SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Teorias e
Técnicas
Psicoterápicas
1ª aula: tipos e histórico.
Definição de psicoterapia
Laplanche e Pontalis (2008, p. 393) definem
psicoterapia como “qualquer método de
tratamento dos distúrbios psíquicos ou
corporais que utilize meios psicológicos e, mais
precisamente, a relação entre o terapeuta e o
doente”
Definição de psicoterapia
No Dicionário Técnico de Psicologia (CABRAL,
NICK, 1982) encontramos um significado
referente à “aplicação de técnicas
especializadas ao tratamento de distúrbios
mentais ou aos problemas de ajustamento
cotidiano”
Definição de psicoterapia
Resolução CFP 10/2000, por se constituir “técnica e
conceitualmente, um processo científico de
compreensão, análise e intervenção que se realiza
através da aplicação sistematizada e controlada de
métodos e técnicas psicológicas reconhecidas pela
ciência, pela prática e pela ética profissional.” (BRASIL,
2000)
Tipos de psicoterapia
De acordo com:
 Número de pessoas: individual; casal; familiar;
grupo.
 Duração: curtas (sessões determinadas); longas
(geralmente sem previsão prévia)
 Setting: presencial; online.
 Condução do terapeuta: não diretiva; diretiva;
mediador.
Tipos de psicoterapia
Perrez e Baumann (2004) classificam quatro
grande propostas psicoterapêuticas:
 Psicoterapias psicodinâmicas: explicam os
problemas psíquicos com base em conflitos
inconscientes.
(Sigmund Freud, Melanie
Klein, Lacan, Bion, Winnicott, Carl Jung, Alfred
Adler, Erik Erikson.)
Tipos de psicoterapia
 Psicoterapias cognitivo-comportamentais:
explicam os transtornos mentais baseadas
na história de aprendizado do indivíduo e nas
interações dele com seu meio, e têm por objetivo
o restabelecimento das competências do paciente
de controlar seu comportamento e de influenciar
suas emoções e percepções.
(Terapia cognitivo comportamental; neurofeedback,
Aaron Beck.)
Tipos de psicoterapia
 Psicoterapias existencial-humanistas: Esse tipo de
terapia parte do princípio de que todo ser humano
possui em si uma força interna que, se não for
impedida por influência externa, o conduz à sua plena
realização. Elas explicam assim os transtornos
psíquicos como fruto da incongruência entre a
autoimagem e a experiência pessoal e buscam
fomentar as forças de autorrealização (selfatualisation)
do indivíduo.
(Terapia centrada no cliente, gestaltoterapia, logoterapia)
Tipos de psicoterapia
 Psicoterapias orientadas na comunicação:
consideram os transtornos do comportamento
como expressão de estruturas de
comunicação disfuncionais e buscam uma
reorganização de tais estruturas ou a
formação de novas, mais construtivas.
(Psicoterapia sistêmica)
Origens da psicoterapia
“As psicoterapias possuem um caráter sapiencial
que as aproxima dos antigos exercícios espirituais e
sua riqueza consiste não só em resistir ao avanço
da administração da vida, mas em preservar o lugar
antes ocupado pela sabedoria antiga.” (DRAWIN,
2009, pág.29)
Loucura na Idade Média
Bosh- Nau do Insensatos
Asilos
Pinel
Eletrochoque
Lobotomia
Hidroterapia
Amarração
Cirurgia no clitóris e útero
Hipnose
Psicoterapia pela fala
Psicotrópicos
Residência Terapêutica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Psicologia: Diferentes Abordagens
Psicologia: Diferentes AbordagensPsicologia: Diferentes Abordagens
Psicologia: Diferentes AbordagensBruno Carrasco
 
Psicologia Clínica
Psicologia ClínicaPsicologia Clínica
Psicologia ClínicaAnna C
 
Introdução à psicologia
Introdução à psicologiaIntrodução à psicologia
Introdução à psicologiaLaércio Góes
 
Introdução psicopatologia
Introdução psicopatologiaIntrodução psicopatologia
Introdução psicopatologialucasvazdelima
 
Aula III A psicologia hospitalar e a
Aula III    A psicologia hospitalar e aAula III    A psicologia hospitalar e a
Aula III A psicologia hospitalar e aArtur Mamed
 
Psicologia Fenomenológico-Existencial
Psicologia Fenomenológico-ExistencialPsicologia Fenomenológico-Existencial
Psicologia Fenomenológico-ExistencialSara Campagnaro
 
Grupos terapêuticos e intervenção em família
Grupos terapêuticos e intervenção em famíliaGrupos terapêuticos e intervenção em família
Grupos terapêuticos e intervenção em famíliaAroldo Gavioli
 
Testes Psicológicos.ppt
Testes Psicológicos.pptTestes Psicológicos.ppt
Testes Psicológicos.pptssuser9f513e
 

Mais procurados (20)

Conceituação cognitiva
Conceituação cognitivaConceituação cognitiva
Conceituação cognitiva
 
Introdução À Psicologia
Introdução À PsicologiaIntrodução À Psicologia
Introdução À Psicologia
 
Psicologia: Diferentes Abordagens
Psicologia: Diferentes AbordagensPsicologia: Diferentes Abordagens
Psicologia: Diferentes Abordagens
 
Psicologia Comunitária
Psicologia Comunitária    Psicologia Comunitária
Psicologia Comunitária
 
Psicologia Clínica
Psicologia ClínicaPsicologia Clínica
Psicologia Clínica
 
Transtornos do humor
Transtornos do humorTranstornos do humor
Transtornos do humor
 
Introdução à psicologia
Introdução à psicologiaIntrodução à psicologia
Introdução à psicologia
 
Introdução psicopatologia
Introdução psicopatologiaIntrodução psicopatologia
Introdução psicopatologia
 
Aula III A psicologia hospitalar e a
Aula III    A psicologia hospitalar e aAula III    A psicologia hospitalar e a
Aula III A psicologia hospitalar e a
 
Grupos Terapêuticos
Grupos TerapêuticosGrupos Terapêuticos
Grupos Terapêuticos
 
Psicologia escolar
Psicologia escolarPsicologia escolar
Psicologia escolar
 
Psicologia da Saude
Psicologia da Saude Psicologia da Saude
Psicologia da Saude
 
Gestalt-Terapia
Gestalt-TerapiaGestalt-Terapia
Gestalt-Terapia
 
Psicologia Fenomenológico-Existencial
Psicologia Fenomenológico-ExistencialPsicologia Fenomenológico-Existencial
Psicologia Fenomenológico-Existencial
 
Grupos terapêuticos e intervenção em família
Grupos terapêuticos e intervenção em famíliaGrupos terapêuticos e intervenção em família
Grupos terapêuticos e intervenção em família
 
Introdução à psicologia aplicada ao cuidado
Introdução à psicologia aplicada ao cuidadoIntrodução à psicologia aplicada ao cuidado
Introdução à psicologia aplicada ao cuidado
 
Psicoterapias miriam
Psicoterapias miriamPsicoterapias miriam
Psicoterapias miriam
 
Teoria e técnica de dinâmica de grupo
Teoria e técnica de dinâmica de grupoTeoria e técnica de dinâmica de grupo
Teoria e técnica de dinâmica de grupo
 
A terapia cognitivo comportamental
A terapia cognitivo comportamentalA terapia cognitivo comportamental
A terapia cognitivo comportamental
 
Testes Psicológicos.ppt
Testes Psicológicos.pptTestes Psicológicos.ppt
Testes Psicológicos.ppt
 

Semelhante a Teorias e técnicas psicoterápicas

Aula-3-Psicoterapia-Breve-de-Orientação-Psicanalítica.ppt
Aula-3-Psicoterapia-Breve-de-Orientação-Psicanalítica.pptAula-3-Psicoterapia-Breve-de-Orientação-Psicanalítica.ppt
Aula-3-Psicoterapia-Breve-de-Orientação-Psicanalítica.pptDayse Martins
 
Aula Pós - APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DA TERAPIA COGNITIVA NO CONTEXTO CLÍNICO.pptx
Aula Pós - APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DA TERAPIA COGNITIVA NO CONTEXTO CLÍNICO.pptxAula Pós - APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DA TERAPIA COGNITIVA NO CONTEXTO CLÍNICO.pptx
Aula Pós - APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DA TERAPIA COGNITIVA NO CONTEXTO CLÍNICO.pptxReverendo Celiomar Tiago Freitas
 
1-História da Terapia Cognitiva.pptx
1-História da Terapia Cognitiva.pptx1-História da Terapia Cognitiva.pptx
1-História da Terapia Cognitiva.pptxJulianamarciafonseca
 
07 psicologia clínica trabalho
07 psicologia clínica trabalho07 psicologia clínica trabalho
07 psicologia clínica trabalhoGraça Martins
 
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate0207psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02Ana Rodrigues
 
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalhopsicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalhoGraça Martins
 
Terapias Cognitivas- compoortamentais
Terapias Cognitivas- compoortamentaisTerapias Cognitivas- compoortamentais
Terapias Cognitivas- compoortamentaisRodrigo Abreu
 
Giovanetti. supervisão clínica na perspectiva fenomenológico existencial
Giovanetti. supervisão clínica na perspectiva fenomenológico existencialGiovanetti. supervisão clínica na perspectiva fenomenológico existencial
Giovanetti. supervisão clínica na perspectiva fenomenológico existencialÉrika Renata
 
Estudo de caso psicanalise novo
Estudo de caso psicanalise novoEstudo de caso psicanalise novo
Estudo de caso psicanalise novoMarcosRibeiroSelf
 
Uma visão ericksoniana da cura no transe hipnótico
Uma visão ericksoniana da cura no transe hipnóticoUma visão ericksoniana da cura no transe hipnótico
Uma visão ericksoniana da cura no transe hipnóticoMari Oldoni
 
O Potencial Terapêutico da Regressão e Vivências passadas
O Potencial Terapêutico da Regressão e Vivências passadasO Potencial Terapêutico da Regressão e Vivências passadas
O Potencial Terapêutico da Regressão e Vivências passadasGSArt Web Solutions
 
Palestra a terapia cognitivo comportamental
Palestra   a terapia cognitivo comportamentalPalestra   a terapia cognitivo comportamental
Palestra a terapia cognitivo comportamentalErika Barreto
 
Formação em Psicanálise - Instituto Brasileiro
Formação em Psicanálise - Instituto BrasileiroFormação em Psicanálise - Instituto Brasileiro
Formação em Psicanálise - Instituto Brasileirolilsonasilva
 

Semelhante a Teorias e técnicas psicoterápicas (20)

Psicologia Aplicada
Psicologia AplicadaPsicologia Aplicada
Psicologia Aplicada
 
Aula-3-Psicoterapia-Breve-de-Orientação-Psicanalítica.ppt
Aula-3-Psicoterapia-Breve-de-Orientação-Psicanalítica.pptAula-3-Psicoterapia-Breve-de-Orientação-Psicanalítica.ppt
Aula-3-Psicoterapia-Breve-de-Orientação-Psicanalítica.ppt
 
Algumas formas de psicoterapia
Algumas formas de psicoterapiaAlgumas formas de psicoterapia
Algumas formas de psicoterapia
 
PSICOLOGIA APLICADA
PSICOLOGIA APLICADAPSICOLOGIA APLICADA
PSICOLOGIA APLICADA
 
Aula Pós - APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DA TERAPIA COGNITIVA NO CONTEXTO CLÍNICO.pptx
Aula Pós - APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DA TERAPIA COGNITIVA NO CONTEXTO CLÍNICO.pptxAula Pós - APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DA TERAPIA COGNITIVA NO CONTEXTO CLÍNICO.pptx
Aula Pós - APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DA TERAPIA COGNITIVA NO CONTEXTO CLÍNICO.pptx
 
1-História da Terapia Cognitiva.pptx
1-História da Terapia Cognitiva.pptx1-História da Terapia Cognitiva.pptx
1-História da Terapia Cognitiva.pptx
 
07 psicologia clínica trabalho
07 psicologia clínica trabalho07 psicologia clínica trabalho
07 psicologia clínica trabalho
 
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate0207psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
 
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalhopsicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
 
Terapia cognitiva
Terapia cognitivaTerapia cognitiva
Terapia cognitiva
 
Terapia cognitiva
Terapia cognitivaTerapia cognitiva
Terapia cognitiva
 
Terapias Cognitivas- compoortamentais
Terapias Cognitivas- compoortamentaisTerapias Cognitivas- compoortamentais
Terapias Cognitivas- compoortamentais
 
Giovanetti. supervisão clínica na perspectiva fenomenológico existencial
Giovanetti. supervisão clínica na perspectiva fenomenológico existencialGiovanetti. supervisão clínica na perspectiva fenomenológico existencial
Giovanetti. supervisão clínica na perspectiva fenomenológico existencial
 
Estudo de caso psicanalise novo
Estudo de caso psicanalise novoEstudo de caso psicanalise novo
Estudo de caso psicanalise novo
 
Uma visão ericksoniana da cura no transe hipnótico
Uma visão ericksoniana da cura no transe hipnóticoUma visão ericksoniana da cura no transe hipnótico
Uma visão ericksoniana da cura no transe hipnótico
 
Conceitualização em Terapia Cognitiva
Conceitualização em Terapia CognitivaConceitualização em Terapia Cognitiva
Conceitualização em Terapia Cognitiva
 
O Potencial Terapêutico da Regressão e Vivências passadas
O Potencial Terapêutico da Regressão e Vivências passadasO Potencial Terapêutico da Regressão e Vivências passadas
O Potencial Terapêutico da Regressão e Vivências passadas
 
Palestra a terapia cognitivo comportamental
Palestra   a terapia cognitivo comportamentalPalestra   a terapia cognitivo comportamental
Palestra a terapia cognitivo comportamental
 
Organograma slid1
Organograma slid1Organograma slid1
Organograma slid1
 
Formação em Psicanálise - Instituto Brasileiro
Formação em Psicanálise - Instituto BrasileiroFormação em Psicanálise - Instituto Brasileiro
Formação em Psicanálise - Instituto Brasileiro
 

Último

Farmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
Farmacologia do Sistema Nervoso AutonomoFarmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
Farmacologia do Sistema Nervoso AutonomoPAULOVINICIUSDOSSANT1
 
aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...
aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...
aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...quelenfermeira
 
anemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptx
anemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptxanemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptx
anemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptxnarayaskara215
 
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdfATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdfWendelldaLuz
 
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...Astrid Mühle Moreira Ferreira
 
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismoEscala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismoJose Ribamar
 
Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...
Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...
Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...TaniaN8
 
Slides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptx
Slides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptxSlides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptx
Slides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptxsaraferraz09
 
Humanização na Enfermagem: o que é e qual a importância?
Humanização na Enfermagem: o que é e qual a importância?Humanização na Enfermagem: o que é e qual a importância?
Humanização na Enfermagem: o que é e qual a importância?carloslins20
 
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptxAULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptxLanaMonteiro8
 
Protocolo Zero Rugas - formato digital01
Protocolo Zero Rugas - formato digital01Protocolo Zero Rugas - formato digital01
Protocolo Zero Rugas - formato digital01perfilnovo3rich
 
Treinamento Básico em Primeiros Socorros.ppt
Treinamento Básico em Primeiros Socorros.pptTreinamento Básico em Primeiros Socorros.ppt
Treinamento Básico em Primeiros Socorros.pptFabioSouza270
 

Último (12)

Farmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
Farmacologia do Sistema Nervoso AutonomoFarmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
Farmacologia do Sistema Nervoso Autonomo
 
aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...
aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...
aula de Me enxergou na minha tormenta Me livrou em meus problemas Transformou...
 
anemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptx
anemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptxanemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptx
anemia ferropriva e megaloblástica FINAL.pptx
 
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdfATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
ATLAS DE FOTOGRAMETRIA FORENSE - EEPHCFMUSP .pdf
 
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
Rowe_etal_2024Evidence for planning and motor subtypes of stuttering based on...
 
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismoEscala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
Escala-CARS-1.pdf teste para crianças com autismo
 
Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...
Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...
Não podemos esquecer que outros critérios são necessários para se fazer o dia...
 
Slides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptx
Slides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptxSlides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptx
Slides-trabalho-biossegurança em hospitais.pptx
 
Humanização na Enfermagem: o que é e qual a importância?
Humanização na Enfermagem: o que é e qual a importância?Humanização na Enfermagem: o que é e qual a importância?
Humanização na Enfermagem: o que é e qual a importância?
 
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptxAULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
AULA 07 - PROTOZOARIO E PRINCIPAIS DOENÇAS.pptx
 
Protocolo Zero Rugas - formato digital01
Protocolo Zero Rugas - formato digital01Protocolo Zero Rugas - formato digital01
Protocolo Zero Rugas - formato digital01
 
Treinamento Básico em Primeiros Socorros.ppt
Treinamento Básico em Primeiros Socorros.pptTreinamento Básico em Primeiros Socorros.ppt
Treinamento Básico em Primeiros Socorros.ppt
 

Teorias e técnicas psicoterápicas

  • 2. Definição de psicoterapia Laplanche e Pontalis (2008, p. 393) definem psicoterapia como “qualquer método de tratamento dos distúrbios psíquicos ou corporais que utilize meios psicológicos e, mais precisamente, a relação entre o terapeuta e o doente”
  • 3. Definição de psicoterapia No Dicionário Técnico de Psicologia (CABRAL, NICK, 1982) encontramos um significado referente à “aplicação de técnicas especializadas ao tratamento de distúrbios mentais ou aos problemas de ajustamento cotidiano”
  • 4. Definição de psicoterapia Resolução CFP 10/2000, por se constituir “técnica e conceitualmente, um processo científico de compreensão, análise e intervenção que se realiza através da aplicação sistematizada e controlada de métodos e técnicas psicológicas reconhecidas pela ciência, pela prática e pela ética profissional.” (BRASIL, 2000)
  • 5. Tipos de psicoterapia De acordo com:  Número de pessoas: individual; casal; familiar; grupo.  Duração: curtas (sessões determinadas); longas (geralmente sem previsão prévia)  Setting: presencial; online.  Condução do terapeuta: não diretiva; diretiva; mediador.
  • 6. Tipos de psicoterapia Perrez e Baumann (2004) classificam quatro grande propostas psicoterapêuticas:  Psicoterapias psicodinâmicas: explicam os problemas psíquicos com base em conflitos inconscientes. (Sigmund Freud, Melanie Klein, Lacan, Bion, Winnicott, Carl Jung, Alfred Adler, Erik Erikson.)
  • 7. Tipos de psicoterapia  Psicoterapias cognitivo-comportamentais: explicam os transtornos mentais baseadas na história de aprendizado do indivíduo e nas interações dele com seu meio, e têm por objetivo o restabelecimento das competências do paciente de controlar seu comportamento e de influenciar suas emoções e percepções. (Terapia cognitivo comportamental; neurofeedback, Aaron Beck.)
  • 8. Tipos de psicoterapia  Psicoterapias existencial-humanistas: Esse tipo de terapia parte do princípio de que todo ser humano possui em si uma força interna que, se não for impedida por influência externa, o conduz à sua plena realização. Elas explicam assim os transtornos psíquicos como fruto da incongruência entre a autoimagem e a experiência pessoal e buscam fomentar as forças de autorrealização (selfatualisation) do indivíduo. (Terapia centrada no cliente, gestaltoterapia, logoterapia)
  • 9. Tipos de psicoterapia  Psicoterapias orientadas na comunicação: consideram os transtornos do comportamento como expressão de estruturas de comunicação disfuncionais e buscam uma reorganização de tais estruturas ou a formação de novas, mais construtivas. (Psicoterapia sistêmica)
  • 10. Origens da psicoterapia “As psicoterapias possuem um caráter sapiencial que as aproxima dos antigos exercícios espirituais e sua riqueza consiste não só em resistir ao avanço da administração da vida, mas em preservar o lugar antes ocupado pela sabedoria antiga.” (DRAWIN, 2009, pág.29)
  • 12. Bosh- Nau do Insensatos
  • 14. Pinel