SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
O 25 de
          Abril de
           1974

A libertação do povo
     português!
Trabalho realizado por:
            Ana, nº 1;

            Ana, nº 2;

          Beatriz, nº 5;

           Inês, nº 11;

          Turma: 6º G;

Disciplina: História e Geografia de

             Portugal;

   Professor: Jorge Grandão;
Índic
                      e:
Introdução - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
página 4;
Quais os motivos que levaram ao 25 de Abril? - - - - - - - - - - - -
Página 5;
Imagens - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
- -Página 6;
Quem assumiu a liderança de Portugal? - - - - - - - - - - - - - - -
- -Página 7;
As primeiras medidas tomadas pelo MFA foram … - - - - - - - - - - -
página 8;
Horário do dia 24/25 de Abril. - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
- - - - - - - -Página 9;
Descolonização - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
- - - - -página 10;
Introdução
 Este trabalho de pesquisa alusivo ao tema “O 25 de
Abril de 1974” foi concebido para reforçar e
consolidar a matéria proveniente no manual do 6º ano.
           Temas esses relacionados com :
     1. Os motivos que levaram ao Golpe Militar;
        2. Quem assumiu a liderança do país;
     3. As primeiras medidas tomadas pelo MFA;
                4. A descolonização;
            5. E a constituição de 1976.
     Vamos também mostrar-vos algumas imagens
        relacionadas com os temas anteriores.
Quais os motivos que
   levaram ao 25 de Abril de
                          1974?
  Os motivos que levaram ao 25 de Abril foram a repressão das

liberdades, o aumento do custo de vida e a Guerra Colonial,

durante o Estado Novo.

 Desse descontentamento nasceu o MFA (Movimento das Forças

Armadas), constituído essencialmente por militares do exército,

da marinha e da força aérea, que em segredo prepararam o

golpe militar de 25 de Abril.
Imagen
s:
Quem assumiu a
    liderança de Portugal?
 Após o 25 de Abril a liderança do país foi entregue

a uma Junta de Salvação Nacional, presidida por

António Spínola.

Foi a este general que Marcello Caetano entregou o

poder após ter sido cercado no quartel do Carmo,

onde se havia refugiado.
As primeiras medidas
      tomadas V MFA foram:
              pelo
1. a destituição do presidente da República e do Governo;

2. a dissolução da Assembleia Nacional;

3. a extinção imediata da DGS (Direcção-geral de

   Segurança);

4. a libertação de todos os presos políticos;

5. a abolição da antiga imprensa (censura);

6. o início de negociações que procurassem pôr fim à Guerra

   Colonial.
Horário do dia 24/25 de
           Abril:
           24 de Abril:
22h:55m- a canção “E Depois do Adeus", a primeira senha
           do MFA é transmitida pela rádio.
                      25 de Abril:
00h:20m- a canção “Grândola Vila Morena", a segunda e
     última senha do MFA é transmitida pela rádio.
    1h:00m-dá-se o inicio dos movimentos militares.
 3h:00m- os estúdios da RTP, da Emissora Nacional e do
  Rádio Clube Português são o ocupados pelos militares.
  12h:30m-o capitão Salgueiro Maia cerca o quartel do
                         Carmo.
     19h:30m-Marcello Caetano rende-se e é preso.
Descolonizaçã
            o:
O MFA procurou soluções que pusessem fim à Guerra Colonial .
E ao fim das negociações com as colónias africanas e asiáticas
,nascem 5 novos países africanos ,Macau passou a pertencer à
China e Timor foi invadido pela Indonésia.
           Os 5 novos países africanos passaram a ser :
                       •    República de Cabo Verde;
                   •       República da Guine –Bissau;
       •   República Democrática de São Tomé e Príncipe;
                   •       República Popular de Angola;
               •       República Popular de Moçambique.
A constituição de
              1976:
           Na constituição de 1976 foram restituídas várias
           liberdades, tais como a de voto, a de expressão, a de
           greve, a de reunião,…etc.
               Nessa constituição os órgãos de poder central são:
                                 Órgãos de
                               Poder Central



 Presidente      Assembleia da
                                           Governo          Tribunal
da República       República
A constituição de
e/DN/2011/big/ng1638122.
     1976:
   jpg?type=big&pos=0 Os órgãos de Poder Regional das
                          regiões autónomas são:


Assembleia Regional                            Governo Regional
A constituição de
               1976:Órgãos de Poder
                           Local:

    Do Concelho ou                                  Da
      Município                                  Freguesia

Assembleia      Câmara              Assembleia
                                                   Junta de
Municipal      Municipal               da
                                                  Freguesia
                                    Freguesia
As funções do Poder
      Central:    Assembleia da República:
        Governo:

                                  • Faz as leis;
• Administração pública;
                            • Fiscaliza a actividade do
   • Execução das leis
                                      Governo.
        aprovadas.

                             Presidente da República:
       Tribunais:

                              • Nomeia e demite o
• Julgar os acusados de          primeiro-ministro;
    cometer crimes.        • Aprova/não aprova as leis
                             feitas pela Assembleia da
Funções do Poder
                       Local: de Freguesia:
                          Assembleia
         Assembleia Municipal:
                                        • Aprova/não aprova as
        • Aprova/não aprova as
                                           propostas da junta de
           propostas feitas pela
                                                Freguesia.
            Câmara Municipal
                                     • Fiscaliza a acção da Junta de
        Câmara Municipal:                  Junta Freguesia.
                                                  de Freguesia:
 • Faz propostas que tem como        • Faz propostas à assembleia e
  objetivos melhorar as condições
       de vida dos habitantes.           • executa--as se forem
• Executa as leis aprovadas pela                aprovadas.
        Assembleia Municipal.
                                     • Faz a manutenção de jardim,
      • Constrói e trata dos
                                        cemitérios, entre outras e
  equipamentos coletivos, recolher
                                        trata da limpeza das ruas.
  o lixo, abastecimento de água e
                                       • Faz propostas à câmara
Algumas imagens de
       importantes personalidades
                 v
            do 25 de Abril:


                          Fernando José Salgueiro
      José Afonso
                                   Maia




General António Spínola      Otelo Saraiva de
                                Carvalho
Conclusã
               o
Com este trabalho podemos concluir, que antes do 25 de
Abril de 1974, havia várias liberdades que eram restritas
à população. E devido a essas restrições formou-se uma
organização secreta que organizou um golpe militar, que
                pôs fim ao Estado Novo.
Com o fim do Estado Novo, iniciou-se a descolonização e
 formou-se uma Nova Constituição, onde o povo elege o
                Presidente da República.
Bibliografia e
     Webgrafia:
OLIVEIRA, Ana; CANTANHEDE, Francisco, História e Geografia de Portugal
                   6º ano, Texto Editores, Lisboa, 2011.
           http://pt.wikipedia.org/ (consultado em 2012/05/24)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

25 de abril - Revolução dos Cravos
25 de abril - Revolução dos Cravos25 de abril - Revolução dos Cravos
25 de abril - Revolução dos Cravos
becastanheiradepera
 
Realizações da 1ª república
Realizações da 1ª repúblicaRealizações da 1ª república
Realizações da 1ª república
Gina Rodrigues
 
Portugal Estado Novo
Portugal   Estado NovoPortugal   Estado Novo
Portugal Estado Novo
Carlos Vieira
 
O estado novo e o 25 de abril afonso
O estado novo e o 25 de abril  afonsoO estado novo e o 25 de abril  afonso
O estado novo e o 25 de abril afonso
Paula Morgado
 
Revolução 25 de abril 6º ano
Revolução 25 de abril 6º anoRevolução 25 de abril 6º ano
Revolução 25 de abril 6º ano
Paula Morgado
 
Revolução 25 de abril
Revolução 25 de abrilRevolução 25 de abril
Revolução 25 de abril
Carla Teixeira
 
Capitães de abril
Capitães de abrilCapitães de abril
Capitães de abril
berenvaz
 
A 1ª RepúBlica
A 1ª RepúBlicaA 1ª RepúBlica
A 1ª RepúBlica
Rui Neto
 

Mais procurados (20)

25 de abril - Revolução dos Cravos
25 de abril - Revolução dos Cravos25 de abril - Revolução dos Cravos
25 de abril - Revolução dos Cravos
 
A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974
 
Trabalho 25 de abril 2
Trabalho 25 de abril   2 Trabalho 25 de abril   2
Trabalho 25 de abril 2
 
25 de abril
25 de abril25 de abril
25 de abril
 
Realizações da 1ª república
Realizações da 1ª repúblicaRealizações da 1ª república
Realizações da 1ª república
 
A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974A Revolução de 25 de Abril de 1974
A Revolução de 25 de Abril de 1974
 
25 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 225 de abril de 1974 2
25 de abril de 1974 2
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
 
25 de Abril de 1974
25 de Abril de 197425 de Abril de 1974
25 de Abril de 1974
 
25 de abril
25 de abril25 de abril
25 de abril
 
Portugal Estado Novo
Portugal   Estado NovoPortugal   Estado Novo
Portugal Estado Novo
 
O estado novo e o 25 de abril afonso
O estado novo e o 25 de abril  afonsoO estado novo e o 25 de abril  afonso
O estado novo e o 25 de abril afonso
 
Pós 25 de abril
Pós 25 de abrilPós 25 de abril
Pós 25 de abril
 
Revolução 25 de abril 6º ano
Revolução 25 de abril 6º anoRevolução 25 de abril 6º ano
Revolução 25 de abril 6º ano
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
Revolução 25 de abril
Revolução 25 de abrilRevolução 25 de abril
Revolução 25 de abril
 
Do Estado Novo à Democracia
Do Estado Novo à DemocraciaDo Estado Novo à Democracia
Do Estado Novo à Democracia
 
Capitães de abril
Capitães de abrilCapitães de abril
Capitães de abril
 
Primeira república
Primeira repúblicaPrimeira república
Primeira república
 
A 1ª RepúBlica
A 1ª RepúBlicaA 1ª RepúBlica
A 1ª RepúBlica
 

Destaque

Revolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abrilRevolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abril
isabel_boia
 
Revolução dos escravos/25 de abril de 1974
Revolução dos escravos/25 de abril de 1974Revolução dos escravos/25 de abril de 1974
Revolução dos escravos/25 de abril de 1974
Ivo Madureira
 
Democracia de portugal_e_a_democracia_atenienses
Democracia de portugal_e_a_democracia_ateniensesDemocracia de portugal_e_a_democracia_atenienses
Democracia de portugal_e_a_democracia_atenienses
tomascm1
 
Revolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abrilRevolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abril
franciscaf
 
25 de abril de 1974(acabadinho2)
25 de abril de 1974(acabadinho2)25 de abril de 1974(acabadinho2)
25 de abril de 1974(acabadinho2)
Isabel Ribeiro
 
Afabuladosfeijoescinzentos 111022123029-phpapp02
Afabuladosfeijoescinzentos 111022123029-phpapp02Afabuladosfeijoescinzentos 111022123029-phpapp02
Afabuladosfeijoescinzentos 111022123029-phpapp02
Maria Ferreira
 
Novas instituições democráticas
Novas instituições democráticasNovas instituições democráticas
Novas instituições democráticas
maria40
 
Portugal PóS 25 De Abril
Portugal PóS 25 De AbrilPortugal PóS 25 De Abril
Portugal PóS 25 De Abril
Inês
 
Apresentação Do autoritarismo à democracia
Apresentação Do autoritarismo à democraciaApresentação Do autoritarismo à democracia
Apresentação Do autoritarismo à democracia
Laboratório de História
 
Opção constitucional de 1976
Opção constitucional de 1976Opção constitucional de 1976
Opção constitucional de 1976
Joana Oliveira
 
Filosofia cidadania e democracia
Filosofia cidadania e democraciaFilosofia cidadania e democracia
Filosofia cidadania e democracia
diasferraciolli
 

Destaque (20)

O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]O 25 de_abril_de_1974[1]
O 25 de_abril_de_1974[1]
 
Revolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abrilRevolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abril
 
A Real Face do Regime Militar Brasileiro
A Real Face do Regime Militar BrasileiroA Real Face do Regime Militar Brasileiro
A Real Face do Regime Militar Brasileiro
 
Revolução dos escravos/25 de abril de 1974
Revolução dos escravos/25 de abril de 1974Revolução dos escravos/25 de abril de 1974
Revolução dos escravos/25 de abril de 1974
 
O golpe Milipar de 25 de Abril de 1974
O golpe Milipar de 25 de Abril de 1974O golpe Milipar de 25 de Abril de 1974
O golpe Milipar de 25 de Abril de 1974
 
Democracia de portugal_e_a_democracia_atenienses
Democracia de portugal_e_a_democracia_ateniensesDemocracia de portugal_e_a_democracia_atenienses
Democracia de portugal_e_a_democracia_atenienses
 
Revolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abrilRevolução do 25 de abril
Revolução do 25 de abril
 
Obesidade mental
Obesidade mentalObesidade mental
Obesidade mental
 
25 de abril de 1974(acabadinho2)
25 de abril de 1974(acabadinho2)25 de abril de 1974(acabadinho2)
25 de abril de 1974(acabadinho2)
 
O reino do faz de conta1
O reino do faz de conta1O reino do faz de conta1
O reino do faz de conta1
 
Afabuladosfeijoescinzentos 111022123029-phpapp02
Afabuladosfeijoescinzentos 111022123029-phpapp02Afabuladosfeijoescinzentos 111022123029-phpapp02
Afabuladosfeijoescinzentos 111022123029-phpapp02
 
25 de abril
25 de abril25 de abril
25 de abril
 
Novas instituições democráticas
Novas instituições democráticasNovas instituições democráticas
Novas instituições democráticas
 
Portugal PóS 25 De Abril
Portugal PóS 25 De AbrilPortugal PóS 25 De Abril
Portugal PóS 25 De Abril
 
Apresentação Do autoritarismo à democracia
Apresentação Do autoritarismo à democraciaApresentação Do autoritarismo à democracia
Apresentação Do autoritarismo à democracia
 
Opção constitucional de 1976
Opção constitucional de 1976Opção constitucional de 1976
Opção constitucional de 1976
 
Salgueiro Maia
Salgueiro MaiaSalgueiro Maia
Salgueiro Maia
 
Filosofia cidadania e democracia
Filosofia cidadania e democraciaFilosofia cidadania e democracia
Filosofia cidadania e democracia
 
Trabalho 25 de abril ana alves
Trabalho 25 de abril ana alvesTrabalho 25 de abril ana alves
Trabalho 25 de abril ana alves
 
25 de Abril O tesouro e ficha de trabalho
25 de Abril O tesouro e ficha de trabalho25 de Abril O tesouro e ficha de trabalho
25 de Abril O tesouro e ficha de trabalho
 

Semelhante a 25 de abril de 1974 3

1261594130 25 de_abril
1261594130 25 de_abril1261594130 25 de_abril
1261594130 25 de_abril
Pelo Siro
 
O 25 de abril de 1974
O 25 de abril de 1974O 25 de abril de 1974
O 25 de abril de 1974
MC123456789
 
A questão colonial e o 25 de abril
A questão colonial e o 25 de abrilA questão colonial e o 25 de abril
A questão colonial e o 25 de abril
Carlos Vieira
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
Ana Paiva
 
4.4. o 25 de abril de 1974
4.4. o 25 de abril de 19744.4. o 25 de abril de 1974
4.4. o 25 de abril de 1974
Sónia Azevedo
 
O 25 de abril de 1974 e o regime democrático.ppt
O 25 de abril de 1974 e o regime democrático.pptO 25 de abril de 1974 e o regime democrático.ppt
O 25 de abril de 1974 e o regime democrático.ppt
JooIvo5
 
O antes e o após 25 de abril
O antes e o após 25 de abrilO antes e o após 25 de abril
O antes e o após 25 de abril
ceufaias
 

Semelhante a 25 de abril de 1974 3 (20)

988
988988
988
 
25 de abril
25 de abril25 de abril
25 de abril
 
1261594130 25 de_abril
1261594130 25 de_abril1261594130 25 de_abril
1261594130 25 de_abril
 
O 25 de abril
O 25 de abrilO 25 de abril
O 25 de abril
 
O 25 de abril de 1974
O 25 de abril de 1974O 25 de abril de 1974
O 25 de abril de 1974
 
25 abril
25 abril25 abril
25 abril
 
Ficha de trabalho historia 6_ano_25_de_abril_e_o_regime_democratico
Ficha de trabalho historia 6_ano_25_de_abril_e_o_regime_democraticoFicha de trabalho historia 6_ano_25_de_abril_e_o_regime_democratico
Ficha de trabalho historia 6_ano_25_de_abril_e_o_regime_democratico
 
A questão colonial e o 25 de abril
A questão colonial e o 25 de abrilA questão colonial e o 25 de abril
A questão colonial e o 25 de abril
 
25 de abril de 1974
25 de abril de 197425 de abril de 1974
25 de abril de 1974
 
12º revolução do 25 de abril
12º   revolução do 25 de abril12º   revolução do 25 de abril
12º revolução do 25 de abril
 
Foi há 36 anos: a revolução do 25 de Abril de 1974
Foi há 36 anos: a revolução do 25 de Abril de 1974Foi há 36 anos: a revolução do 25 de Abril de 1974
Foi há 36 anos: a revolução do 25 de Abril de 1974
 
4.4. o 25 de abril de 1974
4.4. o 25 de abril de 19744.4. o 25 de abril de 1974
4.4. o 25 de abril de 1974
 
O 25 de abril de 1974 e o regime democrático.ppt
O 25 de abril de 1974 e o regime democrático.pptO 25 de abril de 1974 e o regime democrático.ppt
O 25 de abril de 1974 e o regime democrático.ppt
 
O 25 de Abril
O 25 de AbrilO 25 de Abril
O 25 de Abril
 
O antes e o após 25 de abril
O antes e o após 25 de abrilO antes e o após 25 de abril
O antes e o após 25 de abril
 
25 de Abril
25 de Abril25 de Abril
25 de Abril
 
O dia-25-de-abril-de-1974-3528
O dia-25-de-abril-de-1974-3528O dia-25-de-abril-de-1974-3528
O dia-25-de-abril-de-1974-3528
 
Oestadonovoeo25deabril afonso-120525154212-phpapp01
Oestadonovoeo25deabril afonso-120525154212-phpapp01Oestadonovoeo25deabril afonso-120525154212-phpapp01
Oestadonovoeo25deabril afonso-120525154212-phpapp01
 
25 de Abril
25 de Abril25 de Abril
25 de Abril
 
A revolução dos cravos – 25 de abril
A revolução dos cravos – 25 de abrilA revolução dos cravos – 25 de abril
A revolução dos cravos – 25 de abril
 

Mais de Jorge Almeida

Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Jorge Almeida
 
Trabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pcaTrabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pca
Jorge Almeida
 
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Jorge Almeida
 
Visita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz CôaVisita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz Côa
Jorge Almeida
 
Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11
Jorge Almeida
 
Visita de estudo a Lisboa
Visita de estudo a LisboaVisita de estudo a Lisboa
Visita de estudo a Lisboa
Jorge Almeida
 
Cartaz "Diálogos sobre a sexualidade"
Cartaz "Diálogos sobre a sexualidade"Cartaz "Diálogos sobre a sexualidade"
Cartaz "Diálogos sobre a sexualidade"
Jorge Almeida
 

Mais de Jorge Almeida (20)

Guerra fria 1
Guerra fria 1Guerra fria 1
Guerra fria 1
 
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
Exposição especiarias e frutas tropiciais 8.º ano_2011-12
 
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
Exposição trabalhos alunos_7.º ano_2011-12
 
Salazar e o estado novo
Salazar e o estado novoSalazar e o estado novo
Salazar e o estado novo
 
Exposição visitai viseu
Exposição visitai viseuExposição visitai viseu
Exposição visitai viseu
 
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abrilExposição trabalhos alunos_25 de abril
Exposição trabalhos alunos_25 de abril
 
Tertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abrilTertúlia 25 de abril
Tertúlia 25 de abril
 
Iª república
Iª repúblicaIª república
Iª república
 
Guerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevistaGuerra colonial entrevista
Guerra colonial entrevista
 
Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)
 
A guerra colonial
A guerra colonialA guerra colonial
A guerra colonial
 
A 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgpA 1ª guerra mundial hgp
A 1ª guerra mundial hgp
 
Trabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pcaTrabalhos alunos 7.º pca
Trabalhos alunos 7.º pca
 
Salamanca
SalamancaSalamanca
Salamanca
 
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
Folheto visionarium e castelo st.ª m.ª feira -2010-11
 
Visita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz CôaVisita de estudo a Foz Côa
Visita de estudo a Foz Côa
 
Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11Folheto Foz Côa -2010-11
Folheto Foz Côa -2010-11
 
Visita de estudo a Lisboa
Visita de estudo a LisboaVisita de estudo a Lisboa
Visita de estudo a Lisboa
 
Cartaz "Diálogos sobre a sexualidade"
Cartaz "Diálogos sobre a sexualidade"Cartaz "Diálogos sobre a sexualidade"
Cartaz "Diálogos sobre a sexualidade"
 
Cartaz (verde) de comemoração do Dia Internacional dos Direitos Humanos, 10 d...
Cartaz (verde) de comemoração do Dia Internacional dos Direitos Humanos, 10 d...Cartaz (verde) de comemoração do Dia Internacional dos Direitos Humanos, 10 d...
Cartaz (verde) de comemoração do Dia Internacional dos Direitos Humanos, 10 d...
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 

25 de abril de 1974 3

  • 1. O 25 de Abril de 1974 A libertação do povo português!
  • 2. Trabalho realizado por: Ana, nº 1; Ana, nº 2; Beatriz, nº 5; Inês, nº 11; Turma: 6º G; Disciplina: História e Geografia de Portugal; Professor: Jorge Grandão;
  • 3. Índic e: Introdução - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - página 4; Quais os motivos que levaram ao 25 de Abril? - - - - - - - - - - - - Página 5; Imagens - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -Página 6; Quem assumiu a liderança de Portugal? - - - - - - - - - - - - - - - - -Página 7; As primeiras medidas tomadas pelo MFA foram … - - - - - - - - - - - página 8; Horário do dia 24/25 de Abril. - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -Página 9; Descolonização - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -página 10;
  • 4. Introdução Este trabalho de pesquisa alusivo ao tema “O 25 de Abril de 1974” foi concebido para reforçar e consolidar a matéria proveniente no manual do 6º ano. Temas esses relacionados com : 1. Os motivos que levaram ao Golpe Militar; 2. Quem assumiu a liderança do país; 3. As primeiras medidas tomadas pelo MFA; 4. A descolonização; 5. E a constituição de 1976. Vamos também mostrar-vos algumas imagens relacionadas com os temas anteriores.
  • 5. Quais os motivos que levaram ao 25 de Abril de 1974? Os motivos que levaram ao 25 de Abril foram a repressão das liberdades, o aumento do custo de vida e a Guerra Colonial, durante o Estado Novo. Desse descontentamento nasceu o MFA (Movimento das Forças Armadas), constituído essencialmente por militares do exército, da marinha e da força aérea, que em segredo prepararam o golpe militar de 25 de Abril.
  • 7. Quem assumiu a liderança de Portugal? Após o 25 de Abril a liderança do país foi entregue a uma Junta de Salvação Nacional, presidida por António Spínola. Foi a este general que Marcello Caetano entregou o poder após ter sido cercado no quartel do Carmo, onde se havia refugiado.
  • 8. As primeiras medidas tomadas V MFA foram: pelo 1. a destituição do presidente da República e do Governo; 2. a dissolução da Assembleia Nacional; 3. a extinção imediata da DGS (Direcção-geral de Segurança); 4. a libertação de todos os presos políticos; 5. a abolição da antiga imprensa (censura); 6. o início de negociações que procurassem pôr fim à Guerra Colonial.
  • 9. Horário do dia 24/25 de Abril: 24 de Abril: 22h:55m- a canção “E Depois do Adeus", a primeira senha do MFA é transmitida pela rádio. 25 de Abril: 00h:20m- a canção “Grândola Vila Morena", a segunda e última senha do MFA é transmitida pela rádio. 1h:00m-dá-se o inicio dos movimentos militares. 3h:00m- os estúdios da RTP, da Emissora Nacional e do Rádio Clube Português são o ocupados pelos militares. 12h:30m-o capitão Salgueiro Maia cerca o quartel do Carmo. 19h:30m-Marcello Caetano rende-se e é preso.
  • 10. Descolonizaçã o: O MFA procurou soluções que pusessem fim à Guerra Colonial . E ao fim das negociações com as colónias africanas e asiáticas ,nascem 5 novos países africanos ,Macau passou a pertencer à China e Timor foi invadido pela Indonésia. Os 5 novos países africanos passaram a ser : • República de Cabo Verde; • República da Guine –Bissau; • República Democrática de São Tomé e Príncipe; • República Popular de Angola; • República Popular de Moçambique.
  • 11. A constituição de 1976: Na constituição de 1976 foram restituídas várias liberdades, tais como a de voto, a de expressão, a de greve, a de reunião,…etc. Nessa constituição os órgãos de poder central são: Órgãos de Poder Central Presidente Assembleia da Governo Tribunal da República República
  • 12. A constituição de e/DN/2011/big/ng1638122. 1976: jpg?type=big&pos=0 Os órgãos de Poder Regional das regiões autónomas são: Assembleia Regional Governo Regional
  • 13. A constituição de 1976:Órgãos de Poder Local: Do Concelho ou Da Município Freguesia Assembleia Câmara Assembleia Junta de Municipal Municipal da Freguesia Freguesia
  • 14. As funções do Poder Central: Assembleia da República: Governo: • Faz as leis; • Administração pública; • Fiscaliza a actividade do • Execução das leis Governo. aprovadas. Presidente da República: Tribunais: • Nomeia e demite o • Julgar os acusados de primeiro-ministro; cometer crimes. • Aprova/não aprova as leis feitas pela Assembleia da
  • 15. Funções do Poder Local: de Freguesia: Assembleia Assembleia Municipal: • Aprova/não aprova as • Aprova/não aprova as propostas da junta de propostas feitas pela Freguesia. Câmara Municipal • Fiscaliza a acção da Junta de Câmara Municipal: Junta Freguesia. de Freguesia: • Faz propostas que tem como • Faz propostas à assembleia e objetivos melhorar as condições de vida dos habitantes. • executa--as se forem • Executa as leis aprovadas pela aprovadas. Assembleia Municipal. • Faz a manutenção de jardim, • Constrói e trata dos cemitérios, entre outras e equipamentos coletivos, recolher trata da limpeza das ruas. o lixo, abastecimento de água e • Faz propostas à câmara
  • 16. Algumas imagens de importantes personalidades v do 25 de Abril: Fernando José Salgueiro José Afonso Maia General António Spínola Otelo Saraiva de Carvalho
  • 17. Conclusã o Com este trabalho podemos concluir, que antes do 25 de Abril de 1974, havia várias liberdades que eram restritas à população. E devido a essas restrições formou-se uma organização secreta que organizou um golpe militar, que pôs fim ao Estado Novo. Com o fim do Estado Novo, iniciou-se a descolonização e formou-se uma Nova Constituição, onde o povo elege o Presidente da República.
  • 18. Bibliografia e Webgrafia: OLIVEIRA, Ana; CANTANHEDE, Francisco, História e Geografia de Portugal 6º ano, Texto Editores, Lisboa, 2011. http://pt.wikipedia.org/ (consultado em 2012/05/24)