SlideShare uma empresa Scribd logo
Refletindo sobre a realidade da Educação de
                           Jovens e Adultos
LDB 9394/96
         EJA

      Modalidade de
         ensino



Pessoas que não tiveram acesso
 e/ ou permanência ao ensino
   regular na idade própria
EJA
                    Atenção às especiais
                      necessidades do
Não é um ensino de        perfil dos
 categoria inferior  educandos e faixa
                     etária desse grupo
EJA


Função
         •Reparadora

Função
         •Equalizadora

Função   •Qualitativa
EJA



           • Continuidade de estudos
Objetivo


         • Garantia de sistematização e apropriação de
Objetivo   conhecimentos nas diversas áreas.


         • Valorização de espaços educativos que
           privilegiem as interações de experiências do
           jovem e adulto visando fortalecer a sua
Objetivo   autoestima e identidade cultural para a
           construção de sua personalidade.
Perfil do aluno da EJA
             
A grande maioria é trabalhador;
Possui certo conhecimento de mundo;
Possui uma diversidade sócio-econômico-
 cultural;
Ousam menos porque possuem autocrítica e
 autocensura;
Perfil do aluno da EJA
                      de maneira
Autoestima baixa – interfere
 negativa no processo de aquisição de
 conhecimentos
Aspiram na aprendizagem fins
 imediatos, querendo saber onde e como irão
 utilizar os conhecimentos adquiridos;
Gosta de ser ouvido e envolvido nas
 situações de aprendizagem;
São resistentes as mudanças
Perfil do aluno da EJA
                      de maneira
Autoestima baixa – interfere
 negativa no processo de aquisição de
 conhecimentos
Aspiram na aprendizagem fins
 imediatos, querendo saber onde e como irão
 utilizar os conhecimentos adquiridos;
Gosta de ser ouvido e envolvido nas
 situações de aprendizagem;
São resistentes as mudanças
Evasão escolar
        Educação de Jovens e Adultos


                              Horários
 Moradia                   incompatíveis
                         Trabalho / Escola

             Doenças                   Violência



Metodologia pedagógica           Questões
     inadequada                  familiares
Questões de relevância para a
  permanência e bom funcionamento da
                 escola
                         
 O perfil do profissional para trabalhar com a EJA;

 Preparo da Escola para receber jovens e adultos;

 Situações didáticas e conteúdos adequados para os
  alunos;

 Uso de materiais pedagógicos adequados;

 Política de Gestão interna da Escola.
Quais as ações que a escola tem
    desenvolvido para garantir a
      permanência do aluno?
                      
                                    Gincanas
Jograis




      Utilização de                               Corais
          novas
       tecnologias



                       Gincanas
Palestras
                      pedagógicas              Feiras
Quais as ações desenvolvidas pela
  coordenação da Educação de
        Jovens e Adultos?
                              Formação para
                               professores da
                                    EJA




            Viabilização da
            utilização pelos
            alunos de
            novas
            tecnologias
1ª ETAPA : CONTEXTUALIZAÇÃO DA
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

                           na Escola e em cada
 Levantar estatísticas da evasão
  sala de aula, com os alunos;

 Tornar os alunos conscientes que a perda da
  escolaridade acarreta prejuízos no desenvolvimento
  pessoal, acerca da não continuidade dos estudos;

 Comparar os índices de evasão da Escola, com
  índices nacionais, por região, da clientela da EJA;
1ª ETAPA : CONTEXTUALIZAÇÃO DA
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

                        dos alunos para
 Fazer levantamento diagnóstico
  comparar com o resultado final dos projetos
  didáticos;

 Fazer comparações dos últimos anos da evasão
  escolar (construir gráficos, realizar cálculo de
  operações, analisar dados percentuais).
2ª ETAPA : PERFIL DA ESCOLA DA
 EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

                        
 Definição da Escola adequada para a Educação de
  Jovens e Adultos;

 Debate em sala de aula;

 Construção de um painel coletivo com as conclusões;

 Seminário promovido na escola para a Educação de
  Jovens e Adultos
 Pesquisa e entrevistas entre os alunos sobre os interesses
  dos grupos da escola;
 Levantamento e tabulação das principais questões que
  levam os alunos a abandonar às escolas (construir
  textos, fazer listas, gráficos, etc).
 Sugestões de atividades didáticas:
    Colagem
    Produção de textos
    Dramatização
    Representação através de desenhos
    Maquetes
ESCOLA QUE QUEREMOS:
                  
 QUE NORMAS DEVEM EXISTIR NA ESCOLA DO
  NOTURNO?
 COMO DEVEM SER AS ATITUDES DO
  DIRETOR, DO PROFESSOR, DO ALUNO, DO
  FUNCIONÁRIO DA ESCOLA?
 QUE AULA GOSTARIAM DE TER?
 QUE NECESSIDADES TEMOS PARA APRENDER?
3ª ETAPA : PRODUÇÃO DO
       PROJETO DE TRABALHO
                              
 Monitoramento da presença e da frequência dos alunos
  realizada pelos próprios alunos;
 Divulgar informações sobre os alunos da Educação de
  Jovens e Adultos através de um jornalzinho que circule na
  escola, tais como: profissões / serviços –
  classificados, notícias, etc.
 Entrevistas com profissionais que abordem os requisitos e
  o perfil profissional necessários à inserção no mercado de
  trabalho;
 Estimular a participação dos alunos da EJA em
  concursos e prêmios literários;

 Incentivar a socialização e valorização dos saberes
  profissionais e dos talentos inerentes aos alunos da
  turma ( Mostra de Talentos);

 Possibilitar um intercâmbio entre a Escola mais
  próxima que tem Educação de Jovens e Adultos para
  realizar alguma atividade em parceria ou para
  apresentações;
 Realizar atividade extraclasse, eventos
  sociocultural, para estimular a participação na
  escola, proporcionando o planejamento da atividade
  (orçamento, cronograma, roteiro, objetivo).

 Realização de “Sexta Cultural”;

 Releituras: diversas modalidades textuais
  apresentadas entre os grupos.;

 Jogos – campeonatos;

 Aulas de dança

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Educação de Jovens e Adultos - Profª Dra Jaqueline Ventura
Educação de Jovens e Adultos - Profª Dra Jaqueline VenturaEducação de Jovens e Adultos - Profª Dra Jaqueline Ventura
Educação de Jovens e Adultos - Profª Dra Jaqueline Ventura
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Eja – Formação e prática de professores - IFMA
Eja – Formação e prática de professores - IFMAEja – Formação e prática de professores - IFMA
Eja – Formação e prática de professores - IFMA
Leandro Marques
 
Teofanis eja
Teofanis ejaTeofanis eja
Teofanis eja
Sara Cristina
 
Histórico da EJA
Histórico da EJAHistórico da EJA
Histórico da EJA
Camila Silva
 
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISPOLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
Jose Wilson Melo
 
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOSEDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
Márcia Castilho de Sales
 
Os desafios pedagogicos de eja
Os desafios pedagogicos de ejaOs desafios pedagogicos de eja
Os desafios pedagogicos de eja
Helena Zanotto
 
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Ricardo Silva
 
Educação de jovens e adultos.pptx
Educação de jovens e adultos.pptxEducação de jovens e adultos.pptx
Educação de jovens e adultos.pptx
Glacemi Loch
 
Política e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação BrasileiraPolítica e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação Brasileira
Edneide Lima
 
Aula 2 histórico da EJA
Aula 2  histórico da EJAAula 2  histórico da EJA
Aula 2 histórico da EJA
Cassia Brandão
 
EJA AULA 8: O educador da EJA: formação e campo de trabalho
EJA AULA 8: O educador da EJA: formação e campo de trabalhoEJA AULA 8: O educador da EJA: formação e campo de trabalho
EJA AULA 8: O educador da EJA: formação e campo de trabalho
profamiriamnavarro
 
Curriculo
CurriculoCurriculo
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
Edlauva Santos
 
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especialSlides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Dirce Cristiane Camilotti
 
Eja
EjaEja
Eja slides
Eja  slidesEja  slides
Eja slides
lks5
 
Resumo aula nota 10
Resumo   aula nota 10Resumo   aula nota 10
Resumo aula nota 10
sergionunes12
 
Saberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantilSaberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantil
VIROUCLIPTAQ
 
Apresentação eja
Apresentação eja Apresentação eja
Apresentação eja
Izabel Cristina Bonethe
 

Mais procurados (20)

Educação de Jovens e Adultos - Profª Dra Jaqueline Ventura
Educação de Jovens e Adultos - Profª Dra Jaqueline VenturaEducação de Jovens e Adultos - Profª Dra Jaqueline Ventura
Educação de Jovens e Adultos - Profª Dra Jaqueline Ventura
 
Eja – Formação e prática de professores - IFMA
Eja – Formação e prática de professores - IFMAEja – Formação e prática de professores - IFMA
Eja – Formação e prática de professores - IFMA
 
Teofanis eja
Teofanis ejaTeofanis eja
Teofanis eja
 
Histórico da EJA
Histórico da EJAHistórico da EJA
Histórico da EJA
 
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAISPOLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
 
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOSEDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
 
Os desafios pedagogicos de eja
Os desafios pedagogicos de ejaOs desafios pedagogicos de eja
Os desafios pedagogicos de eja
 
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
 
Educação de jovens e adultos.pptx
Educação de jovens e adultos.pptxEducação de jovens e adultos.pptx
Educação de jovens e adultos.pptx
 
Política e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação BrasileiraPolítica e Organização da Educação Brasileira
Política e Organização da Educação Brasileira
 
Aula 2 histórico da EJA
Aula 2  histórico da EJAAula 2  histórico da EJA
Aula 2 histórico da EJA
 
EJA AULA 8: O educador da EJA: formação e campo de trabalho
EJA AULA 8: O educador da EJA: formação e campo de trabalhoEJA AULA 8: O educador da EJA: formação e campo de trabalho
EJA AULA 8: O educador da EJA: formação e campo de trabalho
 
Curriculo
CurriculoCurriculo
Curriculo
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
 
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especialSlides educacao inclusiva-e_educacao_especial
Slides educacao inclusiva-e_educacao_especial
 
Eja
EjaEja
Eja
 
Eja slides
Eja  slidesEja  slides
Eja slides
 
Resumo aula nota 10
Resumo   aula nota 10Resumo   aula nota 10
Resumo aula nota 10
 
Saberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantilSaberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantil
 
Apresentação eja
Apresentação eja Apresentação eja
Apresentação eja
 

Semelhante a Educação de jovens e adultos

Estratégias metodológicas de trabalho com jovens
Estratégias metodológicas de trabalho com jovensEstratégias metodológicas de trabalho com jovens
Estratégias metodológicas de trabalho com jovens
Jacqueline Cavalcanti
 
Ativ72 nenhumamenos reme
Ativ72 nenhumamenos remeAtiv72 nenhumamenos reme
Ativ72 nenhumamenos reme
EdnaHolsbach
 
Ativ72 nenhumamenos reme
Ativ72 nenhumamenos remeAtiv72 nenhumamenos reme
Ativ72 nenhumamenos reme
EdnaHolsbach
 
Ativ72 nenhumamenos reme
Ativ72 nenhumamenos remeAtiv72 nenhumamenos reme
Ativ72 nenhumamenos reme
Edna Holsbach
 
Auto AvaliaçAo Das Escolas
Auto AvaliaçAo Das EscolasAuto AvaliaçAo Das Escolas
Auto AvaliaçAo Das Escolas
ANA GRALHEIRO
 
Como planejar tipos_de_conteúdos
Como planejar tipos_de_conteúdosComo planejar tipos_de_conteúdos
Como planejar tipos_de_conteúdos
Amorim Albert
 
Reflexões pedagógicas
Reflexões pedagógicasReflexões pedagógicas
Reflexões pedagógicas
Gelson Rocha
 
2008_diapositivos da auto-avaliação de escola
2008_diapositivos da auto-avaliação de escola2008_diapositivos da auto-avaliação de escola
2008_diapositivos da auto-avaliação de escola
agrupamento de escolas de carcavelos at DRE de lisboa e vale do tejo
 
Pauta capacitacao
Pauta capacitacaoPauta capacitacao
Pauta capacitacao
Ana Maria Machado
 
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
Claudia Elisabete Silva
 
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
ElieneDias
 
Dificuldade de aprendizagem.2
Dificuldade de aprendizagem.2Dificuldade de aprendizagem.2
Dificuldade de aprendizagem.2
Grasiela Dourado
 
PLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docx
PLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docxPLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docx
PLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docx
ElaineFontoura
 
Artigo ed esp prot.
Artigo ed esp prot.Artigo ed esp prot.
Artigo ed esp prot.
Angela Pelaes
 
Artigo ed esp prot.
Artigo ed esp prot.Artigo ed esp prot.
Artigo ed esp prot.
Angela Pelaes
 
Reflexoes sobre a evasao escolar da eja
Reflexoes sobre a evasao escolar da ejaReflexoes sobre a evasao escolar da eja
Reflexoes sobre a evasao escolar da eja
Cris Lago
 
PPP 2011 EC 29 de Taguatinga
PPP 2011 EC 29 de TaguatingaPPP 2011 EC 29 de Taguatinga
PPP 2011 EC 29 de Taguatinga
anapedro44
 
EducaçãO+..
EducaçãO+..EducaçãO+..
EducaçãO+..
mauricioucpel
 
Curso orientacoes eja
Curso orientacoes ejaCurso orientacoes eja
Curso orientacoes eja
telasnorte1
 
Educacao inclusiva numa_ perspectiva_curricular
Educacao inclusiva numa_ perspectiva_curricularEducacao inclusiva numa_ perspectiva_curricular
Educacao inclusiva numa_ perspectiva_curricular
NTE
 

Semelhante a Educação de jovens e adultos (20)

Estratégias metodológicas de trabalho com jovens
Estratégias metodológicas de trabalho com jovensEstratégias metodológicas de trabalho com jovens
Estratégias metodológicas de trabalho com jovens
 
Ativ72 nenhumamenos reme
Ativ72 nenhumamenos remeAtiv72 nenhumamenos reme
Ativ72 nenhumamenos reme
 
Ativ72 nenhumamenos reme
Ativ72 nenhumamenos remeAtiv72 nenhumamenos reme
Ativ72 nenhumamenos reme
 
Ativ72 nenhumamenos reme
Ativ72 nenhumamenos remeAtiv72 nenhumamenos reme
Ativ72 nenhumamenos reme
 
Auto AvaliaçAo Das Escolas
Auto AvaliaçAo Das EscolasAuto AvaliaçAo Das Escolas
Auto AvaliaçAo Das Escolas
 
Como planejar tipos_de_conteúdos
Como planejar tipos_de_conteúdosComo planejar tipos_de_conteúdos
Como planejar tipos_de_conteúdos
 
Reflexões pedagógicas
Reflexões pedagógicasReflexões pedagógicas
Reflexões pedagógicas
 
2008_diapositivos da auto-avaliação de escola
2008_diapositivos da auto-avaliação de escola2008_diapositivos da auto-avaliação de escola
2008_diapositivos da auto-avaliação de escola
 
Pauta capacitacao
Pauta capacitacaoPauta capacitacao
Pauta capacitacao
 
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
OT Recuperação Intensiva 2013 - parte1
 
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
PNAIC 2015 - Ciclo de alfabetização e os direitos de aprendizagem (1)
 
Dificuldade de aprendizagem.2
Dificuldade de aprendizagem.2Dificuldade de aprendizagem.2
Dificuldade de aprendizagem.2
 
PLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docx
PLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docxPLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docx
PLANO DE AÇÃO TÉCNICA.docx
 
Artigo ed esp prot.
Artigo ed esp prot.Artigo ed esp prot.
Artigo ed esp prot.
 
Artigo ed esp prot.
Artigo ed esp prot.Artigo ed esp prot.
Artigo ed esp prot.
 
Reflexoes sobre a evasao escolar da eja
Reflexoes sobre a evasao escolar da ejaReflexoes sobre a evasao escolar da eja
Reflexoes sobre a evasao escolar da eja
 
PPP 2011 EC 29 de Taguatinga
PPP 2011 EC 29 de TaguatingaPPP 2011 EC 29 de Taguatinga
PPP 2011 EC 29 de Taguatinga
 
EducaçãO+..
EducaçãO+..EducaçãO+..
EducaçãO+..
 
Curso orientacoes eja
Curso orientacoes ejaCurso orientacoes eja
Curso orientacoes eja
 
Educacao inclusiva numa_ perspectiva_curricular
Educacao inclusiva numa_ perspectiva_curricularEducacao inclusiva numa_ perspectiva_curricular
Educacao inclusiva numa_ perspectiva_curricular
 

Educação de jovens e adultos

  • 1. Refletindo sobre a realidade da Educação de Jovens e Adultos
  • 2. LDB 9394/96 EJA Modalidade de ensino Pessoas que não tiveram acesso e/ ou permanência ao ensino regular na idade própria
  • 3. EJA Atenção às especiais necessidades do Não é um ensino de perfil dos categoria inferior educandos e faixa etária desse grupo
  • 4. EJA Função •Reparadora Função •Equalizadora Função •Qualitativa
  • 5. EJA • Continuidade de estudos Objetivo • Garantia de sistematização e apropriação de Objetivo conhecimentos nas diversas áreas. • Valorização de espaços educativos que privilegiem as interações de experiências do jovem e adulto visando fortalecer a sua Objetivo autoestima e identidade cultural para a construção de sua personalidade.
  • 6. Perfil do aluno da EJA  A grande maioria é trabalhador; Possui certo conhecimento de mundo; Possui uma diversidade sócio-econômico- cultural; Ousam menos porque possuem autocrítica e autocensura;
  • 7. Perfil do aluno da EJA  de maneira Autoestima baixa – interfere negativa no processo de aquisição de conhecimentos Aspiram na aprendizagem fins imediatos, querendo saber onde e como irão utilizar os conhecimentos adquiridos; Gosta de ser ouvido e envolvido nas situações de aprendizagem; São resistentes as mudanças
  • 8. Perfil do aluno da EJA  de maneira Autoestima baixa – interfere negativa no processo de aquisição de conhecimentos Aspiram na aprendizagem fins imediatos, querendo saber onde e como irão utilizar os conhecimentos adquiridos; Gosta de ser ouvido e envolvido nas situações de aprendizagem; São resistentes as mudanças
  • 9. Evasão escolar Educação de Jovens e Adultos Horários Moradia incompatíveis Trabalho / Escola Doenças Violência Metodologia pedagógica Questões inadequada familiares
  • 10. Questões de relevância para a permanência e bom funcionamento da escola   O perfil do profissional para trabalhar com a EJA;  Preparo da Escola para receber jovens e adultos;  Situações didáticas e conteúdos adequados para os alunos;  Uso de materiais pedagógicos adequados;  Política de Gestão interna da Escola.
  • 11. Quais as ações que a escola tem desenvolvido para garantir a permanência do aluno?  Gincanas Jograis Utilização de Corais novas tecnologias Gincanas Palestras pedagógicas Feiras
  • 12. Quais as ações desenvolvidas pela coordenação da Educação de Jovens e Adultos?  Formação para professores da EJA Viabilização da utilização pelos alunos de novas tecnologias
  • 13. 1ª ETAPA : CONTEXTUALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS  na Escola e em cada  Levantar estatísticas da evasão sala de aula, com os alunos;  Tornar os alunos conscientes que a perda da escolaridade acarreta prejuízos no desenvolvimento pessoal, acerca da não continuidade dos estudos;  Comparar os índices de evasão da Escola, com índices nacionais, por região, da clientela da EJA;
  • 14. 1ª ETAPA : CONTEXTUALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS  dos alunos para  Fazer levantamento diagnóstico comparar com o resultado final dos projetos didáticos;  Fazer comparações dos últimos anos da evasão escolar (construir gráficos, realizar cálculo de operações, analisar dados percentuais).
  • 15. 2ª ETAPA : PERFIL DA ESCOLA DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS   Definição da Escola adequada para a Educação de Jovens e Adultos;  Debate em sala de aula;  Construção de um painel coletivo com as conclusões;  Seminário promovido na escola para a Educação de Jovens e Adultos
  • 16.  Pesquisa e entrevistas entre os alunos sobre os interesses dos grupos da escola;  Levantamento e tabulação das principais questões que levam os alunos a abandonar às escolas (construir textos, fazer listas, gráficos, etc).  Sugestões de atividades didáticas:  Colagem  Produção de textos  Dramatização  Representação através de desenhos  Maquetes
  • 17. ESCOLA QUE QUEREMOS:   QUE NORMAS DEVEM EXISTIR NA ESCOLA DO NOTURNO?  COMO DEVEM SER AS ATITUDES DO DIRETOR, DO PROFESSOR, DO ALUNO, DO FUNCIONÁRIO DA ESCOLA?  QUE AULA GOSTARIAM DE TER?  QUE NECESSIDADES TEMOS PARA APRENDER?
  • 18. 3ª ETAPA : PRODUÇÃO DO PROJETO DE TRABALHO   Monitoramento da presença e da frequência dos alunos realizada pelos próprios alunos;  Divulgar informações sobre os alunos da Educação de Jovens e Adultos através de um jornalzinho que circule na escola, tais como: profissões / serviços – classificados, notícias, etc.  Entrevistas com profissionais que abordem os requisitos e o perfil profissional necessários à inserção no mercado de trabalho;
  • 19.  Estimular a participação dos alunos da EJA em concursos e prêmios literários;  Incentivar a socialização e valorização dos saberes profissionais e dos talentos inerentes aos alunos da turma ( Mostra de Talentos);  Possibilitar um intercâmbio entre a Escola mais próxima que tem Educação de Jovens e Adultos para realizar alguma atividade em parceria ou para apresentações;
  • 20.  Realizar atividade extraclasse, eventos sociocultural, para estimular a participação na escola, proporcionando o planejamento da atividade (orçamento, cronograma, roteiro, objetivo).  Realização de “Sexta Cultural”;  Releituras: diversas modalidades textuais apresentadas entre os grupos.;  Jogos – campeonatos;  Aulas de dança