SlideShare uma empresa Scribd logo
CULTURA BRASILEIRA
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
1. Brasil: diversidade cultural
Miscigenação e multiculturalismo:
o Índios, portugueses, africanos, italianos, alemães,
espanhóis, sírios, libaneses, japoneses, chineses.
o Várias etnias forjaram a miscigenação e a
diversidade cultural.
o Brasil: riqueza cultural em vários aspectos:
linguagem, crenças, gastronomia, danças.
2. Indígenas
Sobrevivência para os portugueses:
o Alimentação, locomoção, adaptação.
Tupinização:
o Linguagem: aracaju, morumbi, pacu, jururu, araçá.
o Alimentação: mandioca, milho, batata doce, caju,
amendoim, abacaxi, mate, guaraná, tabaco, coca.
o Costumes: caça, pesca, crenças, ervas medicinais.
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
3. Africanos
o Oposição da Igreja à escravidão de índios,
resistência, indolência, a morte de indígenas
dificultavam a mão – de – obra e a colonização.
o Escravidão, tráfico e mercantilismo: altos lucros.
o Tráfico, escambo e escravidão na África.
o Produção: engenhos, mineração, café.
o Violência e descaracterização cultural.
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
A maioria dos negros era na faixa de 15 a 30 anos.
Caçados, laçados, trocados eram jogados nos navios
negreiros. Sobreviventes eram engordados, maquiados
com gordura e leiloados nas feiras. Bom físico, bons
dentes alcançavam os melhores preços. No Brasil eram
batizados com nomes e sobrenomes portugueses
(Oliveira, Pereira) e doutrinados na fé católica.
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Culturas africanas:
o As culturas africanas influenciaram profundamente
na cultura brasileira.
o Bantos, Sudaneses, Nagôs: Angola, Moçambique.
o Ritmos, gastronomia, crenças, religiosidade,
linguagem africanos presentes em nossa cultura.
o Indígenas, portugueses e africanos misturaram – se
forjando nosso multiculturalismo.
Linguagem:
o Africanos nos trouxeram um idioma rico e de vários povos.
o Palavras de origem africana: xixi, cocô, papá, tetê, nenê,
Chico, Tonho, abadá, caçamba, cachaça, cachimbo, caçula,
candango, canga, capanga, carimbo, caxumba, cochilar,
corcunda, dengo, fubá, gibi, macaco, maconha, macumba,
marimbondo, miçanga, moleque, quitanda, quitute, tanga,
xingar, banguela, babaca, bunda, cafofo, cafundó, cambada,
muquirana, muvuca, cachaça, dendê, fuxico, berimbau,
quitute, cangaço, quiabo, senzala, corcunda, batucada,
zabumba, bafafá e axé.
Gastronomia:
o Os negros introduziram ingredientes como: leite de coco,
azeite de dendê, pimenta malagueta.
o Com eles descobrimos: feijão preto, acarajé, vatapá, caruru,
mungunzá, angu, pamonha.
o Os escravos se alimentavam dos restos que sobravam dos
senhores já que as melhores carnes iam para os senhores.
o As sobras (pés, orelhas, carne seca, rabos, costelinhas) com
feijão preto criaram a feijoada, adaptada de pratos europeus.
o O acarajé virou patrimônio nacional.
Cultura brasileira 2020
Capoeira:
o Mistura de luta, dança, esporte e história ao som
de tambor e berimbau.
o Atualmente há dois gêneros: angola e regional.
o Os adversários em roda dão golpes com as pernas,
cabeça e mãos, demonstrando suas habilidades.
o É considerada patrimônio histórico nacional.
Religiosidade:
Candomblé (origem: África):
o Orixás: elementos da natureza ou humanos,
possuem qualidades ou defeitos.
o Terreiros: mães ou pais de santos.
o Atabaques: sons da cultura africana.
o Santos católicos: Nossa Senhora da Conceição
(Yemanjá), Oxalá (Deus), Ogum (São Jorge).
Cultura brasileira 2020
Umbanda (criada no Brasil):
o Cultos nos centros ou terreiros.
o Influências do Catolicismo e do Espiritismo.
o Manifestação de espíritos.
o Culto de Orixás, índios, caboclos e pretos velhos.
o Pedidos, oferendas e trabalhos.
o Crença na luta entre bem e mal.
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020
Samba:
o Surgiu nas periferias do Rio de Janeiro onde
viviam ex – escravos e seus descendentes.
o Sofreu influências do lundu, batuque e do maxixe.
o Brancos e negros cantavam seu cotidiano ao som
de: surdo, cuíca, pandeiro, tamborim e cavaquinho.
o Incorporado ao Carnaval revelou nomes como:
Noel Rosa, Cartola, Pixinguinha e Bezerra da Silva.
Bumba meu boi (boi bumbá):
o Regiões Norte e Nordeste.
o Teatro dançado típico em festas juninas.
o O enredo trás uma história trágica ou cômica.
o Um escravo negro mata o boi preferido do patrão
para satisfazer sua mulher (comer a língua do boi).
o O escravo precisa ressuscitar o boi com a ajuda de
um feiticeiro.
Cultura brasileira 2020
Carnaval:
o No Brasil incorporou elementos da cultura
africana como dança e samba.
o Evolução: entrudo, cordões, ranchos, festas de
salão, corsos, escolas de samba, frevo e maracatu.
o Em Salvador destacam – se os blocos afros como:
Olodum, Ilê Aiyê e Filhos de Gandhi.
o Sofreu influências do candomblé.
Cultura brasileira 2020
Cultura brasileira 2020

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
Fabiana Tonsis
 
O QUE É HISTÓRIA
O QUE É HISTÓRIAO QUE É HISTÓRIA
O QUE É HISTÓRIA
Nila Michele Bastos Santos
 
Ditadura militar no brasil (1964 1985)
Ditadura militar no brasil (1964 1985)Ditadura militar no brasil (1964 1985)
Ditadura militar no brasil (1964 1985)
Jardel Berti
 
Antigas civilizações
Antigas civilizações Antigas civilizações
Antigas civilizações
Adail Silva
 
Redemocratização brasil
Redemocratização brasilRedemocratização brasil
Redemocratização brasil
Fabiana Tonsis
 
A crise no império romano
A crise no império romanoA crise no império romano
A crise no império romano
Nilton Silva Jardim Junior
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
eiprofessor
 
1° ano império romano - completo
1° ano    império romano - completo1° ano    império romano - completo
1° ano império romano - completo
Daniel Alves Bronstrup
 
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
Daniel Alves Bronstrup
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Portal do Vestibulando
 
1° ano E.M. - Antigo Egito
1° ano E.M. -  Antigo Egito1° ano E.M. -  Antigo Egito
1° ano E.M. - Antigo Egito
Daniel Alves Bronstrup
 
Escravidão / Resistência
Escravidão / ResistênciaEscravidão / Resistência
Escravidão / Resistência
Joemille Leal
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
Douglas Barraqui
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Kéliton Ferreira
 
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
Daniel Alves Bronstrup
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
eiprofessor
 
Indígenas no Brasil
Indígenas no BrasilIndígenas no Brasil
Indígenas no Brasil
Edenilson Morais
 
Escravidão moderna
Escravidão modernaEscravidão moderna
Escravidão moderna
Andre Lucas
 
BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA
 BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA
BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA
Diego Bian Filo Moreira
 
Roma
RomaRoma

Mais procurados (20)

Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
 
O QUE É HISTÓRIA
O QUE É HISTÓRIAO QUE É HISTÓRIA
O QUE É HISTÓRIA
 
Ditadura militar no brasil (1964 1985)
Ditadura militar no brasil (1964 1985)Ditadura militar no brasil (1964 1985)
Ditadura militar no brasil (1964 1985)
 
Antigas civilizações
Antigas civilizações Antigas civilizações
Antigas civilizações
 
Redemocratização brasil
Redemocratização brasilRedemocratização brasil
Redemocratização brasil
 
A crise no império romano
A crise no império romanoA crise no império romano
A crise no império romano
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
1° ano império romano - completo
1° ano    império romano - completo1° ano    império romano - completo
1° ano império romano - completo
 
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
 
1° ano E.M. - Antigo Egito
1° ano E.M. -  Antigo Egito1° ano E.M. -  Antigo Egito
1° ano E.M. - Antigo Egito
 
Escravidão / Resistência
Escravidão / ResistênciaEscravidão / Resistência
Escravidão / Resistência
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
1° ano EM - Hebreus, fenícios e Persas
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Indígenas no Brasil
Indígenas no BrasilIndígenas no Brasil
Indígenas no Brasil
 
Escravidão moderna
Escravidão modernaEscravidão moderna
Escravidão moderna
 
BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA
 BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA
BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA
 
Roma
RomaRoma
Roma
 

Semelhante a Cultura brasileira 2020

Brasil negros no sistema colonial
Brasil negros no sistema colonialBrasil negros no sistema colonial
Brasil negros no sistema colonial
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Apresentação Casa Grande e Senzala
Apresentação Casa Grande e SenzalaApresentação Casa Grande e Senzala
Apresentação Casa Grande e Senzala
Luiza Almeida
 
Mama África
Mama ÁfricaMama África
Mama África
Ava Augustina
 
Africanidades
AfricanidadesAfricanidades
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No BrasilInfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
josé Augusto Dias
 
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No BrasilInfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
guestb74f0c
 
Africa ApresentaÇÃO
Africa ApresentaÇÃOAfrica ApresentaÇÃO
Africa ApresentaÇÃO
guestb74f0c
 
_África.ppt
_África.ppt_África.ppt
_África.ppt
dayanasouza53
 
A influê (1).pdf
A influê (1).pdfA influê (1).pdf
A influê (1).pdf
abnermaday
 
5.lucrativo comércio de seres humanos
5.lucrativo comércio de seres humanos5.lucrativo comércio de seres humanos
5.lucrativo comércio de seres humanos
valdeck1
 
Escravidão no Brasil
Escravidão no BrasilEscravidão no Brasil
Escravidão no Brasil
bastianbe
 
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileiraHistória da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
Raphael Lanzillotte
 
5.lucrativo comércio de seres humanos
5.lucrativo comércio de seres humanos5.lucrativo comércio de seres humanos
5.lucrativo comércio de seres humanos
valdeck1
 
Como era a vida dos índios
Como era a vida dos índiosComo era a vida dos índios
Como era a vida dos índios
Mauricio Produções
 
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fundAtividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fundAtividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades Diversas Cláudia
 
Influência da-cultura-africana-no-brasil
Influência da-cultura-africana-no-brasilInfluência da-cultura-africana-no-brasil
Influência da-cultura-africana-no-brasil
Nancihorta
 
Brasil negros no sistema colonial 2020
Brasil negros no sistema colonial 2020Brasil negros no sistema colonial 2020
Brasil negros no sistema colonial 2020
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Tabajara 2015 - Sinopse
Tabajara 2015 - SinopseTabajara 2015 - Sinopse
Tabajara 2015 - Sinopse
Tabajara Sociedade Recreativa
 
Arte e cultura indgena
Arte e cultura indgenaArte e cultura indgena
Arte e cultura indgena
Carolyne Mensen
 

Semelhante a Cultura brasileira 2020 (20)

Brasil negros no sistema colonial
Brasil negros no sistema colonialBrasil negros no sistema colonial
Brasil negros no sistema colonial
 
Apresentação Casa Grande e Senzala
Apresentação Casa Grande e SenzalaApresentação Casa Grande e Senzala
Apresentação Casa Grande e Senzala
 
Mama África
Mama ÁfricaMama África
Mama África
 
Africanidades
AfricanidadesAfricanidades
Africanidades
 
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No BrasilInfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
 
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No BrasilInfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
 
Africa ApresentaÇÃO
Africa ApresentaÇÃOAfrica ApresentaÇÃO
Africa ApresentaÇÃO
 
_África.ppt
_África.ppt_África.ppt
_África.ppt
 
A influê (1).pdf
A influê (1).pdfA influê (1).pdf
A influê (1).pdf
 
5.lucrativo comércio de seres humanos
5.lucrativo comércio de seres humanos5.lucrativo comércio de seres humanos
5.lucrativo comércio de seres humanos
 
Escravidão no Brasil
Escravidão no BrasilEscravidão no Brasil
Escravidão no Brasil
 
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileiraHistória da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
História da Arte: Arte e cultura indígena brasileira
 
5.lucrativo comércio de seres humanos
5.lucrativo comércio de seres humanos5.lucrativo comércio de seres humanos
5.lucrativo comércio de seres humanos
 
Como era a vida dos índios
Como era a vida dos índiosComo era a vida dos índios
Como era a vida dos índios
 
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fundAtividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
 
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fundAtividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
 
Influência da-cultura-africana-no-brasil
Influência da-cultura-africana-no-brasilInfluência da-cultura-africana-no-brasil
Influência da-cultura-africana-no-brasil
 
Brasil negros no sistema colonial 2020
Brasil negros no sistema colonial 2020Brasil negros no sistema colonial 2020
Brasil negros no sistema colonial 2020
 
Tabajara 2015 - Sinopse
Tabajara 2015 - SinopseTabajara 2015 - Sinopse
Tabajara 2015 - Sinopse
 
Arte e cultura indgena
Arte e cultura indgenaArte e cultura indgena
Arte e cultura indgena
 

Mais de firminomaissociologiafilosofia2019

Ética e Moral
Ética e MoralÉtica e Moral
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
firminomaissociologiafilosofia2019
 
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃOINSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Neoliberalismo e desigualdades sociais
Neoliberalismo e desigualdades sociaisNeoliberalismo e desigualdades sociais
Neoliberalismo e desigualdades sociais
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Sociologia brasileira
Sociologia brasileiraSociologia brasileira
Sociologia brasileira
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Instituições sociais família
Instituições sociais famíliaInstituições sociais família
Instituições sociais família
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
firminomaissociologiafilosofia2019
 
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Cultura 2021
Cultura 2021Cultura 2021
Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Émile Durkheim- 2021
Émile Durkheim- 2021Émile Durkheim- 2021
Émile Durkheim- 2021
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Augusto Comte e o Positivismo 2021
Augusto Comte e o Positivismo 2021Augusto Comte e o Positivismo 2021
Augusto Comte e o Positivismo 2021
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Estado, poder, política, cidadania 2020
Estado, poder, política, cidadania 2020Estado, poder, política, cidadania 2020
Estado, poder, política, cidadania 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Capitalismo e trabalho 2020
Capitalismo e trabalho   2020Capitalismo e trabalho   2020
Capitalismo e trabalho 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Ética e moral 2020
Ética e moral 2020Ética e moral 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Etnia, gênero, minorias 2020
Etnia, gênero, minorias 2020Etnia, gênero, minorias 2020
Etnia, gênero, minorias 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Cultura erudita e cultura popular 2020
Cultura erudita e cultura popular 2020Cultura erudita e cultura popular 2020
Cultura erudita e cultura popular 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Indivíduo e Socialização 2020
Indivíduo e Socialização 2020Indivíduo e Socialização 2020
Indivíduo e Socialização 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 

Mais de firminomaissociologiafilosofia2019 (20)

Ética e Moral
Ética e MoralÉtica e Moral
Ética e Moral
 
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
 
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃOINSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
INSTITUIÇÕES SOCIAIS: RELIGIÃO
 
Neoliberalismo e desigualdades sociais
Neoliberalismo e desigualdades sociaisNeoliberalismo e desigualdades sociais
Neoliberalismo e desigualdades sociais
 
Sociologia brasileira
Sociologia brasileiraSociologia brasileira
Sociologia brasileira
 
Instituições sociais família
Instituições sociais famíliaInstituições sociais família
Instituições sociais família
 
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
Trabalho: conceito, tipos, características, importãncia, globalização.
 
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
ANTROPOLOGIA: CIÊNCIA DA ALTERIDADE.
 
Cultura 2021
Cultura 2021Cultura 2021
Cultura 2021
 
Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.Estrutura social: conceitos básicos.
Estrutura social: conceitos básicos.
 
Émile Durkheim- 2021
Émile Durkheim- 2021Émile Durkheim- 2021
Émile Durkheim- 2021
 
Augusto Comte e o Positivismo 2021
Augusto Comte e o Positivismo 2021Augusto Comte e o Positivismo 2021
Augusto Comte e o Positivismo 2021
 
Estado, poder, política, cidadania 2020
Estado, poder, política, cidadania 2020Estado, poder, política, cidadania 2020
Estado, poder, política, cidadania 2020
 
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
Indústria Cultural e Cultura de Massa-2020
 
Capitalismo e trabalho 2020
Capitalismo e trabalho   2020Capitalismo e trabalho   2020
Capitalismo e trabalho 2020
 
Ética e moral 2020
Ética e moral 2020Ética e moral 2020
Ética e moral 2020
 
Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020
 
Etnia, gênero, minorias 2020
Etnia, gênero, minorias 2020Etnia, gênero, minorias 2020
Etnia, gênero, minorias 2020
 
Cultura erudita e cultura popular 2020
Cultura erudita e cultura popular 2020Cultura erudita e cultura popular 2020
Cultura erudita e cultura popular 2020
 
Indivíduo e Socialização 2020
Indivíduo e Socialização 2020Indivíduo e Socialização 2020
Indivíduo e Socialização 2020
 

Último

28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 

Cultura brasileira 2020

  • 4. 1. Brasil: diversidade cultural Miscigenação e multiculturalismo: o Índios, portugueses, africanos, italianos, alemães, espanhóis, sírios, libaneses, japoneses, chineses. o Várias etnias forjaram a miscigenação e a diversidade cultural. o Brasil: riqueza cultural em vários aspectos: linguagem, crenças, gastronomia, danças.
  • 5. 2. Indígenas Sobrevivência para os portugueses: o Alimentação, locomoção, adaptação. Tupinização: o Linguagem: aracaju, morumbi, pacu, jururu, araçá. o Alimentação: mandioca, milho, batata doce, caju, amendoim, abacaxi, mate, guaraná, tabaco, coca. o Costumes: caça, pesca, crenças, ervas medicinais.
  • 11. 3. Africanos o Oposição da Igreja à escravidão de índios, resistência, indolência, a morte de indígenas dificultavam a mão – de – obra e a colonização. o Escravidão, tráfico e mercantilismo: altos lucros. o Tráfico, escambo e escravidão na África. o Produção: engenhos, mineração, café. o Violência e descaracterização cultural.
  • 14. A maioria dos negros era na faixa de 15 a 30 anos. Caçados, laçados, trocados eram jogados nos navios negreiros. Sobreviventes eram engordados, maquiados com gordura e leiloados nas feiras. Bom físico, bons dentes alcançavam os melhores preços. No Brasil eram batizados com nomes e sobrenomes portugueses (Oliveira, Pereira) e doutrinados na fé católica.
  • 25. Culturas africanas: o As culturas africanas influenciaram profundamente na cultura brasileira. o Bantos, Sudaneses, Nagôs: Angola, Moçambique. o Ritmos, gastronomia, crenças, religiosidade, linguagem africanos presentes em nossa cultura. o Indígenas, portugueses e africanos misturaram – se forjando nosso multiculturalismo.
  • 26. Linguagem: o Africanos nos trouxeram um idioma rico e de vários povos. o Palavras de origem africana: xixi, cocô, papá, tetê, nenê, Chico, Tonho, abadá, caçamba, cachaça, cachimbo, caçula, candango, canga, capanga, carimbo, caxumba, cochilar, corcunda, dengo, fubá, gibi, macaco, maconha, macumba, marimbondo, miçanga, moleque, quitanda, quitute, tanga, xingar, banguela, babaca, bunda, cafofo, cafundó, cambada, muquirana, muvuca, cachaça, dendê, fuxico, berimbau, quitute, cangaço, quiabo, senzala, corcunda, batucada, zabumba, bafafá e axé.
  • 27. Gastronomia: o Os negros introduziram ingredientes como: leite de coco, azeite de dendê, pimenta malagueta. o Com eles descobrimos: feijão preto, acarajé, vatapá, caruru, mungunzá, angu, pamonha. o Os escravos se alimentavam dos restos que sobravam dos senhores já que as melhores carnes iam para os senhores. o As sobras (pés, orelhas, carne seca, rabos, costelinhas) com feijão preto criaram a feijoada, adaptada de pratos europeus. o O acarajé virou patrimônio nacional.
  • 29. Capoeira: o Mistura de luta, dança, esporte e história ao som de tambor e berimbau. o Atualmente há dois gêneros: angola e regional. o Os adversários em roda dão golpes com as pernas, cabeça e mãos, demonstrando suas habilidades. o É considerada patrimônio histórico nacional.
  • 30. Religiosidade: Candomblé (origem: África): o Orixás: elementos da natureza ou humanos, possuem qualidades ou defeitos. o Terreiros: mães ou pais de santos. o Atabaques: sons da cultura africana. o Santos católicos: Nossa Senhora da Conceição (Yemanjá), Oxalá (Deus), Ogum (São Jorge).
  • 32. Umbanda (criada no Brasil): o Cultos nos centros ou terreiros. o Influências do Catolicismo e do Espiritismo. o Manifestação de espíritos. o Culto de Orixás, índios, caboclos e pretos velhos. o Pedidos, oferendas e trabalhos. o Crença na luta entre bem e mal.
  • 35. Samba: o Surgiu nas periferias do Rio de Janeiro onde viviam ex – escravos e seus descendentes. o Sofreu influências do lundu, batuque e do maxixe. o Brancos e negros cantavam seu cotidiano ao som de: surdo, cuíca, pandeiro, tamborim e cavaquinho. o Incorporado ao Carnaval revelou nomes como: Noel Rosa, Cartola, Pixinguinha e Bezerra da Silva.
  • 36. Bumba meu boi (boi bumbá): o Regiões Norte e Nordeste. o Teatro dançado típico em festas juninas. o O enredo trás uma história trágica ou cômica. o Um escravo negro mata o boi preferido do patrão para satisfazer sua mulher (comer a língua do boi). o O escravo precisa ressuscitar o boi com a ajuda de um feiticeiro.
  • 38. Carnaval: o No Brasil incorporou elementos da cultura africana como dança e samba. o Evolução: entrudo, cordões, ranchos, festas de salão, corsos, escolas de samba, frevo e maracatu. o Em Salvador destacam – se os blocos afros como: Olodum, Ilê Aiyê e Filhos de Gandhi. o Sofreu influências do candomblé.