SlideShare uma empresa Scribd logo
1
INDICADO PARA qualquer pessoa que precise colocar
um plano em ação.
SERVE PARA a tomada de decisão sobre os principais
elementos que orientarão a implementação do plano.
É ÚTIL PORQUE oferece diversos usos da técnica
5W2H, desde as versões mais simples e objetivas até
o desenvolvimento de um plano de negócio tático e
operacional.
SOBRE A FERRAMENTA: 5W2H, também conhecida
como plano de ação, é uma ferramenta tão óbvia e utilizada
que não há uma concordância sobre quem a desenvolveu.
Como ferramenta, ganhou mais popularidade com a
disseminação das técnicas de gestão da qualidade e,
posteriormente, com as de gestão de projetos. Quando
algo deve ser implantado, entram em cena as seguintes
definições:
• O que (What) deve ser feito?
• Por que (Why) deve ser implementado?
• Quem (Who) é o responsável pela ação?
• Onde (Where) deve ser executado?
• Quando (When) deve ser implementado?
• Como (How) deve ser conduzido?
• Quanto (How much) vai custar a
implementação?
A ferramenta 5W2H pode ser usada sozinha para colocar
em prática uma decisão simples na empresa, como a
aquisição de um novo equipamento ou a execução de
uma atividade pontual. Nessas situações mais simples, o
preenchimento dos campos dos 5W2H em um formulário
feito em editor de texto, planilha ou mesmo no corpo de
uma mensagem eletrônica já é suficiente para a elaboração
do plano de ação.
Mas a 5W2H é muito útil quando atrelada a outras
ferramentas analíticas ou a planos que requerem ação.
Em análises consagradas como SWOT, BCG, 5 Forças de
Porter ou PEST, após a conclusão é preciso definir o que
deve ser feito. No SWOT, por exemplo, analisam-se os
pontos fortes e fracos e as oportunidades e ameaças de
uma empresa, considerando aspectos internos e externos.
Muitos acreditam que o processo acabou, mas é preciso
definir o que será feito para melhorar os pontos fracos,
aproveitar as oportunidades e minimizar os riscos das
ameaças. Neste momento, a 5W2H se torna imprescindível,
já que é preciso definir as seguintes questões: O que (what)
será feito para capturar a oportunidade? Por que (why) isso
será feito desta forma? Quem (who) será o responsável
por capturar esta oportunidade? Onde (where) serão
executadas as ações para transformar a oportunidade em
resultados para a empresa? Como (how) a oportunidade se
tornará realidade? Quanto (how much) será investido na
realização da oportunidade?
Em situações que envolvem a implementação de várias
decisões de forma orquestrada, como na gestão de projetos
ou em um plano de negócio, a 5W2H também se mostra
eficaz.
Na gestão de projetos tradicional ou em métodos ágeis, a
ferramenta 5W2H está inserida nas etapas do gráfico de
Gantt ou nos sprints .
Por fim, algo que é pouco mencionado na literatura,
mas a 5W2H deveria ser obrigatória em cada parte do
plano de negócio tradicional, pois ofereceria orientação
na implementação de cada decisão mencionada no
documento.
Como usar: A ferramenta 5W2H é composta por sete
campos em que devem constar as seguintes informações:
1) Ação ou atividade que deve ser executada ou o problema
ou o desafio que deve ser solucionado (what);
2) Justificativa dos motivos e objetivos daquilo estar sendo
executado ou solucionado (why);
3) Definição de quem será (serão) o(s) responsável(eis)
pela execução do que foi planejado (who);
4) Informação sobre onde cada um dos procedimentos
será executado (where);
5) Cronograma sobre quando ocorrerão os procedimentos
(when);
6) Explicação sobre como serão executados os
procedimentos para atingir os objetivos pré-estabelecidos
(how);
7) Limitação de quanto custará cada procedimento e o
custo total do que será feito (how much)?
O preenchimento pode ser feito no próprio formulário
impresso ou os campos podem ser copiados para editores
de texto, planilhas, e-mails ou adaptados em aplicativos
online de gestão de tarefas ou de projetos.
1 UNIDADE BÁSICA DA GESTÃO DE PROJETOS TRADICIONAL
2 UNIDADE BÁSICA DA GESTÃO DE PROJETOS NO MÉTODO ÁGIL SCRUM
FERRAMENTA: 5W2H – PLANO DEAÇÃO
PARAEMPREENDEDORESESTRATÉGIA E GESTÃO
2
FERRAMENTA: 5W2H – PLANO DEAÇÃO
PARAEMPREENDEDORESESTRATÉGIA E GESTÃO
WhatWhyWhoWhereWhenHow
2H5W
Howmuch
Oque
Ação,
problema,
desafio
Porque
Justificativa,
explicação,motivo
Prazo,
cronograma
Procedimentos,
etapas
Custo,
desembolsos
Quem
Responsável
Onde
Local
QuandoComoQuanto
3
.:DICAS DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA
• Complemento às técnicas de análises
de negócio: Boa parte das análises feitas em
administração de negócio termina no estudo em si
quando deveriam ser tomadas ações para lidar com as
questões levantadas. Uma comparação simples: quando
uma pessoa faz um exame de glicemia e detecta-se que
ela está com os índices alterados, é preciso fazer um
plano de ação para voltar aos níveis aceitáveis. Da mesma
forma, quando um estudo das 5 forças de Porter indica
qual estratégia competitiva deve ser seguida, também
é necessário fazer um plano de ação para implementar
a estratégia e obter o posicionamento competitivo
esperado. Explicar, apenas, a natureza de cada uma das
forças de Porter é um exercício meramente descritivo, que
não se traduz em resultados para a empresa.
• Complemento às técnicas de gestão de
projetos: Dado que o projeto tem escopo (what), prazo
(when), custo (how much) e responsável (who), cada
uma das etapas a executar para a conclusão do projeto
também precisa ter tais características, além das demais
que compõem a ferramenta 5W2H.
• Complemento às técnicas de planejamento
de novos negócios: Tanto técnicas tradicionais,
como a elaboração de um plano de negócio, quanto as
mais recentes, como o Business Model Canvas, devem
fazer uso da 5W2H para implementar as decisões
estratégicas ou validar as hipóteses que serão testadas.
No plano de negócio, ao final de cada parte, inclua uma
tabela com a lógica dos 5W2H para orientar a execução
daquela parte do plano. O que deve (what) ser feito no
plano de marketing e vendas, por exemplo? Qual o motivo
(why) disso estar sendo feito? Quando será feito? E assim
por diante...
• Inclua lições aprendidas: A ferramenta é voltada
para a ação. Apesar disso, há muitos aprendizados na
execução do que foi planejado. Nem sempre o escopo
(what) está bem definido, nem o problema (why) a ser
resolvido é o previsto e o custo (how much) pode ser bem
maior do que o imaginado. Por essas razões, a empresa
precisa ter um controle de seus planos de ação e obter
informações a respeito das lições aprendidas nas fases
de planejamento e implementação, para melhorar a
execução dos planos de ação, evitando retrabalhos e
gastos desnecessários.
• Automatize o uso da ferramenta: A ferramenta
5W2H é basicamente uma tabela e pode ser feita em
um editor de texto ou em uma planilha. Se for feita em
editores ou planilhas disponíveis online, outros envolvidos
poderão consultá-la, acompanhá-la e editá-la. Outras
ferramentas online como o Trello (www.trello.com) e
Evernote (www.evernote.com) podem ser usadas como
ferramentas de planos de ação. Há ainda aplicativos como
o 5W2H, da Gold System.
• Plano de ação para o desenvolvimento dos
empreendedores: A ferramenta 5W2H também
pode ser aplicada em nível pessoal, como no caso do
desenvolvimento pessoal do empreendedor e de sua
relação com os sócios. A ferramenta Autoconhecimento
Empreendedor, do Movimento Empreenda, orienta a
descoberta do perfil psicológico, como isso influencia
o comportamento ao conduzir um negócio e o que o
empreendedor poderia fazer para se tornar melhor, ao
elaborar uma análise SWOT. Em seguida, a ferramenta
orienta o empreendedor a descobrir qual é a forma de
aprendizagem mais adequada ao seu tipo de inteligência.
O passo seguinte da ferramenta é sugerir um plano de
ação para que o interessado fortaleça suas competências
empreendedoras. De forma semelhante, a ferramenta
Avaliação de Sócios 4D sugere uma abordagem parecida,
ao terminar com a sugestão de um plano de ação para
que os sócios se tornem ainda mais capacitados para
desenvolver a empresa.
• Material adicional recomendado:
Diante da facilidade do uso, apesar de abundante, a
bibliografia a respeito da ferramenta 5W2H aparece
sempre de forma muito sucinta, sem que nenhuma obra
se destaque.
ELABORADOPOR
MARCELONAKAGAWA
(PROFESSORDE
EMPREENDEDORISMO
DOINSPER)
REALIZAÇÃO
COM O COMPROMETIMENTO DE
PARCEIRO EDUCACIONAL PARCEIROS INSTITUCIONAIS
FERRAMENTA: 5W2H – PLANO DEAÇÃO
PARAEMPREENDEDORESESTRATÉGIA E GESTÃO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Planejamento, Execução e Controle de Projetos
Planejamento, Execução e Controle de ProjetosPlanejamento, Execução e Controle de Projetos
Planejamento, Execução e Controle de Projetos
Alessandro Almeida
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (09/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (09/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (09/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (09/09/2013)
Alessandro Almeida
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (11/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (11/09/2013) Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (11/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (11/09/2013)
Alessandro Almeida
 
Desenvolvendo Plano de Ação 2-10 - Desvendando o Ciclo PDCA
Desenvolvendo Plano de Ação 2-10 - Desvendando o Ciclo PDCADesenvolvendo Plano de Ação 2-10 - Desvendando o Ciclo PDCA
Desenvolvendo Plano de Ação 2-10 - Desvendando o Ciclo PDCA
Helio Nascimento ITIL® Expert, ITSM Expert
 
Gestão de projetos
Gestão de projetosGestão de projetos
Gestão de projetos
Clayton Oliveira
 
Um exemplo do meu uso dos Conceitos de Qualidade 5w2h
 Um exemplo do meu uso dos Conceitos de Qualidade 5w2h Um exemplo do meu uso dos Conceitos de Qualidade 5w2h
Um exemplo do meu uso dos Conceitos de Qualidade 5w2h
Julíía Barbosa
 
Requisitos ageis para times sem tempo
Requisitos ageis para times sem tempoRequisitos ageis para times sem tempo
Requisitos ageis para times sem tempo
Kleitor Franklint Correa Araujo
 
487278 5w2h
487278 5w2h487278 5w2h
[slides] Introdução à Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Introdução à Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)[slides] Introdução à Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Introdução à Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
Alessandro Almeida
 
Descomplicando a Gestão de Projetos | Palestra Papo de Consultor
Descomplicando a Gestão de Projetos | Palestra Papo de ConsultorDescomplicando a Gestão de Projetos | Palestra Papo de Consultor
Descomplicando a Gestão de Projetos | Palestra Papo de Consultor
Papo de Consultor
 
Artigo oquegp
Artigo oquegpArtigo oquegp
Artigo oquegp
Robson Gaete
 
Aiesec - Fundamentos em Gerenciamento de Projetos
Aiesec - Fundamentos em Gerenciamento de ProjetosAiesec - Fundamentos em Gerenciamento de Projetos
Aiesec - Fundamentos em Gerenciamento de Projetos
Rodrigo Giraldelli
 
Cronogramas Infalíveis
Cronogramas InfalíveisCronogramas Infalíveis
Cronogramas Infalíveis
Dimitri Campana, PMP
 
Gerencia projeto e pmo
Gerencia projeto e pmoGerencia projeto e pmo
Gerencia projeto e pmo
Eduardo Castro
 
PMO - Escritório de Projetos | Workshop
PMO - Escritório de Projetos | WorkshopPMO - Escritório de Projetos | Workshop
PMO - Escritório de Projetos | Workshop
CompanyWeb
 
O profissional de Gerenciamento de Projetos
O profissional de Gerenciamento de ProjetosO profissional de Gerenciamento de Projetos
O profissional de Gerenciamento de Projetos
Giovanni Giazzon
 
Gestão e gerência de projetos 2010
Gestão e gerência de projetos   2010Gestão e gerência de projetos   2010
Gestão e gerência de projetos 2010
Gilda Almeida Sandes
 
Gestao do conhecimento e Gerencia de Projetos
Gestao do conhecimento e Gerencia de ProjetosGestao do conhecimento e Gerencia de Projetos
Gestao do conhecimento e Gerencia de Projetos
Mauro Sotille, MBA, PMP
 

Mais procurados (18)

Planejamento, Execução e Controle de Projetos
Planejamento, Execução e Controle de ProjetosPlanejamento, Execução e Controle de Projetos
Planejamento, Execução e Controle de Projetos
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (09/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (09/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (09/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (09/09/2013)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (11/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (11/09/2013) Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (11/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: SIN-NA7 (11/09/2013)
 
Desenvolvendo Plano de Ação 2-10 - Desvendando o Ciclo PDCA
Desenvolvendo Plano de Ação 2-10 - Desvendando o Ciclo PDCADesenvolvendo Plano de Ação 2-10 - Desvendando o Ciclo PDCA
Desenvolvendo Plano de Ação 2-10 - Desvendando o Ciclo PDCA
 
Gestão de projetos
Gestão de projetosGestão de projetos
Gestão de projetos
 
Um exemplo do meu uso dos Conceitos de Qualidade 5w2h
 Um exemplo do meu uso dos Conceitos de Qualidade 5w2h Um exemplo do meu uso dos Conceitos de Qualidade 5w2h
Um exemplo do meu uso dos Conceitos de Qualidade 5w2h
 
Requisitos ageis para times sem tempo
Requisitos ageis para times sem tempoRequisitos ageis para times sem tempo
Requisitos ageis para times sem tempo
 
487278 5w2h
487278 5w2h487278 5w2h
487278 5w2h
 
[slides] Introdução à Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Introdução à Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)[slides] Introdução à Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
[slides] Introdução à Gestão de Projetos (2015: 2º semestre)
 
Descomplicando a Gestão de Projetos | Palestra Papo de Consultor
Descomplicando a Gestão de Projetos | Palestra Papo de ConsultorDescomplicando a Gestão de Projetos | Palestra Papo de Consultor
Descomplicando a Gestão de Projetos | Palestra Papo de Consultor
 
Artigo oquegp
Artigo oquegpArtigo oquegp
Artigo oquegp
 
Aiesec - Fundamentos em Gerenciamento de Projetos
Aiesec - Fundamentos em Gerenciamento de ProjetosAiesec - Fundamentos em Gerenciamento de Projetos
Aiesec - Fundamentos em Gerenciamento de Projetos
 
Cronogramas Infalíveis
Cronogramas InfalíveisCronogramas Infalíveis
Cronogramas Infalíveis
 
Gerencia projeto e pmo
Gerencia projeto e pmoGerencia projeto e pmo
Gerencia projeto e pmo
 
PMO - Escritório de Projetos | Workshop
PMO - Escritório de Projetos | WorkshopPMO - Escritório de Projetos | Workshop
PMO - Escritório de Projetos | Workshop
 
O profissional de Gerenciamento de Projetos
O profissional de Gerenciamento de ProjetosO profissional de Gerenciamento de Projetos
O profissional de Gerenciamento de Projetos
 
Gestão e gerência de projetos 2010
Gestão e gerência de projetos   2010Gestão e gerência de projetos   2010
Gestão e gerência de projetos 2010
 
Gestao do conhecimento e Gerencia de Projetos
Gestao do conhecimento e Gerencia de ProjetosGestao do conhecimento e Gerencia de Projetos
Gestao do conhecimento e Gerencia de Projetos
 

Destaque

Apresentação pdca 5 w2h lojas
Apresentação pdca 5 w2h lojasApresentação pdca 5 w2h lojas
Apresentação pdca 5 w2h lojas
casa nova
 
Plano de Acao 5w2h-apresentação
Plano de Acao 5w2h-apresentaçãoPlano de Acao 5w2h-apresentação
Plano de Acao 5w2h-apresentação
Luciene Secco
 
Modelo de plano de ação
Modelo de plano de açãoModelo de plano de ação
Modelo de plano de ação
gueste26b6
 
Planejamento Financeiro Pessoal
Planejamento Financeiro PessoalPlanejamento Financeiro Pessoal
Planejamento Financeiro Pessoal
Nyedson Barbosa
 
Planejamento Financeiro
Planejamento FinanceiroPlanejamento Financeiro
Planejamento Financeiro
Caput Consultoria
 
Planejamento financeiro
Planejamento financeiroPlanejamento financeiro
Planejamento financeiro
Carlos Lima
 
5w2h
5w2h5w2h
Slides plano de ação
Slides  plano de açãoSlides  plano de ação
Slides plano de ação
heliane
 
Apresentação pdca
Apresentação pdcaApresentação pdca
Apresentação pdca
emc5714
 
Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio
Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio
Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio
Bernadetecebs .
 
Plano de ação
Plano de açãoPlano de ação
Plano de ação
PMY TECNOLOGIA LTDA
 
Modelo de plano de ação
Modelo de plano de açãoModelo de plano de ação
Modelo de plano de ação
Alexandre Ribenboim
 
Plano de ação - Modelo
Plano de ação - ModeloPlano de ação - Modelo
Plano de ação - Modelo
Daniel Santos
 

Destaque (13)

Apresentação pdca 5 w2h lojas
Apresentação pdca 5 w2h lojasApresentação pdca 5 w2h lojas
Apresentação pdca 5 w2h lojas
 
Plano de Acao 5w2h-apresentação
Plano de Acao 5w2h-apresentaçãoPlano de Acao 5w2h-apresentação
Plano de Acao 5w2h-apresentação
 
Modelo de plano de ação
Modelo de plano de açãoModelo de plano de ação
Modelo de plano de ação
 
Planejamento Financeiro Pessoal
Planejamento Financeiro PessoalPlanejamento Financeiro Pessoal
Planejamento Financeiro Pessoal
 
Planejamento Financeiro
Planejamento FinanceiroPlanejamento Financeiro
Planejamento Financeiro
 
Planejamento financeiro
Planejamento financeiroPlanejamento financeiro
Planejamento financeiro
 
5w2h
5w2h5w2h
5w2h
 
Slides plano de ação
Slides  plano de açãoSlides  plano de ação
Slides plano de ação
 
Apresentação pdca
Apresentação pdcaApresentação pdca
Apresentação pdca
 
Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio
Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio
Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio
 
Plano de ação
Plano de açãoPlano de ação
Plano de ação
 
Modelo de plano de ação
Modelo de plano de açãoModelo de plano de ação
Modelo de plano de ação
 
Plano de ação - Modelo
Plano de ação - ModeloPlano de ação - Modelo
Plano de ação - Modelo
 

Semelhante a 5 w2h excelente

Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...
Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...
Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...
José Vieira
 
Aula 5 semana
Aula 5 semanaAula 5 semana
Aula 5 semana
Jorge Ávila Miranda
 
Gestão de projetos
Gestão de projetosGestão de projetos
Gestão de projetos
Liliane Farias
 
Aula Planejamento De Marketing
Aula Planejamento De MarketingAula Planejamento De Marketing
Aula Planejamento De Marketing
eloychaves
 
Aula 9 ferramentas de gestão estratégica
Aula 9   ferramentas de gestão estratégicaAula 9   ferramentas de gestão estratégica
Aula 9 ferramentas de gestão estratégica
AndraSimoneMachiavel
 
Gestão de Projetos.ppt.pptx
Gestão de Projetos.ppt.pptxGestão de Projetos.ppt.pptx
Gestão de Projetos.ppt.pptx
Ricardo Santos
 
Mini curso aula 02
Mini curso aula 02Mini curso aula 02
Mini curso aula 02
Victor Maia Senna Delgado
 
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
Diogo Cosentino
 
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
Coletivo Mola
 
Artigo asap - metodologia de gestão de projetos para implementação de pacot...
Artigo   asap - metodologia de gestão de projetos para implementação de pacot...Artigo   asap - metodologia de gestão de projetos para implementação de pacot...
Artigo asap - metodologia de gestão de projetos para implementação de pacot...
Garage Criativa | Garage Hub
 

Semelhante a 5 w2h excelente (10)

Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...
Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...
Como gerenciar o planejamento de projetos utilizando a abordagem apresentada ...
 
Aula 5 semana
Aula 5 semanaAula 5 semana
Aula 5 semana
 
Gestão de projetos
Gestão de projetosGestão de projetos
Gestão de projetos
 
Aula Planejamento De Marketing
Aula Planejamento De MarketingAula Planejamento De Marketing
Aula Planejamento De Marketing
 
Aula 9 ferramentas de gestão estratégica
Aula 9   ferramentas de gestão estratégicaAula 9   ferramentas de gestão estratégica
Aula 9 ferramentas de gestão estratégica
 
Gestão de Projetos.ppt.pptx
Gestão de Projetos.ppt.pptxGestão de Projetos.ppt.pptx
Gestão de Projetos.ppt.pptx
 
Mini curso aula 02
Mini curso aula 02Mini curso aula 02
Mini curso aula 02
 
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
 
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
 
Artigo asap - metodologia de gestão de projetos para implementação de pacot...
Artigo   asap - metodologia de gestão de projetos para implementação de pacot...Artigo   asap - metodologia de gestão de projetos para implementação de pacot...
Artigo asap - metodologia de gestão de projetos para implementação de pacot...
 

Último

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 

Último (20)

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 

5 w2h excelente

  • 1. 1 INDICADO PARA qualquer pessoa que precise colocar um plano em ação. SERVE PARA a tomada de decisão sobre os principais elementos que orientarão a implementação do plano. É ÚTIL PORQUE oferece diversos usos da técnica 5W2H, desde as versões mais simples e objetivas até o desenvolvimento de um plano de negócio tático e operacional. SOBRE A FERRAMENTA: 5W2H, também conhecida como plano de ação, é uma ferramenta tão óbvia e utilizada que não há uma concordância sobre quem a desenvolveu. Como ferramenta, ganhou mais popularidade com a disseminação das técnicas de gestão da qualidade e, posteriormente, com as de gestão de projetos. Quando algo deve ser implantado, entram em cena as seguintes definições: • O que (What) deve ser feito? • Por que (Why) deve ser implementado? • Quem (Who) é o responsável pela ação? • Onde (Where) deve ser executado? • Quando (When) deve ser implementado? • Como (How) deve ser conduzido? • Quanto (How much) vai custar a implementação? A ferramenta 5W2H pode ser usada sozinha para colocar em prática uma decisão simples na empresa, como a aquisição de um novo equipamento ou a execução de uma atividade pontual. Nessas situações mais simples, o preenchimento dos campos dos 5W2H em um formulário feito em editor de texto, planilha ou mesmo no corpo de uma mensagem eletrônica já é suficiente para a elaboração do plano de ação. Mas a 5W2H é muito útil quando atrelada a outras ferramentas analíticas ou a planos que requerem ação. Em análises consagradas como SWOT, BCG, 5 Forças de Porter ou PEST, após a conclusão é preciso definir o que deve ser feito. No SWOT, por exemplo, analisam-se os pontos fortes e fracos e as oportunidades e ameaças de uma empresa, considerando aspectos internos e externos. Muitos acreditam que o processo acabou, mas é preciso definir o que será feito para melhorar os pontos fracos, aproveitar as oportunidades e minimizar os riscos das ameaças. Neste momento, a 5W2H se torna imprescindível, já que é preciso definir as seguintes questões: O que (what) será feito para capturar a oportunidade? Por que (why) isso será feito desta forma? Quem (who) será o responsável por capturar esta oportunidade? Onde (where) serão executadas as ações para transformar a oportunidade em resultados para a empresa? Como (how) a oportunidade se tornará realidade? Quanto (how much) será investido na realização da oportunidade? Em situações que envolvem a implementação de várias decisões de forma orquestrada, como na gestão de projetos ou em um plano de negócio, a 5W2H também se mostra eficaz. Na gestão de projetos tradicional ou em métodos ágeis, a ferramenta 5W2H está inserida nas etapas do gráfico de Gantt ou nos sprints . Por fim, algo que é pouco mencionado na literatura, mas a 5W2H deveria ser obrigatória em cada parte do plano de negócio tradicional, pois ofereceria orientação na implementação de cada decisão mencionada no documento. Como usar: A ferramenta 5W2H é composta por sete campos em que devem constar as seguintes informações: 1) Ação ou atividade que deve ser executada ou o problema ou o desafio que deve ser solucionado (what); 2) Justificativa dos motivos e objetivos daquilo estar sendo executado ou solucionado (why); 3) Definição de quem será (serão) o(s) responsável(eis) pela execução do que foi planejado (who); 4) Informação sobre onde cada um dos procedimentos será executado (where); 5) Cronograma sobre quando ocorrerão os procedimentos (when); 6) Explicação sobre como serão executados os procedimentos para atingir os objetivos pré-estabelecidos (how); 7) Limitação de quanto custará cada procedimento e o custo total do que será feito (how much)? O preenchimento pode ser feito no próprio formulário impresso ou os campos podem ser copiados para editores de texto, planilhas, e-mails ou adaptados em aplicativos online de gestão de tarefas ou de projetos. 1 UNIDADE BÁSICA DA GESTÃO DE PROJETOS TRADICIONAL 2 UNIDADE BÁSICA DA GESTÃO DE PROJETOS NO MÉTODO ÁGIL SCRUM FERRAMENTA: 5W2H – PLANO DEAÇÃO PARAEMPREENDEDORESESTRATÉGIA E GESTÃO
  • 2. 2 FERRAMENTA: 5W2H – PLANO DEAÇÃO PARAEMPREENDEDORESESTRATÉGIA E GESTÃO WhatWhyWhoWhereWhenHow 2H5W Howmuch Oque Ação, problema, desafio Porque Justificativa, explicação,motivo Prazo, cronograma Procedimentos, etapas Custo, desembolsos Quem Responsável Onde Local QuandoComoQuanto
  • 3. 3 .:DICAS DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA • Complemento às técnicas de análises de negócio: Boa parte das análises feitas em administração de negócio termina no estudo em si quando deveriam ser tomadas ações para lidar com as questões levantadas. Uma comparação simples: quando uma pessoa faz um exame de glicemia e detecta-se que ela está com os índices alterados, é preciso fazer um plano de ação para voltar aos níveis aceitáveis. Da mesma forma, quando um estudo das 5 forças de Porter indica qual estratégia competitiva deve ser seguida, também é necessário fazer um plano de ação para implementar a estratégia e obter o posicionamento competitivo esperado. Explicar, apenas, a natureza de cada uma das forças de Porter é um exercício meramente descritivo, que não se traduz em resultados para a empresa. • Complemento às técnicas de gestão de projetos: Dado que o projeto tem escopo (what), prazo (when), custo (how much) e responsável (who), cada uma das etapas a executar para a conclusão do projeto também precisa ter tais características, além das demais que compõem a ferramenta 5W2H. • Complemento às técnicas de planejamento de novos negócios: Tanto técnicas tradicionais, como a elaboração de um plano de negócio, quanto as mais recentes, como o Business Model Canvas, devem fazer uso da 5W2H para implementar as decisões estratégicas ou validar as hipóteses que serão testadas. No plano de negócio, ao final de cada parte, inclua uma tabela com a lógica dos 5W2H para orientar a execução daquela parte do plano. O que deve (what) ser feito no plano de marketing e vendas, por exemplo? Qual o motivo (why) disso estar sendo feito? Quando será feito? E assim por diante... • Inclua lições aprendidas: A ferramenta é voltada para a ação. Apesar disso, há muitos aprendizados na execução do que foi planejado. Nem sempre o escopo (what) está bem definido, nem o problema (why) a ser resolvido é o previsto e o custo (how much) pode ser bem maior do que o imaginado. Por essas razões, a empresa precisa ter um controle de seus planos de ação e obter informações a respeito das lições aprendidas nas fases de planejamento e implementação, para melhorar a execução dos planos de ação, evitando retrabalhos e gastos desnecessários. • Automatize o uso da ferramenta: A ferramenta 5W2H é basicamente uma tabela e pode ser feita em um editor de texto ou em uma planilha. Se for feita em editores ou planilhas disponíveis online, outros envolvidos poderão consultá-la, acompanhá-la e editá-la. Outras ferramentas online como o Trello (www.trello.com) e Evernote (www.evernote.com) podem ser usadas como ferramentas de planos de ação. Há ainda aplicativos como o 5W2H, da Gold System. • Plano de ação para o desenvolvimento dos empreendedores: A ferramenta 5W2H também pode ser aplicada em nível pessoal, como no caso do desenvolvimento pessoal do empreendedor e de sua relação com os sócios. A ferramenta Autoconhecimento Empreendedor, do Movimento Empreenda, orienta a descoberta do perfil psicológico, como isso influencia o comportamento ao conduzir um negócio e o que o empreendedor poderia fazer para se tornar melhor, ao elaborar uma análise SWOT. Em seguida, a ferramenta orienta o empreendedor a descobrir qual é a forma de aprendizagem mais adequada ao seu tipo de inteligência. O passo seguinte da ferramenta é sugerir um plano de ação para que o interessado fortaleça suas competências empreendedoras. De forma semelhante, a ferramenta Avaliação de Sócios 4D sugere uma abordagem parecida, ao terminar com a sugestão de um plano de ação para que os sócios se tornem ainda mais capacitados para desenvolver a empresa. • Material adicional recomendado: Diante da facilidade do uso, apesar de abundante, a bibliografia a respeito da ferramenta 5W2H aparece sempre de forma muito sucinta, sem que nenhuma obra se destaque. ELABORADOPOR MARCELONAKAGAWA (PROFESSORDE EMPREENDEDORISMO DOINSPER) REALIZAÇÃO COM O COMPROMETIMENTO DE PARCEIRO EDUCACIONAL PARCEIROS INSTITUCIONAIS FERRAMENTA: 5W2H – PLANO DEAÇÃO PARAEMPREENDEDORESESTRATÉGIA E GESTÃO