SlideShare uma empresa Scribd logo
Professora:
Mariza Campos
Administração
Cientifica e Taylorismo
 Componentes:
 José Joaquim Pereira
 Marcos Paulo
 Maria Santos Lima
 Rafael Santos Costa
Como surgiu a Administração
Cientifica
Devido preocupação básica em aumentar a produtividade da
empresa por meio do aumento da eficiência no nível
operacional, isto é, no nível do operário, uma vez que as tarefas
do cargo e o ocupante constituem a unidade fundamental da
organização.
Predominava a atenção para o método de trabalho.
Movimentos necessários para a execução da tarefa.
Tempo padrão determinado para a execução.
Especialização do Operário.
Assim, no inicio do século XX, surgem as teorias do campo da
racionalização do trabalho, de que o homem é um se fundamentado
racional.
Teorias decorrentes de
idéias desenvolvidas por engenheiros
que procuravam elaborar uma
engenharia industrial dentro de uma
concepção pragmática. A ênfase nas
tarefas é a principal característica de
Administração Cientifica.
A Administração
Cientifica recebeu esse nome por causa
da tentativa de aplicação dos métodos
da ciência aos problemas da
Administração tentando-se alcançar
elevada eficiência industrial.
O precursor da Administração
Cientifica
Nascido em 20 de março de 1856 na
Filadélfia, Pensilvânia, EUA. Começou a
estudar em Harvard, porém, por problemas
de saúde , abandonou a universidade. Em
1874, começa a trabalhar no”chão da
fábrica “ Formou-se em engenheiro
estudando a noite.
Frederick Wilson Taylor foi o precursor da
Administração Cientifica chamado por
muitos de “O Pai da Administração
Cientifica” onde revolucionou com
trabalhos na área de melhoramentos da
eficiência industrial.
Desenvolveu estudo a respeito de
técnicas de racionalização do trabalho dos
operários.
A característica mais marcante de
Taylor é a busca de uma organização
cientifica do trabalho, enfatizando tempos e
métodos. Ele percebia a necessidade de se
aplicarem métodos científicos à
Administração para assegurar seus objetivos
de máxima produção a mínimo custo.
Objetivos
Rendimento e
Eficiência
Tempo e
Atividade
Fundamentos de aministraçao taylor
Taylor inicio suas experiências e estudos pelo trabalho do
operário e, mais tarde, generalizou as suas conclusões
para a Administração geral.
O primeiro período de Taylor corresponde à época
da publicação do seu livro Shop
Management(Administração de Oficinas), em 1903, onde
se preocupou exclusivamente com as técnica de
racionalização do trabalho do operário, através do estudo
de tempos e movimentos.
Ele também verificou que um operário médio
produzia menos do que era potencialmente capaz com o
equipamento disponível. Conclui-se que o operário não
produzia mais, pois seu colega também não produzia
mais, pois o seu colega também não produzia. Daí surgiu
a necessidade de criar condições de pagar mais ao
operário.
A essência de seu livro Shop Management traduz o seguinte:
O objetivo de uma boa administração é pagar salários altos e ter baixo
custos unitários de produção.
A administração deve aplicar métodos científicos de pesquisa e
experimentação, a fim de formular princípios e formular processos
padronizados.
Os empregados devem ser cientificamente colocados em postos ou
serviços em os materiais de trabalho e as normas sejam compridas.
Os empregados devem ser cientificamente adestrados para aperfeiçoar
suas aptidões e portanto executar um serviço ou tarefa de modo que a
produção normal seja cumprida.
Uma atmosfera de cooperação deve ser cultivada entre a administração e
os trabalhadores.
Fundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylor
Nesse segundo período, desenvolveu os
seus estudos sobre a administração geral, a qual
denominou Administração Cientifica, sem
deixar contudo sua preocupação com relação à
tarefa do operário.
Taylor assegurava que as industrias de sua época padeciam
de males que poderiam ser agrupados em 3 fatores:
Vadiagem sistemática por parte dos operários, com o
objetivo de evitar reduções na taxas salariais, e havia três causas
para essa vadiagem no trabalho que são:
 O erro que vem de época imemorial e quase universalmente
disseminado, maior rendimento do homem e da maquina
renderia desemprego.
 O sistema defeituoso da administração, ociosidade no trabalho,
afim de melhor proteger os interesses.
 Métodos ineficientes desperdícios de grande parte de seu
esforço e tempo.
Desconhecimento, pela gerencia, das rotinas de
trabalho de do tempo para sua realização.
Falta de uniformidade das técnicas ou
métodos de trabalho.
Administração como Ciência
A Proposta básica de Taylor: Foram:
Fundamentos de aministraçao taylor
Padronização
Especialização
Controle
Remuneração
 Os elementos do mecanismo da
Administração Cientifica, destinados a torna
a Administração uma Ciência são os
seguintes:
Fundamentos de aministraçao taylor
Princípios da Administração
Científica
O Taylorismo nada mais é que a aplicação dos
principios da organização e do método cientifico a
trabalhos de qualquer natureza. O caráter essencial da
obra de Taylor é a aplicação rigorosa do método
científico aos problemas industriais.
Taylor defendia a necessidade de separar o trabalho de
planejamento da execução para isso ele desenvolveu
quatro princípios básicos que são:
Tornar a Administração uma Ciência;
Seleção Cientifica;
Treinamento cientifico
Cooperação harmoniosa entre trabalho e gerência.
Organização Racional do
Trabalho
Taylor via a necessidade premente de aplicar métodos
científicos a administração, para garantir a consecução
de seus objetivos de máxima produção a mínimo
custo.
 Essa tentativa de substituir métodos empíricos e
rudimentares pelos métodos científicos em todos os
ofícios recebeu o nome de Organização Raciocínio
Lógico do Trabalho(ORT). Os principais aspectos da
ORT são:
 Análise do trabalho e estudo dos tempos e
movimentos.
 Estudo da fadiga humana.
 Divisão do trabalho e especialização do
operário.
 Desenho de cargos e de tarefas.
 Incentivos salariais e prêmios de produção.
 Conceito do homo economicus.
 Condições ambientais de trabalho, como
iluminação, conforto etc.
Estudo dos Tempos e Movimentos
Elimina movimentos inúteis e os substitui por outros mais
eficazes;
Racionaliza a seleção e treinamento do pessoal;
Melhora a eficiência do operário e o rendimento da
produção;
Distribui uniformimente o trabalho, para que não haja
períodos de falta ou excesso de trabalho.
VANTAGENS:
Estudo da Fadiga Humana
Divisão do Trabalho e
Especialização do Operário
Cada operário Vários operários Vários operários
desempenha desempenham em desempenham em série
a tarefa total paralelo partes da tarefa partes da tarefa total
Figura 3.2. A divisão do trabalho e a especialização do operário
Desenho de Cargos e Tarefas
TAREFA
Toda atividade executada por uma pessoa no seu trabalho
dentro da organização.
CARGO
Conjunto de tarefas executadas de maneira cíclica ou
repetitiva.
DESENHAR UM CARGO
Especificar seu conteúdo (tarefas), os métodos de
executar as tarefas e as relações com os demais cargos
existentes.
Incentivos Salariais e
Prêmios de Produção
Conceito de Homo Economicus
Condições de Trabalho
 Adequação de instrumentos e ferramentas de trabalho e de
equipamentos de produção para minimizar o esforço do
operador e a perda de tempo na execução da tarefa;
 Arranjo físico das máquinas e equipamentos para
racionalizar o fluxo da produção;
 Melhoria do ambiente físico de trabalho de maneira que o
ruído, a ventilação, a iluminação, o conforto no trabalho não
reduzam a eficiência do trabalhador;
 Projetos de instrumentos e equipamentos especiais, como
transportadores, seguidores, contadores e utensílios para
reduzir movimentos inúteis.
Adequação de instrumentos e ferramentas de trabalho e de
equipamentos de produção para minimizar o esforço do operador
e a perda de tempo na execução da tarefa;
Arranjo físico das máquinas e equipamentos para racionalizar o
fluxo da produção;
Melhoria do ambiente físico de trabalho de maneira que o ruído,
a ventilação, a iluminação, o conforto no trabalho não reduzam a
eficiência do trabalhador;
Projetos de instrumentos e equipamentos especiais, como
transportadores, seguidores, contadores e utensílios para reduzir
movimentos inúteis.
Alem desses princípios houve um engenheiro chamado
Harrington Emerson que foi um dos principais auxiliares de Taylor
que popularizou a Administração Cientifica, desenvolveu os
primeiros trabalhos sobre seleção e treinamento de empregados.
Idealizou alguns princípios para eficiência:
Traçar um objetivo bem definido, de acordo com as idéias.
Estabelecer o predomínio do bom censo.
Manter disciplina.
Manter honestidade nos acordos.
Manter registro precisos imediatos e adequados.
Fixar remuneração proporcional ao trabalho.
Fixar incentivos eficientes ao maior rendimento e a eficiência.
Benefícios do método de Taylor
Aos empregadores:
 Produto de qualidade superior.
 Redução de custos.
 Ambiente de trabalho agradável.
Aos trabalhadores:
 Salários maiores.
 Funcionários se sentem mais valorizados.
 Jornada de trabalho reduzida.
Pontos Fracos
 Exploração dos Empregados (trabalhadores);
 A forma de seleção;
 Rigidez e falta de espaço para a criatividade;
 “Perda” da totalidade do processo produtivo;
 Diminuição do número de funcionários (desemprego);
 Excesso de trabalho;
 Falta de Legislação Trabalhista;
 Proibição de Movimentos Sindicais.
Críticas à Administração Científica
Como todo processo pioneiro e inovador, a
Administração Científica teve seus críticos
ferrenhos. E muitas destas críticas perduram até
hoje, em virtude da abordagem criada por Taylor.
Conheça abaixo as principais críticas:
o mecanicismo da abordagem (teoria da máquina);
a superespecialização que robotiza o operário;
ausência de comprovação científica;
limitação do campo de aplicação à fabrica;
abordagem de sistema fechado (limitada).
Mas apesar das críticas, a Administração Científica tem um
papel importantíssimo na formação do que conhecemos hoje
como Administração. Em seu livro “Introdução à teoria Geral
da Administração”, Chiavenato afirma que a administração foi o
primeiro passo na busca de uma teoria administrativa. Um passo
pioneiro e irreversível.
Fundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylor
FrederickWilsonTaylor
“OPaida AdministraçãoCientífica”
Conclusão
 No início sua preocupação era tentar eliminar o desperdício e das
perdas sofridas pelas indústrias americanas e elevar os níveis de
produtividade através de métodos e técnicas de engenharia. Ele
utilizava técnicas que eram centradas do operário para a direção,
através do estudo de tempos e movimentos, da fragmentação das
tarefas e na especialização do trabalhador reestruturava a fabricação
e com os conceitos de gratificações por produção incentivava o
operário a produzir mais.
 Só que não adiantava racionalizar o trabalho do operário se o
supervisor, o chefe, o gerente, o diretor continuavam a trabalhar
dentro do mesmo empirismo anterior.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

04. Teoria Clássica
04. Teoria Clássica04. Teoria Clássica
04. Teoria Clássica
Debora Miceli
 
To 02 Administracao Cientifica De Taylor
To 02   Administracao Cientifica De TaylorTo 02   Administracao Cientifica De Taylor
To 02 Administracao Cientifica De Taylor
edgarklein
 
Teoria clássica da administração
Teoria clássica da administraçãoTeoria clássica da administração
Teoria clássica da administração
Luzinete Silva
 
Fundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylorFundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylor
Rafael Santos
 
Teoria CláSsica Da AdministraçãO
Teoria CláSsica Da AdministraçãOTeoria CláSsica Da AdministraçãO
Teoria CláSsica Da AdministraçãO
UEM
 
02 administração (taylorismo)
02   administração (taylorismo)02   administração (taylorismo)
02 administração (taylorismo)
Elizeu Ferro
 
Henri Fayol - Apresentação
Henri Fayol - ApresentaçãoHenri Fayol - Apresentação
Henri Fayol - Apresentação
Saulo Vinícius Pereira
 
Taylorismo
TaylorismoTaylorismo
Taylorismo
Christiano Ribeiro
 
Teoria clássica
Teoria clássicaTeoria clássica
Teoria clássica
Susana Pimentel
 
O Processo Empreendedor
O Processo EmpreendedorO Processo Empreendedor
O Processo Empreendedor
Kátia Jucá
 
Teoria Clássica de Fayol
Teoria Clássica de FayolTeoria Clássica de Fayol
Teoria Clássica de Fayol
Julyana Ju
 
Administração Científica: O Taylorismo - Elaborado por Prof. Reginaldo Marcos...
Administração Científica: O Taylorismo - Elaborado por Prof. Reginaldo Marcos...Administração Científica: O Taylorismo - Elaborado por Prof. Reginaldo Marcos...
Administração Científica: O Taylorismo - Elaborado por Prof. Reginaldo Marcos...
Reginaldo Marcos Martins
 
Administração científica e teoria clássica da administração
Administração científica e teoria clássica da administraçãoAdministração científica e teoria clássica da administração
Administração científica e teoria clássica da administração
Jean Leão
 
Aula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.ppt
Aula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.pptAula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.ppt
Aula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.ppt
AntonioCarlosMarques20
 
Teorias da administração
Teorias da administraçãoTeorias da administração
Teorias da administração
Ignacio San Martín Manosalva
 
Teoria das Relações Humanas
Teoria das Relações HumanasTeoria das Relações Humanas
Teoria das Relações Humanas
Governo do Estado de São Paulo
 
Taylorismo slide
Taylorismo slideTaylorismo slide
Taylorismo slide
TATIANESANTIAGO13
 
Processo de manter pessoas
Processo de manter pessoasProcesso de manter pessoas
Processo de manter pessoas
Augusto Canuto
 
Clima Organizacional Power Point
Clima Organizacional Power PointClima Organizacional Power Point
Clima Organizacional Power Point
Sandraguimaraes
 
Avaliação de desempenho ppt
Avaliação de desempenho pptAvaliação de desempenho ppt
Avaliação de desempenho ppt
Estevam Pires
 

Mais procurados (20)

04. Teoria Clássica
04. Teoria Clássica04. Teoria Clássica
04. Teoria Clássica
 
To 02 Administracao Cientifica De Taylor
To 02   Administracao Cientifica De TaylorTo 02   Administracao Cientifica De Taylor
To 02 Administracao Cientifica De Taylor
 
Teoria clássica da administração
Teoria clássica da administraçãoTeoria clássica da administração
Teoria clássica da administração
 
Fundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylorFundamentos de aministraçao taylor
Fundamentos de aministraçao taylor
 
Teoria CláSsica Da AdministraçãO
Teoria CláSsica Da AdministraçãOTeoria CláSsica Da AdministraçãO
Teoria CláSsica Da AdministraçãO
 
02 administração (taylorismo)
02   administração (taylorismo)02   administração (taylorismo)
02 administração (taylorismo)
 
Henri Fayol - Apresentação
Henri Fayol - ApresentaçãoHenri Fayol - Apresentação
Henri Fayol - Apresentação
 
Taylorismo
TaylorismoTaylorismo
Taylorismo
 
Teoria clássica
Teoria clássicaTeoria clássica
Teoria clássica
 
O Processo Empreendedor
O Processo EmpreendedorO Processo Empreendedor
O Processo Empreendedor
 
Teoria Clássica de Fayol
Teoria Clássica de FayolTeoria Clássica de Fayol
Teoria Clássica de Fayol
 
Administração Científica: O Taylorismo - Elaborado por Prof. Reginaldo Marcos...
Administração Científica: O Taylorismo - Elaborado por Prof. Reginaldo Marcos...Administração Científica: O Taylorismo - Elaborado por Prof. Reginaldo Marcos...
Administração Científica: O Taylorismo - Elaborado por Prof. Reginaldo Marcos...
 
Administração científica e teoria clássica da administração
Administração científica e teoria clássica da administraçãoAdministração científica e teoria clássica da administração
Administração científica e teoria clássica da administração
 
Aula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.ppt
Aula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.pptAula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.ppt
Aula 18 - Comparativo entre as Teorias de Administração.ppt
 
Teorias da administração
Teorias da administraçãoTeorias da administração
Teorias da administração
 
Teoria das Relações Humanas
Teoria das Relações HumanasTeoria das Relações Humanas
Teoria das Relações Humanas
 
Taylorismo slide
Taylorismo slideTaylorismo slide
Taylorismo slide
 
Processo de manter pessoas
Processo de manter pessoasProcesso de manter pessoas
Processo de manter pessoas
 
Clima Organizacional Power Point
Clima Organizacional Power PointClima Organizacional Power Point
Clima Organizacional Power Point
 
Avaliação de desempenho ppt
Avaliação de desempenho pptAvaliação de desempenho ppt
Avaliação de desempenho ppt
 

Semelhante a Fundamentos de aministraçao taylor

Abordagem clássica da administração
Abordagem clássica da administraçãoAbordagem clássica da administração
Abordagem clássica da administração
Marcio Galvao
 
Administração cientifica taylor
Administração cientifica   taylorAdministração cientifica   taylor
Administração cientifica taylor
Sergio Finamore
 
54814206 taylor-e-fayol
54814206 taylor-e-fayol54814206 taylor-e-fayol
54814206 taylor-e-fayol
Mel Morgann
 
UNIDADE II -FAA001.ppt
UNIDADE II -FAA001.pptUNIDADE II -FAA001.ppt
UNIDADE II -FAA001.ppt
PauloCesarAraujoNegr
 
Adinstração cientifca resumo taylor
Adinstração cientifca resumo taylorAdinstração cientifca resumo taylor
Adinstração cientifca resumo taylor
Leonel Mendes
 
Resenha Taylor
Resenha TaylorResenha Taylor
Resenha Taylor
roneison
 
Aula de tga
Aula de tgaAula de tga
Aula de tga
Francisco Inácio
 
ADMNISTRA CIENT. CLASS.pptx
ADMNISTRA CIENT. CLASS.pptxADMNISTRA CIENT. CLASS.pptx
ADMNISTRA CIENT. CLASS.pptx
ArmandoPedroJonas
 
teorias administrativas - administração em enfermagem
teorias administrativas - administração em enfermagemteorias administrativas - administração em enfermagem
teorias administrativas - administração em enfermagem
Rafael Lima
 
Aulas de TGA
Aulas de TGAAulas de TGA
Aulas de TGA
Pedro César
 
Taylorismo
TaylorismoTaylorismo
Taylorismo
Jose Pedro Silva
 
Administração científica
Administração científicaAdministração científica
Administração científica
Aline Lima
 
Aula De Ta I Aula 3 Abordagem CláSsica
Aula De Ta I   Aula 3 Abordagem CláSsicaAula De Ta I   Aula 3 Abordagem CláSsica
Aula De Ta I Aula 3 Abordagem CláSsica
Solange Marques
 
Apostila administração
Apostila administraçãoApostila administração
Apostila administração
Elza Seninha de Oliveira
 
Psicologia resumo (1)
Psicologia resumo (1)Psicologia resumo (1)
Psicologia resumo (1)
Hugo Silva
 
Anexo apostilha adm.2
Anexo apostilha adm.2Anexo apostilha adm.2
Anexo apostilha adm.2
angelo nagahy
 
2 escola classica da administracao
2   escola classica da administracao2   escola classica da administracao
2 escola classica da administracao
Isabella Couto Reis
 
Aula de tga
Aula de tgaAula de tga
Aula de tga
Francisco Inácio
 
274861166-2013-01-Gestao-de-Pessoas-Completo-Cristiana-Duran.pdf
274861166-2013-01-Gestao-de-Pessoas-Completo-Cristiana-Duran.pdf274861166-2013-01-Gestao-de-Pessoas-Completo-Cristiana-Duran.pdf
274861166-2013-01-Gestao-de-Pessoas-Completo-Cristiana-Duran.pdf
FranciscoSousa159871
 
TEORIA CIENTIFICA 04.pdf
TEORIA CIENTIFICA 04.pdfTEORIA CIENTIFICA 04.pdf
TEORIA CIENTIFICA 04.pdf
PatrickAnjos1
 

Semelhante a Fundamentos de aministraçao taylor (20)

Abordagem clássica da administração
Abordagem clássica da administraçãoAbordagem clássica da administração
Abordagem clássica da administração
 
Administração cientifica taylor
Administração cientifica   taylorAdministração cientifica   taylor
Administração cientifica taylor
 
54814206 taylor-e-fayol
54814206 taylor-e-fayol54814206 taylor-e-fayol
54814206 taylor-e-fayol
 
UNIDADE II -FAA001.ppt
UNIDADE II -FAA001.pptUNIDADE II -FAA001.ppt
UNIDADE II -FAA001.ppt
 
Adinstração cientifca resumo taylor
Adinstração cientifca resumo taylorAdinstração cientifca resumo taylor
Adinstração cientifca resumo taylor
 
Resenha Taylor
Resenha TaylorResenha Taylor
Resenha Taylor
 
Aula de tga
Aula de tgaAula de tga
Aula de tga
 
ADMNISTRA CIENT. CLASS.pptx
ADMNISTRA CIENT. CLASS.pptxADMNISTRA CIENT. CLASS.pptx
ADMNISTRA CIENT. CLASS.pptx
 
teorias administrativas - administração em enfermagem
teorias administrativas - administração em enfermagemteorias administrativas - administração em enfermagem
teorias administrativas - administração em enfermagem
 
Aulas de TGA
Aulas de TGAAulas de TGA
Aulas de TGA
 
Taylorismo
TaylorismoTaylorismo
Taylorismo
 
Administração científica
Administração científicaAdministração científica
Administração científica
 
Aula De Ta I Aula 3 Abordagem CláSsica
Aula De Ta I   Aula 3 Abordagem CláSsicaAula De Ta I   Aula 3 Abordagem CláSsica
Aula De Ta I Aula 3 Abordagem CláSsica
 
Apostila administração
Apostila administraçãoApostila administração
Apostila administração
 
Psicologia resumo (1)
Psicologia resumo (1)Psicologia resumo (1)
Psicologia resumo (1)
 
Anexo apostilha adm.2
Anexo apostilha adm.2Anexo apostilha adm.2
Anexo apostilha adm.2
 
2 escola classica da administracao
2   escola classica da administracao2   escola classica da administracao
2 escola classica da administracao
 
Aula de tga
Aula de tgaAula de tga
Aula de tga
 
274861166-2013-01-Gestao-de-Pessoas-Completo-Cristiana-Duran.pdf
274861166-2013-01-Gestao-de-Pessoas-Completo-Cristiana-Duran.pdf274861166-2013-01-Gestao-de-Pessoas-Completo-Cristiana-Duran.pdf
274861166-2013-01-Gestao-de-Pessoas-Completo-Cristiana-Duran.pdf
 
TEORIA CIENTIFICA 04.pdf
TEORIA CIENTIFICA 04.pdfTEORIA CIENTIFICA 04.pdf
TEORIA CIENTIFICA 04.pdf
 

Fundamentos de aministraçao taylor

  • 2. Administração Cientifica e Taylorismo  Componentes:  José Joaquim Pereira  Marcos Paulo  Maria Santos Lima  Rafael Santos Costa
  • 3. Como surgiu a Administração Cientifica Devido preocupação básica em aumentar a produtividade da empresa por meio do aumento da eficiência no nível operacional, isto é, no nível do operário, uma vez que as tarefas do cargo e o ocupante constituem a unidade fundamental da organização.
  • 4. Predominava a atenção para o método de trabalho. Movimentos necessários para a execução da tarefa. Tempo padrão determinado para a execução. Especialização do Operário. Assim, no inicio do século XX, surgem as teorias do campo da racionalização do trabalho, de que o homem é um se fundamentado racional.
  • 5. Teorias decorrentes de idéias desenvolvidas por engenheiros que procuravam elaborar uma engenharia industrial dentro de uma concepção pragmática. A ênfase nas tarefas é a principal característica de Administração Cientifica. A Administração Cientifica recebeu esse nome por causa da tentativa de aplicação dos métodos da ciência aos problemas da Administração tentando-se alcançar elevada eficiência industrial.
  • 6. O precursor da Administração Cientifica Nascido em 20 de março de 1856 na Filadélfia, Pensilvânia, EUA. Começou a estudar em Harvard, porém, por problemas de saúde , abandonou a universidade. Em 1874, começa a trabalhar no”chão da fábrica “ Formou-se em engenheiro estudando a noite.
  • 7. Frederick Wilson Taylor foi o precursor da Administração Cientifica chamado por muitos de “O Pai da Administração Cientifica” onde revolucionou com trabalhos na área de melhoramentos da eficiência industrial. Desenvolveu estudo a respeito de técnicas de racionalização do trabalho dos operários. A característica mais marcante de Taylor é a busca de uma organização cientifica do trabalho, enfatizando tempos e métodos. Ele percebia a necessidade de se aplicarem métodos científicos à Administração para assegurar seus objetivos de máxima produção a mínimo custo.
  • 10. Taylor inicio suas experiências e estudos pelo trabalho do operário e, mais tarde, generalizou as suas conclusões para a Administração geral. O primeiro período de Taylor corresponde à época da publicação do seu livro Shop Management(Administração de Oficinas), em 1903, onde se preocupou exclusivamente com as técnica de racionalização do trabalho do operário, através do estudo de tempos e movimentos.
  • 11. Ele também verificou que um operário médio produzia menos do que era potencialmente capaz com o equipamento disponível. Conclui-se que o operário não produzia mais, pois seu colega também não produzia mais, pois o seu colega também não produzia. Daí surgiu a necessidade de criar condições de pagar mais ao operário.
  • 12. A essência de seu livro Shop Management traduz o seguinte: O objetivo de uma boa administração é pagar salários altos e ter baixo custos unitários de produção. A administração deve aplicar métodos científicos de pesquisa e experimentação, a fim de formular princípios e formular processos padronizados. Os empregados devem ser cientificamente colocados em postos ou serviços em os materiais de trabalho e as normas sejam compridas. Os empregados devem ser cientificamente adestrados para aperfeiçoar suas aptidões e portanto executar um serviço ou tarefa de modo que a produção normal seja cumprida. Uma atmosfera de cooperação deve ser cultivada entre a administração e os trabalhadores.
  • 15. Nesse segundo período, desenvolveu os seus estudos sobre a administração geral, a qual denominou Administração Cientifica, sem deixar contudo sua preocupação com relação à tarefa do operário.
  • 16. Taylor assegurava que as industrias de sua época padeciam de males que poderiam ser agrupados em 3 fatores: Vadiagem sistemática por parte dos operários, com o objetivo de evitar reduções na taxas salariais, e havia três causas para essa vadiagem no trabalho que são:  O erro que vem de época imemorial e quase universalmente disseminado, maior rendimento do homem e da maquina renderia desemprego.  O sistema defeituoso da administração, ociosidade no trabalho, afim de melhor proteger os interesses.  Métodos ineficientes desperdícios de grande parte de seu esforço e tempo.
  • 17. Desconhecimento, pela gerencia, das rotinas de trabalho de do tempo para sua realização. Falta de uniformidade das técnicas ou métodos de trabalho.
  • 18. Administração como Ciência A Proposta básica de Taylor: Foram:
  • 24.  Os elementos do mecanismo da Administração Cientifica, destinados a torna a Administração uma Ciência são os seguintes:
  • 26. Princípios da Administração Científica O Taylorismo nada mais é que a aplicação dos principios da organização e do método cientifico a trabalhos de qualquer natureza. O caráter essencial da obra de Taylor é a aplicação rigorosa do método científico aos problemas industriais. Taylor defendia a necessidade de separar o trabalho de planejamento da execução para isso ele desenvolveu quatro princípios básicos que são:
  • 27. Tornar a Administração uma Ciência; Seleção Cientifica; Treinamento cientifico Cooperação harmoniosa entre trabalho e gerência.
  • 28. Organização Racional do Trabalho Taylor via a necessidade premente de aplicar métodos científicos a administração, para garantir a consecução de seus objetivos de máxima produção a mínimo custo.  Essa tentativa de substituir métodos empíricos e rudimentares pelos métodos científicos em todos os ofícios recebeu o nome de Organização Raciocínio Lógico do Trabalho(ORT). Os principais aspectos da ORT são:
  • 29.  Análise do trabalho e estudo dos tempos e movimentos.  Estudo da fadiga humana.  Divisão do trabalho e especialização do operário.  Desenho de cargos e de tarefas.  Incentivos salariais e prêmios de produção.  Conceito do homo economicus.  Condições ambientais de trabalho, como iluminação, conforto etc.
  • 30. Estudo dos Tempos e Movimentos
  • 31. Elimina movimentos inúteis e os substitui por outros mais eficazes; Racionaliza a seleção e treinamento do pessoal; Melhora a eficiência do operário e o rendimento da produção; Distribui uniformimente o trabalho, para que não haja períodos de falta ou excesso de trabalho. VANTAGENS:
  • 33. Divisão do Trabalho e Especialização do Operário
  • 34. Cada operário Vários operários Vários operários desempenha desempenham em desempenham em série a tarefa total paralelo partes da tarefa partes da tarefa total Figura 3.2. A divisão do trabalho e a especialização do operário
  • 35. Desenho de Cargos e Tarefas
  • 36. TAREFA Toda atividade executada por uma pessoa no seu trabalho dentro da organização. CARGO Conjunto de tarefas executadas de maneira cíclica ou repetitiva. DESENHAR UM CARGO Especificar seu conteúdo (tarefas), os métodos de executar as tarefas e as relações com os demais cargos existentes.
  • 38. Conceito de Homo Economicus
  • 40.  Adequação de instrumentos e ferramentas de trabalho e de equipamentos de produção para minimizar o esforço do operador e a perda de tempo na execução da tarefa;  Arranjo físico das máquinas e equipamentos para racionalizar o fluxo da produção;  Melhoria do ambiente físico de trabalho de maneira que o ruído, a ventilação, a iluminação, o conforto no trabalho não reduzam a eficiência do trabalhador;  Projetos de instrumentos e equipamentos especiais, como transportadores, seguidores, contadores e utensílios para reduzir movimentos inúteis.
  • 41. Adequação de instrumentos e ferramentas de trabalho e de equipamentos de produção para minimizar o esforço do operador e a perda de tempo na execução da tarefa; Arranjo físico das máquinas e equipamentos para racionalizar o fluxo da produção; Melhoria do ambiente físico de trabalho de maneira que o ruído, a ventilação, a iluminação, o conforto no trabalho não reduzam a eficiência do trabalhador; Projetos de instrumentos e equipamentos especiais, como transportadores, seguidores, contadores e utensílios para reduzir movimentos inúteis.
  • 42. Alem desses princípios houve um engenheiro chamado Harrington Emerson que foi um dos principais auxiliares de Taylor que popularizou a Administração Cientifica, desenvolveu os primeiros trabalhos sobre seleção e treinamento de empregados. Idealizou alguns princípios para eficiência: Traçar um objetivo bem definido, de acordo com as idéias. Estabelecer o predomínio do bom censo. Manter disciplina. Manter honestidade nos acordos. Manter registro precisos imediatos e adequados. Fixar remuneração proporcional ao trabalho. Fixar incentivos eficientes ao maior rendimento e a eficiência.
  • 43. Benefícios do método de Taylor Aos empregadores:  Produto de qualidade superior.  Redução de custos.  Ambiente de trabalho agradável. Aos trabalhadores:  Salários maiores.  Funcionários se sentem mais valorizados.  Jornada de trabalho reduzida.
  • 44. Pontos Fracos  Exploração dos Empregados (trabalhadores);  A forma de seleção;  Rigidez e falta de espaço para a criatividade;  “Perda” da totalidade do processo produtivo;  Diminuição do número de funcionários (desemprego);  Excesso de trabalho;  Falta de Legislação Trabalhista;  Proibição de Movimentos Sindicais.
  • 45. Críticas à Administração Científica Como todo processo pioneiro e inovador, a Administração Científica teve seus críticos ferrenhos. E muitas destas críticas perduram até hoje, em virtude da abordagem criada por Taylor. Conheça abaixo as principais críticas: o mecanicismo da abordagem (teoria da máquina); a superespecialização que robotiza o operário; ausência de comprovação científica; limitação do campo de aplicação à fabrica; abordagem de sistema fechado (limitada).
  • 46. Mas apesar das críticas, a Administração Científica tem um papel importantíssimo na formação do que conhecemos hoje como Administração. Em seu livro “Introdução à teoria Geral da Administração”, Chiavenato afirma que a administração foi o primeiro passo na busca de uma teoria administrativa. Um passo pioneiro e irreversível.
  • 51. Conclusão  No início sua preocupação era tentar eliminar o desperdício e das perdas sofridas pelas indústrias americanas e elevar os níveis de produtividade através de métodos e técnicas de engenharia. Ele utilizava técnicas que eram centradas do operário para a direção, através do estudo de tempos e movimentos, da fragmentação das tarefas e na especialização do trabalhador reestruturava a fabricação e com os conceitos de gratificações por produção incentivava o operário a produzir mais.  Só que não adiantava racionalizar o trabalho do operário se o supervisor, o chefe, o gerente, o diretor continuavam a trabalhar dentro do mesmo empirismo anterior.