SlideShare uma empresa Scribd logo
Chás e propriedades
funcionais
História do chá
 Lenda chinesa do ano 2737 a.C com um
imperador que bebeu o chá depois que
folhas caíram na sua água fervente;
 Esta lenda é divulgada como a primeira
referência à infusão das folhas de chá
originária da China e da Índia.
 Na verdade, o primeiro registro escrito data
do século III a.C.
 No inicio do séc. IX, a cultura do chá foi
introduzida no Japão por monges budistas
História do chá
 A chegada do chá à Europa não foi rápida, sendo
que sua introdução no continente europeu ocorreu
no início do séc. XVII, em função do comércio que
então se estabelecia entre a Europa e o Oriente.
 Na Inglaterra, o seu consumo difundiu-se
rapidamente, estendendo-se aos países com forte
influência inglesa, primeiramente nos Estados
Unidos, depois na Austrália e Canadá.
Hoje o chá é uma das bebida mais
consumida em todo o mundo!!!
O que é o chá
 É proveniente das folhas da Camellia
sinensis.
 Atualmente, cerca de 3 mil produtos levam o
nome de chá mas, na verdade, podem ser
considerados chás mesmo, somente aqueles
que tenham em sua composição alguma
parte dessa planta.
Camellia sinensis
A planta
 É uma planta perene, do tipo arbustiva, a
Camellia sinensis pertecente a família das
Teáceas (Theacea).
 Originária do sudeste asiático, a planta produz
economicamente por mais de 50 anos.
 No Brasil o arbusto é cultivado principalmente
na região do Vale do Ribeira, no Estado de
São Paulo (chá preto).
Conhecendo os “chás”
 A expressão "chá de ervas" ou simplesmente "chá" é
freqüentemente usada para qualquer infusão de ervas, flores
ou frutas.
 Os chás mais populares são os de alecrim, alfazema, arnica,
camomila, erva cidreira e doce, hortelã, jasmim, carqueja,
menta, malva, e maracujá.
Porém, o chamado "chá verdadeiro" é aquele
proveniente da planta Camellia sinensis!!
Composição do chá
 O chá contem aminoácidos (teanina), cafeína e
substâncias antioxidantes.
 Praticamente não têm carboidratos, gorduras e
proteínas.
 Não possui sódio, não tem açúcar natural e por isso
não tem calorias
Tipos de chás
 Os tipos de chás são classificados de acordo
com o processo pelo qual passam.
 As folhas da Camellia sinensis começam
cedo a oxidar e murchar logo depois de
colhidas.
 A folha torna-se progressivamente escura
porque a clorofila é quebrada e os taninos
liberados. O próximo passo é parar o
processo de oxidação em um determinado
estágio com aquecimento.
Chá verde
 É o feito das folhas da Camellia, possui
sabor amargo, preferido pelo Japão e China.
 Folhas aquecidas e secas.
 Possui níveis concentrados de catequinas e
polifenóis.
 Por isso, agem na prevenção de câncer,
retardando o envelhecimento e protegendo
as células da ação dos radicais livres.
Chá verde
 Estudo feito com extrato de chá verde
contendo cafeína e polifenóis demonstrou
aumento de gasto energético.
 Como uma dose equivalente de cafeína não
provocou o mesmo efeito,sugeri-se que esse
resultado seja devido a ação de compostos
característicos do chá.
 As catequinas desse chá atuam na
eliminação de sódio.
Chá branco
 Elaborado a partir do broto da Camellia, ou
seja, das folhas mais jovens, com sabor mais
doce e suave.
 Colhido uma vez ao ano e não passa pelo
processo de aquecimento.
 Por isso, tem uma concentração maior de
princípio ativo.
 Mas possui as mesmas vantagens do chá
preto
Chá vermelho
 Conhecido também como Red tea ou Pu-erh
é uma variedade do chá verde.
 As folhas são aquecidas, secas,
comprimidas e armazenadas em barris.
 Características de fermentado.
 Benefícios como facilitador da digestão,
diminuição dos níveis de colesterol, e
desintoxicante são atribuídos a ele.
Chá preto
 Provem de folhas processadas, mais velhas.
 No processamento as catequinas sofrem
oxidação, conferindo a cor (alaranjada) e o
sabor (adstrigente) característico desse chá.
 É o mais consumido no mundo, sendo
preferidos pelos americanos e europeus.
 Também ricos em polifenois, principalmente
os flavonoides, que tem ação antioxidante.
Chá preto
 Os flavonoídes dessa chá inibem a
aglomeração de plaquetas – evitando
ataques cardíacos e AVC.
 Conferem níveis mais baixos de colesterol
 Contem flúor, que reforça o esmalte dos
dentes e evita cáries.
 Estudos ainda não evidentes de seu
consumo diminuir a incidência de câncer
(respiratórios e digestivo).
Chá Oolong
 Sofre processamento parecido com o do chá
preto, porém o processo de oxidação é
interrompido no começo.
 Passa por um processo de secagem e
aquecimento para remover a enzima que
promove sua oxidação
 Possui sabor suave e é menos comum no
Ocidente.
Chá Oolong
 Ação sinérgica entre a cafeína e as catequinas o que
estimula a termogênese.
 É um potente antioxidante.
 Reduz a incidência de câncer.
 Bloqueia o ataque das bactérias associadas às cáries.
 Protege contra infecções digestivas e respiratórias.
 Ajuda a diminuir a pressão arterial.
Camomila
 Matricaria chamomilla
 Intenso aroma despertou seu interesse (doce
perfume)
 Os antigos egípcios já faziam o chá de suas flores –
doença tipo malária
 Na Espanha utiliza-se um tipo de vinho - digestivo.
Camomila- utilização
 Popularmente, usada contra:
- problemas digestivos (gastrites e gases
intestinais),
- Insônias e tensão nervosa,
- reumatismo,
- dores (musculares, na coluna e menstruais).
 Muito usada nos cuidados com os bebês,
seja para acalmar as cólicas ou na higiene.
Camomila- utilização
 Na cosmética: realça o tom dourado dos cabelos
louros. Suaviza olheiras e inchaço dos olhos
(compressas).
 Concentram potentes óleos voláteis -
antiinflamatório, antiséptico, sedativo e
antiespasmódico.
 Previne complicações da diabetes – estudo japonês
realizado em ratos
Camomila- fundamentação
 Contem em seu óleo essencial o chamado
AZULENO, que é rico em antioxidantes
 HIPURATO (decomposição de fenólicos) que tem
ação antibacteriana – melhora o sistema
imunológico e combate infecções associadas a
gripes.
 GLICINA, um aminoácido que alivia espasmos
musculares
Preparo
 Infusão: consiste em se despejar água
fervente sobre a planta e depois abafar de 10
a 15 minutos.
- Este processo é utilizado para flores, folhas e
ervas aromáticas (essências do sabor e de
suas propriedades terapêuticas volatilizam).
 Cocção: consiste em cozinhar a planta.
Pode ser empregado para raízes, cascas e
sementes. Fervura de 3 a 15 minutos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tecnologia de vegetais
Tecnologia de vegetaisTecnologia de vegetais
Tecnologia de vegetais
Alvaro Galdos
 
Sustentabilidade na Agroindustria
Sustentabilidade na AgroindustriaSustentabilidade na Agroindustria
Sustentabilidade na Agroindustria
Amarildo da Cruz Fernandes, DSc.
 
Power Point "Racismo e Desigualdades Raciais no Brasil"
Power Point "Racismo e Desigualdades Raciais no Brasil"Power Point "Racismo e Desigualdades Raciais no Brasil"
Power Point "Racismo e Desigualdades Raciais no Brasil"
ANDI - Comunicação e Direitos
 
A cultura do nordeste
A cultura do nordesteA cultura do nordeste
A cultura do nordeste
Nicole Gouveia
 
Os Tipos de Conhecimento
Os Tipos de ConhecimentoOs Tipos de Conhecimento
Os Tipos de Conhecimento
Jonathan Nascyn
 
Aula Cidadania
Aula CidadaniaAula Cidadania
Aula Cidadania
Ana Márcia
 
Igualdade de Género
Igualdade de GéneroIgualdade de Género
Igualdade de Género
Ana Lúcia Francisco
 
O Racismo
O RacismoO Racismo
O Racismo
marleneves
 
Respeito a diversidade religiosa
Respeito a diversidade religiosaRespeito a diversidade religiosa
Respeito a diversidade religiosa
Paulo Gomes
 
tecnologia alimentos
tecnologia alimentostecnologia alimentos
tecnologia alimentos
Rudy Altamirano Ruiz
 
Fabricação de polpa e néctar de frutas
Fabricação de polpa e néctar de frutasFabricação de polpa e néctar de frutas
Fabricação de polpa e néctar de frutas
Camila Moresco
 
A cultura brasileira
A cultura brasileiraA cultura brasileira
A cultura brasileira
Edvilson Itb
 
Plantas medicinais-1-convertido (1)
Plantas medicinais-1-convertido (1)Plantas medicinais-1-convertido (1)
Plantas medicinais-1-convertido (1)
cleberkanofre1
 
Quimica de-alimentos-agua
Quimica de-alimentos-aguaQuimica de-alimentos-agua
Quimica de-alimentos-agua
Vanessa Alonso
 
A sociedade de consumo
A sociedade de consumoA sociedade de consumo
A sociedade de consumo
Helena Fonseca
 
Alimentos – ao longo do tempo
Alimentos – ao longo do tempoAlimentos – ao longo do tempo
Alimentos – ao longo do tempo
bertott5
 
Compostagem 17 11 2008
Compostagem 17 11 2008Compostagem 17 11 2008
Compostagem 17 11 2008
Ádila Faria
 
Povo e cultura
Povo e culturaPovo e cultura
Povo e cultura
Pedro Neves
 
Ética moral e valores
Ética moral e valoresÉtica moral e valores
Ética moral e valores
Patrícia Éderson Dias
 
Culinaria Brasileira HistóRia
Culinaria Brasileira HistóRiaCulinaria Brasileira HistóRia
Culinaria Brasileira HistóRia
Bombokado Kado
 

Mais procurados (20)

Tecnologia de vegetais
Tecnologia de vegetaisTecnologia de vegetais
Tecnologia de vegetais
 
Sustentabilidade na Agroindustria
Sustentabilidade na AgroindustriaSustentabilidade na Agroindustria
Sustentabilidade na Agroindustria
 
Power Point "Racismo e Desigualdades Raciais no Brasil"
Power Point "Racismo e Desigualdades Raciais no Brasil"Power Point "Racismo e Desigualdades Raciais no Brasil"
Power Point "Racismo e Desigualdades Raciais no Brasil"
 
A cultura do nordeste
A cultura do nordesteA cultura do nordeste
A cultura do nordeste
 
Os Tipos de Conhecimento
Os Tipos de ConhecimentoOs Tipos de Conhecimento
Os Tipos de Conhecimento
 
Aula Cidadania
Aula CidadaniaAula Cidadania
Aula Cidadania
 
Igualdade de Género
Igualdade de GéneroIgualdade de Género
Igualdade de Género
 
O Racismo
O RacismoO Racismo
O Racismo
 
Respeito a diversidade religiosa
Respeito a diversidade religiosaRespeito a diversidade religiosa
Respeito a diversidade religiosa
 
tecnologia alimentos
tecnologia alimentostecnologia alimentos
tecnologia alimentos
 
Fabricação de polpa e néctar de frutas
Fabricação de polpa e néctar de frutasFabricação de polpa e néctar de frutas
Fabricação de polpa e néctar de frutas
 
A cultura brasileira
A cultura brasileiraA cultura brasileira
A cultura brasileira
 
Plantas medicinais-1-convertido (1)
Plantas medicinais-1-convertido (1)Plantas medicinais-1-convertido (1)
Plantas medicinais-1-convertido (1)
 
Quimica de-alimentos-agua
Quimica de-alimentos-aguaQuimica de-alimentos-agua
Quimica de-alimentos-agua
 
A sociedade de consumo
A sociedade de consumoA sociedade de consumo
A sociedade de consumo
 
Alimentos – ao longo do tempo
Alimentos – ao longo do tempoAlimentos – ao longo do tempo
Alimentos – ao longo do tempo
 
Compostagem 17 11 2008
Compostagem 17 11 2008Compostagem 17 11 2008
Compostagem 17 11 2008
 
Povo e cultura
Povo e culturaPovo e cultura
Povo e cultura
 
Ética moral e valores
Ética moral e valoresÉtica moral e valores
Ética moral e valores
 
Culinaria Brasileira HistóRia
Culinaria Brasileira HistóRiaCulinaria Brasileira HistóRia
Culinaria Brasileira HistóRia
 

Destaque

100 chas-e-seus-beneficios-medicinais
100 chas-e-seus-beneficios-medicinais100 chas-e-seus-beneficios-medicinais
100 chas-e-seus-beneficios-medicinais
elohim78
 
Edição especial chás
Edição especial chásEdição especial chás
Edição especial chás
Meio & Mensagem
 
USO DAS ERVAS MEDICINAIS DE A a Z
USO DAS ERVAS MEDICINAIS DE A a ZUSO DAS ERVAS MEDICINAIS DE A a Z
USO DAS ERVAS MEDICINAIS DE A a Z
Antonio Marchi
 
Plantas medicinais
Plantas medicinaisPlantas medicinais
Plantas medicinais
Far Cavalcante
 
Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...
Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...
Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...
Innap Naturopatia
 
Plantas medicinais
Plantas medicinaisPlantas medicinais
Plantas medicinais
Alan Lima
 
Apostila de fitoterapia prof. rogério versolatto
Apostila de fitoterapia prof. rogério versolattoApostila de fitoterapia prof. rogério versolatto
Apostila de fitoterapia prof. rogério versolatto
Augusto Santana
 
Plantas Medicinais E NutriçãO
Plantas Medicinais E NutriçãOPlantas Medicinais E NutriçãO
Plantas Medicinais E NutriçãO
PRISCILA7PIVA
 
Plantas medicinais (camomila, gengibre, guaraná, copaíba e arruda)
Plantas medicinais (camomila, gengibre, guaraná, copaíba e arruda)Plantas medicinais (camomila, gengibre, guaraná, copaíba e arruda)
Plantas medicinais (camomila, gengibre, guaraná, copaíba e arruda)
poxalivs
 
Cartilha plantas medicinais
Cartilha plantas medicinaisCartilha plantas medicinais
Cartilha plantas medicinais
barbiebruxadoleste
 
Compare os nutrientes e os benefícios de 14 chás
Compare os nutrientes e os benefícios de 14 chásCompare os nutrientes e os benefícios de 14 chás
Compare os nutrientes e os benefícios de 14 chás
STILOVIDA E BEM-ESTAR
 
COMBINAÇÃO DE ALIMENTO AJUDA NA PERDA DE PESO
COMBINAÇÃO DE ALIMENTO AJUDA NA PERDA DE PESO COMBINAÇÃO DE ALIMENTO AJUDA NA PERDA DE PESO
COMBINAÇÃO DE ALIMENTO AJUDA NA PERDA DE PESO
Dr. Bem Estar
 
TOP 10 RECEITAS D.E.L.I.C.I.O.S.A.S
TOP 10 RECEITAS D.E.L.I.C.I.O.S.A.S    TOP 10 RECEITAS D.E.L.I.C.I.O.S.A.S
TOP 10 RECEITAS D.E.L.I.C.I.O.S.A.S
Point Feminino
 
Apostila Plantas Medicinais
Apostila Plantas MedicinaisApostila Plantas Medicinais
Apostila Plantas Medicinais
kabirin
 
O poder dos chás
O poder  dos chásO poder  dos chás
O poder dos chás
BIGLEONARDO PEREIRA MAIA
 
Consultas de Acumpuctura
Consultas de AcumpucturaConsultas de Acumpuctura
Consultas de Acumpuctura
Ana Carvalho
 
Ervas
ErvasErvas
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos CominhosPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Michele Pó
 
Panchakarma - Rita Quintas
Panchakarma - Rita QuintasPanchakarma - Rita Quintas
Panchakarma - Rita Quintas
Michele Pó
 
Fitoterápicos
FitoterápicosFitoterápicos
Fitoterápicos
Pedro Escudeiro
 

Destaque (20)

100 chas-e-seus-beneficios-medicinais
100 chas-e-seus-beneficios-medicinais100 chas-e-seus-beneficios-medicinais
100 chas-e-seus-beneficios-medicinais
 
Edição especial chás
Edição especial chásEdição especial chás
Edição especial chás
 
USO DAS ERVAS MEDICINAIS DE A a Z
USO DAS ERVAS MEDICINAIS DE A a ZUSO DAS ERVAS MEDICINAIS DE A a Z
USO DAS ERVAS MEDICINAIS DE A a Z
 
Plantas medicinais
Plantas medicinaisPlantas medicinais
Plantas medicinais
 
Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...
Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...
Fito modos de preparo , indicação e contra indicação, NATUROPATIA, TERAPIAS N...
 
Plantas medicinais
Plantas medicinaisPlantas medicinais
Plantas medicinais
 
Apostila de fitoterapia prof. rogério versolatto
Apostila de fitoterapia prof. rogério versolattoApostila de fitoterapia prof. rogério versolatto
Apostila de fitoterapia prof. rogério versolatto
 
Plantas Medicinais E NutriçãO
Plantas Medicinais E NutriçãOPlantas Medicinais E NutriçãO
Plantas Medicinais E NutriçãO
 
Plantas medicinais (camomila, gengibre, guaraná, copaíba e arruda)
Plantas medicinais (camomila, gengibre, guaraná, copaíba e arruda)Plantas medicinais (camomila, gengibre, guaraná, copaíba e arruda)
Plantas medicinais (camomila, gengibre, guaraná, copaíba e arruda)
 
Cartilha plantas medicinais
Cartilha plantas medicinaisCartilha plantas medicinais
Cartilha plantas medicinais
 
Compare os nutrientes e os benefícios de 14 chás
Compare os nutrientes e os benefícios de 14 chásCompare os nutrientes e os benefícios de 14 chás
Compare os nutrientes e os benefícios de 14 chás
 
COMBINAÇÃO DE ALIMENTO AJUDA NA PERDA DE PESO
COMBINAÇÃO DE ALIMENTO AJUDA NA PERDA DE PESO COMBINAÇÃO DE ALIMENTO AJUDA NA PERDA DE PESO
COMBINAÇÃO DE ALIMENTO AJUDA NA PERDA DE PESO
 
TOP 10 RECEITAS D.E.L.I.C.I.O.S.A.S
TOP 10 RECEITAS D.E.L.I.C.I.O.S.A.S    TOP 10 RECEITAS D.E.L.I.C.I.O.S.A.S
TOP 10 RECEITAS D.E.L.I.C.I.O.S.A.S
 
Apostila Plantas Medicinais
Apostila Plantas MedicinaisApostila Plantas Medicinais
Apostila Plantas Medicinais
 
O poder dos chás
O poder  dos chásO poder  dos chás
O poder dos chás
 
Consultas de Acumpuctura
Consultas de AcumpucturaConsultas de Acumpuctura
Consultas de Acumpuctura
 
Ervas
ErvasErvas
Ervas
 
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos CominhosPrincípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
Princípios Activos e Fitoterápicos Ayurvédicos dos Cominhos
 
Panchakarma - Rita Quintas
Panchakarma - Rita QuintasPanchakarma - Rita Quintas
Panchakarma - Rita Quintas
 
Fitoterápicos
FitoterápicosFitoterápicos
Fitoterápicos
 

Semelhante a Chás e suas Propriedades Funcionais

CLC
CLCCLC
Aula: Introdução a Medicina dos Chás - LASI/UFTM 2015
Aula: Introdução a Medicina dos Chás - LASI/UFTM 2015Aula: Introdução a Medicina dos Chás - LASI/UFTM 2015
Aula: Introdução a Medicina dos Chás - LASI/UFTM 2015
Lais Valente
 
50 chás-e-seus-benefícios
50 chás-e-seus-benefícios50 chás-e-seus-benefícios
50 chás-e-seus-benefícios
pauloweimann
 
Chá Verde
Chá VerdeChá Verde
Chá Verde
guest6c86535
 
Ervacidreira 100914171130-phpapp02
Ervacidreira 100914171130-phpapp02Ervacidreira 100914171130-phpapp02
Ervacidreira 100914171130-phpapp02
halynariznyk
 
Erva cidreira
Erva cidreiraErva cidreira
Erva cidreira
Ana Cristina Costa
 
Erva
ErvaErva
Erva cidreira
Erva cidreiraErva cidreira
Erva cidreira
keylogg
 
Ervacidreira 100914171130-phpapp02
Ervacidreira 100914171130-phpapp02Ervacidreira 100914171130-phpapp02
Ervacidreira 100914171130-phpapp02
Adriana Alves
 
Erva cidreira
Erva cidreiraErva cidreira
Erva cidreira
luisatavaresoliveira
 
Chás e cosmética natural
Chás e cosmética naturalChás e cosmética natural
Chás e cosmética natural
Teresa Castelo Branco
 
As Plantas De Chá
As Plantas De CháAs Plantas De Chá
As Plantas De Chá
osbenjamins
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
emgraciette
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
emgraciette
 
Alimentos funcionais chas -
Alimentos funcionais   chas -Alimentos funcionais   chas -
Alimentos funcionais chas -
Sandra Barros
 
36544490 apostila-de-fitoterapia-lista-de-preparacao-e-usos-de-ervas (1)
36544490 apostila-de-fitoterapia-lista-de-preparacao-e-usos-de-ervas (1)36544490 apostila-de-fitoterapia-lista-de-preparacao-e-usos-de-ervas (1)
36544490 apostila-de-fitoterapia-lista-de-preparacao-e-usos-de-ervas (1)
Maria Alves Silva
 
plantas medicinais
plantas medicinaisplantas medicinais
plantas medicinais
filyngana
 
Plantas e efeitos
Plantas e efeitosPlantas e efeitos
Plantas e efeitos
Agostinho Inelso Ribeiro
 
Calendario medicinal 2b
Calendario medicinal 2bCalendario medicinal 2b
Calendario medicinal 2b
zezinhojc
 
Apostila de-fitoterapia-preparacao-e-usos-de-ervas
Apostila de-fitoterapia-preparacao-e-usos-de-ervasApostila de-fitoterapia-preparacao-e-usos-de-ervas
Apostila de-fitoterapia-preparacao-e-usos-de-ervas
Gilvanda ribeiro
 

Semelhante a Chás e suas Propriedades Funcionais (20)

CLC
CLCCLC
CLC
 
Aula: Introdução a Medicina dos Chás - LASI/UFTM 2015
Aula: Introdução a Medicina dos Chás - LASI/UFTM 2015Aula: Introdução a Medicina dos Chás - LASI/UFTM 2015
Aula: Introdução a Medicina dos Chás - LASI/UFTM 2015
 
50 chás-e-seus-benefícios
50 chás-e-seus-benefícios50 chás-e-seus-benefícios
50 chás-e-seus-benefícios
 
Chá Verde
Chá VerdeChá Verde
Chá Verde
 
Ervacidreira 100914171130-phpapp02
Ervacidreira 100914171130-phpapp02Ervacidreira 100914171130-phpapp02
Ervacidreira 100914171130-phpapp02
 
Erva cidreira
Erva cidreiraErva cidreira
Erva cidreira
 
Erva
ErvaErva
Erva
 
Erva cidreira
Erva cidreiraErva cidreira
Erva cidreira
 
Ervacidreira 100914171130-phpapp02
Ervacidreira 100914171130-phpapp02Ervacidreira 100914171130-phpapp02
Ervacidreira 100914171130-phpapp02
 
Erva cidreira
Erva cidreiraErva cidreira
Erva cidreira
 
Chás e cosmética natural
Chás e cosmética naturalChás e cosmética natural
Chás e cosmética natural
 
As Plantas De Chá
As Plantas De CháAs Plantas De Chá
As Plantas De Chá
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Alimentos funcionais chas -
Alimentos funcionais   chas -Alimentos funcionais   chas -
Alimentos funcionais chas -
 
36544490 apostila-de-fitoterapia-lista-de-preparacao-e-usos-de-ervas (1)
36544490 apostila-de-fitoterapia-lista-de-preparacao-e-usos-de-ervas (1)36544490 apostila-de-fitoterapia-lista-de-preparacao-e-usos-de-ervas (1)
36544490 apostila-de-fitoterapia-lista-de-preparacao-e-usos-de-ervas (1)
 
plantas medicinais
plantas medicinaisplantas medicinais
plantas medicinais
 
Plantas e efeitos
Plantas e efeitosPlantas e efeitos
Plantas e efeitos
 
Calendario medicinal 2b
Calendario medicinal 2bCalendario medicinal 2b
Calendario medicinal 2b
 
Apostila de-fitoterapia-preparacao-e-usos-de-ervas
Apostila de-fitoterapia-preparacao-e-usos-de-ervasApostila de-fitoterapia-preparacao-e-usos-de-ervas
Apostila de-fitoterapia-preparacao-e-usos-de-ervas
 

Último

aula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opcaula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
polianasenaces
 
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
E-Commerce Brasil
 
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
MartesonCasteloBranc1
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
E-Commerce Brasil
 

Último (6)

aula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opcaula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
 
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
 
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
 

Chás e suas Propriedades Funcionais

  • 2. História do chá  Lenda chinesa do ano 2737 a.C com um imperador que bebeu o chá depois que folhas caíram na sua água fervente;  Esta lenda é divulgada como a primeira referência à infusão das folhas de chá originária da China e da Índia.  Na verdade, o primeiro registro escrito data do século III a.C.  No inicio do séc. IX, a cultura do chá foi introduzida no Japão por monges budistas
  • 3. História do chá  A chegada do chá à Europa não foi rápida, sendo que sua introdução no continente europeu ocorreu no início do séc. XVII, em função do comércio que então se estabelecia entre a Europa e o Oriente.  Na Inglaterra, o seu consumo difundiu-se rapidamente, estendendo-se aos países com forte influência inglesa, primeiramente nos Estados Unidos, depois na Austrália e Canadá. Hoje o chá é uma das bebida mais consumida em todo o mundo!!!
  • 4. O que é o chá  É proveniente das folhas da Camellia sinensis.  Atualmente, cerca de 3 mil produtos levam o nome de chá mas, na verdade, podem ser considerados chás mesmo, somente aqueles que tenham em sua composição alguma parte dessa planta.
  • 6. A planta  É uma planta perene, do tipo arbustiva, a Camellia sinensis pertecente a família das Teáceas (Theacea).  Originária do sudeste asiático, a planta produz economicamente por mais de 50 anos.  No Brasil o arbusto é cultivado principalmente na região do Vale do Ribeira, no Estado de São Paulo (chá preto).
  • 7. Conhecendo os “chás”  A expressão "chá de ervas" ou simplesmente "chá" é freqüentemente usada para qualquer infusão de ervas, flores ou frutas.  Os chás mais populares são os de alecrim, alfazema, arnica, camomila, erva cidreira e doce, hortelã, jasmim, carqueja, menta, malva, e maracujá. Porém, o chamado "chá verdadeiro" é aquele proveniente da planta Camellia sinensis!!
  • 8. Composição do chá  O chá contem aminoácidos (teanina), cafeína e substâncias antioxidantes.  Praticamente não têm carboidratos, gorduras e proteínas.  Não possui sódio, não tem açúcar natural e por isso não tem calorias
  • 9. Tipos de chás  Os tipos de chás são classificados de acordo com o processo pelo qual passam.  As folhas da Camellia sinensis começam cedo a oxidar e murchar logo depois de colhidas.  A folha torna-se progressivamente escura porque a clorofila é quebrada e os taninos liberados. O próximo passo é parar o processo de oxidação em um determinado estágio com aquecimento.
  • 10. Chá verde  É o feito das folhas da Camellia, possui sabor amargo, preferido pelo Japão e China.  Folhas aquecidas e secas.  Possui níveis concentrados de catequinas e polifenóis.  Por isso, agem na prevenção de câncer, retardando o envelhecimento e protegendo as células da ação dos radicais livres.
  • 11. Chá verde  Estudo feito com extrato de chá verde contendo cafeína e polifenóis demonstrou aumento de gasto energético.  Como uma dose equivalente de cafeína não provocou o mesmo efeito,sugeri-se que esse resultado seja devido a ação de compostos característicos do chá.  As catequinas desse chá atuam na eliminação de sódio.
  • 12. Chá branco  Elaborado a partir do broto da Camellia, ou seja, das folhas mais jovens, com sabor mais doce e suave.  Colhido uma vez ao ano e não passa pelo processo de aquecimento.  Por isso, tem uma concentração maior de princípio ativo.  Mas possui as mesmas vantagens do chá preto
  • 13. Chá vermelho  Conhecido também como Red tea ou Pu-erh é uma variedade do chá verde.  As folhas são aquecidas, secas, comprimidas e armazenadas em barris.  Características de fermentado.  Benefícios como facilitador da digestão, diminuição dos níveis de colesterol, e desintoxicante são atribuídos a ele.
  • 14. Chá preto  Provem de folhas processadas, mais velhas.  No processamento as catequinas sofrem oxidação, conferindo a cor (alaranjada) e o sabor (adstrigente) característico desse chá.  É o mais consumido no mundo, sendo preferidos pelos americanos e europeus.  Também ricos em polifenois, principalmente os flavonoides, que tem ação antioxidante.
  • 15. Chá preto  Os flavonoídes dessa chá inibem a aglomeração de plaquetas – evitando ataques cardíacos e AVC.  Conferem níveis mais baixos de colesterol  Contem flúor, que reforça o esmalte dos dentes e evita cáries.  Estudos ainda não evidentes de seu consumo diminuir a incidência de câncer (respiratórios e digestivo).
  • 16. Chá Oolong  Sofre processamento parecido com o do chá preto, porém o processo de oxidação é interrompido no começo.  Passa por um processo de secagem e aquecimento para remover a enzima que promove sua oxidação  Possui sabor suave e é menos comum no Ocidente.
  • 17. Chá Oolong  Ação sinérgica entre a cafeína e as catequinas o que estimula a termogênese.  É um potente antioxidante.  Reduz a incidência de câncer.  Bloqueia o ataque das bactérias associadas às cáries.  Protege contra infecções digestivas e respiratórias.  Ajuda a diminuir a pressão arterial.
  • 18.
  • 19. Camomila  Matricaria chamomilla  Intenso aroma despertou seu interesse (doce perfume)  Os antigos egípcios já faziam o chá de suas flores – doença tipo malária  Na Espanha utiliza-se um tipo de vinho - digestivo.
  • 20. Camomila- utilização  Popularmente, usada contra: - problemas digestivos (gastrites e gases intestinais), - Insônias e tensão nervosa, - reumatismo, - dores (musculares, na coluna e menstruais).  Muito usada nos cuidados com os bebês, seja para acalmar as cólicas ou na higiene.
  • 21. Camomila- utilização  Na cosmética: realça o tom dourado dos cabelos louros. Suaviza olheiras e inchaço dos olhos (compressas).  Concentram potentes óleos voláteis - antiinflamatório, antiséptico, sedativo e antiespasmódico.  Previne complicações da diabetes – estudo japonês realizado em ratos
  • 22. Camomila- fundamentação  Contem em seu óleo essencial o chamado AZULENO, que é rico em antioxidantes  HIPURATO (decomposição de fenólicos) que tem ação antibacteriana – melhora o sistema imunológico e combate infecções associadas a gripes.  GLICINA, um aminoácido que alivia espasmos musculares
  • 23. Preparo  Infusão: consiste em se despejar água fervente sobre a planta e depois abafar de 10 a 15 minutos. - Este processo é utilizado para flores, folhas e ervas aromáticas (essências do sabor e de suas propriedades terapêuticas volatilizam).  Cocção: consiste em cozinhar a planta. Pode ser empregado para raízes, cascas e sementes. Fervura de 3 a 15 minutos.