SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Descobrir a outra face da GRIPE
             
O que precisa de saber sobre o
   vírus da GRIPE A (H1N1)




                    Ministério da Saúde
Preocupação impõe Comunicação
 O cidadão tem o direito
à informação sobre a dimensão
dos riscos e a saber aquilo que
os serviços de saúde públicos
estão a fazer para reduzir
esses riscos.
    Os efeitos das epidemias/pandemias serão tanto
   menores quanto maior for a preparação da
   população e das respostas das instituições.
Preocupação impõe Comunicação
 A Gripe é das doenças
 infecciosas melhor
 estudadas no plano
 científico e esse
 conhecimento
 fundamenta as
 decisões em Saúde
 Pública.
O que é uma                          ?

• Uma pandemia de Gripe é caracterizada por
  uma epidemia à escala mundial, provocada por
  um novo vírus da Gripe que infecta uma grande
  parte da população desprotegida.
• No século XX, houve 3 pandemias de Gripe
  (nos anos de 1918, 1957 e 1968).


                    2009.05.09
O que é a Gripe?

• A gripe é uma doença infecciosa aguda, isto é,
  de início súbito, provocado por um vírus que
  afecta, sobretudo, as vias respiratórias.
• Tem uma evolução favorável para a cura em
  poucos dias, habitualmente em menos de uma
  semana.
O vírus entra nas
vias respiratórias
Depois de entrar, o
vírus começa a
multiplicar-se,
provocando Inflamação
Depois o vírus entra
na corrente sanguínea
e aparecem os
primeiros sintomas.
Características
       do vírus da Gripe A (H1N1)

• O vírus da Gripe A (H1N1), que apareceu
  recentemente, é um novo subtipo de vírus da
  gripe que afecta os seres humanos, que se
  transmite de pessoa-a-pessoa.
• A doença contraída tem atingido, graus de
  severidade elevada, num considerável número
  de casos.
Quais os sintomas da infecção
pelo novo vírus da Gripe A(H1N1)?
• Febre;
• Sintomas respiratórios
     tosse, nariz entupido;
• Dor de garganta;
• Dores corporais ou musculares;
• Dor de cabeça;
• Arrepios;
• Fadiga;
• (Vómitos ou diarreia).
Qual a gravidade da infecção
pelo novo vírus da Gripe A(H1N1)?
Qual a gravidade da infecção
   pelo novo vírus da Gripe A(H1N1)?

• A febre pode durar 2 a 5 dias;
• A tosse, as dores de garganta e as dores
  musculares podem durar até 2 semanas;
• Em algumas pessoas a gripe pode complicar
  com aparecimento de pneumonia ou
  agravamento de doença já existente, sendo
  necessário eventual internamento hospitalar
Como se transmite
        o vírus da Gripe A(H1N1)?

    Tal como se transmite a gripe comúm:

 de pessoa para pessoa,
através do contacto directo
com pequenas gotas de
saliva, quando uma pessoa
fala, tosse ou espirra;
Como se transmite
       o vírus da Gripe A(H1N1)?

 ou indirectamente
quando há contacto com
secreções do nariz e/ou da
garganta de uma pessoa
infectada (contacto com
maçanetas das portas,
superfícies de utilização
pública, etc.).
Existe vacina contra
        o vírus da Gripe A(H1N1)?
• De momento, não existe nenhuma
  vacina que proteja a população do
  novo subtipo de vírus da Gripe A
  (H1N1);
• Não existe conhecimento científico
  actual que confirme qualquer
  protecção conferida pela vacina da
  Gripe sazonal.
Que devo fazer para
      não adoecer com Gripe A (H1N1)
• Deve seguir as precauções gerais de higiene
  relativamente a infecções respiratórias:

   Evite o contacto próximo com pessoas doentes;
   Se estiver doente, deverá manter a distância de
  pelo menos 1 m em relação aos outros, para
  evitar a propagação do vírus;
   Sempre que possível, mantenha-se no
  domicílio; evite multidões ou grandes
  aglomerados de pessoas.
Que devo fazer para
     não adoecer com Gripe A (H1N1)
Deve seguir as precauções gerais de higiene
relativamente a infecções respiratórias
   Se tossir ou espirrar, proteja a boca e o nariz
 com um lenço de papel de utilização única ou use
 o antebraço (nunca as mãos)
Que devo fazer para
     não adoecer com Gripe A (H1N1)
Deve seguir as precauções gerais de higiene
relativamente a infecções respiratórias

  Para se assoar,
 use lenços de papel
 de utilização única, e
 coloque-os de
 imediato no lixo
Que devo fazer para
     não adoecer com Gripe A (H1N1)
Deve seguir as precauções gerais de higiene
relativamente a infecções respiratórias

   Lave as mãos
 com água e sabão
 frequentemente, e
 sempre depois de
 se assoar, tossir ou
 espirrar
Qual é a situação actual?

• A situação na Europa está em rápida evolução.

• A Organização Mundial de Saúde declarou a Fase
  6 (nível máximo) de alerta quanto ao risco de
  pandemia, em 11 de Junho de 12009.

• É ainda cedo para saber qual o comportamento do
  vírus e a evolução da doença em Portugal.
Qual é a situação actual?

• Na Europa, e particularmente em Portugal, nos
  últimos anos, foram desenvolvidos grandes
  esforços de preparação para uma pandemia.
• Todos os Estados Membros da União Europeia
  têm Planos Nacionais de Contingência para a
  Pandemia de Gripe.
• O Serviço Nacional de Saúde Português está
  preparado para dar respostas adequadas aos
  problemas que os serviços de saúde públicos
  vão identificando.
Como deve proceder a comunidade?

• Há que continuar:

    Alerta, mas sem alarme
              Atentos
            Informados
Se apresentar sintomas sugestivos
de gripe e se tiver regressado de
área afectada ou se esteve em
contacto com doentes confirmados,
antes de sair de casa,
antes de sair de casa,
deve contactar aa
deve  contactar Linha          808 24 24 24
Linha de Saúde 24
de Saúde 24 (808 24
(808 24 24 24)
24 24)
e seguir as
e seguir as
recomendações dos
recomendações dos
profissionais de
profissionais de saúde.
saúde.
Número de atendimento gratuito.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

GRIPE SUÍNA TIPO H1 N1 - INFLUENZA
GRIPE SUÍNA TIPO H1 N1 - INFLUENZAGRIPE SUÍNA TIPO H1 N1 - INFLUENZA
GRIPE SUÍNA TIPO H1 N1 - INFLUENZA
 
Gripe comum, suina e aviaria
Gripe comum, suina e aviariaGripe comum, suina e aviaria
Gripe comum, suina e aviaria
 
Influenza
InfluenzaInfluenza
Influenza
 
Influenza 2009[1]
Influenza 2009[1]Influenza 2009[1]
Influenza 2009[1]
 
Gripe SuíNa
Gripe SuíNaGripe SuíNa
Gripe SuíNa
 
Gripe a1
Gripe a1Gripe a1
Gripe a1
 
Aprendendo mais sobre "H1N1"
Aprendendo mais sobre "H1N1"Aprendendo mais sobre "H1N1"
Aprendendo mais sobre "H1N1"
 
H1n1 celem
 H1n1  celem H1n1  celem
H1n1 celem
 
Influenza A
Influenza AInfluenza A
Influenza A
 
H1N1 para alunos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental - EM Clori
H1N1 para alunos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental - EM CloriH1N1 para alunos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental - EM Clori
H1N1 para alunos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental - EM Clori
 
Apresentação gripe influenza h1n1
Apresentação gripe influenza h1n1Apresentação gripe influenza h1n1
Apresentação gripe influenza h1n1
 
H1N1
H1N1H1N1
H1N1
 
Influenza
InfluenzaInfluenza
Influenza
 
Gripe A
Gripe AGripe A
Gripe A
 
Influenza A
Influenza AInfluenza A
Influenza A
 
Gripe e Influenza A (H1N1)
Gripe e Influenza A (H1N1)Gripe e Influenza A (H1N1)
Gripe e Influenza A (H1N1)
 
Influenza A H1 N1 2009
Influenza A H1 N1   2009Influenza A H1 N1   2009
Influenza A H1 N1 2009
 
Gripe A (H1N1)
Gripe A (H1N1)Gripe A (H1N1)
Gripe A (H1N1)
 
Gripe
GripeGripe
Gripe
 
Apresentacao Gripe Suina
Apresentacao Gripe SuinaApresentacao Gripe Suina
Apresentacao Gripe Suina
 

Destaque

Hemaglutinina
HemaglutininaHemaglutinina
HemaglutininaTBQ-RLORC
 
Gripe Suína Paraná- Brasil
Gripe Suína Paraná- BrasilGripe Suína Paraná- Brasil
Gripe Suína Paraná- BrasilMarcos Nascimento
 
Cartilha gripe suina
Cartilha gripe suinaCartilha gripe suina
Cartilha gripe suinaEscolaeas
 
Gripe A
Gripe AGripe A
Gripe A8Aap
 
Apresentação gripe a h1 n1
Apresentação gripe a h1 n1Apresentação gripe a h1 n1
Apresentação gripe a h1 n1cainaa13
 
Medidas preventivas contra a Gripe Suína (vírus H1N1)
Medidas preventivas contra a Gripe Suína (vírus H1N1)Medidas preventivas contra a Gripe Suína (vírus H1N1)
Medidas preventivas contra a Gripe Suína (vírus H1N1)UFVJM
 
Mikrobiologi-Virus Influenza
Mikrobiologi-Virus InfluenzaMikrobiologi-Virus Influenza
Mikrobiologi-Virus InfluenzaSintia Julianti
 
Slide da apresentaçã sobre a influenza A (H1N1)
Slide da apresentaçã sobre a influenza A (H1N1)Slide da apresentaçã sobre a influenza A (H1N1)
Slide da apresentaçã sobre a influenza A (H1N1)Carlos
 
Arboviroses Chikungunya - Dengue - Febre Amarela - Zika 2016
Arboviroses  Chikungunya - Dengue - Febre Amarela - Zika 2016Arboviroses  Chikungunya - Dengue - Febre Amarela - Zika 2016
Arboviroses Chikungunya - Dengue - Febre Amarela - Zika 2016Alexandre Naime Barbosa
 
Apresentação aids
Apresentação aidsApresentação aids
Apresentação aidsletosgirl
 
Influenza Humana A-H1N1
Influenza Humana A-H1N1Influenza Humana A-H1N1
Influenza Humana A-H1N1mauxmatta
 
Apresentação Febre amarela
Apresentação Febre amarelaApresentação Febre amarela
Apresentação Febre amarelaMariana Freire
 

Destaque (18)

Hemaglutinina
HemaglutininaHemaglutinina
Hemaglutinina
 
Gripe Suína Paraná- Brasil
Gripe Suína Paraná- BrasilGripe Suína Paraná- Brasil
Gripe Suína Paraná- Brasil
 
Cartilha gripe suina
Cartilha gripe suinaCartilha gripe suina
Cartilha gripe suina
 
Gripe A
Gripe AGripe A
Gripe A
 
Apresentação gripe a h1 n1
Apresentação gripe a h1 n1Apresentação gripe a h1 n1
Apresentação gripe a h1 n1
 
Gripe Suina
Gripe SuinaGripe Suina
Gripe Suina
 
Medidas preventivas contra a Gripe Suína (vírus H1N1)
Medidas preventivas contra a Gripe Suína (vírus H1N1)Medidas preventivas contra a Gripe Suína (vírus H1N1)
Medidas preventivas contra a Gripe Suína (vírus H1N1)
 
Mikrobiologi-Virus Influenza
Mikrobiologi-Virus InfluenzaMikrobiologi-Virus Influenza
Mikrobiologi-Virus Influenza
 
Slide da apresentaçã sobre a influenza A (H1N1)
Slide da apresentaçã sobre a influenza A (H1N1)Slide da apresentaçã sobre a influenza A (H1N1)
Slide da apresentaçã sobre a influenza A (H1N1)
 
Febre amarela
Febre amarelaFebre amarela
Febre amarela
 
Arboviroses
ArbovirosesArboviroses
Arboviroses
 
CiêNcias+[1]..
CiêNcias+[1]..CiêNcias+[1]..
CiêNcias+[1]..
 
Arboviroses Chikungunya - Dengue - Febre Amarela - Zika 2016
Arboviroses  Chikungunya - Dengue - Febre Amarela - Zika 2016Arboviroses  Chikungunya - Dengue - Febre Amarela - Zika 2016
Arboviroses Chikungunya - Dengue - Febre Amarela - Zika 2016
 
Apresentação aids
Apresentação aidsApresentação aids
Apresentação aids
 
Apresentação aids
Apresentação aidsApresentação aids
Apresentação aids
 
H1N1
H1N1H1N1
H1N1
 
Influenza Humana A-H1N1
Influenza Humana A-H1N1Influenza Humana A-H1N1
Influenza Humana A-H1N1
 
Apresentação Febre amarela
Apresentação Febre amarelaApresentação Febre amarela
Apresentação Febre amarela
 

Semelhante a ApresentaçãO PopulaçãO Sobre Gripe A

Semelhante a ApresentaçãO PopulaçãO Sobre Gripe A (20)

Gripe A
Gripe AGripe A
Gripe A
 
Gripe A Folheto Informativo
Gripe A Folheto InformativoGripe A Folheto Informativo
Gripe A Folheto Informativo
 
Gripe A ( H1 N1 )
Gripe  A (  H1 N1 )Gripe  A (  H1 N1 )
Gripe A ( H1 N1 )
 
Gripe A ( H1 N1 )
Gripe A ( H1 N1 )Gripe A ( H1 N1 )
Gripe A ( H1 N1 )
 
Formação sobre o virus da gripe A H1n1.pptx
Formação sobre o virus da gripe A H1n1.pptxFormação sobre o virus da gripe A H1n1.pptx
Formação sobre o virus da gripe A H1n1.pptx
 
Info News Gripe A
Info News Gripe AInfo News Gripe A
Info News Gripe A
 
X Gripe A Grp10
X Gripe A Grp10X Gripe A Grp10
X Gripe A Grp10
 
Gripe A
Gripe AGripe A
Gripe A
 
Influenza h1 n1
Influenza h1 n1Influenza h1 n1
Influenza h1 n1
 
Gripes e Resfriados
Gripes e ResfriadosGripes e Resfriados
Gripes e Resfriados
 
Gripe SuíNa
Gripe SuíNaGripe SuíNa
Gripe SuíNa
 
Dssms Gripe SuíNa
Dssms   Gripe SuíNaDssms   Gripe SuíNa
Dssms Gripe SuíNa
 
Gripe SuíNa
Gripe SuíNaGripe SuíNa
Gripe SuíNa
 
Gripe Suina - Elaborado pela Petrobras
Gripe Suina - Elaborado pela PetrobrasGripe Suina - Elaborado pela Petrobras
Gripe Suina - Elaborado pela Petrobras
 
X Gripe A Grp2
X Gripe A Grp2X Gripe A Grp2
X Gripe A Grp2
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novo
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novoDoencas emergentes e reemergentes 2008-novo
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novo
 
X Gripe A Grp9
X Gripe A Grp9X Gripe A Grp9
X Gripe A Grp9
 
Cartilha coronavirus unimed
Cartilha coronavirus unimedCartilha coronavirus unimed
Cartilha coronavirus unimed
 
Dengue e H1 n1 Nathana52
Dengue e H1 n1 Nathana52Dengue e H1 n1 Nathana52
Dengue e H1 n1 Nathana52
 

Mais de Cristina Vitória (20)

Celula
CelulaCelula
Celula
 
Unidade 6
Unidade 6Unidade 6
Unidade 6
 
Unidade 5
Unidade 5Unidade 5
Unidade 5
 
Mundo natural
Mundo naturalMundo natural
Mundo natural
 
Saude santilhana
Saude santilhanaSaude santilhana
Saude santilhana
 
Protecção e conservação da natureza
Protecção e conservação da naturezaProtecção e conservação da natureza
Protecção e conservação da natureza
 
Política 3 rs
Política 3 rsPolítica 3 rs
Política 3 rs
 
Recursos naturais i
Recursos naturais iRecursos naturais i
Recursos naturais i
 
Recursos naturais ii
Recursos naturais iiRecursos naturais ii
Recursos naturais ii
 
Catástrofes
CatástrofesCatástrofes
Catástrofes
 
Sistemaneuro hormonal
Sistemaneuro hormonalSistemaneuro hormonal
Sistemaneuro hormonal
 
Dia de são valentim
Dia de são valentimDia de são valentim
Dia de são valentim
 
Fluxos de energia e ciclo de matéria i
Fluxos de energia e ciclo de matéria iFluxos de energia e ciclo de matéria i
Fluxos de energia e ciclo de matéria i
 
Fluxos de energia e ciclo de matéria ii
Fluxos de energia e ciclo de matéria iiFluxos de energia e ciclo de matéria ii
Fluxos de energia e ciclo de matéria ii
 
Factores bióticos
Factores bióticosFactores bióticos
Factores bióticos
 
Biosfera e factores abióticos
Biosfera e factores abióticosBiosfera e factores abióticos
Biosfera e factores abióticos
 
Terra um planeta com vida
Terra   um planeta com vidaTerra   um planeta com vida
Terra um planeta com vida
 
Fertilidade
FertilidadeFertilidade
Fertilidade
 
Reprodução nos seres vivos
Reprodução nos seres vivosReprodução nos seres vivos
Reprodução nos seres vivos
 
Recursos hidricos
Recursos hidricosRecursos hidricos
Recursos hidricos
 

Último

prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxmariiiaaa1290
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxlucivaniaholanda
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 

Último (20)

prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 

ApresentaçãO PopulaçãO Sobre Gripe A

  • 1. Descobrir a outra face da GRIPE  O que precisa de saber sobre o vírus da GRIPE A (H1N1) Ministério da Saúde
  • 2. Preocupação impõe Comunicação  O cidadão tem o direito à informação sobre a dimensão dos riscos e a saber aquilo que os serviços de saúde públicos estão a fazer para reduzir esses riscos.  Os efeitos das epidemias/pandemias serão tanto menores quanto maior for a preparação da população e das respostas das instituições.
  • 3. Preocupação impõe Comunicação  A Gripe é das doenças infecciosas melhor estudadas no plano científico e esse conhecimento fundamenta as decisões em Saúde Pública.
  • 4. O que é uma ? • Uma pandemia de Gripe é caracterizada por uma epidemia à escala mundial, provocada por um novo vírus da Gripe que infecta uma grande parte da população desprotegida. • No século XX, houve 3 pandemias de Gripe (nos anos de 1918, 1957 e 1968). 2009.05.09
  • 5. O que é a Gripe? • A gripe é uma doença infecciosa aguda, isto é, de início súbito, provocado por um vírus que afecta, sobretudo, as vias respiratórias. • Tem uma evolução favorável para a cura em poucos dias, habitualmente em menos de uma semana.
  • 6. O vírus entra nas vias respiratórias Depois de entrar, o vírus começa a multiplicar-se, provocando Inflamação Depois o vírus entra na corrente sanguínea e aparecem os primeiros sintomas.
  • 7. Características do vírus da Gripe A (H1N1) • O vírus da Gripe A (H1N1), que apareceu recentemente, é um novo subtipo de vírus da gripe que afecta os seres humanos, que se transmite de pessoa-a-pessoa. • A doença contraída tem atingido, graus de severidade elevada, num considerável número de casos.
  • 8. Quais os sintomas da infecção pelo novo vírus da Gripe A(H1N1)? • Febre; • Sintomas respiratórios tosse, nariz entupido; • Dor de garganta; • Dores corporais ou musculares; • Dor de cabeça; • Arrepios; • Fadiga; • (Vómitos ou diarreia).
  • 9. Qual a gravidade da infecção pelo novo vírus da Gripe A(H1N1)?
  • 10. Qual a gravidade da infecção pelo novo vírus da Gripe A(H1N1)? • A febre pode durar 2 a 5 dias; • A tosse, as dores de garganta e as dores musculares podem durar até 2 semanas; • Em algumas pessoas a gripe pode complicar com aparecimento de pneumonia ou agravamento de doença já existente, sendo necessário eventual internamento hospitalar
  • 11. Como se transmite o vírus da Gripe A(H1N1)? Tal como se transmite a gripe comúm:  de pessoa para pessoa, através do contacto directo com pequenas gotas de saliva, quando uma pessoa fala, tosse ou espirra;
  • 12. Como se transmite o vírus da Gripe A(H1N1)?  ou indirectamente quando há contacto com secreções do nariz e/ou da garganta de uma pessoa infectada (contacto com maçanetas das portas, superfícies de utilização pública, etc.).
  • 13. Existe vacina contra o vírus da Gripe A(H1N1)? • De momento, não existe nenhuma vacina que proteja a população do novo subtipo de vírus da Gripe A (H1N1); • Não existe conhecimento científico actual que confirme qualquer protecção conferida pela vacina da Gripe sazonal.
  • 14. Que devo fazer para não adoecer com Gripe A (H1N1) • Deve seguir as precauções gerais de higiene relativamente a infecções respiratórias:  Evite o contacto próximo com pessoas doentes;  Se estiver doente, deverá manter a distância de pelo menos 1 m em relação aos outros, para evitar a propagação do vírus;  Sempre que possível, mantenha-se no domicílio; evite multidões ou grandes aglomerados de pessoas.
  • 15. Que devo fazer para não adoecer com Gripe A (H1N1) Deve seguir as precauções gerais de higiene relativamente a infecções respiratórias  Se tossir ou espirrar, proteja a boca e o nariz com um lenço de papel de utilização única ou use o antebraço (nunca as mãos)
  • 16. Que devo fazer para não adoecer com Gripe A (H1N1) Deve seguir as precauções gerais de higiene relativamente a infecções respiratórias  Para se assoar, use lenços de papel de utilização única, e coloque-os de imediato no lixo
  • 17. Que devo fazer para não adoecer com Gripe A (H1N1) Deve seguir as precauções gerais de higiene relativamente a infecções respiratórias  Lave as mãos com água e sabão frequentemente, e sempre depois de se assoar, tossir ou espirrar
  • 18. Qual é a situação actual? • A situação na Europa está em rápida evolução. • A Organização Mundial de Saúde declarou a Fase 6 (nível máximo) de alerta quanto ao risco de pandemia, em 11 de Junho de 12009. • É ainda cedo para saber qual o comportamento do vírus e a evolução da doença em Portugal.
  • 19. Qual é a situação actual? • Na Europa, e particularmente em Portugal, nos últimos anos, foram desenvolvidos grandes esforços de preparação para uma pandemia. • Todos os Estados Membros da União Europeia têm Planos Nacionais de Contingência para a Pandemia de Gripe. • O Serviço Nacional de Saúde Português está preparado para dar respostas adequadas aos problemas que os serviços de saúde públicos vão identificando.
  • 20. Como deve proceder a comunidade? • Há que continuar:  Alerta, mas sem alarme  Atentos  Informados
  • 21. Se apresentar sintomas sugestivos de gripe e se tiver regressado de área afectada ou se esteve em contacto com doentes confirmados, antes de sair de casa, antes de sair de casa, deve contactar aa deve contactar Linha 808 24 24 24 Linha de Saúde 24 de Saúde 24 (808 24 (808 24 24 24) 24 24) e seguir as e seguir as recomendações dos recomendações dos profissionais de profissionais de saúde. saúde.