SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 29
Baixar para ler offline
01
BIOQUÍMICA BÁSICA (VITAMINAS E MINERAIS)
(PROTEÍNAS, CARBOIDRATOS E LIPIDEOS)
Carboidratos, lipídios e proteínas - são macronutrientes presentes nos
alimentos para o fornecimento de calorias/energia.
BIOQUÍMICA BÁSICA (VITAMINAS E MINERAIS)
(PROTEÍNAS, CARBOIDRATOS E LIPIDEOS)
A energia é utilizada para as funções vitais do organismo:
• Respiração;
• Circulação;
• Síntese proteica;
• Renovação celular;
• Trabalho físico.
VITAMINAS
As vitaminas e os minerais são nutrientes essenciais - Eles não
conseguem ser produzidos pelo organismo a partir de outras
substâncias na dieta.
As vitaminas e os minerais devem ser consumidos na dieta.
Vitaminas são substâncias orgânicas essenciais,
que têm de ser obtidas do alimento, uma vez que
o organismo não consegue fabricá-las.
• A maioria das vitaminas necessárias ao nosso
organismo atua como coenzima. e, portanto,
devem ser adquiridas através da ingestão de
alimentos (frutas, verduras, legumes, carnes etc).
• A falta de vitaminas pode acarretar em diversas
doenças (avitaminoses).
VITAMINAS
• Substâncias extremamente frágeis podendo ser destruídas pelo calor,
luz, ácidos e certos metais.
• Não contribuem substancialmente para ganho de massa muscular
VITAMINAS
São substâncias orgânicas necessárias em
quantidade pequeníssima e que o organismo
não consegue produzir.
VITAMINAS
VITAMINAS
 Lipossolúveis
 Hidrossolúveis.
De acordo com sua solubilidade se
dividem:
VITAMINAS
VITAMINAS
Hidrossolúveis (C e Complexo B) - solúveis
em água e absorvidas pelo intestino.
- Não são tóxicas e as quantidades
armazenadas no corpo são normalmente
pequenas
- Quando em excesso, são facilmente
excretadas na urina. Portanto, devem ser
supridas continuamente na diet
VITAMINAS
Hidrossolúveis:
• Vitamina C
• Vitaminas do complexo B
• B1 (Tiamina)
• B2 (Riboflavina)
• B3 (Niacina)
• B5
• B6
• B8 (Biotina)
• B9 (àcido Fólico)
• B12 Colina
VITAMINA C
• Encontrada nas frutas cítricas como laranja e limão, também está presente em
outros alimentos, como castanha do Pará, couve de Bruxelas, morango, tomate,
repolho e espinafre cozido.
• Vale ressaltar que a maneira de servir pode influenciar diretamente na
absorção das vitaminas, pois no caso do suco de laranja, por exemplo, deve ser
servido gelado e ingerido na mesma hora em que a fruta foi espremida, uma
vez que o calor e o contato com o ar aceleram o processo de oxidação da
vitamina C.
Hidrossolúveis
Características das vitaminas hidrossolúveis:
• Perdidas devido à lavagem e cocção
• Facilmente absorvidas e excretadas
• Armazenadas em pequenas quantidades
VITAMINAS
Lipossolúveis (A, D, E e K) - solúveis em gorduras e absorvidas pelo intestino com a
ajuda dos sais biliares produzidos pelo fígado.
São derivados isoprenóides, modificados pela inclusão de grupos funcionais.
- O consumo excessivo de vitaminas A e D são tóxicos
- São absorvidas e transportadas juntamente com os lipídios - São armazenadas no
fígado e nas células adiposas
- São excretadas com as fezes
VITAMINAS
A deficiência de vitaminas é chamada de avitaminose ou hipovitaminose e o
excesso é chamado de hipervitaminose.
• Todas podem causar danos ao funcionamento do organismo.
• O cozimento faz com que os alimentos percam parte de suas vitaminas
durante o processo.
• Atuam como COENZIMAS
VITAMINAS
• Elementos inorgânicos
• Regulador de reações enzimáticas
• Manutenção do equilíbrio osmótico
• Estrutura para ossos e dentes
• Controle ritmo cardíaco, contração muscular,
estimulo nervoso e equilíbrio ácido básico
SAIS MINERAIS
Classificação:
• Eletrólitos
• Macrominerais ( > 100 mg/dia)
SAIS MINERAIS
Potássio (Principal cátion
intracelular) Cloro (Principal
ânion extracelular) Sódio
(Principal cátion extracelular)
Cálcio (coagulação sanguínea,
transmissão de impulso nervoso,
contração muscular e meneralização
óssea)
• Fósforo (met. CHO, AA e Lip.
Componente do ATP)
• Magnésio (Ativador enzimático que
controla o metabolismo dos
nutrientes energéticos)
• Enxofre (par essencial de alguns AA
e de enzimas)
• Ferro
• Zinco
• Cobre
• Iodo
• Cromo
• Selênio
• Manganês
• Molibdenio
• Níquel
BIOQUÍMICA BÁSICA (VITAMINAS E MINERAIS)
(PROTEÍNAS, CARBOIDRATOS E LIPIDEOS)
Classificação:
• Microminerais (elementos traço) (15 mg/dia)
• Elementos ultratraços
• Flúor; • Arsênio
• Cobalto ;Silício
• Vanádio; Estanho
• Chumbo; Mercúrio
• Boro; Lítio
• Estrôncio; Cádmio
Os sais minerais fazem parte do grupo de elementos essenciais à nossa saúde.
Eles não podem ser sintetizados pelo organismo, portanto devem ser obtidos através da
alimentação.
Não são elementos calóricos, porém desempenham funções importantíssimas no organismo.
Os sais minerais representam cerca de 1% do total da composição celular. Podem ser
encontrados sob a forma insolúvel, entrando na composição de estruturas esqueléticas e de
sustentação, como os ossos.
Quando os sais minerais se encontram dissolvidos em água, formam os íons. É sob essa
forma que eles desempenham a sua atividade reguladora fundamental.
A quantidade de cada mineral que deve ser consumido diariamente varia de microgramas a
gramas.
Dessa maneira, o excesso ou falta na ingestão pode acarretar prejuízos ao organismo,
devendo-se tomar cuidado com o uso de suplementos.
A IMPORTÂNCIA DOS SAIS MINERAIS EM NOSSO ORGANISMO
SAIS MINERIAS
VITAMINAS
• O Polivitamínico A-Z : É composto
por vitaminas e minerais que
ajudam a complementar a
alimentação.
• Indicado também nos casos de
deficiência nutricional, como pode
ocorrer em algumas condições de
saúde específicas, como por
exemplo durante o processo de
recuperação após um período de
adoecimento.
POLIVITAMINICOS
• Os suplementos multivitamínicos e
minerais fornecem micronutrientes
essenciais e aumentam a ingestão de
nutrientes.
• No entanto, a quantidade necessária
de certos micronutrientes difere entre
os gêneros.
• Os politavitamínicos
para HOMEM e MULHER contêm,
respetivamente, diferentes
quantidades de vitaminas e minerais
específicos:
QUAL É A DIFERENÇA ENTRE OS POLIVITAMÍNICOS PARA
HOMEM E MULHER?
• Mulheres
• Folato - maior necessidade de quantidade devido ao
aumento da necessidade durante a gravidez
• Cálcio - maior necessidade de quantidade devido ao
risco de ossos frágeis após a menopausa
• Ferro - maior quantidade necessária devido à perda de
sangue durante a menstruação e aumento do volume de
sangue durante a gravidez
QUAL É A DIFERENÇA ENTRE OS POLIVITAMÍNICOS PARA
HOMEM E MULHER?
• Homens
• Magnésio - maior necessidade de quantidade devido à
maior massa muscular
• Zinco - maior necessidade de quantidade devido à
produção de testosterona
• Selénio - maior exigência de quantidade devido à produção
de esperma
QUAL É A DIFERENÇA ENTRE OS POLIVITAMÍNICOS PARA
HOMEM E MULHER?
• Foi desenvolvido especialmente para
adultos com mais de 50 anos, pois ao
passar dos anos nosso corpo perde
nutrientes importantes que precisam
ser repostos de maneira constante.
POLIVITAMÍNICOS 50 +
Auxilia na imunidade;
Fortalecimento dos ossos e dentes;
Visão;
Energia;
Contém ferro;
Auxiliam no processo de divisão celular
(crescimento);
Na formação de células vermelhas do
sangue;
No funcionamento muscular;
POLIVITAMÍNICOS INFANTIL
Acima de 4 anos
A suplementação de vitaminas é
indicada antes e durante a gravidez.
O complemento com ácido fólico é
recomendado para todas as mulheres
em idade reprodutiva e grávidas, pois
ajuda a prevenir defeitos ou
anormalidades no tubo neural.
POLIVITAMÍNICOS PARA GESTANTES
Ácido fólico; vit. D; Ferro
As mulheres devem tomar um suplemento
diário da substância por, pelo menos, um mês
antes da concepção.
Aminoácidos de Cadeia Ramificada (BCAA)
Os BCAAs são os suplementos alimentares
mais utilizados por atletas ​​para promover o
crescimento muscular, aumentar a perda de
gordura, retardar a fadiga e impulsionar o
sistema imunológico.
POLIVITAMÍNICOS PARA ATLETAS
É recomendado no pós-treino, com a intenção
de contribuir para o aumento da síntese
proteica, recuperando e aumentando o
músculo para o próximo treinamento. Quando
suplementado no pré-treino, ele também auxilia
na melhora da resistência e, por consequência,
da performance, evitando a fadiga
E MAIS...
1- O que são vitaminas e como são produzidas?
2- Como são classificadas as vitaminas?
3- O que são sais minerais? Dê 03 exemplos:
4- O que é avitaminose ou hipovitaminose?
5- O que é Hipervitaminose?
EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a AULA 10 BIOQUIMICA BÁSICA - VITAMINAS E MINERAIS.pptx

Dia mundial da alimentação
Dia mundial da alimentaçãoDia mundial da alimentação
Dia mundial da alimentaçãoLuluzinhavelhinha
 
Alimentos e-nutrientes
Alimentos e-nutrientesAlimentos e-nutrientes
Alimentos e-nutrientesMaria Pontes
 
BIOQUIMIA-VITAMINAS -BIOLOGIA ENSINO MEDIO
BIOQUIMIA-VITAMINAS -BIOLOGIA ENSINO MEDIOBIOQUIMIA-VITAMINAS -BIOLOGIA ENSINO MEDIO
BIOQUIMIA-VITAMINAS -BIOLOGIA ENSINO MEDIOPAULOLERISSONCARDOSO1
 
Professor Gil Motta - 7a Série - Alimentos
Professor Gil Motta - 7a Série - AlimentosProfessor Gil Motta - 7a Série - Alimentos
Professor Gil Motta - 7a Série - Alimentosmestregil
 
Alimentação+equilibrada
Alimentação+equilibradaAlimentação+equilibrada
Alimentação+equilibradaLucas Thiago
 
Vitaminas Complexo B, zinco e sódio
Vitaminas Complexo B, zinco e sódioVitaminas Complexo B, zinco e sódio
Vitaminas Complexo B, zinco e sódioJosy Tosta
 
Alimentos e nutrientes 1
Alimentos e nutrientes 1Alimentos e nutrientes 1
Alimentos e nutrientes 1celiasantos75
 
Alimentos e qualidade de vida
Alimentos  e qualidade de vida Alimentos  e qualidade de vida
Alimentos e qualidade de vida DonaRayane
 
Supremus, o complexo Vitamínico Oficial do medalhista Olímpico Fernando Scher...
Supremus, o complexo Vitamínico Oficial do medalhista Olímpico Fernando Scher...Supremus, o complexo Vitamínico Oficial do medalhista Olímpico Fernando Scher...
Supremus, o complexo Vitamínico Oficial do medalhista Olímpico Fernando Scher...Supremus Vit® Juiz de Fora
 
Educação física 8ºF Daniela e Sónia
Educação física 8ºF Daniela e SóniaEducação física 8ºF Daniela e Sónia
Educação física 8ºF Daniela e SóniaSoniaManada
 
Alimentação saudável e atividade física
Alimentação saudável e atividade físicaAlimentação saudável e atividade física
Alimentação saudável e atividade físicaDaniel Carvalho
 

Semelhante a AULA 10 BIOQUIMICA BÁSICA - VITAMINAS E MINERAIS.pptx (20)

Dia mundial da alimentação
Dia mundial da alimentaçãoDia mundial da alimentação
Dia mundial da alimentação
 
Alimentos e-nutrientes
Alimentos e-nutrientesAlimentos e-nutrientes
Alimentos e-nutrientes
 
Alimentaçao
AlimentaçaoAlimentaçao
Alimentaçao
 
Alimentação Equilibrada
Alimentação EquilibradaAlimentação Equilibrada
Alimentação Equilibrada
 
AULA 07.06.2022.pptx
AULA 07.06.2022.pptxAULA 07.06.2022.pptx
AULA 07.06.2022.pptx
 
AULA 07.06.2022 (1).pdf
AULA 07.06.2022 (1).pdfAULA 07.06.2022 (1).pdf
AULA 07.06.2022 (1).pdf
 
BIOQUIMIA-VITAMINAS -BIOLOGIA ENSINO MEDIO
BIOQUIMIA-VITAMINAS -BIOLOGIA ENSINO MEDIOBIOQUIMIA-VITAMINAS -BIOLOGIA ENSINO MEDIO
BIOQUIMIA-VITAMINAS -BIOLOGIA ENSINO MEDIO
 
ALIMENTACAO SAUDAVEL (1).pptx
ALIMENTACAO SAUDAVEL (1).pptxALIMENTACAO SAUDAVEL (1).pptx
ALIMENTACAO SAUDAVEL (1).pptx
 
Bioquimica
BioquimicaBioquimica
Bioquimica
 
Professor Gil Motta - 7a Série - Alimentos
Professor Gil Motta - 7a Série - AlimentosProfessor Gil Motta - 7a Série - Alimentos
Professor Gil Motta - 7a Série - Alimentos
 
Alimentação+equilibrada
Alimentação+equilibradaAlimentação+equilibrada
Alimentação+equilibrada
 
Alimentaao saudavel
Alimentaao saudavelAlimentaao saudavel
Alimentaao saudavel
 
Vitaminas Complexo B, zinco e sódio
Vitaminas Complexo B, zinco e sódioVitaminas Complexo B, zinco e sódio
Vitaminas Complexo B, zinco e sódio
 
Alimentos e nutrientes 1
Alimentos e nutrientes 1Alimentos e nutrientes 1
Alimentos e nutrientes 1
 
Alimentos e qualidade de vida
Alimentos  e qualidade de vida Alimentos  e qualidade de vida
Alimentos e qualidade de vida
 
Nome:Bruno Aparecido N°:06 Serie:8°A
Nome:Bruno Aparecido  N°:06    Serie:8°ANome:Bruno Aparecido  N°:06    Serie:8°A
Nome:Bruno Aparecido N°:06 Serie:8°A
 
Alimentação em Diálise.docx
Alimentação em Diálise.docxAlimentação em Diálise.docx
Alimentação em Diálise.docx
 
Supremus, o complexo Vitamínico Oficial do medalhista Olímpico Fernando Scher...
Supremus, o complexo Vitamínico Oficial do medalhista Olímpico Fernando Scher...Supremus, o complexo Vitamínico Oficial do medalhista Olímpico Fernando Scher...
Supremus, o complexo Vitamínico Oficial do medalhista Olímpico Fernando Scher...
 
Educação física 8ºF Daniela e Sónia
Educação física 8ºF Daniela e SóniaEducação física 8ºF Daniela e Sónia
Educação física 8ºF Daniela e Sónia
 
Alimentação saudável e atividade física
Alimentação saudável e atividade físicaAlimentação saudável e atividade física
Alimentação saudável e atividade física
 

Mais de LanaMonteiro8

MÓDULO I - INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS FARMACÊUTICOS.pptx
MÓDULO I - INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS FARMACÊUTICOS.pptxMÓDULO I - INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS FARMACÊUTICOS.pptx
MÓDULO I - INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS FARMACÊUTICOS.pptxLanaMonteiro8
 
AULA 03 tecnico em enfermagem - VIRUS E BACTERIAS.pptx
AULA 03 tecnico em enfermagem - VIRUS E BACTERIAS.pptxAULA 03 tecnico em enfermagem - VIRUS E BACTERIAS.pptx
AULA 03 tecnico em enfermagem - VIRUS E BACTERIAS.pptxLanaMonteiro8
 
AULA 06 atendente de farmacia - SINAIS VITAIS.pptx
AULA 06 atendente de farmacia - SINAIS VITAIS.pptxAULA 06 atendente de farmacia - SINAIS VITAIS.pptx
AULA 06 atendente de farmacia - SINAIS VITAIS.pptxLanaMonteiro8
 
AULA 07 Normas regulamentadoras - NR6; NR9; NR32.pptx
AULA 07 Normas regulamentadoras - NR6; NR9; NR32.pptxAULA 07 Normas regulamentadoras - NR6; NR9; NR32.pptx
AULA 07 Normas regulamentadoras - NR6; NR9; NR32.pptxLanaMonteiro8
 
aula de citologia para tecnico em enfermagem
aula de citologia para tecnico em enfermagemaula de citologia para tecnico em enfermagem
aula de citologia para tecnico em enfermagemLanaMonteiro8
 
aula 01 atendente historia da farmacia.pptx
aula 01 atendente historia da farmacia.pptxaula 01 atendente historia da farmacia.pptx
aula 01 atendente historia da farmacia.pptxLanaMonteiro8
 
AULA 01 - LEI 8142.pptx
AULA 01 - LEI 8142.pptxAULA 01 - LEI 8142.pptx
AULA 01 - LEI 8142.pptxLanaMonteiro8
 
AULA 01 - INTRODUÇÃO, DEFINIÇAO, HISTÓRICO.pptx
AULA 01 - INTRODUÇÃO, DEFINIÇAO, HISTÓRICO.pptxAULA 01 - INTRODUÇÃO, DEFINIÇAO, HISTÓRICO.pptx
AULA 01 - INTRODUÇÃO, DEFINIÇAO, HISTÓRICO.pptxLanaMonteiro8
 
AULA 01 - LEI 8080.90.pptx
AULA 01 - LEI 8080.90.pptxAULA 01 - LEI 8080.90.pptx
AULA 01 - LEI 8080.90.pptxLanaMonteiro8
 
MÓDULO IV - BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO E CONTROLE DE QUALIDADE (2) [Salvo a...
MÓDULO IV - BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO E CONTROLE DE QUALIDADE (2) [Salvo a...MÓDULO IV - BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO E CONTROLE DE QUALIDADE (2) [Salvo a...
MÓDULO IV - BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO E CONTROLE DE QUALIDADE (2) [Salvo a...LanaMonteiro8
 
FARMACOTÉCNICA.pptx
FARMACOTÉCNICA.pptxFARMACOTÉCNICA.pptx
FARMACOTÉCNICA.pptxLanaMonteiro8
 
ENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptx
ENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptxENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptx
ENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptxLanaMonteiro8
 
Aula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptx
Aula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptxAula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptx
Aula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptxLanaMonteiro8
 

Mais de LanaMonteiro8 (13)

MÓDULO I - INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS FARMACÊUTICOS.pptx
MÓDULO I - INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS FARMACÊUTICOS.pptxMÓDULO I - INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS FARMACÊUTICOS.pptx
MÓDULO I - INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS FARMACÊUTICOS.pptx
 
AULA 03 tecnico em enfermagem - VIRUS E BACTERIAS.pptx
AULA 03 tecnico em enfermagem - VIRUS E BACTERIAS.pptxAULA 03 tecnico em enfermagem - VIRUS E BACTERIAS.pptx
AULA 03 tecnico em enfermagem - VIRUS E BACTERIAS.pptx
 
AULA 06 atendente de farmacia - SINAIS VITAIS.pptx
AULA 06 atendente de farmacia - SINAIS VITAIS.pptxAULA 06 atendente de farmacia - SINAIS VITAIS.pptx
AULA 06 atendente de farmacia - SINAIS VITAIS.pptx
 
AULA 07 Normas regulamentadoras - NR6; NR9; NR32.pptx
AULA 07 Normas regulamentadoras - NR6; NR9; NR32.pptxAULA 07 Normas regulamentadoras - NR6; NR9; NR32.pptx
AULA 07 Normas regulamentadoras - NR6; NR9; NR32.pptx
 
aula de citologia para tecnico em enfermagem
aula de citologia para tecnico em enfermagemaula de citologia para tecnico em enfermagem
aula de citologia para tecnico em enfermagem
 
aula 01 atendente historia da farmacia.pptx
aula 01 atendente historia da farmacia.pptxaula 01 atendente historia da farmacia.pptx
aula 01 atendente historia da farmacia.pptx
 
AULA 01 - LEI 8142.pptx
AULA 01 - LEI 8142.pptxAULA 01 - LEI 8142.pptx
AULA 01 - LEI 8142.pptx
 
AULA 01 - INTRODUÇÃO, DEFINIÇAO, HISTÓRICO.pptx
AULA 01 - INTRODUÇÃO, DEFINIÇAO, HISTÓRICO.pptxAULA 01 - INTRODUÇÃO, DEFINIÇAO, HISTÓRICO.pptx
AULA 01 - INTRODUÇÃO, DEFINIÇAO, HISTÓRICO.pptx
 
AULA 01 - LEI 8080.90.pptx
AULA 01 - LEI 8080.90.pptxAULA 01 - LEI 8080.90.pptx
AULA 01 - LEI 8080.90.pptx
 
MÓDULO IV - BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO E CONTROLE DE QUALIDADE (2) [Salvo a...
MÓDULO IV - BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO E CONTROLE DE QUALIDADE (2) [Salvo a...MÓDULO IV - BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO E CONTROLE DE QUALIDADE (2) [Salvo a...
MÓDULO IV - BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO E CONTROLE DE QUALIDADE (2) [Salvo a...
 
FARMACOTÉCNICA.pptx
FARMACOTÉCNICA.pptxFARMACOTÉCNICA.pptx
FARMACOTÉCNICA.pptx
 
ENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptx
ENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptxENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptx
ENFERMAGEM - MÓDULO I - NOCOES DE FARMACOLOGIA.pptx
 
Aula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptx
Aula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptxAula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptx
Aula 01 - HISTORICO E DEFINICAO.pptx
 

AULA 10 BIOQUIMICA BÁSICA - VITAMINAS E MINERAIS.pptx

  • 1. 01 BIOQUÍMICA BÁSICA (VITAMINAS E MINERAIS) (PROTEÍNAS, CARBOIDRATOS E LIPIDEOS)
  • 2. Carboidratos, lipídios e proteínas - são macronutrientes presentes nos alimentos para o fornecimento de calorias/energia. BIOQUÍMICA BÁSICA (VITAMINAS E MINERAIS) (PROTEÍNAS, CARBOIDRATOS E LIPIDEOS) A energia é utilizada para as funções vitais do organismo: • Respiração; • Circulação; • Síntese proteica; • Renovação celular; • Trabalho físico.
  • 3. VITAMINAS As vitaminas e os minerais são nutrientes essenciais - Eles não conseguem ser produzidos pelo organismo a partir de outras substâncias na dieta. As vitaminas e os minerais devem ser consumidos na dieta.
  • 4. Vitaminas são substâncias orgânicas essenciais, que têm de ser obtidas do alimento, uma vez que o organismo não consegue fabricá-las. • A maioria das vitaminas necessárias ao nosso organismo atua como coenzima. e, portanto, devem ser adquiridas através da ingestão de alimentos (frutas, verduras, legumes, carnes etc). • A falta de vitaminas pode acarretar em diversas doenças (avitaminoses). VITAMINAS
  • 5. • Substâncias extremamente frágeis podendo ser destruídas pelo calor, luz, ácidos e certos metais. • Não contribuem substancialmente para ganho de massa muscular VITAMINAS
  • 6. São substâncias orgânicas necessárias em quantidade pequeníssima e que o organismo não consegue produzir. VITAMINAS VITAMINAS
  • 7.  Lipossolúveis  Hidrossolúveis. De acordo com sua solubilidade se dividem: VITAMINAS
  • 8. VITAMINAS Hidrossolúveis (C e Complexo B) - solúveis em água e absorvidas pelo intestino. - Não são tóxicas e as quantidades armazenadas no corpo são normalmente pequenas - Quando em excesso, são facilmente excretadas na urina. Portanto, devem ser supridas continuamente na diet
  • 9. VITAMINAS Hidrossolúveis: • Vitamina C • Vitaminas do complexo B • B1 (Tiamina) • B2 (Riboflavina) • B3 (Niacina) • B5 • B6 • B8 (Biotina) • B9 (àcido Fólico) • B12 Colina
  • 10. VITAMINA C • Encontrada nas frutas cítricas como laranja e limão, também está presente em outros alimentos, como castanha do Pará, couve de Bruxelas, morango, tomate, repolho e espinafre cozido. • Vale ressaltar que a maneira de servir pode influenciar diretamente na absorção das vitaminas, pois no caso do suco de laranja, por exemplo, deve ser servido gelado e ingerido na mesma hora em que a fruta foi espremida, uma vez que o calor e o contato com o ar aceleram o processo de oxidação da vitamina C.
  • 11. Hidrossolúveis Características das vitaminas hidrossolúveis: • Perdidas devido à lavagem e cocção • Facilmente absorvidas e excretadas • Armazenadas em pequenas quantidades VITAMINAS
  • 12. Lipossolúveis (A, D, E e K) - solúveis em gorduras e absorvidas pelo intestino com a ajuda dos sais biliares produzidos pelo fígado. São derivados isoprenóides, modificados pela inclusão de grupos funcionais. - O consumo excessivo de vitaminas A e D são tóxicos - São absorvidas e transportadas juntamente com os lipídios - São armazenadas no fígado e nas células adiposas - São excretadas com as fezes VITAMINAS
  • 13. A deficiência de vitaminas é chamada de avitaminose ou hipovitaminose e o excesso é chamado de hipervitaminose. • Todas podem causar danos ao funcionamento do organismo. • O cozimento faz com que os alimentos percam parte de suas vitaminas durante o processo. • Atuam como COENZIMAS VITAMINAS
  • 14. • Elementos inorgânicos • Regulador de reações enzimáticas • Manutenção do equilíbrio osmótico • Estrutura para ossos e dentes • Controle ritmo cardíaco, contração muscular, estimulo nervoso e equilíbrio ácido básico SAIS MINERAIS
  • 15. Classificação: • Eletrólitos • Macrominerais ( > 100 mg/dia) SAIS MINERAIS Potássio (Principal cátion intracelular) Cloro (Principal ânion extracelular) Sódio (Principal cátion extracelular) Cálcio (coagulação sanguínea, transmissão de impulso nervoso, contração muscular e meneralização óssea) • Fósforo (met. CHO, AA e Lip. Componente do ATP) • Magnésio (Ativador enzimático que controla o metabolismo dos nutrientes energéticos) • Enxofre (par essencial de alguns AA e de enzimas)
  • 16. • Ferro • Zinco • Cobre • Iodo • Cromo • Selênio • Manganês • Molibdenio • Níquel BIOQUÍMICA BÁSICA (VITAMINAS E MINERAIS) (PROTEÍNAS, CARBOIDRATOS E LIPIDEOS) Classificação: • Microminerais (elementos traço) (15 mg/dia) • Elementos ultratraços • Flúor; • Arsênio • Cobalto ;Silício • Vanádio; Estanho • Chumbo; Mercúrio • Boro; Lítio • Estrôncio; Cádmio
  • 17. Os sais minerais fazem parte do grupo de elementos essenciais à nossa saúde. Eles não podem ser sintetizados pelo organismo, portanto devem ser obtidos através da alimentação. Não são elementos calóricos, porém desempenham funções importantíssimas no organismo. Os sais minerais representam cerca de 1% do total da composição celular. Podem ser encontrados sob a forma insolúvel, entrando na composição de estruturas esqueléticas e de sustentação, como os ossos. Quando os sais minerais se encontram dissolvidos em água, formam os íons. É sob essa forma que eles desempenham a sua atividade reguladora fundamental. A quantidade de cada mineral que deve ser consumido diariamente varia de microgramas a gramas. Dessa maneira, o excesso ou falta na ingestão pode acarretar prejuízos ao organismo, devendo-se tomar cuidado com o uso de suplementos. A IMPORTÂNCIA DOS SAIS MINERAIS EM NOSSO ORGANISMO
  • 20. • O Polivitamínico A-Z : É composto por vitaminas e minerais que ajudam a complementar a alimentação. • Indicado também nos casos de deficiência nutricional, como pode ocorrer em algumas condições de saúde específicas, como por exemplo durante o processo de recuperação após um período de adoecimento. POLIVITAMINICOS
  • 21. • Os suplementos multivitamínicos e minerais fornecem micronutrientes essenciais e aumentam a ingestão de nutrientes. • No entanto, a quantidade necessária de certos micronutrientes difere entre os gêneros. • Os politavitamínicos para HOMEM e MULHER contêm, respetivamente, diferentes quantidades de vitaminas e minerais específicos: QUAL É A DIFERENÇA ENTRE OS POLIVITAMÍNICOS PARA HOMEM E MULHER?
  • 22. • Mulheres • Folato - maior necessidade de quantidade devido ao aumento da necessidade durante a gravidez • Cálcio - maior necessidade de quantidade devido ao risco de ossos frágeis após a menopausa • Ferro - maior quantidade necessária devido à perda de sangue durante a menstruação e aumento do volume de sangue durante a gravidez QUAL É A DIFERENÇA ENTRE OS POLIVITAMÍNICOS PARA HOMEM E MULHER?
  • 23. • Homens • Magnésio - maior necessidade de quantidade devido à maior massa muscular • Zinco - maior necessidade de quantidade devido à produção de testosterona • Selénio - maior exigência de quantidade devido à produção de esperma QUAL É A DIFERENÇA ENTRE OS POLIVITAMÍNICOS PARA HOMEM E MULHER?
  • 24. • Foi desenvolvido especialmente para adultos com mais de 50 anos, pois ao passar dos anos nosso corpo perde nutrientes importantes que precisam ser repostos de maneira constante. POLIVITAMÍNICOS 50 +
  • 25. Auxilia na imunidade; Fortalecimento dos ossos e dentes; Visão; Energia; Contém ferro; Auxiliam no processo de divisão celular (crescimento); Na formação de células vermelhas do sangue; No funcionamento muscular; POLIVITAMÍNICOS INFANTIL Acima de 4 anos
  • 26. A suplementação de vitaminas é indicada antes e durante a gravidez. O complemento com ácido fólico é recomendado para todas as mulheres em idade reprodutiva e grávidas, pois ajuda a prevenir defeitos ou anormalidades no tubo neural. POLIVITAMÍNICOS PARA GESTANTES Ácido fólico; vit. D; Ferro As mulheres devem tomar um suplemento diário da substância por, pelo menos, um mês antes da concepção.
  • 27. Aminoácidos de Cadeia Ramificada (BCAA) Os BCAAs são os suplementos alimentares mais utilizados por atletas ​​para promover o crescimento muscular, aumentar a perda de gordura, retardar a fadiga e impulsionar o sistema imunológico. POLIVITAMÍNICOS PARA ATLETAS É recomendado no pós-treino, com a intenção de contribuir para o aumento da síntese proteica, recuperando e aumentando o músculo para o próximo treinamento. Quando suplementado no pré-treino, ele também auxilia na melhora da resistência e, por consequência, da performance, evitando a fadiga
  • 29. 1- O que são vitaminas e como são produzidas? 2- Como são classificadas as vitaminas? 3- O que são sais minerais? Dê 03 exemplos: 4- O que é avitaminose ou hipovitaminose? 5- O que é Hipervitaminose? EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO