTICA DA HISTÓRIA CFPCascais 09 Guia do Trabalho Prático e Reflexivo Este documento tem como objectivo dar algumas linhas de orientação para o desenvolvimento de trabalhos escritos, no âmbito da acção de formação: COMUNIDADES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM E O ENSINO DA HISTÓRIA – A INTERNET E A DIDÁCTICA DA HISTÓRIA As linhas de orientação não visam criar regras de trabalho fixas, são antes linhas de rumo para a articulação entre os trabalhos práticos realizados em sessão e a promoção de um desenvolvimento mais teórico e reflexivo sobre as aprendizagens, problemáticas e mobilização de competências demonstradas nos diferentes contextos de actuação por forma a promover uma reflexão passível de ser analisada com vista à avaliação global individual e colectiva dos formandos. Este documento, deve pois, ser entendido como um ponto de partida para a organização de conteúdos e apresentação dos mesmos, quer para realização de trabalhos individuais, quer para trabalhos realizados em grupos de actividades colaborativas. Apresentação e Reflexão Inicial Esta fase de implementação da mobilização de competências é realizada em sala, com o apoio do formador. É essencialmente realizada em cada um dos temas de forma a realizar uma introdução mais teórica e de contexto e que permitirá aos formandos enquadrarem a sua experiência, conhecimentos, capacidades e aptidões de forma a criarem propostas de trabalho individuais e/ou colectivas que possam ser implementadas e realizadas no decurso do processo formativo. As actividades serão realizadas num contexto de brainstorming com o apoio de suportes de aprendizagem (Slides, Vídeos, Textos e outros…) e sempre que necessário serão solicitadas algumas leituras ou pesquisas de enquadramento temático. Uma vez que o trabalho a realizar exige uma intervenção prática de construção de uma comunidade virtual de aprendizagem ou planeamento de realização em contexto de sala, acresce a este trabalho teórico a necessária reflexão de modelos e formas de implementação prática das actividades a realizar em função dos objectivos desta acção de formação. Planificação e Modelo Nesta fase, quer seja um trabalho individual, quer seja um trabalho de grupo, os formandos deverão eleger as temáticas a abordar, tecnologias/recursos a serem utilizadas e realizar uma planificação preliminar (caso seja individual, encontrar as ideias estruturantes da reflexão; caso seja em grupo, para além deste ponto, incluir a definição da organização social do trabalho de grupo, isto é, definição dos papeis de cada membro na realização do trabalho). Nesta fase serão ainda realizados alguns conjuntos de pesquisas e trabalho de organização temática com o acompanhamento do formador. 1 Guião Prático para a Acção de Formação – Makt09
  • 2. COMUNIDADES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM E O ENSINO DA HISTÓRIA – A INTERNET E A DIDÁCTICA DA HISTÓRIA CFPCascais 09 Desenvolvimento e Monitorização Após a consolidação das fases anteriores, os formandos iniciam individualmente ou em grupos, o trabalho de realização das actividades, recurso, instrumento ou produto que se tenham proposto realizar. O desenvolvimento das actividades é feito em contexto de sala e pode ser realizado por transposição directa de actividades profissionais fora deste contexto. Aqui, as ferramentas de comunicação síncrona e assíncrona (e-mail, página de apoio - http://cvahist9.ning.com/) funcionam também como espaço de troca de dados, informações e esclarecimento de dúvidas, para além das actividades de monitorização e apoio realizadas pelo formador em contexto formal de sala. Os formandos devem utilizar as ferramentas de comunicação com o formador para irem dando algumas informações formais sobre as actividades desenvolvidas casos estas impliquem actividades para além do contexto de sala. Estas informações são dadas por meio dos espaços dedicados aos Grupos (na plataforma de apoio ao curso) ou por e-mail directamente para o formador. Preferencialmente deve sempre ser utilizada a plataforma pois esta é uma forma de partilhar dúvidas e práticas que beneficia todos. Acompanhamento e Competências Ao longo do desenvolvimento do trabalho, os formandos serão sempre acompanhados pelo formador. Este acompanhamento revestir-se-á, muitas vezes, de apoio técnico, recomendações de leituras, articulação de conhecimentos, reflexões conjuntas e trabalho colaborativo. Este acompanhamento será realizado em sala, assim como, através das ferramentas de comunicação disponíveis, quer síncronas quer assíncronas (neste caso no espaço de 24 horas). O formador pode ser contacto via: E-mail: joecalima@gmail.com Telemóvel: 917098266 Messenger: jo_eca@hotmail.com Endereço da Plataforma: http://cvahist9.ning.com/ 2 Guião Prático para a Acção de Formação – Makt09
  • 3. COMUNIDADES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM E O ENSINO DA HISTÓRIA – A INTERNET E A DIDÁCTICA DA HISTÓRIA CFPCascais 09 Apresentação Final Para que o formador possa proceder a uma análise global das actividades realizadas para além do acompanhamento realizado em sala, os formandos deverão criar um documento de registo reflexivo dessas mesmas actividades e de práticas metodológicas de um ponto de vista mais teórico. Quando o trabalho for realizado a nível individual, este documento final é individual. Quando o trabalho realizado for de grupo o documento é realizado pelo grupo devendo conter uma componente de análise reflexiva individual de cada um dos seus elementos. Este trabalho final terá o seguinte modelo: - Índice - Introdução (máximo 1 página) – concepção, reflexões de escolha, desenvolvimento, ferramentas, opções tomadas, etc. - Actividades desenvolvidas (máximo 8 páginas sem contar com imagens, gráficos e esquemas) a. Descrição b. Finalidade e objectivos c. Etapas, Metodologia e resultados d. Pontos fortes e ponto fracos - Análise auto-reflexiva e crítica (máximo 1 página/ 1 página por elemento do grupo) a. Análise pessoal de competências utilizadas/adquiridas (Se em trabalho de grupo deve ser registada a reflexão individual de cada um dos elementos desse mesmo grupo.) - Conclusões (máximo 1 página) - Anexos Por último, quer o trabalho seja realizado individualmente, quer o seja em grupo, existirá uma pequena apresentação ao grupo de formandos com a duração máxima de 10 minutos que depois será comentada por todos, incluindo o formador. Análise final de observação competências. A análise final será realizada por via da avaliação inter-pares e auto e hetero avaliação. As conclusões serão partilhadas num blog público a realizar no final da acção de formação onde serão colocadas fotografias, resultados de análise do trabalho e partilha de práticas para alargar a reflexão obtida pela experiência vivida por todos à comunidade educativa interessada na temática da acção de formação. João Lima | 09 | Makt09 3 Guião Prático para a Acção de Formação – Makt09