SlideShare uma empresa Scribd logo
Fim do Império Romano do Ocidente
Europa fica dividida e num clima de instabilidade
Multiplicidade de poderes
Senhorios, principados, ducados e condados, reinos,
comunas e um Império
Sistema político, social e económico – Feudalismo
(sistema baseado na posse e exploração de terra –
laços de dependência)
Escola Secundária de Lagoa
Disciplina de História – 10º E
Ano Letivo 2014/2015
Carlos Fernando M. Costa
 Apesar das divisões políticas, a
Europa Ocidental era um
conjunto unido pela mesma fé;
 A igreja é um único laço que
persiste;
 Cristandade Latina;
 Obediência ao bispo de Roma,
o Papa;
Papa Gregório VII
 O reconhecimento do Papa
como autoridade máxima da
Igreja não foi um processo fácil;
 Deve-se a Gregório VII a
consolidação do poder da
Igreja de Roma;
 Reforma Gregoriana –
supremacia absoluta do
papado (conceitos pág. 18)
Papa Gregório VII
Reforma Gregoriana
Dictatus Papae (Doc. 1, pág. 18)
Supremacia do Papa sobre toda a Cristandade
Papa é o representante máximo de Deus na
Terra
Desenvolvimento da Teologia e da
Espiritualidade
Sujeição de reis e imperadores à Santa Sé;
Conflito entre Papa, imperador e monarcas
 No séc. XIII, a Igreja é a instituição
mais poderosa e organizada do
Ocidente;
 Tem um centro reconhecido, Roma
e um chefe supremo, o Papa;
 O seu poder alastra-se por todo o
Ocidente;
 Possui meios humanos e materiais;
 Rege-se por um código de leis
próprias (Direito Canónico)
Cerimónia da Eucaristia surge
no séc. XIII
 Império Romano do Oriente
sucumbe apenas em 1453, era
conhecido por Império
Bizantino;
 Constantinopla (ou Bizâncio) era
o centro religioso deste império;
 Figura maior do Clero cristão do
Oriente era o Patriarca de
Constantinopla; (nota de
rodapé 2, pág. 20) Miguel Cerulário, patriarca
de Constantinopla e Papa
Leão IX
 Existia uma grande rivalidade entre
os bispos de Roma e
Constantinopla;
 Divisão da Igreja – “Cisma da
Cristandade”
 Oriente - Igreja de língua grega,
“fiel aos dogmas” e ortodoxa;
(conceitos – pág. 20)
 Ocidente – igreja latina, apoiada
pelo Sacro Império e pelas
monarquias em geral;
Miguel Cerulário, patriarca
de Constantinopla e Papa
Leão IX
 Cisão religiosa leva ao
conflito declarado;
 Doc. 10 – pág. 21
 Em 1204, os cavaleiros da
quarta cruzada, que
tinham como missão
combater os infiéis
muçulmanos saqueiam
Constantinopla;
O Saque de Constantinopla
 História Épica 3 - Quatro Curiosidades Sobre Constantinopla (7m44)
https://www.youtube.com/watch?v=xRsh2kiqots
 Conceitos - Islão (pág. 22);
 Princípios do Islão – Livro
sagrado chamado Alcorão
(ou Corão);
 Doc. 11 (pág.22);
 O Islão ultrapassou a barreira
religiosa e unificou os povos
árabes;
 Surge a Jihad (guerra santa) –
expansão da fé islâmica
Maomet
 Mundo islâmico carateriza-se
pela riqueza, prosperidade e
requinte;
 Cidades monumentais;
 Controlo do comércio
(inclusive o mediterrânico);
 A resposta da Cristandade
para impedir a expansão do
Islamismo surge com as
cruzadas; Bagdad
 Cruzadas criaram o espírito de
luta contra os inimigos da fé;
 Por toda a Europa (e na
Península Ibérica com a
Reconquista) a cristandade
face ao Islão recupera
gradualmente a sua força e
reputação;
 As duas religiões ficaram a
partir do séc. XIII confinadas a
uma divisão, ocidente era
cristão e oriente muçulmano. Cruzadas
Caderno do Aluno
 Ficha nº 7 – Grupo II (Questões 1, 3 e 4)
1. Interpretar a imagem do Doc. 1:
− de que forma é apresentado o Papa Gregório VII?
− o que pode significar o aparecimento de um anjo?
3. Esclarecer a quem se refere o Papa quando fala
da “cabeça” da Igreja (Doc. 3, linha 5).
4. Identificar os «Gregos» a que se refere Bonifácio VIII
(Doc. 3, linha 10).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Roma- Resumo de história 10ºano
Roma- Resumo de história 10ºanoRoma- Resumo de história 10ºano
Roma- Resumo de história 10ºano
Susana Grandão
 
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
O surto urbano
O surto urbanoO surto urbano
O surto urbano
carolinagomesss
 
03 historia a_revisões_módulo_3
03 historia a_revisões_módulo_303 historia a_revisões_módulo_3
03 historia a_revisões_módulo_3
Vítor Santos
 
A cristandade ocidental face ao islão parte 1
A cristandade ocidental face ao islão  parte 1A cristandade ocidental face ao islão  parte 1
A cristandade ocidental face ao islão parte 1
Carla Teixeira
 
02 o alargamento do conhecimento do mundo
02 o alargamento do conhecimento do mundo02 o alargamento do conhecimento do mundo
02 o alargamento do conhecimento do mundo
Vítor Santos
 
MÓDULO II- 10º ANO- Idade média: reconquista
MÓDULO II- 10º ANO-  Idade média: reconquistaMÓDULO II- 10º ANO-  Idade média: reconquista
MÓDULO II- 10º ANO- Idade média: reconquista
Carina Vale
 
Poder régio
Poder régioPoder régio
Poder régio
Carina Vale
 
Valores, vivências e quotidiano
Valores, vivências e quotidianoValores, vivências e quotidiano
Valores, vivências e quotidiano
Vítor Santos
 
História 11ºano ( matéria do 1º período)
 História 11ºano ( matéria do 1º período) História 11ºano ( matéria do 1º período)
História 11ºano ( matéria do 1º período)
Andreia Pacheco
 
02_02_o espaço português.pdf
02_02_o espaço português.pdf02_02_o espaço português.pdf
02_02_o espaço português.pdf
Vítor Santos
 
Resumos de História 11º ano
Resumos de História 11º anoResumos de História 11º ano
Resumos de História 11º ano
Antonino Miguel
 
01 a geografia cultural europeia
01 a geografia cultural europeia01 a geografia cultural europeia
01 a geografia cultural europeia
Vítor Santos
 
03 a producao cultural
03 a producao cultural03 a producao cultural
03 a producao cultural
Vítor Santos
 
02 historia a_revisoes_modulo_2
02 historia a_revisoes_modulo_202 historia a_revisoes_modulo_2
02 historia a_revisoes_modulo_2
Vítor Santos
 
Modelo romano parte 1
Modelo romano   parte 1Modelo romano   parte 1
Modelo romano parte 1
cattonia
 
A identidade civilizacional da europa ocidental e o espaço português a conso...
A identidade civilizacional da europa ocidental e o espaço português  a conso...A identidade civilizacional da europa ocidental e o espaço português  a conso...
A identidade civilizacional da europa ocidental e o espaço português a conso...
Henrique Rodrigues
 
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
Vítor Santos
 
Concelhos 1
Concelhos 1Concelhos 1
Concelhos 1
Carla Teixeira
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades...
 A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades... A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades...
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 

Mais procurados (20)

Roma- Resumo de história 10ºano
Roma- Resumo de história 10ºanoRoma- Resumo de história 10ºano
Roma- Resumo de história 10ºano
 
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
4. O Modelo Romano - a progressiva extensão da cidadania; a afirmação imperia...
 
O surto urbano
O surto urbanoO surto urbano
O surto urbano
 
03 historia a_revisões_módulo_3
03 historia a_revisões_módulo_303 historia a_revisões_módulo_3
03 historia a_revisões_módulo_3
 
A cristandade ocidental face ao islão parte 1
A cristandade ocidental face ao islão  parte 1A cristandade ocidental face ao islão  parte 1
A cristandade ocidental face ao islão parte 1
 
02 o alargamento do conhecimento do mundo
02 o alargamento do conhecimento do mundo02 o alargamento do conhecimento do mundo
02 o alargamento do conhecimento do mundo
 
MÓDULO II- 10º ANO- Idade média: reconquista
MÓDULO II- 10º ANO-  Idade média: reconquistaMÓDULO II- 10º ANO-  Idade média: reconquista
MÓDULO II- 10º ANO- Idade média: reconquista
 
Poder régio
Poder régioPoder régio
Poder régio
 
Valores, vivências e quotidiano
Valores, vivências e quotidianoValores, vivências e quotidiano
Valores, vivências e quotidiano
 
História 11ºano ( matéria do 1º período)
 História 11ºano ( matéria do 1º período) História 11ºano ( matéria do 1º período)
História 11ºano ( matéria do 1º período)
 
02_02_o espaço português.pdf
02_02_o espaço português.pdf02_02_o espaço português.pdf
02_02_o espaço português.pdf
 
Resumos de História 11º ano
Resumos de História 11º anoResumos de História 11º ano
Resumos de História 11º ano
 
01 a geografia cultural europeia
01 a geografia cultural europeia01 a geografia cultural europeia
01 a geografia cultural europeia
 
03 a producao cultural
03 a producao cultural03 a producao cultural
03 a producao cultural
 
02 historia a_revisoes_modulo_2
02 historia a_revisoes_modulo_202 historia a_revisoes_modulo_2
02 historia a_revisoes_modulo_2
 
Modelo romano parte 1
Modelo romano   parte 1Modelo romano   parte 1
Modelo romano parte 1
 
A identidade civilizacional da europa ocidental e o espaço português a conso...
A identidade civilizacional da europa ocidental e o espaço português  a conso...A identidade civilizacional da europa ocidental e o espaço português  a conso...
A identidade civilizacional da europa ocidental e o espaço português a conso...
 
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
 
Concelhos 1
Concelhos 1Concelhos 1
Concelhos 1
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades...
 A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades... A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - O renascimento das cidades...
 

Destaque

A identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidentalA identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidental
Lecia Neves
 
Resumo de matéria de História 10º ano
Resumo de matéria de História 10º anoResumo de matéria de História 10º ano
Resumo de matéria de História 10º ano
jorgina8
 
Identidade civil.europa ocidental deise 10 h2
Identidade civil.europa ocidental deise 10 h2Identidade civil.europa ocidental deise 10 h2
Identidade civil.europa ocidental deise 10 h2
aparicioanabela
 
Cristandade Ocidental
Cristandade OcidentalCristandade Ocidental
Cristandade Ocidental
Tiago Soares
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre...
 A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre... A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre...
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
Historia, 10º ano
Historia, 10º anoHistoria, 10º ano
Historia, 10º ano
VansKaefer
 
A cristandade ocidental face ao islão parte 3
A cristandade ocidental face ao islão  parte 3A cristandade ocidental face ao islão  parte 3
A cristandade ocidental face ao islão parte 3
Carla Teixeira
 
Idade Ma
Idade MaIdade Ma
Idade Ma
João Lima
 
00 1 preparação_exame_nacional_2017
00 1 preparação_exame_nacional_201700 1 preparação_exame_nacional_2017
00 1 preparação_exame_nacional_2017
Vítor Santos
 
00 2 preparação_exame_nacional_2017
00 2 preparação_exame_nacional_201700 2 preparação_exame_nacional_2017
00 2 preparação_exame_nacional_2017
Vítor Santos
 
Feudalismo e crise
Feudalismo e criseFeudalismo e crise
Feudalismo e crise
cattonia
 
A Idade Média
A Idade MédiaA Idade Média
A Idade Média
Gisele Finatti Baraglio
 
Idade Média: Gótico
Idade Média: GóticoIdade Média: Gótico
Idade Média: Gótico
João Lima
 
O espaço português 1
O espaço português 1O espaço português 1
O espaço português 1
Vítor Santos
 

Destaque (15)

A identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidentalA identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidental
 
Resumo de matéria de História 10º ano
Resumo de matéria de História 10º anoResumo de matéria de História 10º ano
Resumo de matéria de História 10º ano
 
Identidade civil.europa ocidental deise 10 h2
Identidade civil.europa ocidental deise 10 h2Identidade civil.europa ocidental deise 10 h2
Identidade civil.europa ocidental deise 10 h2
 
Cristandade Ocidental
Cristandade OcidentalCristandade Ocidental
Cristandade Ocidental
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre...
 A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre... A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A expansão agrária e o cre...
 
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
A identidade civilizacional da Europa Ocidental: a fragilidade do equilíbrio ...
 
Historia, 10º ano
Historia, 10º anoHistoria, 10º ano
Historia, 10º ano
 
A cristandade ocidental face ao islão parte 3
A cristandade ocidental face ao islão  parte 3A cristandade ocidental face ao islão  parte 3
A cristandade ocidental face ao islão parte 3
 
Idade Ma
Idade MaIdade Ma
Idade Ma
 
00 1 preparação_exame_nacional_2017
00 1 preparação_exame_nacional_201700 1 preparação_exame_nacional_2017
00 1 preparação_exame_nacional_2017
 
00 2 preparação_exame_nacional_2017
00 2 preparação_exame_nacional_201700 2 preparação_exame_nacional_2017
00 2 preparação_exame_nacional_2017
 
Feudalismo e crise
Feudalismo e criseFeudalismo e crise
Feudalismo e crise
 
A Idade Média
A Idade MédiaA Idade Média
A Idade Média
 
Idade Média: Gótico
Idade Média: GóticoIdade Média: Gótico
Idade Média: Gótico
 
O espaço português 1
O espaço português 1O espaço português 1
O espaço português 1
 

Semelhante a A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A unidade da crença

Organização das crenças
Organização das crençasOrganização das crenças
Organização das crenças
gabrielaRamos372414
 
3° ano EM - Bizantinos e Francos.
3° ano EM - Bizantinos e Francos.3° ano EM - Bizantinos e Francos.
3° ano EM - Bizantinos e Francos.
Daniel Alves Bronstrup
 
04 ist - história da igreja ii
04   ist - história da igreja ii04   ist - história da igreja ii
04 ist - história da igreja ii
Léo Mendonça
 
A igreja medieval e a cultura medieval
A igreja medieval e a cultura medievalA igreja medieval e a cultura medieval
A igreja medieval e a cultura medieval
pmarisa
 
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
Tiago Silva
 
11 - A pre-reforma.pptx
11 - A pre-reforma.pptx11 - A pre-reforma.pptx
11 - A pre-reforma.pptx
PIB Penha - SP
 
Capitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila Igreja
Capitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila IgrejaCapitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila Igreja
Capitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila Igreja
Klaus Newman
 
Módulo 3 bizantinos e carolíngios
Módulo 3   bizantinos e carolíngiosMódulo 3   bizantinos e carolíngios
Módulo 3 bizantinos e carolíngios
Lú Carvalho
 
10 Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula
10   Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula10   Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula
10 Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula
PIB Penha
 
Igreja e cultura medieval
Igreja e cultura medievalIgreja e cultura medieval
Igreja e cultura medieval
Marilia Pimentel
 
Igreja medieval 2019 pdf
Igreja medieval 2019 pdfIgreja medieval 2019 pdf
A igreja medieval
A igreja medievalA igreja medieval
A igreja medieval
nany1523
 
Aula - História da Igreja.pptx
Aula - História da Igreja.pptxAula - História da Igreja.pptx
Aula - História da Igreja.pptx
DenisAurlio2
 
As cruzadas
As cruzadasAs cruzadas
As cruzadas
Laguat
 
A igreja e a cultura medieval
A igreja e a cultura medievalA igreja e a cultura medieval
A igreja e a cultura medieval
Ócio do Ofício
 
A verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da história
A verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da históriaA verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da história
A verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da história
Fernando Alcoforado
 
Aula 03 alta idade média
Aula 03   alta idade médiaAula 03   alta idade média
Aula 03 alta idade média
Jonatas Carlos
 
Historia da igreja antiga
Historia da igreja antigaHistoria da igreja antiga
Historia da igreja antiga
JosJunqueira1
 
3371982 historia-aula-03-alta-idade-media
3371982 historia-aula-03-alta-idade-media3371982 historia-aula-03-alta-idade-media
3371982 historia-aula-03-alta-idade-media
Marcus Vinicius Barbosa Silva
 
2 a igreja medieval
2 a igreja medieval2 a igreja medieval
2 a igreja medieval
Cindiane Módolo Pico
 

Semelhante a A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A unidade da crença (20)

Organização das crenças
Organização das crençasOrganização das crenças
Organização das crenças
 
3° ano EM - Bizantinos e Francos.
3° ano EM - Bizantinos e Francos.3° ano EM - Bizantinos e Francos.
3° ano EM - Bizantinos e Francos.
 
04 ist - história da igreja ii
04   ist - história da igreja ii04   ist - história da igreja ii
04 ist - história da igreja ii
 
A igreja medieval e a cultura medieval
A igreja medieval e a cultura medievalA igreja medieval e a cultura medieval
A igreja medieval e a cultura medieval
 
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
 
11 - A pre-reforma.pptx
11 - A pre-reforma.pptx11 - A pre-reforma.pptx
11 - A pre-reforma.pptx
 
Capitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila Igreja
Capitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila IgrejaCapitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila Igreja
Capitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila Igreja
 
Módulo 3 bizantinos e carolíngios
Módulo 3   bizantinos e carolíngiosMódulo 3   bizantinos e carolíngios
Módulo 3 bizantinos e carolíngios
 
10 Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula
10   Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula10   Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula
10 Os pré-reformadores do cristianismo - 10ª aula
 
Igreja e cultura medieval
Igreja e cultura medievalIgreja e cultura medieval
Igreja e cultura medieval
 
Igreja medieval 2019 pdf
Igreja medieval 2019 pdfIgreja medieval 2019 pdf
Igreja medieval 2019 pdf
 
A igreja medieval
A igreja medievalA igreja medieval
A igreja medieval
 
Aula - História da Igreja.pptx
Aula - História da Igreja.pptxAula - História da Igreja.pptx
Aula - História da Igreja.pptx
 
As cruzadas
As cruzadasAs cruzadas
As cruzadas
 
A igreja e a cultura medieval
A igreja e a cultura medievalA igreja e a cultura medieval
A igreja e a cultura medieval
 
A verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da história
A verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da históriaA verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da história
A verdade sobre a trajetória da igreja católica ao longo da história
 
Aula 03 alta idade média
Aula 03   alta idade médiaAula 03   alta idade média
Aula 03 alta idade média
 
Historia da igreja antiga
Historia da igreja antigaHistoria da igreja antiga
Historia da igreja antiga
 
3371982 historia-aula-03-alta-idade-media
3371982 historia-aula-03-alta-idade-media3371982 historia-aula-03-alta-idade-media
3371982 historia-aula-03-alta-idade-media
 
2 a igreja medieval
2 a igreja medieval2 a igreja medieval
2 a igreja medieval
 

Mais de Núcleo de Estágio ESL 2014-2015

Introdução à Idade Média
Introdução à Idade MédiaIntrodução à Idade Média
Introdução à Idade Média
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império em crise;...
O espaço civilizacional greco-latino  à beira da mudança: O Império em crise;...O espaço civilizacional greco-latino  à beira da mudança: O Império em crise;...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império em crise;...
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica
9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica
9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
8. O modelo romano a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
8. O modelo romano   a formação de uma rede escolar urbana uniformizada8. O modelo romano   a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
8. O modelo romano a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
O Modelo Romano - A apologia do império na épica e na historiografia
O Modelo Romano - A apologia do império na épica e na historiografiaO Modelo Romano - A apologia do império na épica e na historiografia
O Modelo Romano - A apologia do império na épica e na historiografia
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
O Modelo Romano - a padronização do urbanismo
O Modelo Romano - a padronização do urbanismoO Modelo Romano - a padronização do urbanismo
O Modelo Romano - a padronização do urbanismo
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
O Modelo Romano - a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
O Modelo Romano -   a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...O Modelo Romano -   a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
O Modelo Romano - a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
3. O Modelo Romano - o culto a Roma e ao imperador; a codificação do direito
3. O Modelo Romano - o culto a Roma e ao imperador; a codificação do direito3. O Modelo Romano - o culto a Roma e ao imperador; a codificação do direito
3. O Modelo Romano - o culto a Roma e ao imperador; a codificação do direito
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador
2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador
2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 
1. Roma, a cidade que se fez império
1. Roma, a cidade que se fez império1. Roma, a cidade que se fez império
1. Roma, a cidade que se fez império
Núcleo de Estágio ESL 2014-2015
 

Mais de Núcleo de Estágio ESL 2014-2015 (11)

Introdução à Idade Média
Introdução à Idade MédiaIntrodução à Idade Média
Introdução à Idade Média
 
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império em crise;...
O espaço civilizacional greco-latino  à beira da mudança: O Império em crise;...O espaço civilizacional greco-latino  à beira da mudança: O Império em crise;...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império em crise;...
 
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
O espaço civilizacional greco-latino à beira da mudança: O Império Romano-Cri...
 
9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica
9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica
9. O Modelo Romano: A Romanização na Península Ibérica
 
8. O modelo romano a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
8. O modelo romano   a formação de uma rede escolar urbana uniformizada8. O modelo romano   a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
8. O modelo romano a formação de uma rede escolar urbana uniformizada
 
O Modelo Romano - A apologia do império na épica e na historiografia
O Modelo Romano - A apologia do império na épica e na historiografiaO Modelo Romano - A apologia do império na épica e na historiografia
O Modelo Romano - A apologia do império na épica e na historiografia
 
O Modelo Romano - a padronização do urbanismo
O Modelo Romano - a padronização do urbanismoO Modelo Romano - a padronização do urbanismo
O Modelo Romano - a padronização do urbanismo
 
O Modelo Romano - a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
O Modelo Romano -   a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...O Modelo Romano -   a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
O Modelo Romano - a fixação de modelos artísticos: arquitetura, escultura e...
 
3. O Modelo Romano - o culto a Roma e ao imperador; a codificação do direito
3. O Modelo Romano - o culto a Roma e ao imperador; a codificação do direito3. O Modelo Romano - o culto a Roma e ao imperador; a codificação do direito
3. O Modelo Romano - o culto a Roma e ao imperador; a codificação do direito
 
2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador
2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador
2.O Modelo Romano - das magistraturas republicanas ao poder do imperador
 
1. Roma, a cidade que se fez império
1. Roma, a cidade que se fez império1. Roma, a cidade que se fez império
1. Roma, a cidade que se fez império
 

Último

“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
GiselaAlves15
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023
MatildeBrites
 
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdflivro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
Escola Municipal Jesus Cristo
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Acrópole - História & Educação
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
Mary Alvarenga
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
andressacastro36
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
WelidaFreitas1
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
Escola Municipal Jesus Cristo
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
Escola Municipal Jesus Cristo
 

Último (20)

“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023
 
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdflivro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
 
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...proposta curricular  ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
proposta curricular ou plano de cursode lingua portuguesa eja anos finais ( ...
 

A identidade civilizacional da Europa Ocidental - A unidade da crença

  • 1. Fim do Império Romano do Ocidente Europa fica dividida e num clima de instabilidade Multiplicidade de poderes Senhorios, principados, ducados e condados, reinos, comunas e um Império Sistema político, social e económico – Feudalismo (sistema baseado na posse e exploração de terra – laços de dependência)
  • 2. Escola Secundária de Lagoa Disciplina de História – 10º E Ano Letivo 2014/2015 Carlos Fernando M. Costa
  • 3.  Apesar das divisões políticas, a Europa Ocidental era um conjunto unido pela mesma fé;  A igreja é um único laço que persiste;  Cristandade Latina;  Obediência ao bispo de Roma, o Papa; Papa Gregório VII
  • 4.  O reconhecimento do Papa como autoridade máxima da Igreja não foi um processo fácil;  Deve-se a Gregório VII a consolidação do poder da Igreja de Roma;  Reforma Gregoriana – supremacia absoluta do papado (conceitos pág. 18) Papa Gregório VII
  • 5. Reforma Gregoriana Dictatus Papae (Doc. 1, pág. 18) Supremacia do Papa sobre toda a Cristandade Papa é o representante máximo de Deus na Terra Desenvolvimento da Teologia e da Espiritualidade Sujeição de reis e imperadores à Santa Sé; Conflito entre Papa, imperador e monarcas
  • 6.  No séc. XIII, a Igreja é a instituição mais poderosa e organizada do Ocidente;  Tem um centro reconhecido, Roma e um chefe supremo, o Papa;  O seu poder alastra-se por todo o Ocidente;  Possui meios humanos e materiais;  Rege-se por um código de leis próprias (Direito Canónico) Cerimónia da Eucaristia surge no séc. XIII
  • 7.  Império Romano do Oriente sucumbe apenas em 1453, era conhecido por Império Bizantino;  Constantinopla (ou Bizâncio) era o centro religioso deste império;  Figura maior do Clero cristão do Oriente era o Patriarca de Constantinopla; (nota de rodapé 2, pág. 20) Miguel Cerulário, patriarca de Constantinopla e Papa Leão IX
  • 8.  Existia uma grande rivalidade entre os bispos de Roma e Constantinopla;  Divisão da Igreja – “Cisma da Cristandade”  Oriente - Igreja de língua grega, “fiel aos dogmas” e ortodoxa; (conceitos – pág. 20)  Ocidente – igreja latina, apoiada pelo Sacro Império e pelas monarquias em geral; Miguel Cerulário, patriarca de Constantinopla e Papa Leão IX
  • 9.  Cisão religiosa leva ao conflito declarado;  Doc. 10 – pág. 21  Em 1204, os cavaleiros da quarta cruzada, que tinham como missão combater os infiéis muçulmanos saqueiam Constantinopla; O Saque de Constantinopla
  • 10.  História Épica 3 - Quatro Curiosidades Sobre Constantinopla (7m44) https://www.youtube.com/watch?v=xRsh2kiqots
  • 11.  Conceitos - Islão (pág. 22);  Princípios do Islão – Livro sagrado chamado Alcorão (ou Corão);  Doc. 11 (pág.22);  O Islão ultrapassou a barreira religiosa e unificou os povos árabes;  Surge a Jihad (guerra santa) – expansão da fé islâmica Maomet
  • 12.  Mundo islâmico carateriza-se pela riqueza, prosperidade e requinte;  Cidades monumentais;  Controlo do comércio (inclusive o mediterrânico);  A resposta da Cristandade para impedir a expansão do Islamismo surge com as cruzadas; Bagdad
  • 13.  Cruzadas criaram o espírito de luta contra os inimigos da fé;  Por toda a Europa (e na Península Ibérica com a Reconquista) a cristandade face ao Islão recupera gradualmente a sua força e reputação;  As duas religiões ficaram a partir do séc. XIII confinadas a uma divisão, ocidente era cristão e oriente muçulmano. Cruzadas
  • 14. Caderno do Aluno  Ficha nº 7 – Grupo II (Questões 1, 3 e 4) 1. Interpretar a imagem do Doc. 1: − de que forma é apresentado o Papa Gregório VII? − o que pode significar o aparecimento de um anjo? 3. Esclarecer a quem se refere o Papa quando fala da “cabeça” da Igreja (Doc. 3, linha 5). 4. Identificar os «Gregos» a que se refere Bonifácio VIII (Doc. 3, linha 10).