SlideShare uma empresa Scribd logo
Brasil: Cenários 2008-2014 e a Crise Mundial  Claudio Porto e Rodrigo Ventura 09 de dezembro de 2008
Sobre a Macroplan ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],75% dos clientes desenvolveram mais de um projeto com a Macroplan
Experiência da Macroplan Clientes e Projetos - Cenários Cenários Exploratórios e Plano de Desenvolvimento do ES 2005-2025 Cenários Exploratórios do Rio de Janeiro 2007-2027 e Plano Estratégico 2007 - 2010 Cenários Energéticos da Amazônia  1998-2020 Cenários do Ambiente de PD&I para o Agronegócio 2007-2023 Cenários do setor de telecomunicações 1996-2010 Cenários da indústria de cerâmicas e revestimento1995-2005 Cenários  Corporativos 2004-2015 e Regionalização do Cenário Corporativo  Cenários do Ambiente de Atuação das Organizações de Pesquisa 2002-2012 Cenários  Exploratórios e Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado 2007-2023 Cenários focalizados do Sistema SENAC 2000-2005 e do SENAC SP 2000-2010 Cenários e Plano Estratégico  do Sistema 1996-2010 e Regiões Cenários  e Plano Estratégico 2003-2010
Cenários publicados  1 2 3
ATENÇÃO! Este estudo ainda não incorpora todos os desdobramentos e impactos da crise financeira global que eclodiu em setembro de 2008, especialmente no tocante às quantificações. Mas o 1º monitoramento dos cenários Macroplan pós-crise já está disponível em www.macroplan.com.br
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Plano da Apresentação
[object Object]
Brasil: crescimento econômico no  século XX ,[object Object],[object Object],Crescimento Econômico Acumulado entre 1980 e 2007 – Brasil x Mundo (Índice 1979 = 100) Fonte: Banco Mundial (2008)
Brasil: aceleração recente do crescimento Taxa de investimento (% do PIB) Fonte: IBGE/SCN (2007) Taxa de crescimento do PIB trimestral em relação ao ano anterior (com ajuste sazonal) Crescimento do PIB puxado pelo consumo interno (em pontos percentuais) Fonte: IPEA (2008) Taxa média de crescimento do PIB PIB Setor Externo Consumo Formação Bruta de Capital
A principal incerteza para os próximos 6 anos ,[object Object],[object Object]
[object Object]
Potencialidades estruturais ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Diversidade e abundância de fontes de energia, inclusive renováveis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Fonte :  EPE (2007) Urânio e derivados  1,4% Carvão e mineral e derivados 6,2% Gás Natural 9,3% Energia hidráulica  e eletricidade  14,7% Biomassa  15,6% Produtos da  cana-de-açúcar 16,0% Petróleo e derivados  36,7% Matriz Energética Brasileira - 2007
Disponibilidade de água e solos agricultáveis ,[object Object],[object Object],Fonte:  Revista Veja edição 1843 (2004) Uso e disponibilidade da terra – EUA x Brasil Novas áreas Áreas  degradadas  Áreas disponíveis para agropecuária  (em milhões de hectares) Estados  Unidos Brasil Plantio de grãos 140 milhões de hectares 40 milhões de hectares Pastagens 320 milhões de hectares 220 milhões de hectares Áreas disponíveis para agropecuária 0 106 milhões de hectares
3.   Mercado nacional integrado e de grande escala, com segmentos econômicos mundialmente competitivos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Evolução da produtividade da safra brasileira (em milhões de toneladas colhidas e em milhões de hectares plantados) A produção aumenta... ... A área cultivada cresce lentamente e.... ... A produtividade dispara  (em toneladas por hectare) *previsão IBGE Fonte:  Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento A Multiplicação dos Grãos
Solidez e elevado desempenho do Sistema Financeiro Nacional ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Lucro líquido dos principais bancos atuantes no Brasil (em bilhões de reais) Fonte: FSP (2008) 2007 2006
Dimensão e dinamismo do mercado interno ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Pujança do mercado acionário  (até o 1º semestre de 2008) Capitalização das ações em bolsas ( em US$ bilhões) Fonte :  Federação Mundial de Bolsas de Valores - Ibovespa (2008) APUD Mundo Corporativo 20 (2º trim./2008)
Acúmulo de reservas internacionais e diversificação de mercados Principais destinos das exportações brasileiras  (em bilhões de US$) Fonte:  MDIC (2008) Reservas internacionais e spread da dívida (2001-2008 ) Fonte:  Ipeadata (2008)
Debilidades: os principais gargalos ao desenvolvimento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Baixo nível de escolaridade e de capacitação da população ,[object Object],[object Object],Fonte: OCDE Proficiência em Leitura – PISA 2006 Proficiência em Matemática– PISA 2006
Gargalos na infra-estrutura logística ,[object Object],[object Object],[object Object],Fonte :  CNT (2008) Condições  das  rodovias no  Brasil (2007)
... e riscos de desabastecimento de energia elétrica  ,[object Object],[object Object],[object Object],Preço médio da energia elétrica no “mercado livre” Fonte: CCEE (2008) Elaboração: MB Associados 600 500 400 300 200 100 0 jan/04  jul/04  jan/05  jul/05  jan/06  jul/06  jan/07  jul/07  jan/08 SE/CO S NE N
Carga tributária elevada e má qualidade do gasto público ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Receita Despesa PIB Crescimento das Receitas e Despesas Correntes do Governo Federal (2002 = 100) Fonte:  SIAFI/STN (2008) - 50  100  150  200  250  300  2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007
Déficit da previdência e pressões crescentes sobre o sistema previdenciário ,[object Object],[object Object],[object Object],Relação contribuinte/beneficiário do sistema previdenciário (1950-2002) Fonte:  Giambiagi (2007) Fonte:  Rossetti (2002) Gastos anuais do INSS 1988-2007 (% do PIB)
Excesso de burocracia ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Fonte: Doing Business 2008, Banco Mundial
Elevada pressão antrópica Área de distribuição original do Cerrado Principais remanescentes de vegetação nativa de Cerrado 2002 Fonte: Ministério Meio  ambiente ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Fonte: CI-Brasil
... mas a expansão da produção de cana-de-açúcar não é parte relevante desta pressão Áreas de produção  Áreas de expansão ~ 1990-2005 Floresta Amazônica Convenções Fonte: MPOG / IBGE, 2007 AL RN PB PE
7. Baixo desempenho em P&D e Inovação ,[object Object],[object Object],Fonte: MCT  Fonte: Wipo (World International Patent Organization)
A China está ‘disparando’ em P&D e o Brasil é o últimos entre os BRICs Crescimento dos investimentos em P&D dos 4 BRICs – 1996 a 2006 Fonte: Banco Mundial (2007) e Unesco (2007) Nota: Dados extrapolados para 2006 75 125 175 225 275 325 375 425 475 525 1996 1998 2000 2002 2004 2006 Índice  (1996 = 100)  Brasil Rússia Índia China
[object Object]
O Brasil nos próximos 6 anos: ,[object Object]
Tendências Consolidadas 2008-2014: Mundo ,[object Object],[object Object],[object Object]
Aumento da demanda mundial por commodities industriais e agrícolas  (minérios, papel e celulose e alimentos)  nas quais o Brasil é muito competitivo ,[object Object],[object Object],Fonte: IISI, 2005 Fonte: IFPRI - ABAG (2005) Aço Minérios Cereais Carne
Tendências Consolidadas 2008-2014: Brasil ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Interiorização do desenvolvimento nacional
O Brasil nos próximos 8 anos: ,[object Object]
As  incertezas  para 2008-2014 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Reformas necessárias para o enfrentamento dos gargalos estruturais ao desenvolvimento sustentável Macro Micro ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
O Brasil nos próximos 8 anos: ,[object Object]
Quatro Cenários Econômicos para o Brasil  2008-2014 Predominantemente Favorável Baixa Alta ,[object Object],[object Object],Predominantemente Desfavorável 4. Baleia Encalhada De volta ao atoleiro 3. Travessia na Turbulência O crescimento com barreiras 2. Crescimento Inercial O desperdício das melhores oportunidades Intensidade de enfrentamento dos gargalos estruturais ao desenvolvimento sustentado Ambiente  econômico  externo  (em relação ao Brasil) Cenário mais provável antes da crise
Os Quatro Cenários Econômicos em  2008 – 2010 Variável Cenário 1: Salto para o Futuro Cenário 2: Crescimento Inercial Cenário 3: Travessia na Turbulência Cenário 4: Baleia Encalhada Mundo Economia Norte-Americana Recessão leve e enfrentamento estrutural à crise Aprofundamento da recessão americana Economias Emergentes Descolamento parcial das economias emergentes em relação aos EUA e manutenção do crescimento mundial, embora mais moderado Contaminação das economias emergentes e significativa redução do crescimento mundial Preços das  Commodities Sustentação dos altos preços do petróleo e das demais  commodities Alta volatilidade e altos preços das commodities Liquidez Internacional Moderada redução da liquidez no sistema financeiro internacional  Crise de confiança do sistema financeiro acompanhada por uma acentuada redução da liquidez internacional Demanda por produtos brasileiros Manutenção da trajetória de crescimento da demanda por produtos brasileiros Arrefecimento do crescimento da demanda por produtos brasileiros Brasil Política Econômica Aprimoramento, com superávit nominal Manutenção Aprimoramento, com superávit nominal Flexibilização Política Fiscal Austera, com forte contenção das despesas de custeio Expansão das despesas de custeio, mantido o superávit primário Austera, com significativo corte nos gastos públicos Aumento das despesas de custeio e redução do superávit primário
Os Quatro Cenários Econômicos em  2008 – 2010 Variável Cenário 1:  Salto para o Futuro Cenário 2: Crescimento Inercial Cenário 3: Travessia na Turbulência Cenário 4: Baleia Encalhada Brasil (Continuação) Reformas estruturantes Aprovação da 1ª etapa da reforma tributária Morosa tramitação da reforma tributária Implementação da 1ª etapa da reforma tributária Agenda de reformas totalmente paralisadas Marcos regulatórios Aprimoramento dos marcos regulatórios, orientados à atração de capital privado  Manutenção das dificuldades regulatórias, mitigando o investimento privado Aprimoramento dos marcos regulatórios, orientados à atração de capital privado  Deterioração dos marcos regulatórios, inibindo o investimento privado Implantação do PAC Salto de desempenho na implementação do PAC Atraso na maioria dos projetos, com exceção dos projetos de energia Desaceleração da implementação do PAC Atraso na  maioria dos projetos, com exceção dos projetos de energia Investimento em CT&I Fortes investimentos públicos e privados Crescimento incremental do  investimento em CT&I Manutenção de baixo investimento em CT&I Baixo volume de investimento em CT&I Crescimento Econômico e Nível de Emprego Manutenção da trajetória de crescimento da economia e do nível de emprego Suave redução do crescimento econômico e manutenção do nível de emprego Diminuição do ritmo de crescimento e leve aumento do desemprego Perda do dinamismo econômico e queda do nível de emprego
Os Quatro Cenários Econômicos em 2011 – 2014 Variável Cenário 1: Salto para o Futuro Cenário 2: Crescimento Inercial Cenário 3: Travessia na Turbulência Cenário 4:  Baleia Encalhada Mundo Economia Norte-Americana Superação da crise com recuperação da confiança dos consumidores e aceleração do crescimento Lenta recuperação dos indicadores econômicos e financeiros após a crise Economias Emergentes Gradual recuperação do crescimento econômico de China e Índia Desaceleração suave do crescimento econômico de China e Índia Preços das  Commodities Manutenção dos preços das  commodities  em elevados patamares Permanência da alta volatilidade e de altos preços das  commodities Liquidez Internacional Elevação da liquidez no sistema financeiro internacional Redução da liquidez internacional, acentuada instabilidade financeira e movimentos abruptos de capital Demanda mundial por produtos  brasileiros Manutenção da alta demanda por produtos brasileiros Moderada recuperação da demanda mundial por produtos brasileiros Brasil Reformas estruturantes Novo ciclo de reformas: administrativa, política, do judiciário, trabalhista e previdenciária Avanços incrementais na agenda de reformas: previdenciária e trabalhista Novo ciclo de reformas: administrativa, política, do judiciário, trabalhista e previdenciária Estagnação da agenda de reformas
Os Quatro Cenários Econômicos  em 2011 – 2014 Variável Cenário 1:  Salto para o Futuro Cenário 2: Crescimento Inercial Cenário 3: Travessia na Turbulência Cenário 4: Baleia Encalhada Brasil (Continuação) Ambiente de negócios Grande melhoria do ambiente de negócios Pequena melhoria do ambiente de negócios Melhoria gradual do ambiente de negócios Precarização do ambiente de negócios Formalização de negócios Saltos na formalização dos negócios e das relações trabalhistas Crescimento incremental da formalização Crescimento incremental da formalização Ampliação da informalidade e da ilegalidade Investimentos Forte atratividade de investimentos privados e ampliação de parcerias público-privadas Expansão dos investimentos  privados em setores mundialmente competitivos Expansão dos investimentos, capitaneados pelos setor privado Moderada atratividade para investimentos privados Investimento em CT&I Ampliação com expressiva participação privada Crescimento incremental dos investimentos Ampliação dos investimentos Desaceleração dos investimentos públicos e privados Crescimento Econômico Manutenção do forte crescimento econômico e do nível de emprego Crescimento da economia e do emprego permanecem em patamares medianos Manutenção do crescimento, mesmo com barreiras Diminuição da taxa de  crescimento econômico
[object Object]
As origens da crise A metáfora do iceberg Eventos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Origens da Crise Relação entre a economia financeira e a economia real – 1990 e 2008 Grau de alavancagem de alguns bancos americanos EUA: poupança familiar em percentual da renda disponível EUA: dívida dos mutuários em percentual da renda disponível Fontes: Revista Veja (out/2008) e The Economist (nov/2008) 31 30 25 18 Recomendado  pelo BIS 12 Merrill Lynch Lehman Brothers Goldman Sachs Citigroup
Os impactos da crise Fonte:Economática, Bloomberg, Factset, Factiva (acessado em 30/09/2008)
Os impactos da crise sobre o preço das  commodities ,[object Object],[object Object]
Os impactos da crise sobre o preço do petróleo Fontes:  Ipeadata e Bloomberg Em US$ por barril
A reação à crise orquestrada pelos Governos Fontes: Revista Exame (dez/2008) e The Economist (nov/2008) Os Pacotes de Ajuda US$ 4 Trilhões total de gastos com a crise € 2,2 trilhões Europa US$ 700 bilhões Pacote anti-crise € 500 bilhões Alemanha € 496  bilhões França € 270  bilhões Holanda € 136  bilhões Espanha £ 90  bilhões Inglaterra EUA China Coréia do Sul Brasil US$ 586 bilhões US$ 130 bilhões US$ 95 bilhões
O que é certo ou quase certo no contexto mundial até 2010 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],As incertezas econômicas globais ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
As incertezas econômicas globais ,[object Object],Curta 9 a 18 meses Longa 2 anos ou mais
Quatro cenários focalizados nos impactos da crise financeira sobre a economia real Ampla Localizada 1. Recessão prolongada  nos EUA,  Europa e Japão e moderada desaceleração dos emergentes   Longa Curta 4. Recessão  mundial  passageira 3. Recessão rápida nos  EUA,  Europa e Japão e pequena desaceleração dos emergentes  2. Recessão  mundial  prolongada Cenário perseguido pelos Governos Cenário provável ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
Impactos imediatos da crise no Brasil ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Fonte: Bovespa Histórico do Índice Bovespa - 6 Meses
O Brasil e a crise – impactos sobre o ambiente empresarial ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
O que é certo ou quase certo no Brasil até 2010 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Novas incertezas – Brasil 2009 e 2010 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Quatro Cenários Econômicos para o Brasil  2008-2014 Predominantemente Favorável Baixa Alta ,[object Object],[object Object],Predominantemente Desfavorável 4. Baleia Encalhada De volta ao atoleiro 3. Travessia na Turbulência O crescimento com barreiras 2. Crescimento Inercial O desperdício das melhores oportunidades Intensidade de enfrentamento dos gargalos estruturais ao desenvolvimento sustentado Ambiente  econômico  externo  (em relação ao Brasil) Cenário  mais  provável  antes da  crise
Quatro Cenários Econômicos para o Brasil  2008-2014 Predominantemente Favorável Baixa Alta ,[object Object],[object Object],Predominantemente Desfavorável 4. Baleia Encalhada De volta ao atoleiro 3. Travessia na Turbulência O crescimento com barreiras 2. Crescimento Inercial O desperdício das melhores oportunidades Intensidade de enfrentamento dos gargalos estruturais ao desenvolvimento sustentado Ambiente  econômico  externo  (em relação ao Brasil) O  Cenário  Está mudando
Uma incerteza para 2010 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Desfechos plausíveis das eleições de 2010 Novo ciclo de reformas Continuidade  “ business as usual ” Neo populismo Escopo  das reformas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Não há reformas nem melhorias Política econômica ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Atratividade do ambiente de negócios para investimentos privados  Muito alta Média Baixa
 
Taxa de crescimento do PIB (% a.a.) 5,4% 5,2% 2,5% 4,5% 6,0% 3,5% 4,0% 3,5% 4,0% 2,8% 3,0% 2,8% 3,0% 2,5% 2,0% 0,0% 1,0% 2,0% 3,0% 4,0% 5,0% 6,0% 7,0% 2007 2008 2009 2010 2012 2014 Neo-populismo Novo Ciclo de Reformas Continuidade 2,8% Fonte:  Macroplan – Prospectiva, Estratégia & Gestão, dezembro de 2008
Inflação (% a.a.) 4,5% 6,3% 5,2% 5,0% 4,5% 5,0% 6,0% 6,0% 7,0% 7,5% 9,5% 12,0% 12,5% 16,0% 0,0% 2,0% 4,0% 6,0% 8,0% 10,0% 12,0% 14,0% 16,0% 18,0% 2007 2008 2009 2010 2012 2014 Inercial 5,5% Neo-populismo Novo Ciclo de Reformas Continuidade 5,5% Fonte:  Macroplan – Prospectiva, Estratégia & Gestão, dezembro de 2008
Relação Dívida - PIB (% do PIB) 42,7% 38,5% 38,0% 35,0% 30,0% 36,5% 32,5% 37% 35,0% 38% 38,0% 52,0% 55,0% 57,5% 60,0% 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% 60,0% 70,0% 2007 2008 2009 2010 2012 2014 Neo-populismo Novo Ciclo de Reformas Continuidade 37,5% Fonte:  Macroplan – Prospectiva, Estratégia & Gestão, dezembro de 2008
Investimento Externo Direto – IED (US$ bilhões) 34,5 35,0 25,0 42,5 55,0 38,0 48,0 35,0 35,0 30,0 30,0 20,0 20,0 14,0 14,0 0,0 10,0 20,0 30,0 40,0 50,0 60,0 2007 2008 2009 2010 2012 2014 Neo-populismo Novo Ciclo de Reformas Continuidade 28,0 Fonte:  Macroplan – Prospectiva, Estratégia & Gestão, dezembro de 2008
Taxa de Investimento (% do PIB) 17,7% 18,5% 18,0%  23,0% 24,0% 21,0% 23,0% 19,0% 21,0% 18,5% 18,5% 17,0% 17,5% 16,5% 16,0% 0,0% 5,0% 10,0% 15,0% 20,0% 25,0% 30,0% 2007 2008 2009 2010 2012 2014 Neo-populismo Novo Ciclo de Reformas Continuidade 18,5% Fonte:  Macroplan – Prospectiva, Estratégia & Gestão, dezembro de 2008
Impactos da crise sobre o setor de petróleo e gás no Brasil ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tendência ascendente a longo prazo do preço do petróleo 0 20 40 60 80 100 120 140 1957.01 1958.09 1960.05 1962.01 1963.09 1965.05 1967.01 1968.09 1970.05 1972.01 1973.09 1975.05 1977.01 1978.09 1980.05 1982.01 1983.09 1985.05 1987.01 1988.09 1990.05 1992.01 1993.09 1995.05 1997.01 1998.09 2000.05 2002.01 2003.09 2005.05 2007.01 2008.09 Em US$ por barril Fontes:  Ipeadata e Bloomberg
Impactos da crise sobre o setor de petróleo e gás no Brasil ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Conclusões ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A crise econômica no brasil
A crise econômica no brasilA crise econômica no brasil
A crise econômica no brasilDiego Guilherme
 
Tendências, cenário e expectativas do setor para 2016
Tendências, cenário e expectativas do setor para 2016Tendências, cenário e expectativas do setor para 2016
Tendências, cenário e expectativas do setor para 2016Pj Eventos
 
Crise Financeira e Crise Económica
Crise Financeira e Crise EconómicaCrise Financeira e Crise Económica
Crise Financeira e Crise EconómicaJosé Augusto
 
Sinborsul sinmetal
Sinborsul sinmetalSinborsul sinmetal
Sinborsul sinmetalIgor Morais
 
Apresentação igor
Apresentação igorApresentação igor
Apresentação igorIgor Morais
 
Análise de conjuntura - O Brasil e a crise - Maio de 2009
Análise de conjuntura - O Brasil e a crise - Maio de 2009Análise de conjuntura - O Brasil e a crise - Maio de 2009
Análise de conjuntura - O Brasil e a crise - Maio de 2009Aloizio Mercadante
 
Economia internacional cont.
Economia internacional   cont.Economia internacional   cont.
Economia internacional cont.Ana Monteiro
 
Retrospectiva Prospectiva: Um futuro não muito brilhante
Retrospectiva Prospectiva: Um futuro não muito brilhanteRetrospectiva Prospectiva: Um futuro não muito brilhante
Retrospectiva Prospectiva: Um futuro não muito brilhanteBanco Pine
 
O Mundo e o Brasil: Cenários Focalizados na Crise e Pós-Crise Econômica – um ...
O Mundo e o Brasil: Cenários Focalizados na Crise e Pós-Crise Econômica – um ...O Mundo e o Brasil: Cenários Focalizados na Crise e Pós-Crise Econômica – um ...
O Mundo e o Brasil: Cenários Focalizados na Crise e Pós-Crise Econômica – um ...Macroplan
 
A instabilidade econômica nacional e impactos no mercado consumidor
A instabilidade econômica nacional e impactos no mercado consumidorA instabilidade econômica nacional e impactos no mercado consumidor
A instabilidade econômica nacional e impactos no mercado consumidorFundação de Economia e Estatística
 

Mais procurados (20)

Economia brasileira e gaúcha - Perspectivas 2015 e 2016
Economia brasileira e gaúcha - Perspectivas 2015 e 2016Economia brasileira e gaúcha - Perspectivas 2015 e 2016
Economia brasileira e gaúcha - Perspectivas 2015 e 2016
 
G8 - Crise econômica
G8 - Crise econômicaG8 - Crise econômica
G8 - Crise econômica
 
Apresentação Seminário Economia
Apresentação Seminário EconomiaApresentação Seminário Economia
Apresentação Seminário Economia
 
A crise econômica no brasil
A crise econômica no brasilA crise econômica no brasil
A crise econômica no brasil
 
Tendências, cenário e expectativas do setor para 2016
Tendências, cenário e expectativas do setor para 2016Tendências, cenário e expectativas do setor para 2016
Tendências, cenário e expectativas do setor para 2016
 
Crise Financeira e Crise Económica
Crise Financeira e Crise EconómicaCrise Financeira e Crise Económica
Crise Financeira e Crise Económica
 
Economia brasileira: uma visão macro e setorial
Economia brasileira: uma visão macro e setorialEconomia brasileira: uma visão macro e setorial
Economia brasileira: uma visão macro e setorial
 
Ministro Guido
Ministro GuidoMinistro Guido
Ministro Guido
 
RS: e agora?
RS: e agora?RS: e agora?
RS: e agora?
 
Sinborsul sinmetal
Sinborsul sinmetalSinborsul sinmetal
Sinborsul sinmetal
 
Apresentação igor
Apresentação igorApresentação igor
Apresentação igor
 
Sinplast2015
Sinplast2015Sinplast2015
Sinplast2015
 
Análise de conjuntura - O Brasil e a crise - Maio de 2009
Análise de conjuntura - O Brasil e a crise - Maio de 2009Análise de conjuntura - O Brasil e a crise - Maio de 2009
Análise de conjuntura - O Brasil e a crise - Maio de 2009
 
Economia internacional cont.
Economia internacional   cont.Economia internacional   cont.
Economia internacional cont.
 
20120601
2012060120120601
20120601
 
Retrospectiva Prospectiva: Um futuro não muito brilhante
Retrospectiva Prospectiva: Um futuro não muito brilhanteRetrospectiva Prospectiva: Um futuro não muito brilhante
Retrospectiva Prospectiva: Um futuro não muito brilhante
 
O Mundo e o Brasil: Cenários Focalizados na Crise e Pós-Crise Econômica – um ...
O Mundo e o Brasil: Cenários Focalizados na Crise e Pós-Crise Econômica – um ...O Mundo e o Brasil: Cenários Focalizados na Crise e Pós-Crise Econômica – um ...
O Mundo e o Brasil: Cenários Focalizados na Crise e Pós-Crise Econômica – um ...
 
A instabilidade econômica nacional e impactos no mercado consumidor
A instabilidade econômica nacional e impactos no mercado consumidorA instabilidade econômica nacional e impactos no mercado consumidor
A instabilidade econômica nacional e impactos no mercado consumidor
 
Conjuntura econômica nacional
Conjuntura econômica nacionalConjuntura econômica nacional
Conjuntura econômica nacional
 
Corecon investimentos e impactos sociais
Corecon investimentos e impactos sociaisCorecon investimentos e impactos sociais
Corecon investimentos e impactos sociais
 

Destaque

A crise mundial de 2008 e suas consequências econômicas, sociais e geopolíticas
A crise mundial de 2008 e suas consequências econômicas, sociais e geopolíticasA crise mundial de 2008 e suas consequências econômicas, sociais e geopolíticas
A crise mundial de 2008 e suas consequências econômicas, sociais e geopolíticasFernando Alcoforado
 
Monografia: crise de 2008
Monografia: crise de 2008Monografia: crise de 2008
Monografia: crise de 2008Lucas De David
 
Crise dos subprimes (2008)
Crise dos subprimes (2008)Crise dos subprimes (2008)
Crise dos subprimes (2008)Isabel Cabral
 
A crise de 2008 - Krugman
A crise de 2008 - KrugmanA crise de 2008 - Krugman
A crise de 2008 - KrugmanJessica Namba
 
Crise economica internacional
Crise economica internacionalCrise economica internacional
Crise economica internacionalCharlles Moreira
 
Crise de 1929 e suas consequências
Crise de 1929 e suas consequênciasCrise de 1929 e suas consequências
Crise de 1929 e suas consequênciasnclj
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Friacattonia
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929Rui Neto
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUKéliton Ferreira
 

Destaque (13)

A crise financeira mundial 2008
A crise financeira mundial   2008A crise financeira mundial   2008
A crise financeira mundial 2008
 
A crise mundial de 2008 e suas consequências econômicas, sociais e geopolíticas
A crise mundial de 2008 e suas consequências econômicas, sociais e geopolíticasA crise mundial de 2008 e suas consequências econômicas, sociais e geopolíticas
A crise mundial de 2008 e suas consequências econômicas, sociais e geopolíticas
 
Monografia: crise de 2008
Monografia: crise de 2008Monografia: crise de 2008
Monografia: crise de 2008
 
A Grande DepressãO
A Grande DepressãOA Grande DepressãO
A Grande DepressãO
 
Crise dos subprimes (2008)
Crise dos subprimes (2008)Crise dos subprimes (2008)
Crise dos subprimes (2008)
 
A crise de 2008 - Krugman
A crise de 2008 - KrugmanA crise de 2008 - Krugman
A crise de 2008 - Krugman
 
Crise economica internacional
Crise economica internacionalCrise economica internacional
Crise economica internacional
 
Crise europeia
Crise europeiaCrise europeia
Crise europeia
 
Dinamica globalizacao
Dinamica globalizacaoDinamica globalizacao
Dinamica globalizacao
 
Crise de 1929 e suas consequências
Crise de 1929 e suas consequênciasCrise de 1929 e suas consequências
Crise de 1929 e suas consequências
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
 
Crise 1929
Crise 1929Crise 1929
Crise 1929
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 

Semelhante a Brasil: Cenários 2008-2014 e a Crise Mundial

Apresentção fundos de investimento
Apresentção fundos de investimentoApresentção fundos de investimento
Apresentção fundos de investimentoFelipe Souto
 
PAC como Alavanca no Investimento Público em Saneamento, por Elvio Lima Gaspa...
PAC como Alavanca no Investimento Público em Saneamento, por Elvio Lima Gaspa...PAC como Alavanca no Investimento Público em Saneamento, por Elvio Lima Gaspa...
PAC como Alavanca no Investimento Público em Saneamento, por Elvio Lima Gaspa...Instituto Besc
 
PR - 2011 - femipa - desenvolvimento econômico e saúde
PR - 2011 - femipa - desenvolvimento econômico e saúdePR - 2011 - femipa - desenvolvimento econômico e saúde
PR - 2011 - femipa - desenvolvimento econômico e saúdeDelta Economics & Finance
 
Minha casa minha vida: perspectivas e novas oportunidades - Carlos Antonio Vi...
Minha casa minha vida: perspectivas e novas oportunidades - Carlos Antonio Vi...Minha casa minha vida: perspectivas e novas oportunidades - Carlos Antonio Vi...
Minha casa minha vida: perspectivas e novas oportunidades - Carlos Antonio Vi...Enbraci - evento imobiliário
 
Apresentação do presidente BNDES Luciano Coutinho
Apresentação do presidente BNDES Luciano CoutinhoApresentação do presidente BNDES Luciano Coutinho
Apresentação do presidente BNDES Luciano CoutinhoCartaCapital
 
Apresentação Setrans Pernambuco 2011
Apresentação Setrans Pernambuco 2011Apresentação Setrans Pernambuco 2011
Apresentação Setrans Pernambuco 2011pontodepauta.com.br
 
Why Investing in Brasil
Why Investing in BrasilWhy Investing in Brasil
Why Investing in BrasilAdemir Sousa
 
Emprego e Renda no Brasil Pós Crise
Emprego e Renda no Brasil Pós CriseEmprego e Renda no Brasil Pós Crise
Emprego e Renda no Brasil Pós CriseGleisi Hoffmann
 
Palestratendnciasexploratriasdedesenvolvimentoregional30maio 120601123511-php...
Palestratendnciasexploratriasdedesenvolvimentoregional30maio 120601123511-php...Palestratendnciasexploratriasdedesenvolvimentoregional30maio 120601123511-php...
Palestratendnciasexploratriasdedesenvolvimentoregional30maio 120601123511-php...Falefale
 
Conf call 4t14_port 120215
Conf call 4t14_port 120215Conf call 4t14_port 120215
Conf call 4t14_port 120215Braskem_RI
 
Situação em 2010 e perspectivas da agricultura no Brasil para 2011
Situação em 2010 e perspectivas da agricultura no Brasil para 2011Situação em 2010 e perspectivas da agricultura no Brasil para 2011
Situação em 2010 e perspectivas da agricultura no Brasil para 2011iicabrasil
 
Release estudo economia verde 2011 e trading corporate intelligence
Release estudo economia verde 2011 e trading corporate intelligenceRelease estudo economia verde 2011 e trading corporate intelligence
Release estudo economia verde 2011 e trading corporate intelligenceCarlos Ferreira
 
BRASIL E PERNAMBUCO : Cenários econômicos para 2016 e importância de iniciati...
BRASIL E PERNAMBUCO : Cenários econômicos para 2016 e importância de iniciati...BRASIL E PERNAMBUCO : Cenários econômicos para 2016 e importância de iniciati...
BRASIL E PERNAMBUCO : Cenários econômicos para 2016 e importância de iniciati...Elismar Rodrigues
 
Paulo Rabello - Gestão Pública, Cenário Brasil e a Crise Internacional
Paulo Rabello - Gestão Pública, Cenário Brasil e a Crise InternacionalPaulo Rabello - Gestão Pública, Cenário Brasil e a Crise Internacional
Paulo Rabello - Gestão Pública, Cenário Brasil e a Crise InternacionalCONGESP
 
Apresentação do extrato do Diagnóstico - Desenvolvimento Econômico
Apresentação do extrato do Diagnóstico - Desenvolvimento EconômicoApresentação do extrato do Diagnóstico - Desenvolvimento Econômico
Apresentação do extrato do Diagnóstico - Desenvolvimento EconômicoPDDI RMVA
 
J Crestana Apl Movelaria Maio Final
J Crestana Apl Movelaria Maio FinalJ Crestana Apl Movelaria Maio Final
J Crestana Apl Movelaria Maio Finalnatanaelrw
 

Semelhante a Brasil: Cenários 2008-2014 e a Crise Mundial (20)

Estudos de longo prazo 2050
Estudos de longo prazo 2050Estudos de longo prazo 2050
Estudos de longo prazo 2050
 
Apresentção fundos de investimento
Apresentção fundos de investimentoApresentção fundos de investimento
Apresentção fundos de investimento
 
PAC como Alavanca no Investimento Público em Saneamento, por Elvio Lima Gaspa...
PAC como Alavanca no Investimento Público em Saneamento, por Elvio Lima Gaspa...PAC como Alavanca no Investimento Público em Saneamento, por Elvio Lima Gaspa...
PAC como Alavanca no Investimento Público em Saneamento, por Elvio Lima Gaspa...
 
PR - 2011 - femipa - desenvolvimento econômico e saúde
PR - 2011 - femipa - desenvolvimento econômico e saúdePR - 2011 - femipa - desenvolvimento econômico e saúde
PR - 2011 - femipa - desenvolvimento econômico e saúde
 
Minha casa minha vida: perspectivas e novas oportunidades - Carlos Antonio Vi...
Minha casa minha vida: perspectivas e novas oportunidades - Carlos Antonio Vi...Minha casa minha vida: perspectivas e novas oportunidades - Carlos Antonio Vi...
Minha casa minha vida: perspectivas e novas oportunidades - Carlos Antonio Vi...
 
Apresentação do presidente BNDES Luciano Coutinho
Apresentação do presidente BNDES Luciano CoutinhoApresentação do presidente BNDES Luciano Coutinho
Apresentação do presidente BNDES Luciano Coutinho
 
Apresentação Setrans Pernambuco 2011
Apresentação Setrans Pernambuco 2011Apresentação Setrans Pernambuco 2011
Apresentação Setrans Pernambuco 2011
 
Why Investing in Brasil
Why Investing in BrasilWhy Investing in Brasil
Why Investing in Brasil
 
Apresentação Dieese
Apresentação DieeseApresentação Dieese
Apresentação Dieese
 
Emprego e Renda no Brasil Pós Crise
Emprego e Renda no Brasil Pós CriseEmprego e Renda no Brasil Pós Crise
Emprego e Renda no Brasil Pós Crise
 
Palestratendnciasexploratriasdedesenvolvimentoregional30maio 120601123511-php...
Palestratendnciasexploratriasdedesenvolvimentoregional30maio 120601123511-php...Palestratendnciasexploratriasdedesenvolvimentoregional30maio 120601123511-php...
Palestratendnciasexploratriasdedesenvolvimentoregional30maio 120601123511-php...
 
Possib alternat polít econ bras fernando ferrari
Possib alternat polít econ bras   fernando ferrariPossib alternat polít econ bras   fernando ferrari
Possib alternat polít econ bras fernando ferrari
 
Conf call 4t14_port 120215
Conf call 4t14_port 120215Conf call 4t14_port 120215
Conf call 4t14_port 120215
 
Situação em 2010 e perspectivas da agricultura no Brasil para 2011
Situação em 2010 e perspectivas da agricultura no Brasil para 2011Situação em 2010 e perspectivas da agricultura no Brasil para 2011
Situação em 2010 e perspectivas da agricultura no Brasil para 2011
 
Release estudo economia verde 2011 e trading corporate intelligence
Release estudo economia verde 2011 e trading corporate intelligenceRelease estudo economia verde 2011 e trading corporate intelligence
Release estudo economia verde 2011 e trading corporate intelligence
 
BRASIL E PERNAMBUCO : Cenários econômicos para 2016 e importância de iniciati...
BRASIL E PERNAMBUCO : Cenários econômicos para 2016 e importância de iniciati...BRASIL E PERNAMBUCO : Cenários econômicos para 2016 e importância de iniciati...
BRASIL E PERNAMBUCO : Cenários econômicos para 2016 e importância de iniciati...
 
Paulo Rabello - Gestão Pública, Cenário Brasil e a Crise Internacional
Paulo Rabello - Gestão Pública, Cenário Brasil e a Crise InternacionalPaulo Rabello - Gestão Pública, Cenário Brasil e a Crise Internacional
Paulo Rabello - Gestão Pública, Cenário Brasil e a Crise Internacional
 
Apresentação do extrato do Diagnóstico - Desenvolvimento Econômico
Apresentação do extrato do Diagnóstico - Desenvolvimento EconômicoApresentação do extrato do Diagnóstico - Desenvolvimento Econômico
Apresentação do extrato do Diagnóstico - Desenvolvimento Econômico
 
J Crestana Apl Movelaria Maio Final
J Crestana Apl Movelaria Maio FinalJ Crestana Apl Movelaria Maio Final
J Crestana Apl Movelaria Maio Final
 
Trabalho Economia
Trabalho EconomiaTrabalho Economia
Trabalho Economia
 

Mais de Macroplan

Desafios da gestão estadual
Desafios da gestão estadualDesafios da gestão estadual
Desafios da gestão estadualMacroplan
 
Desempenho por estado sem hiperlinks
Desempenho por estado sem hiperlinksDesempenho por estado sem hiperlinks
Desempenho por estado sem hiperlinksMacroplan
 
Desempenho da gestão pública dos estados brasileiros
Desempenho da gestão pública dos estados brasileirosDesempenho da gestão pública dos estados brasileiros
Desempenho da gestão pública dos estados brasileirosMacroplan
 
Novos governos
Novos governosNovos governos
Novos governosMacroplan
 
Melhores e piores resultados
Melhores e piores resultadosMelhores e piores resultados
Melhores e piores resultadosMacroplan
 
Estado modelo
Estado modeloEstado modelo
Estado modeloMacroplan
 
As Grandes Tendências Globais de Cidades
As Grandes Tendências Globais de CidadesAs Grandes Tendências Globais de Cidades
As Grandes Tendências Globais de CidadesMacroplan
 
Pde versao de lancamento 2.5
Pde versao de lancamento 2.5Pde versao de lancamento 2.5
Pde versao de lancamento 2.5Macroplan
 
Conseplan planejamento longo_prazo_macroplan
Conseplan planejamento longo_prazo_macroplanConseplan planejamento longo_prazo_macroplan
Conseplan planejamento longo_prazo_macroplanMacroplan
 
Desempenho do seu municipio
Desempenho do seu municipioDesempenho do seu municipio
Desempenho do seu municipioMacroplan
 
Brasil 2022: Tendências, cenários e insights para o setor de mídia
Brasil 2022: Tendências, cenários e insights para o setor de mídiaBrasil 2022: Tendências, cenários e insights para o setor de mídia
Brasil 2022: Tendências, cenários e insights para o setor de mídiaMacroplan
 
Desafios da Gestão Municipal | Ranking 100 maiores cidades do Brasil
Desafios da Gestão Municipal | Ranking 100 maiores cidades do BrasilDesafios da Gestão Municipal | Ranking 100 maiores cidades do Brasil
Desafios da Gestão Municipal | Ranking 100 maiores cidades do BrasilMacroplan
 
Gestão para resultados. Como fazer?
Gestão para resultados. Como fazer?Gestão para resultados. Como fazer?
Gestão para resultados. Como fazer?Macroplan
 
Nordeste: evolução recente e perspectivas
Nordeste: evolução recente e perspectivasNordeste: evolução recente e perspectivas
Nordeste: evolução recente e perspectivasMacroplan
 
Prospective Foresight in Brazil: An overview and cases
Prospective Foresight in Brazil: An overview and casesProspective Foresight in Brazil: An overview and cases
Prospective Foresight in Brazil: An overview and casesMacroplan
 
Macroplan forum qualidade_do_gasto_publico_2012
Macroplan forum qualidade_do_gasto_publico_2012Macroplan forum qualidade_do_gasto_publico_2012
Macroplan forum qualidade_do_gasto_publico_2012Macroplan
 
Tendências exploratórias de desenvolvimento regional no Brasil
Tendências exploratórias de desenvolvimento regional no BrasilTendências exploratórias de desenvolvimento regional no Brasil
Tendências exploratórias de desenvolvimento regional no BrasilMacroplan
 
Gestao estrategica de_processos_no_setor_publico_conagesp
Gestao estrategica de_processos_no_setor_publico_conagespGestao estrategica de_processos_no_setor_publico_conagesp
Gestao estrategica de_processos_no_setor_publico_conagespMacroplan
 
Gestão estratégica baseada em cenários
Gestão estratégica baseada em cenáriosGestão estratégica baseada em cenários
Gestão estratégica baseada em cenáriosMacroplan
 
Planejamento estratégico no poder legislativo
Planejamento estratégico no poder legislativoPlanejamento estratégico no poder legislativo
Planejamento estratégico no poder legislativoMacroplan
 

Mais de Macroplan (20)

Desafios da gestão estadual
Desafios da gestão estadualDesafios da gestão estadual
Desafios da gestão estadual
 
Desempenho por estado sem hiperlinks
Desempenho por estado sem hiperlinksDesempenho por estado sem hiperlinks
Desempenho por estado sem hiperlinks
 
Desempenho da gestão pública dos estados brasileiros
Desempenho da gestão pública dos estados brasileirosDesempenho da gestão pública dos estados brasileiros
Desempenho da gestão pública dos estados brasileiros
 
Novos governos
Novos governosNovos governos
Novos governos
 
Melhores e piores resultados
Melhores e piores resultadosMelhores e piores resultados
Melhores e piores resultados
 
Estado modelo
Estado modeloEstado modelo
Estado modelo
 
As Grandes Tendências Globais de Cidades
As Grandes Tendências Globais de CidadesAs Grandes Tendências Globais de Cidades
As Grandes Tendências Globais de Cidades
 
Pde versao de lancamento 2.5
Pde versao de lancamento 2.5Pde versao de lancamento 2.5
Pde versao de lancamento 2.5
 
Conseplan planejamento longo_prazo_macroplan
Conseplan planejamento longo_prazo_macroplanConseplan planejamento longo_prazo_macroplan
Conseplan planejamento longo_prazo_macroplan
 
Desempenho do seu municipio
Desempenho do seu municipioDesempenho do seu municipio
Desempenho do seu municipio
 
Brasil 2022: Tendências, cenários e insights para o setor de mídia
Brasil 2022: Tendências, cenários e insights para o setor de mídiaBrasil 2022: Tendências, cenários e insights para o setor de mídia
Brasil 2022: Tendências, cenários e insights para o setor de mídia
 
Desafios da Gestão Municipal | Ranking 100 maiores cidades do Brasil
Desafios da Gestão Municipal | Ranking 100 maiores cidades do BrasilDesafios da Gestão Municipal | Ranking 100 maiores cidades do Brasil
Desafios da Gestão Municipal | Ranking 100 maiores cidades do Brasil
 
Gestão para resultados. Como fazer?
Gestão para resultados. Como fazer?Gestão para resultados. Como fazer?
Gestão para resultados. Como fazer?
 
Nordeste: evolução recente e perspectivas
Nordeste: evolução recente e perspectivasNordeste: evolução recente e perspectivas
Nordeste: evolução recente e perspectivas
 
Prospective Foresight in Brazil: An overview and cases
Prospective Foresight in Brazil: An overview and casesProspective Foresight in Brazil: An overview and cases
Prospective Foresight in Brazil: An overview and cases
 
Macroplan forum qualidade_do_gasto_publico_2012
Macroplan forum qualidade_do_gasto_publico_2012Macroplan forum qualidade_do_gasto_publico_2012
Macroplan forum qualidade_do_gasto_publico_2012
 
Tendências exploratórias de desenvolvimento regional no Brasil
Tendências exploratórias de desenvolvimento regional no BrasilTendências exploratórias de desenvolvimento regional no Brasil
Tendências exploratórias de desenvolvimento regional no Brasil
 
Gestao estrategica de_processos_no_setor_publico_conagesp
Gestao estrategica de_processos_no_setor_publico_conagespGestao estrategica de_processos_no_setor_publico_conagesp
Gestao estrategica de_processos_no_setor_publico_conagesp
 
Gestão estratégica baseada em cenários
Gestão estratégica baseada em cenáriosGestão estratégica baseada em cenários
Gestão estratégica baseada em cenários
 
Planejamento estratégico no poder legislativo
Planejamento estratégico no poder legislativoPlanejamento estratégico no poder legislativo
Planejamento estratégico no poder legislativo
 

Brasil: Cenários 2008-2014 e a Crise Mundial

  • 1. Brasil: Cenários 2008-2014 e a Crise Mundial Claudio Porto e Rodrigo Ventura 09 de dezembro de 2008
  • 2.
  • 3. Experiência da Macroplan Clientes e Projetos - Cenários Cenários Exploratórios e Plano de Desenvolvimento do ES 2005-2025 Cenários Exploratórios do Rio de Janeiro 2007-2027 e Plano Estratégico 2007 - 2010 Cenários Energéticos da Amazônia 1998-2020 Cenários do Ambiente de PD&I para o Agronegócio 2007-2023 Cenários do setor de telecomunicações 1996-2010 Cenários da indústria de cerâmicas e revestimento1995-2005 Cenários Corporativos 2004-2015 e Regionalização do Cenário Corporativo Cenários do Ambiente de Atuação das Organizações de Pesquisa 2002-2012 Cenários Exploratórios e Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado 2007-2023 Cenários focalizados do Sistema SENAC 2000-2005 e do SENAC SP 2000-2010 Cenários e Plano Estratégico do Sistema 1996-2010 e Regiões Cenários e Plano Estratégico 2003-2010
  • 5. ATENÇÃO! Este estudo ainda não incorpora todos os desdobramentos e impactos da crise financeira global que eclodiu em setembro de 2008, especialmente no tocante às quantificações. Mas o 1º monitoramento dos cenários Macroplan pós-crise já está disponível em www.macroplan.com.br
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9. Brasil: aceleração recente do crescimento Taxa de investimento (% do PIB) Fonte: IBGE/SCN (2007) Taxa de crescimento do PIB trimestral em relação ao ano anterior (com ajuste sazonal) Crescimento do PIB puxado pelo consumo interno (em pontos percentuais) Fonte: IPEA (2008) Taxa média de crescimento do PIB PIB Setor Externo Consumo Formação Bruta de Capital
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18. Pujança do mercado acionário (até o 1º semestre de 2008) Capitalização das ações em bolsas ( em US$ bilhões) Fonte : Federação Mundial de Bolsas de Valores - Ibovespa (2008) APUD Mundo Corporativo 20 (2º trim./2008)
  • 19. Acúmulo de reservas internacionais e diversificação de mercados Principais destinos das exportações brasileiras (em bilhões de US$) Fonte: MDIC (2008) Reservas internacionais e spread da dívida (2001-2008 ) Fonte: Ipeadata (2008)
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28. ... mas a expansão da produção de cana-de-açúcar não é parte relevante desta pressão Áreas de produção Áreas de expansão ~ 1990-2005 Floresta Amazônica Convenções Fonte: MPOG / IBGE, 2007 AL RN PB PE
  • 29.
  • 30. A China está ‘disparando’ em P&D e o Brasil é o últimos entre os BRICs Crescimento dos investimentos em P&D dos 4 BRICs – 1996 a 2006 Fonte: Banco Mundial (2007) e Unesco (2007) Nota: Dados extrapolados para 2006 75 125 175 225 275 325 375 425 475 525 1996 1998 2000 2002 2004 2006 Índice (1996 = 100) Brasil Rússia Índia China
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41.
  • 42. Os Quatro Cenários Econômicos em 2008 – 2010 Variável Cenário 1: Salto para o Futuro Cenário 2: Crescimento Inercial Cenário 3: Travessia na Turbulência Cenário 4: Baleia Encalhada Mundo Economia Norte-Americana Recessão leve e enfrentamento estrutural à crise Aprofundamento da recessão americana Economias Emergentes Descolamento parcial das economias emergentes em relação aos EUA e manutenção do crescimento mundial, embora mais moderado Contaminação das economias emergentes e significativa redução do crescimento mundial Preços das Commodities Sustentação dos altos preços do petróleo e das demais commodities Alta volatilidade e altos preços das commodities Liquidez Internacional Moderada redução da liquidez no sistema financeiro internacional Crise de confiança do sistema financeiro acompanhada por uma acentuada redução da liquidez internacional Demanda por produtos brasileiros Manutenção da trajetória de crescimento da demanda por produtos brasileiros Arrefecimento do crescimento da demanda por produtos brasileiros Brasil Política Econômica Aprimoramento, com superávit nominal Manutenção Aprimoramento, com superávit nominal Flexibilização Política Fiscal Austera, com forte contenção das despesas de custeio Expansão das despesas de custeio, mantido o superávit primário Austera, com significativo corte nos gastos públicos Aumento das despesas de custeio e redução do superávit primário
  • 43. Os Quatro Cenários Econômicos em 2008 – 2010 Variável Cenário 1: Salto para o Futuro Cenário 2: Crescimento Inercial Cenário 3: Travessia na Turbulência Cenário 4: Baleia Encalhada Brasil (Continuação) Reformas estruturantes Aprovação da 1ª etapa da reforma tributária Morosa tramitação da reforma tributária Implementação da 1ª etapa da reforma tributária Agenda de reformas totalmente paralisadas Marcos regulatórios Aprimoramento dos marcos regulatórios, orientados à atração de capital privado Manutenção das dificuldades regulatórias, mitigando o investimento privado Aprimoramento dos marcos regulatórios, orientados à atração de capital privado Deterioração dos marcos regulatórios, inibindo o investimento privado Implantação do PAC Salto de desempenho na implementação do PAC Atraso na maioria dos projetos, com exceção dos projetos de energia Desaceleração da implementação do PAC Atraso na maioria dos projetos, com exceção dos projetos de energia Investimento em CT&I Fortes investimentos públicos e privados Crescimento incremental do investimento em CT&I Manutenção de baixo investimento em CT&I Baixo volume de investimento em CT&I Crescimento Econômico e Nível de Emprego Manutenção da trajetória de crescimento da economia e do nível de emprego Suave redução do crescimento econômico e manutenção do nível de emprego Diminuição do ritmo de crescimento e leve aumento do desemprego Perda do dinamismo econômico e queda do nível de emprego
  • 44. Os Quatro Cenários Econômicos em 2011 – 2014 Variável Cenário 1: Salto para o Futuro Cenário 2: Crescimento Inercial Cenário 3: Travessia na Turbulência Cenário 4: Baleia Encalhada Mundo Economia Norte-Americana Superação da crise com recuperação da confiança dos consumidores e aceleração do crescimento Lenta recuperação dos indicadores econômicos e financeiros após a crise Economias Emergentes Gradual recuperação do crescimento econômico de China e Índia Desaceleração suave do crescimento econômico de China e Índia Preços das Commodities Manutenção dos preços das commodities em elevados patamares Permanência da alta volatilidade e de altos preços das commodities Liquidez Internacional Elevação da liquidez no sistema financeiro internacional Redução da liquidez internacional, acentuada instabilidade financeira e movimentos abruptos de capital Demanda mundial por produtos brasileiros Manutenção da alta demanda por produtos brasileiros Moderada recuperação da demanda mundial por produtos brasileiros Brasil Reformas estruturantes Novo ciclo de reformas: administrativa, política, do judiciário, trabalhista e previdenciária Avanços incrementais na agenda de reformas: previdenciária e trabalhista Novo ciclo de reformas: administrativa, política, do judiciário, trabalhista e previdenciária Estagnação da agenda de reformas
  • 45. Os Quatro Cenários Econômicos em 2011 – 2014 Variável Cenário 1: Salto para o Futuro Cenário 2: Crescimento Inercial Cenário 3: Travessia na Turbulência Cenário 4: Baleia Encalhada Brasil (Continuação) Ambiente de negócios Grande melhoria do ambiente de negócios Pequena melhoria do ambiente de negócios Melhoria gradual do ambiente de negócios Precarização do ambiente de negócios Formalização de negócios Saltos na formalização dos negócios e das relações trabalhistas Crescimento incremental da formalização Crescimento incremental da formalização Ampliação da informalidade e da ilegalidade Investimentos Forte atratividade de investimentos privados e ampliação de parcerias público-privadas Expansão dos investimentos privados em setores mundialmente competitivos Expansão dos investimentos, capitaneados pelos setor privado Moderada atratividade para investimentos privados Investimento em CT&I Ampliação com expressiva participação privada Crescimento incremental dos investimentos Ampliação dos investimentos Desaceleração dos investimentos públicos e privados Crescimento Econômico Manutenção do forte crescimento econômico e do nível de emprego Crescimento da economia e do emprego permanecem em patamares medianos Manutenção do crescimento, mesmo com barreiras Diminuição da taxa de crescimento econômico
  • 46.
  • 47.
  • 48. Origens da Crise Relação entre a economia financeira e a economia real – 1990 e 2008 Grau de alavancagem de alguns bancos americanos EUA: poupança familiar em percentual da renda disponível EUA: dívida dos mutuários em percentual da renda disponível Fontes: Revista Veja (out/2008) e The Economist (nov/2008) 31 30 25 18 Recomendado pelo BIS 12 Merrill Lynch Lehman Brothers Goldman Sachs Citigroup
  • 49. Os impactos da crise Fonte:Economática, Bloomberg, Factset, Factiva (acessado em 30/09/2008)
  • 50.
  • 51. Os impactos da crise sobre o preço do petróleo Fontes: Ipeadata e Bloomberg Em US$ por barril
  • 52. A reação à crise orquestrada pelos Governos Fontes: Revista Exame (dez/2008) e The Economist (nov/2008) Os Pacotes de Ajuda US$ 4 Trilhões total de gastos com a crise € 2,2 trilhões Europa US$ 700 bilhões Pacote anti-crise € 500 bilhões Alemanha € 496 bilhões França € 270 bilhões Holanda € 136 bilhões Espanha £ 90 bilhões Inglaterra EUA China Coréia do Sul Brasil US$ 586 bilhões US$ 130 bilhões US$ 95 bilhões
  • 53.
  • 54.
  • 55.
  • 56.
  • 57.
  • 58.
  • 59.
  • 60.
  • 61.
  • 62.
  • 63.
  • 64.
  • 65.
  • 66.  
  • 67. Taxa de crescimento do PIB (% a.a.) 5,4% 5,2% 2,5% 4,5% 6,0% 3,5% 4,0% 3,5% 4,0% 2,8% 3,0% 2,8% 3,0% 2,5% 2,0% 0,0% 1,0% 2,0% 3,0% 4,0% 5,0% 6,0% 7,0% 2007 2008 2009 2010 2012 2014 Neo-populismo Novo Ciclo de Reformas Continuidade 2,8% Fonte: Macroplan – Prospectiva, Estratégia & Gestão, dezembro de 2008
  • 68. Inflação (% a.a.) 4,5% 6,3% 5,2% 5,0% 4,5% 5,0% 6,0% 6,0% 7,0% 7,5% 9,5% 12,0% 12,5% 16,0% 0,0% 2,0% 4,0% 6,0% 8,0% 10,0% 12,0% 14,0% 16,0% 18,0% 2007 2008 2009 2010 2012 2014 Inercial 5,5% Neo-populismo Novo Ciclo de Reformas Continuidade 5,5% Fonte: Macroplan – Prospectiva, Estratégia & Gestão, dezembro de 2008
  • 69. Relação Dívida - PIB (% do PIB) 42,7% 38,5% 38,0% 35,0% 30,0% 36,5% 32,5% 37% 35,0% 38% 38,0% 52,0% 55,0% 57,5% 60,0% 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0% 50,0% 60,0% 70,0% 2007 2008 2009 2010 2012 2014 Neo-populismo Novo Ciclo de Reformas Continuidade 37,5% Fonte: Macroplan – Prospectiva, Estratégia & Gestão, dezembro de 2008
  • 70. Investimento Externo Direto – IED (US$ bilhões) 34,5 35,0 25,0 42,5 55,0 38,0 48,0 35,0 35,0 30,0 30,0 20,0 20,0 14,0 14,0 0,0 10,0 20,0 30,0 40,0 50,0 60,0 2007 2008 2009 2010 2012 2014 Neo-populismo Novo Ciclo de Reformas Continuidade 28,0 Fonte: Macroplan – Prospectiva, Estratégia & Gestão, dezembro de 2008
  • 71. Taxa de Investimento (% do PIB) 17,7% 18,5% 18,0% 23,0% 24,0% 21,0% 23,0% 19,0% 21,0% 18,5% 18,5% 17,0% 17,5% 16,5% 16,0% 0,0% 5,0% 10,0% 15,0% 20,0% 25,0% 30,0% 2007 2008 2009 2010 2012 2014 Neo-populismo Novo Ciclo de Reformas Continuidade 18,5% Fonte: Macroplan – Prospectiva, Estratégia & Gestão, dezembro de 2008
  • 72.
  • 73. Tendência ascendente a longo prazo do preço do petróleo 0 20 40 60 80 100 120 140 1957.01 1958.09 1960.05 1962.01 1963.09 1965.05 1967.01 1968.09 1970.05 1972.01 1973.09 1975.05 1977.01 1978.09 1980.05 1982.01 1983.09 1985.05 1987.01 1988.09 1990.05 1992.01 1993.09 1995.05 1997.01 1998.09 2000.05 2002.01 2003.09 2005.05 2007.01 2008.09 Em US$ por barril Fontes: Ipeadata e Bloomberg
  • 74.
  • 75.

Notas do Editor

  1. A expansão da cana-de-açucar está atingindo antigas áreas de pastagem. Áreas de pastagem estão invadindo a floresta amazônica no sul do Pará