SlideShare uma empresa Scribd logo
Atividades e Ferramentas
para o Ensino Online
LETÍCIA RAPOSO
22 de Junho de 2020
Atividades
Avaliação Crítica de Artigo
Cada aluno (ou grupo de alunos) recebe um artigo para ler (ou escolhe um artigo dentro do tópico
proposto). Os alunos relatam esse artigo ao curso e comentam as críticas de outros alunos. Esses
comentários podem estar em um fórum de discussão online, discussão síncrona, blog ou outro método
de apresentação.
A ideia é ensinar aos alunos o conteúdo dos artigos em um nível avaliativo. Eles também aprendem
como internalizar os estudos atuais no campo e desenvolver esse hábito.
O professor deve preparar perguntas para ajudar a guiar as críticas: “como a metodologia é
executada?”, “como as generalizações são conduzidas no estudo?”, “quais são as lições aprendidas?”.
Criação de áudios e vídeos
Grupos de alunos pesquisam coletivamente um tópico e, em seguida, apresentam esse tópico por
meio de vídeo ou áudio, como um podcast, além do tradicional texto (relatório).
A gravação de áudios (podcast) e vídeos permite que os alunos criem seus conteúdos autorais, sendo
protagonistas das narrativas, valorizando suas experiências, opiniões e saberes, dando voz às suas
demandas específicas. Além disso, a atividade permite desenvolver nos alunos habilidades de equipe,
pesquisa, e produção de relatórios.
Ferramentas recomendadas para vídeos: YouTube, Squigl, Powtoon.
Ferramenta recomendada para áudio: Anchor.
Software online que transforma de
maneira rápida e fácil texto em vídeos
animados. Ele usa Inteligência Artificial
para associar imagens animadas da
biblioteca às palavras-chave
selecionadas no texto. Squigl
sincroniza automaticamente a
narração com a linha do tempo do
vídeo para gerar conteúdo altamente
eficaz.
Tutoriais:
É intuitive e permite criar
apresentações e vídeos animados,
divertidos e atraentes. Já possui
diversos templates prontos.
Tutorial:
Plataforma onde você pode criar,
editar e distribuir seu podcast a partir
de qualquer dispositivo, gratuitamente.
Tutorial:
Colaboração em documentos
comuns da turma
Cria-se um arquivo online com alguma pergunta/temática norteadora. Os alunos irão escrever sobre e
comentar o texto dos demais colegas. No momento do encontro virtual, o professor pode usar o
documento criado como base para discussão com a turma e aprofundamento do tema.
Permite avaliar aspectos colaborativos, evidenciando para o professor os diferentes níveis de
compressão entre os estudantes e as dúvidas mais frequentes no grupo. O professor beneficia não
apenas os estudantes que estão com dúvida, mas também aqueles que estão respondendo.
Ferramentas sugeridas: Google Docs, Padlet, Miro.
Ferramenta online que permite a
criação de um mural ou quadro virtual
dinâmico e interativo para registrar,
guardar e partilhar conteúdos.
Funciona como uma folha de papel,
onde se pode inserir qualquer tipo de
conteúdo (texto, imagens, vídeo,
hiperlinks) juntamente com outras
pessoas.
Tutorial:
Plataforma de quadro colaborativo
online que possui as funcionalidade de
um quadro branco, funcionando de
maneira colaborativa e online, que
permite reunir professores e alunos na
construção de conteúdos.
Tutorial:
Estudo de Caso
Um caso é apresentado aos alunos ou selecionado pelos alunos, levando-os a uma resposta ou
solução correta, dada a situação ou conhecimento experimental do caso em questão.
Permite a aplicação de conceitos teóricos, desenvolvimento de trabalho em grupo, habilidades para
resolver problemas, coleta e análise de informações, gerenciamento de tempo e habilidades de
apresentação.
Escolha casos que de alguma maneira se cruzem, para que os alunos possam facilmente traçar
semelhanças entre os casos estudados por outros estudantes, a fim de conectar o aprendizado.
Mapas Conceituais e Mentais
Nos mapas conceituais, a ideia básica é que os alunos recebam um conceito central e, a partir deste,
outros conceitos relacionados já conhecidos sejam mapeados graficamente. Nos mapas mentais, o
objetivo é que o aluno sintetize o conteúdo assimilado de forma criativa e organizada.
A atividade pode ser feita individualmente ou em grupo. O mapa final é compartilhado com a turma
ou enviado diretamente ao professor. Os mapas também podem ser usados como avaliação.
Ferramentas recomendadas: MindMeister, MindNode, Miro, SimpleMind, Popplet.
Tutorial:
Tutorial:
Aquário
Na atividade aquário, um grupo de estudantes é escolhido para discutir ativamente um determinado
tópico. O restante da classe assiste/ouve a discussão, fornecendo feedback e observações pessoais.
Os alunos com fala podem ser alternados ao longo da discussão.
Durante a discussão, o professor pode fornecer perguntas norteadoras. Somente aqueles no aquário
devem responder ou participar ativamente.
Após o aquário, os observadores compõem uma crítica construtiva ou resumo da discussão. Estes
podem ser públicos ou enviados diretamente ao professor. Todos os alunos incorporam o que
aprenderam durante o aquário em outra atividade, como um diário ou módulo de reflexão. O instrutor
pode fornecer um resumo final da discussão antes de iniciar a próxima unidade do curso.
KWL
Descrição da lição: K = O que você / nós sabemos (know) sobre x; W = O que você / nós queremos
(want) saber sobre x; L = O que você / nós aprendemos (learned) sobre x.
Nesta atividade, os alunos recebem um tópico. Individualmente ou em grupo, eles listam o que já
sabem sobre um determinado tópico e sobre o que gostariam de aprender ou aprender mais. Um
recurso ou atividade de aprendizado é executado. Após esse aprendizado, os alunos listam o que
aprenderam.
Essas informações podem ser postadas em um fórum ou em outra plataforma de compartilhamento.
Perguntas e Respostas
Os alunos devem criar perguntas que serão feitas a outros alunos (que as responderão) ou a um
convidado.
Os objetivos desta atividade são capacitar os alunos a controlar o fluxo de conteúdo e orientá-los a
examinar criticamente um tópico para desenvolver suas próprias perguntas.
Cada aluno redige uma pergunta a ser feita durante uma seção síncrona. O convidado ou outros
alunos respondem às perguntas consideradas mais pertinentes até que todas as perguntas ou o
maior número possível ou apropriado tenham sido respondidas.
Quiz
O objetivo principal de um quizz é avaliar o aprendizado dos alunos em um ambiente fechado e
programado, mas também divertido. Após uma unidade do currículo, os alunos recebem um
questionário usando uma ferramenta online.
Ferramentas recomendadas: Quizlet, Kahoot, Quizizz, Mentimeter, Slido.
O Quizlet é uma plataforma de estudos
que permite criar flash cards — slides
interativos com perguntas e
respostas—, acessar de outras
pessoas, jogar jogos educativos...
Tutorial:
Plataforma de aprendizado
gamificada que permite a criação de
testes de múltipla escolha e pode ser
acessada por meio de um navegador
da Web ou do aplicativo específico. De
fácil utilização, contribui para o
engajamento dos alunos.
Tutorial:
Alternativa ao Kahoot e conta com um
banco de atividades imenso, criado por
professores e alunos, revisando e
praticando todo tipo de conteúdo.
Tutorial:
Permite a criação de questionários
online para realizar pesquisas e
apresentações, com rápida e fácil
análise e comparação dos resultados.
Tutorial:
Reflexões
Os alunos resumem seu aprendizado semanalmente. Eles expressam os pontos-chave para a lição da
semana e recebem feedback do professor. Ao ver outras reflexões, os alunos obtêm perspectivas
adicionais sobre o material abordado.
Perguntas norteadoras: “O que você aprendeu durante esta unidade?” “Como isso se aplica à sua
prática?” “Você foi capaz de colocar em prática algum desses conhecimentos?”
É importante dar um feedback diferente de “bom trabalho”, para que os alunos sejam motivados a
refletir profundamente sobre os materiais. A atividade pode ser usada como forma de avaliação.
Revisões
Os alunos visualizam, leem ou ouvem um conteúdo e, em seguida, redigem uma revisão, atendendo
aos itens necessários na descrição da tarefa.
O objetivo desta atividade é desenvolver a capacidade dos alunos de avaliar criticamente um item de
mídia atendendo a determinados critérios.
O professor fornece comentários sobre a revisão. As revisões também podem ser avaliadas por pares
e compartilhadas entre a classe. As revisões também podem ser usadas para iniciar discussões sobre
os principais conceitos presentes na peça em questão. Como alternativa, as revisões podem ser feitas
usando métodos não escritos, como podcasts.
Caça ao Tesouro
A caça ao tesouro na internet é uma ótima maneira de aprimorar a capacidade de pesquisa na web e
a solução de problemas dos alunos. A lição envolve fornecer aos alunos uma meta e, em seguida,
fazer com que eles pesquisem na internet para cumprir essa meta.
Para uma atividade de quebra de gelo, o objetivo pode ser tão simples quanto permitir que os alunos
se divirtam procurando um determinado tópico e depois comentando o que os outros alunos
encontraram. Atividades mais avançadas podem ter objetivos de avaliação relativos às informações
recuperadas.
Portfólio de Aprendizagem
O registro das mais diversas atividades realizadas pelos alunos, como trabalhos, anotações, gráficos
e dados, pode auxiliar o docente a ter uma visão ampla daquilo que foi feito.
O registro também ajuda a perceber mais claramente quais objetivos de aprendizagem não foram
alcançados, permitindo ao docente atuar sobre esse ponto.
As Redes Sociais
Torne as redes sociais em
aliadas
Redes sociais como o Facebook, Twitter, Youtube e
Instagram são redes promissoras, que certamente podem se
tornar canais para promover discussões saudáveis e tornar o
ensino e o aprendizado mais dinâmico.
Medie grupos de
estudo
Crie grupos de estudo no Facebook e convide os
alunos para participar. Nesses grupos, os
professores podem esclarecer dúvidas, propor
leituras complementares e abrir fóruns de discussão
sobre os temas trabalhados em sala de aula. Só não
vale passar conteúdos obrigatórios, afinal, há alunos
que não são usuários do Facebook.
Dinamize suas aulas
Use os vídeos do Youtube e as pesquisas nas redes
sociais para dinamizar as suas aulas e elevar o nível
de atenção e retenção dos alunos.
Faça projetos
fotográficos e
literários
Se aplicável à disciplina, proponha uma dinâmica
em que os alunos tenham que tirar e divulgar fotos
sobre um tema e depois discutir sobre os diferentes
pontos de vista.
Use o chat para tirar
dúvidas individuais
O aluno vai se sentir valorizado e apoiado se tiver
um canal de comunicação direto e fácil de usar com
os professores. Uma boa forma de fazer isso é
estipular um horário para que eles tirem suas
dúvidas.
Outras
Ferramentas
Ambiente Sala de Aula
Ajuda alunos e professores a organizar as
tarefas, aumentar a colaboração e melhorar a
comunicação.
Cria um ponto de encontro online para
professores e estudantes, onde ambas as
partes podem se conectar e colaborar uma
com a outra, permitindo a resolução e
entrega de exames práticos, trabalho de
casa e outras tarefas.
Fornece um conjunto de ferramentas
gratuitas que dá aos educadores total
controle sobre o conteúdo. Aos estudantes,
permite organizar seus materiais e otimizar
seu aprendizado de acordo com seu estilo
de aprendizagem.
Sistema interativo de fornecimento de aulas
que aumenta a profundidade do
envolvimento de alunos e professores,
fornecendo o uso colaborativo de
dispositivos de sala de aula, currículo digital
e avaliações para a aprendizagem.
Avaliações “Tradicionais”
Ferramenta de formulários que também pode
ser usada para criar provas online. Permite
aos professores criar questões com
alternativas erradas e corretas, além de
atribuir pontuação para cada questão. A
plataforma organiza as respostas dos
estudantes em planilhas e gráficos que
ajudam a entender o desempenho por aluno
ou por pergunta. Se o usuário desejar, é
possível automatizar até a entrega de notas
aos alunos.
Permite avaliar e fornecer feedback aos
alunos. Fornece informações necessárias
para determinar rapidamente áreas
problemáticas ou estudantes que precisam
de atenção extra.
Confecção de Materiais
Permite a criação de vídeos ou a edição de
vídeos prontos e transforma em aulas. Nele é
possível colocar informações, perguntas ou
imagens e usar a própria voz.
Permite aos usuários criar gráficos de mídia
social, apresentações, pôsteres e outros
conteúdos visuais.
Sincroniza o video com a apresentação,
permitindo uma interatividade durante a
palestra.
Software de apresentação com
inteligência artificial que torna
rápido e fácil a criação de slides
limpos, modernos e com design
profissional.
Videoconferências
Permite a realização de videoconferência ao
vivo, inclusive com o compartilhamento de
tela.
Possui uma extensão que possibilita realizar
webinars com o compartilhamento de
arquivos, com a vantagem de gravar
automaticamente a sessão. Permite a criação
de grupos e o acesso somente daqueles que
forem autorizados, funcionando de maneira
privada para os alunos das turmas criadas.
Quadro Interativo
Ensino do R
O que ando produzindo
para a docência….
Projeto de Monitoria
Yago Rodrigues
Obrigada!
Referências Adicionais
• https://www.geekie.com.br/blog/avaliacao-de-participacao-a-distancia/
• https://www.geekie.com.br/blog/avaliacao-de-desempenho-da-aprendizagem-geekie-one/
• https://www.geekie.com.br/blog/redes-sociais-ensino-de-ciencias/?_ga=2.66678377.654860183.1591307995-
1003712162.1591307995
• https://www.geekie.com.br/blog/redes-sociais-como-transforma-las-em-aliadas-da-sua-
escola/?_ga=2.105294404.654860183.1591307995-1003712162.1591307995
• https://cer.sebrae.com.br/saiba-como-usar-o-mapa-mental-como-ferramenta-de-aprendizagem/
• https://www.geekie.com.br/blog/8-sugestoes-para-fazer-avaliacoes-de-resultados/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Artigo - Formação Presencial ou a Distância
Artigo - Formação Presencial ou a DistânciaArtigo - Formação Presencial ou a Distância
Artigo - Formação Presencial ou a Distância
Natália Caldeira
 
Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...
Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...
Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...
GILT (Games, Interaction and Learning Technologies) IS Engenharia do Porto
 
Conceitos de Aprendizagem, b-Learning, e-Learning
Conceitos de Aprendizagem, b-Learning, e-LearningConceitos de Aprendizagem, b-Learning, e-Learning
Conceitos de Aprendizagem, b-Learning, e-Learning
Paula Peres
 
Google Docs: Aprendizagem Colaborativa
Google Docs: Aprendizagem ColaborativaGoogle Docs: Aprendizagem Colaborativa
Google Docs: Aprendizagem Colaborativa
Grupo 5
 
Aluno virtual[1]
Aluno virtual[1]Aluno virtual[1]
Aluno virtual[1]
josete
 
Educação inovadora na sociedade da informação
Educação inovadora na sociedade da informaçãoEducação inovadora na sociedade da informação
Educação inovadora na sociedade da informação
Nilda de Oliveira Campos
 
Diário de bordo - Curso
Diário de bordo - CursoDiário de bordo - Curso
Diário de bordo - Curso
maria-imaculada
 
Edu online introducao abordagens
Edu online introducao abordagensEdu online introducao abordagens
Edu online introducao abordagens
Adriana Bruno
 
Conahpa 2013 josete
Conahpa 2013 joseteConahpa 2013 josete
Conahpa 2013 josete
josete
 
Aluno virtual
Aluno virtualAluno virtual
Fundamentação Teórica para o Blog Didático
Fundamentação Teórica para o Blog DidáticoFundamentação Teórica para o Blog Didático
Fundamentação Teórica para o Blog Didático
josete
 
Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...
Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...
Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...
Rio Info
 
Aula remota e aula presencial
Aula remota e aula presencialAula remota e aula presencial
Aula remota e aula presencial
rosemaralopes
 
Quem e o aluno virtual
Quem e o aluno virtualQuem e o aluno virtual
Quem e o aluno virtual
joao jose saraiva da fonseca
 
Competências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoria
Competências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoriaCompetências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoria
Competências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoria
ANATED
 
Minicurso jo niuza_mackenzie
Minicurso jo niuza_mackenzieMinicurso jo niuza_mackenzie
Minicurso jo niuza_mackenzie
josete
 
Guia do cursista 2013
Guia do cursista 2013Guia do cursista 2013
Guia do cursista 2013
proinfoundimeparaiba
 
Tutoria de EAD Online - Elearning
Tutoria de EAD Online - ElearningTutoria de EAD Online - Elearning
Tutoria de EAD Online - Elearning
Robson Santos da Silva
 
PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.
PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.
PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.
Jovert Freire
 
Powerpointjociane
PowerpointjocianePowerpointjociane
Powerpointjociane
jociane
 

Mais procurados (20)

Artigo - Formação Presencial ou a Distância
Artigo - Formação Presencial ou a DistânciaArtigo - Formação Presencial ou a Distância
Artigo - Formação Presencial ou a Distância
 
Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...
Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...
Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...
 
Conceitos de Aprendizagem, b-Learning, e-Learning
Conceitos de Aprendizagem, b-Learning, e-LearningConceitos de Aprendizagem, b-Learning, e-Learning
Conceitos de Aprendizagem, b-Learning, e-Learning
 
Google Docs: Aprendizagem Colaborativa
Google Docs: Aprendizagem ColaborativaGoogle Docs: Aprendizagem Colaborativa
Google Docs: Aprendizagem Colaborativa
 
Aluno virtual[1]
Aluno virtual[1]Aluno virtual[1]
Aluno virtual[1]
 
Educação inovadora na sociedade da informação
Educação inovadora na sociedade da informaçãoEducação inovadora na sociedade da informação
Educação inovadora na sociedade da informação
 
Diário de bordo - Curso
Diário de bordo - CursoDiário de bordo - Curso
Diário de bordo - Curso
 
Edu online introducao abordagens
Edu online introducao abordagensEdu online introducao abordagens
Edu online introducao abordagens
 
Conahpa 2013 josete
Conahpa 2013 joseteConahpa 2013 josete
Conahpa 2013 josete
 
Aluno virtual
Aluno virtualAluno virtual
Aluno virtual
 
Fundamentação Teórica para o Blog Didático
Fundamentação Teórica para o Blog DidáticoFundamentação Teórica para o Blog Didático
Fundamentação Teórica para o Blog Didático
 
Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...
Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...
Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...
 
Aula remota e aula presencial
Aula remota e aula presencialAula remota e aula presencial
Aula remota e aula presencial
 
Quem e o aluno virtual
Quem e o aluno virtualQuem e o aluno virtual
Quem e o aluno virtual
 
Competências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoria
Competências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoriaCompetências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoria
Competências técnicas, pedagógicas e de gestão alinhados à tutoria
 
Minicurso jo niuza_mackenzie
Minicurso jo niuza_mackenzieMinicurso jo niuza_mackenzie
Minicurso jo niuza_mackenzie
 
Guia do cursista 2013
Guia do cursista 2013Guia do cursista 2013
Guia do cursista 2013
 
Tutoria de EAD Online - Elearning
Tutoria de EAD Online - ElearningTutoria de EAD Online - Elearning
Tutoria de EAD Online - Elearning
 
PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.
PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.
PIGEAD - STCD - Tarefa 5: Análise fórum de tutoria prática.
 
Powerpointjociane
PowerpointjocianePowerpointjociane
Powerpointjociane
 

Semelhante a DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online

Aula03 final b
Aula03 final bAula03 final b
Aula03 final b
Paulo Hospodar
 
Aula 3 design ativ e tarefas
Aula 3 design ativ e tarefasAula 3 design ativ e tarefas
Aula 3 design ativ e tarefas
Paulo Hospodar
 
Web quest
Web questWeb quest
Web quest
Leila Silveira
 
Introducao ao Moodle
Introducao ao MoodleIntroducao ao Moodle
Introducao ao Moodle
joao jose saraiva da fonseca
 
6º encontro
6º encontro6º encontro
Aspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades online
Aspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades onlineAspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades online
Aspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades online
Adelaide Dias
 
Mini curso webquest - humanas
Mini curso webquest  - humanasMini curso webquest  - humanas
Mini curso webquest - humanas
Welton Fontes
 
Sessao_3_Apresentacao_Turma_28.pptx
Sessao_3_Apresentacao_Turma_28.pptxSessao_3_Apresentacao_Turma_28.pptx
Sessao_3_Apresentacao_Turma_28.pptx
Ordem dos Biólogos
 
Modulo I
Modulo IModulo I
Apresentação1 do 3º encontro
Apresentação1 do 3º encontroApresentação1 do 3º encontro
Apresentação1 do 3º encontro
maucandido
 
O que é webquest
O que é webquestO que é webquest
O que é webquest
Tânia Maria
 
Apresenta do Moodle
Apresenta do MoodleApresenta do Moodle
Apresenta do Moodle
Jorge Mata
 
WebQuest
WebQuestWebQuest
WebQuest
WebQuestWebQuest
Webquest
WebquestWebquest
Webquest
ntecar
 
Análise de alguns materias didáticos ead
Análise de alguns materias didáticos eadAnálise de alguns materias didáticos ead
Análise de alguns materias didáticos ead
EAD UNIRIO
 
Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Dicastit producao aulas
Dicastit producao aulasDicastit producao aulas
Dicastit producao aulas
Grupo de Oração Kenosis Rcc
 
Teste de Slides
Teste de SlidesTeste de Slides
Teste de Slides
eadsuporteegpa
 
Webquest definicao conceito_planejamento
Webquest definicao conceito_planejamentoWebquest definicao conceito_planejamento
Webquest definicao conceito_planejamento
Maria de los Dolores J Peña
 

Semelhante a DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online (20)

Aula03 final b
Aula03 final bAula03 final b
Aula03 final b
 
Aula 3 design ativ e tarefas
Aula 3 design ativ e tarefasAula 3 design ativ e tarefas
Aula 3 design ativ e tarefas
 
Web quest
Web questWeb quest
Web quest
 
Introducao ao Moodle
Introducao ao MoodleIntroducao ao Moodle
Introducao ao Moodle
 
6º encontro
6º encontro6º encontro
6º encontro
 
Aspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades online
Aspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades onlineAspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades online
Aspetos relevantes no desenho da aprendizagem e das atividades online
 
Mini curso webquest - humanas
Mini curso webquest  - humanasMini curso webquest  - humanas
Mini curso webquest - humanas
 
Sessao_3_Apresentacao_Turma_28.pptx
Sessao_3_Apresentacao_Turma_28.pptxSessao_3_Apresentacao_Turma_28.pptx
Sessao_3_Apresentacao_Turma_28.pptx
 
Modulo I
Modulo IModulo I
Modulo I
 
Apresentação1 do 3º encontro
Apresentação1 do 3º encontroApresentação1 do 3º encontro
Apresentação1 do 3º encontro
 
O que é webquest
O que é webquestO que é webquest
O que é webquest
 
Apresenta do Moodle
Apresenta do MoodleApresenta do Moodle
Apresenta do Moodle
 
WebQuest
WebQuestWebQuest
WebQuest
 
WebQuest
WebQuestWebQuest
WebQuest
 
Webquest
WebquestWebquest
Webquest
 
Análise de alguns materias didáticos ead
Análise de alguns materias didáticos eadAnálise de alguns materias didáticos ead
Análise de alguns materias didáticos ead
 
Redes sociais
Redes sociaisRedes sociais
Redes sociais
 
Dicastit producao aulas
Dicastit producao aulasDicastit producao aulas
Dicastit producao aulas
 
Teste de Slides
Teste de SlidesTeste de Slides
Teste de Slides
 
Webquest definicao conceito_planejamento
Webquest definicao conceito_planejamentoWebquest definicao conceito_planejamento
Webquest definicao conceito_planejamento
 

Último

000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 

Último (20)

000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 

DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online

  • 1. Atividades e Ferramentas para o Ensino Online LETÍCIA RAPOSO 22 de Junho de 2020
  • 3.
  • 4. Avaliação Crítica de Artigo Cada aluno (ou grupo de alunos) recebe um artigo para ler (ou escolhe um artigo dentro do tópico proposto). Os alunos relatam esse artigo ao curso e comentam as críticas de outros alunos. Esses comentários podem estar em um fórum de discussão online, discussão síncrona, blog ou outro método de apresentação. A ideia é ensinar aos alunos o conteúdo dos artigos em um nível avaliativo. Eles também aprendem como internalizar os estudos atuais no campo e desenvolver esse hábito. O professor deve preparar perguntas para ajudar a guiar as críticas: “como a metodologia é executada?”, “como as generalizações são conduzidas no estudo?”, “quais são as lições aprendidas?”.
  • 5.
  • 6. Criação de áudios e vídeos Grupos de alunos pesquisam coletivamente um tópico e, em seguida, apresentam esse tópico por meio de vídeo ou áudio, como um podcast, além do tradicional texto (relatório). A gravação de áudios (podcast) e vídeos permite que os alunos criem seus conteúdos autorais, sendo protagonistas das narrativas, valorizando suas experiências, opiniões e saberes, dando voz às suas demandas específicas. Além disso, a atividade permite desenvolver nos alunos habilidades de equipe, pesquisa, e produção de relatórios. Ferramentas recomendadas para vídeos: YouTube, Squigl, Powtoon. Ferramenta recomendada para áudio: Anchor.
  • 7. Software online que transforma de maneira rápida e fácil texto em vídeos animados. Ele usa Inteligência Artificial para associar imagens animadas da biblioteca às palavras-chave selecionadas no texto. Squigl sincroniza automaticamente a narração com a linha do tempo do vídeo para gerar conteúdo altamente eficaz. Tutoriais:
  • 8. É intuitive e permite criar apresentações e vídeos animados, divertidos e atraentes. Já possui diversos templates prontos. Tutorial:
  • 9. Plataforma onde você pode criar, editar e distribuir seu podcast a partir de qualquer dispositivo, gratuitamente. Tutorial:
  • 10. Colaboração em documentos comuns da turma Cria-se um arquivo online com alguma pergunta/temática norteadora. Os alunos irão escrever sobre e comentar o texto dos demais colegas. No momento do encontro virtual, o professor pode usar o documento criado como base para discussão com a turma e aprofundamento do tema. Permite avaliar aspectos colaborativos, evidenciando para o professor os diferentes níveis de compressão entre os estudantes e as dúvidas mais frequentes no grupo. O professor beneficia não apenas os estudantes que estão com dúvida, mas também aqueles que estão respondendo. Ferramentas sugeridas: Google Docs, Padlet, Miro.
  • 11.
  • 12. Ferramenta online que permite a criação de um mural ou quadro virtual dinâmico e interativo para registrar, guardar e partilhar conteúdos. Funciona como uma folha de papel, onde se pode inserir qualquer tipo de conteúdo (texto, imagens, vídeo, hiperlinks) juntamente com outras pessoas. Tutorial:
  • 13. Plataforma de quadro colaborativo online que possui as funcionalidade de um quadro branco, funcionando de maneira colaborativa e online, que permite reunir professores e alunos na construção de conteúdos. Tutorial:
  • 14. Estudo de Caso Um caso é apresentado aos alunos ou selecionado pelos alunos, levando-os a uma resposta ou solução correta, dada a situação ou conhecimento experimental do caso em questão. Permite a aplicação de conceitos teóricos, desenvolvimento de trabalho em grupo, habilidades para resolver problemas, coleta e análise de informações, gerenciamento de tempo e habilidades de apresentação. Escolha casos que de alguma maneira se cruzem, para que os alunos possam facilmente traçar semelhanças entre os casos estudados por outros estudantes, a fim de conectar o aprendizado.
  • 15. Mapas Conceituais e Mentais Nos mapas conceituais, a ideia básica é que os alunos recebam um conceito central e, a partir deste, outros conceitos relacionados já conhecidos sejam mapeados graficamente. Nos mapas mentais, o objetivo é que o aluno sintetize o conteúdo assimilado de forma criativa e organizada. A atividade pode ser feita individualmente ou em grupo. O mapa final é compartilhado com a turma ou enviado diretamente ao professor. Os mapas também podem ser usados como avaliação. Ferramentas recomendadas: MindMeister, MindNode, Miro, SimpleMind, Popplet.
  • 17. Aquário Na atividade aquário, um grupo de estudantes é escolhido para discutir ativamente um determinado tópico. O restante da classe assiste/ouve a discussão, fornecendo feedback e observações pessoais. Os alunos com fala podem ser alternados ao longo da discussão. Durante a discussão, o professor pode fornecer perguntas norteadoras. Somente aqueles no aquário devem responder ou participar ativamente. Após o aquário, os observadores compõem uma crítica construtiva ou resumo da discussão. Estes podem ser públicos ou enviados diretamente ao professor. Todos os alunos incorporam o que aprenderam durante o aquário em outra atividade, como um diário ou módulo de reflexão. O instrutor pode fornecer um resumo final da discussão antes de iniciar a próxima unidade do curso.
  • 18. KWL Descrição da lição: K = O que você / nós sabemos (know) sobre x; W = O que você / nós queremos (want) saber sobre x; L = O que você / nós aprendemos (learned) sobre x. Nesta atividade, os alunos recebem um tópico. Individualmente ou em grupo, eles listam o que já sabem sobre um determinado tópico e sobre o que gostariam de aprender ou aprender mais. Um recurso ou atividade de aprendizado é executado. Após esse aprendizado, os alunos listam o que aprenderam. Essas informações podem ser postadas em um fórum ou em outra plataforma de compartilhamento.
  • 19. Perguntas e Respostas Os alunos devem criar perguntas que serão feitas a outros alunos (que as responderão) ou a um convidado. Os objetivos desta atividade são capacitar os alunos a controlar o fluxo de conteúdo e orientá-los a examinar criticamente um tópico para desenvolver suas próprias perguntas. Cada aluno redige uma pergunta a ser feita durante uma seção síncrona. O convidado ou outros alunos respondem às perguntas consideradas mais pertinentes até que todas as perguntas ou o maior número possível ou apropriado tenham sido respondidas.
  • 20. Quiz O objetivo principal de um quizz é avaliar o aprendizado dos alunos em um ambiente fechado e programado, mas também divertido. Após uma unidade do currículo, os alunos recebem um questionário usando uma ferramenta online. Ferramentas recomendadas: Quizlet, Kahoot, Quizizz, Mentimeter, Slido.
  • 21. O Quizlet é uma plataforma de estudos que permite criar flash cards — slides interativos com perguntas e respostas—, acessar de outras pessoas, jogar jogos educativos... Tutorial:
  • 22. Plataforma de aprendizado gamificada que permite a criação de testes de múltipla escolha e pode ser acessada por meio de um navegador da Web ou do aplicativo específico. De fácil utilização, contribui para o engajamento dos alunos. Tutorial:
  • 23. Alternativa ao Kahoot e conta com um banco de atividades imenso, criado por professores e alunos, revisando e praticando todo tipo de conteúdo. Tutorial:
  • 24. Permite a criação de questionários online para realizar pesquisas e apresentações, com rápida e fácil análise e comparação dos resultados. Tutorial:
  • 25. Reflexões Os alunos resumem seu aprendizado semanalmente. Eles expressam os pontos-chave para a lição da semana e recebem feedback do professor. Ao ver outras reflexões, os alunos obtêm perspectivas adicionais sobre o material abordado. Perguntas norteadoras: “O que você aprendeu durante esta unidade?” “Como isso se aplica à sua prática?” “Você foi capaz de colocar em prática algum desses conhecimentos?” É importante dar um feedback diferente de “bom trabalho”, para que os alunos sejam motivados a refletir profundamente sobre os materiais. A atividade pode ser usada como forma de avaliação.
  • 26. Revisões Os alunos visualizam, leem ou ouvem um conteúdo e, em seguida, redigem uma revisão, atendendo aos itens necessários na descrição da tarefa. O objetivo desta atividade é desenvolver a capacidade dos alunos de avaliar criticamente um item de mídia atendendo a determinados critérios. O professor fornece comentários sobre a revisão. As revisões também podem ser avaliadas por pares e compartilhadas entre a classe. As revisões também podem ser usadas para iniciar discussões sobre os principais conceitos presentes na peça em questão. Como alternativa, as revisões podem ser feitas usando métodos não escritos, como podcasts.
  • 27. Caça ao Tesouro A caça ao tesouro na internet é uma ótima maneira de aprimorar a capacidade de pesquisa na web e a solução de problemas dos alunos. A lição envolve fornecer aos alunos uma meta e, em seguida, fazer com que eles pesquisem na internet para cumprir essa meta. Para uma atividade de quebra de gelo, o objetivo pode ser tão simples quanto permitir que os alunos se divirtam procurando um determinado tópico e depois comentando o que os outros alunos encontraram. Atividades mais avançadas podem ter objetivos de avaliação relativos às informações recuperadas.
  • 28. Portfólio de Aprendizagem O registro das mais diversas atividades realizadas pelos alunos, como trabalhos, anotações, gráficos e dados, pode auxiliar o docente a ter uma visão ampla daquilo que foi feito. O registro também ajuda a perceber mais claramente quais objetivos de aprendizagem não foram alcançados, permitindo ao docente atuar sobre esse ponto.
  • 30. Torne as redes sociais em aliadas Redes sociais como o Facebook, Twitter, Youtube e Instagram são redes promissoras, que certamente podem se tornar canais para promover discussões saudáveis e tornar o ensino e o aprendizado mais dinâmico.
  • 31. Medie grupos de estudo Crie grupos de estudo no Facebook e convide os alunos para participar. Nesses grupos, os professores podem esclarecer dúvidas, propor leituras complementares e abrir fóruns de discussão sobre os temas trabalhados em sala de aula. Só não vale passar conteúdos obrigatórios, afinal, há alunos que não são usuários do Facebook.
  • 32. Dinamize suas aulas Use os vídeos do Youtube e as pesquisas nas redes sociais para dinamizar as suas aulas e elevar o nível de atenção e retenção dos alunos.
  • 33. Faça projetos fotográficos e literários Se aplicável à disciplina, proponha uma dinâmica em que os alunos tenham que tirar e divulgar fotos sobre um tema e depois discutir sobre os diferentes pontos de vista.
  • 34. Use o chat para tirar dúvidas individuais O aluno vai se sentir valorizado e apoiado se tiver um canal de comunicação direto e fácil de usar com os professores. Uma boa forma de fazer isso é estipular um horário para que eles tirem suas dúvidas.
  • 36. Ambiente Sala de Aula Ajuda alunos e professores a organizar as tarefas, aumentar a colaboração e melhorar a comunicação. Cria um ponto de encontro online para professores e estudantes, onde ambas as partes podem se conectar e colaborar uma com a outra, permitindo a resolução e entrega de exames práticos, trabalho de casa e outras tarefas. Fornece um conjunto de ferramentas gratuitas que dá aos educadores total controle sobre o conteúdo. Aos estudantes, permite organizar seus materiais e otimizar seu aprendizado de acordo com seu estilo de aprendizagem. Sistema interativo de fornecimento de aulas que aumenta a profundidade do envolvimento de alunos e professores, fornecendo o uso colaborativo de dispositivos de sala de aula, currículo digital e avaliações para a aprendizagem.
  • 37. Avaliações “Tradicionais” Ferramenta de formulários que também pode ser usada para criar provas online. Permite aos professores criar questões com alternativas erradas e corretas, além de atribuir pontuação para cada questão. A plataforma organiza as respostas dos estudantes em planilhas e gráficos que ajudam a entender o desempenho por aluno ou por pergunta. Se o usuário desejar, é possível automatizar até a entrega de notas aos alunos. Permite avaliar e fornecer feedback aos alunos. Fornece informações necessárias para determinar rapidamente áreas problemáticas ou estudantes que precisam de atenção extra.
  • 38. Confecção de Materiais Permite a criação de vídeos ou a edição de vídeos prontos e transforma em aulas. Nele é possível colocar informações, perguntas ou imagens e usar a própria voz. Permite aos usuários criar gráficos de mídia social, apresentações, pôsteres e outros conteúdos visuais. Sincroniza o video com a apresentação, permitindo uma interatividade durante a palestra. Software de apresentação com inteligência artificial que torna rápido e fácil a criação de slides limpos, modernos e com design profissional.
  • 39. Videoconferências Permite a realização de videoconferência ao vivo, inclusive com o compartilhamento de tela. Possui uma extensão que possibilita realizar webinars com o compartilhamento de arquivos, com a vantagem de gravar automaticamente a sessão. Permite a criação de grupos e o acesso somente daqueles que forem autorizados, funcionando de maneira privada para os alunos das turmas criadas.
  • 42. O que ando produzindo para a docência….
  • 43.
  • 44.
  • 47. Referências Adicionais • https://www.geekie.com.br/blog/avaliacao-de-participacao-a-distancia/ • https://www.geekie.com.br/blog/avaliacao-de-desempenho-da-aprendizagem-geekie-one/ • https://www.geekie.com.br/blog/redes-sociais-ensino-de-ciencias/?_ga=2.66678377.654860183.1591307995- 1003712162.1591307995 • https://www.geekie.com.br/blog/redes-sociais-como-transforma-las-em-aliadas-da-sua- escola/?_ga=2.105294404.654860183.1591307995-1003712162.1591307995 • https://cer.sebrae.com.br/saiba-como-usar-o-mapa-mental-como-ferramenta-de-aprendizagem/ • https://www.geekie.com.br/blog/8-sugestoes-para-fazer-avaliacoes-de-resultados/