SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Escola Básica 2º/3º Ciclos de Campo de Besteiros   2008/09
          Disciplina: História        Professor: Jorge Grandão




      Trabalho realizado por:
- Adriana Albuquerque, n.º1 / 9ºB;
     - João Pacheco, n.º9 / 9ºB;
  - Sandra Figueiredo, n.º16 / 9ºB;
      - Sónia Lages, n.º17 / 9ºB.
Neste trabalho vamos explorar os temas e as
vertentes do Cubismo, do Abstraccionismo, do
Futurismo e do Surrealismo e os seus principais
criadores.
CUBISMO


   As Meninas de Avignon, Picasso
O Cubismo é um movimento artístico desenvolvido entre 1907 e
1914, em França.

        Tratava as formas da Natureza por meio de figuras geométricas
representando todas as partes de um objecto no mesmo plano. A
representação do mundo passava a não ter nenhum compromisso com a
aparência real das coisas .

        O Cubismo teve uma enorme influência na História da
Arte,    sobretudo    sobre   as   tendências   posteriores,   como   o
Abstraccionismo Geométrico e Minimalista.
O movimento Cubismo evolui constantemente em três fases:

        Cubismo Pré-Analítico ou Cubismo Cézanniano –
uma espécie de “preparação” para o Cubismo, onde as primeiras
características surgem.
              Cubismo    Analítico   –   caracteriza-se   pela
desestruturação da obra, pela decomposição das suas partes
integrantes.
 Cubismo Sintético – foi uma reacção ao Cubismo
Analítico que tomava tentar tornar as figuras novamente
reconhecíveis, como colando pequenos pedaços de jornais e letras.


       Desta fase sucederam dois movimentos       o Orfismo e a
Secção de Ouro.
As características do cubismo são:

               redução dos objectos interpretados a figuras
geométricas;

               abundância de planos;

               cor quase monocromática.




          Casas de L’Estaque, Plabo Picasso
Os seus principais intervenientes foram:

        Plabo Picasso;

        Georges Braque;

        Juan Gris;

        Cézanne;

        Lyonel Feininger;

        Fernand Léger.
Amadeo de Souza-Cardoso
Desenvolvida no século XX, o Abstraccionismo ou
Arte Abstracta é compreendido como a arte que não
representa objectos próprios da nossa realidade
concreta.

     Os formato geométricos, as linhas e as cores
ganharam, assim, um maior valor independente da
realidade, não mostrando nada em concreto, apenas os
impulsos estéticos, sentimentos ou emoções do artista.
As características do Abstraccionismo são:
              arte não figurativa;
               linhas e cores conjugadas de forma
subjectiva;
              ritmo abstracto de construção;
              dinamismo da cor (grandes contrastes).




                              Improviso XXXI (Batalha
                              Naval), Wassily Kandinsky, 1913
Umberto Buccioni
O Futurismo é um movimento artístico e
literário, que surgiu, em Itália, a 20 de Fevereiro de
1909, com a publicação do Manifesto Futurista pelo
poeta italiano Filippo Marinetti.

     As suas obras baseavam-se fortemente na
velocidade e nos desenvolvimentos tecnológicos do
final do século XIX. E os primeiros futuristas também
exaltavam a guerra e a violência.
Para os artistas, neste estilo procura-se expressar o
movimento actual, registando a velocidade descrita
pelas figuras em movimento no espaço. Por exemplo, o
artista no está interessado em pintar um carro, mas
sim captar a velocidade descrita por ele no espaço.

    Os seus primeiros seguidores foram: Umberto
Boccioni, Carlo Carrà e Luigi Russolo.
As suas principais características são:
      Alternância de planos na sobreposição de
imagens;
      Mobilidade no controlo das formas;
      Fragmentação da luz;
      Cores muito contrastadas.




                              Cavalo e Cavaleiro, Carlo
                              Carrà, 1912-13
Foi no número dois da Revista Orpheu que o
Futurismo a parece como movimento em Portugal.

     Na revista aparecem quatro trabalhos de Santa-Rita
Pintor e Ode Marítima de Fernando Pessoa, que conquistou
de Sá-Carneiro a apreciação de “Obra-Prima do Futurismo”.

     A 4 de Abril de 1917, é realizada no Teatro República
(São Luís) em Lisboa uma matinée para apresentar o
futurismo ao público português. Participam Almada
Negreiros, Santa-Rita Pintor e outros, onde se leram textos
de Marinetti e outros futuristas.
Girafas Incendiadas, Salvador Dalí
O Surrealismo foi um movimento artístico e
literário surgido, em Paris (França), nos anos 20, que
reunia artistas anteriormente ligados ao Dadaísmo. Foi
fortemente influenciado pelas teorias psicanalíticas de
Sigmund Freud (1856-1939).

     Os seus principais representantes são Max
Ernst, René Magritte, e Salvador Dalí, nas artes
plásticas e André Breton, na literatura.
O Surrealismo descreve o “surreal”, ou seja, o
inconsciente, e entender o mundo dos sonho. Nem
sempre são fáceis de perceber, estes quadros
representam seres estranhos e fantasmagóricos, com
colecção de objectos do quotidiano.

    Nos quadros surrealistas, as imagens vão
tranquilidade do sonho e a desassossego dos pesadelos.




                                       A Andorinha de
                                       Amor, Joan
                                       Miró, 1933-34
Com este trabalho ficámos a conhecer mais e
melhor as correntes artísticas que vigoraram na
Europa nas primeiras décadas do século XX.
    Esperamos que o trabalho esteja do vosso agrado.
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Futurismo - Arte
Futurismo - ArteFuturismo - Arte
Futurismo - Arte
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Expressionismo abstrato (1)
Expressionismo abstrato (1)Expressionismo abstrato (1)
Expressionismo abstrato (1)
 
Aula 10 Expressionismo Abstrato
Aula 10  Expressionismo AbstratoAula 10  Expressionismo Abstrato
Aula 10 Expressionismo Abstrato
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Movimentos artísticos
Movimentos artísticosMovimentos artísticos
Movimentos artísticos
 
Cubismo
Cubismo Cubismo
Cubismo
 
Slide De Cubismo
Slide De CubismoSlide De Cubismo
Slide De Cubismo
 
Futurismo
Futurismo Futurismo
Futurismo
 
GRAFITE E INSTALAÇÃO
GRAFITE  E INSTALAÇÃOGRAFITE  E INSTALAÇÃO
GRAFITE E INSTALAÇÃO
 
SURREALISMO
SURREALISMOSURREALISMO
SURREALISMO
 
Movimentos artísticos
Movimentos artísticosMovimentos artísticos
Movimentos artísticos
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 
Futurismo
Futurismo Futurismo
Futurismo
 
FUTURISMO
FUTURISMOFUTURISMO
FUTURISMO
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 

Semelhante a Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo

Artes - Trabalho de história e EV
Artes - Trabalho de história e EVArtes - Trabalho de história e EV
Artes - Trabalho de história e EVammarahmonteiro
 
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e SurrealismoCubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e SurrealismoJorge Almeida
 
Arte no Séc. XX
 Arte no Séc. XX Arte no Séc. XX
Arte no Séc. XXomniblog
 
História da arte - Arte Moderna
História da arte  - Arte ModernaHistória da arte  - Arte Moderna
História da arte - Arte ModernaLú Carvalho
 
Ruptura e inovações da arte e literatura- História 9ano
Ruptura e inovações da arte e literatura- História 9ano Ruptura e inovações da arte e literatura- História 9ano
Ruptura e inovações da arte e literatura- História 9ano Juliana Cunha
 
O desenvolvimento da tecnologia
O desenvolvimento da tecnologiaO desenvolvimento da tecnologia
O desenvolvimento da tecnologiaSofia Oliveira
 
Ismos arte moderna- CBG
Ismos  arte moderna- CBGIsmos  arte moderna- CBG
Ismos arte moderna- CBGAline Raposo
 
Movimentos Artísticos
Movimentos ArtísticosMovimentos Artísticos
Movimentos Artísticos713773
 
Primeira metade do século XX
Primeira metade do século XXPrimeira metade do século XX
Primeira metade do século XXCEF16
 
História da arte arte moderna
História da arte   arte modernaHistória da arte   arte moderna
História da arte arte modernaLú Carvalho
 
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modestoRuptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modestoceufaias
 
Panorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da HistóriaPanorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da HistóriaAntonio Abreu
 
História da arte - Os ismos - Movimentos da Arte Moderna
História da arte - Os ismos - Movimentos da Arte ModernaHistória da arte - Os ismos - Movimentos da Arte Moderna
História da arte - Os ismos - Movimentos da Arte ModernaAndrea Dressler
 

Semelhante a Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo (20)

A Arte
A ArteA Arte
A Arte
 
Arte
ArteArte
Arte
 
Artes - Trabalho de história e EV
Artes - Trabalho de história e EVArtes - Trabalho de história e EV
Artes - Trabalho de história e EV
 
Vanguardas CBG
Vanguardas CBGVanguardas CBG
Vanguardas CBG
 
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e SurrealismoCubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo
 
Arte no Séc. XX
 Arte no Séc. XX Arte no Séc. XX
Arte no Séc. XX
 
História da arte - Arte Moderna
História da arte  - Arte ModernaHistória da arte  - Arte Moderna
História da arte - Arte Moderna
 
Ruptura e inovações da arte e literatura- História 9ano
Ruptura e inovações da arte e literatura- História 9ano Ruptura e inovações da arte e literatura- História 9ano
Ruptura e inovações da arte e literatura- História 9ano
 
O Modernismo na Arte
O Modernismo na ArteO Modernismo na Arte
O Modernismo na Arte
 
O desenvolvimento da tecnologia
O desenvolvimento da tecnologiaO desenvolvimento da tecnologia
O desenvolvimento da tecnologia
 
Ismos arte moderna- CBG
Ismos  arte moderna- CBGIsmos  arte moderna- CBG
Ismos arte moderna- CBG
 
Vanguardas Européias
Vanguardas EuropéiasVanguardas Européias
Vanguardas Européias
 
Movimentos Artísticos
Movimentos ArtísticosMovimentos Artísticos
Movimentos Artísticos
 
Primeira metade do século XX
Primeira metade do século XXPrimeira metade do século XX
Primeira metade do século XX
 
História da arte arte moderna
História da arte   arte modernaHistória da arte   arte moderna
História da arte arte moderna
 
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modestoRuptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
Ruptura e inovação nas artes e na literatura inês modesto
 
Panorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da HistóriaPanorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da História
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
História da arte - Os ismos - Movimentos da Arte Moderna
História da arte - Os ismos - Movimentos da Arte ModernaHistória da arte - Os ismos - Movimentos da Arte Moderna
História da arte - Os ismos - Movimentos da Arte Moderna
 

Mais de Jorge Almeida

Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12Jorge Almeida
 
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12Jorge Almeida
 
Salazar e o estado novo
Salazar e o estado novoSalazar e o estado novo
Salazar e o estado novoJorge Almeida
 
Exposição visitai viseu
Exposição visitai viseuExposição visitai viseu
Exposição visitai viseuJorge Almeida
 
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abrilExposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abrilJorge Almeida
 
Tertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abrilTertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abrilJorge Almeida
 
25 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 225 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 2Jorge Almeida
 
O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]Jorge Almeida
 
Guerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevistaGuerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevistaJorge Almeida
 
A 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgpA 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgpJorge Almeida
 
25 de abril de 1974 3
25 de abril de 1974 325 de abril de 1974 3
25 de abril de 1974 3Jorge Almeida
 
Trabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pcaTrabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pcaJorge Almeida
 
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11Jorge Almeida
 
Visita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz CôaVisita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz CôaJorge Almeida
 
Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11Jorge Almeida
 

Mais de Jorge Almeida (20)

Guerra fria 1
Guerra fria 1Guerra fria 1
Guerra fria 1
 
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
 
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
 
Salazar e o estado novo
Salazar e o estado novoSalazar e o estado novo
Salazar e o estado novo
 
Exposição visitai viseu
Exposição visitai viseuExposição visitai viseu
Exposição visitai viseu
 
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abrilExposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
 
Tertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abrilTertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abril
 
25 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 225 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 2
 
O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]
 
Iª república
Iª repúblicaIª república
Iª república
 
Guerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevistaGuerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevista
 
Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)
 
A guerra colonial
A guerra colonialA guerra colonial
A guerra colonial
 
A 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgpA 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgp
 
25 de abril de 1974 3
25 de abril de 1974 325 de abril de 1974 3
25 de abril de 1974 3
 
Trabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pcaTrabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pca
 
Salamanca
SalamancaSalamanca
Salamanca
 
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
 
Visita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz CôaVisita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz Côa
 
Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11
 

Último

Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 

Último (20)

Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 

Cubismo, Abstraccionismo, Futurismo e Surrealismo

  • 1. Escola Básica 2º/3º Ciclos de Campo de Besteiros 2008/09 Disciplina: História Professor: Jorge Grandão Trabalho realizado por: - Adriana Albuquerque, n.º1 / 9ºB; - João Pacheco, n.º9 / 9ºB; - Sandra Figueiredo, n.º16 / 9ºB; - Sónia Lages, n.º17 / 9ºB.
  • 2. Neste trabalho vamos explorar os temas e as vertentes do Cubismo, do Abstraccionismo, do Futurismo e do Surrealismo e os seus principais criadores.
  • 3. CUBISMO As Meninas de Avignon, Picasso
  • 4. O Cubismo é um movimento artístico desenvolvido entre 1907 e 1914, em França. Tratava as formas da Natureza por meio de figuras geométricas representando todas as partes de um objecto no mesmo plano. A representação do mundo passava a não ter nenhum compromisso com a aparência real das coisas . O Cubismo teve uma enorme influência na História da Arte, sobretudo sobre as tendências posteriores, como o Abstraccionismo Geométrico e Minimalista.
  • 5. O movimento Cubismo evolui constantemente em três fases:  Cubismo Pré-Analítico ou Cubismo Cézanniano – uma espécie de “preparação” para o Cubismo, onde as primeiras características surgem.  Cubismo Analítico – caracteriza-se pela desestruturação da obra, pela decomposição das suas partes integrantes.
  • 6.  Cubismo Sintético – foi uma reacção ao Cubismo Analítico que tomava tentar tornar as figuras novamente reconhecíveis, como colando pequenos pedaços de jornais e letras. Desta fase sucederam dois movimentos o Orfismo e a Secção de Ouro.
  • 7. As características do cubismo são: redução dos objectos interpretados a figuras geométricas; abundância de planos; cor quase monocromática. Casas de L’Estaque, Plabo Picasso
  • 8. Os seus principais intervenientes foram: Plabo Picasso; Georges Braque; Juan Gris; Cézanne; Lyonel Feininger; Fernand Léger.
  • 10. Desenvolvida no século XX, o Abstraccionismo ou Arte Abstracta é compreendido como a arte que não representa objectos próprios da nossa realidade concreta. Os formato geométricos, as linhas e as cores ganharam, assim, um maior valor independente da realidade, não mostrando nada em concreto, apenas os impulsos estéticos, sentimentos ou emoções do artista.
  • 11. As características do Abstraccionismo são: arte não figurativa; linhas e cores conjugadas de forma subjectiva; ritmo abstracto de construção; dinamismo da cor (grandes contrastes). Improviso XXXI (Batalha Naval), Wassily Kandinsky, 1913
  • 13. O Futurismo é um movimento artístico e literário, que surgiu, em Itália, a 20 de Fevereiro de 1909, com a publicação do Manifesto Futurista pelo poeta italiano Filippo Marinetti. As suas obras baseavam-se fortemente na velocidade e nos desenvolvimentos tecnológicos do final do século XIX. E os primeiros futuristas também exaltavam a guerra e a violência.
  • 14. Para os artistas, neste estilo procura-se expressar o movimento actual, registando a velocidade descrita pelas figuras em movimento no espaço. Por exemplo, o artista no está interessado em pintar um carro, mas sim captar a velocidade descrita por ele no espaço. Os seus primeiros seguidores foram: Umberto Boccioni, Carlo Carrà e Luigi Russolo.
  • 15. As suas principais características são: Alternância de planos na sobreposição de imagens; Mobilidade no controlo das formas; Fragmentação da luz; Cores muito contrastadas. Cavalo e Cavaleiro, Carlo Carrà, 1912-13
  • 16. Foi no número dois da Revista Orpheu que o Futurismo a parece como movimento em Portugal. Na revista aparecem quatro trabalhos de Santa-Rita Pintor e Ode Marítima de Fernando Pessoa, que conquistou de Sá-Carneiro a apreciação de “Obra-Prima do Futurismo”. A 4 de Abril de 1917, é realizada no Teatro República (São Luís) em Lisboa uma matinée para apresentar o futurismo ao público português. Participam Almada Negreiros, Santa-Rita Pintor e outros, onde se leram textos de Marinetti e outros futuristas.
  • 18. O Surrealismo foi um movimento artístico e literário surgido, em Paris (França), nos anos 20, que reunia artistas anteriormente ligados ao Dadaísmo. Foi fortemente influenciado pelas teorias psicanalíticas de Sigmund Freud (1856-1939). Os seus principais representantes são Max Ernst, René Magritte, e Salvador Dalí, nas artes plásticas e André Breton, na literatura.
  • 19. O Surrealismo descreve o “surreal”, ou seja, o inconsciente, e entender o mundo dos sonho. Nem sempre são fáceis de perceber, estes quadros representam seres estranhos e fantasmagóricos, com colecção de objectos do quotidiano. Nos quadros surrealistas, as imagens vão tranquilidade do sonho e a desassossego dos pesadelos. A Andorinha de Amor, Joan Miró, 1933-34
  • 20. Com este trabalho ficámos a conhecer mais e melhor as correntes artísticas que vigoraram na Europa nas primeiras décadas do século XX. Esperamos que o trabalho esteja do vosso agrado.