SlideShare uma empresa Scribd logo
Do Golpe Militar ao Estado Novo
Os Militares tomam o Poder As demissões do Governo e as dificuldades económicas sentidas pela população desacreditaram os políticos. Em  28 de Maio de 1926  deu-se em Braga um golpe militar que foi chefiado pelo  General Gomes da Costa . No dia 6 de Junho, o General Gomes da Costa, acompanhado por outros milhares de soldados desfilou em Lisboa perante a população que o aplaudia.
A Ditadura Militar O golpe militar de 28 de Maio pôs fim à Primeira República.  Foi então instaurada em Portugal uma ditadura militar que irá durar entre  1926 e 1933 . Foram suspensas várias liberdades: Não se realizaram eleições para o Parlamento; Os governos passaram a ser escolhidos pelos militares; Proibiram-se greves e manifestações; A imprensa passou a ser controlada pela censura; A oposição ao governo passou a ser proibida.
Salazar e o Estado Novo Em 1928 o presidente Óscar Carmona convidou  António de Oliveira Salazar  para fazer parte do governo como  Ministro das Finanças .
Salazar: Chefe de Estado Em 1932, Salazar foi nomeado chefe do Governo cargo que manteve durante 36 anos. A partir de 1933 instaurou-se em Portugal um novo regime político a que se deu o nome de  Estado Novo  e que durou 40 anos (1933-1974).
A Constituição de 1933 Sob a orientação de Salazar fez-se uma nova Constituição –  a Constituição de 1933  – a qual foi posta à aprovação dos portugueses através de votação.
As Mudanças A Constituição de 1933 determinava 4 órgãos de soberania:  o Presidente da República; A Assembleia Nacional; O Governo e os Tribunais.  A Assembleia Nacional deixou de ter o poder de nomear e de demitir o Presidente da República.  O Governo passou a ser o órgão de soberania com mais poder  e decretar a maioria das leis.
Salazar e o Estado Novo Salazar e o Estado Novo
Resumo Em 28 de Maio de 1926, um golpe militar, comandado pelo General Gomes da Costa põe fim à Primeira República. Em Portugal, foi instaurada uma ditadura militar que durou entre 1926 e 1933. Neste período de tempo foram suspensas várias liberdades: não havia eleições para o Parlamento; proibiram-se greves e manifestações e foi instaurada a Censura. Em 1928 António de Oliveira Salazar é convidado para Ministro das Finanças. Em 1932 Salazar é nomeado Chefe do Governo, lugar que ocupará 36 anos. A partir de 1933 (com a aprovação da Constituição de 1933) instaurou-se em Portugal um novo regime político a que se deu o nome de Estado Novo. A Constituição de 1933 determinava a existência de 4 órgãos de soberania: o Presidente da República; a Assembleia Nacional (Parlamento); o Governo e os Tribunais. O Governo passou a ser o órgão de soberania com mais poder.
FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

1ª RepúBlica
1ª RepúBlica1ª RepúBlica
1ª RepúBlica
crie_historia9
 
A primeira república portuguesa
A primeira república portuguesaA primeira república portuguesa
A primeira república portuguesa
cattonia
 
Salazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado NovoSalazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado Novo
Jorge Almeida
 
Revoluções Liberais
Revoluções LiberaisRevoluções Liberais
Revoluções Liberais
cattonia
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
Susana Simões
 
Resumos História A
Resumos História AResumos História A
Resumos História A
Ana Catarina
 
A Ditadura Salazarista
A Ditadura SalazaristaA Ditadura Salazarista
A Ditadura Salazarista
Carlos Vieira
 
Do autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à DemocraciaDo autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à Democracia
Carlos Vieira
 
Salazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado NovoSalazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado Novo
Jorge Almeida
 
A construção do modelo soviético
A construção do modelo soviéticoA construção do modelo soviético
A construção do modelo soviético
Carlos Vieira
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
Jorge Almeida
 
Revolução liberal portuguesa de 1820
Revolução liberal portuguesa de 1820Revolução liberal portuguesa de 1820
Revolução liberal portuguesa de 1820
Joana Filipa Rodrigues
 
RevoluçãO Russa
RevoluçãO RussaRevoluçãO Russa
RevoluçãO Russa
Maria Flora Sousa Douteiro
 
Apresentação A Primavera Marcelista
Apresentação A Primavera MarcelistaApresentação A Primavera Marcelista
Apresentação A Primavera Marcelista
Laboratório de História
 
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da DemocraciaPortugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
home
 
Estado Novo 1
Estado Novo 1Estado Novo 1
Estado Novo 1
Susana Simões
 
Realizações da 1ª república
Realizações da 1ª repúblicaRealizações da 1ª república
Realizações da 1ª república
Gina Rodrigues
 
A 1ª RepúBlica
A 1ª RepúBlicaA 1ª RepúBlica
A 1ª RepúBlica
Rui Neto
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e Nazi
Rui Neto
 
Estado novo portugal
Estado novo portugalEstado novo portugal
Estado novo portugal
Teresa Maia
 

Mais procurados (20)

1ª RepúBlica
1ª RepúBlica1ª RepúBlica
1ª RepúBlica
 
A primeira república portuguesa
A primeira república portuguesaA primeira república portuguesa
A primeira república portuguesa
 
Salazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado NovoSalazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado Novo
 
Revoluções Liberais
Revoluções LiberaisRevoluções Liberais
Revoluções Liberais
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
Resumos História A
Resumos História AResumos História A
Resumos História A
 
A Ditadura Salazarista
A Ditadura SalazaristaA Ditadura Salazarista
A Ditadura Salazarista
 
Do autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à DemocraciaDo autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à Democracia
 
Salazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado NovoSalazar e o Estado Novo
Salazar e o Estado Novo
 
A construção do modelo soviético
A construção do modelo soviéticoA construção do modelo soviético
A construção do modelo soviético
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
 
Revolução liberal portuguesa de 1820
Revolução liberal portuguesa de 1820Revolução liberal portuguesa de 1820
Revolução liberal portuguesa de 1820
 
RevoluçãO Russa
RevoluçãO RussaRevoluçãO Russa
RevoluçãO Russa
 
Apresentação A Primavera Marcelista
Apresentação A Primavera MarcelistaApresentação A Primavera Marcelista
Apresentação A Primavera Marcelista
 
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da DemocraciaPortugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
Portugal. Da Revolução de 25 de Abril à estabilização da Democracia
 
Estado Novo 1
Estado Novo 1Estado Novo 1
Estado Novo 1
 
Realizações da 1ª república
Realizações da 1ª repúblicaRealizações da 1ª república
Realizações da 1ª república
 
A 1ª RepúBlica
A 1ª RepúBlicaA 1ª RepúBlica
A 1ª RepúBlica
 
Os Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e NaziOs Regimes Fascista e Nazi
Os Regimes Fascista e Nazi
 
Estado novo portugal
Estado novo portugalEstado novo portugal
Estado novo portugal
 

Semelhante a Do Golpe Militar Ao Estado Novo

O Estado novo
O Estado novoO Estado novo
O Estado novo
carol slides
 
1159
11591159
1159
Pelo Siro
 
Salazarismo
SalazarismoSalazarismo
Salazarismo
Inês Oliveira
 
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
tiagomartinho95
 
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
tiagomartinho95
 
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
tiagomartinho95
 
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
tiagomartinho95
 
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
tiagomartinho95
 
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
tiagomartinho95
 
Renato 25 de abril
Renato 25 de abrilRenato 25 de abril
Renato 25 de abril
iosi2012
 
Renato 25 de abril
Renato 25 de abrilRenato 25 de abril
Renato 25 de abril
iosi2012
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
historiando
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
historiando
 
Um século de historia (1)
Um século de historia (1)Um século de historia (1)
Um século de historia (1)
João Couto
 
Estado Novo I
Estado Novo IEstado Novo I
Estado Novo I
omeunome07
 
100 Anos Da Republica Jose Camacho
100 Anos Da Republica   Jose Camacho100 Anos Da Republica   Jose Camacho
100 Anos Da Republica Jose Camacho
jose
 
100 Anos Da Republica Jose Camacho
100 Anos Da Republica   Jose Camacho100 Anos Da Republica   Jose Camacho
100 Anos Da Republica Jose Camacho
jose
 
100 Anos Da Republica Jose Camacho
100 Anos Da Republica   Jose Camacho100 Anos Da Republica   Jose Camacho
100 Anos Da Republica Jose Camacho
jose
 
Ditadura de salazar
Ditadura de salazarDitadura de salazar
Ditadura de salazar
hingridcristina
 
O estado novo
O estado novoO estado novo
O estado novo
Sandra Costa
 

Semelhante a Do Golpe Militar Ao Estado Novo (20)

O Estado novo
O Estado novoO Estado novo
O Estado novo
 
1159
11591159
1159
 
Salazarismo
SalazarismoSalazarismo
Salazarismo
 
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
 
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
 
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
 
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
 
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
 
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
Dtrabalhosdosalunos2008 09salazareoestadonovo-090423104627-phpapp02
 
Renato 25 de abril
Renato 25 de abrilRenato 25 de abril
Renato 25 de abril
 
Renato 25 de abril
Renato 25 de abrilRenato 25 de abril
Renato 25 de abril
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
 
A era vargas
A era vargasA era vargas
A era vargas
 
Um século de historia (1)
Um século de historia (1)Um século de historia (1)
Um século de historia (1)
 
Estado Novo I
Estado Novo IEstado Novo I
Estado Novo I
 
100 Anos Da Republica Jose Camacho
100 Anos Da Republica   Jose Camacho100 Anos Da Republica   Jose Camacho
100 Anos Da Republica Jose Camacho
 
100 Anos Da Republica Jose Camacho
100 Anos Da Republica   Jose Camacho100 Anos Da Republica   Jose Camacho
100 Anos Da Republica Jose Camacho
 
100 Anos Da Republica Jose Camacho
100 Anos Da Republica   Jose Camacho100 Anos Da Republica   Jose Camacho
100 Anos Da Republica Jose Camacho
 
Ditadura de salazar
Ditadura de salazarDitadura de salazar
Ditadura de salazar
 
O estado novo
O estado novoO estado novo
O estado novo
 

Mais de jdlimaaear

Uma História, um Ponto
Uma História, um PontoUma História, um Ponto
Uma História, um Ponto
jdlimaaear
 
Social web e knowledge web
Social web e knowledge webSocial web e knowledge web
Social web e knowledge web
jdlimaaear
 
Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)
jdlimaaear
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
jdlimaaear
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
jdlimaaear
 
Revises
RevisesRevises
Revises
jdlimaaear
 
Apresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 aApresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 a
jdlimaaear
 
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhosMaquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
jdlimaaear
 
Maquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliaçãoMaquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliação
jdlimaaear
 
Reconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempoReconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempo
jdlimaaear
 
Casa das histórias
Casa das históriasCasa das histórias
Casa das histórias
jdlimaaear
 
RevisõEs
RevisõEsRevisõEs
RevisõEs
jdlimaaear
 
Think Apresentação
Think ApresentaçãoThink Apresentação
Think Apresentação
jdlimaaear
 
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim DaDas Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
jdlimaaear
 
Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10
jdlimaaear
 
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
jdlimaaear
 
A Queda Da Monarquia
A Queda Da MonarquiaA Queda Da Monarquia
A Queda Da Monarquia
jdlimaaear
 
Da Vida Nas Cidades
Da Vida Nas CidadesDa Vida Nas Cidades
Da Vida Nas Cidades
jdlimaaear
 
Makt10 SessãO 2
Makt10   SessãO 2Makt10   SessãO 2
Makt10 SessãO 2
jdlimaaear
 

Mais de jdlimaaear (20)

Uma História, um Ponto
Uma História, um PontoUma História, um Ponto
Uma História, um Ponto
 
Social web e knowledge web
Social web e knowledge webSocial web e knowledge web
Social web e knowledge web
 
Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
 
Cartaz Europa
Cartaz EuropaCartaz Europa
Cartaz Europa
 
Revises
RevisesRevises
Revises
 
Apresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 aApresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 a
 
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhosMaquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
 
Maquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliaçãoMaquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliação
 
Reconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempoReconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempo
 
Casa das histórias
Casa das históriasCasa das histórias
Casa das histórias
 
RevisõEs
RevisõEsRevisõEs
RevisõEs
 
Think Apresentação
Think ApresentaçãoThink Apresentação
Think Apresentação
 
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim DaDas Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
 
Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10
 
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
 
A Queda Da Monarquia
A Queda Da MonarquiaA Queda Da Monarquia
A Queda Da Monarquia
 
Da Vida Nas Cidades
Da Vida Nas CidadesDa Vida Nas Cidades
Da Vida Nas Cidades
 
Makt10 SessãO 2
Makt10   SessãO 2Makt10   SessãO 2
Makt10 SessãO 2
 

Do Golpe Militar Ao Estado Novo

  • 1. Do Golpe Militar ao Estado Novo
  • 2. Os Militares tomam o Poder As demissões do Governo e as dificuldades económicas sentidas pela população desacreditaram os políticos. Em 28 de Maio de 1926 deu-se em Braga um golpe militar que foi chefiado pelo General Gomes da Costa . No dia 6 de Junho, o General Gomes da Costa, acompanhado por outros milhares de soldados desfilou em Lisboa perante a população que o aplaudia.
  • 3. A Ditadura Militar O golpe militar de 28 de Maio pôs fim à Primeira República. Foi então instaurada em Portugal uma ditadura militar que irá durar entre 1926 e 1933 . Foram suspensas várias liberdades: Não se realizaram eleições para o Parlamento; Os governos passaram a ser escolhidos pelos militares; Proibiram-se greves e manifestações; A imprensa passou a ser controlada pela censura; A oposição ao governo passou a ser proibida.
  • 4. Salazar e o Estado Novo Em 1928 o presidente Óscar Carmona convidou António de Oliveira Salazar para fazer parte do governo como Ministro das Finanças .
  • 5. Salazar: Chefe de Estado Em 1932, Salazar foi nomeado chefe do Governo cargo que manteve durante 36 anos. A partir de 1933 instaurou-se em Portugal um novo regime político a que se deu o nome de Estado Novo e que durou 40 anos (1933-1974).
  • 6. A Constituição de 1933 Sob a orientação de Salazar fez-se uma nova Constituição – a Constituição de 1933 – a qual foi posta à aprovação dos portugueses através de votação.
  • 7. As Mudanças A Constituição de 1933 determinava 4 órgãos de soberania: o Presidente da República; A Assembleia Nacional; O Governo e os Tribunais. A Assembleia Nacional deixou de ter o poder de nomear e de demitir o Presidente da República. O Governo passou a ser o órgão de soberania com mais poder e decretar a maioria das leis.
  • 8. Salazar e o Estado Novo Salazar e o Estado Novo
  • 9. Resumo Em 28 de Maio de 1926, um golpe militar, comandado pelo General Gomes da Costa põe fim à Primeira República. Em Portugal, foi instaurada uma ditadura militar que durou entre 1926 e 1933. Neste período de tempo foram suspensas várias liberdades: não havia eleições para o Parlamento; proibiram-se greves e manifestações e foi instaurada a Censura. Em 1928 António de Oliveira Salazar é convidado para Ministro das Finanças. Em 1932 Salazar é nomeado Chefe do Governo, lugar que ocupará 36 anos. A partir de 1933 (com a aprovação da Constituição de 1933) instaurou-se em Portugal um novo regime político a que se deu o nome de Estado Novo. A Constituição de 1933 determinava a existência de 4 órgãos de soberania: o Presidente da República; a Assembleia Nacional (Parlamento); o Governo e os Tribunais. O Governo passou a ser o órgão de soberania com mais poder.
  • 10. FIM