SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Baixar para ler offline
A influência africana na
formação do povo brasileiro
A influência africana no Brasil ocorre através de diversos aspectos hoje comuns
à nossa cultura, tais como: a língua, a culinária, as danças , as músicas, algumas
religiões e demais costumes dos diversos grupos vindos do continente africano.
Os negros escravizados eram forçados a trabalhar para os senhores de engenho,
obrigados a abandonar suas crenças e hábitos culturais e encaravam uma
realidade dura.
RESUMO
O Brasil é certamente um dos países mais diversificados do
mundo, pelas misturas étnicas, culturais e a diversidade de
pessoas que convivem no mesmo espaço. O nosso país era
habitado por diferentes grupos indígenas e quando os
portugueses chegaram, dominaram alguns desses grupos e
dizimaram a população de nativos através de batalhas desiguais,
considerando a existência de uma grande diferença entre as
armas utilizadas pelos portugueses e as armas mais simples dos
indígenas e também em função das doenças trazidas pelos
europeus, contra as quais os indígenas não possuíam qualquer
forma de imunidade.
COMO OS POVOS DA ÁFRICA
CHEGARAM AO BRASIL
Vendo os portugueses que o trabalho com os índios não estava
dando o resultado esperado, resolveram ir até as suas colônias
na África e escravizar os negros habitantes daquelas colônias.
Desta forma os negros saíram de suas terras de forma brutal, sem
qualquer chance de reação, encararam uma viagem muito difícil
na qual, muitos não resistiram e morreram. Chegaram a uma
terra completamente nova e hostil, onde eles teriam que se
adaptar a um trabalho desumano e tentar retomar seus ritos e
costumes na nova “casa”, dando início a uma das raízes mais
marcantes da nossa cultura.
COMO OS POVOS DA ÁFRICA
CHEGARAM AO BRASIL
Danças
Música
Religião
Culinária
INFLUÊNCIAS NO BRASIL
• A Capoeira
Uma dança, uma luta, uma arte marcial, a capoeira apresenta-se hoje
como uma mistura de arte marcial, esporte, cultura popular e música.
• Congo
É um dos muitos conjuntos de danças, músicas e manifestação
religiosas trazidas pelos africanos escravizados ao Brasil no Período
Colonial. É particularmente caracterizada pelo uso de tambores em
variados tamanhos, trajes e coreografias típicas e cânticos que
invocam os Deuses.
• Frevo
Da junção da capoeira com o ritmo do frevo nasceu o passo, a dança
do frevo foi utilizada inicialmente como arma de defesa dos passistas
que remetem diretamente à luta, resistência e camuflagem, herdada
da capoeira e dos capoeiristas, que faziam uso de porretes ou cabos
de velhos guarda-chuvas como arma contra grupos rivais.
DANÇAS
Na música a cultura africana contribuiu com os ritmos que são a base
de boa parte da música popular brasileira. Gêneros musicais coloniais
de influência africana, como o lundu, terminaram dando origem à
base rítmica do maxixe, samba, choro, bossa-nova e outros gêneros
musicais atuais. Também há alguns instrumentos musicais
brasileiros, como o berimbau, o afoxé e o agogô, que são de origem
africana. O berimbau é o instrumento utilizado para criar o ritmo que
acompanha os passos da capoeira, mistura de dança e arte marcial
criada pelos escravos no Brasil colonial.
MÚSICA
• Candomblé
Religião afro-brasileira que cultua os orixás, deuses das nações
africanas de língua ioruba dotados de sentimentos humanos como
ciúme e vaidade. O candomblé chegou ao Brasil entre os séculos XVI
e XIX com o tráfico de escravos negros da África Ocidental. Sofreu
grande repressão dos colonizadores portugueses, que o
consideravam feitiçaria.
• Umbanda
Mistura de crenças e rituais africanos e europeus. A raiz
umbandista encontra-se em duas religiões trazidas da África pelos
escravos: a cabula, dos bantos, e o candomblé, na nação nagô. A
umbanda considera o universo povoado de entidades espirituais, os
guias, que entram em contato com os homens por intermédio de um
iniciado (o médium), que os incorpora.
RELIGIÃO
• A influência da cultura africana é também evidente na culinária
regional, especialmente na Bahia, onde foi introduzido o dendezeiro,
uma palmeira africana da qual se extrai o azeite-de-dendê. O dendê
trazido pelos portugueses para queimar em lamparinas e iluminar as
noites escuras do novo continente logo foi parar na panela das
mucamas. Este azeite é utilizado em vários pratos de influência
africana como o vatapá, o caruru e o acarajé. As negras africanas
começaram a trabalhar nas cozinhas dos Senhores de Engenho e
introduziram novas técnicas de preparo e tempero dos alimentos.
Também adaptaram seus hábitos culinários aos ingredientes do Brasil.
Assim, foi incorporado aos hábitos alimentares dos brasileiros o angu,
o cuscuz, a pamonha e a feijoada, nascida nas senzalas.
CULINÁRIA
• A cultura africana está bastante enraizada em nossos
costumes, em nosso povo em nosso dia a dia, não há como dizer
que não temos nenhum traço ou influência dos africanos, eles
estão presentes em vários aspectos, desde aspectos da fala,
através da qual já expressamos algo de origem africana,
chegando a outras características como a alegria do povo, o
gosto pelas cores nas vestimentas, musicalidade e facilidade com
várias formas de danças, etc.
•A base da nossa cultura é africana e com a mistura de outras
etnias como as indígenas e a portuguesa, por exemplo, surge
como Darcy Ribeiro relata a “ninguendade”, cria-se um novo
povo que não é nem índio, nem português e nem africano, surge
o brasileiro um povo vindo das misturas. E com todas estas
misturas ainda é difícil de acreditar que ainda exista racismo ou
desprezo pela cultura africana, pois sem ela, talvez não teríamos
uma característica tão marcante que nos identifica no mundo.
CONCLUSÃO

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a A influência africana na formação cultural do Brasil

Influência Africana
Influência AfricanaInfluência Africana
Influência Africanagrupo102017
 
Grupo da Raiane 2ºA
Grupo da Raiane 2ºAGrupo da Raiane 2ºA
Grupo da Raiane 2ºAJoão Víctor
 
Contribuiesdosafrodescendentesculturabrasileira 140102044750-phpapp02
Contribuiesdosafrodescendentesculturabrasileira 140102044750-phpapp02Contribuiesdosafrodescendentesculturabrasileira 140102044750-phpapp02
Contribuiesdosafrodescendentesculturabrasileira 140102044750-phpapp02Servidor Público Estadual
 
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fundAtividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fundAtividades Diversas Cláudia
 
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fundAtividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fundAtividades Diversas Cláudia
 
Africa ApresentaÇÃO
Africa ApresentaÇÃOAfrica ApresentaÇÃO
Africa ApresentaÇÃOguestb74f0c
 
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No BrasilInfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasiljosé Augusto Dias
 
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No BrasilInfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasilguestb74f0c
 
A importância do negro na sociedade brasileira
A importância do negro na sociedade brasileiraA importância do negro na sociedade brasileira
A importância do negro na sociedade brasileiraLuana Reverti
 
Trabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiro
Trabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiroTrabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiro
Trabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiroHudson Giovanni
 
Cultura Afro Brasileira
Cultura Afro BrasileiraCultura Afro Brasileira
Cultura Afro Brasileirabrendazarza
 
Arte Afro Brasileira PóS
Arte Afro Brasileira PóSArte Afro Brasileira PóS
Arte Afro Brasileira PóSNorma Almeida
 
As religiões de matriz africana e a escola apostila
As religiões de matriz africana e a escola apostilaAs religiões de matriz africana e a escola apostila
As religiões de matriz africana e a escola apostilaCarmen Prisco
 
CONTRIBUIÇÕES AFRICANAS PARA A CULTURA BRASILEIRA
CONTRIBUIÇÕES AFRICANAS PARA A CULTURA BRASILEIRACONTRIBUIÇÕES AFRICANAS PARA A CULTURA BRASILEIRA
CONTRIBUIÇÕES AFRICANAS PARA A CULTURA BRASILEIRAgrupo102017
 

Semelhante a A influência africana na formação cultural do Brasil (20)

Influência Africana
Influência AfricanaInfluência Africana
Influência Africana
 
A cultura africana
A cultura africanaA cultura africana
A cultura africana
 
Grupo da Raiane 2ºA
Grupo da Raiane 2ºAGrupo da Raiane 2ºA
Grupo da Raiane 2ºA
 
Cultura afro descendente
Cultura afro descendenteCultura afro descendente
Cultura afro descendente
 
Contribuiesdosafrodescendentesculturabrasileira 140102044750-phpapp02
Contribuiesdosafrodescendentesculturabrasileira 140102044750-phpapp02Contribuiesdosafrodescendentesculturabrasileira 140102044750-phpapp02
Contribuiesdosafrodescendentesculturabrasileira 140102044750-phpapp02
 
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fundAtividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
 
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fundAtividades os povos africanos topico 4 historia fund
Atividades os povos africanos topico 4 historia fund
 
Africa ApresentaÇÃO
Africa ApresentaÇÃOAfrica ApresentaÇÃO
Africa ApresentaÇÃO
 
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No BrasilInfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
 
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No BrasilInfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
InfluêNcia Da Cultura Africana No Brasil
 
Cultura negra
Cultura negraCultura negra
Cultura negra
 
Cultura Afrodescendente.pptx
Cultura Afrodescendente.pptxCultura Afrodescendente.pptx
Cultura Afrodescendente.pptx
 
A importância do negro na sociedade brasileira
A importância do negro na sociedade brasileiraA importância do negro na sociedade brasileira
A importância do negro na sociedade brasileira
 
Trabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiro
Trabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiroTrabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiro
Trabalho sobre influencia da africa no espaço brasileiro
 
Brasil!
Brasil!Brasil!
Brasil!
 
Resam
ResamResam
Resam
 
Cultura Afro Brasileira
Cultura Afro BrasileiraCultura Afro Brasileira
Cultura Afro Brasileira
 
Arte Afro Brasileira PóS
Arte Afro Brasileira PóSArte Afro Brasileira PóS
Arte Afro Brasileira PóS
 
As religiões de matriz africana e a escola apostila
As religiões de matriz africana e a escola apostilaAs religiões de matriz africana e a escola apostila
As religiões de matriz africana e a escola apostila
 
CONTRIBUIÇÕES AFRICANAS PARA A CULTURA BRASILEIRA
CONTRIBUIÇÕES AFRICANAS PARA A CULTURA BRASILEIRACONTRIBUIÇÕES AFRICANAS PARA A CULTURA BRASILEIRA
CONTRIBUIÇÕES AFRICANAS PARA A CULTURA BRASILEIRA
 

Último

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfmirandadudu08
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBAline Santana
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarIedaGoethe
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 

Último (20)

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdf
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 

A influência africana na formação cultural do Brasil

  • 1. A influência africana na formação do povo brasileiro
  • 2. A influência africana no Brasil ocorre através de diversos aspectos hoje comuns à nossa cultura, tais como: a língua, a culinária, as danças , as músicas, algumas religiões e demais costumes dos diversos grupos vindos do continente africano. Os negros escravizados eram forçados a trabalhar para os senhores de engenho, obrigados a abandonar suas crenças e hábitos culturais e encaravam uma realidade dura. RESUMO
  • 3. O Brasil é certamente um dos países mais diversificados do mundo, pelas misturas étnicas, culturais e a diversidade de pessoas que convivem no mesmo espaço. O nosso país era habitado por diferentes grupos indígenas e quando os portugueses chegaram, dominaram alguns desses grupos e dizimaram a população de nativos através de batalhas desiguais, considerando a existência de uma grande diferença entre as armas utilizadas pelos portugueses e as armas mais simples dos indígenas e também em função das doenças trazidas pelos europeus, contra as quais os indígenas não possuíam qualquer forma de imunidade. COMO OS POVOS DA ÁFRICA CHEGARAM AO BRASIL
  • 4. Vendo os portugueses que o trabalho com os índios não estava dando o resultado esperado, resolveram ir até as suas colônias na África e escravizar os negros habitantes daquelas colônias. Desta forma os negros saíram de suas terras de forma brutal, sem qualquer chance de reação, encararam uma viagem muito difícil na qual, muitos não resistiram e morreram. Chegaram a uma terra completamente nova e hostil, onde eles teriam que se adaptar a um trabalho desumano e tentar retomar seus ritos e costumes na nova “casa”, dando início a uma das raízes mais marcantes da nossa cultura. COMO OS POVOS DA ÁFRICA CHEGARAM AO BRASIL
  • 6. • A Capoeira Uma dança, uma luta, uma arte marcial, a capoeira apresenta-se hoje como uma mistura de arte marcial, esporte, cultura popular e música. • Congo É um dos muitos conjuntos de danças, músicas e manifestação religiosas trazidas pelos africanos escravizados ao Brasil no Período Colonial. É particularmente caracterizada pelo uso de tambores em variados tamanhos, trajes e coreografias típicas e cânticos que invocam os Deuses. • Frevo Da junção da capoeira com o ritmo do frevo nasceu o passo, a dança do frevo foi utilizada inicialmente como arma de defesa dos passistas que remetem diretamente à luta, resistência e camuflagem, herdada da capoeira e dos capoeiristas, que faziam uso de porretes ou cabos de velhos guarda-chuvas como arma contra grupos rivais. DANÇAS
  • 7. Na música a cultura africana contribuiu com os ritmos que são a base de boa parte da música popular brasileira. Gêneros musicais coloniais de influência africana, como o lundu, terminaram dando origem à base rítmica do maxixe, samba, choro, bossa-nova e outros gêneros musicais atuais. Também há alguns instrumentos musicais brasileiros, como o berimbau, o afoxé e o agogô, que são de origem africana. O berimbau é o instrumento utilizado para criar o ritmo que acompanha os passos da capoeira, mistura de dança e arte marcial criada pelos escravos no Brasil colonial. MÚSICA
  • 8. • Candomblé Religião afro-brasileira que cultua os orixás, deuses das nações africanas de língua ioruba dotados de sentimentos humanos como ciúme e vaidade. O candomblé chegou ao Brasil entre os séculos XVI e XIX com o tráfico de escravos negros da África Ocidental. Sofreu grande repressão dos colonizadores portugueses, que o consideravam feitiçaria. • Umbanda Mistura de crenças e rituais africanos e europeus. A raiz umbandista encontra-se em duas religiões trazidas da África pelos escravos: a cabula, dos bantos, e o candomblé, na nação nagô. A umbanda considera o universo povoado de entidades espirituais, os guias, que entram em contato com os homens por intermédio de um iniciado (o médium), que os incorpora. RELIGIÃO
  • 9. • A influência da cultura africana é também evidente na culinária regional, especialmente na Bahia, onde foi introduzido o dendezeiro, uma palmeira africana da qual se extrai o azeite-de-dendê. O dendê trazido pelos portugueses para queimar em lamparinas e iluminar as noites escuras do novo continente logo foi parar na panela das mucamas. Este azeite é utilizado em vários pratos de influência africana como o vatapá, o caruru e o acarajé. As negras africanas começaram a trabalhar nas cozinhas dos Senhores de Engenho e introduziram novas técnicas de preparo e tempero dos alimentos. Também adaptaram seus hábitos culinários aos ingredientes do Brasil. Assim, foi incorporado aos hábitos alimentares dos brasileiros o angu, o cuscuz, a pamonha e a feijoada, nascida nas senzalas. CULINÁRIA
  • 10. • A cultura africana está bastante enraizada em nossos costumes, em nosso povo em nosso dia a dia, não há como dizer que não temos nenhum traço ou influência dos africanos, eles estão presentes em vários aspectos, desde aspectos da fala, através da qual já expressamos algo de origem africana, chegando a outras características como a alegria do povo, o gosto pelas cores nas vestimentas, musicalidade e facilidade com várias formas de danças, etc. •A base da nossa cultura é africana e com a mistura de outras etnias como as indígenas e a portuguesa, por exemplo, surge como Darcy Ribeiro relata a “ninguendade”, cria-se um novo povo que não é nem índio, nem português e nem africano, surge o brasileiro um povo vindo das misturas. E com todas estas misturas ainda é difícil de acreditar que ainda exista racismo ou desprezo pela cultura africana, pois sem ela, talvez não teríamos uma característica tão marcante que nos identifica no mundo. CONCLUSÃO