SlideShare uma empresa Scribd logo
Expansão Marítima Européia

A expansão marítima européia, processo histórico ocorrido entre
os séculos XV e XVII, contribuiu para que a Europa
superasse a crise dos séculos XIV e XV.
Através das Grandes Navegações há uma expansão
das atividades comerciais, contribuindo para o processo de
acumulação de capitais na Europa.
Fatores para a Expansão Marítima

A expansão marítima teve um nítido caráter comercial, daí definir
este processo como uma empresa comercial de navegação, ou
como grandes empreendimentos marítimos.
Formação do Estado Nacional e a centralização política as
Grandes Navegações só foram possíveis com a centralização do
poder político, pois fazia-se necessário uma complexa estrutura
material de navios, armas, homens, recursos financeiros.
Fatores para a Expansão Marítima

Interesses econômicos- a necessidade de ampliar a produção de
alimentos, em virtude da retomada do crescimento demográfico;
a necessidade de metais preciosos para suprir a escassez de
moedas; romper o monopólio exercido pelas cidades italianas no
Mediterrâneo que contribuía para o encarecimento das
mercadorias vindas do Oriente; tomada de Constantinopla, pelo
turcos otomanos, encarecendo ainda mais os produtos do Oriente.
Expansão marítima portuguesa

Portugal foi a primeira nação a realizar a expansão marítima. Além
da posição geográfica, de uma situação de paz interna e da
presença de uma forte burguesia mercantil; o pioneirismo português
é explicado pela sua centralização política que, como vimos, era
condição primordial para as Grandes Navegações.
A formação do Estado Nacional português está relacionada
à Guerra de Reconquista luta entre cristãos e muçulmanos
na península Ibérica.
Expansão marítima portuguesa

A primeira dinastia portuguesa foi a Dinastia de Borgonha (a
partir de 1143 ) caracterizada pelo processo de expansão territorial
interna. Entre os anos de 1383 e 1385 o Reino de Portugal conhece
um movimento político denominado Revolução de Avis movimento
que realiza a centralização do poder político: aliança entre a
burguesia mercantil lusitana com o mestre da Ordem de Avis, D.
João. A Dinastia de Avis é caracterizada pela expansão externa de
Portugal: a expansão marítima.
Etapas da expansão

A expansão marítima portuguesa interessava à Monarquia, que
buscava seu fortalecimento; à nobreza, interessada em conquista
de terras; à Igreja Católica e a possibilidade de cristianizar outros
povos e a burguesia mercantil, desejosa de ampliar seus lucros.
A seguir, as principais etapas da expansão de Portugal:
Etapas da expansão

1415 - tomada de Ceuta, importante entreposto comercial no
norte da África;
1420 - ocupação das ilhas da Madeira e Açores no Atlântico;
1434 - chegada ao Cabo Bojador;
1445 - chegada ao Cabo Verde;
1487 - Bartolomeu Dias e a transposição do Cabo das
Tormentas;
1498 - Vasco da Gama atinge as Índias ( Calicute );
1499 - viagem de Pedro Álvares Cabral ao Brasil.
As rivalidades Ibérica

Portugal e Espanha, buscando evitar conflitos sobre os territórios
descobertos ou a descobrir, resolveram assinar um acordo proposto
pelo papa Alexandre VI - em 1493: um meridiano passando 100
léguas a oeste das ilhas de Cabo Verde, dividindo as terras entre
Portugal e 4 Espanha. Portugal não aceitou o acordo e no ano de
1494 foi assinado o Tratado de Tordesilhas.
O tratado de Tordesilhas não foi reconhecido pelas demais nações
européias.
Navegações Tardias

Inglaterra, França e Holanda.
O atraso na centralização política justifica o atraso destas nações
na expansão marítima: A Inglaterra e França envolveram-se na
Guerra dos Cem Anos(1337-1453) e, após este longo conflito, a
Inglaterra passa por uma guerra civil - a Guerra das Duas Rosas (
1455-1485 ); já a França, no final do conflito com a Inglaterra
enfrenta um período de lutas no reinado de Luís XI ( 1461-1483).
Navegações Tardias

Somente após estes conflitos internos é que ingleses, durante o
reinado de Elizabeth I ( 1558-1603 ); e franceses, durante o reinado
de Francisco I iniciaram a expansão marítima. A Holanda tem seu
processo de centralização política atrasado por ser um feudo
espanhol. Somente com o enfraquecimento da Espanha e com o
processo de sua independência é que os holandeses iniciarão a
expansão marítima.
CONSEQUÊNCIAS

As Grandes navegações contribuíram para uma radical
transformação da visão da história da humanidade. Houve uma
ampliação do conhecimento humano sobre a geografia da Terra e
uma verdadeira Revolução Comercial, a partir da unificação dos
mercados europeus, asiáticos, africanos e americanos.
A seguir algumas das principais mudanças:
CONSEQUÊNCIAS

A decadência das cidades italianas; a mudança do eixo econômico
do mar Mediterrâneo para o oceano Atlântico; a formação do Sistema
Colonial; enorme afluxo de metais para a Europa proveniente da
América; o retorno do escravismo em moldes capitalistas; o euro
centrismo, ou a hegemonia européia sobre o mundo; e o processo 5
de acumulação primitiva de capitais resultado na organização da
formação social do capitalismo.
Exercícios

1) (PUCCamp-SP) - o processo de colonização européia da
América, durante os séculos XVI,XVII e XVIII, está ligado à:
a) expansão comercial e marítima, ao fortalecimento das
monarquias nacionais absolutas e à política mercantilista.
b) Disseminação do movimento cruzadista, ao crescimento do
comércio com os povos orientais e à política livre cambista.
c) Política imperialista, ao fracasso da ocupação agrícola das
terras e ao crescimento do comércio bilateral. Criação das
companhias de comércio, ao desenvolvimento do modo
feudal de produção e à política liberal.
d) Política industrial, ao surgimento de um mercado interno
consumidor e ao excesso de mão-de-obra livre.
Exercícios

2) (Cesup/Unaes/Seat-MS)- Na expansão da Europa, a partir do
século XV, encontramos intimamente ligados à sua história:
a) a participação da Espanha nesse empreendimento, por
interesse exclusivo de Fernando de Aragão e Isabel de
Castela, seus soberanos na época;
b) a descoberta da América, em 1492, anulou imediatamente
o interesse comercial da Europa com o Oriente;
c) o tratado de Tordesilhas, que dividia as terras descobertas
entre Portugal e Espanha, sob fiscalização e concordância
da França, Inglaterra e Holanda;
d) Portugal, imediatamente após o descobrimento do Brasil,
iniciou a colonização, extraindo muito ouro para a Europa,
desde 1500;
e) O pioneirismo português.
Exercícios

3)(PUC-MG)O descobrimento da América, no início dos tempos modernos,
e posteriormente a conquista e colonização, considerando-se
a mentalidade do homem ibérico, permitem perceber que, EXCETO:
a) O colonizador, ao se dar conta da perda do paraíso terrestre,
do maravilhoso, lançou-se à reprodução da cenografia européia
da América;
b) O colonizador, negando o que pudesse parecer novo, preferiu
ver apenas o seu reflexo no espelho da história;
c) Colombo se recusava a ver a América, preferindo manter seus
sonhos de que estaria próximo ao Oriente;
d) O processo de descrição e observação do novo continente
envolvia basicamente a manutenção do universo indígena;
e) A conquista representou a possibilidade de transplante e
difusão dos padrões culturais europeus na América.
Exercícios

4) Portugal e Espanha foram as primeiras nações a lançarem-se
nas Grandes Navegações. Isto deveu-se, basicamente a/ao:
a) enorme quantidade de capitais acumulados nestas duas
nações desde o renascimento comercial na Baixa Idade
Média;
b) processo de centralização política favorecido pela Guerra de
Reconquista;
c) diferentemente de outras nobrezas, a nobreza portuguesa
e espanhola estavam fortalecidas e conseguiram financiar o
projeto de expansão marítima;
d) o desenvolvimento industrial da península Ibérica forçou
estas nações a buscarem mercados consumidores e
fornecedores;
e) espírito aventureiro de portugueses e espanhóis..
Exercícios

5) Entre as consequências da Expansão Marítima, NÃO
encontramos:
a) a formação do Sistema Colonial;
b) o desenvolvimento do eurocentrismo;
c) a expansão do regime assalariado da Europa para a
América;
d) início do processo de acumulação de capitais,
impulsionando o modo de produção capitalista;
e) introdução do trabalho escravo na América.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Brasil república 9º ano
Brasil república 9º anoBrasil república 9º ano
Brasil república 9º ano
Eloy Souza
 
A União Ibérica e o Brasil holandês
A União Ibérica e o Brasil holandêsA União Ibérica e o Brasil holandês
A União Ibérica e o Brasil holandês
Ramiro Bicca
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
Marcos Oliveira
 
Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
Nila Michele Bastos Santos
 
Uniao iberica slide
Uniao iberica slideUniao iberica slide
Uniao iberica slide
Isabel Aguiar
 
Incas , astecas e maias
Incas , astecas e maiasIncas , astecas e maias
Incas , astecas e maias
Daniel Alves Bronstrup
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
Douglas Barraqui
 
Grandes navegações dos séculos XV e XVI
Grandes navegações dos séculos XV e XVIGrandes navegações dos séculos XV e XVI
Grandes navegações dos séculos XV e XVI
Beth Paes
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
Marilia Pimentel
 
O Trabalho do Historiador - 6o Ano
O Trabalho do Historiador - 6o AnoO Trabalho do Historiador - 6o Ano
O Trabalho do Historiador - 6o Ano
Lucas Degiovani
 
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Nefer19
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persas
Douglas Barraqui
 
Monarquias nacionais
Monarquias nacionaisMonarquias nacionais
Monarquias nacionais
Rodrigo HistóriaGeografia
 
Aula 3 a formação dos estados nacionais
Aula 3   a formação dos estados nacionaisAula 3   a formação dos estados nacionais
Aula 3 a formação dos estados nacionais
profnelton
 
Modernos estados nacionais
Modernos estados nacionaisModernos estados nacionais
Modernos estados nacionais
Eduard Henry
 
Colonização do Brasil
Colonização do BrasilColonização do Brasil
Colonização do Brasil
Paulo Alexandre
 
Crise do Feudalismo - Séc. XIV
Crise do Feudalismo - Séc. XIVCrise do Feudalismo - Séc. XIV
Crise do Feudalismo - Séc. XIV
seixasmarianas
 
O egito antigo
O egito antigoO egito antigo
O egito antigo
Espanhol Puríssimo
 
Africa Antes Dos Europeus
Africa Antes Dos EuropeusAfrica Antes Dos Europeus
Africa Antes Dos Europeus
Nila Michele Bastos Santos
 
Astecas maias e incas
Astecas maias e incasAstecas maias e incas
Astecas maias e incas
Fabiana Tonsis
 

Mais procurados (20)

Brasil república 9º ano
Brasil república 9º anoBrasil república 9º ano
Brasil república 9º ano
 
A União Ibérica e o Brasil holandês
A União Ibérica e o Brasil holandêsA União Ibérica e o Brasil holandês
A União Ibérica e o Brasil holandês
 
Colonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-americaColonizacao espanhola-america
Colonizacao espanhola-america
 
Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
 
Uniao iberica slide
Uniao iberica slideUniao iberica slide
Uniao iberica slide
 
Incas , astecas e maias
Incas , astecas e maiasIncas , astecas e maias
Incas , astecas e maias
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
 
Grandes navegações dos séculos XV e XVI
Grandes navegações dos séculos XV e XVIGrandes navegações dos séculos XV e XVI
Grandes navegações dos séculos XV e XVI
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
O Trabalho do Historiador - 6o Ano
O Trabalho do Historiador - 6o AnoO Trabalho do Historiador - 6o Ano
O Trabalho do Historiador - 6o Ano
 
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
Absolutismo e Mercantilismo - 7º Ano (2016)
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persas
 
Monarquias nacionais
Monarquias nacionaisMonarquias nacionais
Monarquias nacionais
 
Aula 3 a formação dos estados nacionais
Aula 3   a formação dos estados nacionaisAula 3   a formação dos estados nacionais
Aula 3 a formação dos estados nacionais
 
Modernos estados nacionais
Modernos estados nacionaisModernos estados nacionais
Modernos estados nacionais
 
Colonização do Brasil
Colonização do BrasilColonização do Brasil
Colonização do Brasil
 
Crise do Feudalismo - Séc. XIV
Crise do Feudalismo - Séc. XIVCrise do Feudalismo - Séc. XIV
Crise do Feudalismo - Séc. XIV
 
O egito antigo
O egito antigoO egito antigo
O egito antigo
 
Africa Antes Dos Europeus
Africa Antes Dos EuropeusAfrica Antes Dos Europeus
Africa Antes Dos Europeus
 
Astecas maias e incas
Astecas maias e incasAstecas maias e incas
Astecas maias e incas
 

Semelhante a Expansão Marítima Europeia

34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx
34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx
34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx
Raquel Sousa
 
Aula 07 expansão marítima européia
Aula 07   expansão marítima européiaAula 07   expansão marítima européia
Aula 07 expansão marítima européia
Jonatas Carlos
 
3 expansao maritima-europeia
3 expansao maritima-europeia3 expansao maritima-europeia
3 expansao maritima-europeia
Lucas Cechinel
 
Revisão de história 1º ano
Revisão de história 1º anoRevisão de história 1º ano
Revisão de história 1º ano
eunamahcado
 
Frente1 módulos 1 e 2 expansão marítima
Frente1 módulos 1 e 2 expansão marítimaFrente1 módulos 1 e 2 expansão marítima
Frente1 módulos 1 e 2 expansão marítima
Lú Carvalho
 
Aula 7 – navegações brasil portugues i
Aula 7 –  navegações brasil portugues iAula 7 –  navegações brasil portugues i
Aula 7 – navegações brasil portugues i
senhorp
 
História – brasil no contexto da expansão marítima europeia 01 – 2014 ifba
História – brasil no contexto da expansão marítima europeia 01 – 2014   ifbaHistória – brasil no contexto da expansão marítima europeia 01 – 2014   ifba
História – brasil no contexto da expansão marítima europeia 01 – 2014 ifba
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Unidade 1 o expansionismo europeu
Unidade 1 o expansionismo europeuUnidade 1 o expansionismo europeu
Unidade 1 o expansionismo europeu
Vítor Santos
 
CenáRio Europeu
CenáRio EuropeuCenáRio Europeu
CenáRio Europeu
bloghist
 
Idade moderna i
Idade moderna iIdade moderna i
Idade moderna i
Julia Selistre
 
Expansão marítima e comercial
Expansão marítima e comercialExpansão marítima e comercial
Expansão marítima e comercial
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividade Mestrado _ Joanildo Burity
Atividade Mestrado _ Joanildo BurityAtividade Mestrado _ Joanildo Burity
Atividade Mestrado _ Joanildo Burity
Isaquel Silva
 
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
JonathasEstudos
 
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
KenniaSamaraMerencio1
 
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
maria aparecida coelho lira
 
Expansões Européias
Expansões EuropéiasExpansões Européias
Expansões Européias
IsabellyViana
 
O império português e a concorrência internacional
O império português e a concorrência internacionalO império português e a concorrência internacional
O império português e a concorrência internacional
Lucilia Fonseca
 
Revisões para teste 8º
Revisões para teste 8ºRevisões para teste 8º
Revisões para teste 8º
Nuno Faustino
 
Lista de exercícios expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Lista de exercícios   expansão marítima ibérica e período pré-colonialLista de exercícios   expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Lista de exercícios expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Felipe Vaitsman
 
Slide reflexo e conquista da América
Slide reflexo e conquista da AméricaSlide reflexo e conquista da América
Slide reflexo e conquista da América
Célia Tavares
 

Semelhante a Expansão Marítima Europeia (20)

34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx
34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx
34--EXPANSAO-MARITMA_443061c568e94180be8cf39423d2a9ef.pptx
 
Aula 07 expansão marítima européia
Aula 07   expansão marítima européiaAula 07   expansão marítima européia
Aula 07 expansão marítima européia
 
3 expansao maritima-europeia
3 expansao maritima-europeia3 expansao maritima-europeia
3 expansao maritima-europeia
 
Revisão de história 1º ano
Revisão de história 1º anoRevisão de história 1º ano
Revisão de história 1º ano
 
Frente1 módulos 1 e 2 expansão marítima
Frente1 módulos 1 e 2 expansão marítimaFrente1 módulos 1 e 2 expansão marítima
Frente1 módulos 1 e 2 expansão marítima
 
Aula 7 – navegações brasil portugues i
Aula 7 –  navegações brasil portugues iAula 7 –  navegações brasil portugues i
Aula 7 – navegações brasil portugues i
 
História – brasil no contexto da expansão marítima europeia 01 – 2014 ifba
História – brasil no contexto da expansão marítima europeia 01 – 2014   ifbaHistória – brasil no contexto da expansão marítima europeia 01 – 2014   ifba
História – brasil no contexto da expansão marítima europeia 01 – 2014 ifba
 
Unidade 1 o expansionismo europeu
Unidade 1 o expansionismo europeuUnidade 1 o expansionismo europeu
Unidade 1 o expansionismo europeu
 
CenáRio Europeu
CenáRio EuropeuCenáRio Europeu
CenáRio Europeu
 
Idade moderna i
Idade moderna iIdade moderna i
Idade moderna i
 
Expansão marítima e comercial
Expansão marítima e comercialExpansão marítima e comercial
Expansão marítima e comercial
 
Atividade Mestrado _ Joanildo Burity
Atividade Mestrado _ Joanildo BurityAtividade Mestrado _ Joanildo Burity
Atividade Mestrado _ Joanildo Burity
 
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
 
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
 
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
O processo histórico de ocupação do território americano, a partir da expansã...
 
Expansões Européias
Expansões EuropéiasExpansões Européias
Expansões Européias
 
O império português e a concorrência internacional
O império português e a concorrência internacionalO império português e a concorrência internacional
O império português e a concorrência internacional
 
Revisões para teste 8º
Revisões para teste 8ºRevisões para teste 8º
Revisões para teste 8º
 
Lista de exercícios expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Lista de exercícios   expansão marítima ibérica e período pré-colonialLista de exercícios   expansão marítima ibérica e período pré-colonial
Lista de exercícios expansão marítima ibérica e período pré-colonial
 
Slide reflexo e conquista da América
Slide reflexo e conquista da AméricaSlide reflexo e conquista da América
Slide reflexo e conquista da América
 

Último

said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdfCopia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
davidreyes364666
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 

Último (20)

said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdfCopia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 

Expansão Marítima Europeia

  • 1.
  • 2. Expansão Marítima Européia A expansão marítima européia, processo histórico ocorrido entre os séculos XV e XVII, contribuiu para que a Europa superasse a crise dos séculos XIV e XV. Através das Grandes Navegações há uma expansão das atividades comerciais, contribuindo para o processo de acumulação de capitais na Europa.
  • 3. Fatores para a Expansão Marítima A expansão marítima teve um nítido caráter comercial, daí definir este processo como uma empresa comercial de navegação, ou como grandes empreendimentos marítimos. Formação do Estado Nacional e a centralização política as Grandes Navegações só foram possíveis com a centralização do poder político, pois fazia-se necessário uma complexa estrutura material de navios, armas, homens, recursos financeiros.
  • 4. Fatores para a Expansão Marítima Interesses econômicos- a necessidade de ampliar a produção de alimentos, em virtude da retomada do crescimento demográfico; a necessidade de metais preciosos para suprir a escassez de moedas; romper o monopólio exercido pelas cidades italianas no Mediterrâneo que contribuía para o encarecimento das mercadorias vindas do Oriente; tomada de Constantinopla, pelo turcos otomanos, encarecendo ainda mais os produtos do Oriente.
  • 5. Expansão marítima portuguesa Portugal foi a primeira nação a realizar a expansão marítima. Além da posição geográfica, de uma situação de paz interna e da presença de uma forte burguesia mercantil; o pioneirismo português é explicado pela sua centralização política que, como vimos, era condição primordial para as Grandes Navegações. A formação do Estado Nacional português está relacionada à Guerra de Reconquista luta entre cristãos e muçulmanos na península Ibérica.
  • 6. Expansão marítima portuguesa A primeira dinastia portuguesa foi a Dinastia de Borgonha (a partir de 1143 ) caracterizada pelo processo de expansão territorial interna. Entre os anos de 1383 e 1385 o Reino de Portugal conhece um movimento político denominado Revolução de Avis movimento que realiza a centralização do poder político: aliança entre a burguesia mercantil lusitana com o mestre da Ordem de Avis, D. João. A Dinastia de Avis é caracterizada pela expansão externa de Portugal: a expansão marítima.
  • 7. Etapas da expansão A expansão marítima portuguesa interessava à Monarquia, que buscava seu fortalecimento; à nobreza, interessada em conquista de terras; à Igreja Católica e a possibilidade de cristianizar outros povos e a burguesia mercantil, desejosa de ampliar seus lucros. A seguir, as principais etapas da expansão de Portugal:
  • 8. Etapas da expansão 1415 - tomada de Ceuta, importante entreposto comercial no norte da África; 1420 - ocupação das ilhas da Madeira e Açores no Atlântico; 1434 - chegada ao Cabo Bojador; 1445 - chegada ao Cabo Verde; 1487 - Bartolomeu Dias e a transposição do Cabo das Tormentas; 1498 - Vasco da Gama atinge as Índias ( Calicute ); 1499 - viagem de Pedro Álvares Cabral ao Brasil.
  • 9. As rivalidades Ibérica Portugal e Espanha, buscando evitar conflitos sobre os territórios descobertos ou a descobrir, resolveram assinar um acordo proposto pelo papa Alexandre VI - em 1493: um meridiano passando 100 léguas a oeste das ilhas de Cabo Verde, dividindo as terras entre Portugal e 4 Espanha. Portugal não aceitou o acordo e no ano de 1494 foi assinado o Tratado de Tordesilhas. O tratado de Tordesilhas não foi reconhecido pelas demais nações européias.
  • 10. Navegações Tardias Inglaterra, França e Holanda. O atraso na centralização política justifica o atraso destas nações na expansão marítima: A Inglaterra e França envolveram-se na Guerra dos Cem Anos(1337-1453) e, após este longo conflito, a Inglaterra passa por uma guerra civil - a Guerra das Duas Rosas ( 1455-1485 ); já a França, no final do conflito com a Inglaterra enfrenta um período de lutas no reinado de Luís XI ( 1461-1483).
  • 11. Navegações Tardias Somente após estes conflitos internos é que ingleses, durante o reinado de Elizabeth I ( 1558-1603 ); e franceses, durante o reinado de Francisco I iniciaram a expansão marítima. A Holanda tem seu processo de centralização política atrasado por ser um feudo espanhol. Somente com o enfraquecimento da Espanha e com o processo de sua independência é que os holandeses iniciarão a expansão marítima.
  • 12. CONSEQUÊNCIAS As Grandes navegações contribuíram para uma radical transformação da visão da história da humanidade. Houve uma ampliação do conhecimento humano sobre a geografia da Terra e uma verdadeira Revolução Comercial, a partir da unificação dos mercados europeus, asiáticos, africanos e americanos. A seguir algumas das principais mudanças:
  • 13. CONSEQUÊNCIAS A decadência das cidades italianas; a mudança do eixo econômico do mar Mediterrâneo para o oceano Atlântico; a formação do Sistema Colonial; enorme afluxo de metais para a Europa proveniente da América; o retorno do escravismo em moldes capitalistas; o euro centrismo, ou a hegemonia européia sobre o mundo; e o processo 5 de acumulação primitiva de capitais resultado na organização da formação social do capitalismo.
  • 14. Exercícios 1) (PUCCamp-SP) - o processo de colonização européia da América, durante os séculos XVI,XVII e XVIII, está ligado à: a) expansão comercial e marítima, ao fortalecimento das monarquias nacionais absolutas e à política mercantilista. b) Disseminação do movimento cruzadista, ao crescimento do comércio com os povos orientais e à política livre cambista. c) Política imperialista, ao fracasso da ocupação agrícola das terras e ao crescimento do comércio bilateral. Criação das companhias de comércio, ao desenvolvimento do modo feudal de produção e à política liberal. d) Política industrial, ao surgimento de um mercado interno consumidor e ao excesso de mão-de-obra livre.
  • 15. Exercícios 2) (Cesup/Unaes/Seat-MS)- Na expansão da Europa, a partir do século XV, encontramos intimamente ligados à sua história: a) a participação da Espanha nesse empreendimento, por interesse exclusivo de Fernando de Aragão e Isabel de Castela, seus soberanos na época; b) a descoberta da América, em 1492, anulou imediatamente o interesse comercial da Europa com o Oriente; c) o tratado de Tordesilhas, que dividia as terras descobertas entre Portugal e Espanha, sob fiscalização e concordância da França, Inglaterra e Holanda; d) Portugal, imediatamente após o descobrimento do Brasil, iniciou a colonização, extraindo muito ouro para a Europa, desde 1500; e) O pioneirismo português.
  • 16. Exercícios 3)(PUC-MG)O descobrimento da América, no início dos tempos modernos, e posteriormente a conquista e colonização, considerando-se a mentalidade do homem ibérico, permitem perceber que, EXCETO: a) O colonizador, ao se dar conta da perda do paraíso terrestre, do maravilhoso, lançou-se à reprodução da cenografia européia da América; b) O colonizador, negando o que pudesse parecer novo, preferiu ver apenas o seu reflexo no espelho da história; c) Colombo se recusava a ver a América, preferindo manter seus sonhos de que estaria próximo ao Oriente; d) O processo de descrição e observação do novo continente envolvia basicamente a manutenção do universo indígena; e) A conquista representou a possibilidade de transplante e difusão dos padrões culturais europeus na América.
  • 17. Exercícios 4) Portugal e Espanha foram as primeiras nações a lançarem-se nas Grandes Navegações. Isto deveu-se, basicamente a/ao: a) enorme quantidade de capitais acumulados nestas duas nações desde o renascimento comercial na Baixa Idade Média; b) processo de centralização política favorecido pela Guerra de Reconquista; c) diferentemente de outras nobrezas, a nobreza portuguesa e espanhola estavam fortalecidas e conseguiram financiar o projeto de expansão marítima; d) o desenvolvimento industrial da península Ibérica forçou estas nações a buscarem mercados consumidores e fornecedores; e) espírito aventureiro de portugueses e espanhóis..
  • 18. Exercícios 5) Entre as consequências da Expansão Marítima, NÃO encontramos: a) a formação do Sistema Colonial; b) o desenvolvimento do eurocentrismo; c) a expansão do regime assalariado da Europa para a América; d) início do processo de acumulação de capitais, impulsionando o modo de produção capitalista; e) introdução do trabalho escravo na América.