SlideShare uma empresa Scribd logo
Cognição Social 
Profa. Josevânia
Introdução à Cognição Social 
• Processos cognitivos por meio dos quais as 
pessoas compreendem e explicam as outras 
pessoas e a si mesmas. 
• Embora a ênfase inicial tenha sido no pensar 
(cognição), os psicólogos sociais também procuram 
associar sentimentos e comportamentos à cognição 
social.
Introdução à Cognição Social 
• Crenças do senso comum para explicar a realidade; 
• Ao longo da evolução, contruiu-se estruturas 
cognitvas para se adaptar às demandas; 
• Evitar predadores 
• Formar alianças e amizades 
• Entender a mente dos outros 
• Comunicar‐se com os outros 
Autruísmo 
Reciprocidade 
Desenvolvemos sistemas sociais complexos que só podem 
funcionar se alicerçados em sistemas cognitivos igualmente 
complexos que se manifestam em nossa inteligência social.
Introdução à Cognição Social 
• Psicologia evolucionista 
• “módulo de leitura da mente” 
• Permitiu que fizéssemos suposições ou 
inferências sobre o que as outras pessoas estão 
pensando, tendo por base suas ações, palavras e 
comportamentos. 
• Linguagem e altruísmo recíproco 
• A linguagem evoluiu para ajudar nossos ancestrais 
na obtenção de informações sobre quem merece ou 
não confiança, principalmente quando não ocorre 
uma reciprocidade direta.
Características da Cognição Social 
• Atalhos cognitivos; 
• Processos cognitivos 
• Descritos como processos computacionais: as 
pessoas recebem informações (input), codificam o 
que receberam, armazenam na memória, 
recuperam da memória para realizar inferências e 
para gerar produtos (output). 
atenção → memória → julgamento
Características da Cognição Social 
• Pessoas como agentes causais; 
• Motivação interna 
• Percepção mútua; 
• Centralidade no eu 
• A percepção de outra pessoa envolve o eu de 
quem percebe. 
• Qualidade da percepção → limites.
Características da Cognição Social 
• Orientação pragmática; 
(a) a qualidade e a exatidão das percepções das 
pessoas são suficientes para os propósitos do dia a 
dia; 
(b) elas constroem significados baseados nos traços, 
estereótipos e histórias mais úteis (convenientes e 
coerentes); e 
(c) seus objetivos determinam como pensam.
Características da Cognição Social 
• Predominância dos processos automáticos 
•O julgamento nem sempre é consciente;
Elementos da cognição social 
• Esquemas (sociais) 
• Pré-concepções ou teorias sobre conceitos, objetos 
ou eventos 
• Pré-concepções ou teorias a respeito das outras 
pessoas e de nós mesmos. 
Qual a 
função? 
p.86 
Influenciam a maneira como 
julgamos 
Dirigem nossa atenção para 
determinados aspectos da 
informação
Elementos da cognição social 
• Atribuições 
• Diz respeito ao como atribuimos causas aos 
comportamentos dos outros e aos nossos. 
Teorias 
Atribuição intrapessoal 
Compreendendo o próprio 
comportamento. 
Atribuição interpessoal 
Compreendendo o comportamento do outros
Atribuição intrapessoal
Atribuição intrapessoal 
• Na atribuição intrapessoal, o indivíduo sempre 
enquadra o evento como algo que correspondeu ou 
não a seus objetivos. 
• Os eventos podem ser resumidos como sucesso ou 
fracasso provocando reações afetivas positivas ou 
negativas de imediato. 
E com os outros? Será do mesmo modo? 
Também são descritas em função do locus, estabilidade 
e controlabilidade, usada apenas para considerar o 
outro como responsável ou não pelo evento.
Atribuição 
interpessoal
Processos da Cognição Social 
• Atenção 
• Memória 
• Inferência 
Principais processos que 
operam sobre os esquemas 
e as atribuições
Processos da Cognição Social 
• Atenção 
Transformamos toda estimulação que nos atinge através 
do(s) sentido(s) em algo que tomamos consciência e 
guardamos temporariamente ou permanentemente em 
nossa memória. 
É a codificação e a consciência 
de estímulos internos 
ou externos a nosso 
organismo. 
é aquilo de que temos 
conhecimento em um 
determinado momento. 
Atribuições de causalidade das pessoas vão sofrer 
influência do que é mais saliente para elas.
Processos da Cognição Social 
•Memória 
• As memórias sobre as pessoas/ fenômenos ou 
situações 
• São influenciadas 
Têm impacto sobre o quanto nos relembramos 
posteriormente
Processos da Cognição Social 
• Inferência 
A inferência na cognição social diz respeito ao que fazemos com a informação 
que obtivemos por meio dos processos de atenção e memória. 
E quais são as principais limitações? 
 Interpretação de dados aleatórios; 
 Tendemos a “ver” coerente atuando onde existe apenas a presença do acaso; 
 Heurístico (atalhos) da representatividade => psicólogo -> "cara de psicólogo" 
 Interpretação de dados incompletos e não representativos; 
 Evidência positiva que justifica e explica a convicção da pessoa; 
 É mais fácil lidar com a confirmação positiva, já que encerra toda evidência 
necessária para a ocorrência de um julgamento 
 Profecia autorrealizante de ver o que já se esperava ver. 
 nossa expectativa termina por provocar o próprio comportamento que 
originalmente antecipamos;
Conhecendo a si e ao outro: 
Percepção e atribuição de causalidade

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Memoria
MemoriaMemoria
Memoria
aritovi
 
A formação de impressões
A formação de impressõesA formação de impressões
A formação de impressões
Luis De Sousa Rodrigues
 
Relações interpessoais
Relações interpessoaisRelações interpessoais
Relações interpessoais
Silvia Revez
 
Teoria das representações sociais
Teoria das representações sociaisTeoria das representações sociais
Teoria das representações sociais
Jhonata Andrade
 
Personalidade
PersonalidadePersonalidade
Aula 1 e 2 rumos e percursos em psicologia social
Aula 1 e 2 rumos e percursos em psicologia socialAula 1 e 2 rumos e percursos em psicologia social
Aula 1 e 2 rumos e percursos em psicologia social
Franjone De Lima Souza
 
Atitudes - Psicologia
Atitudes - PsicologiaAtitudes - Psicologia
Atitudes - Psicologia
Sara Afonso
 
sensação e percepção
sensação e percepçãosensação e percepção
sensação e percepção
Roberto Nobre
 
Diferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologiaDiferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologia
Rita Cristiane Pavan
 
Processos Mentais 1 - A Percepção
Processos Mentais 1 - A PercepçãoProcessos Mentais 1 - A Percepção
Processos Mentais 1 - A Percepção
Jorge Barbosa
 
Relações interpessoais
Relações interpessoaisRelações interpessoais
Relações interpessoais
Vitor Manuel de Carvalho
 
Sensação e Percepção
Sensação e PercepçãoSensação e Percepção
Sensação e Percepção
Nilson Dias Castelano
 
Perceção
PerceçãoPerceção
Perceção
psicologiaazambuja
 
Percepção - Psicologia
Percepção - PsicologiaPercepção - Psicologia
Percepção - Psicologia
Saul Marques da Silva
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
Caio Maximino
 
história da psicologia social
história da psicologia social história da psicologia social
história da psicologia social
Josevânia Silva
 
AS EMOÇÕES
AS EMOÇÕESAS EMOÇÕES
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicosIntrodução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Caio Maximino
 
As emoções
As emoçõesAs emoções
As emoções
Luis De Sousa Rodrigues
 
Atitude
AtitudeAtitude
Atitude
kyzinha
 

Mais procurados (20)

Memoria
MemoriaMemoria
Memoria
 
A formação de impressões
A formação de impressõesA formação de impressões
A formação de impressões
 
Relações interpessoais
Relações interpessoaisRelações interpessoais
Relações interpessoais
 
Teoria das representações sociais
Teoria das representações sociaisTeoria das representações sociais
Teoria das representações sociais
 
Personalidade
PersonalidadePersonalidade
Personalidade
 
Aula 1 e 2 rumos e percursos em psicologia social
Aula 1 e 2 rumos e percursos em psicologia socialAula 1 e 2 rumos e percursos em psicologia social
Aula 1 e 2 rumos e percursos em psicologia social
 
Atitudes - Psicologia
Atitudes - PsicologiaAtitudes - Psicologia
Atitudes - Psicologia
 
sensação e percepção
sensação e percepçãosensação e percepção
sensação e percepção
 
Diferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologiaDiferentes abordagens da psicologia
Diferentes abordagens da psicologia
 
Processos Mentais 1 - A Percepção
Processos Mentais 1 - A PercepçãoProcessos Mentais 1 - A Percepção
Processos Mentais 1 - A Percepção
 
Relações interpessoais
Relações interpessoaisRelações interpessoais
Relações interpessoais
 
Sensação e Percepção
Sensação e PercepçãoSensação e Percepção
Sensação e Percepção
 
Perceção
PerceçãoPerceção
Perceção
 
Percepção - Psicologia
Percepção - PsicologiaPercepção - Psicologia
Percepção - Psicologia
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
 
história da psicologia social
história da psicologia social história da psicologia social
história da psicologia social
 
AS EMOÇÕES
AS EMOÇÕESAS EMOÇÕES
AS EMOÇÕES
 
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicosIntrodução ao estudo dos processos psicológicos básicos
Introdução ao estudo dos processos psicológicos básicos
 
As emoções
As emoçõesAs emoções
As emoções
 
Atitude
AtitudeAtitude
Atitude
 

Destaque

Relações Interpessoais 1
Relações Interpessoais 1Relações Interpessoais 1
Relações Interpessoais 1
Jorge Barbosa
 
Ato cognitivo e seus elementos
Ato cognitivo e seus elementosAto cognitivo e seus elementos
Ato cognitivo e seus elementos
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
RelaçõEs Interpessoais
RelaçõEs InterpessoaisRelaçõEs Interpessoais
RelaçõEs Interpessoais
Rolando Almeida
 
Relações interpessoais2
Relações interpessoais2Relações interpessoais2
Relações interpessoais2
Nuno Pereira
 
Relacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalRelacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoal
Leandro Lopes
 
Impactos da Revolução Cognitiva na economia - estudos iniciais
Impactos da Revolução Cognitiva na economia - estudos iniciaisImpactos da Revolução Cognitiva na economia - estudos iniciais
Impactos da Revolução Cognitiva na economia - estudos iniciais
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
Avaliação Heurística
Avaliação HeurísticaAvaliação Heurística
Avaliação Heurística
Renato Shirakashi
 
Design de interface grafica 4 principios heuristicos
Design de interface grafica   4 principios heuristicosDesign de interface grafica   4 principios heuristicos
Design de interface grafica 4 principios heuristicos
Bruno Joka
 
Representacoes sociais de_um_espaco_flor
Representacoes sociais de_um_espaco_florRepresentacoes sociais de_um_espaco_flor
Representacoes sociais de_um_espaco_flor
Eduardo Freitas
 
Trabalhando na Plataforma EVA
Trabalhando na Plataforma EVATrabalhando na Plataforma EVA
Trabalhando na Plataforma EVA
Reuel Lopes
 
Teoria das representações sociais
Teoria das representações sociaisTeoria das representações sociais
Teoria das representações sociais
Jhonata Andrade
 
Ergo2 aula-14 Avaliação Heurística
Ergo2 aula-14 Avaliação HeurísticaErgo2 aula-14 Avaliação Heurística
Ergo2 aula-14 Avaliação Heurística
Alan Vasconcelos
 
Análise Heuristica
Análise HeuristicaAnálise Heuristica
Análise Heuristica
Guilherme Serrano
 
Ihc Aula8 M I Avaliacao Heuristica
Ihc Aula8 M I Avaliacao HeuristicaIhc Aula8 M I Avaliacao Heuristica
Ihc Aula8 M I Avaliacao Heuristica
Fabiano Damiati
 
Teoria das representações socias oficina
Teoria das representações socias   oficinaTeoria das representações socias   oficina
Teoria das representações socias oficina
Cinthia Ferreira
 
Trabalho das expectativas psicologia
Trabalho das expectativas   psicologiaTrabalho das expectativas   psicologia
Trabalho das expectativas psicologia
CatarinaJusto
 
Representações Sociais
Representações SociaisRepresentações Sociais
Representações Sociais
Walkiria Carvalho
 
Investigação Experimental em Psicologia
Investigação Experimental em PsicologiaInvestigação Experimental em Psicologia
Investigação Experimental em Psicologia
Jorge Barbosa
 
Pesquisa experimental
Pesquisa experimentalPesquisa experimental
Pesquisa experimental
Fernanda Caetano
 
Representações sociais
Representações sociaisRepresentações sociais
Representações sociais
Bruna Batista
 

Destaque (20)

Relações Interpessoais 1
Relações Interpessoais 1Relações Interpessoais 1
Relações Interpessoais 1
 
Ato cognitivo e seus elementos
Ato cognitivo e seus elementosAto cognitivo e seus elementos
Ato cognitivo e seus elementos
 
RelaçõEs Interpessoais
RelaçõEs InterpessoaisRelaçõEs Interpessoais
RelaçõEs Interpessoais
 
Relações interpessoais2
Relações interpessoais2Relações interpessoais2
Relações interpessoais2
 
Relacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalRelacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoal
 
Impactos da Revolução Cognitiva na economia - estudos iniciais
Impactos da Revolução Cognitiva na economia - estudos iniciaisImpactos da Revolução Cognitiva na economia - estudos iniciais
Impactos da Revolução Cognitiva na economia - estudos iniciais
 
Avaliação Heurística
Avaliação HeurísticaAvaliação Heurística
Avaliação Heurística
 
Design de interface grafica 4 principios heuristicos
Design de interface grafica   4 principios heuristicosDesign de interface grafica   4 principios heuristicos
Design de interface grafica 4 principios heuristicos
 
Representacoes sociais de_um_espaco_flor
Representacoes sociais de_um_espaco_florRepresentacoes sociais de_um_espaco_flor
Representacoes sociais de_um_espaco_flor
 
Trabalhando na Plataforma EVA
Trabalhando na Plataforma EVATrabalhando na Plataforma EVA
Trabalhando na Plataforma EVA
 
Teoria das representações sociais
Teoria das representações sociaisTeoria das representações sociais
Teoria das representações sociais
 
Ergo2 aula-14 Avaliação Heurística
Ergo2 aula-14 Avaliação HeurísticaErgo2 aula-14 Avaliação Heurística
Ergo2 aula-14 Avaliação Heurística
 
Análise Heuristica
Análise HeuristicaAnálise Heuristica
Análise Heuristica
 
Ihc Aula8 M I Avaliacao Heuristica
Ihc Aula8 M I Avaliacao HeuristicaIhc Aula8 M I Avaliacao Heuristica
Ihc Aula8 M I Avaliacao Heuristica
 
Teoria das representações socias oficina
Teoria das representações socias   oficinaTeoria das representações socias   oficina
Teoria das representações socias oficina
 
Trabalho das expectativas psicologia
Trabalho das expectativas   psicologiaTrabalho das expectativas   psicologia
Trabalho das expectativas psicologia
 
Representações Sociais
Representações SociaisRepresentações Sociais
Representações Sociais
 
Investigação Experimental em Psicologia
Investigação Experimental em PsicologiaInvestigação Experimental em Psicologia
Investigação Experimental em Psicologia
 
Pesquisa experimental
Pesquisa experimentalPesquisa experimental
Pesquisa experimental
 
Representações sociais
Representações sociaisRepresentações sociais
Representações sociais
 

Semelhante a Cognição social

IHM - Modelos Mentais
IHM - Modelos MentaisIHM - Modelos Mentais
IHM - Modelos Mentais
Stefanie Martins
 
Pensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacaoPensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacao
CaitoJorgeMurabiua2
 
Pensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacaoPensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacao
CaitoJorgeMurabiua2
 
Psicologia- Inteligência
Psicologia- InteligênciaPsicologia- Inteligência
Psicologia- Inteligência
Fábio Roque
 
Apresentação percepção
Apresentação percepçãoApresentação percepção
Apresentação percepção
Mariana Rezende
 
Cognição e afetividade dimensionamento
Cognição e afetividade dimensionamentoCognição e afetividade dimensionamento
Cognição e afetividade dimensionamento
João de Deus Dias Neto
 
Opiniao publica
Opiniao publicaOpiniao publica
Opiniao publica
aintazambuja
 
Pensamento complexo
Pensamento complexoPensamento complexo
Pensamento complexo
Isabella Silva
 
Seminário de pisicologia
Seminário de pisicologiaSeminário de pisicologia
Seminário de pisicologia
Diego Mancilla
 
Resumo relações interpessoais
Resumo relações interpessoaisResumo relações interpessoais
Resumo relações interpessoais
Jorge Barbosa
 
A abordagem cognitivista e o enfoque do construtivismo piaget
A abordagem cognitivista e o enfoque do construtivismo   piagetA abordagem cognitivista e o enfoque do construtivismo   piaget
A abordagem cognitivista e o enfoque do construtivismo piaget
GLEYDSON ROCHA
 
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTEA DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
Vitor Manuel de Carvalho
 
EspecializaçãO Pro Eja 4
EspecializaçãO   Pro Eja 4EspecializaçãO   Pro Eja 4
EspecializaçãO Pro Eja 4
William Eduardo
 
Cognição social
Cognição socialCognição social
Cognição social
Marcelo Anjos
 
A Mente e o Significado - Jerome Bruner
A Mente e o Significado - Jerome BrunerA Mente e o Significado - Jerome Bruner
A Mente e o Significado - Jerome Bruner
Jorge Barbosa
 
metacognição G slides.pptx
metacognição G slides.pptxmetacognição G slides.pptx
metacognição G slides.pptx
NancyNazarethGatzkeC2
 
História da Psicologia Social - aulas 1, 2 e 3.pdf
História da Psicologia Social - aulas 1, 2 e 3.pdfHistória da Psicologia Social - aulas 1, 2 e 3.pdf
História da Psicologia Social - aulas 1, 2 e 3.pdf
Pedro R. Coutinho
 
Cognição social
Cognição socialCognição social
Cognição social
Psicologia_2015
 
Resgate do conceito de mente
Resgate do conceito de menteResgate do conceito de mente
Resgate do conceito de mente
psicologiaazambuja
 
Bruner-a-mente-e-o-significado
 Bruner-a-mente-e-o-significado Bruner-a-mente-e-o-significado
Bruner-a-mente-e-o-significado
Jessica Lopes
 

Semelhante a Cognição social (20)

IHM - Modelos Mentais
IHM - Modelos MentaisIHM - Modelos Mentais
IHM - Modelos Mentais
 
Pensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacaoPensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacao
 
Pensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacaoPensamento e imaginacao
Pensamento e imaginacao
 
Psicologia- Inteligência
Psicologia- InteligênciaPsicologia- Inteligência
Psicologia- Inteligência
 
Apresentação percepção
Apresentação percepçãoApresentação percepção
Apresentação percepção
 
Cognição e afetividade dimensionamento
Cognição e afetividade dimensionamentoCognição e afetividade dimensionamento
Cognição e afetividade dimensionamento
 
Opiniao publica
Opiniao publicaOpiniao publica
Opiniao publica
 
Pensamento complexo
Pensamento complexoPensamento complexo
Pensamento complexo
 
Seminário de pisicologia
Seminário de pisicologiaSeminário de pisicologia
Seminário de pisicologia
 
Resumo relações interpessoais
Resumo relações interpessoaisResumo relações interpessoais
Resumo relações interpessoais
 
A abordagem cognitivista e o enfoque do construtivismo piaget
A abordagem cognitivista e o enfoque do construtivismo   piagetA abordagem cognitivista e o enfoque do construtivismo   piaget
A abordagem cognitivista e o enfoque do construtivismo piaget
 
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTEA DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
A DIMENSÃO SOCIOCULTURAL DA MENTE
 
EspecializaçãO Pro Eja 4
EspecializaçãO   Pro Eja 4EspecializaçãO   Pro Eja 4
EspecializaçãO Pro Eja 4
 
Cognição social
Cognição socialCognição social
Cognição social
 
A Mente e o Significado - Jerome Bruner
A Mente e o Significado - Jerome BrunerA Mente e o Significado - Jerome Bruner
A Mente e o Significado - Jerome Bruner
 
metacognição G slides.pptx
metacognição G slides.pptxmetacognição G slides.pptx
metacognição G slides.pptx
 
História da Psicologia Social - aulas 1, 2 e 3.pdf
História da Psicologia Social - aulas 1, 2 e 3.pdfHistória da Psicologia Social - aulas 1, 2 e 3.pdf
História da Psicologia Social - aulas 1, 2 e 3.pdf
 
Cognição social
Cognição socialCognição social
Cognição social
 
Resgate do conceito de mente
Resgate do conceito de menteResgate do conceito de mente
Resgate do conceito de mente
 
Bruner-a-mente-e-o-significado
 Bruner-a-mente-e-o-significado Bruner-a-mente-e-o-significado
Bruner-a-mente-e-o-significado
 

Último

Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 

Último (20)

Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 

Cognição social

  • 2. Introdução à Cognição Social • Processos cognitivos por meio dos quais as pessoas compreendem e explicam as outras pessoas e a si mesmas. • Embora a ênfase inicial tenha sido no pensar (cognição), os psicólogos sociais também procuram associar sentimentos e comportamentos à cognição social.
  • 3. Introdução à Cognição Social • Crenças do senso comum para explicar a realidade; • Ao longo da evolução, contruiu-se estruturas cognitvas para se adaptar às demandas; • Evitar predadores • Formar alianças e amizades • Entender a mente dos outros • Comunicar‐se com os outros Autruísmo Reciprocidade Desenvolvemos sistemas sociais complexos que só podem funcionar se alicerçados em sistemas cognitivos igualmente complexos que se manifestam em nossa inteligência social.
  • 4. Introdução à Cognição Social • Psicologia evolucionista • “módulo de leitura da mente” • Permitiu que fizéssemos suposições ou inferências sobre o que as outras pessoas estão pensando, tendo por base suas ações, palavras e comportamentos. • Linguagem e altruísmo recíproco • A linguagem evoluiu para ajudar nossos ancestrais na obtenção de informações sobre quem merece ou não confiança, principalmente quando não ocorre uma reciprocidade direta.
  • 5. Características da Cognição Social • Atalhos cognitivos; • Processos cognitivos • Descritos como processos computacionais: as pessoas recebem informações (input), codificam o que receberam, armazenam na memória, recuperam da memória para realizar inferências e para gerar produtos (output). atenção → memória → julgamento
  • 6. Características da Cognição Social • Pessoas como agentes causais; • Motivação interna • Percepção mútua; • Centralidade no eu • A percepção de outra pessoa envolve o eu de quem percebe. • Qualidade da percepção → limites.
  • 7. Características da Cognição Social • Orientação pragmática; (a) a qualidade e a exatidão das percepções das pessoas são suficientes para os propósitos do dia a dia; (b) elas constroem significados baseados nos traços, estereótipos e histórias mais úteis (convenientes e coerentes); e (c) seus objetivos determinam como pensam.
  • 8. Características da Cognição Social • Predominância dos processos automáticos •O julgamento nem sempre é consciente;
  • 9. Elementos da cognição social • Esquemas (sociais) • Pré-concepções ou teorias sobre conceitos, objetos ou eventos • Pré-concepções ou teorias a respeito das outras pessoas e de nós mesmos. Qual a função? p.86 Influenciam a maneira como julgamos Dirigem nossa atenção para determinados aspectos da informação
  • 10. Elementos da cognição social • Atribuições • Diz respeito ao como atribuimos causas aos comportamentos dos outros e aos nossos. Teorias Atribuição intrapessoal Compreendendo o próprio comportamento. Atribuição interpessoal Compreendendo o comportamento do outros
  • 12. Atribuição intrapessoal • Na atribuição intrapessoal, o indivíduo sempre enquadra o evento como algo que correspondeu ou não a seus objetivos. • Os eventos podem ser resumidos como sucesso ou fracasso provocando reações afetivas positivas ou negativas de imediato. E com os outros? Será do mesmo modo? Também são descritas em função do locus, estabilidade e controlabilidade, usada apenas para considerar o outro como responsável ou não pelo evento.
  • 14. Processos da Cognição Social • Atenção • Memória • Inferência Principais processos que operam sobre os esquemas e as atribuições
  • 15. Processos da Cognição Social • Atenção Transformamos toda estimulação que nos atinge através do(s) sentido(s) em algo que tomamos consciência e guardamos temporariamente ou permanentemente em nossa memória. É a codificação e a consciência de estímulos internos ou externos a nosso organismo. é aquilo de que temos conhecimento em um determinado momento. Atribuições de causalidade das pessoas vão sofrer influência do que é mais saliente para elas.
  • 16. Processos da Cognição Social •Memória • As memórias sobre as pessoas/ fenômenos ou situações • São influenciadas Têm impacto sobre o quanto nos relembramos posteriormente
  • 17. Processos da Cognição Social • Inferência A inferência na cognição social diz respeito ao que fazemos com a informação que obtivemos por meio dos processos de atenção e memória. E quais são as principais limitações?  Interpretação de dados aleatórios;  Tendemos a “ver” coerente atuando onde existe apenas a presença do acaso;  Heurístico (atalhos) da representatividade => psicólogo -> "cara de psicólogo"  Interpretação de dados incompletos e não representativos;  Evidência positiva que justifica e explica a convicção da pessoa;  É mais fácil lidar com a confirmação positiva, já que encerra toda evidência necessária para a ocorrência de um julgamento  Profecia autorrealizante de ver o que já se esperava ver.  nossa expectativa termina por provocar o próprio comportamento que originalmente antecipamos;
  • 18. Conhecendo a si e ao outro: Percepção e atribuição de causalidade