SlideShare uma empresa Scribd logo
Trabalho realizado por:
Gonçalo Coelho, nº10
José Paulo, nº11
Rui Diogo, nº17
10ºB
Disciplina: História A
Professora: Teresa Carvalho
Ano lectivo: 2012/2013
Escola Básica e Secundária do Levante da Maia
 Desde finais da idade média, com a formação
das universidades nos séculos XII e XIII, as cidades
tinham-se tornado os principais focos de
desenvolvimento cultural na Europa;
 Substituir as abadias e mosteiros da alta idade
média;
 Na história da Europa, os sécs. XV e XVI
constituíram uma época de seu nome
renascimento.
 A imprensa registou na época do renascimento
um grande progresso;
 Em 1440 Johan Gutenberg desenvolveu a
tecnologia da prensa móvel;
 A sua técnica é oriunda da China onde em 1040
foi inventado o tipo móvel;
 A partir de Gutenberg a imprensa difundiu-se a um
ritmo alucinante;
 Ao longo do século XVI os centros mais produtivos
localizavam-se em cidades universitárias e
comerciais;
 No séc. XV Veneza era a capital da
imprensa;
 As oficinas tipográficas começaram a
expandir-se de Itália para os países do
norte da europa;
 Até 1500, a imprensa não parou de se
expandir, havendo, nesta data, 236
cidades com tipografia;
 A imprensa foi introduzida em Portugal
por volta de 1480.
 Os portugueses e os Espanhóis, foram
protagonistas das grandes descobertas
marítimas e do comércio à escala
mundial;
 Portugal e Espanha assinaram o tratado
de Tordesilhas em 1494, dividindo o
mundo em duas áreas de navegação
comercial;
 O ritmo de crescimento da cidade de
Lisboa quer em espaço urbano, quer em
população, foi extraordinário devido ao
início da expansão ultramarina;
 A capital do Reino tornou-se mesmo
numa das maiores e mais cosmopolitas
cidades europeias;
 A cidade de Sevilha, no sul de Espanha,
passou a rivalizar com Lisboa no
movimento de pessoas e no comércio
colonial;
 Em 1503, foi estabelecido por decreto
real, a casa da contratação controlava,
em regime de monopólio régio, todo o
comércio colonial espanhol: licenças,
impostos, migrações.
Lisboa e Sevilha, principais portos de chegada
dos produtos coloniais
 Principais avanços das técnicas
náuticas:
leme de cadaste (central);
bússola;
astrolábio, quadrante e balestilha;
 Surge um novo tipo de barco, a
caravela, mais tarde surgem as naus e
os galeões.
 Método experimental
 Geografia
 Medicina
 Ciências Naturais
 MATEMÁTICA
Teve papel de destaque
 D. João II, D. Manuel e D. João III não se pouparam a
despesas para acolher humanistas estrangeiros, assim como
custear bolsas a estudantes portugueses na Itália, na França
e em Coimbra.
 O ambiente da corte régia mostrava-se na verdade, deveras
proporcionador da cultura.
 Provam-no ainda as festas por ocasião de casamentos reais
ou de embaixadas.
 Pág. 60
A Abertura Europeia ao Mundo - História A 10º Ano
A Abertura Europeia ao Mundo - História A 10º Ano

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
Vítor Santos
 
4 03 15_16triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 15_16triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii4 03 15_16triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 15_16triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
Vítor Santos
 
Geografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - PopulaçãoGeografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - População
Raffaella Ergün
 
Aula 8
Aula 8Aula 8
A sociedade de antigo regime em Portugal
A sociedade de antigo regime em PortugalA sociedade de antigo regime em Portugal
A sociedade de antigo regime em Portugal
Joana Filipa Rodrigues
 
Geografia A_ 10º/11ºanos (revisto)
Geografia A_ 10º/11ºanos (revisto)Geografia A_ 10º/11ºanos (revisto)
Geografia A_ 10º/11ºanos (revisto)
Idalina Leite
 
02 história a_revisões_módulo_2
02 história a_revisões_módulo_202 história a_revisões_módulo_2
02 história a_revisões_módulo_2
Vítor Santos
 
4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii
4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii
4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii
Vítor Santos
 
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas UrbanasGeografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Raffaella Ergün
 
País urbano e concelhio
País urbano e concelhioPaís urbano e concelhio
País urbano e concelhio
Susana Simões
 
Hegemonia inglesa
Hegemonia inglesaHegemonia inglesa
Hegemonia inglesa
cattonia
 
A Politica AgríCola Comum
A Politica AgríCola ComumA Politica AgríCola Comum
A Politica AgríCola Comum
Maria Adelaide
 
O país rural e senhorial
O país rural e senhorialO país rural e senhorial
O país rural e senhorial
Susana Simões
 
Teste 3 dez 07
Teste 3 dez 07Teste 3 dez 07
Teste 3 dez 07
manjosp
 
Rev americana 11º d
Rev americana  11º dRev americana  11º d
Rev americana 11º d
Carla Teixeira
 
D. João V, o Absolutismo e o Absolutismo Joanino
D. João V, o Absolutismo e o Absolutismo JoaninoD. João V, o Absolutismo e o Absolutismo Joanino
D. João V, o Absolutismo e o Absolutismo Joanino
BarbaraSilveira9
 
Recursos marítimos
Recursos marítimosRecursos marítimos
Recursos marítimos
manjosp
 
4 02 a europa dos estados absolutos e a europa dos parlamentos
4 02 a europa dos estados absolutos e a europa dos parlamentos4 02 a europa dos estados absolutos e a europa dos parlamentos
4 02 a europa dos estados absolutos e a europa dos parlamentos
Vítor Santos
 
2.1 estratificação social e poder político
2.1 estratificação social e poder político2.1 estratificação social e poder político
2.1 estratificação social e poder político
cattonia
 
Geografia rh perguntas
Geografia rh perguntasGeografia rh perguntas
Geografia rh perguntas
Carlos Ferreira
 

Mais procurados (20)

4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
 
4 03 15_16triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 15_16triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii4 03 15_16triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
4 03 15_16triunfo dos estados e dinamicas economicas nos seculos xvii e xviii
 
Geografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - PopulaçãoGeografia A 10 ano - População
Geografia A 10 ano - População
 
Aula 8
Aula 8Aula 8
Aula 8
 
A sociedade de antigo regime em Portugal
A sociedade de antigo regime em PortugalA sociedade de antigo regime em Portugal
A sociedade de antigo regime em Portugal
 
Geografia A_ 10º/11ºanos (revisto)
Geografia A_ 10º/11ºanos (revisto)Geografia A_ 10º/11ºanos (revisto)
Geografia A_ 10º/11ºanos (revisto)
 
02 história a_revisões_módulo_2
02 história a_revisões_módulo_202 história a_revisões_módulo_2
02 história a_revisões_módulo_2
 
4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii
4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii
4 01 a_populacao_europa_xvii_xviii
 
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas UrbanasGeografia A 11 ano - Áreas Urbanas
Geografia A 11 ano - Áreas Urbanas
 
País urbano e concelhio
País urbano e concelhioPaís urbano e concelhio
País urbano e concelhio
 
Hegemonia inglesa
Hegemonia inglesaHegemonia inglesa
Hegemonia inglesa
 
A Politica AgríCola Comum
A Politica AgríCola ComumA Politica AgríCola Comum
A Politica AgríCola Comum
 
O país rural e senhorial
O país rural e senhorialO país rural e senhorial
O país rural e senhorial
 
Teste 3 dez 07
Teste 3 dez 07Teste 3 dez 07
Teste 3 dez 07
 
Rev americana 11º d
Rev americana  11º dRev americana  11º d
Rev americana 11º d
 
D. João V, o Absolutismo e o Absolutismo Joanino
D. João V, o Absolutismo e o Absolutismo JoaninoD. João V, o Absolutismo e o Absolutismo Joanino
D. João V, o Absolutismo e o Absolutismo Joanino
 
Recursos marítimos
Recursos marítimosRecursos marítimos
Recursos marítimos
 
4 02 a europa dos estados absolutos e a europa dos parlamentos
4 02 a europa dos estados absolutos e a europa dos parlamentos4 02 a europa dos estados absolutos e a europa dos parlamentos
4 02 a europa dos estados absolutos e a europa dos parlamentos
 
2.1 estratificação social e poder político
2.1 estratificação social e poder político2.1 estratificação social e poder político
2.1 estratificação social e poder político
 
Geografia rh perguntas
Geografia rh perguntasGeografia rh perguntas
Geografia rh perguntas
 

Destaque

A abertura ao mundo
A abertura ao mundoA abertura ao mundo
A abertura ao mundo
cattonia
 
A abertura ao mundo
A abertura ao mundoA abertura ao mundo
A abertura ao mundo
Susana Simões
 
O alargamento do conhecimento do mundo - trabalho
O alargamento do conhecimento do mundo - trabalhoO alargamento do conhecimento do mundo - trabalho
O alargamento do conhecimento do mundo - trabalho
Catarina13
 
Alargamento do conhecimento do mundo
Alargamento do conhecimento do mundoAlargamento do conhecimento do mundo
Alargamento do conhecimento do mundo
Carlos Vieira
 
3 a abertura europeia ao mundo
3   a abertura europeia ao mundo3   a abertura europeia ao mundo
3 a abertura europeia ao mundo
Maria Cristina Ribeiro
 
Geografia cultural europeia
Geografia cultural europeiaGeografia cultural europeia
Geografia cultural europeia
Carlos Vieira
 
História A - módulo 3, 4 e 6
História A - módulo 3, 4 e 6História A - módulo 3, 4 e 6
História A - módulo 3, 4 e 6
Joana Filipa Rodrigues
 
A cartografia
A cartografiaA cartografia
A cartografia
Rui Nobre
 
05 as novas representações da humanidade
05 as novas representações da humanidade05 as novas representações da humanidade
05 as novas representações da humanidade
Vítor Santos
 
A identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidentalA identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidental
Vítor Santos
 
Descobrimentos Portugueses
Descobrimentos PortuguesesDescobrimentos Portugueses
Descobrimentos Portugueses
João Fernandes
 
01 cultura da catedral
01 cultura da catedral01 cultura da catedral
01 cultura da catedral
Vítor Santos
 
A abertura ao mundo - expansão
A abertura ao mundo -  expansãoA abertura ao mundo -  expansão
A abertura ao mundo - expansão
Lucilia Fonseca
 
Apresentação O Renascimento 1314
Apresentação O Renascimento 1314Apresentação O Renascimento 1314
Apresentação O Renascimento 1314
Laboratório de História
 
Manuelino em portugal
Manuelino em portugalManuelino em portugal
Manuelino em portugal
Ana Luisa
 
O espaço económico ásia pacífico
O espaço económico ásia pacíficoO espaço económico ásia pacífico
O espaço económico ásia pacífico
Joana Oliveira
 
Carta De ApresentaçãO
Carta De ApresentaçãOCarta De ApresentaçãO
Carta De ApresentaçãO
guest062657
 
O Mundo depois da Guerra Fria
O Mundo depois da Guerra FriaO Mundo depois da Guerra Fria
O Mundo depois da Guerra Fria
João Lima
 
Os polos de desenvolvimento económico- Módulo 9
 Os polos de desenvolvimento económico- Módulo 9  Os polos de desenvolvimento económico- Módulo 9
Os polos de desenvolvimento económico- Módulo 9
nanasimao
 
População da europa nos séculos xvii e xviii
População da europa nos séculos xvii e xviiiPopulação da europa nos séculos xvii e xviii
População da europa nos séculos xvii e xviii
João Trovão
 

Destaque (20)

A abertura ao mundo
A abertura ao mundoA abertura ao mundo
A abertura ao mundo
 
A abertura ao mundo
A abertura ao mundoA abertura ao mundo
A abertura ao mundo
 
O alargamento do conhecimento do mundo - trabalho
O alargamento do conhecimento do mundo - trabalhoO alargamento do conhecimento do mundo - trabalho
O alargamento do conhecimento do mundo - trabalho
 
Alargamento do conhecimento do mundo
Alargamento do conhecimento do mundoAlargamento do conhecimento do mundo
Alargamento do conhecimento do mundo
 
3 a abertura europeia ao mundo
3   a abertura europeia ao mundo3   a abertura europeia ao mundo
3 a abertura europeia ao mundo
 
Geografia cultural europeia
Geografia cultural europeiaGeografia cultural europeia
Geografia cultural europeia
 
História A - módulo 3, 4 e 6
História A - módulo 3, 4 e 6História A - módulo 3, 4 e 6
História A - módulo 3, 4 e 6
 
A cartografia
A cartografiaA cartografia
A cartografia
 
05 as novas representações da humanidade
05 as novas representações da humanidade05 as novas representações da humanidade
05 as novas representações da humanidade
 
A identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidentalA identidade civilizacional da europa ocidental
A identidade civilizacional da europa ocidental
 
Descobrimentos Portugueses
Descobrimentos PortuguesesDescobrimentos Portugueses
Descobrimentos Portugueses
 
01 cultura da catedral
01 cultura da catedral01 cultura da catedral
01 cultura da catedral
 
A abertura ao mundo - expansão
A abertura ao mundo -  expansãoA abertura ao mundo -  expansão
A abertura ao mundo - expansão
 
Apresentação O Renascimento 1314
Apresentação O Renascimento 1314Apresentação O Renascimento 1314
Apresentação O Renascimento 1314
 
Manuelino em portugal
Manuelino em portugalManuelino em portugal
Manuelino em portugal
 
O espaço económico ásia pacífico
O espaço económico ásia pacíficoO espaço económico ásia pacífico
O espaço económico ásia pacífico
 
Carta De ApresentaçãO
Carta De ApresentaçãOCarta De ApresentaçãO
Carta De ApresentaçãO
 
O Mundo depois da Guerra Fria
O Mundo depois da Guerra FriaO Mundo depois da Guerra Fria
O Mundo depois da Guerra Fria
 
Os polos de desenvolvimento económico- Módulo 9
 Os polos de desenvolvimento económico- Módulo 9  Os polos de desenvolvimento económico- Módulo 9
Os polos de desenvolvimento económico- Módulo 9
 
População da europa nos séculos xvii e xviii
População da europa nos séculos xvii e xviiiPopulação da europa nos séculos xvii e xviii
População da europa nos séculos xvii e xviii
 

Semelhante a A Abertura Europeia ao Mundo - História A 10º Ano

03_01 a geografia cultural europeia.pdf
03_01 a geografia cultural europeia.pdf03_01 a geografia cultural europeia.pdf
03_01 a geografia cultural europeia.pdf
Vítor Santos
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Revisão de história 1º ano
Revisão de história 1º anoRevisão de história 1º ano
Revisão de história 1º ano
eunamahcado
 
Portugal renascentista iuçana
Portugal renascentista iuçanaPortugal renascentista iuçana
Portugal renascentista iuçana
iussana
 
Humanismo nota de aula
Humanismo nota de aula Humanismo nota de aula
Humanismo nota de aula
Péricles Penuel
 
Frente1 módulos 1 e 2 expansão marítima
Frente1 módulos 1 e 2 expansão marítimaFrente1 módulos 1 e 2 expansão marítima
Frente1 módulos 1 e 2 expansão marítima
Lú Carvalho
 
Introdução ao módulo 5
Introdução ao módulo 5Introdução ao módulo 5
Introdução ao módulo 5
cattonia
 
Renascimento%20 hist%c3%93ria
Renascimento%20 hist%c3%93riaRenascimento%20 hist%c3%93ria
Renascimento%20 hist%c3%93ria
Edenir Zanchetta
 
Aula 07 expansão marítima européia
Aula 07   expansão marítima européiaAula 07   expansão marítima européia
Aula 07 expansão marítima européia
Jonatas Carlos
 
Memorial do Convento: o tempo histórico
Memorial do Convento: o tempo históricoMemorial do Convento: o tempo histórico
Memorial do Convento: o tempo histórico
mariacel
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Leonelblog
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Leonel Silva
 
O Renascimento 2M3
O Renascimento 2M3O Renascimento 2M3
O Renascimento 2M3
raphacorrea
 
Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima Europeia
victorjunio82
 
Conseq expansao
Conseq expansaoConseq expansao
Conseq expansao
cattonia
 
Conseq expansao
Conseq expansaoConseq expansao
Conseq expansao
cattonia
 
O renascimento
O renascimentoO renascimento
O renascimento
raphacorrea
 
Idade Moderna
Idade ModernaIdade Moderna
Idade Moderna
Bruno Conti
 
Gv E A Sua éPoca
Gv E A Sua éPocaGv E A Sua éPoca
Gv E A Sua éPoca
Susana Sobrenome
 
Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima Europeia
Luciano Emanuel Silva
 

Semelhante a A Abertura Europeia ao Mundo - História A 10º Ano (20)

03_01 a geografia cultural europeia.pdf
03_01 a geografia cultural europeia.pdf03_01 a geografia cultural europeia.pdf
03_01 a geografia cultural europeia.pdf
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 
Revisão de história 1º ano
Revisão de história 1º anoRevisão de história 1º ano
Revisão de história 1º ano
 
Portugal renascentista iuçana
Portugal renascentista iuçanaPortugal renascentista iuçana
Portugal renascentista iuçana
 
Humanismo nota de aula
Humanismo nota de aula Humanismo nota de aula
Humanismo nota de aula
 
Frente1 módulos 1 e 2 expansão marítima
Frente1 módulos 1 e 2 expansão marítimaFrente1 módulos 1 e 2 expansão marítima
Frente1 módulos 1 e 2 expansão marítima
 
Introdução ao módulo 5
Introdução ao módulo 5Introdução ao módulo 5
Introdução ao módulo 5
 
Renascimento%20 hist%c3%93ria
Renascimento%20 hist%c3%93riaRenascimento%20 hist%c3%93ria
Renascimento%20 hist%c3%93ria
 
Aula 07 expansão marítima européia
Aula 07   expansão marítima européiaAula 07   expansão marítima européia
Aula 07 expansão marítima européia
 
Memorial do Convento: o tempo histórico
Memorial do Convento: o tempo históricoMemorial do Convento: o tempo histórico
Memorial do Convento: o tempo histórico
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
O Renascimento 2M3
O Renascimento 2M3O Renascimento 2M3
O Renascimento 2M3
 
Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima Europeia
 
Conseq expansao
Conseq expansaoConseq expansao
Conseq expansao
 
Conseq expansao
Conseq expansaoConseq expansao
Conseq expansao
 
O renascimento
O renascimentoO renascimento
O renascimento
 
Idade Moderna
Idade ModernaIdade Moderna
Idade Moderna
 
Gv E A Sua éPoca
Gv E A Sua éPocaGv E A Sua éPoca
Gv E A Sua éPoca
 
Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima Europeia
 

A Abertura Europeia ao Mundo - História A 10º Ano

  • 1. Trabalho realizado por: Gonçalo Coelho, nº10 José Paulo, nº11 Rui Diogo, nº17 10ºB Disciplina: História A Professora: Teresa Carvalho Ano lectivo: 2012/2013 Escola Básica e Secundária do Levante da Maia
  • 2.  Desde finais da idade média, com a formação das universidades nos séculos XII e XIII, as cidades tinham-se tornado os principais focos de desenvolvimento cultural na Europa;  Substituir as abadias e mosteiros da alta idade média;  Na história da Europa, os sécs. XV e XVI constituíram uma época de seu nome renascimento.
  • 3.
  • 4.  A imprensa registou na época do renascimento um grande progresso;  Em 1440 Johan Gutenberg desenvolveu a tecnologia da prensa móvel;  A sua técnica é oriunda da China onde em 1040 foi inventado o tipo móvel;  A partir de Gutenberg a imprensa difundiu-se a um ritmo alucinante;  Ao longo do século XVI os centros mais produtivos localizavam-se em cidades universitárias e comerciais;
  • 5.  No séc. XV Veneza era a capital da imprensa;  As oficinas tipográficas começaram a expandir-se de Itália para os países do norte da europa;  Até 1500, a imprensa não parou de se expandir, havendo, nesta data, 236 cidades com tipografia;  A imprensa foi introduzida em Portugal por volta de 1480.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.  Os portugueses e os Espanhóis, foram protagonistas das grandes descobertas marítimas e do comércio à escala mundial;  Portugal e Espanha assinaram o tratado de Tordesilhas em 1494, dividindo o mundo em duas áreas de navegação comercial;
  • 12.
  • 13.  O ritmo de crescimento da cidade de Lisboa quer em espaço urbano, quer em população, foi extraordinário devido ao início da expansão ultramarina;  A capital do Reino tornou-se mesmo numa das maiores e mais cosmopolitas cidades europeias;
  • 14.
  • 15.  A cidade de Sevilha, no sul de Espanha, passou a rivalizar com Lisboa no movimento de pessoas e no comércio colonial;  Em 1503, foi estabelecido por decreto real, a casa da contratação controlava, em regime de monopólio régio, todo o comércio colonial espanhol: licenças, impostos, migrações.
  • 16.
  • 17. Lisboa e Sevilha, principais portos de chegada dos produtos coloniais
  • 18.
  • 19.
  • 20.  Principais avanços das técnicas náuticas: leme de cadaste (central); bússola; astrolábio, quadrante e balestilha;  Surge um novo tipo de barco, a caravela, mais tarde surgem as naus e os galeões.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.  Método experimental  Geografia  Medicina  Ciências Naturais  MATEMÁTICA Teve papel de destaque
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37.  D. João II, D. Manuel e D. João III não se pouparam a despesas para acolher humanistas estrangeiros, assim como custear bolsas a estudantes portugueses na Itália, na França e em Coimbra.  O ambiente da corte régia mostrava-se na verdade, deveras proporcionador da cultura.  Provam-no ainda as festas por ocasião de casamentos reais ou de embaixadas.
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41.