SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Admissão do paciente na
unidade
• Trata-se da internação do cliente em uma
unidade hospitalar.
O que pode gerar uma
internação?
• Interrupção do ritmo e das atividades cotidianas,
* desequilíbrio orçamentário e financeiro,
* afastamento do meio social,
* necessidade de adaptação no ambiente
hospitalar,
* perda da privacidade e individualidade,
* insegurança,
* medo,
* sensação de abandono.
Recepção do paciente:
• Recepção do paciente:
Cortesia, segurança, transmitir confiança,
informar sobre normas e rotinas,
apresentar equipe e unidade, objetos de
uso pessoal, controlar sinais vitais, peso e
altura, iniciar procedimentos terapêuticos,
registros, horários de visitas, orientações
gerais.
Admissão de enfermagem:
• Horário e motivo da internação,
diagnóstico médico, meio de locomoção,
estado geral, sinais e sintomas, hábitos
(alimentação, eliminação, sono e
repouso), uso de medicamentos,
alergias , uso de próteses, sinais vitais.
Transferência do paciente
• É a remoção do paciente de uma clínica
para outra, do mesmo hospital ou para
hospital diferente.
A saída do paciente não significa
necessariamente o fim do tratamento,
mas a transferência da responsabilidade
da sua continuidade para o paciente,
família ou outra unidade hospitalar.
• MPORTANTE: encaminhar o paciente
transportando-o mediante suas condições
físicas, levando junto os pertences e o
relatório baseado no prontuário.
Alta do paciente
• Saída do paciente da unidade hospitalar.
• IMPORTANTE: informar ao cliente e sua família
que lhe foi dada alta, orientar quanto aos
cuidados no domicílio, marcação da próxima
consulta, certificar-se que todos os pertences
foram entregues ao cliente, acompanhar o
cliente até a saída da unidade, providenciar
limpeza terminal e colocar ordem no quarto.
Óbito
• = Conjunto de cuidados prestados ao
paciente após seu falecimento
• IMPORTANTE: Registro do óbito, avisar a
família (serviço social ou médico), realizar
cuidados com o corpo pós-morte, recolher
os pertences e entregá-los a família,
providenciar limpeza terminal e colocar
ordem no quarto.
• "A Enfermagem é: Todo o bem que
pudermos fazer, toda a ternura que
pudermos dar a um ser humano; que o
façamos agora, neste momento,
porque não passaremos duas vezes
pelo mesmo caminho"
Admissão do paciente na unidade

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Sae
SaeSae
Sae
 
Anotação+de+enfermagem
Anotação+de+enfermagemAnotação+de+enfermagem
Anotação+de+enfermagem
 
Infecção hospitalar
Infecção hospitalarInfecção hospitalar
Infecção hospitalar
 
Administração de medicamentos
Administração de medicamentosAdministração de medicamentos
Administração de medicamentos
 
Isolamento
IsolamentoIsolamento
Isolamento
 
Clínica Cirúrgica AULA 1
Clínica Cirúrgica AULA 1Clínica Cirúrgica AULA 1
Clínica Cirúrgica AULA 1
 
Apostila fundamentos de enfermagem
Apostila fundamentos de enfermagemApostila fundamentos de enfermagem
Apostila fundamentos de enfermagem
 
Paciente internado
Paciente internadoPaciente internado
Paciente internado
 
Registros de Enfermagem
Registros de EnfermagemRegistros de Enfermagem
Registros de Enfermagem
 
Anotações de enfermagem
Anotações de enfermagem   Anotações de enfermagem
Anotações de enfermagem
 
Biosegurança nas ações de enfermagem
Biosegurança nas ações de enfermagemBiosegurança nas ações de enfermagem
Biosegurança nas ações de enfermagem
 
Clínica Médica l
Clínica Médica lClínica Médica l
Clínica Médica l
 
Banho de leito.atualizada
Banho de leito.atualizadaBanho de leito.atualizada
Banho de leito.atualizada
 
Atendimento pré hospitalar -1
Atendimento pré hospitalar -1Atendimento pré hospitalar -1
Atendimento pré hospitalar -1
 
Administração medicamentos via subcutanea
Administração  medicamentos via subcutaneaAdministração  medicamentos via subcutanea
Administração medicamentos via subcutanea
 
Aula acessos venosos
Aula acessos venososAula acessos venosos
Aula acessos venosos
 
Semiologia e Semiotécnica em Enfermagem
Semiologia e Semiotécnica em EnfermagemSemiologia e Semiotécnica em Enfermagem
Semiologia e Semiotécnica em Enfermagem
 
Paciente em fase terminal
Paciente em fase terminalPaciente em fase terminal
Paciente em fase terminal
 
Fundamentos de enfermagem
Fundamentos de enfermagemFundamentos de enfermagem
Fundamentos de enfermagem
 
Aula Central de material Esterilizado
Aula Central de material EsterilizadoAula Central de material Esterilizado
Aula Central de material Esterilizado
 

Semelhante a Admissão do paciente na unidade

aula FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM enf 20..pptx
aula FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM enf 20..pptxaula FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM enf 20..pptx
aula FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM enf 20..pptxKelengomez
 
Cuidados de Enfermagem em Cirurgia Ortopédica no Pré, Trans e pós Operatório
Cuidados de Enfermagem em Cirurgia Ortopédica no Pré, Trans e pós OperatórioCuidados de Enfermagem em Cirurgia Ortopédica no Pré, Trans e pós Operatório
Cuidados de Enfermagem em Cirurgia Ortopédica no Pré, Trans e pós OperatórioKarolina Azevedo
 
Centrocirurgicoe 140827063934-phpapp02
Centrocirurgicoe 140827063934-phpapp02Centrocirurgicoe 140827063934-phpapp02
Centrocirurgicoe 140827063934-phpapp02Carine Silvestrini
 
Cuidados de Enfermagem durante o óbito e pós-óbito - Aula 7.pdf
Cuidados de Enfermagem durante o óbito e pós-óbito - Aula 7.pdfCuidados de Enfermagem durante o óbito e pós-óbito - Aula 7.pdf
Cuidados de Enfermagem durante o óbito e pós-óbito - Aula 7.pdfJennyTeixeira1
 
Assistência de enfermagem ao paciente cirúrgico.pptx
Assistência de enfermagem ao paciente cirúrgico.pptxAssistência de enfermagem ao paciente cirúrgico.pptx
Assistência de enfermagem ao paciente cirúrgico.pptxEnfermagemUniavan
 
1 ENCONTRO CONCEITOS UTI.pptx
1 ENCONTRO CONCEITOS UTI.pptx1 ENCONTRO CONCEITOS UTI.pptx
1 ENCONTRO CONCEITOS UTI.pptxssuser51d27c1
 
ENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptx
ENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptxENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptx
ENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptxCinthiaAlves29
 
AULA UTI SEXTA 13.pdf w,dwej,.jgpogipigj
AULA UTI SEXTA 13.pdf w,dwej,.jgpogipigjAULA UTI SEXTA 13.pdf w,dwej,.jgpogipigj
AULA UTI SEXTA 13.pdf w,dwej,.jgpogipigjElainneChrisFerreira
 
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfGiza Carla Nitz
 
Rotinas gerais de_enfermagem
Rotinas gerais de_enfermagemRotinas gerais de_enfermagem
Rotinas gerais de_enfermagemAline R Louro
 
Cobam aula 2. (03 agosto) sala de espera da uti
Cobam aula 2. (03 agosto) sala de espera da  utiCobam aula 2. (03 agosto) sala de espera da  uti
Cobam aula 2. (03 agosto) sala de espera da utiPrLinaldo Oliveira
 
CIRÚRGICA II - pós operatorio.pptx
CIRÚRGICA II - pós operatorio.pptxCIRÚRGICA II - pós operatorio.pptx
CIRÚRGICA II - pós operatorio.pptxEvelineMachado3
 
Aula Saude da Mulher Puerpério.pptx
Aula Saude da Mulher Puerpério.pptxAula Saude da Mulher Puerpério.pptx
Aula Saude da Mulher Puerpério.pptxVanessaAlvesDeSouza4
 

Semelhante a Admissão do paciente na unidade (20)

aula FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM enf 20..pptx
aula FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM enf 20..pptxaula FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM enf 20..pptx
aula FUNDAMENTOS DE ENFERMAGEM enf 20..pptx
 
Cuidados de Enfermagem em Cirurgia Ortopédica no Pré, Trans e pós Operatório
Cuidados de Enfermagem em Cirurgia Ortopédica no Pré, Trans e pós OperatórioCuidados de Enfermagem em Cirurgia Ortopédica no Pré, Trans e pós Operatório
Cuidados de Enfermagem em Cirurgia Ortopédica no Pré, Trans e pós Operatório
 
Centrocirurgicoe 140827063934-phpapp02
Centrocirurgicoe 140827063934-phpapp02Centrocirurgicoe 140827063934-phpapp02
Centrocirurgicoe 140827063934-phpapp02
 
Uti
UtiUti
Uti
 
Uti
UtiUti
Uti
 
Cuidados de Enfermagem durante o óbito e pós-óbito - Aula 7.pdf
Cuidados de Enfermagem durante o óbito e pós-óbito - Aula 7.pdfCuidados de Enfermagem durante o óbito e pós-óbito - Aula 7.pdf
Cuidados de Enfermagem durante o óbito e pós-óbito - Aula 7.pdf
 
Apostila
 Apostila Apostila
Apostila
 
Assistência de enfermagem ao paciente cirúrgico.pptx
Assistência de enfermagem ao paciente cirúrgico.pptxAssistência de enfermagem ao paciente cirúrgico.pptx
Assistência de enfermagem ao paciente cirúrgico.pptx
 
1 ENCONTRO CONCEITOS UTI.pptx
1 ENCONTRO CONCEITOS UTI.pptx1 ENCONTRO CONCEITOS UTI.pptx
1 ENCONTRO CONCEITOS UTI.pptx
 
07 hospital
07 hospital07 hospital
07 hospital
 
ENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptx
ENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptxENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptx
ENFERMAGEM HOME CARE E SERVIÇOS NA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR.pptx
 
Pre operativo
Pre operativoPre operativo
Pre operativo
 
AULA UTI SEXTA 13.pdf w,dwej,.jgpogipigj
AULA UTI SEXTA 13.pdf w,dwej,.jgpogipigjAULA UTI SEXTA 13.pdf w,dwej,.jgpogipigj
AULA UTI SEXTA 13.pdf w,dwej,.jgpogipigj
 
AULA UTI.pptx
AULA UTI.pptxAULA UTI.pptx
AULA UTI.pptx
 
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
 
Traininre
TraininreTraininre
Traininre
 
Rotinas gerais de_enfermagem
Rotinas gerais de_enfermagemRotinas gerais de_enfermagem
Rotinas gerais de_enfermagem
 
Cobam aula 2. (03 agosto) sala de espera da uti
Cobam aula 2. (03 agosto) sala de espera da  utiCobam aula 2. (03 agosto) sala de espera da  uti
Cobam aula 2. (03 agosto) sala de espera da uti
 
CIRÚRGICA II - pós operatorio.pptx
CIRÚRGICA II - pós operatorio.pptxCIRÚRGICA II - pós operatorio.pptx
CIRÚRGICA II - pós operatorio.pptx
 
Aula Saude da Mulher Puerpério.pptx
Aula Saude da Mulher Puerpério.pptxAula Saude da Mulher Puerpério.pptx
Aula Saude da Mulher Puerpério.pptx
 

Admissão do paciente na unidade

  • 1. Admissão do paciente na unidade • Trata-se da internação do cliente em uma unidade hospitalar.
  • 2. O que pode gerar uma internação? • Interrupção do ritmo e das atividades cotidianas, * desequilíbrio orçamentário e financeiro, * afastamento do meio social, * necessidade de adaptação no ambiente hospitalar, * perda da privacidade e individualidade, * insegurança, * medo, * sensação de abandono.
  • 3. Recepção do paciente: • Recepção do paciente: Cortesia, segurança, transmitir confiança, informar sobre normas e rotinas, apresentar equipe e unidade, objetos de uso pessoal, controlar sinais vitais, peso e altura, iniciar procedimentos terapêuticos, registros, horários de visitas, orientações gerais.
  • 4. Admissão de enfermagem: • Horário e motivo da internação, diagnóstico médico, meio de locomoção, estado geral, sinais e sintomas, hábitos (alimentação, eliminação, sono e repouso), uso de medicamentos, alergias , uso de próteses, sinais vitais.
  • 5. Transferência do paciente • É a remoção do paciente de uma clínica para outra, do mesmo hospital ou para hospital diferente. A saída do paciente não significa necessariamente o fim do tratamento, mas a transferência da responsabilidade da sua continuidade para o paciente, família ou outra unidade hospitalar.
  • 6. • MPORTANTE: encaminhar o paciente transportando-o mediante suas condições físicas, levando junto os pertences e o relatório baseado no prontuário.
  • 7. Alta do paciente • Saída do paciente da unidade hospitalar.
  • 8. • IMPORTANTE: informar ao cliente e sua família que lhe foi dada alta, orientar quanto aos cuidados no domicílio, marcação da próxima consulta, certificar-se que todos os pertences foram entregues ao cliente, acompanhar o cliente até a saída da unidade, providenciar limpeza terminal e colocar ordem no quarto.
  • 9. Óbito • = Conjunto de cuidados prestados ao paciente após seu falecimento
  • 10. • IMPORTANTE: Registro do óbito, avisar a família (serviço social ou médico), realizar cuidados com o corpo pós-morte, recolher os pertences e entregá-los a família, providenciar limpeza terminal e colocar ordem no quarto.
  • 11. • "A Enfermagem é: Todo o bem que pudermos fazer, toda a ternura que pudermos dar a um ser humano; que o façamos agora, neste momento, porque não passaremos duas vezes pelo mesmo caminho"