SlideShare uma empresa Scribd logo
DIREITO ADMINISTRATIVO
ATOS ADMINISTRATIVOS
- Atos privados
- Atos políticos
ATOS ADMINISTRATIVOS
- Atos materiais ou fatos administrativos
- Atos administrativos
- Atos privados
Ex.: Locação, seguro e financiamento
ATOS ADMINISTRATIVOS
- Atos políticos
A competência é expressamente prevista na CF/88
ATOS ADMINISTRATIVOS
- Atos materiais ou fatos administrativos
Qualquer atividade material da administração sendo
normalmente consequência de um ato administrativo.
ATOS ADMINISTRATIVOS
- Atos administrativos
ATOS ADMINISTRATIVOS
Atos administrativos é toda manifestação unilateral de
vontade da administração Pública, que agindo nessa
qualidade, tenha por fim imediato adquirir, resguardar,
transferir, modificar, extinguir e declarar direitos, ou impor
obrigações aos administradores ou a si própria.
Hely Lopes Meirelles (2005)
ATOS ADMINISTRATIVOS
Atos administrativos é a declaração do Estado ou de quem o
representa, que produz efeitos jurídicos imediatos, com
observância da lei, sob o regime jurídico de direito público e
sujeita a controle pelo Poder Judiciário.
Maria Sylvia Di Pietro (2004:189)
ATOS ADMINISTRATIVOS
. COMPETÊNCIA OU SUJEITO
. FINALIDADE
ELEMENTOS OU REQUISITOS
. FORMA
. MOTIVO
. OBJETO
QUEM?
PARA QUÊ? FIM MEDIATO
COMO? REGRA SOLENE.
POR QUÊ? FUNDAMENTO DE
FATO E DIREITO.
FIM IMEDIATO
CONTEÚDO
O QUÊ? ONDE?
VINCULADOVINCULADOOU
DISCRICIONÁRIO
MOTIVO # MOTIVAÇÃO
ATOS ADMINISTRATIVOS
FUNDAMENTO
DE FATO E
DIREITO
É A
EXPLICAÇÃO
POR ESCRITO
DO MOTIVO
Não se pode confundir motivo com motivação.
. Motivação é a exposição de motivos.
. Pela motivação, o administrador público justifica sua ação
administrativa.
. Todos os atos, tanto vinculados como discricionários, devem ser
motivados, salvo se a própria lei expressamente dispensar a
motivação
TEORIA DOS MOTIVOS DETERMINANTES
. Os atos administrativos, quando tiverem sua prática motivada,
ficam vinculadas aos motivos expostos, para os efeitos jurídicos.
. Mesmo os atos discricionários no qual a lei dispensar a
motivação, se forem motivados, ficam vinculados a esses motivos
como causa determinante de seu cometimento e se sujeitam ao
confronto da existência e legitimidade.
TEORIA DOS MOTIVOS DETERMINANTES
Normalmente se reconhece discricionariedade nas seguintes
condições:
a) quando a lei expressamente a confere à Administração
DISCRICIONARIEDADE
b) quando a lei é intencionalmente omissa
c) quando a lei fixa a competência, mas não prevê a conduta a
ser adotada pela Administração
Quando ao motivo será vinculado se a lei o descreve com noções
precisas usando vocábulos unissignificativos, matemáticos,
empíricos ou de experiência ou ainda teoréticos.
MOTIVO
Porém será discricionário se a lei não o definir ou se o define
com conceitos vagos, fluidos plurissignificativos ou ainda
chamados conceitos jurídicos indeterminados.
MOTIVO
1.ATO ILEGAL OU
ILEGÍTIMO
ATO NULO
INVALIDAÇÃO DOS ATOS
ANULADO
AP
PJ
ATO ANULÁVEL ANULADO
AP
PJ
CONVALIDADO AP
2. ATO INCONVENIENTE OU INOPORTUNO: REVOGADO - AP
DEFEITO GRAVE EX TUNC, SALVO
TERCEIROS BOA-FÉ
EX TUNC, SALVO
TERCEIROS BOA-FÉ
EX TUNC
DEFEITO LEVE
ATO VINCULADO
OU
DISCRICIONÁRIO
ATO DISCRICIONÁRIO
LEGAL
EX NUNC
DISCRICIONARIEDADE
Em suma: o mérito administrativo não pode
ser apreciado pelo Poder Judiciário, salvo sob
a razoabilidade ou proporcionalidade.
Enuncia o STF:
Súmula 473: “A administração Pública pode anular os seus
próprios atos, quando eivados de vícios se tornam ilegais, porque
deles não se originam direitos; ou revogá-los, por motivo de
conveniência e oportunidade, respeitados os direitos adquiridos,
e ressalvada, em todos os casos, a apreciação judicial.
ANULAÇÃO E REVOGAÇÃO
Art. 53 – lei 9784/99
A Administração deve anular seus próprios atos, quando eivados
de vício de legalidade, e pode revogá-los por motivo de
conveniência ou oportunidade, respeitados os direitos
adquiridos.
ANULAÇÃO E REVOGAÇÃO
Segundo Di Pietro (2004:239) não podem ser revogados:
a) Os atos vinculados;
ANULAÇÃO E REVOGAÇÃO
b) Os atos que exauriram seus efeitos;
c) Quando já se exauriu a competência relativamente ao objetivo
do ato;
d) Os atos puros ou meros;
e) Os atos que integram um procedimento, pois a cada novo ato
ocorre preclusão com relação ao anterior.
f) Os atos que geram direitos adquiridos, conforme a súmula 473
do STF.
“Art. 55. Em decisão na qual se evidencie não acarretarem lesão
ao interesse público nem prejuízo a terceiros, os atos que
apresentarem defeitos sanáveis poderão ser convalidados pela
própria Administração.”
LEGISLAÇÃO: LEI 9.784/99
CONVALIDAÇÃO EXPRESSA
-
“Art. 54. O direito da Administração de anular os atos
administrativos de que decorram efeitos favoráveis para os
destinatários decai em cinco anos, contados da data em que
foram praticados, salvo comprovada má-fé.”
LEGISLAÇÃO: LEI 9.784/99
CONVALIDAÇÃO TÁCITA
-
. DEFEITO GRAVE:
DEFEITOS DOS ATOS
. COMPETÊNCIA
. FINALIDADE
. FORMA
. MOTIVO
. OBJETO
EXCLUSIVA
. DEFEITO GRAVE:
. COMPETÊNCIA
. FINALIDADE
DELEGÁVEL
REQUISITO ESSENCIAL
REQUISITO ACESSÓRIO
VINCULADO OU
ILEGAL
PRESUNÇÃO DE LEGITIMIDADE
ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
AUTO - EXECUTORIEDADE
IMPERATIVIDADE
EXIGIBILIDADE: B. MELLO
TIPICIDADE: DI PIETRO
PRESUNÇÃO DE LEGITIMIDADE
ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
. TODO
. “juris tantum”: Relativa
ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
AUTO - EXECUTORIEDADE
. A Administração Pública executa o ato por meios diretos,
independentemente de ordem judicial.
(Exceções)
ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
IMPERATIVIDADE
. O administrador deve cumprir o ato independentemente de sua
anuência .
Exceções: Atos negociais / enunciativos
ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
EXIGIBILIDADE: B. MELLO
. A Administração Pública exige o cumprimento do ato por meios
indiretos.
. TODO ATO É EXIGÍVEL, MAS NEM TODO ATO É EXECUTÓRIO.
ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
TIPICIDADE: DI PIETRO
. TODO
. O ato deve corresponder a figuras definidas previamente pela
lei.
FORMAS DE EXTINÇÃO DO ATO
a) cumprimento de seus efeitos
b) desaparecimento do sujeito ou objeto
c) retirada, que abrange:
- revogação, em que a retirada se dá por razões de
oportunidade ou conveniência;
- - anulação, por razões de ilegalidade;
- cassação: o ato será legal na forma e ilegal na execução.
FORMAS DE EXTINÇÃO DO ATO
- caducidade: ou o ato perde a validade, caducando;
Ou perde seu fundamento legal.
- contraposição: é o caso da exoneração do funcionário, que tem
efeitos contrapostos ao da nomeação.
d) renúncia.
CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
De acordo com Celso A. B. de Mello, os atos podem ser
classificados quanto à perfeição, validade e eficácia. Podem ser:
ATO PERFEITO, VÁLIDO E EFICAZ
COMPLETO NO CLICLO
DE FORMAÇÃO
ESTÁ DE
ACORDO
COM A LEI
PRODUZ
EFEITOS
JURÍDICOS
CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
. perfeito, válido e eficaz
. perfeito, inválido e eficaz
. perfeito, válido e ineficaz
. perfeito, inválido e ineficaz
CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
Hely Lopes Meirelles enuncia á seguinte classificação dos atos
administrativos:
a) Quanto aos seus destinatários:
. Atos gerais ou regulamentares
. Atos individuais ou especiais
b) Quanto ao seu alcance:
. Atos internos
. Atos externos
CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
c) Quanto ao seu objeto:
. Atos de império
. Atos de gestão
. Atos de expediente
d) Quanto ao seu regramento
. Atos vinculados
. Atos discricionários
CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
e) Quanto à formação do ato:
. Atos simples
. Atos complexos
. Atos compostos
f) Quanto à retratabilidade:
. Atos irrevogável
. Atos irrevogável
. Atos suspensível
CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
g) Quanto ao modo de execução
. Atos auto-executório
. Atos não auto-executório
. Atos compostos
h) Quanto ao objetivo visado pela administração:
. Atos principal
. Atos complementar
. Atos intermediário ou preparatório
. Ato-condição
. Ato de jurisdição ou jurisdicional
CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
i) Quanto ao conteúdo
. Ato Constitutivo
. Ato Extinto ou Descontituido
. Ato Declaratório
. Ato Alienativo
. Ato Modificativo
CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
j) Quanto aos efeitos:
. Ato constitutivo
. Ato desconstitutivo
. Ato de constatação
l) Quanto à eficácia:
. Ato válido
. Ato nulo
. Ato inexistente
CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
m) Quanto à exequibilidade
. Ato perfeito
. Ato imperfeito
. Ato pendente
. Ato consumado
CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS
Maria Sylvia Di Pietro segue a classificação do jurista Hely Lopes
Meirelles, acrescentando a seguinte:
. Quando à função de vontade, os atos administrativos,
classificam-se:
a) Atos administrativos propriamente ditos
b) Atos puros ou meros atos administrativos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Resumo art. 37 a 41 cf
Resumo art. 37 a 41 cfResumo art. 37 a 41 cf
Resumo art. 37 a 41 cf
Jully Oliver
 
Direito Administrativo - Atos Administrativos
Direito Administrativo - Atos AdministrativosDireito Administrativo - Atos Administrativos
Direito Administrativo - Atos Administrativos
Mentor Concursos
 
Direito administrativo
Direito administrativoDireito administrativo
Direito administrativo
Superprovas Software
 
Direito Administrativo - Aula 5 - Administração indireta - I
Direito Administrativo - Aula 5 - Administração indireta - IDireito Administrativo - Aula 5 - Administração indireta - I
Direito Administrativo - Aula 5 - Administração indireta - I
Carlos José Teixeira Toledo
 
Direito administrativo
Direito administrativoDireito administrativo
Direito administrativo
ClaudiaRabelo
 
Direito Administrativo - Aula 1 - Princípios
Direito Administrativo - Aula 1 - PrincípiosDireito Administrativo - Aula 1 - Princípios
Direito Administrativo - Aula 1 - Princípios
Daniel Oliveira
 
Direito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveres
Direito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveresDireito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveres
Direito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveres
Daniel Oliveira
 
Aula 7 ato administrativo
Aula 7   ato administrativoAula 7   ato administrativo
Aula 7 ato administrativo
Rodrigo Santos Masset Lacombe
 
10 mapas mentais de direito constitucional
10 mapas mentais de direito constitucional10 mapas mentais de direito constitucional
10 mapas mentais de direito constitucional
ChaieniMoreira1
 
Direito Constitucional
Direito ConstitucionalDireito Constitucional
Direito Constitucional
Superprovas Software
 
Direito administrativo apostila-resumo bom para concursos
Direito administrativo  apostila-resumo bom para concursosDireito administrativo  apostila-resumo bom para concursos
Direito administrativo apostila-resumo bom para concursos
leticia_sa
 
Direito Constitucional Aula I
Direito Constitucional   Aula IDireito Constitucional   Aula I
Direito Constitucional Aula I
silviocostabsb
 
Poder de polícia
Poder de políciaPoder de polícia
Poder de polícia
Ana Cristina Freitas
 
Direito Administrativo - Poderes e Atos
Direito Administrativo - Poderes e AtosDireito Administrativo - Poderes e Atos
Direito Administrativo - Poderes e Atos
Amanda Almozara
 
Direito Administrativo - Estado, Governo e Administração
Direito Administrativo - Estado, Governo e AdministraçãoDireito Administrativo - Estado, Governo e Administração
Direito Administrativo - Estado, Governo e Administração
Mentor Concursos
 
Quadro comparativo intervenção restritiva do estado na propriedade
Quadro comparativo intervenção restritiva do estado na propriedadeQuadro comparativo intervenção restritiva do estado na propriedade
Quadro comparativo intervenção restritiva do estado na propriedade
Bruno Videira
 
Entendeu direito ou quer que desenhe princípios explícitos e implícitos da ...
Entendeu direito ou quer que desenhe   princípios explícitos e implícitos da ...Entendeu direito ou quer que desenhe   princípios explícitos e implícitos da ...
Entendeu direito ou quer que desenhe princípios explícitos e implícitos da ...
Genani Kovalski
 
Direito Administrativo - Princípios Básicos
Direito Administrativo - Princípios BásicosDireito Administrativo - Princípios Básicos
Direito Administrativo - Princípios Básicos
PreOnline
 
Atos administrativo sa
Atos administrativo saAtos administrativo sa
Atos administrativo sa
Ana Cristina Freitas
 
Entendeu direito ou quer que desenhe atos administrativos
Entendeu direito ou quer que desenhe   atos administrativosEntendeu direito ou quer que desenhe   atos administrativos
Entendeu direito ou quer que desenhe atos administrativos
Genani Kovalski
 

Mais procurados (20)

Resumo art. 37 a 41 cf
Resumo art. 37 a 41 cfResumo art. 37 a 41 cf
Resumo art. 37 a 41 cf
 
Direito Administrativo - Atos Administrativos
Direito Administrativo - Atos AdministrativosDireito Administrativo - Atos Administrativos
Direito Administrativo - Atos Administrativos
 
Direito administrativo
Direito administrativoDireito administrativo
Direito administrativo
 
Direito Administrativo - Aula 5 - Administração indireta - I
Direito Administrativo - Aula 5 - Administração indireta - IDireito Administrativo - Aula 5 - Administração indireta - I
Direito Administrativo - Aula 5 - Administração indireta - I
 
Direito administrativo
Direito administrativoDireito administrativo
Direito administrativo
 
Direito Administrativo - Aula 1 - Princípios
Direito Administrativo - Aula 1 - PrincípiosDireito Administrativo - Aula 1 - Princípios
Direito Administrativo - Aula 1 - Princípios
 
Direito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveres
Direito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveresDireito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveres
Direito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveres
 
Aula 7 ato administrativo
Aula 7   ato administrativoAula 7   ato administrativo
Aula 7 ato administrativo
 
10 mapas mentais de direito constitucional
10 mapas mentais de direito constitucional10 mapas mentais de direito constitucional
10 mapas mentais de direito constitucional
 
Direito Constitucional
Direito ConstitucionalDireito Constitucional
Direito Constitucional
 
Direito administrativo apostila-resumo bom para concursos
Direito administrativo  apostila-resumo bom para concursosDireito administrativo  apostila-resumo bom para concursos
Direito administrativo apostila-resumo bom para concursos
 
Direito Constitucional Aula I
Direito Constitucional   Aula IDireito Constitucional   Aula I
Direito Constitucional Aula I
 
Poder de polícia
Poder de políciaPoder de polícia
Poder de polícia
 
Direito Administrativo - Poderes e Atos
Direito Administrativo - Poderes e AtosDireito Administrativo - Poderes e Atos
Direito Administrativo - Poderes e Atos
 
Direito Administrativo - Estado, Governo e Administração
Direito Administrativo - Estado, Governo e AdministraçãoDireito Administrativo - Estado, Governo e Administração
Direito Administrativo - Estado, Governo e Administração
 
Quadro comparativo intervenção restritiva do estado na propriedade
Quadro comparativo intervenção restritiva do estado na propriedadeQuadro comparativo intervenção restritiva do estado na propriedade
Quadro comparativo intervenção restritiva do estado na propriedade
 
Entendeu direito ou quer que desenhe princípios explícitos e implícitos da ...
Entendeu direito ou quer que desenhe   princípios explícitos e implícitos da ...Entendeu direito ou quer que desenhe   princípios explícitos e implícitos da ...
Entendeu direito ou quer que desenhe princípios explícitos e implícitos da ...
 
Direito Administrativo - Princípios Básicos
Direito Administrativo - Princípios BásicosDireito Administrativo - Princípios Básicos
Direito Administrativo - Princípios Básicos
 
Atos administrativo sa
Atos administrativo saAtos administrativo sa
Atos administrativo sa
 
Entendeu direito ou quer que desenhe atos administrativos
Entendeu direito ou quer que desenhe   atos administrativosEntendeu direito ou quer que desenhe   atos administrativos
Entendeu direito ou quer que desenhe atos administrativos
 

Destaque

Seminário classificação atos administrativos_mazza
Seminário classificação atos administrativos_mazzaSeminário classificação atos administrativos_mazza
Seminário classificação atos administrativos_mazza
Fernanda Carvalho
 
Direito Administrativo - Intervenção do Estado
Direito Administrativo - Intervenção do EstadoDireito Administrativo - Intervenção do Estado
Direito Administrativo - Intervenção do Estado
PreOnline
 
Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88
Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88
Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88
PreOnline
 
Constituição – art 5º vida
Constituição – art 5º vidaConstituição – art 5º vida
Constituição – art 5º vida
mbdmm
 
Estudar artigo 5 6 7
Estudar   artigo 5 6 7Estudar   artigo 5 6 7
Estudar artigo 5 6 7
dodjocata
 
ART 5° DA CF; DIREITOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS.
ART 5° DA CF; DIREITOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS.ART 5° DA CF; DIREITOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS.
ART 5° DA CF; DIREITOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS.
BrunaMonte
 
Mapa mental art. 5 º cf
Mapa mental art. 5 º cfMapa mental art. 5 º cf
Mapa mental art. 5 º cf
digobim
 
Artigo 5º Da ConstituiçãO Federal
Artigo 5º Da  ConstituiçãO  FederalArtigo 5º Da  ConstituiçãO  Federal
Artigo 5º Da ConstituiçãO Federal
Douglas Mendonça
 

Destaque (8)

Seminário classificação atos administrativos_mazza
Seminário classificação atos administrativos_mazzaSeminário classificação atos administrativos_mazza
Seminário classificação atos administrativos_mazza
 
Direito Administrativo - Intervenção do Estado
Direito Administrativo - Intervenção do EstadoDireito Administrativo - Intervenção do Estado
Direito Administrativo - Intervenção do Estado
 
Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88
Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88
Direito Constitucional - Art. 5º da CF 88
 
Constituição – art 5º vida
Constituição – art 5º vidaConstituição – art 5º vida
Constituição – art 5º vida
 
Estudar artigo 5 6 7
Estudar   artigo 5 6 7Estudar   artigo 5 6 7
Estudar artigo 5 6 7
 
ART 5° DA CF; DIREITOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS.
ART 5° DA CF; DIREITOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS.ART 5° DA CF; DIREITOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS.
ART 5° DA CF; DIREITOS INDIVIDUAIS E COLETIVOS.
 
Mapa mental art. 5 º cf
Mapa mental art. 5 º cfMapa mental art. 5 º cf
Mapa mental art. 5 º cf
 
Artigo 5º Da ConstituiçãO Federal
Artigo 5º Da  ConstituiçãO  FederalArtigo 5º Da  ConstituiçãO  Federal
Artigo 5º Da ConstituiçãO Federal
 

Semelhante a Direito Administrativo - Atos Administrativos

Dir Adm Ponto Marcelo Alexandrino ExercíCios 04
Dir Adm   Ponto   Marcelo Alexandrino   ExercíCios 04Dir Adm   Ponto   Marcelo Alexandrino   ExercíCios 04
Dir Adm Ponto Marcelo Alexandrino ExercíCios 04
DEUS É FIEL ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE CRISTÃ
 
4 atos_adm
4  atos_adm4  atos_adm
4 atos_adm
vitor campos
 
Atos Administrativo - Prof. Luis Eduardo de Jesus - Aula 01 - Curso GMX BRASIL
Atos Administrativo - Prof. Luis Eduardo de Jesus - Aula 01 - Curso GMX BRASILAtos Administrativo - Prof. Luis Eduardo de Jesus - Aula 01 - Curso GMX BRASIL
Atos Administrativo - Prof. Luis Eduardo de Jesus - Aula 01 - Curso GMX BRASIL
Gmx Brasil
 
Aula atos vc 1f[1]
Aula atos vc 1f[1]Aula atos vc 1f[1]
Aula atos vc 1f[1]
Maycon Saranti
 
Ato administrativo
Ato administrativoAto administrativo
Ato administrativo
Iza C.
 
principiosdireitoadministrativo
principiosdireitoadministrativoprincipiosdireitoadministrativo
principiosdireitoadministrativo
RosangelaBraatz1
 
+++Administrativo
+++Administrativo+++Administrativo
Administrativo
AdministrativoAdministrativo
Administrativo
Thykworship
 
APOSTILA DE DIREITO ADMINISTRATIVO
APOSTILA DE DIREITO ADMINISTRATIVOAPOSTILA DE DIREITO ADMINISTRATIVO
APOSTILA DE DIREITO ADMINISTRATIVO
nandalobao
 
171156032017 dpc diradm_mat_completo
171156032017 dpc diradm_mat_completo171156032017 dpc diradm_mat_completo
171156032017 dpc diradm_mat_completo
Gabi Casini
 
Curso de direito administrativo
Curso de direito administrativoCurso de direito administrativo
Curso de direito administrativo
AldembarSarmento
 
100406 apresentação oswaldo aranha
100406 apresentação oswaldo aranha100406 apresentação oswaldo aranha
100406 apresentação oswaldo aranha
luciapaoliello
 
100406 apresentação oswaldo aranha
100406 apresentação oswaldo aranha100406 apresentação oswaldo aranha
100406 apresentação oswaldo aranha
luciapaoliello
 
Anaotação direito do trabalho
Anaotação direito do trabalhoAnaotação direito do trabalho
Anaotação direito do trabalho
studante1972
 
Direito administrativo I - Ato Adm.
Direito administrativo I - Ato Adm.Direito administrativo I - Ato Adm.
Direito administrativo I - Ato Adm.
Nathália Camargo
 
Aula dra. fabiana del padre tomé 01-09-14
Aula dra. fabiana del padre tomé   01-09-14Aula dra. fabiana del padre tomé   01-09-14
Aula dra. fabiana del padre tomé 01-09-14
Fernanda Moreira
 
Poderes administrativos 28_07_2010_20100728180854
Poderes administrativos 28_07_2010_20100728180854Poderes administrativos 28_07_2010_20100728180854
Poderes administrativos 28_07_2010_20100728180854
Fabiana Adaice
 
Atos administrativos
Atos administrativosAtos administrativos
Atos administrativos
Antonio Moreira
 
Resumo direito-administrativo inss-atualizado
Resumo direito-administrativo inss-atualizadoResumo direito-administrativo inss-atualizado
Resumo direito-administrativo inss-atualizado
julio silva
 
Resumo de Direito Administrativo para INSS 2016
Resumo de Direito Administrativo para INSS 2016Resumo de Direito Administrativo para INSS 2016
Resumo de Direito Administrativo para INSS 2016
Estratégia Concursos
 

Semelhante a Direito Administrativo - Atos Administrativos (20)

Dir Adm Ponto Marcelo Alexandrino ExercíCios 04
Dir Adm   Ponto   Marcelo Alexandrino   ExercíCios 04Dir Adm   Ponto   Marcelo Alexandrino   ExercíCios 04
Dir Adm Ponto Marcelo Alexandrino ExercíCios 04
 
4 atos_adm
4  atos_adm4  atos_adm
4 atos_adm
 
Atos Administrativo - Prof. Luis Eduardo de Jesus - Aula 01 - Curso GMX BRASIL
Atos Administrativo - Prof. Luis Eduardo de Jesus - Aula 01 - Curso GMX BRASILAtos Administrativo - Prof. Luis Eduardo de Jesus - Aula 01 - Curso GMX BRASIL
Atos Administrativo - Prof. Luis Eduardo de Jesus - Aula 01 - Curso GMX BRASIL
 
Aula atos vc 1f[1]
Aula atos vc 1f[1]Aula atos vc 1f[1]
Aula atos vc 1f[1]
 
Ato administrativo
Ato administrativoAto administrativo
Ato administrativo
 
principiosdireitoadministrativo
principiosdireitoadministrativoprincipiosdireitoadministrativo
principiosdireitoadministrativo
 
+++Administrativo
+++Administrativo+++Administrativo
+++Administrativo
 
Administrativo
AdministrativoAdministrativo
Administrativo
 
APOSTILA DE DIREITO ADMINISTRATIVO
APOSTILA DE DIREITO ADMINISTRATIVOAPOSTILA DE DIREITO ADMINISTRATIVO
APOSTILA DE DIREITO ADMINISTRATIVO
 
171156032017 dpc diradm_mat_completo
171156032017 dpc diradm_mat_completo171156032017 dpc diradm_mat_completo
171156032017 dpc diradm_mat_completo
 
Curso de direito administrativo
Curso de direito administrativoCurso de direito administrativo
Curso de direito administrativo
 
100406 apresentação oswaldo aranha
100406 apresentação oswaldo aranha100406 apresentação oswaldo aranha
100406 apresentação oswaldo aranha
 
100406 apresentação oswaldo aranha
100406 apresentação oswaldo aranha100406 apresentação oswaldo aranha
100406 apresentação oswaldo aranha
 
Anaotação direito do trabalho
Anaotação direito do trabalhoAnaotação direito do trabalho
Anaotação direito do trabalho
 
Direito administrativo I - Ato Adm.
Direito administrativo I - Ato Adm.Direito administrativo I - Ato Adm.
Direito administrativo I - Ato Adm.
 
Aula dra. fabiana del padre tomé 01-09-14
Aula dra. fabiana del padre tomé   01-09-14Aula dra. fabiana del padre tomé   01-09-14
Aula dra. fabiana del padre tomé 01-09-14
 
Poderes administrativos 28_07_2010_20100728180854
Poderes administrativos 28_07_2010_20100728180854Poderes administrativos 28_07_2010_20100728180854
Poderes administrativos 28_07_2010_20100728180854
 
Atos administrativos
Atos administrativosAtos administrativos
Atos administrativos
 
Resumo direito-administrativo inss-atualizado
Resumo direito-administrativo inss-atualizadoResumo direito-administrativo inss-atualizado
Resumo direito-administrativo inss-atualizado
 
Resumo de Direito Administrativo para INSS 2016
Resumo de Direito Administrativo para INSS 2016Resumo de Direito Administrativo para INSS 2016
Resumo de Direito Administrativo para INSS 2016
 

Mais de PreOnline

Regência e Crase
Regência e CraseRegência e Crase
Regência e Crase
PreOnline
 
Colocacao pronominal
Colocacao pronominalColocacao pronominal
Colocacao pronominal
PreOnline
 
Concordancia verbal
Concordancia verbalConcordancia verbal
Concordancia verbal
PreOnline
 
Concordancia nominal
Concordancia nominalConcordancia nominal
Concordancia nominal
PreOnline
 
Estrutura e formacao_de_palavras
Estrutura e formacao_de_palavrasEstrutura e formacao_de_palavras
Estrutura e formacao_de_palavras
PreOnline
 
Portugues morfologia 01
Portugues morfologia 01Portugues morfologia 01
Portugues morfologia 01
PreOnline
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
PreOnline
 
Esquema geral gramatica_01
Esquema geral gramatica_01Esquema geral gramatica_01
Esquema geral gramatica_01
PreOnline
 
Direito do Trabalho - Princípios Específicos do Direito do Trabalho
Direito do Trabalho - Princípios Específicos do Direito do TrabalhoDireito do Trabalho - Princípios Específicos do Direito do Trabalho
Direito do Trabalho - Princípios Específicos do Direito do Trabalho
PreOnline
 
Direito do Trabalho - Fontes
Direito do Trabalho - FontesDireito do Trabalho - Fontes
Direito do Trabalho - Fontes
PreOnline
 
Direito do Trabalho - Poderes do Empregado
Direito do Trabalho - Poderes do EmpregadoDireito do Trabalho - Poderes do Empregado
Direito do Trabalho - Poderes do Empregado
PreOnline
 
Direito do Trabalho - Empregador
Direito do Trabalho - EmpregadorDireito do Trabalho - Empregador
Direito do Trabalho - Empregador
PreOnline
 
Direito do Trabalho - Emprego
Direito do Trabalho - EmpregoDireito do Trabalho - Emprego
Direito do Trabalho - Emprego
PreOnline
 
Direito do Trabalho - Distinção de Trabalho e Emprego
Direito do Trabalho - Distinção de Trabalho e EmpregoDireito do Trabalho - Distinção de Trabalho e Emprego
Direito do Trabalho - Distinção de Trabalho e Emprego
PreOnline
 
Direito do Trabalho - Aviso Prévio
Direito do Trabalho - Aviso PrévioDireito do Trabalho - Aviso Prévio
Direito do Trabalho - Aviso Prévio
PreOnline
 
Direito do Trabalho - Jornada de Trabalho
Direito do Trabalho - Jornada de TrabalhoDireito do Trabalho - Jornada de Trabalho
Direito do Trabalho - Jornada de Trabalho
PreOnline
 
Direito do Trabalho - Rescisão Contratual
Direito do Trabalho - Rescisão ContratualDireito do Trabalho - Rescisão Contratual
Direito do Trabalho - Rescisão Contratual
PreOnline
 
Direito do Trabalho - Repouso Semanal Remunerado e Descanso em Feriados
Direito do Trabalho - Repouso Semanal Remunerado e Descanso em FeriadosDireito do Trabalho - Repouso Semanal Remunerado e Descanso em Feriados
Direito do Trabalho - Repouso Semanal Remunerado e Descanso em Feriados
PreOnline
 
Direito do Trabalho - Remuneração e Salário
Direito do Trabalho - Remuneração e SalárioDireito do Trabalho - Remuneração e Salário
Direito do Trabalho - Remuneração e Salário
PreOnline
 
Direito do Trabalho - Extinção do Contrato de Trabalho
Direito do Trabalho - Extinção do Contrato de TrabalhoDireito do Trabalho - Extinção do Contrato de Trabalho
Direito do Trabalho - Extinção do Contrato de Trabalho
PreOnline
 

Mais de PreOnline (20)

Regência e Crase
Regência e CraseRegência e Crase
Regência e Crase
 
Colocacao pronominal
Colocacao pronominalColocacao pronominal
Colocacao pronominal
 
Concordancia verbal
Concordancia verbalConcordancia verbal
Concordancia verbal
 
Concordancia nominal
Concordancia nominalConcordancia nominal
Concordancia nominal
 
Estrutura e formacao_de_palavras
Estrutura e formacao_de_palavrasEstrutura e formacao_de_palavras
Estrutura e formacao_de_palavras
 
Portugues morfologia 01
Portugues morfologia 01Portugues morfologia 01
Portugues morfologia 01
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
 
Esquema geral gramatica_01
Esquema geral gramatica_01Esquema geral gramatica_01
Esquema geral gramatica_01
 
Direito do Trabalho - Princípios Específicos do Direito do Trabalho
Direito do Trabalho - Princípios Específicos do Direito do TrabalhoDireito do Trabalho - Princípios Específicos do Direito do Trabalho
Direito do Trabalho - Princípios Específicos do Direito do Trabalho
 
Direito do Trabalho - Fontes
Direito do Trabalho - FontesDireito do Trabalho - Fontes
Direito do Trabalho - Fontes
 
Direito do Trabalho - Poderes do Empregado
Direito do Trabalho - Poderes do EmpregadoDireito do Trabalho - Poderes do Empregado
Direito do Trabalho - Poderes do Empregado
 
Direito do Trabalho - Empregador
Direito do Trabalho - EmpregadorDireito do Trabalho - Empregador
Direito do Trabalho - Empregador
 
Direito do Trabalho - Emprego
Direito do Trabalho - EmpregoDireito do Trabalho - Emprego
Direito do Trabalho - Emprego
 
Direito do Trabalho - Distinção de Trabalho e Emprego
Direito do Trabalho - Distinção de Trabalho e EmpregoDireito do Trabalho - Distinção de Trabalho e Emprego
Direito do Trabalho - Distinção de Trabalho e Emprego
 
Direito do Trabalho - Aviso Prévio
Direito do Trabalho - Aviso PrévioDireito do Trabalho - Aviso Prévio
Direito do Trabalho - Aviso Prévio
 
Direito do Trabalho - Jornada de Trabalho
Direito do Trabalho - Jornada de TrabalhoDireito do Trabalho - Jornada de Trabalho
Direito do Trabalho - Jornada de Trabalho
 
Direito do Trabalho - Rescisão Contratual
Direito do Trabalho - Rescisão ContratualDireito do Trabalho - Rescisão Contratual
Direito do Trabalho - Rescisão Contratual
 
Direito do Trabalho - Repouso Semanal Remunerado e Descanso em Feriados
Direito do Trabalho - Repouso Semanal Remunerado e Descanso em FeriadosDireito do Trabalho - Repouso Semanal Remunerado e Descanso em Feriados
Direito do Trabalho - Repouso Semanal Remunerado e Descanso em Feriados
 
Direito do Trabalho - Remuneração e Salário
Direito do Trabalho - Remuneração e SalárioDireito do Trabalho - Remuneração e Salário
Direito do Trabalho - Remuneração e Salário
 
Direito do Trabalho - Extinção do Contrato de Trabalho
Direito do Trabalho - Extinção do Contrato de TrabalhoDireito do Trabalho - Extinção do Contrato de Trabalho
Direito do Trabalho - Extinção do Contrato de Trabalho
 

Último

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 

Último (20)

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 

Direito Administrativo - Atos Administrativos

  • 1.
  • 3. - Atos privados - Atos políticos ATOS ADMINISTRATIVOS - Atos materiais ou fatos administrativos - Atos administrativos
  • 4. - Atos privados Ex.: Locação, seguro e financiamento ATOS ADMINISTRATIVOS
  • 5. - Atos políticos A competência é expressamente prevista na CF/88 ATOS ADMINISTRATIVOS
  • 6. - Atos materiais ou fatos administrativos Qualquer atividade material da administração sendo normalmente consequência de um ato administrativo. ATOS ADMINISTRATIVOS
  • 7. - Atos administrativos ATOS ADMINISTRATIVOS
  • 8. Atos administrativos é toda manifestação unilateral de vontade da administração Pública, que agindo nessa qualidade, tenha por fim imediato adquirir, resguardar, transferir, modificar, extinguir e declarar direitos, ou impor obrigações aos administradores ou a si própria. Hely Lopes Meirelles (2005) ATOS ADMINISTRATIVOS
  • 9. Atos administrativos é a declaração do Estado ou de quem o representa, que produz efeitos jurídicos imediatos, com observância da lei, sob o regime jurídico de direito público e sujeita a controle pelo Poder Judiciário. Maria Sylvia Di Pietro (2004:189) ATOS ADMINISTRATIVOS
  • 10. . COMPETÊNCIA OU SUJEITO . FINALIDADE ELEMENTOS OU REQUISITOS . FORMA . MOTIVO . OBJETO QUEM? PARA QUÊ? FIM MEDIATO COMO? REGRA SOLENE. POR QUÊ? FUNDAMENTO DE FATO E DIREITO. FIM IMEDIATO CONTEÚDO O QUÊ? ONDE? VINCULADOVINCULADOOU DISCRICIONÁRIO
  • 11. MOTIVO # MOTIVAÇÃO ATOS ADMINISTRATIVOS FUNDAMENTO DE FATO E DIREITO É A EXPLICAÇÃO POR ESCRITO DO MOTIVO
  • 12. Não se pode confundir motivo com motivação. . Motivação é a exposição de motivos. . Pela motivação, o administrador público justifica sua ação administrativa. . Todos os atos, tanto vinculados como discricionários, devem ser motivados, salvo se a própria lei expressamente dispensar a motivação TEORIA DOS MOTIVOS DETERMINANTES
  • 13. . Os atos administrativos, quando tiverem sua prática motivada, ficam vinculadas aos motivos expostos, para os efeitos jurídicos. . Mesmo os atos discricionários no qual a lei dispensar a motivação, se forem motivados, ficam vinculados a esses motivos como causa determinante de seu cometimento e se sujeitam ao confronto da existência e legitimidade. TEORIA DOS MOTIVOS DETERMINANTES
  • 14. Normalmente se reconhece discricionariedade nas seguintes condições: a) quando a lei expressamente a confere à Administração DISCRICIONARIEDADE b) quando a lei é intencionalmente omissa c) quando a lei fixa a competência, mas não prevê a conduta a ser adotada pela Administração
  • 15. Quando ao motivo será vinculado se a lei o descreve com noções precisas usando vocábulos unissignificativos, matemáticos, empíricos ou de experiência ou ainda teoréticos. MOTIVO
  • 16. Porém será discricionário se a lei não o definir ou se o define com conceitos vagos, fluidos plurissignificativos ou ainda chamados conceitos jurídicos indeterminados. MOTIVO
  • 17. 1.ATO ILEGAL OU ILEGÍTIMO ATO NULO INVALIDAÇÃO DOS ATOS ANULADO AP PJ ATO ANULÁVEL ANULADO AP PJ CONVALIDADO AP 2. ATO INCONVENIENTE OU INOPORTUNO: REVOGADO - AP DEFEITO GRAVE EX TUNC, SALVO TERCEIROS BOA-FÉ EX TUNC, SALVO TERCEIROS BOA-FÉ EX TUNC DEFEITO LEVE ATO VINCULADO OU DISCRICIONÁRIO ATO DISCRICIONÁRIO LEGAL EX NUNC
  • 18. DISCRICIONARIEDADE Em suma: o mérito administrativo não pode ser apreciado pelo Poder Judiciário, salvo sob a razoabilidade ou proporcionalidade.
  • 19. Enuncia o STF: Súmula 473: “A administração Pública pode anular os seus próprios atos, quando eivados de vícios se tornam ilegais, porque deles não se originam direitos; ou revogá-los, por motivo de conveniência e oportunidade, respeitados os direitos adquiridos, e ressalvada, em todos os casos, a apreciação judicial. ANULAÇÃO E REVOGAÇÃO
  • 20. Art. 53 – lei 9784/99 A Administração deve anular seus próprios atos, quando eivados de vício de legalidade, e pode revogá-los por motivo de conveniência ou oportunidade, respeitados os direitos adquiridos. ANULAÇÃO E REVOGAÇÃO
  • 21. Segundo Di Pietro (2004:239) não podem ser revogados: a) Os atos vinculados; ANULAÇÃO E REVOGAÇÃO b) Os atos que exauriram seus efeitos; c) Quando já se exauriu a competência relativamente ao objetivo do ato; d) Os atos puros ou meros; e) Os atos que integram um procedimento, pois a cada novo ato ocorre preclusão com relação ao anterior. f) Os atos que geram direitos adquiridos, conforme a súmula 473 do STF.
  • 22. “Art. 55. Em decisão na qual se evidencie não acarretarem lesão ao interesse público nem prejuízo a terceiros, os atos que apresentarem defeitos sanáveis poderão ser convalidados pela própria Administração.” LEGISLAÇÃO: LEI 9.784/99 CONVALIDAÇÃO EXPRESSA -
  • 23. “Art. 54. O direito da Administração de anular os atos administrativos de que decorram efeitos favoráveis para os destinatários decai em cinco anos, contados da data em que foram praticados, salvo comprovada má-fé.” LEGISLAÇÃO: LEI 9.784/99 CONVALIDAÇÃO TÁCITA -
  • 24. . DEFEITO GRAVE: DEFEITOS DOS ATOS . COMPETÊNCIA . FINALIDADE . FORMA . MOTIVO . OBJETO EXCLUSIVA . DEFEITO GRAVE: . COMPETÊNCIA . FINALIDADE DELEGÁVEL REQUISITO ESSENCIAL REQUISITO ACESSÓRIO VINCULADO OU ILEGAL
  • 25. PRESUNÇÃO DE LEGITIMIDADE ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS AUTO - EXECUTORIEDADE IMPERATIVIDADE EXIGIBILIDADE: B. MELLO TIPICIDADE: DI PIETRO
  • 26. PRESUNÇÃO DE LEGITIMIDADE ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS . TODO . “juris tantum”: Relativa
  • 27. ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS AUTO - EXECUTORIEDADE . A Administração Pública executa o ato por meios diretos, independentemente de ordem judicial. (Exceções)
  • 28. ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS IMPERATIVIDADE . O administrador deve cumprir o ato independentemente de sua anuência . Exceções: Atos negociais / enunciativos
  • 29. ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS EXIGIBILIDADE: B. MELLO . A Administração Pública exige o cumprimento do ato por meios indiretos. . TODO ATO É EXIGÍVEL, MAS NEM TODO ATO É EXECUTÓRIO.
  • 30. ATRIBUTOS DOS ATOS ADMINISTRATIVOS TIPICIDADE: DI PIETRO . TODO . O ato deve corresponder a figuras definidas previamente pela lei.
  • 31. FORMAS DE EXTINÇÃO DO ATO a) cumprimento de seus efeitos b) desaparecimento do sujeito ou objeto c) retirada, que abrange: - revogação, em que a retirada se dá por razões de oportunidade ou conveniência; - - anulação, por razões de ilegalidade; - cassação: o ato será legal na forma e ilegal na execução.
  • 32. FORMAS DE EXTINÇÃO DO ATO - caducidade: ou o ato perde a validade, caducando; Ou perde seu fundamento legal. - contraposição: é o caso da exoneração do funcionário, que tem efeitos contrapostos ao da nomeação. d) renúncia.
  • 33. CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS De acordo com Celso A. B. de Mello, os atos podem ser classificados quanto à perfeição, validade e eficácia. Podem ser: ATO PERFEITO, VÁLIDO E EFICAZ COMPLETO NO CLICLO DE FORMAÇÃO ESTÁ DE ACORDO COM A LEI PRODUZ EFEITOS JURÍDICOS
  • 34. CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS . perfeito, válido e eficaz . perfeito, inválido e eficaz . perfeito, válido e ineficaz . perfeito, inválido e ineficaz
  • 35. CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS Hely Lopes Meirelles enuncia á seguinte classificação dos atos administrativos: a) Quanto aos seus destinatários: . Atos gerais ou regulamentares . Atos individuais ou especiais b) Quanto ao seu alcance: . Atos internos . Atos externos
  • 36. CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS c) Quanto ao seu objeto: . Atos de império . Atos de gestão . Atos de expediente d) Quanto ao seu regramento . Atos vinculados . Atos discricionários
  • 37. CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS e) Quanto à formação do ato: . Atos simples . Atos complexos . Atos compostos f) Quanto à retratabilidade: . Atos irrevogável . Atos irrevogável . Atos suspensível
  • 38. CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS g) Quanto ao modo de execução . Atos auto-executório . Atos não auto-executório . Atos compostos h) Quanto ao objetivo visado pela administração: . Atos principal . Atos complementar . Atos intermediário ou preparatório . Ato-condição . Ato de jurisdição ou jurisdicional
  • 39. CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS i) Quanto ao conteúdo . Ato Constitutivo . Ato Extinto ou Descontituido . Ato Declaratório . Ato Alienativo . Ato Modificativo
  • 40. CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS j) Quanto aos efeitos: . Ato constitutivo . Ato desconstitutivo . Ato de constatação l) Quanto à eficácia: . Ato válido . Ato nulo . Ato inexistente
  • 41. CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS m) Quanto à exequibilidade . Ato perfeito . Ato imperfeito . Ato pendente . Ato consumado
  • 42. CLASSIFICAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS Maria Sylvia Di Pietro segue a classificação do jurista Hely Lopes Meirelles, acrescentando a seguinte: . Quando à função de vontade, os atos administrativos, classificam-se: a) Atos administrativos propriamente ditos b) Atos puros ou meros atos administrativos