Aiesec - Fundamentos em Gerenciamento de Projetos

13.244 visualizações

Publicada em

Mini Curso para membros do Escritório da AIESEC em Maringá, realizado na UEM em 11/09/2010

Publicada em: Negócios
1 comentário
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.244
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
855
Comentários
1
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aiesec - Fundamentos em Gerenciamento de Projetos

  1. 1. Fundamentos em Gerenciamento de Projetos 3H<br />Rodrigo Giraldelli, PMP<br />rodrigo@giraldelli.com.br <br />
  2. 2. Rodrigo Giraldelli (Formação)<br />Administrador (Cesumar/2003)<br />Esp. Consultoria Financeira (UEM/2005)<br />Esp. Gerenciamento Projetos (FCV/2009)<br />Redução Custos (USP/2006) <br />Consultoria em Franquias (Cherto/2008)<br />PM Crash Course (RMC Washington D.C./2008)<br />PMP (PMI/2009) <br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />2<br />
  3. 3. Rodrigo Giraldelli (Experiência)<br />Assistente Administrativo (1994)<br />Encarregado Administrativo (1996)<br />Gerente Administrativo (1999)<br />Gerente Adm/Sócio-Adm (2000)<br />Empresário (2002)<br />Consultor Júnior (2002 – EJ Cesumar)<br />Consultor (2004...)<br />Professor, Instrutor (2008...)<br />Membro PMI-PR (2009...)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />3<br />
  4. 4. Participantes<br />Membros Aiesec<br />Qual é a expectativa de cada um?<br />Experiência profissional<br />Áreas de Atuação na Graduação<br />Outras Informações<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />4<br />
  5. 5. Preparem-se<br />Libere sua mente<br />Temos muitos assuntos para conversar hoje<br />Absorva algum conteúdo relevante para sua vida e APLIQUE<br />Questionemà vontade!<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />5<br />
  6. 6. O que é um Projeto?<br />“Um projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo” PMBOK 4ª. Ed. <br />Temporário: início e final bem definidos. O projeto é temporário e não o seu resultado.<br />Exclusivo: inédito e identificável. Edifício, treinamento, metodologia de controle, sistema de informática<br />Empreendimentos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />6<br />
  7. 7. Projeto: Show/Evento<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />7<br />
  8. 8. Projeto: Agricultura<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />8<br />
  9. 9. Projeto: Construção<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />9<br />
  10. 10. Projeto vs. Processo<br />Festa de Casamento<br />Viagem de férias<br />Construção de um prédio<br />Treinamento consultores juniores<br />Gravação de um comercial<br />Linha de produção de alimentos<br />Elaboração de relatórios para direção<br />Tratamento da água utilizada na fábrica<br />Processos contínuos e rotineiros<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />10<br />
  11. 11. Contexto Atual<br />
  12. 12. Ciclo de Vida Produto e Projeto<br />
  13. 13. Pressão por produtos únicos<br />
  14. 14. EstratégiaEmpresarial e Projetos<br />Fonte: Ricardo Vargas<br />
  15. 15. Fundado em 1969<br />5 pessoas, Pensilvania – EUA<br />PMI Seminars & Simposium em Atlanta com 83 Pessoas<br />Século XXI<br />280 mil associados<br />Afiliados em 171 países<br />Capítulos: 250 em 70 países<br />70% dos associados são certificados<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />15<br />
  16. 16. Fundação do 1º. Chapter em SP em 1998<br />Presente hoje em 17 Estados<br />Prioridade máxima para o PMI na América do Sul<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />16<br />
  17. 17. 2 Branches – Foz do Iguaçu e Norte do PR<br />177 Membros<br />88 PMP’s<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />17<br />
  18. 18. PMBOK Guide<br />Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos<br />É um guia e não um manual<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />18<br />
  19. 19. Certificações do PMI<br />CAPM – Certified Associate in Project Management<br />PMP – Project Management Professional<br />PgMP – Program Management Professional <br />PMI-RMP – Risk Management Professional<br />PMI-SP – Scheduling Professional<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />19<br />
  20. 20. Outras Associações em Gerenciamento de Projetos<br />20<br />
  21. 21. O que é Gerenciamento de Projetos?<br />“Aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas para atender aos requisitos do projeto” PMBOK 4ª. Ed. <br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />21<br />
  22. 22. Gerenciamento de Projetos<br />
  23. 23. Mudanças Percebidas na utilização de GP<br />
  24. 24. Grupos de Processos do GP (PMI)<br />Iniciação<br />Planejamento<br />Execução<br />Monitoramento e Controle<br />Finalização<br />Os processos são compostos de: entradas, ferramentas/técnicas e saídas.<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />24<br />
  25. 25. Áreas PMBOK<br />25<br />
  26. 26. Stakeholders – Partes Interessadas<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />26<br />
  27. 27. Existe trabalho pra fazer?<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />27<br />
  28. 28. Sucesso ou Fracasso?<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />28<br />
  29. 29. Sucesso ou Fracasso?<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />29<br />
  30. 30. Sucesso ou Fracasso?<br />Obra iniciada antes do projeto terminar<br />Fundação pronta antes do término do projeto do teto<br />24 milhões gastos a mais<br />2 auditórios a mais<br />Nenhum auditório para 3500 pessoas<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />30<br />
  31. 31. Enquanto isso no Brasil...<br /><ul><li>Copa 2014
  32. 32. Custo inicial: ???
  33. 33. Custo final: ???</li></ul>Pan Rio 2007<br />Custo inicial: $720 mi<br />Custo Final: $3 bi<br />Rio 2016<br />Custo inicial: usd 14,5 bi <br />Custo final: ???<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />31<br />
  34. 34. Fatores de Sucesso<br />Gerenciar expectativas dos Stakeholders<br />Clareza nos objetivos organização e projeto<br />Apoio da Alta Gerência<br />Coleta de requisitos<br />Planejamento Escopo<br />Planejamento Tempo e Custo<br />Envolvimento Clientes<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />32<br />
  35. 35. Fatores de Fracasso<br />“Deixar Rolar”<br />Não dedicar tempo e esforços na fase de planejamento<br />Não observar as necessidades dos stakeholders<br />Respeitar a lei de Murphy<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />33<br />
  36. 36. Por que tudo isso parece estranho?<br />O brasileiro não tem cultura de planejamento<br />Hiperinflação<br />Aplicação Overnight<br />Juros de 56%, 73% e 84% em jan, fev e mar/1990<br />País muito jovem<br />Banco do Brasil tem 200 anos<br />Siderurgia, indústrias surgiram a aprox. 150 anos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />34<br />
  37. 37. Vídeo<br />Construindo aviões no ar<br />As pessoas nas empresas preferem começar a executar o trabalho antes de PLANEJAR<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />35<br />
  38. 38. Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />36<br />
  39. 39. O Gerente de Projetos<br />Conhecimento sobre GP<br />Capacidade de realização<br />Liderança<br />Boa comunicação<br />Orientado para resultados<br />Trabalhar sob pressão<br />Negociação<br />Solução de Conflitos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />37<br />
  40. 40. Gerente de Projeto<br />Gerencia todas as forças do projeto<br />
  41. 41. EspecialistaouGeneralista?<br />
  42. 42. Autoridade do Gerente de Projeto<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />40<br />
  43. 43. Arte ou Ciência?<br />Existem pessoas com talentos natos<br />Existem pessoas que melhoram suas habilidades<br />Não se compare com os outros<br />Compare o você de hoje com o você de ontem<br />Todos podem melhorar suas habilidades<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />41<br />
  44. 44. Ciclo de Vida do Projeto<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />42<br />
  45. 45. Ciclo de Vida do Projeto<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />43<br />
  46. 46. Mapa de Processos – no. itens<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />44<br />
  47. 47. Não existe receita de bolo<br />42 processos são sugeridos através das melhores práticas<br />O Gerente de Projetos faz uso dos melhores processos para seu projeto<br />Alguns processos são indispensáveis. Ex: <br />Termo de Abertura<br />Declaração de Escopo<br />Planos de Gerenciamento<br />Outros...<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />45<br />
  48. 48. O que é um processo?<br />46<br />
  49. 49. Restrição Tripla<br />Mudanças em um item do triangulo afeta outro(s) item(s)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />47<br />
  50. 50. Termo de Abertura<br />Documento que formaliza o Projeto<br />Oficialização do início do Projeto<br />Autoriza e define os poderes do Gerente de Projetos<br />Autorização vem do Patrocinador. Pode vir também do escritório de projetos... <br />Quem autoriza deve estar em um nível hierárquico compatível com o orçamento do projeto.<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />48<br />
  51. 51. Termo de Abertura<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />49<br />
  52. 52. Termo de Abertura<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />50<br />
  53. 53. Identificar Stakeholders<br />Processo de identificação de todas as pessoas ou organizações que podem ser afetadas pelo projeto<br />Exemplos de Stakeholders<br />Patrocinador, Clientes, Usuários<br />Gerentes funcionais, Diretoria, Bancos<br />Gerentes de projeto, população<br />Equipe do projeto<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />51<br />
  54. 54. KickOff Meeting<br />Reunião de Abertura<br />Comunicação Oficial com os principais Stakeholders<br />Objetivo<br />Justificativa<br />Produtos do Projeto<br />Gerente e Patrocinador do Projeto<br />EAP Alto Nível<br />Cronograma Preliminar<br />Riscos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />52<br />
  55. 55. 5. Escopo do Projeto<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />53<br />
  56. 56. Colete os Requisitos<br />Definir e documentar as funções e funcionalidades do projeto<br />Muito importante pois é a base para muitos outros processos<br />Entradas: <br />Termo de Abertura<br />Registro dos Stakeholders<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />54<br />
  57. 57. Coletar Requisitos<br />Algumas Ferramentas e Técnicas<br />Entrevistas<br />Dinâmicas de Grupos<br />Brainstorming <br />Técnicas Delphi<br />Mapas Mentais<br />Questionários<br />Protótipos<br />Observações<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />55<br />
  58. 58. Coletar Requisitos<br />Saídas<br />Documentações de Requisitos<br />Plano de Gerenciamento de Requisitos<br />Matriz de Rastreabilidade de Requisitos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />56<br />
  59. 59. Coletar Requisitos<br />Clientes não sabem o que querem<br />Identifique suas necessidades<br />Requisitos Funcionais<br />Ponto de Vista do Cliente<br />Ex: Estação de Tratamento para 50 mil litros<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />57<br />
  60. 60. Coletar Requisitos<br />Requisitos Técnicos<br />Ponto de vista da equipe do Projeto<br />Ex: Tipo de material utilizado para tratamento<br />Ex: Profundidade dos tanques<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />58<br />
  61. 61. Defina o Escopo<br />Descrição detalhada do Projeto<br />Descrição detalhada do Produto do Projeto<br />Escopo do PRODUTO:<br />Características do produto ou serviço que a equipe estão construindo<br />Escopo do PROJETO:<br />Todo o trabalho que precisa ser feito para produzir o produto<br />“Sexo com Ursos”<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />59<br />
  62. 62. Erros comuns sobre Escopo<br />Scope Creep (Aumento de Escopo)<br />Gold Plate(banhado a ouro)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />60<br />
  63. 63. Estabeleça o Controle Integrado de Mudanças<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />61<br />
  64. 64. Criar EAP/WBS<br />Estrutura Analítica do Projeto ou <br />Work Breakdown Structure<br />É a subdivisão das entregas do Trabalho<br />“Geralmente” de forma Gráfica e Visual<br />Decomposição até o nível mais baixo<br /> Pacote de Trabalho<br />Regra 8/40 (horas)<br />Regra 8/80 (horas)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />62<br />
  65. 65. Criar EAP<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />63<br />
  66. 66. Exercício<br />Criar EAP<br />Você recebeu uma oferta de trabalho em outra cidade e precisa organizar sua mudança. Crie a EAP do seu projeto de mudança, considerando além dos diversos aspectos, que você precisará vender sua casa onde mora atualmente e comprar uma outra na nova cidade. <br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />64<br />
  67. 67. SoluçãoPossível<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />65<br />
  68. 68. Falta de Gerenciamento de Escopo<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />66<br />
  69. 69. Tempo do Projeto<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />67<br />
  70. 70. Processos do Gerenciamento do Tempo<br />Definir as atividades<br />Seqüenciar as atividades<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />68<br />
  71. 71. Caminho Crítico<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />69<br />
  72. 72. Caminho Crítico<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />70<br />
  73. 73. Estimar Duração da Atividade<br />É o tempo que a atividade levará para ser finalizada, DE ACORDO COM O CALENDÁRIO DE RECURSOS<br />Ex: Curso Gerenciamento de Projetos<br />*Tempo: 20 horas efetivas<br />*Duração: 15 dias<br />* Os conceitos de Duração vs. Tempo não são literais<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />71<br />
  74. 74. Diagrama de marcos (Milestones)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />72<br />
  75. 75. Gráfico de Barras (Gantt)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />73<br />
  76. 76. Custo do Projeto<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />74<br />
  77. 77. Gerenciamento de Custos<br />Parte Crítica em Projetos<br />Intimamente ligada com EAP<br />A precisão dos custos do projeto é proporcional aos dados disponíveis na declaração de escopo, EAP e Atividades do projeto<br />Não prever pacotes de trabalho no escopo gera automaticamente atrasos e aumento de custo<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />75<br />
  78. 78. EAC/CBS Estrutura Analítica de Custo<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />76<br />Fonte: Ricardo Vargas<br />
  79. 79. Gráfico do Fluxo de Caixa <br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />77<br />
  80. 80. SPI – Índice de desempenho de Cronograma<br />CPI – Índice de desempenho de Custo<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />78<br />
  81. 81. Qualidade do Projeto<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />79<br />
  82. 82. Qual tem maior qualidade?<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />80<br />
  83. 83. Qual tem maior qualidade?<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />81<br />
  84. 84. Qual tem mais qualidade?<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />82<br />
  85. 85. Qualidade e Gradação<br />Qualidade significa que o produto faz o que deveria fazer<br />Gradação é o valor que as pessoas pagam pelo produto<br />Produtos de baixo custo ou preço podem ter boa qualidade<br />Produtos de alto preço podem ter baixa qualidade<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />83<br />
  86. 86. Conceitos importantes sobre Qualidade<br />Satisfação dos consumidores<br />Adequação ao uso<br />Conformação com os requisitos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />84<br />
  87. 87. Diagrama Ishikawa<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />85<br />
  88. 88. Fluxograma de Processos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />86<br />
  89. 89. Fluxograma de Processos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />87<br />
  90. 90. Recursos Humanos do Projeto<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />88<br />
  91. 91. Recursos Humanos<br />Em mercados altamente competitivos, o fator humano é o único capaz de criar diferenciação<br />O que é um projeto sem pessoas?<br />É possível garantir o sucesso do projeto sem uma boa equipe de trabalho?<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />89<br />
  92. 92. Plano de Recursos Humanos<br />Identificar e documentar papéis, responsabilidades, habilidades necessárias e relações hierárquicas do projeto<br />Quem precisamos para o projeto? <br />Como treiná-los?<br />Quanto precisamos deles? <br />Como mantê-los motivados?<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />90<br />
  93. 93. Teoria X e Y (Mc Gregor)<br />Funcionário X<br />Não gosta de Trabalho<br />Precisa ser forçado/dirigido<br />Pouca ambição<br />Funcionário Y<br />Dedicação é algo natural<br />Auto controle/direção<br />Responsável <br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />91<br />
  94. 94. Teoria das Necessidades (Maslow)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />92<br />
  95. 95. Fator Humano <br />O sucesso do projeto está ligado as pessoas<br />Os erros do projeto acontecem na dimensão humana<br />Dificilmente computadores, regras ou técnicas (como PERT) falham. Humanos falham em suas estimativas<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />93<br />
  96. 96. Matriz de Responsabilidades (RACI)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />94<br />
  97. 97. Mobilizar Equipe do Projeto<br />Confirmação da disponibilidade conforme calendário de recursos<br />O GP deve influenciar para garantir a liberação dos recursos<br />Se as pessoas não estiverem disponíveis vai influenciar gravemente o cronograma do projeto<br />Habilidades de negociação<br />Contratação<br />Habilidades com times virtuais<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />95<br />
  98. 98. Desenvolver Equipe do Projeto<br />Habilidades interpessoais<br />Treinamento<br />Negociação de conflitos<br />Reconhecimento e recompensas<br />Sinergia ( 1 + 1 = + que 2)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />96<br />
  99. 99. Gerenciar Equipe do Projeto<br />Fornecer feedback<br />Estimular e integrar as pessoas<br />Observação a conversas<br />Avaliação de desempenho (ficha)<br />Gerenciar o Poder dos membros da equipe<br />Poder é Amoral... Pode ser usado para o bem ou para o mal<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />97<br />
  100. 100. Gerenciar equipe de Projeto<br />Gestão de Conflitos<br />É uma grande força para levar o projeto adiante<br />Como ter conflitos positivos?<br />Conflito é natural<br />Gestão de Stress<br />No pain no gain<br />Você só conhece uma pessoa realmente em um elevado nível de stress<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />98<br />
  101. 101. Gerenciar Equipes<br />Sua Atitude frente ao risco<br />O seu comportamento é modelo para o time<br />Um exemplo fala mais que mil palavras<br />Persistência<br />Se fosse fácil todos seriam GP<br />É preciso trabalhar duro, pensar, fazer diferente, ser criativo... <br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />99<br />
  102. 102. Comunicação do Projeto<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />100<br />
  103. 103. Video A Semana<br />http://www.youtube.com/watch?v=KU7pUs2opis<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />
  104. 104. Objetivos da Comunicação<br />90% do que o Gerentede Projetos faz é se Comunicar<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />102<br />
  105. 105. Eficácia da Comunicação<br />55% Linguagem Corporal<br />Gestos, roupa, movimentos, aparência<br />38% Tom da Voz<br />Como você diz<br />7% Palavras<br />O que você fala<br />Caso Metro de Nova Iorque<br />Caso do Homem Invisível (professor/gari USP)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />103<br />
  106. 106. Comunicar-se bem<br />Se comunicar bem não é falar bem ou falar muito<br />Não é usar vocabulário difícil ou erudito<br />Comunicação não é matemático 2 + 2 = 4<br />Comunicação tem carga cultural e histórica do receptor<br />Temos todos filtros que impedem a compreensão adequada<br />Comunicar-se bem é ser BEM ENTENDIDO<br />Das palavras as mais simples, das mais simples as menores. Winston Churchil<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />104<br />
  107. 107. Linhas de Comunicação<br />3 pessoas<br />3 linhas<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />105<br />
  108. 108. Linhas de Comunicação<br />8 pessoas<br />28 linhas<br />Número de relações = (n * (n-1)) / 2<br />onde n = número de pessoas<br />onde * = sinal da multiplicação<br /> A formula para o exemplo acima então é: <br />número de relações = (8 * (8-1)) / 2<br />número de relações = (8 * (7)) / 2<br />número de relações = 56 / 2<br />número de relações = 28<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />106<br />
  109. 109. Gerenciar Expectativas dos Stakeholders<br />Contatar as partes interessadas e solucionar suas dúvidas a medida que ocorrem<br />Gerenciar ativamente as expectativas e influenciar para que não mudem<br />Abordar preocupações ocultas<br />Forte ligação com habilidades interpessoais e experiência do GP<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />107<br />
  110. 110. Ferramentas e Dicas<br />NetOffice <br />MS Project<br />Mind Manager<br />WBS Chart Pro<br />Openproj<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />108<br />
  111. 111. Vídeo: Rocky<br />http://www.youtube.com/watch?v=PRYsdOP_cFM<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />109<br />
  112. 112. Riscos do Projeto<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />110<br />
  113. 113. Preparando-se para o Desconhecido<br />Uma coisa é certa: SEU PROJETO VAI TER PROBLEMAS<br />O gerenciamento de Risco objetiva<br />Identificar problemas potenciais<br />Analise a probabilidade deles ocorrerem<br />Prevenir os riscos que podem ser evitados<br />Minimizar o impacto dos que não podem ser evitados<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />111<br />
  114. 114. Vídeo: Risco<br />Dominó no escuro<br />http://www.youtube.com/watch?v=dJ5Nd5IlvLM<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />112<br />
  115. 115. O que é risco<br />Evento ou condição incerta que pode afetar seu projeto<br />Existem riscos positivos, chamados de oportunidade<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />113<br />
  116. 116. Como lidar com o Risco - Evitar<br />Evitar é a melhor coisa a se fazer quando se tem uma situação de risco<br />Nem sempre é possível<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />114<br />Fonte: Head First<br />
  117. 117. Como lidar com o Risco - Mitigar<br />Se não pode evitar, atenueo risco para que ele cause o menor impacto possível <br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />115<br />Fonte: Head First<br />
  118. 118. Como lidar com o Riscos - Transferir<br />Se o risco tem alta probabilidade e impactosignificativo no projeto,o melhor a fazer é transferir<br />(Seguros, terceirização)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />116<br />Fonte: Head First<br />
  119. 119. Como Lidar com Riscos - Aceitar<br />Quando não há alternativasaceitar o risco é a únicaopção. No entanto você devesaber o que vai acontecercaso o risco aconteça<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />117<br />Fonte: Head First<br />
  120. 120. Identificação Riscos<br />Brainstorming (tradicional)<br />Entrevista com Especialista<br />Técnica Delphi (Especialistas concorrentes)<br />NGT – Técnica Grupo Nominal (lista de riscos do grupo por prioridades e facilitada por especialista)<br />Post-It (um risco por minuto)<br />Analogia (histórico em outros projetos)<br />Questionários, modelos, check-lists<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />118<br />
  121. 121. Análise Qualitativa dos Riscos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />119<br />
  122. 122. Análise Quantitativa de Riscos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />120<br />
  123. 123. 11.5 Planejar Respostas aos Riscos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />121<br />
  124. 124. Aquisições do Projeto<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />122<br />
  125. 125. Conseguindo uma ajuda para seu Projeto dar certo<br />Existem tarefas tão grandes que excedem a capacidade de sua equipe, equipamentos ou conhecimento<br />O Gerenciamento das Aquisições garante que:<br />Seja encontrado os fornecedores ideais<br />O tipo correto de contrato/relacionamento com eles<br />Os objetivos do contrato sejam atingidos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />123<br />
  126. 126. Decisão de Fazer ou Comprar<br />Comparação entre fazer as tarefas dentro do projeto, com os recursos disponíveis ou “comprar” esse serviço de fornecedores externos<br />Quanto custa implantar uma solução própria ou comprar uma? <br />Sistemas (em qualquer empresa)<br />Máquinas (em oficinas industriais)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />124<br />
  127. 127. Decisão de Fazer ou Comprar<br />Para reformar seu escritório você contrataria ou compraria? <br />Ferramentas<br />Eletricistas<br />Construtores <br />Andaimes <br />Caminhão<br />Betoneira <br />Muitas tarefas do projeto também precisam ser terceirizadas<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />125<br />
  128. 128. Tipos de Contratos<br />Preço Fixo<br />Preço fixo total para o produto ou serviço a ser fornecido. <br />Pode ter incentivos/bônus por pontualidade etc...<br />Pode ter ajuste econômico<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />126<br />
  129. 129. Tipos de Contratos<br />Custo Reembolsável<br />Pagamento dos custos (reais, legítimos, provados) do fornecedor acrescido de remuneração correspondente ao “lucro” do fornecedor<br />Pode ser custo + remuneração fixa<br />Pode ser custo + remuneração de incentivo (metas variáveis...)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />127<br />
  130. 130. Tipos de Contrato<br />Tempo e Material<br />Implica em pagar uma quantia por cada pessoa trabalhando no projeto + seus custos materiais. <br />Usado para contratos curtos e rápidos<br />Grandes empresas limitam o valor desse tipo de contrato para não haver gastos descontrolados.<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />128<br />
  131. 131. Seleção de Fornecedores<br />Entendimento da necessidade<br />Capacidade Técnica<br />Riscos<br />Capacidade Financeira<br />Capacidade de produção<br />Interesse no negócio<br />Histórico passado<br />Referências de parceiros<br />Direitos de propriedade intelectual<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />129<br />
  132. 132. Reflexão: Compra de Aviões de Guerra pela FAB<br />Boeing F18 (EUA)<br />Gripen NG (Suécia)<br />Rafale (França)<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />130<br />
  133. 133. Encerrar Projeto<br />É o processo de finalização de todas as atividades<br />Assegurar que todo o trabalho do projeto está terminado<br />Verificar as entregas aceitas e seus registros<br />Registro de históricos<br />Liberação dos recursos<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />131<br />
  134. 134. Cursos<br />Gerenciamento de Projetos 20hs<br />MapasMentais<br />MS Project + Escopo + Mind Manager<br />Como Importar da China<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />132<br />
  135. 135. Pensamento...<br />Ame o que você faz e não trabalhará um dia sequer na sua vida. <br />Muito Obrigado!<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />133<br />
  136. 136. Contatos<br />web: www.giraldelli.com.br<br />Blog: www.rodrigogiraldelli.blogspot.com<br />Twitter: @giraldelli<br />Skype: rodrigogiraldelli <br />msn: rodrigogiraldelli@hotmail.com<br />Profile: www.linkedin.com/in/giraldelli <br />Email: rodrigo@giraldelli.com.br<br />Telefone: 44 9152 2380<br />Fundamentos em Gerenciamento de Projetos<br />134<br />

×